Números enganam, mas não mentem

Remar contra a reforma da previdência só serve para manter privilégios e empobrecer a população de menor renda

“Fora, Temer”, é?

Relatório divulgado pela Receita Federal mostra que o rendimento de aplicações financeiras mais que dobrou entre 2013 e 2016. Já os salários mal acompanharam a inflação. Surpresa? Nenhuma.

O avanço de mais de 100% foi fruto dos juros elevados, que incrementaram a remuneração recebida por quem tem capital para investir. O governo, ao contrário, precisa de capital para custear suas despesas, assim, quanto mais endividado está,  mais juros precisa pagar para autofinanciar-se

Pois bem. Sabem os senhores qual é uma das maiores fontes do déficit do governo federal? Acertou quem disse INSS. O rombo da previdência — sobretudo o do setor público — atingiu       o maior valor da história: quase 270 bilhões de reais. Apenas os servidores da União sugaram cerca de 90 bilhões de reais do caixa, ou melhor, do seu bolso.

Para quem ainda não entendeu, vou desenhar: o PSOL e o STF, juntos, ao impedirem o governo (“Fora, Temer”) de aumentar de 11% para 15% a parcela de desconto dos servidores, atirou mais gasolina no fogo. Quem ganhou? Os servidores, ora. Quem perdeu, digo pagou? Os pobres! Mas sabem como é, né? A esquerda está sempre ao lado do povo.

A pressão dos sindicatos e de grande parte da imprensa conseguiu acovardar o Congresso, e a reforma da previdência foi para o saco. Eu não sei quanto a vocês, leitores amigos, mas tenho uma merrequinha aplicada e faço parte dos felizardos que ganharam com os tais juros altos. Desta forma, deveria estar feliz da vida com aqueles que enterraram a reforma. Quanto mais o governo deve, mais pega emprestado. Quanto mais pega emprestado, maior o risco de calote. Quanto maior o risco de calote, maior os juros.

A corrupção aumenta o déficit? Aumenta. O desperdício aumenta o déficit? Aumenta. O excesso de funcionários aumenta o déficit? Aumenta. Os salário e benefícios absurdos aumentam o déficit? Aumentam, sim. Mas a previdência é, disparada, o maior ralo a ser tampado. Em quinze anos, ou não se pagará mais os benefícios ou se quebrará de vez o país. Simples assim. Daí, quando um governo (“Fora, Temer”) tem a coragem de meter a mão no vespeiro, os sabotadores da pátria — os de sempre! — garantem a continuidade do buraco negro.

Quem está pagando a conta? Todos, claro. Mas, sobretudo, aqueles que, nesta ordem, 1) estão endividados; 2) precisam de empréstimo; 3) não possuem dinheiro aplicado. Talvez não seja o seu caso. Certamente não é o meu. Mas infelizmente é o de 60% dos brasileiros. Justamente aqueles que mais votam nas porcarias de esquerda, que não se cansam nunca de trabalhar contra o país, sempre jurando estar ao lado dos mais pobres.

Eis aí. A conta é esta. Siga em frente com sua rejeição à reforma da previdência e ao débil “Fora, Temer”. Os ricos agradecem.

Leia mais.

80 thoughts to “Números enganam, mas não mentem”

  1. Ricardo, vc bpotou o dedo na ferida: pois quem se ferrou com a maldição dos desgovernos lula/dilma são os POBRES!!!

    O estado das finanças públicas herdado dos desgovernos lula/dilma é quase catastrófico: dívida pública acima de 4 trilhões (antes do desastre lulopetista era de menos de 1 trilhão), deficit primário anual de mais de 100 bilhões (antes da grande desgraça lulopetista, era superavitário), o rombo da Previdência SOCIAL decorre mais dos gastos com os privilégios do setor público.Ora, se é SOCIAL, a Previdência deveria limitar ao teto previdenciário, de 5 mil e poucos reais, todas as aposentadorias; quem ganha mais de 5 mil e quer uma aposentadoria maior PODE MUITO BEM PAGAR UMA APOSENTADORIA COMPLEMENTAR PRIVADA (como eu faço com a Brasilprev!)
    O resultado é que o estado não pode cumprir as sus funções precípuas: educação, saúde, infraestrutura, benefícios sociais. etc.
    Este é o desastre, que afeta duramente aqueles que mais precisam do Estado (da educação, saúde, assistência social: OS POBRES!!!
    (Os únicos pobres que se deram muito bem foram os familiares do Lula)

    1. Não esqueçamos daquela que é a função primordial do Estado: a SEGURANÇA PÚBLICA; ela vem antes de saúde e educação, que são muito mais compartilhadas pela iniciativa privada e muito mais próprias e de responsabilidade das escolhas individuais.

  2. E ai Blogueiro.
    Sobre os empresários sonegadores nada? Sobre os bilhões em isenções fiscais nada?
    Sobre o escandaloso valor de recursos pagos no serviço da dívida nada?
    Então a corda de estourar entre os que dependerão das aposentadorias para viver não é?
    Sobre a instabilidade da Previdência há importantes posições que demonstram que as contas estão manipuladas e que a mesma é superavitária. Aliás esta foi a conclusão de recente CPI sobre o tema.

    1. Caro jumento petista,vou responder algumas de suas perguntas:”Sobre os empresários sonegadores nada?”,pergunte ao ladrão mor e a Dilmalandra,afinal eles ficaram no governo durante 13 anos e não cobraram?Me responda você,se puder claro.”Sobre os bilhões em isenções fiscais nada?”,pergunte a “presidenta” que foi campeã em concessões de isenções fiscais para os “capitalistas selvagens”.

    2. “Sobre a instabilidade da Previdência há importantes posições que demonstram que as contas estão manipuladas e que a mesma é superavitária”,posições de professores esquerdistas de universidades com medo de perderem seus privilégios de funcionários públicos?

      1. Blogueiro, procure disfarçar um pouco. Pelo texto Todo mundo percebe que “juliano” é voce. Daqui a pouco o “juliano” aparece aqui fazendo elogios ao blogueiro ou implorando para ele ser candidato kkkkk

        1. Petersss obrigado por você achar que eu e Ricardo somos a mesma pessoa.Vou concluir que meus argumentos foram tão fortes e convincentes que você achou que foi o Blogueiro quem escreveu.

          1. OPS, tem mais um Ricardo disfarçado aqui. Sou o terceiro. Meu texto será igualzinho ao deles. O PT ficou 13 anos no governo e não fez nada, a não ser navegar nos primeiros anos (desgovernado pelo Lula) na estabilidade que o país tinha adquirido e na fome da china em consumir produtos brutos nossos. Ou seja, os gafanhotos acabaram com a plantação e entregaram um país falido. E quanto á Previdência é inegável que precisa de reforma, explicação já dada por mim quando usava outros nomes (rsrs). Claro que precisa discutir ponto a ponto. Não consigo concordar com aposentadoria após 65 anos de idade para todos, quando em algumas regiões a expectativa de vida não chega a isso.

        2. Cara! Faça o favor de tirar os dois “ss” a mais que tem no seu codinome. Pega mal demais. Incomoda até que não tem nada a ver com isso.

    3. Cobre tambem dos partidos politicos, sobretudo o PT, é o que mais deve ao inss.

      O inss, é uma piramide financeira, nao existe dinheiro guardado, tudo que entra é pra pagar quem é aposentado, voce vive da promessa de que quando voce aposentar alguem na ativa vai pagar pra voce. Cada Vez mais as pessoas estao tendo menos filhos, e as geraçoes passadas tinha uma familia grande e estao aposentando, nao vai ter ninguem pra pagar e a situação vai ficar insustentavel daqui a alguns anos.

    4. Concordo Marcelo, essa caixa de Pandora nenhum governante se atreve a encarar é assim repassam para a sociedade o custo da péssima gestão, corrupção, sabotagens e por aí vai!
      Só uma sociedade unida pode vencer as mazelas do poder público que agora se resume em déficit previdenciário…
      E o que dizer da Saúde? Que não tem arrecadação e o Governo tem, ou deveria garantir?
      Chega dessas tramóias, não aceito pagar para continuar a soberba do gasto público

    1. kkkkk…. excelente!!!! Há tempos não posto nada por aqui mas essa valeu!!!!

      BLOG OPINIÃO SEM VERGONHA!!!

      Esse papinho de rombo da previdência não engana mais ninguém.

      Coloca aqui todo o estudo feito pelos servidores da receita federal, QUE NÃO SÃO “PROFESSORESZINHOS DE ESQUERDA” mas sim auditores fiscais.

      Saudações atleticanas!!!

        1. por falar em idiota… Juliano, baixa educação… os servidores públicos são trabalhadores como outros quaisquer.

          Quem “demoniza” servidor público demonstra total desconhecimento e ignorância sobre este assunto.

          Regalias, super salários, vantagens e benefícios (imorais) existem sim porém para pouquíssimos servidores que comandam as tres esferas (legislativo, executivo e judiciário) .

          Não se enganem pois os servidores públicos (95% dos servidores) pagam muito mais impostos que os sonegadores profissionais que se dizem empresários, se orgulham de dizer que carregam o Brasil nas costas… balela!!! Sonegadores eternos!!!!

          1. Guilherme essa pergunta foi uma ironia.O que eu quis dizer é que os auditores por serem funcionários públicos obviamente vão dizer que a previdência é superavitária.Pois a reforma que estava em curso tiraria muito de seus privilégios.E concordo que exista uma minoria de servidores que usufruem de benefícios surreais.

  3. Esse blogueiro faz parte dos 5% de asnos que aprovam esse desgoverno Temer!!! Vai ser mane!!!!!!!!
    E na verdade, ele está muito mal informado, pq Lula já fez a reforma da previdência. Todo servidor público que entro a partir de 2003 não se aposenta mais recebendo valor integral.

    Explique isso aí blogueiro mane!!!!

  4. E quanto aos salários dos servidores públicos que aposentam e recebem como se estivessem trabalhando, porque não recebem o valor máximo do teto da aposentadoria que é R$ 5.645,81?

    1. Porque eles pagam sobre o que ganham e não sobre o teto. Ou seja, pagam muito mais ao INSS do que o trabalhador da iniciativa privada. Simples assim.

  5. Eu nunca votei no PT, nem em pesadelo, mas admito quer poderia votar em Temer (PMDB). É evidente que em números gerais o Brasil melhorou com ele. Fico pensando se ele tivesse sido o presidente a partir de 2010 como estaria o Brasil hoje. Não que ele seja bom, mas a Dilma mostrou que é péssima.

  6. Nunca votei no PT, nem em pesadelo, mas admito que votaria em Michel Temer (PMDB). Não que ele seja bom, ou ótimo, mas a Dilma é que é péssima. Imagino, às vezes, se ele tivesse sido candidato e eleito em 2010, como o Brasil estaria hoje.

  7. Li esta matéria pelo título que despertou a minha curiosidade, mas confesso: não lerei mais nada deste blogueiro. Já está mais que provado que o Sistema de Seguridade Social não é deficitário. Entenda que a arrecadação da Previdência não se limita somente aos recursos advindos do INSS pago pelas empresas e trabalhadores, mas de parte de vários outros impostos como a CSLL, o Cofins, parte do PIS-PASEP. Somado tudo isto a Previdência apresenta superavit, mas para onde estão indo estes recursos? Para o exorbitante pagamento dos juros da dívida pública que consome quase 40% do nosso PIB. Alguns desavisados (ou mal intencionados) irão dizer que o país não gasta com a dívida, pois tem feito arrolamento dos valores numa operação financeira de trocar dívida velha por dívida nova. Se fosse assim permanece a pergunta: O que está sendo feito com o superávit da Previdência? Lembre-se também senhor blogueiro que alguns estados do nosso país têm expectativa de vida abaixo dos 69 anos (Maranhão, Piauí, Pernambuco, Alagoas), ou seja, para a média da população masculina destes estados a possibilidade de se aposentar, caso a reforma seja aprovada, quase não existirá. Medidas como esta reforma fazem parte de um momento no qual o neoliberalismo (por favor, sem modinha neoliberal, estou falando do projeto real de neoliberalismo) gestado na Sociedade Mont Pèlerin, por “intelectuais” de peso como Friedrich Hayek, Milton Friedman e outros, ganhou o mundo. Projeto que tem referência em economistas neoliberais como Adam Smith (aquele mesmo que disse que os pobres devem ter educação, porém em doses homeopáticas) e também de outros economistas que acreditam que uma economia só poderá ser forte se tiver um percentual (entre 10 e 15%) de desemprego estrutural. É uma corrente de pensamento que privilegia o estado mínimo, a economia de livre mercado, com a “mão invisível” a regula-lo. Seria cômico se não fosse trágico ter pessoas que ainda defendem essa visão de mundo. Senhor blogueiro este capitalismo sem medidas que parece ser o único modo de produção viável está longe de ser bom para a maioria da população. Discurso sobre meritocracia para quem não tem água para beber (um terço da população mundial não tem acesso a água potável ou saneamento básico), casa para morar, ou nasceu no meio da favela parece realidade de filme antiutópico. Os países mais admirados no planeta têm uma coisa em comum: empresas fortes, estados fortes e sindicatos fortes e quase todos baseados na social democracia. Por isso as empresas têm migrado destes países para a China, Rússia, parte da Ásia, etc. Lugares que eles ainda podem explorar os recursos naturais, os trabalhadores e serem protegidos por políticos como o nosso ministro da agricultura, (Blairo Maggi, aquele que ganhou duas vezes o prêmio moto serra de ouro) que defende que no Brasil se desmata pouco. Abraço

  8. E O CASO DA RECEITA, ONDE OS MEGA EMPRESÁRIO SONEGAM BILHÕES A TODO MINUTO ?
    LEMBRA DO HSBC, QUE DEIXOU UM ROMBO BILHONARIO NA RF E SAIU DE FININHO. NÃO SEJA TOLO SEU COXINHA IDIOTA.

  9. 1 – Temer é investigado num processo que apura o recebimento de 10 milhões de reais da Odebrecht pelo MDB durante as eleições de 2014. As acusações envolvem todo o círculo mais próximo do presidente e miram o esquema para a “obtenção de recursos ilícitos para o grupo capitaneado por Michel Temer”.
    2 – Contra Temer também pesa a suspeita de ter recebido propina para favorecer uma empresa que atua no porto de Santos. Esse favorecimento, conforme a investigação, teria ocorrido por meio da emissão de um decreto presidencial em maio do ano passado. Ao contrário da apuração sobre os recursos da Odebrecht, esse suposto ato ilícito ocorrera enquanto o emedebista já era o presidente. Portanto, não havia divergências sobre a imunidade temporária e o inquérito corre seu curso.
    3 – Em 2017, o presidente conseguiu barrar na Câmara dos Deputados duas denúncias criminais feita por Rodrigo Janot contra ele. O presidente foi acusado dos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução de Justiça. Os deputados entenderam, em duas votações, que o STF não poderia analisar a denúncia até que o emedebista deixasse o cargo.

    1. Como chamar um petista de burro, se a turma da direita defende um presidente ladrão em exercício, apenas em nome da economia?! Então, a questão é muito clara, para esses DIREITOPATAS a verdade não importa, não estão preocupados com a ética e a moral, querem um de seus pares no comando.
      Os DIREITOPATAS nem sabem o que defendem; sabem sim por quem sentem ódio, são os verdadeiros fascistas de plantão!!!

  10. “É importante destacar que a previdência social brasileira não é deficitária. Ela sofre com a conjunção de uma renitente má gestão por parte do governo, que, durante décadas: retirou dinheiro do sistema para utilização em projetos e interesses próprios e alheios ao escopo da previdência; protegeu empresas devedoras, aplicando uma série de programas de perdão de dívidas e mesmo ignorando a lei para que empresas devedoras continuassem a participar de programas de empréstimos e benefícios fiscais e creditícios; buscou a retirada de direitos dos trabalhadores vinculados à previdência unicamente na perspectiva de redução dos gastos públicos; entre outros”, resume Hélio José em seu relatório.

    SONEGAÇÃO
    Na visão do relator, não é admissível qualquer discussão sobre a ocorrência de déficit sem a prévia correção das distorções relativas ao financiamento do sistema.
    “Os casos emblemáticos de sonegação que recorrentemente são negligenciados por ausência de fiscalização e meios eficientes para sua efetivação são estarrecedores e representam um sumidouro de recursos de quase impossível recuperação em face da legislação vigente”, argumentou.

    Segundo o relatório da CPI, as empresas privadas devem 450 bilhões de reais à previdência e, para piorar a situação, conforme a Procuradoria da Fazenda Nacional, somente 175 bilhões de reais correspondem a débitos recuperáveis.

    “Esse débito decorre do não repasse das contribuições dos empregadores, mas também da prática empresarial de reter a parcela contributiva dos trabalhadores, o que configura um duplo malogro; pois, além de não repassar o dinheiro à previdência esses empresários embolsam recursos que não lhes pertencem”, alegou.

    Desinteresse da mídia

    A CPI foi instalada no final de abril e, desde então, promoveu 26 audiências públicas. O presidente Paulo Paim (PT-RS) disse que a comissão está cumprindo seu papel, apesar de ter sido ignorada pelos meios de comunicação:

    “Os grandes devedores da Previdência também são clientes da mídia. Sabíamos que uma CPI deste vulto não teria cobertura da grande imprensa. Mas o importante é o trabalho e vamos concluir até 6 de novembro”, afirmou.

  11. Temer é mafioso,bandido e traíra da pior espécie.Povo não quer saber de número quer é empregos e isso principalmente na era Lula tinha de sobra.

  12. Ricardo, boa tarde.
    Tenho lido algumas matérias sobre a reforma da previdência… Minha opinião é a seguinte: O exemplo tem que vir de cima. Caso contrário, a credibilidade (ou a falta de) não permite conquistar a confiança para fazer o que precisa ser feito. Como eu posso confiar nestes políticos sendo que eles pensam em si próprios (sempre)? Como propor uma reforma que no final das contas manterá privilégios (com as tais revisões da mesma) para determinados setores? Como confiar neste governo que não cobra das empresas que devem a previdência? Como confiar num governo que não corta ou reduz seu próprio gasto? 99,99% dos políticos possuem mordomias exageradas e continuam na “cara-dura” solicitando e usando mais vantagens. Como confiar num governo que esquece da população de Belo Horizonte só porque o governo não é do seu partido (vide falta de verbas para transporte público, metrô etc). O atual metrô de BH é uma piada! E por aí vai… Se o governo fizesse algo no sentido de dar exemplo, eu sinceramente, acreditaria que as propostas que ele faz, seriam benéficas… Nada contra mas é a maneira que vejo e penso sobre este tema. Pra mim, menos de 99,99%% dos que estão na política são mau caráter, gananciosos, mentirosos. Então, vindo dos atuais políticos, como confiar em suas propostas?

    Falam que precisamos votar bem… Mas como escolher um “bom” neste meio?

    Gosto dos seus textos e sempre leio.
    Abração.
    Leonardo

  13. A blogueirinha continua nervosa!
    Ta precisando fazer uns “publiposts” pra agradar a “mão invisível” que ele ama apoiar.

    Nesse post se superou: apoiar Michel Temer! kkkkkkkkkkkkkk

  14. Que decepção, quando uma pessoa se propõem a ser blogueiro acredita-se que seja uma pessoa atualizada. O que eu vejo no texto é simplesmente uma vontade enorme de fazer média com a rede Globo, talvez cavar uma vaga nos telejornais daqueles que se dizem jornalistas, mas vivem amordaçados pelos seus editores e patrões. O sistema da previdência não dá prejuízo, isto qualquer um que possua um smart fone já teve a oportunidade de ouvir das pessoas mais renomadas deste país, e sem opiniões politicas como neste blog. O que existe é um desvio de verba, e quanto a reforma, que venha, mas pelas mãos de outro que pensem no povo, naqueles que por 35 anos pagaram para ter uma aposentadoria descente e o pior para suas pensionistas que o acompanhou, criou seus filhos e depois de viúva vão pedir esmola dos parentes, conforme o texto proposto. Um canalha que em momento algum admitiu realmente cortar regalias e mordomias dos marajás, dos deputados, ou seja, será que só o povo é o responsável pelo deficit, tenha dó que horror esta sua opinião sobre este assunto.

  15. Acredito que foi vc quem perdeu amigo blogueiro. Perdeu a oportunidade de ficar calado. Ou vc não considera ralo os aditivos em obras para pagar propinas aos políticos. Os valores gastos para comprar votos de deputados para votarem a favor do governo. Ou usar recursos públicos para fazer campanha política. Isso só para começar. Sossegue garoto. Vc é novo. Vai aprender com a vida.

  16. Três perguntas simples e honestas ao tal blogueiro:

    Você contribui para o INSS?

    Você é aposentado pelo INSS?

    Se não é aposentado, mas contribui, você espera se aposentar um dia pelo INSS?

    É muito fácil elogiar a Reforma da Previdência, da forma como está proposta, se você não contribui ou não espera se aposentar pelo INSS. Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

    De resto, é preciso muita ingenuidade para acreditar que um governo que só tem o apoio dos muito ricos vá aprovar uma reforma que os prejudique. Alguém compra mesmo essa estória de que a reforma é feita pensando nos pobres?

    1. se eu contribuo para o INSS???? Não, não contribuo. Infelizmente sou é obrigado a pagar milhares de reais por ano para essa porcaria fazer a festa de meia dúzia de vagabundos do setor público, isso sim.

      aposentado com 50 anos é vagabundo também, por isso não sou aposentado.

      também não espero me aposentar por INSS algum, até porque esta joça vai quebrar. Faço eu mesmo minha previdência, fruto exclusivo do meu trabalho e meu dinheiro.

      satisfeito, pequena coisa?

        1. só quando me dá vontade! por exemplo: hoje deixei a filha na escola, fui consertar a roda do carro, fui raspar a careca, fui tomar um café no escritório de um amigo, fui almoçar com outro amigo, passei no supermercado, cheguei em casa, beijei a família, dei dois telefonemas e respondi três e-mails (viu?, trabalhei), e agora estou deitado, com a filhotinha ao lado, respondendo aos idiotas e morrendo de rir juntos.

          bão também né??

          1. “aposentado com 50 anos é vagabundo também, por isso não sou aposentado.”

            “só (trabalho) quando me dá vontade!”

            Acho que temos um novo FHC, hein? Chama os aposentados de “vagabundos” mas leva a vida mansa de um legítimo vagabundo.

      1. Foi o que eu imaginei. E explica sua posição. No fundo, você está cagando se o INSS vai quebrar ou não, é menos uma instituição para tomar seu dinheiro, certo?

        Agora, imagine se o governo confiscasse a sua previdência particular, “fruto exclusivo do seu trabalho”, para te devolver apenas aos 65 anos, em valores muito inferiores aos que você contribuiu. E um monte de “esquerdopatas” (como você define) desse para aplaudir esta medida, dizendo que ela é necessária e ninguém deve aposentar com menos do que isso, mesmo tendo contribuído desde os 16 anos (não é o seu caso, né?).

        Você ia ficar espumando, né? Pois é, é assim que se sente quem contribui e espera se aposentar pelo combalido INSS.

        Se você tivesse o mínimo de EMPATIA, poderia compreender.

  17. Isto é uma verdade, no setor privado em 2003 o teto máximo do INSS era de 9,1 salários mínimos e em 2017 alcançou 6,01 salários mínimos e em 2018 já caiu para 5,95 salários mínimos. E os petista sabidões garantem que o Lula governou para o povo. Resumindo o reajuste para quem ganha mais do que o mínimo é 0,5% a menor a cada ano,o que levará todos os aposentador a ganhar o mínimo ao longo dos anos ( com o PT isto foi acelerado pela política populista que dava aumento maiores para o salário mínimo), agora o que querem mais é fazer um mecanismo para acelerar esta perda, é mais fácil inventar uma vacina para matar os aposentados.

    1. Salário mínimo em 2003: 200 reais.

      Salário mínimo em 2016: 880 reais (aumento de 4,4 vezes).

      Teto do INSS em 2003: R$ 1.561,56.

      Teto do INSS em 2016: R$ 5.189,82 (aumento de 3,3 vezes).

      O salário mínimo realmente cresceu mais do que o teto do INSS nos governos do PT. Mas ambos ganharam da inflação. E para alcançar o teto, nesta progressão, só em 90 anos.

      Agora, veja a evolução destes números no maravilhoso governo FHC:

      Salário mínimo de 1995: R$ 100

      Salário mínimo de 2002: R$ 200 (aumento de 2 vezes)

      Teto do INSS em 1995: R$ 582,66

      Teto do INSS em 2003: R$ 1.561,56 (2,68 vezes)

      Joga aí a diferença de inflação no período (dica: no governo FHC era maior) e aí você percebe a diferença de um governo ruim para um péssimo para os trabalhadores.

  18. A reforma da previdência deveria ser só para o setor público, principalmente judiciário e militares. Mas antes ou depois tem de devolver o que estes servidores pagaram a mais, pois o desconto destes servidores é sobre o salario cheio e não sobre o limite do INSS. Seria necessário também criar o fundo de garantia para estes servidores, já que eles não tem. Ai colocava o limite da aposentadoria do servidor igual ao da iniciativa privada. Na iniciativa privada não deveria mexer já que a grande maioria ganha ao aposentar salário de fome, aquele que o Banco Mundial disse que era alto. Quanto a aposentar com integral com 79 anos deveria ser para você e todos os políticos corruptos do Brasil.

  19. Engraçado como esses representantes da elite querem manter o poder…. Temer é represente dessa elite que sempre mandou nesse país.. Lula sempre foi um empregadinho dessa elite….. E agora eles querem enganar todo mundo dizendo o a que sempre disseram…. e ainda tem gente que acredita que o problema do pais é o PT, ahahhahahahhahhahhahahahhahahah

  20. Quanta Bobagem…Previdência não tem déficit. Viu A CPI? lógico que não, se não não estaria dizendo essa bobagem. E a DRU? Que tira 30% da previdência? Vc tira 30% de um fundo que é deficitário? Então pq a DRU foi aumentada de 20 para 30%? E pq a reforma da previdência não vai atingir juizes, parlamentares e militares?

    Quanta propaganda enganosa… reforma da previdência só serve pra banco ganhar mais e o governo ter mais dinheiro pra enfiar no bolso dos políticos…

  21. Até concordo com a Reforma da Previdência, mas a que está no Congresso já está deformada, mantém um mundo de privilégios, e justamente quem ganha menos sentirá a diferença com a reforma. O senhor por um acaso já leu o projeto com alterações que tramita no Congresso? Se o Temer teve a coragem de por a mão no vespeiro, por que já alterou tanto o projeto inicial para garantir privilégios? Do jeito que está o projeto, o ganho será por um prazo muito curto. Governo fraco e contaminado pela esquerda. Cuidado com opiniões de quem não conhece a gestão pública ( se é que temos isto no Brasil)

  22. Que vergonha. Tanta gente seguindo uma pessoa que não sabe que o problema da previdência é justamente dos que a sonegar e vão lucrar com a reforma pretendida. Gastam tantas palavras e tempo. Por nada.

  23. Li essa bosta de blog pela segunda vez, fico em duvida de quem esse pseudo qualquer coisa é amigo. Porque se não fosse amigo de uma chefia não estaria aqui repetindo tanta bobagem. E ainda diz que gostaria de ser deputado federal. Quem vota num asno desse?
    E vendo os comentários pensei: idiotas somos nós que lemos essa porcaria sem pé nem cabeça, chamado de opinião sem medo.

    1. Caiu na própria mentira né, bobinho? É a segunda vez que lê e está tão por dentro dos outros textos. Sei! E ao final confessa que lê mesmo, hehe. Ao menos assumiu que é idiota, hehe

      1. o Blog chama OPINIÃO SEM MEDO (OHOHOHOHOH)

        ai aparece essa foto ridicula com esse chamada piegas: Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, isso aqui é uma porcaria sem tamanho. Copia ruim do
        Reinaldo Azevedo (que é uma bosta famosa), você é uma bosta mal feita.

        1. E como é a bosta bem feita ???
          E qual fede mais ??? A mal ou a bem feita ???
          Vc é o quê mesmo ??? A mal ou a bem ???
          Haja gente fraca neste mundo …

  24. Legal! Para viver neste país é necessário seguir a cartilha esquerdista com as seguintes determinações:
    1-O poder emana de nós para nós.
    2- Que for contrário a nossa ideologia é inimigo mortal, podendo ser chamado de coxinha ou paneleiro.
    3- O Ali Bá Bá jamais pode ser atingido. Somente os 40 ladrões.
    4-Qualquer adversário político do PT que oferecer ameaça, os blogueiros e leões de chácara digital deverá contestar e desqualificar. Depois o dinheiro entra na conta.
    5 – Fiquem atentos com o dono da Riachuelo que deve lançar candidatura para Presidente! Acabem com a moral dele! Qualquer coisa serve (tipo bateu na mulher, é homofóbico, roubou pirulito na escola ou colou na faculdade.
    Fim dos conselhos!
    Mantenham as armas (digo) dedos apostos!

  25. Eu gostaria de saber alguns detalhes sobre o imposto de renda pois declaro fielmente todos os detalhes mas tenho algumas dúvidas e aqueles que souberem as respostas por favor me ajudem.

    Agora o IR quer que vc declare o número do renavan e o iptu pago, e é exatamente aí que pairam minhas dúvidas.
    Se vc tem um imóvel de R$ 200.000,00(duzentos mil reais) ou de menos valor e um automóvel de R$55.000,00,
    PRA QUE vc TEM que declara-los se o total obrigatório de bens(imóvel, carro, etc) a serem declarados é e era até uns anos atras de R$300.000,00(trezentos mil reais)?
    PRA QUE?

    POR FAVOR SINCERAMENTE ME EXPLIQUEM e pensem nos mais pobres que pagam iptu de um pequeno casebre onde mora com esposa e uma ‘pá’ de filhos que pode custar MENOS de R$100.000,00(cem mil reias) e NÃO TEM CARROS ou tem um fusca velho de vale R$10.000,00 e paga R$4,xx(quatro reais e cacetada de gasolina), este ano SÃO OBRIGADOS a declarar estas ‘merdas’ que não se deseja que nem seus inimigos tenham tão pouco MAS, o governo(IR) QUER saber quem tem estas merdas!!!!

    Eu só quero entender se agora é IMPOSTO DE RENDA ou CONTROLE DOS SEUS MÍSEROS BENS?
    (onde o estado vai ter controle de TUDO que vc tem mesmo que não tenha quase nada e isso me ‘sugere’ a um ‘promissor comunismo’ a ser implantando gradativamente onde, no futuro, o estado saberá até se vc comprou balas de hortelã na padaria)

    POR FAVOR, EXPLIQUEM! Ficarei MUITO G R A T O!
    Abraço SINCERAMENTE à todos que se propuserem a me explicar com clareza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.