Não temos Capital humano, então não temos nada

Se há uma coisa que esta “greve de caminhoneiros” nos mostrou, é que o país definitivamente foi para o buraco

Foto: Google Images

Qualquer nação bem sucedida possui o maior dos ativos existentes: Capital humano. Exemplos não faltam: Israel, Japão, Coréia do Sul, Alemanha, Inglaterra, Cingapura, dentre outros. Escolhi estes países por suas histórias recentes e características geo-políticas. Retroajam 60, 70 anos e encontrarão Estados devastados pela guerra e povos praticamente dizimados. Para piorar, alguns encontram até hoje adversidades de toda sorte, de vizinhos bélicos a questões naturais (tamanho, clima, intempéries). Todos triunfaram! Todos são exemplos de bem-estar social e prosperidade. Em comum, além do liberalismo econômico, um profundo sentimento de cidadania presente no povo (não confundir com patriotismo) e, talvez o mais importante de tudo, fé (no sentido de esperança, não no sentido religioso) no futuro.

Um agricultor não planta só para comer. Planta para viver. Produz mais que precisa para vender sua produção, ganhar dinheiro e comprar bens e serviços que lhes tragam conforto, saúde, segurança e prazer de viver. É isso que o motiva a plantar mais e melhor. A mesma lógica vale para um industrial, seja pequeno, médio ou gigante. E é assim com profissionais liberais, trabalhadores autônomos. Todos buscando não apenas subsistir, mas desfrutar da vida. Esse é o resumo do ciclo econômico do Capitalismo. É o que permitiu ao mundo sair das trevas da Idade Média com a Revolução Industrial. É o que permitiu ao ser humano conquistar a longevidade, dominar as leis da física e química, ir ao espaço. Um país que respeita esta ordem não dá errado. Nunca deu. Nunca dará. Salvo os que não possuem o tal Capital humano. O Brasil é um exemplo.

Capital humano não é apenas ser educado nas melhores escolas e faculdades do mundo. Marcelo Odebrecht está aí para nos provar. Tampouco é ser educado, gentil, inteligente, liberal, ter visão de mundo, ótima cultura geral. Que nos diga Aécio Neves. Ser batalhador, ambicioso, obstinado, resiliente, perseverante também não basta, senão Lula seria um bom exemplo e não um reles presidiário. Capital humano, meus caros, vai muito além. Requer bons sentimentos em relação ao próximo e à sociedade em que vive. Requer espírito coletivo, de doação genuína. Requer uma dose cavalar de altruísmo, de pensar mais na próxima geração do que na atual. Toda nação bem sucedida trabalha no presente pelo bem-estar do futuro. Essa é a lógica da prosperidade! Fazer o melhor agora para quem vem depois, e assim por diante.

O Brasil padece de Capital humano. O pouco que tem está indo embora. Ou já foi. Aquele que ficou perdeu a fé (aquela fé que citei lá no começo deste post). Perdeu a capacidade de sonhar em construir um país digno, desistiu. Eu desisti faz tempo! Tenho 51 anos e há mais de 5, com certeza, joguei a toalha. Não invisto mais. Não planejo mais. Não espero qualquer coisa de positiva do país. Apenas toco minha vida da forma mais conveniente para meus anseios e propósitos. Tudo que me sobra não retorna mais para o crescimento do meu negócio, do meu setor, da minha cidade, do meu estado, do meu… país. O ciclo que alimenta a prosperidade das nações se quebrou para mim. Para mim e para milhares de outros empresários e empreendedores. A emigração de brasileiros mais que dobrou na última década. É o Capital humano indo embora porque não acredita mais. Porque perdeu a fé!

O resultado está aí. Um país entregue a uma classe política da pior qualidade, em sua extensa maioria. A governantes ou incapazes ou corruptos, quando não incomum ambos. A uma guerra fratricida entre uma elite empresarial egoísta e uma classe sindical usurpadora. A uma ausência completa de Estado, no que se refere à lei e à ordem, e uma onipresença cruel, quando o assunto é regulação e tributação. Um país que assiste de joelhos e aplaudindo a um atentado terrorista de dimensões continentais, admirando a “coragem” de um grupo que causou prejuízos incalculáveis a quem o aplaude. Um país que a 5 meses de eleições gerais divide-se entre o ruim e o péssimo. Uma sociedade tão perdida, tão embrutecida e tão ignorante que clama por ditadura. Uma gente que quer tudo hoje, agora, sem custos, e que se danem as gerações futuras. Só não enxergam que não há “gerações futuras”, pois esse mesmo pensamento, gerações e gerações atrás, nos deixou o presente em que vivemos. E o modelo se esgotou. Não dá mais para empurrar a conta para o filho ou o neto. Acabou, C’est fini, bye bye.

Leia mais.

57 thoughts to “Não temos Capital humano, então não temos nada”

  1. É uma pena.Vivemos uma verdadeira desilusão amorosa.Um país desgovernado,a mercê da violência em seu estado puro,uma falsa educação.”Pátria Educadora”que não promove o ser humano integralmente apenas contribui para um verdadeiro retrocesso de ideias.Estamos cansados e desiludidos por sermos obrigados a trabalhar seis meses por ano apenas para pagarmos impostos.Estamos abandonados pelas pessoas que recebem nosso dinheiro para nos representar e zelar para que nosso serviço (?) público cumpra as funções para as quais foram criados e não apenas se alimentem do Estado Brasileiro.Nós sabemos o quanto custa nossa invisibilidade, fruto de nossa falta de raça e coesão.Não somos inocentes. Infelizmente não passamos de interesseiros baratos e só estamos pagando o preço de nossas vãs atitudes.

      1. Ô Petersss…. aqui….. o que voce apoiou não deu certo….. O que eu ache que seria melhor, tb…. Estamos, voce, eu, todos nós, numa merda sem tamanho….. A diferença é que eu não cultuo meu erro….. Achei que o que viria poderia ser melhor….. errei… não vou ou não pretendo, errar de novo. O que vc defende, aprimorou a merda e a corrupção que vemos hoje e pra tirar essa turma de lá, deixamos outra tão ruim quanto. E aí, o que vamos fazer ? O barco é um só…. Vai ficar dizendo que o pato amarelo que bateu panela que se dane – como se voce estivesse “numa boa”, noutro barco ???
        Sugira… eu, confesso, to sem ideias e sem parentes no exterior…..

        1. Cultua sim, 2 anos depois continuou votando errado, nas eleições municipais, mas como sempre nunca reconhecerá o erro. Somente fará o discursinho do direitista hipócrita que não sabe onde enfiar a cara agora.
          E gosta de falar somente dos outros sem apontar os próprios erros (Aécio, Anastazia, João Leite, etc….)

      2. Olá Petersss, mas não pode esquecer de seguir o pato amarelo e tem de ser com roupa da ínclita CBF ou da respeitosa PM.

      3. É disso exatamente que o texto fala. O Brasil produziu em larga escala, analfatos funcionais como você. Que lê um texto e sequer é capaz de interpretar.

      4. Aguarde, estão desamassando as panelas que amassaram quando as batiam pra dilma que foi eleita por ‘vocês’ pra bater pro temer que também foi eleito por ‘vocês’.
        A panela é deles mas a culpa, é de ‘vocês’!
        Quem mandou não saber votar e nem em quem estavam votando pra vice?
        Por ‘falar’ em não saber votar, tem notícias do presidiário, Peter-ssssssssssss?

      5. Já passou da hora de enfrentarmos de frente oque está acontecendo no “pais” Brasil. Temos que iniciar uma revolução e parti para a briga!! Chega!! Democracia me parece uma palavra p filho mimado. Peguem o exemplo da Ucrânia!! Peitaram a Rússia!! Brasileiro brando de frouxo!! Esperando sempre que alguém faça por nos ou apareça um milagre!! Isso tem que acabar e se precisar parti p guerra que seja!! Fazer aqui uma revolução, como foi a revolução francesa!

      6. Meu caro, isso tudo que o país vive é frutos do seus candidatos do PT e PMDB. Não vai ser bater panelas ou fazer como vcs queimar pneus e comer pão com mortadela que vai mudar o país.

    1. Gostei muito do post, trouxe muitas verdades que nos entristecem, mas penso que não podemos desistir nunca, pois senão não haverá um futuro melhor, como foi trazido, de que devemos pensar nas próximas gerações.

      Sei que é desanimador, que parece não haver uma luz no final do túnel, mas se jogarmos a toalha, o que dirão nossos bisnetos? Que fomos a geração que desistimos de tudo?

      Temos que lembrar que políticos corruptos, antes eram cidadãos corruptos ou não, mas que foram educados dentro desta sociedade. Eles não vieram de outro lugar, eles foram gerados nesta cultura que mantemos.

      Então, temos que fazer agora seres melhores, para que estes seres se tornem cidadões retos e consigam administrar um Brasil deficiente para torná-lo melhor. Não será algo rápido nem tampouco fácil, mas é realizável.

      O que seria de um país pós-guerra que os que ficaram desistissem ao verem que muitos se foram?

  2. Eu sempre fui otimista por convicção, não acreditar no país é muito triste, infelizmente a classe política nos fez perder este otimismo,mas acreditar em nós mesmos independentemente da nossa idade nos faz sentir melhores, quem sabe o Brasil como Fênix um dia ressurja das cinzas,um grande abraço.

  3. Olá Marcelo, percebo sua indignação, contudo divirjo completamente de sua análise, pois, você nem tangenciou os problemas. Não se trata de cultuar erros, mas, antes de tudo identificar os problemas, saber quem é meu inimigo, quem atua em meu desfavor e muitas das vezes lobo em pele de ovelha.
    1 – É falacioso o papo, o alarme e a histeria da corrupção. Serve apenas para tentar justificar desmandos e injustiças. Não se nega a corrupção, mas ela é indissociável do ser humano e desde sempre é encontrada em todos os quadrantes da terra. Não se engane, a conversa de ladrão, ladrão e prende, prende serve muito bem ao discurso moralista da classe média. A classe média (Funcionários Públicos graduados, Juízes, Ministério Público, Comércio médio, Médicos, Dentistas, Advogados) brasileira vive imprensada entre a elite econômica e o povão. Pisa no povão e docilmente serve a elite, mas esquece que ele é formada por trabalhadores. Essa classe média moralista pirou de raiva e inveja com um retirante nordestino, criado sem pai que chegou onde Lula chegou e, tome-lhe bile pegajosa…;
    2 – Danoso mesmo foi os seguidos golpes aos quais estamos submetidos, justamente num país que necessita urgentemente construir instituições;
    3 – Condenação sem provas é flagrante injustiça e isso esta a intimidar os milhões de zé povinhos diuturnamente;
    4 – O escamoteamento é tão grande que quase nada a imprensa divulga sobre o suicídio do Reitor da UFSC;
    5 – O golpe pos em marcha o desmonte do que foi construído. _

    1. Faltou você dizer no seu, como sempre, ridículo texto, que esse retirante nordestino ladrão, não fez nada para o povão, a não ser iludir e metê-los novamente numa pobreza, agora, muito mais intensa do que antes. Ele e demais petralhas, estavam ocupados demais limpando os cofres públicos. Assaltou até a casa da moeda, não duvido que ele tenha montado uma fabriqueta de dinheiro em um de seus triplex. No próximo comentário seu, procure não esquecer esses pequenos detalhes. Senão, você jamais terá crédito aqui, a cota de mentiras, o retirante nordestino ladrão esgotou.

      1. José Geraldo, eu não consinto que você confunda cinto com funda. Mas, a julgar pelo que escreves és uma pessoa deveras crente. Acreditar nessa história de triplex. Nem a velhinha de Taubaté chegaria a tanto. Lula nem conta em banco do estrangeiro tem, enquanto outros “intocáveis” tem. Os filhos de Lula estão alijados das oportunidade de trabalho.
        Sei que és reticente ao raciocínio, mas segue aqui mais uma tentativa de fazê-lo começar a despertar para saber onde o galo canta. É de graça. Vede: a lavagem de dinheiro, bens ou valores requer três D, 1-distanciamento, 2-disfarce, 3-disponibilidade. Observe que o tripex cafonérrimo sempre esteve em nome de sua proprietária, qual seja, OAS. Se em algum momento ele tivesse sido transferido a outrem haveria ao menos um indício, mas nem isso houve. Sacou?
        Não se combate corrupção praticando ilicitudes do tipo invasão da casa com colchões revirados, sequestro até aeroporto – de cidadão com residência fixa e histórico conhecido e que não nem intimado fora a estar presente a autoridade – (um dia se você ou alguém de sua estima for submetido a tal tratamento começarás a sentir na pele e, não se iluda isso acontece a três por quatro e não sabemos o que nos pode acontecer ao dobrar-mos a esquina ali da rua. A injustiça em algum lugar é ameça a justiça em todo lugar).
        Como não se combate corrupção com power point. Não tem previsão legal, não produz efeito no processo, mas desgraça a vida de quem é submetido. Veja que nunca tinha sido feito com ninguém.
        O Reitor da UFSC, com histórico de décadas na universidade, foi triturado e a imprensa nem fala no assunto.
        Procure saber do alerta do Papa Francisco sobre o que esta ocorrendo no Brasil.
        Não cabe alongar, mas dê uma chance a racionalidade, medite um pouco e não ande feito lemingue que se precipita no abismo e lá se acaba.

      1. Olá Rosa, não sou nem nunca fui servidor público, um minuto sequer de minha vida. Como tenho informado neste espaço, sou tamsomente mais um dos milhões de José Coisa Nenhuma de Pindorama. Como diria Adib Jatene: o pior do pobre nem é ser pobre, é que todos os seus amigos são pobre. Levanto todos os dias as 05h para estudar e trabalhar e nessa faina vou até as 21h. Nasci na roça, tenho vivido nas beiradas das grandes cidades. Conheço bem o Brasil e sei identificar quem (político ou não) atua em prol da coletividade e quem serve a elitizinha rapinosa, extrativista e predadora deste país. Grato.

  4. Tchau! Não precisamos de pessoas com o seu perfil. Sem os papeleiros seguidores de pato amarelo o país seria ótimo.

    Lula 2018!

  5. Pagamos por pecados do Governo Dilma. E isso os que defendem o PT fazem de conta que não viram. O preço do Diesel ainda reflete a corrupção na estatal, mas, como o próprio Pedro Parente disse em sua carta, a elevação do dólar também guarda relação com isso, pelo fato de a Petrobrás ter que se manter em linha com o mercado exterior para não aumentar os prejuízos. Mas enfim, o mais relevante é que a reclamação dos caminhoneiros quanto ao valor do frete que não é reajustado tem relação com a concorrência. Aumentou muito a oferta de frete, e, por isso, o preço caiu ou se manteve constante. A famosa lei da oferta e da procura. E a razão disso? Dilma abriu linhas de crédito muito baratas para compra de caminhões e com isso aumentaram os caminhoneiros, consequentemente a oferta de frete. E isso não tem nada a ver com pato, panelas, e por aí vai.

    1. Olá Neimar, (provavelmente mais um dos que por medo, covardia ou vergonha não ousa dizer o próprio nome, mantendo-se escondidinho no armário). Deixe de bestagem cidadão. 1) A Petrobras é uma estatal que foi concebida e criada para servir o povo e ao Estado brasileiro, logo não tem como você disse de “ter que se manter em linha com o mercado exterior para não aumentar os prejuízos”. Veja que as demais grandes petroleiras mundo afora não se sujeitam a pagar multa bilionárias aos EUA como a Petrobras se submeteu a acordo espúrio fruto de decisão S-E-R-V-I-L da atual direção; 2) procure saber a idade média dos caminhões que rodam no Brasil. Verás que grande parte já passou dos trinta anos, outro percentual considerável tem mais de vinte anos e a renovação é necessária para garantir maior produtividade e até mesmo para diminuir os acidentes e males que deles decorrem. 3) Deixe o sarcófago da ignorância e do obscurantismo. Grato.

      1. Você diz que não me chamo Neimar com a mesma convicção que diz que Lula e cia não roubaram nada. Poderia até contra argumentar, mas não vou perder tempo com quem me ofende. E para o teu governo me chamo Neimar sim, ou acha que a pessoa para não clonar o nome de alguém tem que ter dado o azar de se chamar Cidrac? Digite Neimar no google e encontrará uns 100. Ai todos são impostores segundo sua lógica petista. A propósito, se não fosse a onda do jogador, não estaria cogitando isso, que diga-se de passagem, é Neymar com Y. ENTENDEU? Da próxima vez vou ter que postar colocando meu CPF e RG, ou então indico um dos meus emails neimar-bh@hotmail.com para que dirija os insultos através dele, e em resposta vou ver o que lhe envio, talvez um vídeo da Dilma e Lula rasgando elogios ao Michel Temer e por aí vai. Não me agrada o tipo de pessoa metida a sabida, que sempre acha que a opinião dela é melhor do que a dos outros. Nunca comentei os teus comentários por não achar que valha o meu tempo. Faça o mesmo em relação aos meus, sobretudo não levante tão cedo para ofender os outros. A humanidade agradece.

        1. Vejo que a carapuça serviu. Pegou ar de graça heim. Quem falou em jogador de futebol senão você próprio? De toda sorte vale lembrar que nome é constituído por prenome, sobrenome e etc, portanto… Quantos aos dois itens que pontuei, necas! Mas, implica com o horário que escrevo. Deixe as trevas, venha para as luzes.

  6. Sinto isso também. Mas não acho que os povos dos países que citou lá em cima foram agentes passivos, que nunca reclamaram de seus governantes, que nunca reivindicaram melhorias. Não, eles não marcharam por um ideal como autômatos. Fizeram GREVES, também com grande prejuízo para a nação deles. Com visão de classe? Sim. Só que a solução apresentada pelos governantes não trouxe um benefício só para aquela classe, mas para toda a população e para o país. Será que naquela mesa, onde Temer negociava o fim da greve e a recomposição das perdas decorrentes da modificação do preço do diesel, quando se propôs tirar dinheiro da saúde, da educação, NINGUÉM levantou a voz para se opor?? Ninguém lembrou dos 200 bilhões de subsídios dados a uma classe empresarial que não consegue andar com suas próprias pernas, ou a um perdão de dívidas recente, uma redução de dívidas e um alongamento de prazos para pagamento que muitos deles continuam sonegando. Por que este tal de capitalismo e liberalismo, tão apregoado por você, no BRASIL só enxerga o povo na hora de pagar as contas? Falta sim cidadania e sobra egoísmo. Vou lhe copiar: “Requer bons sentimentos em relação ao próximo e à sociedade em que vive. Requer espírito coletivo, de doação genuína”.

  7. – E o “povo hiena” está feliz agora. Come carniça: Desgraçado politicamente, violência, saúde degradante e edução pífia. Mas ri, afinal temos: futebol, carnaval, praia, feriados aos monte e um povo alegre e por aí vai. Confesso ser um “bunda mole” e não ter coragem de ter ido embora há muito tempo disso aqui.

    1. Esqueceu da cerveja e da Ambev de Jorge Paulo Lemann, o mais rico do Brasil por 6 anos consecutivos e 22º mais rico do mundo?
      Slogan da Ambev:
      “Somos uma empresa feita por gente e sonhos. E nosso sonho é ser a melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor.”
      sim, gente e sonhos, o brasileiro sonha acordado ficando bêbado em todas as oportunidades.
      A Ambev tem sempre as maiores cotações na bolsa de valores, é uma das maiores fabricantes de cerveja do mundo e não deve NADA ao governo(o bradesco por exemplo, deve) e o motivo é:
      Sonhadores bêbados ‘pensam’ que podem ter um mundo melhor!
      Se a ‘latinha’ custar 10 reais compram e quando acaba, compram mais.
      O que esperar de um povo bêbado?

      1. Sopinha, deve-se acrescer que o período que essa cervejaria mais vendeu foi no governo do PT, porém ao primeiro sinal de dificuldade na economia eles costearam o alambrado e sartaram foram. O velho oportunismo e imediatismo de sempre. Sempre no compasso de o fraco com o forte e forte com o fraco.

  8. Mais um excelente argumento. Comentei há poucos dias que estou indo morar no Japão a partir de julho, exatamente por esses motivos que você citou. Sou empresário, fundei a maior empresa de Minas Gerais na minha área de atuação. Comecei do zero junto com minha esposa em uma sala com 30 metros quadrados e em 2 anos já estávamos alugando o andar inteiro do edifício. Mas exatamente por essa mentalidade tacanha do brasileiro o negócio parou de prosperar. Não que ele tenha parado de dar dinheiro… mas lidar com aquilo tudo já não me empolgava mais e por isso os investimentos se estancaram. Minha esposa também cansou. O que era nosso sonho virou um pesadelo. Nossos funcionários não empreendiam dentro de suas respectivas áreas de atuação; pelo contrário, só reclamavam. Tive funcionário que ganhava 4 mil por mês não tendo nem ensino médio (meu viés centro-esquerda…) e só me dava trabalho, só queria saber de regalias e de paquerar meus clientes… e trabalhar que é bom, necas. Na primeira oportunidade que tive, vendemos a empresa por 1/10 do que ela valia só pra nos vermos livres daquilo. Fizemos negócios em Tóquio e estamos indo embora agora em julho, sem passagem de volta. O Brasil faliu, deu errado, já era. Pelas próximas 4 ou 5 gerações só teremos desgraças. E como já tenho meus 31 anos de idade e um filho de 6 meses, quero educa-lo em um lugar descente. Não sei qual é sua área de atuação, mas lhe recomendo fazer o mesmo. Não tem coisa melhor!

    1. favor para quem, bocó? para você? pois para umas 70, 80 pessoas que trabalham, ganham dinheiro e tocam a vida honestamente ao meu lado não seria favor algum. ou para tantos quanto se beneficiam dos impostos que pago – você é um destes, deveria me ser grato – também não seria favor. me responda: o país possui um déficit fiscal de 160 bilhões de reais e está ruim assim. se eu fosse embora, como o idiota aí gostaria,esse rombo iria aumentar, certo? mesmo que alguns poucos milhões ao ano. pergunto: seria melhor ou pior para o país? entendeu, jumentinho? não, né? ok. volta pro estábulo e não enche o saco então

      1. Se essa viuvinha fosse embora e levasse a sua corja junto (os mesmos que disseram que iriam em 2014 e ainda estão aqui enchendo o saco) seriam um grande favor ao povo brasileiro. No mesmo, é só Parentada !!!

      2. Olá Distinto, sempre reivindicando a coroa de louros heim? (Elogio em boca própria é vitupério) O mercado que você tanto galanteia, preconiza que não importa a cor dos olhos, o que conta é a atividade, assim, então, se um empregador de 70 ou 80 empregados vai embora logo entra outro em seu lugar e a marcha continua… Porque ficar agradecendo ou lamentando a quem saiu do cenário? Contradição em termos! Pagar tributo é compulsório e não cabe empinar o peito por fazê-lo, é mera obrigação. Grato.

  9. Boa tarde.

    Voce faz parte desse “Capital Humano” Ricardo.

    Voce está me animando, incentivando a ser teimoso por um.Brasil melhor. Tá muito difícil mas vou continuar tentando.

    Obrigado por me levar reflexão.

    Um abraço

  10. Parabéns pelo comentário impecável e extremamente elucidativo. Concordo com todas as palavras. Eu sempre disse que falta ao nosso povo uma coisa chamada “CIDADANIA”.

  11. É exatamente isso que eles querem Ricardo, que joguemos nossas toalhas ao chão. Mais ainda acredito nas pessoas e é isso que me faz manter as portas abertas e não desistir.

  12. Não sou caminhoneiro. Até gostaria de dirigir essas modernas carretas de hoje. Me falta talento, tempo e coragem. Porém, o que eu escutei, inclusive de gente honesta, que rala pra burro, é que estava pagando para trabalhar. Sendo assim, dois caminhos: para de trabalhar ou continua dirigindo e levando o progresso para o patrão até apagar de inanição. O caminhoneiro que ver seu filho médico ou dentista, talvez, advogado ou arquiteto. Como fazer isso sem condições financeiras para tal? Eu entendo que a greve feita inicialmente foi justa e legal. Os arranjos para tumultuar depois do acordo é que foram errados e condenáveis. E a culpa é mais uma vez do governo fraco que deveria ter sido expurgado juntamente com a Dilma. As associações avisaram desde julho passado que a coisa iria se agravar e o caldo entornar. Avisaram uma três vezes. E o governo fraco fez vista grossa e pagou para ver. Culpa dele, exclusivamente dele. Poderia ter negociado para evitar todo o transtorno. Fingiu de besta.

  13. Não tenho as mesmas afinidades políticas e econômicas. Já deve ter notado. Mas infelizmente o que escreveu está tomando conta do país. Direita, esquerda, centro, sem partido, etc. Sinceramente, quiçá nossos netos verão um país melhor. As transformações terão de ser mais profundas que imaginamos. E ao mesmo tempo em que tem-se (imperativo) de tirar milhões da condição de pobreza e miséria – não há como esperar crescer e desenvolver para só aí vermos as transformações, que são para ontem. E mudar a mentalidade talvez seja o mais difícil. Enquanto vereadores de SP aprovam lei reajustando benefícios gerais para os próprios e funcionários da casa, o bolsa família tem reajuste e o teto passa a ser 205,00. Quem precisa trabalhar com esta fortuna (só o botijão de gás está saindo a 80,00)

  14. Meu sonho é ver esse cara que escreve essa coluna pegar um avião e não voltar mais para o Brasil. Adoraria vê-lo melhorar de vida e o Brasil por consequência…
    Quem colocou o Temer no poder não fomos nós, foram os golpistas paneleiros, patriotas e mais um bocado de cidadãos transnacionais…

      1. Sopão, não fuja da raia. Vice Presidente no Brasil é cargo pouca coisa mais que decorativo. Então, o Vampirão, medíocre que é deveria ter feito como Marco Maciel e o grande José de Alencar, mas não, ele traiu e os seguidores de pato amarelo e batedores de panela o instalaram no Palácio do Planalto. Portanto, não me venha com Neco (né comigo não). Balance Mateus.

  15. … aos 55 anos, já perdi a opção ou “vontade” de partir … sigo, aqui … com o mesmo sentimento que você.
    Felizmente, ao longo dos últimos 35 anos, consegui produzir meu sustento e reservas … coisa que imensa maioria dos compatriotas não tem e pelo jeito, sofrerão horrores para alcançar, INFELIZMENTE!!!
    Enquanto os aqui nascidos aceitarem serem divididos por diversidades … esquerda, direita, meio isso, meio aquilo, preto, branco, pardo, hétero, homo, pobre, rico, miserável, coitados, espertos, globo, band, ambev, etc … etc .. etc … NÃO VAI DAR EM NADA DIGNO!!!

  16. Quer dizer que a desgraça do Brasil é por causa de 13 anos de governo do PT. Ai gente … que piada… isso não é sério né.

    Ou vcs devem ter vivido em outro país por muito tempo ou são uns fanfarrões.

  17. Resumo de tudo que está sendo discutido aqui: quebraram a cara com o Golpe 2016! E não venham com esta “estória” de que fomos culpados pela escolha da “múmia” para vice, uma vez que, nas circunstâncias, ainda mais sendo ele, à época, o presidente do PMDB (e que indicou o próprio nome), não tinha a Dilma outra alternativa. Porém, É DE TODOS AQUI SABIDO, que ela o deixaria, como deixou-o, na geladeira, fato tão óbvio que ele mesmo reclamou na famosa “cartinha” dirigida à Presidenta, exatamente quando concretizara o projeto de GOLPE, aliado com o perdedor “Aecim” e CUNHA…,, tudo sob o comando de FHC e SOB OS APLAUSOS DE TODOS VOCÊS, direitistas! Não tem alternativa: peguem as panelas e enfiem… Bom, em respeito ao blog, não você dizer onde. Mas vocês sabem!

  18. A conta todo dia, todo minuto, sem que a gente perceba. Não é um movimento, uma greve, uma paralização de qualquer setor, que vai parar com as contas, “Camarada”. O Brasil está acabado, “Camarada”. De quem é a culpa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.