Brumadinho: A tragédia e a politicalha. Bady Curi Neto em perfeita síntese

Na linha do que venho escrevendo, o amigo e colaborador deste blog, Bady Curi Neto resume e encerra esse triste assunto

Presidente e Governador à época do desastre em Mariana (Foto: Ricardo Stuckert)

O Brasil e o mundo acompanham a tragédia do rompimento da barragem de resíduos da mineradora Vale, na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. O desastre, ou crime ambiental, que ceifou várias vidas e desabrigou tantas outras, mobilizou, de imediato, uma forte campanha de solidariedade às famílias das vítimas.

O Presidente da República Jair Bolsonaro chegou da Europa, vindo do encontro em Davos, na Suíça, e imediatamente deslocou-se para Minas Gerais, no intuito de prestar solidariedade e tomar as medidas necessárias ao lado do Governador Romeu Zema, mesmo com uma cirurgia marcada para a retirada da bolsa de colonoscopia.

O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Defesa Civil, em esforço sobre-humano, trabalham dia e noite na tentativa de encontrar sobreviventes, ou mesmo devolver os corpos que sucumbiram aos seus familiares. O Governo de Israel, em gesto humano e solidário, enviou homens com os mais modernos equipamentos para ajudar na localização de possíveis sobreviventes, em uma demonstração de solidariedade com os brasileiros.

Infelizmente, alguns políticos e seus asseclas, sobretudo os de esquerda, resolveram aproveitar, covarde e desumanamente, para atacar o novo governo, atribuindo-o alguma responsabilidade pelo acidente.

Algumas pessoas chegaram a comemorar a tragédia, em suas redes sociais, devido ao fato de Jair Bolsonaro ter tido 60% dos votos naquela localidade. O jornalista Reinaldo Azevedo atribuiu a tragédia à nova gestão. Outros criticaram a presença do Exército de Israel, que veio prestar ajuda às próprias expensas do Governo do seu país.

Já Gleisi Hoffmann, presidente do Partido dos Trabalhadores, o deputado Paulo Pimenta e outros deputados do partido compareceram ao local do desfortúnio, fazendo da lama, do sofrimento alheio e das vítimas, palanque para um discurso político mesquinho, disfarçado de solidariedade.

Em franco escárnio, Gleisi e seus colegas conclamaram, no local do desastre, uma CPI das Mineradoras. Ora, CPI se convoca no foro competente, ou seja, na Câmara dos Deputados.

A meu ver, a atitude da Presidente do PT não é demonstração de irmandade com o povo de Brumadinho e de Minas Gerais, mas sim uma demonstração clara de politicalha.

É de se perguntar: o que esta senhora e Paulo Pimenta fizeram de efetivo após o acidente de Mariana, quando sua aliada Dilma Rousseff era a representante maior da nação, e seu correligionário, Fernando Pimentel, era o governador do estado?

Por óbvio, há de se apurar as responsabilidades com todo o rigor que merece o caso, mas o momento é de união de esforços em busca das pessoas, no intuito primeiro de salvar vidas, e depois de encontrar os corpos tombados.

O que não admite-se, de forma alguma, em pleno sofrimento das vítimas, seus familiares e todos os mineiros, é comemoração ideológica (de esquerdopatas), inconformados com a derrota de seu candidato; e que se faça da desgraça um palanque político.

Por: Bady Curi Neto, advogado, ex-juiz eleitoral do TRE-MG, professor e sócio-fundador do escritório de advocacia empresarial que leva o seu nome.

Leia mais aqui e aqui.

33 thoughts to “Brumadinho: A tragédia e a politicalha. Bady Curi Neto em perfeita síntese”

  1. Perfeita síntese. Nem é preciso comentar. Destaco 2 parágrafos:

    “É de se perguntar: o que esta senhora e Paulo Pimenta fizeram de efetivo após o acidente de Mariana, quando sua aliada Dilma Rousseff era a representante maior da nação, e seu correligionário, Fernando Pimentel, era o governador do estado?”

    “O que não admite-se, de forma alguma, em pleno sofrimento das vítimas, seus familiares e todos os mineiros, é comemoração ideológica (de esquerdopatas), inconformados com a derrota de seu candidato; e que se faça da desgraça um palanque político.”

  2. Uma analise simplesmente perfeita, da caracteristica humana de nossos representantes, sempre tirando proveito de tudo e de todos, como os abutres fazem. Este povinho era o que governava nosso pais, ate o ano passado, esperamos que eles fiquem no devido lugar PASSADO.
    abraços
    walmir de Governador Valadares

  3. Se “esqueceu” do lobista-mor das mineradoras, Leonardo Quinhão, que não foi reeleito mas ganhou cargo de assessor do Onyx. Nem só nas esquerdas tem políticos bandidos.

  4. Olá Distinto, na época da lama Rio Doce Abaixo neste espaço não apareceu uma vírgula sequer alusiva ao tema e, olha que eu insisti no assunto, mas a indiferença prevaleceu e o blogueiro falava de Willians, Wacks e Bonner e outros abordagens sem relevância. Naquele momento, houve, inclusive, um fato deprimente. Num jogo no Estádio de São Januário abriu-se faixa de pesar pelas vítimas em Paris, lá do lado de lá do Atlântico, mas nada se disse acerca das pessoas de Bento Rodrigues. Sacumé né, gente chique e descolada da oropa merece reverências, mas os puris, os botucudos, os tapuias (nós os brasileiros) não contam, somos um gentalha….
    Os valorosos servidores dos Bombeiros, Defesa Civil e do SUS merecem aplausos e reconhecimentos.
    Até na tragédia o modelo estatal é melhor. Dizem que houve desvios de dinheiro na Petrobras. Para recuperá-lo ha os mecanismos jurídicos e tecnológicos (SIGA O DINHEIRO) slogan técnico- jurídico se aplica, pois, indo no encalço da riqueza desviada (que esteja em bancos da Suíça (onde se lava mais branco ou em outras paragens esconderijos de falcatruas) e a faz retornar para o dono. Tem remédio, tem solução. Como trazer de volta as vidas perdidas na lama?
    Espia bem!

    1. Cidrac,

      Novamente um comentário infeliz ou dotado de má-fé; “Até na tragédia o modelo estatal é melhor”.
      Acho que realmente vc vive em uma redoma dos incultos esquerdopatas. Olha nosso sistema de saúde estatal. Sem comentários.

      1. Neto, os helicópteros do Corpo de Bombeiros heroicos, não apenas em Brumadinho, ostentam o logotipo do SUS. É o sistema estatal que dá vacina, o ÚNICO que faz transplante, outros tratamentos sofisticados, tratamento contra AIDS. Presta um serviço extraordinário e sua concepção se levada a rigor traria mais benefícios, então, se você não conhecia fica apresentado, toca ai* (*aperto de mãos). Espia bem.

        1. Cidrac,

          As filas dos hospitais não existem, no Brasil o atendimento do SUS é exemplo para o mundo, temos leitos para todos os enfermos. Ques pais vc vive? vc é uma piada, infelizmente, com cometários de péssimo gosto.

          1. Neto, quem além de ti pensa que ha leitos para todos no SUS? Mas, quem haveria de negar que o SUS vacina, trata AIDS, faz os transplantes, faz os tratamentos mais caros e sofisticados? E sendo ESTATAL socorre as vítimas da INICIATIVA PRIVADA matadeira da VALE (quando era ESTATAL as barragens não rompiam). Um pouco de fidelidade aos fatos faz tão bem.
            Não ha negar que parte da minúscula classe média brasileira, servil e aduladora, tem acesso as clínicas e hospitais que oferecem nutela nos corredores, mas isso é para um número infinitesimal que pode pagar!
            Não confunda bife a milaneza com rifle ali na mesa.

    2. “Dizem que houve desvios de dinheiro na Petrobras”
      DIZEM?!?!?! Mamma mia!!! Eis aí, a involuntária confissão de grave cegueira ideológica. O idólatra, adorador do pai dos pobres de espirito e da mãe dos otários, não enxergou o gigantesco assalto a uma empresa pública já perpetrado no Brasil ( e talvez, no mundo)!
      Vou lhe contar outras coisas que andam “dizendo” por aí: dizem que Lula comandou a maior roubalheira a um País já visto na história do mundo. Dizem que Dilma acelerou o desastre econômico, administrativo e moral iniciado pelo seu antecessor e criador. Dizem que a Terra gira em torno do Sol. Dizem que o gov PT deixou um País quase quebrado, com um déficit de 150 bi/ano nas contas públicas e uma dívida pública de quase 5 TRI, desempregado e inflação em ata, 64 milhões endividados, saúde pública no CTI etc.
      Impressionante, não é mesmo?, o que andam “dizendo” por aí!

  5. Felizmente, nunca na história deste país, a Justiça, o MP e a PF agiu tão rápido prendendo envolvidos, apreendendo documentos e quebrando sigilos dos membros de apoio técnico do quadrilhão.
    Logo darão a devida resposta a essa rataiada de cofres públicos pertencentes à esquerda bolivariana que ocupou o governo federal e estadual e usa capangas para distorcer a mídia e terceirizar a responsabilidade pela tragédia de Brumadinho a quem há apenas 29 dias, herdou o país destruído moral, social e economicamente.
    Que tenham longos anos de cadeia para os aloprados, maracutaieiros, corruptos , ladrões, máfias de fiscais achacadores, membros das câmaras estaduais e municipais que agem e julgam impunemente no Modo Tribunal do Crime e assemelhados.

  6. Olá Distinto, 01) os equipamentos utilizados pelo exército de Israel pode ser comprado na internete até por Zé Coisa Nenhuma como eu; (bravo Comandante do Corpo de Bombeiros que se pronunciou a respeito); 02) então o que houve foi mais um rebaixamento humilhante e subserviente do Presidente Bolso Nabo em permitir que outro exército adentre o território nacional e olha que a princípio o pato manco disse que Brumadinho não tinha nada a ver com ele; 03) o que esse exército estrangeiro quer mesmo é fazer publicidade, pois, muitos banqueiros de Israel são donos da Vale; 04) assim essa chegada retumbante é apenas mais um fiasco, pois, os banqueiros de Israel sabiam que as barragens são mal conservadas e não mandaram tecnologia para prevenção e cautela como para consertá-las e para dar firmeza, mas na hora do soluço eles querem bancar de mocinhos como se as equipes brasileiras não fizessem o trabalho valoroso que fazem.
    Sorte, Saúde e Sabedoria.

    1. Cidrac,

      Espero realmente que seus comentários sejam apenas desinformação e não má-fé. Dizer que os equipamentos do exercito de Israel pode ser comprado na esquina? Dizer que o exercito veio defender interesse de banqueiros? Rebaixamento do Presidente em aceitar ajuda? Ora, não escreva tanta bobagem antes de se informar, até o ridículo deve ter limites. Se fosse um familiar seu que estivesse entre as vitimas da tragedia vc faria até circuncisão para receber ajuda dos Israelenses com sua tecnologia.

      1. Neto, larga mão de bobiça, não mencionei esquina, embora não duvide que seja encontrado sim, aliás ha tanta traquitana nessas feiras de desempregados Pindorama afora…
        No afã de propaganda rasteira o Bolso Nabo chamou o milicos da Terra Santa (conduta questionável pelo que dispõe a Constituição brasileira sobre a matéria), mas os equipamentos deles detectam corpos com vida, logo… quer que eu desenhe???
        Você escreveu o seu texto em razão de ter algum familiar diretamente envolvido no desastre em questão? Em caso afirmativo é bem provável que esteja influenciado emocionalmente pelo ocorrido, portanto, se não estamos diretamente envolvidos temos mais chances de objetividade e distanciamento, é ou não é? Fica esperto, sujeito!

        1. Cidrac,
          O presidente Jair Bolsonaro não chamou “os milicos da Terra Santa” como disse você com esta sua ridícula mania, totalmente sem graça porque até para ser comediante você é um fracassado, de trocar os nomes das pessoas.

          A vinda dos militares israelenses foi uma oferta humanitária mostrando a generosidade do primeiro ministro israelense Benjamin Netanyahu para com o presidente Jair Bolsonaro e o povo brasileiro.

          Alguém viu alguma oferta de ajuda humanitária dos ditadores cubanos, venezuelanos e dos países africanos?

          Uma psicóloga já descreveu aqui na semana passada seu quadro patológico, por que você não procura ajuda médica e um emprego?

          1. Olá Murilo, Israel quer vender equipamentos e traquitanas para o Brasil, algumas delas pode ser compradas pela internete, esse biscoito tão fino assim não. Neste sentido: logo após as últimas eleições um dos filhos do Bolso Nabo e o Governador do RJ falaram abertamente sobre essa intenção.
            Outro ângulo, o Brasil possui, em suas Forças Armadas pessoal e aparato capacitado para esse enfrentamento. É que o pato manco não prestigia nem mesmo a instituição a qual um dia pertenceu. (É como diria Juca Chaves, o patriotismo acaba quando o whisky é nacional).
            Embora esse tema não faça parte da discussão é bem provável que eu trabalhe mais que você, de toda sorte estás se aventurando não campo que não conheces!

    2. O que eu sei, é que os bombeiros de MG, que nesse momento rastejam pela lama em busca de corpos, estão com seus salários atrasados a 3 anos,recebendo de forma parcelada, e ainda não receberam o 13o salário de 2017. Enquanto isso, Dilma e Fernando Pimentel andam pra lá e pra cá livres e com o dinheiro dos pagadores de impostos.

    3. Os equipamentos pode ser comprado???

      Não sabe a diferença de plural e singular não cidraca????

      Seu português é fedorento igual seu raciocínio!!!!

      Internete??? É parente do pivete??? Da Ivonete????

      É internet seu petralha analfabeto!!!! Aprenda a escrever!!!!

      Banqueiros de Israel????

      A VALE é do Bradesco, do fundo de pensão do Banco do Brasil, do BNDES e de milhares de acionistas seu vagabundo!!!!!

      Eu te desafio a publicar o nome de um só banqueiro de Israel!!! Um só!!!!

      Vai chupar um bago de LULA lá na PQP que te carregue!!!!

      1. José Dirceu, escondido na covardia do anonimato és violento heim??? Uma das diferenças entre mim e ti é que tudo que eu escrevo aqui eu falo em público na rua, numa sala de aula, no salão de uma igreja, no meio da torcida do GALO, também conhecido como LINDÃO. enfim, não me valho do teclado para grunhir e usar palavras de baixo calão. Deixa o sarcófago da ignorância e da brutalidade, seja ao menos urbano.
        Quanto a ortografia, fique sabendo que mais importante que a forma é a fórmula, logo, se você entendeu, cumpriu-se o desiderato da mensagem e, vc entendeu, pois, veio logo com arrogância apontando o que seria erro de ortografia, aliás essa atitude é muito frequente em quem se julga superior no uso do léxico.

  7. YES, NÓS TEMOS CANALHAS!!!

    Não há mesmo limites para a canalhice dessa gentalha.
    Muita gente se surpreendeu, ficou horrorizada, quando se deu conta dos crimes perpetrados nos desgraçados 13 anos de governo petista.
    Ora, mesmo se levando em conta a gigantesca roubalheira e os descalabros cometidos no poder, não era para ninguém se surpreender com a falta de limites para a canalhice petista. Nos quase 30 anos que antecedem a sua ascensão ao poder, o PT, como toda a esquerdalha, se caracterizou por uma prática política, predadora, radical, fundamentalista, oportunista, demagógica, além de um modus operandi caracteristicamente fascista de sua militância.
    Tanto na oposição como no poder, o PT atuou sempre em função de seus interesses mesquinhos e de sua obsessão autoritária pelo poder. Na oposição foi contra tudo aquilo que, mesmo sendo fundamental para o País, não servia ao seu projeto de poder. É a política canalha do quanto pior para o governo melhor para o PT. Nos 13 anos no poder, foi o desastre que se viu: um projeto de perpetuação no poder que afundou o País na sua mais profunda crise econômica, social, política, administrativa e moral.
    E é esse neofascismo predador, senhora e senhores, que vai caracterizar a atuação do PT. Lula, Dilma, Gleise Hoffmann e seus canalhas amestrados precisam, agora desesperadamente e mais do que nunca para a sua sobrevivência política, que circo pegue fogo, que o Brasil se foda mias ainda do que foi fodido por eles.

  8. Além de alguns dos ‘políticos de esquerda, uns de direita e outros sem lado, o que dizer dos políticos, financiados pelas mineradoras?

    Quando devastaram Bento Rodrigues, a imprensa noticiou que a SAMARCO estava perdendo mais de 100 milhões por dia de inatividade. Hoje se noticiou que os royalties pagos mensalmente à Brumadinho são de cerca de 5 milhões. Isto sim é o capitalismo selvagem, capitalismo que mata!!!!

    O que esperar de políticos mineiros? Enquanto em SP, o metrô circunda o estado, não conseguimos nem 40 km de extensão? Para construir um viaduto de 100 m (lagoinha), demoramos mais de 10 anos.
    SOCORRO!

  9. Insofismavelmente é a realidade, pura, triste, vergonhosa e desonesta desses bandidos disfarçados de políticos. Eu gostaria de saber a postura do Governador de Minas em se tratando da nomeação do secretário do meio ambiente que também é diretamente responsável pela tragédia e era do PT, Partido criminoso em todos os sentidos.E aí senhor Governador, vai manter esse senhor no cargo?!As famílias de Brumadinho anseiam pela resposta…

  10. Eu só tenho a agradecer ao governo de Israel pela solidariedade e fico entristrecido com as críticas negativas e descabidas que leio a respeito. A realidade é que apenas este pequeno ato de Israel demosntra que a nova visão de nosso novo ministério das relações exteriores já está sendo positiva. Mariana não teve solidariedade de Cuba, Venezuela e nem do resto da gangue, e isso causa um verdadeiro grito de desespero dessa turma desrespeitosa.
    Obrigado pelo texto, dr. Bady Curi Neto!
    Obrigado, Israel… Shalom aleikhem!

    1. Tulio,

      Exatamente, temos que curvar e agradecer aqueles que prontificaram em menos de 24 horas em ajudar as vitimas do trágico acontecimento. Enquanto os Israelenses prestam ajuda, alguns Brasileiros, compatriotas, desdenham da ajuda humanitária por questões meramente politicas. Uma verdadeira vergonha.

  11. NEM ESTOU ACREDITANDO! COMENTÁRIOS VERDADEIROS! ESTAVA QUASE DESISTINDO DESTE PORTAL DE NOTÍCIAS DA ESQUERDA. SEJAMOS MAIS JUSTOS E DEMOCRÁTICOS, A VERDADE ACIMA DE TUDO. PUBLIQUEM COMENTÁRIOS DA DIREITA, POR FAVOR.

    !

  12. Não se esqueçam desse meliante chamado Leonardo Quintão.
    Vigarista de primeira grandeza.
    Empresa da família na região de Betim altamente poluidora.
    Gente da pior qualidade.

  13. Só algumas perguntas:
    – Quem em campanha politica criticou duramente o Ibama chamando-o de industria de multas, ameaçando inclusive em extingui-lo?
    – Quem em seus discursos falava em flexibilizar as leis ambientais, que travavam o empresariado brasileiro?
    – Quem dizia a burocracia emperrava o crescimento das empresas privadas, geradoras de lucro aos acionistas e que precisava acabar com isto?
    – Cade o exercito brasileiro? Porque trazer o de Israel? Só por causa de seus equipamentos que parecem não vao contribuir muito? Isto não é loby e demonstração de aproximação dos dois países? Daquele mesmo que extermina aos poucos os palestinos?
    – Voces serao sempre isentos de criticas? Sao perfeitos?

    1. Lincoln Assuncao,

      A existência do Ibama ou as multas impediram os trágicos acontecimentos de Mariana e Brumadinho? Não.
      Flexibilizar as leis ambientais é o mesmo que permitir tragedias? Não.
      O excesso de burocracia impede o desenvolvimento das empresas? sim
      Aceitar ajuda de Israel diminui o nosso exercito ou nossos profissionais do Corpo de Bombeiro? Não
      Se somos perfeitos? Não
      Se somos isentos de criticas? Nao.
      Apos respondidas as perguntas devo acrescentar que o Brasil é um dos países mais burocráticos do mudo, e isto, realmente, atrasa o desenvolvimento social e das empresas, geradoras de impostos e empregos.
      A flexibilização da legislação não quer dizer que algumas normas não podem ser mais rígidas e outras menos rígidas. No Brasil uma pessoa para cortar uma arvore de frente sua casa, com risco de cair, leva, no minimo 30 dias. A flexibilização não quer dizer afrouxamento de todas as normas.

  14. Tulio,

    Exatamente, temos que curvar e agradecer aqueles que prontificaram em menos de 24 horas em ajudar as vitimas do trágico acontecimento. Enquanto os Israelenses prestam ajuda, alguns Brasileiros, compatriotas, desdenham da ajuda humanitária por questões meramente politicas. Uma verdadeira vergonha.

    1. Olá Neto, acorda pra vida rapaz. Ali em Santa Catarina tem muita gente habilitada e acostumada a enfrentar grandes desastre que pode e que quer ajudar, igual em SP, RJ e toda As forças Armadas brasileiras, são apenas algumas centenas de quilômetros. O único motivo de pedir ajuda MILITAR de Israel (ha milhares de quilômetros) é os “credenciar” a vender equipamentos para o Brasil, simples negociata. Desde após as últimas eleições que um dos filhos do Bolso Nabo e o governador do RJ estão empenhado nessa missão. Só não vê quem não quer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.