O Brasil que você quer não é o Brasil que a ‘máquina’ permite; saiba por quê

Enquanto o mundo desenvolvido caminha a passos largos para o futuro, continuamos retrocedendo, perdidos em nosso próprio labirinto

Foto: Google Images/ sem autor

Li um post do (acho que) publicitário carioca Erick Bretas contando uma passagem sua por uma feira mundial de tecnologia nos Estados Unidos.

Me peguei pensando a respeito do que vem por aí, e como as nossas vidas serão impactadas (positivamente) pelo novo mundo que ligeiro se avizinha.

Longevidade, conforto, mais saúde, menos doenças, menos miséria. O mundo, meus caros, há 150 anos seguidos é um lugar melhor.

O post era sobre carros autônomos. Aqueles que serão guiados por si mesmos, e não mais por motoristas bêbados, distraídos, inabilitados etc.

Não haverá acidentes? Certamente, sim. Aviões caem, trem de passageiros descarrilam, navios se chocam. Mas a frequência e vítimas fatais serão ínfimas.

Daí me transportei para um certo país e comecei a pensar na nossa triste realidade. Enquanto o mundo desenvolve carros autônomos, desenvolvemos dengue e cólera.

Comecei a pensar nos sindicatos ligados ao setor, nos taxistas e motoristas de aplicativos. Já os vejo lutando por seus empregos, em detrimento do direito ao progresso do país.

Já enxergo nossos políticos criando leis absurdas; a União, impostos; os estados e municípios taxando os serviços e os flanelinhas extorquindo um computador sobre rodas.

Já enxergo a Justiça do Trabalho criando uma nova área — Justiça da Inteligência Artificial — , pois empresários gananciosos não podem explorar pobres softwares. Computador também é gente!

Já enxergo o Ibama, o Corpo de Bombeiros, a Vigilância Sanitária, o Incra, o CREA, o CRM, a ANTT, o Detran, o Ciretran, o Denatran, a ABNT, o DER, a PRF, o Dnit…

Mas sabem mesmo o que eu já enxergo? O mundo movendo-se sobre carros autônomos e a gente tomando cuidado pro fusquinha 68 não cair no buraco que a chuva do ano passado abriu.

Leia mais.

33 comentários em “O Brasil que você quer não é o Brasil que a ‘máquina’ permite; saiba por quê

  1. Olá Inundado, na primeira quinzena o Vice Presidente guinda o filho ao cargo bem remunerado no BB. (farinha pouca, meu pirão primeiro). Essa lei é indefectível em Pindorama. Mas, no PT ela não vigora, nem Lulinha, nem Dilma jamais nomearam parentes para ocuparem cargo público.
    O pato manco extinguiu o Ministério do Trabalho. As consequências serão sentidas pelos trabalhadores, a classe mais pobre, pois haverá relaxamento na fiscalização e os acidentes mutiladores e matadores no ambiente de trabalho, que já não é pequeno, vão aumentar. Enquanto isso Guedes manda o BNDES, BB e CEF aumentarem os juros para com isso a Classe média cair nas garras dos banqueiros com seus juros e maiores exigências e taxas no financiamento da casa própria.

    1. Olá, Idólatra. Lulinha Pai dos Pobres de Espírito não arrumava emprego para parentes porque, tal como ele próprio, ninguém da família é chegado nesse negócio de trabalhar. O “impávido” corrupto foi mais esperto: prá que trabalho se se pode queimar etapas enriquecendo a si mesmo e a toda a família-e até agregados- com gordas propinas das odebrechts da vida?
      Lulinha Pai das Empreiteiras e Dilminha Pasadena não extinguiram o Ministério do trabalho; foram mais objetivos e inteligentes: extinguiram o trabalho mesmo, deixando milhões de desempregados.
      Lulinha Pai dos Banqueiros foi mais uma vez brilhante: jogou a classe pobre e média nas garras dos banqueiros amigos, deixando 64 milhões endividados. E ainda deixaram um país inteiro quebrado e endividado, com um dívida de quase 5 trilhões para ser paga por todos os brasileiros-pobres, remediados e ricos- com juros estratosféricos

        1. perdeu cidrac.
          Na realidade não sei quem é pior. Ambos achando que seu governante é melhor que o outro.
          NENHUM, repito, NENHUM governante fará nada de bom para a população.
          Aprendam e desenvolvam suas vidas.
          kkkk

    2. Cidra, sua velha raposa togada! VAi ficar comparando governos ou vai torcer pra este dar certo?
      SE for ficar comparando , vai dar errado amigo. O ciclo já se fechou. Agora é espaço para nova administração. O povo tem que se unir.. se continuarmos nesta toada, serei obrigado a dizer que o PT nao nomeou parentes, só os fez ficarem ricos ( vide filho de Lula ganhar 2 milhoes por um artigo copiado na wikipedia ) . Ah, o Pt tb elegeu o temer, quis colocar o lula como ministro pra fugir da cadeia e assim vai. Vamos nos unir irmão. VC, como profissional liberal, estudado, sabe que o pais enfrenta grave crise. Nao te peço para amar o bolsonaro ( eu mesmo o acho um imbecil ) , mas para torcer.
      Forte abs!

      1. Olá Guimarães, de onde tirastes toga e raposa? É truque ou mágica, tens essas capacidades?
        Ajeite colchão, travesseiros e mantas bem confortáveis para nele se instalar e esperar as novidades do atual governo! Ainda não percebestes que todas as intenções até agora reveladas são em favor de mais concentração de riquezas e alijamento de direitos da maioria do povo?
        De meu turno levanto antes das cinco (agora é verão e a claridade do sol chega mais cedo) para estudar e trabalhar e vou na faina até as 21h. Assim participo e contribuo com esta época e com este país.

    3. Cidrac,
      em compensação o filho do vice vai trabalhar pra ganhar o salário enquanto que os filhos do lula…
      Você só condena quem trabalha?
      Dilma e lula não nomearam parentes pois eles enriqueceram os parentes para que ficassem vagabundando…trabalhar pra que se se ganha MILHÕES sem fazer nada?!?

      É a PRIMEIRA vez que vejo um petista ser a favor do ministério do trabalho já que petista garante que trabalho é algo inútil e ODEIA trabalhar e os raros que trabalham, ferem a honra do partido!
      Meu irmão mora na Bahia e quando a fábrica da Ford foi pra lá, quando tocava a ‘sirene’ às 5 pra 7 da manhã, a maioria dos empregados achavam que era pra avisar que ainda dava tempo de voltar pra casa.

      1. Olá Sopinha, seu irmão entrou de costa na Bahia? Talvez por isso ele não tenha entendido patavina. Não sei qual a inerência entre esses exemplos familiais com a discussão aqui travada, mas ele como tú deve ser mais um aficcionado da farda verde oliva desses milicos que só sabem descer o porrete no povo, jamais defendê-lo, vide Canudos, vide guerra do Paraguai, quando fizeram o serviço sujo para o gozo da Velha Albion, mas não tiveram a capacidade de alargar as fronteiras de Pindorama até o Pacífico. Indigência secular.

        1. Não sei se eu e meu irmão somos aficionados(se escreve assim) por militarismo mas estou intrigado por você não entender a inerência entre exemplos familiares se no primeiro comentário deste blog você iniciou com :
          “…na primeira quinzena o Vice Presidente guinda o filho ao cargo bem remunerado no BB.” Já que iniciou comentando sobre família, meu cometário sobre meu irmão é cabível…ou você ‘proíbe’?
          Só pra ilustrar, meu irmão tem uma fazenda(modelo) de gado que é exemplo na região do sul da Bahia, compra e vende gado à vista…SÓ À VISTA…há 49 ANOS!!!
          Tem mais de 50 tipos de árvores frutíferas que ele mesmo plantou e tem um monte de funcionários e ainda paga o INSS deles COMPLETO, os funcionários recebem TODO o salário limpinho sem descontos, também dá o fruto de muitas árvores para os funcionários e manda entregar para aqueles que passam dificuldade, é uma orientação dele para os funcionários…’dê a quem precisa’!!!!
          Se vc conhece mesmo a Bahia, sabe que tem muita gente que vive em verdadeira miséria e, só pra ilustra, o atual governador petistas e os vermelhos anteriores não fizeram nada pra melhorar a situação desse estado que, de acordo com Gleise: ‘O nordeste tem que continuar pobre, é cultural’..ou vc até hoje não sabe que ela disse isso e que é a meta do pt manter o nordeste POBRE!
          Só por curiosidade: Conhece algum petista que odeia ‘milicos’ e que plantou mais de 50 tipos de árvores frutíferas? Não? Nem se o cara for do MST? Também não?
          PORRA, vocês servem pra que então????
          Cidrac, crise existe pra quem é preguiçoso, não gosta de trabalhar, não tem ‘raça’, quer tudo de graça e sem esforço!
          Eu nunca apanhei de ‘milicos’, nunca nem me pediram documentos.
          Sabe quem apanha e apanhou de ‘milicos’? Só…: invasores, terroristas, baderneiros, assaltantes de banco…(ah, por falar em ‘assaltante de banco’, já viu a foto do pimentel de máscara e arma na mão assaltando?..procure que vai achar)…continuando e resumindo…milicos não dão porradas no ‘povo’, só nos agrupamentos de baderneiros, por isso eu e minha família nunca tivemos problemas com eles e sim, somos a favor deles pois nos protegem dos desqualificados.
          Sabe qual o risco que eu, meu irmão e família corremos de sermos agredidos por um milicio? ZERO!!!
          Milicos só irão na fazenda do meu irmão se o MST ou merda semelhante tentar invadir.
          Entendeu a diferença entre opiniões e comportamentos de quem apoia e de quem rejeita milicos?
          ps: não chamo militares de ‘milicos’, só emprestei o palavreado que vc usou em seu comentário para sua melhor assimilação pois esse tipo de linguagem faz parte do seu meio!

          1. Olá Sopão, parece que deu corda e soltou heim? Como de costume não perde oportunidade de exaltar o próprio clã, isso é deveras sintomático…
            01 – Falei da família de Mourão, ele ocupa um relevante cargo na República, portanto cabe tratamento outro que não aquele dispensado aos cidadão que não ocupam cargo público… percebeu a razão do enfoque?
            02 – Tem minha admiração e respeito quem planta e cultiva uma árvore (manga espada, goiaba, laranja, palmeira imperial etc etc), quem planta um pomar então, quem refloresta mais ainda. Eu mesmo cuido bem do meu pé de couve, ele dá até sombra para minha cadelinha vira lata deitar-se em redor;
            03 – Ha duas coisas que em regra não se mostra e nem se propala ao respeito, uma é o dinheiro a outra é hemorroida…
            04 – Pagar INSS é mero cumprimento da lei e cumprir a lei não é favor….
            05 – Muita pobreza na Bahia? Ô meu rei você nessa idade e ainda não sabe que o Brasil é um dos países de maior concentração de rendas? (Concentração geográfica e pessoal, só o Estado de São Paulo concentra 30% de toda a riqueza do país; enquanto que cinco ou seis famílias detêm mais de cinquenta por cento da de todos os bens)) Até por uma questão de lógica: onde tem poucos com muito, ha muitos com pouco. Logo…
            06 – De onde tirastes a conclusão que os ganhos resultam proporcional e diretamente do trabalho e de esforço pessoal? Ah se fosse assim…
            07 – Sou apenas um ser humano, porque sempre me chama no plural?
            08 – O que irás dizer da atuação dos gorilas em Canudos, no Paraguai, no Rio Centro etc?
            09 – Se realmente pertences a família proprietária de tantos bens como gostas de alardear, sabe que os abacates do governo estarão a lhes proteger (tem sido assim, as forças públicas em serviço de uma minoria privilegiada (inclusive a família Romanov), isso em inúmeras situações que para evitar alongamento do texto não avançarei), contudo não apresses a conclusão, lembrai de Tirésias o qual alertou que um homem não pode dizer que não foi alcançado pela violência antes de transpor o último dia de sua vida.
            10 – O pobre, o MST, o analfabeto, os despossuídos, os esquecidos dos ganhos civilizatórios, são, em síntese e, invariavelmente os culpados e únicos causadores de sua situação e marginalidade é o que deflui de seu texto e do pensamento, quase total, da classe média serviçal de Pindorama.
            Acorda pra vida e tenha um bom dia.

            1. Cidrac, agradeço a promoção de ‘sopinha’ pra ‘sopão’. 🙂

              Clã é adepto ao pt, eu sou adepto à família e ao que é correto perante a lei dos homens e perante a Deus, mesmo que eu não consiga cumprir tudo corretamente, quando erro é por acaso e não por objetivo, são falhas aleatórias! Falar bem da família é qualidade e não ‘sintoma’ que é usado pelo lula pra falar bem dos filhos e MAU da falecida esposa que além de enterrada ele continua a jogando no buraco.
              1- Falou do Mourão e seu filho mas não fala do lula e seus filhos e teve muitos anos pra comentar sobre isso, ‘percebeu a razão do enfoque’?
              2- admira e respeita quem ‘planta e cultiva uma árvore (manga espada, goiaba, laranja, palmeira imperial etc etc)’…mas vc planta couve, né?…num canteirinho de terra se planta couve e é só jogar água, não dá trabalho algum, né? regado a chichi e adubado com cocô de cachorro então…
              Admira quem planta muito mas quanto se admira por plantar couve regada a mijo e cocô?
              3- Dinheiro e hemorroidas?!? Não tenho nenhum dos dois, ou seja tenho dinheiro para sustento…e foi ganho trabalhando, sem heranças ou cargos políticos.
              4- Paguei inss desde muito jovem e aposentei há muito mas qual sua opinião sobre trabalho temporário criado por ‘não sei quem?
              como exemplo, utilize o c.c art.166: É nulo o negócio jurídico quando:
              I-celebrado por pessoa absolutamente incapaz (vide dilma)
              5- ‘onde tem poucos com muito, ha muitos com pouco. Logo…
              Não estamos falando de SP e sim da BA e lá é a mesma coisa proporcionalmente só que quem está em SP produz e quem está na BA vota no pt. Entendeu?
              6- Esforço pessoal não quer dizer ‘físico’, os ricos que enriqueceram com trabalho foi usando o cérebro …a não ser alguns políticos, claro!
              7- Plural? onde?
              8- vou dizer menos dos gorilas e do Rio centro do que do a trajetória do pt para meus netos, a trajetória do pt é mais aterrorizante e crianças adoram histórias de suspense que dão sustos.
              9- Eu não escrevi em lugar algum que pertenço a uma família proprietária de ‘tantos bens’, não me responda como imagina pois como sabe e já escrevi aqui, a imaginação não tem limite e divaga na direção do imaginante.
              Escrevi apenas sobre um irmão que pegou uma pequena fazenda falida e improdutiva e a transformou em fazenda modelo fruto do trabalho dele entendeu?…foi trabalhando e só depois de muitos anos de TRABALHO!
              10- os pobres não são esquecidos, meu irmão planta para os pobres; o MST não é esquecido, tememos que eles possam tentar invadir a fazenda.
              A classe média serviçal me representa, eu sou classe média e TRABALHEI até onde não gostava mas não participei nem participo da marginalidade, o marginal nem sempre é pobre e como exemplo veja a cúpula do pt que com ‘marginalismo’ toma tudo, querem mais e os ‘outros’ é que são desonestos e opressores.
              ps: para aprender minha profissão, antes de estudar um curso técnico, TRABALHEI DE GRAÇA POR MAIS DE 2 ANOS e nem tinha dinheiro pra ônibus, ia e voltava andando pra casa!
              VC começou assim também? 😕

              ps: FELIZ ANO NOVO, cheio de prosperidade, felicidade e que Deus abençoe vc e sua família! 🙂

  2. Quanta boboseira concentrada em tão pouco espaço. Parece escrito por um aluno de escola primária. Abordagem intelectual atual para os dias bolsonicos que vivemos.

  3. Voce não entende da missa a metade, porque precisamos de estradas, calçadas, semáforos, que cada um dirija do jeito que achar melhor. Exame de direção? Esqueça, basta entrar em um carro subir em uma moto e vc vai aprendendo nas ruas, para que regras, para que normas. Nos avise onde vc vende ou distribui seus produtos para que passemos longe se é assim que vc trata seus clientes, estamos fora!!!

    1. Velho, vc tem que parar com isso. Seu texto nao tem absolutamente nada a ver.
      Fumando maconha, vc além de ficar burro ( obviamente comprovado pelo seu texto) , financia a violência, crimes, sequestros e corrupção de menores.
      Vai estudar parceiro.
      abs

  4. É isso mesmo,temos um longo caminho a percorrer.Dá pra tirar uma idéia de como a cabeça do brasileiro é poluida pela nossa realidade,olhando a foto aí em cima;se acontece um acidente,a criãnça sem capacete leva a pior.

  5. Ricardo, como demais postagens lhe parabenizo. Quanto aos “companheiros” carentes, já que seu guru está passando uns dias na cadeia em Curitiba por ter sido o homem mais honesto do mundo devem repensar seu posicionamento. Na boa. Não é porque eu seja atleticano que não vou deixar de criticar o que acho errado no time ou algum dirigente/jogador. Não é porque eu seja católico que eu enxergue na história vários erros cometidos pela igreja e esteja horrorizado com atos de pedofilia cometidos por alguns padres. Respeito que tem o PT como seu partido mas não enxergo prudente, mesmo assim, se passarem por miupes perante as catástrofes que os últimos governos petistas fizeram (inclusive em MG) e ainda cortejarem um ex líder que se tornou o que sabemos… Quer honrar o partido e sua história? Expulsem os que contribuíram contra, façam uma reavaliação sobre os ocorridos ( como fazemos na nossa vida é empresas) e comecem a torcer pelo país, não deixando, lógico de criticar e denunciar quando necessário. Ser do contra só por ser e continuar cortejando corrupto é que não se pode mais. Há! E se alguém quiser saber de qual “lado” eu sou informo que já votei tanto no Lula quanto no Aécio e acho que os dois (estando conforme meu relato) devem ser julgados e punidos por seus atos.

  6. E a presidente do pt foi lá na venezuela prestigiar a posse do maduro.
    Fico imaginando quanto tempo ficamos desgovernados por um partido tão vulgar como este.
    O presidiário se estivesse solto, com certeza, também iria apoiar este ditador sanguinário.
    Felizmente o Brasil começou a mudar, pois esta bandidagem que comandava o País, queria a todo custo tornar o Brasil numa venezuela.

  7. Concordo com tudo o que você disse, e acho que é possível aprofundar ainda mais nessa questão. O Brasil é um país atrasado e problemático, com um povo sem educação, sem cultura, sem princípios, sem valores e sem noções mínimas de civilidade e empatia. Você vê a própria BH: uma cidade que parou no tempo, não conseguiu construir um metrô, não consegue organizar seu trânsito, enfim, não evoluiu. É por essas e outras que tenho muita vontade de me mandar dessa Brazuela.

  8. Ricardo, respeitosamente gostaria de lhe informar que ao se referir ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes como Denit você cometeu um equivoco: o certo é DNIT. Mais que uma correção ortográfica (que o coisa de gente chata) vale a ressalva pois se algum leitor de seu post procurar informações sobre o órgão só encontrará usando a sigla correta. No site dnit.gov.br ele poderá se informar melhor sobre o departamento, até para saber suas funções e deveres, e poder fundamentar suas criticas em conhecimento e não somente em “eu acho que”. Grande abraço”

    1. Olá Gabriel, o Tio Cônego de Brás Cubas tinha urticária com a mínima inobservância ao rito da missa, mas num tava nem ai para o descumprimento de um Mandamento. Esse formalismo oco tem alguma utilidade neste chão do mundo? Veja cavalheiro que a diligência em apontar erro de ortografia, em regra, é apenas vezo elitista, estéril como areia do deserto. Fica esperto!

  9. Pois é. Com a radical mudança no cenário trabalhista, a dúvida agora é como os profissionais de RH deverão reintegrar ao mundo laboral, as pessoas acometidas por doenças crônicas como sindicalite, previdencialite e toguite.

  10. No Brasil, os sintomas das doenças degenerativas da mente dos trabalhadores e no método de educação é muito antiga, tendo nascido e se espalhado, a partir de ideologias reacionárias marxistas e populistas nos palanques, na legislação, curriculum escolar.

    Em muitas cidades paulistas, por exemplo, as provas das boas iniciativas na educação ainda podem ser vistas nos vários prédios escolares, construídos nos anos 1900 pelo arquiteto belga José Van Humbeeck.

    E foi graças ao Mobral e Supletivos, o índice de analfabetos no país, que contava em 1963 com vergonhosos 49% de analfabetos caiu para 19% em 1994 e de 10,4% ao final de 2002.

    Mas, para espanto geral esse índice subiu de 10,4% em 2002 para 14,5% em 2016, diante da desastrada volta da pregação de ensino marxista e combinada com a bagunça criada no ensino, que tinha paralisações de até seis meses nas greves anuais, até chegar na natimorta “pátria educadora”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.