PT, PSOL, certos artistas e intelectuais de merda

“Não acabou, tem que acabar, eu quero o fim da Polícia Militar”. Esse é o novo grito de ordem dos marginais da esquerda brasileira

Desgraças sem fim

Bando de canalhas! Bando de maconheiros! Bando de cachaceiros! Bando de vagabundos!

Se vocês querem o fim da Polícia Militar, sugiro que mudem-se para o presídio de Pedrinhas, no Maranhão. Ou então para Altamira, no Pará, cidade mais violenta do país. Se não ficarem satisfeitos, peguem o primeiro ônibus para Sergipe, estado brasileiro em que mais mata-se e morre-se violentamente. Vocês fariam um favor imenso para o Brasil.

Bando de calhordas! Bando de sórdidos! Bando de hipócritas! Bando de mentirosos!

Vocês estão se lixando para a morte da tal vereadora. Vocês estão se lixando para a filha que ficou órfã. Vocês estão se lixando para os 60 mil mortos anuais. Vocês se lixando para os favelados cariocas. Vocês estão se lixando para os pobres e miseráveis espalhados pelas calçadas das grandes cidades. Vocês estão se lixando para a vida, isso sim.

Bando de abutres! Bando de vermes! Bando de corvos! Bando de cobras!

O Brasil não é de vocês. O Brasil não pensa como vocês. O Brasil tem nojo de vocês. O Brasil tem ódio de vocês. O Brasil precisa se ver livre de vocês. Vão para a Cuba que lhes pariu, seus miseráveis. Vão para a casa de Caracas, sacripantas avermelhados. Vão chafurdar na lama de onde surgiram seus progenitores, porcos imundos.

Bando de traficantes! Bando de cheiradores de pó! Bando de ladrões! Bando de cúmplices!

Vocês não querem polícia, não querem leis. Vocês não querem ordem, só desordem. Vocês não trabalham, não estudam, vivem pendurados em alguém. Aboletam-se em buracos travestidos de diretórios acadêmicos, sindicatos, entidades de classe, ongs, partidos políticos e outras porcarias que lhes deem um teto, uma garrafa de pinga barata e uma bituca de fumo.

Querem ouvir o meu bordão? Aí, vai:

Não sumiu, tem de sumir, eu quero o fim das esquerdas no Brasil!

P.S.: Este texto será publicado exclusivamente no Blog e na minha página pessoal do FB.

Leia também.

27 thoughts to “PT, PSOL, certos artistas e intelectuais de merda”

  1. Então Blogueiro,
    Cheirou algo hoje?
    Quem te disse que a esquerda e instituições da sociedade civil não querem que a polícia exista? Não seja ignorante. Isto não é verdade.
    São sim favoráveis a uma polícia unificada: investigação e repressão.
    Imaginam que isto produzirá maior eficácia no combate ao crime e diminuirá a corrupção nestas instituições.
    Por acaso o atual modelo é eficiente? Por acaso nos locais onde você menciona altos índices de violência não existe polícia militar?
    Sua falta de razoabilidade e ódio ao debate só desqualificam suas opiniões. Que horror!

    1. E o que fizeram ao longo desses 14 anos? O PCC já ocupa 22 estados brasileiros e tem até estatuto, graças a vocês. Condenaram o povo brasileiro a isso e agora estão fugindo para Paris, EUA etc e deixando sua a merda que fizeram aqui.

  2. Estimado Ricardo, parabéns! Puder ler nas entrelinhas todos os palavrões que estão inclusos no esoterismo escatológico do texto.
    Você se ultrapassou, atingiu um estado de arte. Sem mencionar uma única vez as palavras de baixo calão, me proporcionou o exercício de mentalizar todos os insultos e pragas que aprendi e tenho guardado em meu espírito herança de minha vó Andaluz. Obrigado por colocar de forma clara , exata ,racional e geográfica onde esses miseráveis de espírito, amantes da desordem devem ficar.

  3. Parabéns é o que eu gostaria de escrever também, não só escrever mas sair gritando Brasil afora. Infelizmente não fomos educados para isto, mas talvez chegue a hora de fazer acontecer. Grande Abraço! Vamos em frente!

  4. Simplesmente reprovável e deplorável a forma simplista de pensar desse blogueiro e seus seguidores. Acho que apenas essas palavras expressam a minha indignação no que diz respeito a esse blog. Forma simplista de interpretação de fatos, extremista, de baixo calão e teor absurdamente chulo. Lastimável!

  5. Parabéns Ricardo. Por mais que você coloque o dedo na ferida, mais aparecem idiotas a apoiar essa merda.
    E repito. Quem mandou matar Marielle foi Lula e o PT para desestabilizar o país e lula voltar a ocupar a cadeira no Planalto. Gleisi Hoffmann disse que teria que morrer gente e preparem-se que Marielle não foi a primeira e nem será a última. Outubro ainda está longe e a esquerda é uma máquina de assassinos.

  6. A esquerdalha quer se fazer de vitimas da violência. Não passam de terroristas disfarçados de manifestantes.Toda vez que algum inocente ou pessoa de bem for vitima das armas de bandidos e vagabundos protegidos e beneficiados pelos tais direitos humanos podem ter certeza que essa vereadora será sempre lembrada por ser cúmplice dos atos de seus protegidos.Para esse tipo de gente só bala saída de arma de policia é que mata, de fuzil de bandido só saem flores.
    Tem uma pergunta que não quer calar: Quem está lucrando com toda essa comoção provocada por alguns segmentos políticos? A sociedade ou a bandidagem que age impunemente para transformar favelas em “bunkers” onde a polícia não possa entrar ?

    1. Mais é isso mesmo os esquerdistas acham que a Polícia Militar é autora de todas mortes que acontece no Brasil no Rio de Janeiro é um exemplo de que não pode ninguém morrer ou ser baleado que os moradores da favela e os esquerdistas acusam primeiro a PM.

  7. Aos Danieis, eternos petistas/psolistas fieis,
    Para investir em educação, saúde, saneamento, assistência social, moradia e infraestrutura, etc, é preciso haver recursos públicos para tal. Vamos ver então como estão as finanças públicas deixadas pelo PT, depois de 13 anos (quase uma década e meia!) de governo:
    1) Dívida pública de 4 trilhões (quando assumiu era de menos de 1 trilhão); e
    2) Déficit nas contas públicas de mais de 150 bilhões/ano.
    Faço 2 perguntas: 1) Como investir no social, como promover esses investimentos fundamentais sem ter recursos e, ainda, estar com as finanças em situação de descalabro, com a receita comprometida e até mesmo p/ cobrir os gastos correntes para as próximas décadas? 2) O que fez o gov PT com o dinheiro público, nestes 13 anos no poder, para nos deixar nesta situação?
    (não estamos falando de migalhas, mas de bilhões e trilhões!)
    Vcs falam muito em “dividir”. Dividir o quê? As faraônicas, superfaturadas e inúteis obras da Copa e da Olimpíada (as milionárias propinas delas já foram divididas hehehe)? Os 30 milhões que o Lula recebeu de propina da Odebrecht? Os milhões que enriqueceram a família Lula e aos Cabrals, Cunhas da vida? É muita grana, mas não chegam nem aos pés dos bilhões, trilhões. O que os govs PT deixam p/ dividir é a conta a pagar de bilhões, trilhões da dívida pública e da roubalheira da Petrobras, Eletrobras, o desemprego, a insegurança, a falta de saneamento básico, o sistema de saúde pública matando pobres aos montes, etc.
    Bom, e o que fez os govs do povo nestes 13 longos anos? O Bolsa-Família, que nada mais é juntar e dar outro nome ao Bolsa-Escola, Vale Gás, Vale Alimentação (criados no gov FHC)? As inúteis obras faraônicas da Copa/Olimpíada, feitas para iludir o povão e criar a imagem de um grande Brasil? Reforma fiscal, previdenciária, trabalhista, política? NADA, NENHUMINHA, apenas muito discurso de palanque, propaganda marqueteira alimentada com milionárias propinas, né mesmo?
    Os pobres tirados da miséria pela propaganda marqueteira e pela falsificação de dados (transformar pobres em classe média mediante a alteração nos critérios de classificação de renda: o pobre dormiu pobre e acordou pobre no outro dia, mas pelos novos critérios passou a ser considerado classe média!). Veja o levantamento do IBGE, que mostra a verdadeira e maldita herança social.
    E o Rio de Janeiro, que continuou ainda mais pobre, corrompido e violento, com governos supercorruptos, eleitos pelo apoio do, à época, superpopular Lula? E as UPPS, aqueles bibelôs que sem prender bandidos se queria promover a “pacificação” deles? Tipo assim: os traficantes/milicianos militarmente armados fariam uma reunião:
    -Pô, mano, vamo pacificá, vamo colaborá, vamo procurá emprego, vamo i na missa nus domingu, purqui tô morrenu de medo dessa up sei lá o que!
    Deu no que deu, né? Medidas de fachada, inauguradas com muita fanfarra, muito discurso de palanque, e sem investimentos concretos, deu no desastre que está aí. Deu no aumento das chacinas dos pobres-que, agora, que produziu uma vítima com o pedigree da esquerda caviar/Ipanema, provocou uma ira daqueles que tampam os seus delicados narizes para os cadáveres de dezenas de milhares de zés-ninguém vitimados pela absoluta falta de segurança neste Brasil-Síria.

    1. Pois é … é isto que estamos vivendo no Brasil: você explana argumentos e idéias e vem sempre alguém dizer: você é isso ou é aquilo! Se, por exemplo, eu estiver discutindo contigo sobre um jogo de futebol específico, não é para falar que o meu é o grande clube de Minas (porque esta é outra discussão), mas para analisar ‘este jogo’. Mas ao invéz de analisar o jogo e todas as alternativas dele, e entender que o outro tem argumentos a serem pensados, vem alguém e diz: você não torce para o meu time! Então você não sabe de nada!

      Esta polarização no modo de pensar ‘Petralha x Coxinha’, esta intransigência ideológica de ‘para os amigos tudo, para os demais os rigores da lei’ só contribui para a miopia, para esta visão estraviada e parcial que temos da realidade brasileira de modo geral, a título de ‘verdade’. Independente de alguém ser de PT ou PSDB ou seja lá o que, de direita ou de esquerda, é preciso considerar os argumentos e não a posicão ideológica (por que é direito de cada um entender à sua maneira o que é melhor e pior para o país), e em alguns momentos deixar o ORGULHO DE LADO e dizer talvez, ‘SOBRE ISTO EU DE REPENTE POSSO ESTAR ERRADO’. O caso é que TODO MUNDO ESTÁ CERTO O TEMPO INTEIRO. Ninguém larga o osso ou abre a guarda para falar que pode haver um erro, uma contradição, uma falha no próprio discurso.

      Você traz números sobre os governos do PT. Ótimo, vamos pensar sobre eles. Mas vamos trazer os do governo FHC, também? Tem muita coisa mal-feita, suja, corrupta e errada ali. Ou não? Mas onde estão eles aqui no seu texto? Não. Não estão. Então, a gente ressalta o que quer, diviniza ou demoniza quem quer, coloca o próprio ponto de vista acima dos outros, e pronto, está eleita uma verdade.

      Quer dizer que tudo o que escrevi no meu texto anterior não procede em nada? Quer dizer que a desgraça do Brasil é devida aos 13 anos de governo do PT? Quer dizer que a direita não está envolvida até o pescoço na merda Brasil e na corrupção TAMBÉM? Quer dizer o comportamento das classes média e A no Brasil historicamente não é de estar nem aí para as classes menos favorecidas? Quer dizer que pelo fato de eu ter argumentado com dados diferentes dos seus eu sou petista? Eu aceito argumentos para conversas e não sou refém was minhas idéias. Fico tão furioso quanto você sobre um sem número de coisas de PT, Lula e Dilma. Mas e vc e este blogueiro aqui? Não … vocês já tem o seu satanás e o seus deuses eleitos. Por exemplo, dados os FATOS, você não deveria ficar irado com muitas lambanças, maus-governos, falcatruas, coisas excusas de FHC, também? De PSDB? Onde estão elas nos seus textos? Não, não estão.

      Aos ‘Daniels e eternos petistas…’ – você começou o seu texto … Como então eu deveria começar o meu texto? ‘Aos Robes que’ não ouvem os argumentos alheios? ‘Aos Robes que’ tapam os seus ouvidos e fecham os seus olhos para as provas da história em detrimento da razão ? Fosse eu petista ou de esquerda fincaria aqui a minha bandeira e a defenderia sem problema nenhum. Se neles eu acreditasse ou se não tivesse eu antipatia a socialismos ou comunismos lutaria por ela. Mas vou lutar por algo que não acredito? Não. Não há como. Contudo, finco a bandeira contra a mentalidade de direita brasileira – esta é desgraçada. Diabólica. É gato. Salvo é claro você me apresentar um bom argumento. E tudo sem ódio. Isto (ou isso?) é mais para o blogueiro e a turma dele.

      Mas finco aqui a bandeira que vi vencer mais uma aqui de tão longe. Este não engana: faz o que tem que fazer (hahahhaha).

      1. Daniel,
        Os problemas reais, concretos do País têm causas concretas e ESTRUTURAIS, e não subjetivas, românticas. Não são ocasionados pelas “classes média e A não estarem nem aí para as classes menos favorecidas”. A dívida pública de 4 trilhões e o déficit das contas públicas de mais de 150 bilhões/ano são fatos reais, palpáveis, concretos e gravíssimos, que PRECISAM SER ENCARADOS DE FRENTE, pois tornam muito mais difíceis e dolorosas quaisquer ações p/ enfrentar os nossos graves distorções sociais e econômicas.
        O PT não é o pai das nossas mazelas sociais e econômicas; mas é o PAI e a MÃE da gravíssima situação fiscal e administrativa que complica seriamente o enfrentamento delas—desarranjo das contas públicas e a interrupção das reformas modernizadoras do País.
        Porque para isso é preciso INVESTIR na criação de oportunidades, é preciso INVESTIMENTOS em atividades PRODUTIVAS que criam empregos, em educação de base ensino técnico/científico e superior, em pesquisa científica/tecnológica. É preciso, portanto, de GRANA, MONEY.
        Como os investimentos só podem ser PÚBLICOS e/ou PRIVADOS, como um estado falido e deficitário, cuja receita não cobre nem os gastos correntes e, ao menos, os juros da dívida, pode investir??? E como, então, os investimentos privados vão ser atraídos para um país falido, instável economica e politicamente, com uma carga tributária pesada e um Custo Brasil altíssimo em relação ao resto do mundo?
        O processo de modernização estrutural da economia brasileira iniciado na última década do séc 20, que a faria entrar no novo milênio em condições competitivas, foi então interrompido por um retrocesso populista de grave irresponsabilidade fiscal e administrativa que comprometeu severamente o futuro e o presente de uma geração inteira. Para atrair investimentos produtivos, é preciso reformar, modernizar e racionalizar as regras trabalhistas, previdenciárias, tributárias e político/eleitorais, além de reduzir o inchaço da máquina pública redirecionando para as funções precípuas do Estado investimentos em educação, saúde, infraestrutura, saneamento e social). Inclusão social só se faz, efetivamente, com crescimento sustentado, que só pode ocorrer com investimentos nas atividades produtivas e na infraestrutura. Bolsas assistenciais não promovem inclusão de ninguém, são necessárias como o são remédios p/ dor de cabeça, que aliviam os sintomas MAS NÃO COMBATEM AS CAUSAS DA DOENÇA.
        O Brasil está severamente doente, e para tratá-lo faz-se necessário aplicar remédios amargos e doloridos. Quanto mais demorar em reconhecer a suas doenças mais o problema se agrava. De nada adianta ficar negando as doenças e procurando culpar a insensibilidade social de A ou de B ( a propósito, o mundo não se reduz ao um confronto de A com B; o mundo vai de A a Z).
        Portanto, o buraco é bem mais embaixo; e não será coberto com masturbação ideológica de dogmas de religiões políticas fundadas numa visão de mundo do séc 19, nem com soluções populistas/ simplistas que prometem paraísos aqui na Terra e um mundo lindo e maravilhoso onde todos serão angélicos irmãos.
        Como dizia um famoso não sei quem com seu forte sotaque: “isso non ecxiste”

  8. E digo mais: sou do tempo da “ditadura” onde se tinha segurança, empregos, os jovens aproveitavam muito a vida e não havia moradores de rua nem miséria. O Brasil tem que sair desse buraco negro opss vermelho o mais rápido possível.

  9. Ricardo,
    agora você passou dos limites e publico meu protesto:
    Como você tem a CORAGEM de escrever que os participantes dos partidos PT, PSOL e outras merdas semelhantes são ‘INTELECTUAIS’?
    Que isso? pirou?
    Eles são só merda purinha sem intelectualidade alguma, não exagere nos títulos!

  10. Muda o nome desse blog, coloca “Opiniao da Direita”, ficaria muito mais original.
    Cada um mais metido a besta que o outro aqui. Daniel Barros arrebentou de novo. Nao adianta, nao há argumentos para te responderem. Eles nao tem educacao alguma.

  11. Você sabe o que é o fim da da PM? Quando você vê um filme policial dos EUA, você está vendo, na maioria das vezes, uma polícia desmilitarizada. Eles tem sindicato, tem campanha salarial, tem órgãos que avaliam suas ações e lutam por melhores condições de trabalho. Por existir uma polícia militar e um corpo de bombeiro militar, esses profissionais são proibidos de lutarem por melhores condições de trabalho, não podem denunciar as suas péssimas condições de trabalho sem serem acusados de motim, e caso cometam crimes, são julgados de maneira diferenciada, se não forem expulsos. Quando uma pessoa diz que defende o fim da polícia militar, ela não está defendendo o fim do policiamento. Ela está defendendo uma forma diferente de policiamento que já existe em diversas partes do mundo e é aconselhada pela ONU. Esse discurso raso de “defender bandido” expõe o quanto somo um povo ignorante sobre nós mesmos.

    É possível ser 100% a favor da polícia, e ao mesmo tempo reconhecer quando ela abusa do seu poder e precisa ser responsabilizada. Isso não devia nem ser algo controverso.

    Segue um link sobre a recomendação da ONU para o fim da PM no Brasil. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/05/paises-da-onu-recomendam-fim-da-policia-militar-no-brasil.html

    Para aqueles que são contra os direitos humanos, saibam que para ser membro da ONU, é necessário assinar a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A briga de vocês deve ser então para o Brasil sair da ONU, dessa forma não teria mais compromisso com a declaração. Outra forma de não precisar defender essa causa, seria se mudar para um país que não faça parte da ONU. Fazendo uma rápida pesquisa aqui, descobri que o Timor Leste não faz parte. Então ai está uma alternativa para vocês. Se rolar uma vaquinha pra passagem de ida eu contribuo com prazer.

    Se alguém da esquerda morrem vocês usam outros exemplos para querer desmerecer a comoção.
    Esquerdista foi assassinado.
    – Ahh mas e o seu João que morreu no hospital?
    Sempre vão usar alguma desculpa, pra disfarçar a alegria de uma notícia trágica que envolve algum oposto ideológico.

    Vocês lembram quando a direita todo foi as ruas pra protestar por cada policial que já foi assassinado no Brasil?
    Não lembram?
    Pois é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.