The IntercePT divulga novas fofocas sobre Dallagnol. Virou piada de vez; entenda

Em nova rodada de “vazamentos”, o site cúmplice de criminosos agora apela para a pura e simples fofoca de botequim

Foto: Jorge Araújo/Folha Press (Google)

O que vem agora, Mr. Verdevaldo? O que vem agora, Folhetim de São Paulo? O que vem agora, outrora Veja e atual clone da Carta Capital?

Vão divulgar as conversas picantes do Dallagnol com a esposa? Vão divulgar os filminhos pornô que ele compartilhou no grupo? Vão divulgar ele elogiando a bunda da colega da sala ao lado? Ou talvez reclamando do bafo do Sergio Moro?

A invasão criminosa do celular de uma autoridade pública já era, por si só, insuportável. A divulgação (imoral, ainda que legal) das mensagens, pior ainda.

A desculpa anterior era o “interesse jornalístico” e o envolvimento de autoridades judiciais em possíveis e supostos escândalos. Como absolutamente nada chegou perto disto, seja no meio jurídico, seja na opinião pública, o fiasco jornalístico caminha agora para o vexame total.

As últimas reportagens mostram conversas corriqueiras e de foro pessoal, nada tendo a ver com o propósito inicial (vamos acreditar que era para o bem do País). O caso, agora, é mera divulgação de conteúdo particular. Para mim, torna-se crime. Não sou jurista, mas a divulgação de dados e conversas pessoais é o quê?

Se alguém invadisse meu celular e divulgasse minhas mensagens dos últimos três anos, meu casamento acabava, meu negócio falia, um monte de amigos não me olhariam mais na cara e talvez a PF viesse me visitar no dia seguinte.

Exagero meu? Sim e não.

Frases soltas poderiam levar a tudo isso. Fotos e vídeos pornográficos, então, poderiam me transformar num doente-pervertido-perigoso-potencial-estuprador, fácil fácil. Aliás, eu e 99% dos adultos homens que usam aplicativos de troca de mensagens e participam de grupos de WhatsApp, Telegram etc.

Violação de correspondência é crime: artigo 151 do Código Penal (Devassar indevidamente o conteúdo de correspondência fechada, dirigida a outrem). Pena: detenção de um a seis meses, ou multa.

Catzo! Invadir celular é o que, senão “Devassar indevidamente o conteúdo de correspondência fechada, dirigida a outrem”? E divulgar, vazar, compartilhar — escolha aí o verbo que preferir — vem sendo tratado nos tribunais como crime também, gerando danos morais e materiais às vítimas.

Eu não sei nem entendo como funciona a tal Lei de Imprensa, sigilo da fonte e o escambau, mas se um ministro do supremo, ofendidinho por ver seu nome numa matéria de uma revista eletrônica (Dias Toffoli x Crusoé), baseada em documentos públicos de um processo judicial, determinou a “invasão” de uma redação (do O Antagonista) por policiais federais; a retirada da matéria do ar; multa por descumprimento e outras medidas arbitrárias, por que raios o hacker e o tal Verdevaldo — além dos veículos que estão se sujeitando a essa porcaria toda — continuam brincando de revista de fofoca impunemente?

O palhaço americano adora dizer que “se fatos como esse ocorressem nos EUA, Moro e Dallagnol já estariam presos”.

Mentira! Preso estaria ele. E talvez muito antes de pensar em divulgar as fofocas que roubou.

Leia mais.

61 comentários em “The IntercePT divulga novas fofocas sobre Dallagnol. Virou piada de vez; entenda

  1. Meu caro até agora não foi provado se foi invasão de celular. Eles tem o direito de vazar assim como a PF vazou antes por pura, questão politica. Os áudios são graves juridicamente falando, claro que para uma pessoa como você que já até doou dinheiro pro PSDB, qualquer coisa a favor do PT será desmerecida. Na EPI cá que vazou áudio do Lula você não falou que era conversas de boteco não é mesmo? Moro foi parcial e ajudou o MP e isso sob a constituiçao é crime até que a OAB se pronunciou. A OAB também é petista? A justiça não tem partido mas aqui tem. A lava jato foi parcial e pronto. Aceita que dói menos.

    1. Mortadela nem gente é,são vermes,seu ídolo está preso BABACA.OT é uma organização criminosa.Aceita você que DOI menos,conivente com a corrupção.

  2. Olá Inundado, os arautos do combate a corrupção atuam assim. Num evento da XP Investimento, que de investimento só tem o nome, eles regiamente remunerados propalam a necessidade de o povo fazer sacrifícios por amor ao Brasil. Eles, Roberto Barroso e Luiz Fux que só atuam nos cargos estatais e lá poem os familiares, falam da necessidade da atuação na iniciativa privada (veja, que os outros lá atuem). Falam da necessidade imperiosa das reformas, no caso nem se lembram que a trabalhista já passou e que NÃO criou um mísero emprego, sendo que o Fux teve a desfaçatez de dar ares de autoridade à sua fala a circunstância de no ano que vem será Presidente do STF. Ninguém vaia, é só aplauso no recinto. Vaquinhas dos banqueiros. Esse arauto, Fux, não lembra àquela conspícua assembléia que fora conduzido ao STF pelas mãos de Serginho Cabralzinho filhinho e Adriana Anselmo.
    Então, é assim que esses dois mais a dupla DD e Conje pregam a ética, mas faz muita etitica.
    Sorte, Saúde e Sabedoria.

    1. Somente um idólatra e analfabeto cultural faria uma afirmação absurda como essa:
      “(…)a [reforma] trabalhista já passou e que NÃO criou um mísero emprego,”

      Vou desenhar pra ver se entende, ok? Emprego não nasce em árvores e nem cai do céu. A reforma da OBSOLETA legislação trabalhista foi uma medida extremamente necessária MAS NÃO SUFICIENTE..
      Sabe por quê? Porque a criação de empregos (de postos de trabalho) requer investimentos produtivos, grana, money: investimentos públicos e/ou privados em novos empreendimentos ou em ampliação de empreendimentos existentes. Assim, a Ref Trabalhista é apenas um dos fatores necessários, Pois basicamente, um conjunto de fatores são necessários para um crescimento econômico SUSTENTÁVEL:
      1) existência de investidores com recursos para tal;e
      2) existência de uma ambiente (econômico, politico, mercadológico, legal, de infra estrutura e de recursos humanos) favorável aos negócios/empreendimentos.
      No caso do Brasil, a possibilidades de investimentos públicos são próximas de zero. Os 13 anos desgoverno PT arruinaram com as contas públicas, de tal forma que o Estado não tem hoje (e não terá por um bom tempo) recursos nem mesmo suficientes para as despesas correntes. A herança mais que maldita do PT, que nos deixou com um déficit anual de mais de 150 bilhões e a dívida de quase 5 TRILHÕES, impossibilita até de se fazer frente às despejas correntes principais. Só o déficit da Previdência é de 250 BI/ano.
      É preciso contar com os investimentos privados nacionais e estrangeiros. Mas pra isso,no Mundo REAL, é preciso existir condições minimamente estáveis e favoráveis, porque ninguém investe numa canoa furada, jogando dinheiro num país à beira de um precipício venezuelano.
      Então, é preciso refazer o Brasil, trazê-lo de volta ao caminho do séc 21, tirá-lo do fundo poço que os 3 patetas, Lula, Dilma e Mantega, o jogou:
      a) Reforma da Previdência: sem o déficit da previdência, as contas públicas seriam superavitárias, permitindo não só fazer frente ás despesa correntes como investimentos em infraestrutura, educação, saúde etc;
      b) desburocratização e reforma da primitiva e absurda legislação tributária brasileira;
      c) privatização de estatais deficitárias, inchadas ( que só servem para a corrupção e empreguismo de políticos), aplicando os recursos em investimentos em infra;
      d) atrair investimentos privados em concessões públicas e em tecnologias como estradas, portos, metrõs, saneamento etc;
      e) Racionalizar e modernizar todo arcabouço de leis relativas aos negócios/empreendimentos de forma a tornar o Brasil um País economicamente competitivo no mercado mundial;
      f) Abrir o País para o mundo, estabelecendo acordos comerciais com os principais mercados.
      EMFIM, TIRAR O BRASIL DE ONDE O PT O COLOCOU: DAS PRIMEIRAS DÉCADAS DO SÉC 20.

    1. super preocupado!!! igual eu estava com a absolvição do Lula; igual eu estava com a não-aprovação do impeachment; igual eu estava com a eleição do Haddad; igual eu estava com todas as solturas anunciadas do Nove Dedos… zzzzzzzzzzzzz

  3. Olá Distinto, a dupla de paladinos do Paraná gritam ética, mas fazem muita etitica. Não por outra razão o Conje vive insone; suas olheiras o denunciam.

  4. Quando o “herói” de sunga vermelha (é assim que o seu juizeco marreco está sendo vestido por sua Direita) grampeou e divulgou áudio da presid”anta”, ele cometeu um ato que o levaria à cadeira elétrica aqui nos EUA.
    Ameaçara a soberania nacional, por vaidade, utilizando meios ilícitos, é chamado de herói. Mas quando mexe no furico da Direita, usando as mesmas armas, é chamado de criminoso.
    Se dá no Chico, tem que dar no Francisco.
    Use camisa com o nome de ” Gesuís” e faça arminha com as mãos que passa!
    Brasil, um País para tolos!

    1. “(…) um ato que o levaria à cadeira elétrica aqui nos EUA”?????

      Que EUA é esse?? Estados Unidos das Arábias? Estados Unidos da Coréia do Afeganistão ?
      Pelo visto, não é nos Estados Unidos da América do Norte onde esse idólatra de corrupto vive! Porque lá quem receberia penas duríssimas da Lei seria o comandante da gigantesca roubalheira de dinheiro público e seus comparsas.

    2. Ò GRANDE IMBECIL,
      saiu daqui do país para lavar privada aí no EUA porque? ? ? Porque isso aqui estava uma merda. E o seu PT filho da puta não cuidou de você. Se estivesse bom, vc estaria aqui. CAdeira Elétrica??? Puts.. Quanta estupidez.kkkkkk Agora, cuidado para o Trump não te pegar hein??
      VAi ser deportado, passar vergonha e perder a grana boa que rola em um país capitalista! Onde o funcionário ganha por hora. Não tem porra de aviso indenizado, FGTS, multa nem o caralho a quatro. É preto no branco. vai ter que voltar pra cá! tá fudido!!! kkkkk

  5. (O Antagonista) 10/07/19)
    O lulismo quer garantir a Glenn Greenwald uma imunidade que ninguém tem.

    Diz Ailton Benedito, procurador-chefe do MPF em Goiás:

    “Se o COAF realiza controle de movimentações financeiras de qualquer pessoa, inclusive militante político-partidário camuflado de jornalista, atendendo a uma solicitação da Polícia Federal ou do Ministério Público Federal, não cabe interferência ao MPC nem TCU; só ao Judiciário.”

      1. Uai Ricardinho, desta eu não sabia….se isto for verdade mesmo…voce já tem amigo advogado. Falar nisso vc ainda não nos contou como foi seu reencontro com ele. Noticia tão interessante quanto as atividades economicas de Deltan…

  6. Desde que se anunciou a “delação do fim do mundo” da Odebrecht, os políticos corruptos de vários os partidos se uniram num esquema que envolve membros do STF, parte da imprensa e para derrubar a operação Lava jato.
    Foi a partir dali que o que temos de pior na política, no Judiciário, na imprensa e em outras esferas se juntou num esquema para tentar salvar a pele de seus corruptos. No campo político PT, Psol e PCdoB se uniram a PP, MDB, PTB, PSDB etc. No STF, Gilmar Mendes se juntou a Lewandoski e Toffoli. Na imprensa, jornalistas como Reinaldo Azevedo (pau mandado de Gilmar Mendes) se juntou à imprensa esquedopata que comandou a maior roubalheira de dinheiro público da história.
    Desde então, foram tentadas, sem sucesso, várias ações no Congresso e no Judiciário, com apoio da imprensa esquerdopata e de entidades aparelhadas pelo complexo PT/Psol/PCdoB , para controlar/derrubar a Lava Jato.
    Essa ópera bufa criminosa, dirigida e bancada por esse militante do Psol travestido de jornalista, é o mais recente fracasso, o último ato de desespero para salvar o grande chefão da
    e membros da organização criminosa que cometeu o maior assalto aos cofres públicos da história!

  7. Os ignorantes consideram fofocas. Talvez, o Ricardinho devesse consultar o seu colega blogueiro para saber o que significa parcialidade no judiciário.

    Ele deve saber.

  8. Um marciano me disse que os habitantes de jupiter, planeta mais forte, que puxa tudo pra si, resolveram ensinar marcianos selecionados a destruir o sistema publico em marte, e que o resultado disso é que hoje a agua de marte é residuo, e os habitantes do planeta tiveram que emigrar para não morrerem. Inclusive o marciano que me contou, que vivia em uma familia de boa renda e com conhecimento muito acima da media do planeta.

  9. Quando o o cara começa o texto copiando o trocadilho de 5ª série do portal de RP da Vaza Jato, você já sabe o nível do que virá. Não, meu caro, as conversas publicadas por Intercept, em parceria com Folha de São Paulo e Veja, indicam o cometimento em série de várias condutas ilícitas pelos procuradores da Lava Jato. Houve a combinação de criação de empresa de fachada, com utilização de laranjas para recebimento de polposos cachês por palestras realizadas, isto é ilícito, não só administrativo, é ilícito penal. Aliás, uma das imputações ao ex-presidente Lula foi exatamente relativa às palestras geridas pelo Instituto Lula e que foram comprovadas documentalmente nas ações movidas pelo MPF. Pelo visto, você tem criminosos de estimação, só falta defender a indicação do miliciano 02 para a Embaixada em Washington, ou fazer um texto sobre como vender limonada aos 11 anos na porta de casa no seu condomínio em Escarpas moldou seu caráter.

      1. Só não é pior que pobreza de argumentos e baixo nível intelectual, e falta de senso do próprio ridículo. Acho que deve estar faltando espelho em casa.

  10. Todos nós já sabemos a história do proprietário da revista VEJA e por qual razão esta outrora imparcial revista se tornou uma Carta Capital (do sr. Mino, aliás, outro estrangeiro a dar pitacos esquerdistas aqui no Brasil)) mais parruda. E pensar que já assinei esta revista, mas eram outros tempos e eles tinham muita credibilidade. Mas realmente virou piada estes “vazamentos”, aliás, estes “vazamentos” não, mas a intenção de usá-los para minar a credibilidade do juiz Sérgio Moro e da Lava a Jato. Talvez num próximo “vazamento” apareça um pedido de pizza, de um hamburger… O juiz Sérgio Moro e o procurador Dalagnol são tão integros e tão educados, que nem em vazamentos de conversas privadas se nota uso de palavras de baixo calão ou de baixo nível e nem transparece comportamentos e condutas inadequadas. Devemos é agradecer ao estrangeiro Glenn e seus hackers, que com este trabalho sujo, que afirmam cinicamente ser jornalistico, estão mostrando e confirmando ao país, quem são, na intimidade, estes agentes públicos que estavam a frente da maior operação da história contra o maior golpe de corrupção jamais conhecido. Moro, procuradores e procuradoras, como todos já sabiam, são homens e mulheres da mais alta íntegridade que honraram e honram a bandeira verde e amarela.

  11. O FIM DO BOLSA-IMPRENSA

    Há um aspecto nessa campanha de parte da imprensa contra a Lava Jato, tendo a frente a manjadíssima Folha do PT (reduto jornalístico das múmias do esquerdiotismo brasileiro) e a Veja, do qual muito pouco se fala.
    Estou falando daquilo que está acima das ideologias, dos dogmas das religiões políticas: a grana, money, dimdim. Estou falando daquilo que faz com que grande parte da imprensa deseje ardentemente e atue para derrubar a Lava Jato e o governo Bolsonaro.
    Ora, desde um bom tempo, principalmente nos desgovernos PT, que a grande imprensa se acostumou a viver e depender das milionárias verbas de publicidade estatal. Nos governos PT, a relação de dependência atingiu seu ponto máximo, com a instituição de uma espécie de Bolsa-família da imprensa. Assim, pela utilização de gordas verbas de publicidade do governo, Petrobras, Caixa, BB etc , os governo PT mantinham sob certo controle não só a grande imprensa como alguns jornalecos, sites e blogueiros, tais como P. Henrique Amorim, Luiz Nassif, o 247 etc.
    Mas então eis que, com o governo Bolsonaro, essa farra com dinheiro público foi subitamente interrompida. O suado dinheiro do povo trabalhador e empreendedor deixou de ser utilizado como moeda de troca gov/imprensa, a milionária Bolsa-Imprensa foi extinta.
    De pires na mão, e desacostumada a sobreviver por seus próprios meios e competências (como ocorre no mundo civilizado), grande parte da imprensa sonha com a volta das vacas gordas, com as milionárias propinas obtidas em detrimento dos investimentos em Saúde, Educação, Estradas etc.

  12. Bom dia, prezado Ricardo.
    De fato, o verdevaldo de tanto conviver com PTralhas passa a adotar a mesma estratégia deles, assim com os nazistas faziam. Vamos falar uma mentira tantas vezes até ela virar verdade. Se não, vejamos. Quando o verdevaldo diz que se fosse nos EUA Moro e Dallagnol estariam presos, ele se “esquece” que ele é que estaria preso, ou será que Edward Snowdwn e Julian Assange são heróis lá? Vê como se tenta fazer um mentira virar verdade?
    Quanto à conversa vazada sabemos que à luz da Teoria Geral do Processo o questionamento sobre a imparcialidade do Moro é procedimental e não processual, que aliás vai deixando de existir à medida que avança a respectiva instrução. Só a forja de provas contra o acusado teria o condão de tirar a imparcialidade de Moro e, pelo que sabemos, as provas não foram forjadas.
    Mas como esquerdopatas não admitem nunca o erro, não admitem perde o poder e, com ele, a possibilidade de encher o bolso de pixuleco, entende-se a revolta.

  13. Ricardo, é aquilo que sempre falei: Governo e Justiça têm medo dos histéricos!
    No Brasil, quem grita pode tudo!
    Esquerdopatas só têm o grito como argumento, já que são avessos ao diálogo e boa cultura pessoal, política e científica.
    É o tipo de gente que tudo vale para se manter no poder e defenestrar que pensa diferente.
    Já reparou do tanto que eles falam mal da polícia quando esta simplesmente cumpre a lei?

    Um abraço!

  14. Olha Ricardo, o resumo disso tudo é que a esquerda não se enxerga, são realmente organizadores de motins embaçados.
    ‘”tô fora'” desse povo todo descrito na matéria, ninguém me convence de que não são ‘doentes’!

    1. A LISTA DE “INOCENTES” CONDENADOS POR MORO
      1. Adir Assad – Lobista e operador de propinas
      2. Agenor Franklin Magalhães Medeiros (2 vezes) – Executivo OAS
      3. Agosthilde Monaco – Executivo Petrobrás
      4. Alberto Elisio Vilaça Gomes – Executivo Mendes Júnior
      5. Alberto Youssef (6 vezes) – Doleiro e operador de propinas
      6. Alexandrino de Salles Ramos de Alencar – Executivo Odebrecht
      7. André Catão de Miranda – Doleiro e operador de propinas
      8. André Luiz Vargas Ilário – Ex-deputado do PT
      9. Antônio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini – Advogado operador de propina
      10. Antonio Palloci Filho – Ex-ministro do PT
      11. Antônio Pedro Campelo de Souza – Executivo Andrade Gutierrez
      12. Augusto Ribeiro de Mendonça Neto – Empresário Setal
      13. Bruno Luz – Lobista e operador de propinas
      14. Carlos Alberto Pereira da Costa (3 vezes) – Laranja e operador de propinas
      15. Carlos Emanuel de Carvalho Miranda – Empresário operador de propinas
      16. Carlos Habib Chater ( 2 vezes) – Doleiro e operador de propinas
      17. Cesar Ramos Rocha – Executivo Odebrecht
      18. Cleverson Coelho de Oliveira – Operador de propinas
      19. Dalton dos Santos Avancini – Executivo Camargo Corrêa
      20. Dário de Queiroz Galvão Filho – Empresário Galvão Engenharia
      21. Dário Teixeira Alves Júnior – Laranja e operador de propinas
      22. Demarco Epifânio – Executivo Petrobrás
      23. Ediel Viana da Silva – Laranja e operador de propinas
      24. Eduardo Aparecido de Meira – Empresário e operador de propinas
      25. Eduardo Consentino da Cunha – Ex-deputados PMDB
      26. Eduardo Costa Vaz Musa (4 vezes) – Executivo Petrobrás e Sete Brasil
      27. Eduardo Hermelino Leite – Executivo Camargo Corrêa
      28. Elton Negrão de Azevedo Júnior – Executivo Andrade Gutierrez
      29. Enivaldo Quadrado – Operador de propinas
      30. Erton Medeiros Fonseca – Executivo Galvão Engenharia
      31. Esdra de Arantes Ferreira – Laranja Labogen
      32. Faiçal Mohamed Nacirdine – Doleiro e operador de propinas
      33. Fernando Antônio Falcão Soares (2 vezes) – Lobista e operador de propinas
      34. Fernando Antonio Guimarães Hourneaux de Moura – Lobista e operador de propinas
      35. Fernando Augusto Stremel Andrade – Executivo OAS
      36. Fernando Migliaccio da Silva – Executivo Odebrecht
      37. Fernando Schahin (2 vezes) – Empresário Grupo Schahin
      38. Flávio Gomes Machado Filho – Executivo Andrade Gutierrez
      39. Flavio Henrique de Oliveira Macedo – Empresário e operador de propinas
      40. Gerson de Mello Almada (2 vezes) – Executivo Engevix
      41. Hamylton Pinheiro Padilha Júnior – Lobista e operador de propinas
      42. Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho – Executivo Odebrecht
      43. Iara Galdino da Silva – Doleira
      44. Ivan Vernon Gomes Torres Júnior – Laranja ex-assessor de Pedro Corrêa
      45. Jayme Alves de Oliveira Filho – Operador de propinas
      46. Jean Alberto Luscher Castro – Executivo Galvão Engenharia
      47. João Augusto Rezende Henriques (2 vezes) – Lobista e operador de propinas do PMDB
      48. João Carlos de Medeiros Ferraz – Executivo Sete Brasil
      49. João Cerqueira de Santana Filho (2 vezes) – Marqueteiro do PT
      50. João Claudio de Carvalho Genu – Assessor do PP operador de propinas
      51. João Luiz Correia Argolo dos Santos – Ex-deputado do PP
      52. João Procópio Junqueira Pacheco de Almeida Prado – Laranja e operador de propina
      53. João Ricardo Auler – Executivo Camargo Corrêa
      54. Joao Vaccari Neto (5 vezes) – Tesoureiro do PT
      55. Jorge Luz – Lobista e operador de propinas do PMDB
      56. Jorge Afonso Argello – Ex-senador do PTB
      57. Jorge Luiz Zelada (2 vezes) – Executivo Petrobrás
      58. José Adolfo Pascowitch – Lobista e operador de propinas
      59. José Aldemário Pinheiro Filho (3 vezes) – Executivo OAS
      60. José Carlos Costa Marques Bumlai – Pecuarista amigo de Lula
      61. José Dirceu (2 vezes) – Ex-ministro do PT
      62. José Ricardo Nogueira Breghirolli – Executivo OAS
      63. Juliana Cordeiro de Moura – Doleira operadora de propinas
      64. Julio Cesar dos Santos – Ex-sócio de José Dirceu
      65. Júlio Gerin de Almeida Camargo (2 vezes) – Lobista e operador de propinas
      66. Leandro Meirelles – Doleiro e operador de propinas
      67. Leon Denis Vargas Ilário – Irmão do ex-deputado André Vargas
      68. Leonardo Meirelles – Doleiro e operador de propinas
      69. Luccas Pace Júnior – Doleiro e operador de propinas
      70. Luiz Carlos Moreira – Executivo da Petrobrás
      71. Luiz Eduardo da Rocha Soares – Executivo Odebrecht
      72. Luiz Eduardo de Oliveira e Silva (2 vezes) – Irmão de José Dirceu
      73. Luiz Inácio Lula da Silva – Ex-presidente
      74. Marcelo Bahia Odebrecht (2 vezes) – Empresário Odebrecht
      75. Marcelo Rodrigues – Operador de propinas Odebrecht
      76. Márcio Andrade Bonilho – Empresário e operador de propinas
      77. Márcio Faria da Silva (2 vezes) – Executivo Odebrecht
      78. Maria Dirce Penasso – Doleira operadora de propinas
      79. Mario Frederico Mendonça Goes – Lobista e operador de propinas
      80. Matheus Coutinho de Sá Oliveira – Executivo OAS
      81. Milton Pascowitch – Lobista e operador de propinas
      82. Milton Taufic Schahin (2 vezes) – Empresário Grupo Schahin
      83. Mônica Regina Cunha Moura (2 vezes) – Marqueteira do PT
      84. Nelma Mitsue Penasso Kodama – Doleira operadora de propinas
      85. Nestor Cunat Cerveró (3 vezes) – Executivo Petrobrás
      86. Olívio Rodrigues Junior (2 vezes) – Operador de propinas Odebrecht
      87. Paulo Roberto Costa (7 vezes) – Executivo Odebrecht
      88. Paulo Roberto Dalmazzo – Executivo Andrade Gutierrez
      89. Pedro Argese Júnior – Laranja Labogen
      90. Pedro da Silva Correa de Oliveira Andrade Neto – Ex-deputado PP
      91. Pedro José Barusco Filho (3 vezes) – Executivo Petrobrás
      92. Rafael Ângulo Lopes (2 vezes) – Operador de propinas
      93. Raul Henrique Srour – Doleiro operador de propinas
      94. Renato de Souza Duque (6 vezes) – Executivo Petrobrás
      95. Renê Luiz Pereira – Doleiro operador de propinas
      96. Ricardo Hoffmann – Publicitário
      97. Ricardo Ribeiro Pessoa (2 vezes) – Empresário UTC
      98. Rinaldo Gonçalves de Carvalho – Funcionário Banco do Brasil
      99. Roberto Gonçalves – Executivo Petrobrás
      100. Roberto Marques – Ex-assessor José Dirceu
      101. Rogério Cunha de Oliveira – Executivo Mendes Júnior
      102. Rogerio dos Santos Araújo (2 vezes) – Executivo Odebrecht
      103. Salim Taufic Schahin – Empresário Grupo Schahin
      104. Sérgio Cunha Mendes – Empresário Mendes Júnior
      105. Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho – Ex-governador Rio
      106. Sônia Mariza Branco – Operadora de propinas
      107. Waldomiro Oliveira – Empresário e operador de propinas Sanko Sider
      108. Walmir Pinheiro Santana (2 vezes) – Executivo UTC
      109. Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho – Ex-secretário governo do Rio
      110. Zwi Skornicki – Lobista e operador de propinas

    2. A sua pergunta de “os fins justificam os meios?” vale para a invasão criminosa de celulares de Moro e procuradores da Lava Jato (que, a rigor, nada revelam de ilícitos)?

      Um ato criminoso de invadir a privacidade do ministro da Justiça e de procuradores da Lava Jato é justificado por seus fins (ainda mais que (ainda mais agravado por se tratar indisfarçavelmente de fins político/partidário/ideológicos sob o comando de um reles militante de partido de travestido de jornalista)???

  15. Engraçado que, na época dos áudios vazados da Anta tentando salvar a pele do Ladrão tornando-o ministro, os mesmos eram ilegais para os vermelhos. Agora , isso não está em pauta. Gentalha .. Êta povinho sem memória.. as conversas de Moro não vão dar em nada porque não revelam nada. Não retiram os fatos, anulam as provas, os depoimentos, documentos da condenação em primeira instância do Ladrão de 9 dedos. Depois houveram mais 2 condenações, mas isso aí eles não se lembram… Se querem que o Moro pague disciplinarmente pelo que fez, que o órgão competente o faça.. mas sem essa ladainha de que era juiz comprado e ladrão..e de que Lula é inocente. Puro desespero dos Lula Livre & CIa. Pobres coitados.. a esquerda acabou. Tá sumindo. Já era.. daqui a alguns anos, o que veremos serão Cidrac´s e PETERRRS chorando em blogs ( cadê o Queiroz? ) , alguns idiotas úteis saudando a mandioca e gritando descanse em paz presidente, no túmulo do ladrão.
    Obrigado Senhor, por nós livrar desta chaga imunda. Viva o Brasil. Parabéns Ricardo!

  16. Eu não entendo como uma gigante da informação, do qual faz parte o Portal Uai, deixa um “colunista” que age de maneira totalmente parcial, que notadamente é um anti-PT, que só por isso, não deveria estar neste local; tentando colocar sua opinião parcial, em um meio de informação que não faz jus ao correto. Não estou defendendo ninguém… mas chamar uma informação que até agora se mostra totalmente idónea de “IntercePT” é a mais pura tomada de postura a um lado da história, ficando às cegas, com informações, ainda sem contestações convictas das partes denunciadas. Então Sr. Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos. (sentimentos anti-PT) Vergonha ver alguém assim com espaço em um lugar sério.

    1. Sergio, deixe-me te explicar algumas coisas:

      1. Este espaço não é do Portal UAI. Este espaço é meu! O Portal apenas me hospeda em sua homepage. Sabe por quê? Porque a audiência é enorme. Em menos de três anos, ultrapassamos a marca de 5 milhões de leitores únicos. Você inclusive. Obrigado, aliás.

      2. É óbvio que sou parcial. Isso é um blog de opinião. A minha! E opinião sem parcialidade só existe na boca dos isentões ou dos politicamente corretos. Quer ler algo assim, procure outro lugar.

      3. A informação do IntercePT é idônea aonde meu caro? Na seu mundo, certo? No meu, não é. Nem por isso desejo cassar seu direito de se expressar. Viu a diferença entre um anti-petista e um petista? Eu me expresso, e cago e ando para o que você pensa. A recíproca não é verdadeira. Gente como você se preocupa e não aceita o que os outros pensam.

      4. Por fim, sobre sua vergonha, um conselho: aproveite que é um cara muito melhor que eu e procure um veículo da importância do UAI para hospedar um blog. Se eu consegui, pra você será moleza.

      Abrs

      1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! depois desta , caro Sérgio, pede pra cagar e não volta mais.
        Eu canso de falar aqui: vocês comunistas são tão, tão ESTÚPIDOS, que só aumentam a visibilidade do blog que vocÊs destestam… kkkkkkkkkkkkk….. Que piada…
        obrigado mais uma vez Ricardo.. Você lava a alma de qq cidadão de bem com estas palavras.
        Pobres diabos… estão perdidinhos… kkkkk

  17. é amigo pelo visto vc não tm bandido de estimação tem uma quadrilha inteira, devo lembrar que este mesmo jornalista foi elogiado por Moro e Deltan cono diria o ex juiz Sergio MORO numa entrevista ao Bial ” não importa como o diálogo foi conseguido, o que importa é o conteúdo do diálogo em si ” kkkkkkkk com todos respeito, peixe morrem pela lingua, pau que da em chico dá em Franscisco, combato a corrupçao deve continuar sempre respeitando a constituição

      1. Ricardo,
        Infelizmente, os rabiscos na língua do Dilmês descobertos em cavernas habitadas por povos primitivos ainda não têm tradução.
        Escavações arqueológicas produziram alguns indícios que levam os arqueólogos a concluir que a origem dessa meio de comunicação surgiu entre os primeiros hominídeos que habitavam a África há uns 20 milhões de anos.
        Consta que, aqui no Brasil, esse é ainda um meio primitivo de comunicação entre povos das tribos esquerdopatas.

  18. A sorte é que você, inundado, está longe de ser jornalista… nada mais do que um extremista que não aceita os fatos da podridão dos bastidores deste governo.

  19. Mais um dos seus rascunhos para dar pena. A sua medida para a corrupção do MP e a de seus afetos é muito rasa. Estas posturas é que fazem as pessoas caírem no descrédito. Fico imaginando se você é assim também na sua vida privada. Dá dó.

  20. Não aguento mais ver tantos babacas e idiotas a defenderem esse Queima Rosca de merda! Nem jornalista essa droga é, Tenho vergonha de saber que sou residente no mesmo país, onde uma pequena parcela de pessoas nasceram prejudicados mentalmente. Quando vejo um desses doentes, que querem a todo custo justificar inocência de criminoso, cachaceiro, vagabundo, ordinário, miserável, hipócrita, acéfalo, com notícias inventadas por esse gringo machona e seu grupo perverso, me dá náuseas. Maduro já abriu as fronteiras e como tem centenas de idiotas comunistas a oportunidade é agora. Sumam pra lá, pelo menos estaremos livres de mais um com essa terrível doença mental de adoração por criminosos!! Não irá faltar lugar pra vc idiota dependurar, Maduro tbm tem saco igual ao do Lula!

  21. Esses dias vi uma frase interessante nesses “grupos”… ‘ vazamentos da esquerda são sempre sobre propina e corrupção, vazamentos da direita são sempre sobre prender bandidos’ .. acho que ela explica tudo.

  22. Ricardo,
    Sobre o seu texto de hoje eu não preciso nem dizer que está perfeito como sempre mas a seção de comentários está um show.
    De um lado os desesperados de sempre e do outro lado você com suas respostas hilárias e os comentários dos ótimos Robes Mendes, Rodrigo Guimarães e outros. Está bom demais.
    A turminha vermelha está ficando cada vez mais sem argumento. Dá dó.
    A revista VEJA parece que percebeu a furada em que ela entrou publicando os áudios do Verdevaldo tentando desestabilizar o ministro Sergio Moro que na edição desta semana não publicou uma palavrinha contra o ministro ou contra o presidente. Ela viu a enxurrada de milhares de pessoas cancelando suas assinaturas e rasgando a revista em vídeos no WhatsApp.

  23. Ricardo,

    Muito bom.
    Falou tudo.
    Conversa solta, nesses aplicativos, é bem comum, com certeza.

    É absurdo.
    A lei de conselho processual, artigo 254 é de 1941.
    Nessa época não existia nem TV.
    O verbo “aconselhar” no inciso IV não tem a mesma pehformance nos dias de hoje,
    pois a era cibernética fez o verbo “opinar” e “aconselhar” um tanto semelhantes dependendo da frase,
    visto que a era da internet permite opinião de modo
    muito abrangente.

    Em 1941 não _existia:
    TV;
    Pc;
    Cebulal;
    Só a Lua como satélite do espaço;
    E etc.
    Ou seja, à medida que a tecnologia avançou, muitos verbos e até adjetivos tiveram sua
    significância ou insignificância alteradas.

    Deveriam analisar com esta perspectiva.

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.