Debate Alterosa Governo de Minas

Dois candidatos e quatro figurantes participaram do debate. Abaixo, minhas considerações sobre todos

(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Contando com a gentileza dos anfitriões Benny Cohen e Ricardo Carlini, estive presente ontem ao debate dos candidatos aos governo de Minas, promovido pelos Diários Associados, na TV Alterosa de Belo Horizonte.

Antes de continuar, minha clara posição sobre os dois principais candidatos:

Tenho profundo respeito e admiração pelo senador Antonio Anastasia. O considero um político exemplar e homem público de primeira grandeza. Ponto.

Tenho profundo desprezo e ojeriza pelo governador Fernando Pimentel. O considero um político execrável e homem público da pior qualidade. Ponto.

Agora sigamos.

A despeito do admirável papel democrático exercido pelo Grupo Diários Associados, não enxergo muita relevância eleitoral advinda do debate de ontem. Segunda-feira não é dos melhores dias da semana para se dormir tarde. A farra do fim de semana cobra seu preço. Acreditar que número considerável de eleitores assista à meia dúzia de políticos falando “abobrinhas”, de 11 da noite à 1 da manhã, é o mesmo que acreditar na boa fé de Gilmar Mendes, hehe.

Claramente os candidatos falam, ou melhor atuam, visando gerar “cortes” para seus programas eleitorais. Infelizmente não se enfrentam como deveriam e, ainda pior, ignoram completamente aquilo que lhes é perguntado. Por incapacidade cognitiva, por nervosismo ou por desonestidade intelectual. Ou talvez por tudo junto e misturado mesmo.

O primeiro bloco foi o mais interessante. As perguntas formuladas pelos jornalistas do Grupo DA foram assertivas, incisivas e nem um pouco “chapa branca”. O duro é se deparar com candidatos, como o deputado Adalclever Lopes (MDB), que fingem não escutar a pergunta ou simplesmente fogem do tema proposto. Um medroso.

Positivamente me surpreendeu João Batista Mares Guia (Rede). Um senhor de 70 anos, com porte e aparência de 50, e ideias de 40. Nem parecia um candidato da Rede. Direto, articulado, sábio e seguro. Marina Silva deveria passar uma temporada ao seu lado para aprender o que pensar e a se posicionar. Ganhou o meu respeito.

Negativamente, para não variar, uma candidata do PSOL, Dirlene Marques. Sinceramente eu não entendo esta gente psolista. Ou melhor, entendo sim. Fazem-se de ingênuos, românticos, mas no fundo movem-se apenas pelo populismo rasteiro que lhes é peculiar. Duvido que acreditem em uma vírgula do que falam.

A figura mais triste da noite foi mesmo o tal Adalclever. Serviu de escadinha para Pimentel e só. Subserviente, confuso e muito mal articulado.  E pensar que este sujeito foi — ou é, sei lá —  o presidente da ALMG. Caramba! Que triste ver meu estado tão mal representado assim. Não é toa Dilma ser favorita ao senado e Pimentel o governador.

Por falar em Pimentel… Putz! Um dia, na boa, eu gostaria de tomar um chope, sozinho, sem ninguém por perto, com ele ou qualquer outro petista do mesmo calibre. Depois de umas 10 tulipas eu lhe perguntaria: você não tem vergonha de fazer este papel submisso,  de sabujo mesmo, de um presidiário decadente? Me dá vergonha alheia.

Por fim, encerro com o senador Anastasia. Até havia um outro candidato, razoável na fala, no comportamento e nas ideias. Seu nome é Claudiney Dulim (Avante). Pronto! Cumpri meu papel democrático também e falei de todos.  Mas volto ao senador.  O Claudiney que me perdoe a indelicadeza, mas nada mais a comentar a seu respeito.

Anastasia foi… Anastasia! Seguro, equilibrado, educado e honrado. Defendeu suas realizações e relativizou seus erros. Não mentiu e não fez qualquer falsa acusação. Uma pena que seu vínculo com o PSDB seja eterno e inquebrável. Ele merecia melhor partido e melhores companhias. Se é que os temos, não é verdade? É meu candidato.

No segundo turno terá mais. Oba! Adoro ver o circo pegar fogo. E imagino que a treta será boa. Pimentel partirá com tudo para cima de Anastasia. Como seu telhado é mais que de vidro, a cada bofetada que desferir levará duas outras, com luvas de pelica, na face rubra de ira e de vergonha.

Como? Eu disse vergonha? Retiro. É um petista. Desconhece isso.

Leia mais.

42 comentários em “Debate Alterosa Governo de Minas

  1. Ricardo, bom dia, disse tudo sem tirar nem por. Em uma outra realidade eu até voltaria no Mares Guia, deixando de lado o histórico do irmão, ja ouvi outras entrevistas dele e me pareceu muito consciente daquilo que fala, tranquilo, educado um outro nivel, comparado apenas ao Anastasia.
    Este ultimo também meu candidato, sou servidor publico, ja passei por varios governos, e dos que passei o dele foi o melhor, falo por mim e por aquilo que vi e presenciei. Depois que entrou o governo Pimentel, a coisa descambou, em todos os sentidos e cenarios, quem é servidor pode ver mais de perto o que virou o Estado. Mas infelizmente, não se pode negar a grande jogada dos Petistas que manipulam as classes mais humildes como fazem outros seguimentos que usam da fé como trampolim e com isso ainda vão conseguir colocar Dilma no Senado, é um absurdo, mas para quem só olha em uma direção, o proprio umbigo, ai, passa a ser normal.

  2. Ricardo, gostaria apenas de fazer uma pergunta: Se o resultado que você definiu em seu artigo fosse o contrário (não estou dizendo que concordo com o autor), você iria publicá-lo como o fez agora?

    1. Claro que não! Este é um blog pessoal. Jamais verá aqui qualquer menção honrosa a qualquer político do PT, ainda que por milagre venha a merecer.

      Parece errado? Antidemocrático? Não! Cada macaco que pule no seu galho

  3. Bom dia Ricardo, você falou de todos mais está esquecendo da oposição de quem realmente sabe como renovar,mesmo não participando do debate e tendo pouco espaço na mídia ja aparece em terceiro lugar na pesquisa,romeu zema vai surpreender e tirar esse lixo de psdb ept que acabaram com o nosso estado.

  4. Sensacional! A melhor análise que poderia ser feita. Tomei 4 cafés fortes e aguentei até o fim. Ainda mais prazeroso que ver o pinóquio Pimentel e a segurança e capacidade do Anastasia, foi realmente me deparar com esse texto magnífico hoje. Valeu Ricardo!!

  5. Bom dia blogueiro. Insisto: vá pescar. Além de cansado, com tanta ira dos candidatos do PT, ainda fica até altas assistindo “debates”… Por oportuno, uma pequena lembrança: eu não te disse, na semana passada, que nesta o Haddad iria disparar? E que no final desta semana (ainda faltam quatro dias, contando com hoje, e amanhã tem Datafalha) iria colar no Boçalnaro? E na próxima semana vai ultrapassa o esfaqueado? Cuidado: pode dar Haddad ainda no primeiro turno, para alegria do povo brasileiro!

  6. UM DEPOIMENTO PESSOAL

    Dirlene foi minha professora na UFMG. Junto com a Sandra Starling formavam uma dupla de múmias comunistas que nos entupiam de textos de Lênin, Marx, Guevara, Fidel, Debray etc em páginas de livros/apostilas xerocadas num esforço diário de doutrinação e lavagem cerebral.
    Jovem e iniciando-me na vida acadêmica, não me tornei um comunista ferrenho por pouco, mas confesso que me imbecilizei ao ponto de me tornar um ativista de esquerda na faculdade. Tornei-me membro de DA (Diretório Acadêmico) eleito em chapa esquerdopata.
    Mas desde jovem sempre li muito, sempre questionei muito verdades prontas (devo isso a minha saudosa mamãezinha). Aos poucos fui percebendo as absurdas incoerências, o radicalismo idiota, a explícita manipulação de que éramos vítimas e, principalmente, o indisfarçável caráter de religião sectária que nos tornava membros dogmatizados de uma seita fundamentalista.
    Aquilo tudo não batia com o mundo real, atingindo em certos episódios as raias do absurdo. No dia de meu aniversário, por ex., os meus colegas de sala (que não eram comunas, eram gente normal) organizaram de surpresa uma festa no salão do DA, uma” Noite dos Beatles” para comemorar o meu aniversário. No dia seguinte, fui surpreendido pela reação curiosa dos colegas comunas: eu havia cometido uma gravíssima heresia de conspurcar o DA com a música dos Beatles, verdadeiros demônios “representantes do imperialismo”. Numa outra ocasião, na qualidade de membro do DA, organizei, com um amigo meu, um show com uma banda de rock progressivo (de influência pinkfloydiana) no auditório do DA da Faculdade de Ciências Econômicas UFMG. Foi um escândalo para os demais membros da minha seita comuna que dominava o diretório estudantil: desta eu havia conspurcado o templo sagrado do marxismo ufemegiano com uma banda de… que horror!!!…de rock!!!. Aquele auditório era como uma igreja onde só se podia rezar, fazer genuflexões e adorar filmes (como, por exemplo, o “Encouraçado Potemkin”, que, semana sim, semana não, era exibido) e palestras de membros de seitas comunas.
    Vendo o retrato dessa senhora múmia da falecida (nos países que já , há muito tempo, chegaram ao século XXI) religião marxista, voltam-me as lembranças desses tempos de certo modo cômicos/ridículos, se não fossem trágicos pelo que de emburrecimento provocam em jovens estudantes. E é com muita tristeza que pude constatar, quando minha filha entrou para a UFMG, que até hoje, em pleno século XXI!, as faculdades de humanas da UFMG continuam a ser verdadeiros templos de doutrinação e lavagem cerebral da religião secular e sectária do marxismo.

    1. Parabéns!!!!!!!
      As universidades estão tomadas… já ouvi relato semelhante ao seu….
      Li todo o seu comentário e, não desista, vamos nos livrar dessa escumalha!!!!
      Ah, vamos!!!!!

    2. Engraçado…estudei lá e não vi esse fanatismo do qual sempre remetem à UFMG. Bom, lá é muito grande e tem muitas correntes de pensamento. Deve ser por isso que não vivi nada parecido com essa doutrinação. Convenhamos, boa parte é paranóia também, né?

  7. Viram a última pesquisa?! Haddad está melhorando muito! Vamos de Haddad por um país com menos desigualdades sociais! Se for para aumentar o tal défict público com boas contrapartidas para o povo brasileiro, melhorando a desigualdade social, pode aumentar com responsabilidade, sem radicalismo e anti democracia! Vamos povo do Norte e Nordeste, que tanto foram deixados de escanteio por políticos brasileiros, vamos de Haddad!
    Não tenho dúvidas que a cúpula de partidos como PSDB, DEM e MDB já roubaram muito mais do que alguns petistas infelizmente fizeram, mas não tiveram um Sergio Mouro para condená-los!
    Não vamos deixar o nosso sonho de maior igualdade social morrer! É a esquerda se reerguendo! É isso que grande parte do povo brasileiro precisa, políticas sociais! Dane-se pra essa classe média brasileira metida a besta, só pq trabalham de carteira assinada com um salário melhorzinho ou até alguns servidores públicos que ganham melhor, como os autitores?! Se acham os próprios donos do capital, acreditam que terão muitas vantagens com políticas liberais!
    Nessa eleição vamos de 13 de novo e torceremos para não nos passarem a perna como fizeram com Dilma, torceremos para dessa vez saberem perder nas urnas!
    Saudações aos que pensam diferente!

    1. Haddad está melhorando, Ricardo Amaral?
      Então vamos povo do Norte e Nordeste, que tanto foram deixados de escanteio por políticos brasileiros(QUE LIDERAM CASOS DE CRIMES ELEITORAIS E TIVERAM FIGURAS COMO LULA, RENAN, SARNEY, COLLOR, CIRO)vamos de Haddad(QUE É PAULISTA)!
      Refletindo:
      Um paulista que tem apoio de um CRIMINOSO PERNAMBUCANO e que ‘está melhorando’ é a solução pra o povo do norte e nordeste que foi deixado de escanteio por políticos brasileiros e o nome de alguns deles escrevi acima!
      53% das pessoas que estão abaixo da linha de pobreza extrema no Brasil vivem no Nordeste e 16% vivem no Norte e foram governados por ‘eles’, os da listinha!

      ESTÁ MUITO CLARO, ENTENDI PERFEITAMENTE

      1. VOCÊ CITOU FIGURAS QUE SÃO NORDESTINAS, PORÉM NUNCA GOVERNARAM PARA OS NORDESTINOS, FIGURAS QUE ESTIVERAM À FRENTE DE PARTIDOS MAIS DE DIREITA, EXCETO O LULA!
        p.s: EU NEM SOU NORDESTINO, SOU DE BH, MAS CONHEÇO BEM A SITUAÇÃO PQ VIAJO MUITO PELO INTERIOR DA BAHIA. ESTOU CITANDO OS NORDESTINOS PQ SEI QUE NO FUNDO, SÃO ELES PRINCIPALMENTE QUE ELEGEM O PT, E ESTÃO CORRETOS TEM MAIS É QUE ELEGER MESMO!

        VAMOS DE HADDAD! FORMADO EM DIREITO PELA USP, MESTRADO EM ECONOMIA PELA USP E DOUTORADO EM FILOSOFIA PELA USP! QUER MAIS?!

  8. Você é muito parcial e nem disfarça. Nunca perdi meu tempo lendo seus textos, só os títulos mesmo. O dia que publicar algo sobre Aécio Neves, mesmo que favorável se é que tenha, vou dispensar alguns minutos do meu precioso tempo.

    1. Pois é…. se sua intenção fosse outra senão criticar, teria percorrido os textos do blog e lido as dezenas de textos “elogiando” Aécio. Daí não teria feito tal “acusação” de forma tão leviana.

      Sobre parcialidade, Sérgio, dizer o quê? Este é um blog de opinião. A minha! Como alguém pode dar uma opinião sendo imparcial? Ademais, o que você prefere: alguém que se posiciona claramente ou outrem que dissimula e esconde suas preferências?.

      Prense nisso, meu caro. Talvez comece a ler mais que os títulos dos meus posts.

      1. O Sergio ‘diz’ que só lê os títulos mas será que lê comentários?
        Deve ser bem ‘doidin’ pois dispensa alguns minutos do seu precioso tempo pra comentar sobre o que não leu pra não gastar o precioso tempo!
        :-O
        Cruzes!
        + +

  9. O professor doutrinário exercita a covardia. “No lugar de se dirigir a seus iguais, assumindo o esforço da persuasão e o risco do insucesso, há uma intervenção ditatorial, baseada na absoluta superioridade do adulto”
    Hannah Arendt, em ” A Crise na Educação”)

  10. Se na Idade Média as ciências e o pensamento filosófico se sujeitavam aos dogmas da religião dominante, hoje os meios cultural, acadêmico, e filosófico são submetidos a este—já velho e desbotado lá fora, mas ainda novo por aqui—cristianismo pobre e secular: o marxismo. Poucos crimes covardes quanto o que visa a inibir no nascedouro e até destruir o desenvolvimento da curiosidade natural e capacidade intelectual dos nossos jovens. Poucas coisas são tão criminosamente pedófilas do que, em vez de estimular o gosto pela pesquisa científica, fabricar gerações de futuros idiotas dogmatizados por uma religião secular e decadente.

      1. Sim, tal como as demais emissoras fizeram e continuam fazendo com o Partido NOVO em todos os âmbitos (regionais e nacionais). Entretanto, com o seu acesso ao Cohen, não poderia questionar o por que não foram além das regras do TSE? Pelo pouco que sei, a regra do TSE determina o “obrigatório”. Ir além da regra não fere a legislação. E ainda mais um candidato que em Minas talvez tenha a melhor votação proporcional do único partido de direita do país e 3º nas pesquisas de opinião para governador, mesmo sem o ‘apoio’ da imprensa. Abs

        1. Não é o Benny que decide essas coisas. Por algum motivo, talvez jurídico ou mesmo por causa de outros candidatos, todas as emissoras optaram por não incluir o Novo. Uma pena! Poderíamos ver Amoedo no lugar de Daciolo, por exemplo. Coisas do Brasil

  11. “Pronto! Cumpri meu papel democrático também e falei de todos.”
    Uai, não falou do Zema. Ainda verei esta turma do Diários Associados se retratarem como a Globo por terem apoiado o golpe de 64 e a ditadura militar.

  12. Olha gente!!!!!!!!!!!!!!!!

    Olha a análise política do blogueiro. Somente para lembrar aos leitores, o blogueiro não tem curso superior (segundo o blogueiro a Una era “muito puxado”), não mora no Estado e escreve diversos post com criticas ao Partido dos Trabalhadores.

    Como conclusão; “Tenho profundo respeito e admiração pelo senador Antonio Anastasia. O considero um político exemplar e homem público de primeira grandeza. Ponto.

    Tenho profundo desprezo e ojeriza pelo governador Fernando Pimentel. O considero um político execrável e homem público da pior qualidade. Ponto.”

    A verdade é que não se pode existir algo além do Blogueiro, homem tronco e de parcas informações, mas o triste é ver a falência de um jornal que já teve história.

  13. Ótimo gestor o Anastasia. Realmente… ótimos gestores na opinião do blogueiro são os que endividam o estado fazendo centenas de obras que nem sequer podem ser operacionalizadas por falta de recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.