Numa semana que parecia ser boa, Jair Bolsonaro nos lembra quem ele é

“Ricardo, por que você implica tanto com o presidente?” Leitor querido, não é que eu implique tanto. É que não dá para fazer como certos ruminantes que pastam por aí

Ninguém imaginou que seria fácil, né (Foto: Google/sem autor)

Estava tudo indo relativamente bem. Reforma da Previdência aprovada em primeiro turno; Reforma Tributária a caminho do Congresso; Pacote Anticrime de Sergio Moro, mesmo desfigurado, avançando; MP da Liberdade Econômica em aprovação; mais um robusto corte nos cargos de confiança da União…

Como tenho dito aqui desde o começo deste governo, há um tripé no qual devemos nos amparar e rezar, dia sim, dia também, para ter saco e amor pelo País suficientes, para aguentar os quatro longos anos que teremos pela frente. Falo de Paulo Guedes, Sergio Moro e Augusto Heleno.

Em dois ou três dias, Jair Bolsonaro: 

  • Resolveu indicar o Bolsokid Eduardo para ser embaixador nos EUA;
  • Elogiou a absurda decisão de Dias Toffoli, que livrou a barra do Bolsokid Flávio no STF;
  • Declarou que beneficiará seus filhos, sim, se precisarem;
  • Disse que não há fome no Brasil, que isso é uma grande mentira;
  • Chamou de “paraíbas” os governadores do nordeste;
  • Alegou que a jornalista Miriam Leitão jamais fora torturada.

Como todos que me acompanham sabem, meu candidato era Henrique Meirelles. Depois, pela ordem, Geraldo Alckmin. Bolsonaro sempre foi minha opção contra o PT. O bom da internet é que ela não nos deixa mentir. Meus posts estão todos aí.

Sempre — e sempre significa sempre! — disse que Bolsonaro é despreparado até para ser síndico de condomínio. O considero tosco e ignorante. Mas jamais deixei de reconhecer seus acertos. Jamais deixei de elogiar suas medidas corretas. E não me arrependo, nem por um segundo, de ter votado nele.

Creio que fará um governo mediano para bom. Creio que chegaremos em 2022 muito melhores. Creio que acertará muito mais que errará. Até porque, enquanto errar com embaixadas, ministros desimportantes, declarações estúpidas etc, e acertar na economia e segurança pública, dará pro gasto.

Mas não custa, a ele e sua prole, dar uma mãozinha. Não custa calar as bocas e segurar os dedinhos nervosos. Não custa pensar uma, duas, três, duzentas vezes antes de palpitar sobre assuntos que ou não compreende ou é ignorante de causa. Não custa, enfim, não dar sopa ao azar.

Impeachment é algo que jamais esteve em desuso ou fora de moda no Brasil.

Leia mais.

P.S: Um petralha disse a um bolsominion: “Esse imbecil não é meu presidente”. Ao que recebeu como resposta: “Claro que não. O seu está preso, hehe”.

26 comentários em “Numa semana que parecia ser boa, Jair Bolsonaro nos lembra quem ele é

  1. Que vergonha ! Esse sujeito tem um parafuso a menos. Falta -lhe inteligência emocional, ou tem mesmo algum distúrbio. Ainda bem que o pouco bom senso que lhe resta permite dar autonomia aos ministros mencionados por você. Sinto frio na boca do estômago quando penso na possibilidade de alguns deles pedirem demissão. Espero contar com o espírito patriótico dos mesmos, e que Deus nos ajude.

  2. Em termos de patetadas só a Dilmanta o supera.
    Nos últimos 3 dias, só deu bola fora. E toda vez que o governo produz resultados no esforço de tirar o Paìs do fundo do poço que os 3 patetas, Lula/Dilma/Mantega, o jogou, Bolsonaro e os seus filhos patetas arrumam um jeito de criar rolos.
    Santa paciência! O que nos consola é que às duras penas o País vai se refazendo do desastre petista,além de nos termos livrado da venezuelização que o PT nos conduzia.

  3. Pois é. A oposição limpadora de cofres públicos que está “desempregada” esperneia mais que criança birrenta.
    E se pudessem, manteriam no poder gente como o refinado ex-presidente aliado, claro.
    Antes era assim:
    A Grana do Fundo é nossa, com quadrilheiro não há quem possa.
    Depois será assim:
    Só pelo anúncio do fim da trintenária roubalheira do FGTS pagando juros menores que a inflação e a maldita cobrança da multa rescisória feitas impunemente pelos canalhas dos governos anteriores, que destruíram empresas e a economia do país, já valeu meu voto ao Bolsonaro.

  4. também não arrependo de ter votado no Bolsonaro, mas o cara é muito falastrão.
    Cada dia inventa uma merda diferente.
    Será que ninguém consegue avisar o cara a simplesmente calar a boca não? É muito mal assessorado.
    Nunca, jamais, em tempo algum eu votaria em um presidiário (ou seu poste), por isso não arrependo de meu voto. No primeiro turno votei em branco.

    1. Parabéns ao Petisssta, que ajudou a eleger e reeleger os 2 piores governantes da história: Lula Propina e Dilma Pasadena.
      Os 2 conseguiram bater todos os recordes em má administração , em roubalheira de dinheiro público e em quebrar o País!!!

    2. A Diferença entre um ser pensante e não pensante, é que os primeiros sabem criticar seus eleitos. Não os endeusam. Já os não pensantes… dariam a própria virgindade como garantia de que seu eleito é a alma mais honesta do Brasil. Enquanto isso , seus “representantes” fazem uma farra danada com o dinheiro público, sempre com a bandeira populista, deixando manadas inteiras encantadas com seus discursos do rico contra o pobre… O gado se esquece que os mesmos moram em mansões, são podres de rico e tinham um empresário como vice-deus.
      Gentalha! gentalha! gentalha!

    3. Comparado a Lula e Dilma, Bolsonaro e seus filhos tem que fazer muita trapalhada ainda para se equiparar, diria mais uns 100 anos anos de “bolas fora” para chegar a 10% do que a dupla petista fez de ruim ao Brasil em 13 anos.

    1. Armintas,
      saí fora de BH há 5 anos, constantemente volto pra passear e vejo lixo pra todo lado e sinto cheiro de cocô de cachorro em todo lugar.
      BH tá fedorenta mesmo, o merdômetro da pampulha tá um horror.
      É a nova cultura generalizada apoiada por kalil: ame seu cachorro, viva a parada gay e radares e fodam-se os necessitados!

  5. Me desculpe … vc tah fazendo uma meia culpa com 06 de governo?

    Outra coisa, acho que ele mais errou mais que acertou… E a economia piorou com a saida do Temer devido a inépcia deste cidadão…
    Seu artigo é fraco em argumentos!

    1. Graças a pessoas como vocês, que tivemos um analfabeto e uma imbecil a frente de nosso país. Graças a pessoas como você, Bolsonaro foi eleito , por puro desespero de um povo que não aguentava mais tanta corrupção e desmando. A equipe dele é boa. O cara é um boçal… mas pelo menos está solto. Já o Lula…
      Tá preso babaca!

  6. Engraçado, BH vai bem a polpa né?
    MG está sobrando recurso público!
    E cadê a extinção da FOME dos 14 anos anteriores? Curioso, MEIRELLES fez muito enquanto ministro, e o Alckmin deixou SP anos trinques! Mas a reportagem continua morde e assopra. Tudo pela audiência! Imprensa está cada vez mais ridícula, e o meio on line só para inglês ver, os mesmos comentaristas de sempre, para massagear egos!
    Só para constar! Estamos não só aguentando, mas aplaudindo. Brasil no caminho…

  7. Engraçado, BH vai bem a polpa né?
    MG está sobrando recurso público!
    E cadê a extinção da FOME dos 14 anos anteriores? Curioso, MEIRELLES fez muito enquanto ministro, e o Alckmin deixou SP anos trinques! Mas a reportagem continua morde e assopra. Tudo pela audiência! Imprensa está cada vez mais ridícula, e o meio on line só para inglês ver, os mesmos comentaristas de sempre, para massagear egos!
    Só para constar! Estamos não só aguentando, mas aplaudindo. Brasil no caminho…

  8. Na atual situação de calamidade econômica, moral e social que chegou o país, a APP-Administração Por Porrada adotada pelo Bolsonaro, é a melhor forma de gestão pública.
    Por hora, o governo precisa usar as verbas recuperadas de milhares de aposentadorias fraudulentas descobertas para abastecer os estoques de remédios de uso continuado na rede pública para ajudar os inocentes.
    Aliás, se for para isentar ou reduzir impostos, que seja em primeiro lugar os dos remédios, pois preservam a saúde e a vida dos contribuintes, em vez de carros, linha branca, barragens assassinas e “campeões nacionais” financiadores do quadrilhão que se enriqueceram às custas do povo.
    Com as desmontagens da corrupção generalizada nas compras de remédios herdada dos governos anteriores, os preços agora andam pela hora da morte para compensar as quedas no faturamento.
    E de quebra, botar na cadeia o mais rápido possível todos os ladrões privados e os nativos do serviço público que contribuíram para afundar ainda mais a previdência social.

  9. Nas eleições (1o. turno), tinha o Bolsonaro como minha primeira opção em se tratando de idéias. Considerando o jeito como pessoa o coloquei como 4a opção e se tratando de experiencia e preparo o coloquei em 5o. também. Desde o inicio eu tinha uma frase que considero válida até hoje: o Brasil precisava de uma limpeza pesada. Bolsonaro está sendo a criolina, a água sanitária e o esfregão rude para tentar sanear completamente os podres instalados por Lula e seu PT. É difícil, eu sei, faz barulho, cheira forte e os produtos usados são altamente tóxicos. Crianças e pequenos animais devem ser mantidos afastados. Não me surpreende as bobagens e as caneladas (expressão dele mesmo) que Bolsonaro solta diariamente. Vocês já viram uma casa abandonada e suja ao extremo sendo limpa para abrigar novos moradores? O próprio Bolsonaro sabe que ele não é o presidente ideal para uma situação normal de um país (Lula e Dilma eram?). Ele era a pessoa necessária para o momento que vivíamos e ainda é para o momento que estamos vivendo. Bolsonaro nunca prometeu que seria um Meireles, uma Marina, um Alvaro Dias, um papa Francisco e muito menos um Haddad. Ele simplesmente está sendo ele mesmo (razão dos 55 milhões de votos) ou seja, muito franco, rude, direto, anti-petista radical e verdadeiro. Ele falou que beneficiaria o filho dele sim e daí? Eu também beneficiaria (beneficio e sempre beneficiarei) meus filhos. Quem quis entender, por interesses ideológicos, sensacionalistas ou de burrice mesmo, que ele incluiu a possibilidade de também beneficiar seus filhos de forma ilícita ou ilegal, fazer o que? Se eu fosse Bolsonaro não iria ficar soltando frases ou palavras de duplo sentido ou que dê margem a outras interpretações, já que quem controla a comunicação no Brasil é a imprensa e ela é basicamente de tendencia esquerdista (centro esquerda na média). Mas não sou eu que estou lá no Planalto. Eu votei nele para esta limpeza, mesmo sabendo do barulho e das munições que ele poderia dar a oposição.
    Tenho uma outra frase, emprestada da religião católica: Bolsonaro está escrevendo certo por linhas tortas. Anotem esta ultima frase e me cobrem daqui a 8 anos.

  10. CALMA, a solução definitiva já foi iniciada!
    Não se preocupem com mais nada nem nessa semana que parecia ser boa, nem nas vindouras.
    De acordo com Chico Xavier, o mundo ‘acabou’ nesse dia 20, sábado, 2019.
    “A profecia é relacionada por espíritas a mudanças como desastres naturais, cura de várias doenças e até a vinda de seres extraterrestres para conduzir a evolução do planeta.
    Uma ‘nova era’ se inicia e …putz, tá o maior incêndio em Portugal e há recorde de queimadas no Brasil, nos EUA (Missouri?) tá virando uma enorme lagoa de tanta chuva sem esquecer o que houve em Nebraska…não me lembro de cura de NADA novo até agora nem previsão…ahhh putzgrila, teremos encontros com extraterrestres!
    Ótimo…vou abrir uma oficina para revisões em discos voadores…troca de óleo, canos de descarga, …ajuste da mira de raios desintegradores, troca de baterias de plutônio( pra ufos antiguinhos)…etc! Os ets vão me conduzir à tecnologia alienígena de reparos em ufos…minha empresa terá o logotipo com os dizeres:
    ufos-bufos, et zão de loja!
    Esses Chicos e filhos de chico babam muita asneira, né mesmo?!?

  11. Quando vejo o nível da sarandalha que se opõe ao governo, e a verve que os move, tenho certeza que acertei com meu voto.

    Antes um governante falastrão, que fala um monte de m… (não concordo nem apoio a grande maioria delas), do que ter governantes que falam o que o povo que ouvir, de forma demagoga e hipócrita, criando uma cortina de fumaça para cobrir falcatruas.

    1. Pelas tuas justificativas eu não consigo supor em quem vc votou. Estamos polarizados entre os nefastos populismos de Direito e Esquerda. Seus argumentos são válidos para os governos petistas e o atual. Só defende Lula, Dilma, Bolsonaro e Moro quem é fanático porque é óbvio que esses são bandidos

  12. Se as coisas continuarem assim não haverá país. Não é mais cabível em pleno século 21 condutas como a de Sérgio Moro. Ele já fez o que tinha que fazer, agora se ele continuar diante dos fatos vai desmoralizar o liberalismo Brasileiro. Nenhum investidor vai colocar dinheiro num país com os parâmetros jurídicos justificados por Moro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.