Rodrigo Maia e as aves de rapina

Melhor um inimigo declarado que um amigo falso. O que este senhor, que se diz aliado do governo, faz para atrapalhar o país é descomunal

Mui amigos! (Foto: Dida Sampaio/ Estadão)

Político ladrão é o que não falta nesse triste país. Tampouco fisiologistas e populistas baratos. Despreparados intelectualmente, tecnicamente e socialmente, então, nem se fala. Aliás, nossa espécie política, com raríssimas, mas raríssimas mesmo exceções, não passa de um amontoado de sub-répteis de toda sorte.

Há um, em especial, que além de reunir algumas das características acima, tem um dos traços mais repugnantes de um ser humano perverso: a falsidade. Trata-se de Rodrigo Maia, ou o Botafogo, segundo os delatores da Odebrecht, atual Presidente da Câmara dos Deputados.

Cínico como poucos, ardiloso como muitos, Rodrigo carrega aquele costume, infelizmente tão típico da cultura carioca — e de todo o Brasil na verdade — , de levar vantagem em tudo, ainda que através de jogadas sujas, falsas e pelas costas.

Um dos mais atuantes incendiários desta crise dos caminhoneiros, Maia declarou que “só o corte de impostos pode derrubar o preço dos combustíveis”. Puta que pariu!! Tem de ser muito cafajeste. Explico:

Esse sujeito fez todo corpo mole que pôde para enterrar a reforma da previdência, que diminuiria sensivelmente o déficit fiscal e abriria caminho para a redução da carga tributária. Patrocinou a farra da elevação do fundo eleitoral para os pornográficos 2 bilhões de reais, ainda que publicamente dissesse ser a favor de “apenas” 1 bilhão. Em 2017 gastou R$ 1 milhão em viagens de jatinho oficial, apenas para sua casa. Propôs uma verba de R$ 24 milhões somente para a segurança dos amigos deputados. Quer torrar mais de 3 milhões de reais em reformas nos apartamentos funcionais. E a mesma quantia em novas poltronas para sentar a bunda sua e das excelências.

Agora tem a cara-de-pau de vir falar em corte de impostos! Sairá de onde, então, o dinheiro que torra sem parar e como quer?

Volto a chamar a atenção de quem me lê, mais uma vez:

Elimine da vida política brasileira este tipo de gente! Não acredite em populistas mentirosos como Rodrigo Maia. Vote em deputados honestos, capacitados e que sejam comprometidos com a diminuição do tamanho do Estado, mas de verdade e não apenas no discurso. Votem em candidatos liberais! Estará cheio deles nas próximas eleições. Prestem atenção nos movimentos RAPS, RENOVA. MBL e Partido Novo. Corram como o diabo da cruz, de candidatos alinhados à esquerda estatizante. São eles os responsáveis por tudo o que estamos passando.

Leia mais.

20 comentários em “Rodrigo Maia e as aves de rapina

  1. Mas não há um post seu antigo – Sr. blogueiro do jornal online UAI – dizendo ali algo como ‘Temer é homem certo na hora certa’ ou disparate similar? Foi o que escreveu, não foi? Como assim agora este ‘Elimine da vida política brasileiro este tipo de gente!’

  2. ATENÇÃO: AULINHA DE MATEMÁTICA ELEMENTAR

    Em Minas, o preço médio do litro de gasolina é de 4,45 reais, divididos assim: 2,31(gasolina) + 2, 14 (impostos) = 4,45.
    Preste bem a atenção: sem impostos, o consumidor pagaria só R$ 2,31. Ora, se o total de impostos é de R 2,14, ENTÃO A CARGA DE IMPOSTOS É DE 92,5% !!!, pois 2,14 é 92,5 % de 2,31 !!!!!!!!!!!!!!

    Se a carga de impostos fosse de 50% , como TODO MUNDO NESTE PAÍS DE ANALFABETOS EM MATEMÁTICA DIZ, então: 50% de 2,31 é igual a 1,16. ASSIM, O PREÇO DO LITRO SERIA DE 3,,47
    ( 2,31+ 1,16= 3,47)

    1. Robes Mendes … nossa … que falazinha mais mala-sem-alça essa sua hein… esse seu discurso metido a intelectualóide / economista revoltado de araque é de dar no saco. Cara chato pra caramba. Parabéns, parabéns, você sabe tudo Sr. Esclarecido, dono da razão. Somos todos analfabetos. Como o mundo seria bom se houvessem tantos Robes Mendes hein.

        1. Mané é você, super-professor-de-matemática,

          Você sabe o que é ALIQUOTA? Vou te ajudar, pois não deve saber usar o Google:

          “Basicamente, os impostos na nota fiscal são calculados da seguinte forma:
          Valor total do documento, multiplicado pela alíquota do tributo.”

          Os impostos são calculados sobre o valor total da venda, e não do valor de produção do produto. Quem dera fosse assim, Aliás, já ouviu falar de nota fiscal? Já viu os impostos lá?

          Pense antes de dar uma de esperto e chamar os outros de mané, seu RETARDADO.

          1. Anta,
            Vou tentar desenhar p/vc ( eu deveria tentar explicar em Dilmês p/ vc entender, mas, infelizmente, não domino essa língua primitiva)
            1) NÃO estou falando de alíquota (não estou falando de uma convenção), estou dizendo em letras GARRAFAIS que A CARGA DE IMPOSTOS É DE 92, 5% ! (volte lá e tente ler de novo, ou peça alguém alfabetizado para ler p/ vc) .
            2) ATENÇÃO, vou dizer pausadamente:
            M A T E M A T I C A M E N T E 2, 14 REPRESENTA 92, 5% de 2,31. Traduzindo: em termos REAIS, matemáticos, quem compra 1 litro de gasolina (nestas condições) ESTÁ PAGANDO MAIS 92,5% DO VALOR DO PRODUTO (AO QUAL JÁ ESTÁ AGREGADO A PARTE DO FABRICANTE E DO REVENDEDOR). Isto quer dizer que se não incidisse imposto nenhum, o consumidor pagaria apenas 2,31.
            Para simplificar o raciocínio, um exemplo:

            . Suponha que vc vai comprar um sapato, cujo preço final de venda é R$ 100, 00, numa loja de um país que NÃO cobra imposto: vc, então, vai pagar pelo sapato R$ 100,00.
            . Suponha que seu irmão gêmeo vá no dia seguinte comprar o mesmo sapato (na mesma loja, no mesmo país), e fica sabendo que o gov passou a cobrar imposto sobre sapato (não importa o nome que se dê, nem a forma de cálculo/alíquota etc.; basta entender que o total de impostos faz com que o preço final de venda do sapato passe a ser R$ 120,00).
            ISSO SIGNIFICA QUE O SAPATO DO SEU IRMÃO CUSTOU (CONCRETAMENTE, INDISCUTIVELMENTE, MATEMATICAMENTE, AQUI, na CHINA e EM MARTE) 20% A MAIS DO QUE O SEU.
            Entendeu?

          2. O Robes está certo. Nas nossas NFs, a forma de demonstrar o % de imposto pago é feito de forma a nos confundir/induzir a pensarmos que “nem pagamos tanto assim”. Porque calcular o % de imposto sobre o total da NF cujo valor do imposto está incluído é desonesto e matematicamente incorreto. Então, o mais justo é separarmos as informações:

            1. valor total dos produtos;
            2. valor total dos impostos;
            3. % de impostos (item 2 dividido pelo item 1) ;
            4. valor total da nota.

            Mas aí vem o problema maior: é tanto imposto que incide sobre tanta coisa, deve ter até imposto sobre imposto, que vamos sempre pelo jeitinho brasileiro mais fácil.

            Outro dia comprei um brinquedo para presentear uma criança. Valor total R$ 99,90. Valor aproximado dos impostos R$ 49,00 (49%). É isso que está errado. Se os impostos são de R$ 49,00, o brinquedo em si custa R$ 50,90. Logo o imposto indicado é de 96%, e não de 49%. Daí alguém olha e fala: ohhh, “só” 49% de impostos, até achei que era mais. É bem diferente de olhar e falar: ohhh, 100% de imposto? que absurdo, governo/estado ladrão.

            Será que é tão difícil?

    1. Sim, vc apoiou os golpes:
      -contra a democracia, pela chapa Dilma/Temer, que cometeu crime eleitoral usando de milhões da corrupção p/ financiar campanha política suja, além de cometer estelionato com as contas públicas para enganar o eleitor;
      – do Mensalão, que utilizou dinheiro de propina para comprar votos de congressistas;
      – contra o erário público e empresas públicas cometido pela quadrilha comandada pela dupla dilma/lula.

    2. Ô bacana,a culpa é sua sim.Ou você terá coragem de negar que votou nesse Pimentel safado,nesse sujeito que aumentou a alíquota do ICMS (lembre-se :Imposto de única responsabilidade estadual) para 31% e ainda tem a cara de pau de jogar a culpa do alto valor do preço da gasolina em Minas Gerais nas costas dos outros, tirando o corpo fora.Aliás, fazer cagadas e depois tirar o corpo fora já se tornou marca registrada do PT.

  3. Esse locaute esta sendo conduzido por EMPRESARIOS, os mesmos donos de transportadoras que financiaram o golpe ja que o governo “comunista” estava prestes a colocar em operacao a ferrovia norte-sul, uma grande ameaça aos clesios andrades do pais. Voces devem ter discutido isso no encontro do Temer com os “liberais” de minas na sede da fiemg

  4. Tudo o que nós NÃO precisamos nesta hora difícil é de canalhas oprutunistas, demagogos e populistas.
    A situação é grave, e afeta muito mais duramente os mais pobres, aqueles que moram longe do trabalho e não têm como se proteger.
    Esse Maia, a canalhada da CUT, os petroleiros, os empregados de Metrô etc querendo se aproveitar da gravíssima situção como urubus em cima da carniça.
    Políticos se escondendo, fugindo de suas responsabilidades (como esse Pimentel ) ou, como muitos babacas do meio artístico(como o gagá R. Carlos, o barango do Batoré, os vovôs canalhas do tipo Caetano Asqueroso) querendo aparecer em cima do sofrimento do povo.
    É muita canalhice, é muita insensibilidade,

  5. Antes de comentarem, gostaria de informar que Rodrigo é CHILENO e MAIA!
    Os ‘maias’ adoram ‘império’, têm muitos ‘deuses’ e os buscam conforme o tempo e a necessidade de acordo com o ‘calendário maia’, um desses deuses é a cretinice(parente próximo da falsidade)!
    Também ‘bota(m)fogo’ em sistemas político e econômico complexos.
    A contagem do tempo no calendário Maia não é infinito. No final do ciclo o calendário recomeça do zero e é isso que o ‘Maia’ quer, ficar perpetuamente no calendário político.

  6. Enquanto não houver uma redução do poder do Estado nas decisões acompanhada de uma forte desestatização,continuaremos a assistir hienas como essas se alimentando do Estado brasileiro.

  7. Mbl e partido novo?isso lá é novidade? Só para incautos, né? Porque VCI não faz aquela dancinha ridícula do partido novo e posta pra gente rir um pouco?

  8. É Temer fazendo escola. Ali não tem ninguém principiante. Assim como as cadeias formam bandidos o congresso nacional forma elementos perniciosos, descompromissados com o bem comum. Todo mundo ali é PHD. A imprensa também está cheia destes que aproveitam destes momentos para fazer campanha para seu eleitorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.