Sem essa de futebol. Agora somos o país da toga

Por causa deles, ninguém mais quer saber da decisão do campeonato regional de futebol ou do último capítulo da novela das nove

O time mais vaiado do Brasil

Por: Walmir de Castro Braga*

Até há algum tempo, dizia-se que o Brasil era (ou é) o país do futebol e das novelas. Do Supremo Tribunal Federal poucos falavam ou acompanhavam. E a razão é simples de entender. O futebol é emocionante, cada um torce para quem quer e os resultados são improváveis. As famosas zebras sempre aparecem.

Já as novelas são populares porque retratam situações surreais, baseadas em trechos rotulados de imaginários ouobra de ficção coletiva baseada na livre criação artística e sem compromisso com a realidade, e, embora todos saibam que o bem irá vencer o mal, cada um torce por seu personagem favorito.

Já o STF sempre foi enfadonho. Os jogadores, como ouso cognominar os Ministros, são pessoas sem graça, de “notório saber jurídico”, sem emoção e os resultados eram quase sempre previsíveis. Tratavam-se com harmonia tão grande que chegava a nos matar de inveja. E uma vez decidido o jogo (ou julgamento) o assunto não rendia mais. Não havia um “dono da bola”.

Quando cursei a Faculdade de Direito da UFMG (tantas saudades daVetusta Casa de Afonso Pena), aprendi que havia sido cunhada em pedra a expressão “isto o Supremo já decidiu”. E tal como pedra, usualmente essas decisões ficavam imutáveis. Não mais. No Brasil de hoje estamos vivendo uma transformação — a meu ver para pior — na qual o país dorme com um julgado e amanhece com outro.

Hoje é muito mais emocionante acompanhar o STF. Todos os dias, nos principais noticiários, Ministros se atacam publicamente. Cada julgamento é um jogo imprevisível. E a tabela muda repentinamente. O que era para ser jogado (ou julgado) ano que vem, passa à frente, ou então joga-se o mesmo jogo de dias atrás. Pior! O que havia sido decidido, muda de um julgamento para o outro, dependendo de como está “escalado o time” (qual a turma está julgando). Gente, isto é emocionante! Tragicamente emocionante.

Já as novelas estão perdendo o encanto pela repetição dos enredos. Todas se parecem e copiam “ficções coletivas” já conhecidas. Não têm mais graça (salvo raras exceções). O futebol também vem perdendo seu encanto, seja pela substituição do “amor à camisa” pelo amor ao dinheiro. Os ídolos puros são cada vez mais raros, e ainda mais longe da raridade quando se fala em paixão pelo clube.

o STF de hoje é discutido, conhecido e midiático. Tantas emoções! Alguém sabe me dizer qual será o resultado nos próximos dias dos julgados de questões já decididas? Será que alguém aposta firme que o decidido será mantido? E se vier a ser mudado, será definitivamente ou apenas etéreo?

Para encerrar, e como argumento final: quem pode me dizer, sem muito pensar, quais são as novelas em exibição hoje? E o que cada uma traz de novidade? Poucos saberão. Para o futebol deixo a pergunta: quem pode dizer quais são os jogadores atuais da Seleção brasileira? Nome por nome os onze atletas.

Já sobre o Supremo Tribunal Federal, certamente muitos irão saber a escalação completa dos onze ministros/jogadores. Dura ironia, o STF e a Seleção Brasileira jogam completos com onze pessoas!

Pobre Brasil, que troca a segurança jurídica de tempos não muito distantes para a emoção de julgados imprevisíveis, com grandes reflexos para a sociedade.

 

Leia também.

 

*Walmir de Castro Braga é atleticano, advogado, administrador e contabilista, necessariamente nesta ordem. Atualmente é o Secretário de Fazenda de Nova Lima, em Minas Gerais.

12 thoughts to “Sem essa de futebol. Agora somos o país da toga”

  1. Hoje a novela que mais vai ao ar é “O Chororõ”
    É um suplício diário, essa catarata lacrimosa, essa ópera bufa que ninguém aguenta mais. É um chororõ diário, protagonizado pelos mais canastrões e canalhões atores possíveis, lindberghs, gleicis, suplicis, etc

    1. É!
      Sei que futebol dá alegria pra uns e tristeza pra outros, só depende do resultado.
      A justiça está só trazendo tristeza e ‘desgraça’ pra todos e para o país.
      Fico pensando como pessoas sérias em países sérios, agora eles sabem que estamos muito além de ‘terceiro mundo’, somos ridículos, sem crédito e indesejáveis!

  2. Olá Distinto, em verdade não somos, mas estamos numa fase monotemática, é a fase do prenda, prenda, esfola, encarcera, enjaule, prenda basta parar um pouquinho nas mais diferentes circunstâncias do cotidiano que ouvimos essa cantilena. Muito disso decorre da sistemática manipulação levada a cabo pela Rede Esgoto, sítios da web, FMs, blogs amestrados etc que num país de analfabetos e semi analfabetos encontrou o solo fértil para fermentar o ódio e maledicência.
    Outro tanto deriva do fato de os batedores de panelas e seguidores de pato amarelo terem dado com os burros nágua, terem quebrado pobre, e, então, sem pai e nem mãe vê os quatro cavaleiros do apocalipse, mais Eduardo Cunha dando as cartas não sabem para onde direcionar sua fúria e inveja e partem, então, qual magotes de lemingües, a vociferar impropérios indevidos. Por isso quem não caiu na farsa rasteira, só por isso, já teve muito a ganhar, pois, passou fora do vexame da turba insana.
    Quanto a farsa do juizeco das Araucárias, aquele cuja voz não combina com o próprio rosto, em mais dias ou menos dias será cabalmente anulada pelo STJ ou STJ, porquanto, ele atropelou o procedimento e feriu a lei pencas de vezes – e, como sabido, não ha mal que sempre dure – então à normalidade será restaurada e reforçada para gaudio da lei e da reta razão.
    Mantemos nosso apelo, venham para as luzes, deixem para trás o sarcófago da ignorância e do ódio.
    Sorte, Saúde e Sabedoria.

    1. Sorte, Saúde e Sabedoria.
      …”que num país de analfabetos e semianalfabetos”… , corrigindo tá, semianalfabeto CIDRAC. Na nova grafia todas as palavras onde o prefixo terminar em uma vogal e a segunda começar com vogal diferente são unidas. Sempre desconfei que o teu diproma de semiadevogado foi comprado no governo Lula.
      Sempre falas que lulinha Paz e Amor tirou os mais pobres da miséria, que revolucionou o país e em teu comentário falas: “Muito disso decorre da sistemática manipulação levada a cabo pela Rede Esgoto, sítios da web, FMs, blogs amestrados etc que num país de analfabetos e semi analfabetos encontrou o solo fértil para fermentar o ódio e maledicência”.
      De que país de analfabetos e semianalfabetos falas? Deve ser o teu Pindorama, país de corruptos, ladrões e assassinos liderado pelos bandidos Lula, Dilma, Zé Dirceu, Gleisi, Lindberg e a turma que os adora e segue.

  3. Caro Dr. Walmir,
    Concordo plenamente com tudo que foi dito acima,inclusive nossas preferencias clubísticas são as mesmas,com muita honra.Entretanto,com a máxima vênia,e não havendo outra oportunidade como esta de me dirigir diretamente a V.Sa. pediria que,como nobre Secretário da Fazenda de Nova Lima Cidade onde resido e tenho meu imóvel,o Sr. nos ajudasse ,a mim e a outros concidadãos nova-limenses, termos alguma Segurança Tributária em relação ao que vem acontecendo com a cobrança do IPTU neste ano.A Prefeitura pretende impor a ferro e fogo um aumento do valor deste imposto,pelo menos a meu ver,completamente fora da realidade em que vivemos.Se as receitas auferidas pela Prefeitura não estão sendo suficientes para cobrir suas despesas acredito que essas deveriam ser revistas.Alguém da Administração Municipal já reparou,entre outros, no gasto com a folha de pagamento de funcionários da prefeitura? E no aumento das despesas com a Câmara Municipal ? Será que elas tem alguma justificativa plausível? Eu terei,também,que pedir aumento ao meu Patrão para poder honrar com o pagamento desse Imposto.O Sr. acha que ele me concederá esse aumento de maneira tão fácil como o Município está fazendo com a cobrança de seus munícipes ? Eu terei forçosamente de cortar gastos,mesmo aqueles imprencíndiveis. Porque o município não pode fazer o mesmo ? Se não por outro motivo,pelo menos em sinal de em respeito a seus contribuintes que também estão passando por sérias dificuldades.Desculpe se fui impertinente,mas estamos completamente sem SEGURANÇA TRIBUTÁRIA. Aceite meus cumprimentos pelo seu texto.

  4. Ele tem razão. E assim como no futebol temos um monte de desinformados se achando técnicos e dando palpites em tática e escalação de times, no “país da toga” temos um monte de idiotas que não sabem interpretar um texto simples se achando verdadeiros juristas e especialistas em Direito Constitucional.

    1. Olá Nicolau, é como dizia Nelson Hungria, o poviléu entende tanto de direito como os pinguins entendem de calefação, mas se arvoram em apoiar um ferrabrás da marca do juiz da roupa preta. Que a paciência de Jó nos tempere, pois, são doses leoninas.

  5. Graças à lula e Dilma, nós todos (ricos e pobres) vamos ter que cobrir o calote de Venezuela e Moçambique (só 1,3 bilhão). Além da conta da gigantesca roubalheira.
    E fontes seguras dizem que vem aí mais uns 50 bi de calote de ditaduras do Foro de SP.

    Lula/Dilma são a pior desgraça que já se abateu sobre os brasileiros!

  6. Dr. Walmir , “Já sobre o Supremo Tribunal Federal, certamente muitos irão saber a escalação completa dos onze ministros/jogadores.” E também todos sabem separar os onze ministros como quem separa o joio do trigo.

  7. o blogueirinho só posta textos de amiguinhos bacanas, advogados, vereadores, juizes, secretários, etc, etc, por que será???????

  8. Caro Ricardo,

    Conhece a melhor definição de todas sobre a diferença de um eleitor do PT ou do PSOL ?

    Você joga capim… Se comer é do PT, se fumar é do PSOL !

    Fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.