Haja falta de vergonha na cara

É tudo tão triste, que só rindo um pouco de vez em quando para aguentar tanta cretinice assim

É nóis, galega!

Políticos: essa gente se supera! João Doria, o prefeito de SP, está viajando. Seu vice, Bruno Covas, também. O interino, Milton Leite, do DEM (partido que Lula chama de Demo e disse que deveria ser exterminado), sancionou projeto aprovado pela Câmara Municipal e agora os paulistanos terão um viaduto chamado Marisa Letícia. Quanta coincidência, quanta conveniência. Pobre M’Boi Mirim. Duplamente falando, aliás.

Fico aqui imaginando a obra: a Odebrecht será contratada. Emílio Odebrecht, André Esteves e Lula farão uma cerimônia de lançamento. Lula dirá o papel relevante que Marisa teve em sua vida (era quem sabia de tudo e assinava tudo). Contará como a conheceu — cantando as viúvas que iam pedir ajuda no sindicato. Talvez diga o quanto era uma mulher segura, que sequer tinha ciúmes de Rosemary Noronha.

Como o tesoureiro do PT, João Vaccari, está no xilindró, Delúbio Soares fará uma visita a Marcelo Odebrecht. Ambos estão fora da prisão neste momento. Daí acertarão a parte do PT e de Lula. Ao partido, caberá a maior parte do superfaturamento. Guido Mantega e Antônio Palocci cuidarão da grana no exterior. A parte de Lula será paga através de consultorias; “palestras tá muito manjado”. Uma outra parte será paga reformando o apartamento do Lulinha. O estouro no orçamento será justificado por Dilma Rousseff, que dirá que é tudo coisa dos golpistas e que a culpa é de Temer e FHC, que pedalaram antes dela. O BNDES não receberá pelo financiamento da obra e o governo aumentará os impostos para cobrir o rombo.

Após cinco anos de atraso, o viaduto desabará antes de ser concluído. Descobrirão que no lugar de ferragens usaram plástico. A Odebrecht não se manifestará sobre o caso e dirá que está colaborando com as autoridades. William Bonner, no JN, reproduzirá o áudio de Michel Temer e Joesley Batista. O Instituto Lula dirá que só conhecia a ex-primeira dama “de vista”. O PT acusará Sérgio Moro e a CIA por terem sabotado a obra. Gilmar Mendes concederá um habeas corpus preventivo a todos. José Dirceu convocará o MTST para um quebra-quebra. Destruirão o local e acusarão a Justiça de perseguir o PT sem provas. Lula dirá que “só Marisa Letícia pode explicar o que aconteceu“.

Os culpados serão presos, mas o STF irá soltá-los. Processarão o Estado e receberão pensão vitalícia por perseguição política. As famílias dos mortos serão condenadas a ressarcir os cofres públicos e no local do acidente será construída uma estátua em homenagem a Hugo Chávez. O BNDES emprestará o dinheiro à Venezuela — que não irá pagar — e a obra será superfaturada, é claro. Na GloboNews, Leilane Neubarth dirá que Trump e Israel são contra a estátua e que isto é uma interferência na soberania do Brasil.

Fernando Haddad voltará triunfante, nos braços do povo, e nomeará Lula seu secretário de obras. Ao invés de um viaduto, Lula construirá três estádios, dois aeroportos, seis rodovias, vinte estações de metrô e dezessete hospitais. Tudo em Angola! Receberão o nome de Marisae custarão 250 vezes mais caro do que orçado. Nenhum será entregue, mas na propaganda eleitoral do PT tudo estará lindo e Lula será presidente outra vez.

Leia também.

5 thoughts to “Haja falta de vergonha na cara”

  1. Nunca antes neste país.
    O” IncomPeTento” corruPTo e a “IncomPeTenta Ignoranta” conseguiram um feito histórico. Deixaram um rastro de miséria e sofrimento que vai custar o sacríficio, principalmente dos mais pobres . E não foi só com as contas do País: Petrobras e Eletrobras quase quebradas, e BB e Caixa endividados.
    Que coisa, hein? Uma ilustre desconhecida que tinha um sonho de escravizar os brasileiros numa ditadura comunista, e cujo único feito significativo fora o de falir uma lojinha de R$ 1,99, vai, junto com o seu criador, ter merecidamente o seu lugar de destaque na história: A LATA DE LIXO DA HISTÓRIA!
    Afinal, quebrar um país do tamanho do Brasil não é para qualquer um.

  2. pior que periga ser verdade, inclusive o Aecim governador dos mineiros, fazendo aquela cara da Madalena arrependida ou cachorro que soltou um pum na igreja. Como dizia Charles , famoso ex presidente francês, o Brasil não é um pais sério.

  3. Ricardo, que macabro este teu texto, mas também, pudera, olhar para esta foto do casal Satânico, não tem como enxergar maravilhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.