Aécio Neves pensa que é Lula, coitado

Tem gente que nasceu para mentir, para enganar, para dissimular. E faz isso tão bem, que acaba acreditando em si mesmo. Naturalmente, não é o caso do senador mineiro

Se ele pode, eu também!!!

PQP!!! Se tem coisa que me deixa maluco é neguinho metido a padre. É decadente posando de influente. É “ex” imaginando-se alguém. Alô, Senador Aécio Neves: acorde, rapaz! Você não tem — nem nunca teve (e isto é um elogio) — o mesmo “charme” do criminoso Lula. Ele, sim, pode fazer o papel de canastrão, que lhe cai como luva. Mas você, meu chapa, sinto muito. Te falta tudo, principalmente a capacidade de mentir fingindo indignação. Quando Lula cospe, faz cara de doido e diz que é vítima, meia dúzia de fanáticos ou ignorantes acreditam. Quando você diz o mesmo, hahaha, nem quem mais te ama neste mundo consegue dar atenção. Aliás, aqueles que mais te amam (ou amaram, espero, e não me refiro à Andréa, que nem conheço) foram, ou melhor, foi abandonado à própria sorte, digo azar. Deu pra entender, né?

Aécio concedeu uma entrevista, digamos assim, surreal ao Estado de Minas. Quem tiver estômago de avestruz e um estoque gigante de Omeprazol, sinta-se à vontade. O link está aqui. De minha parte, prefiro assistir ao programa do Ratinho. Ele é digno, ele é honesto. Ratinho é o que é e não disfarça. Consegui suportar as cinco primeiras perguntas/respostas, pois amenidades e frases feitas. Na sexta, quando o cara disse não ter dinheiro para pagar advogado, na boa, desisti. É como Lula — só que sem o tal “charme” — dizendo-se defensor dos pobres. Tá certo, Aécio… Todos sabemos o quanto você não tem nada, o quanto é pobrinho, coitado.

Não tenho bola de cristal e muito menos entendo de política a ponto de me considerar um analista. Quem sou eu! Apenas transcrevo para a tela o que sinto. E sinto como qualquer um de vocês, sem embasamento técnico ou fontes de dentro. Apenas me informo bastante, ando muito, viajo pelo país (capital e interior dos estados) e converso com todos — do mais simples ambulante ao megaempresário local — como iguais. Daí tantos de vocês me dizerem que traduzo seus pensamentos. Assim, meus caros, posso assegurar ao “pobre e injustiçado” Senador que ele já era. Was gone! It´s over! Ou concorre a deputado federal ou se lasca. E pobre do candidato que ousar receber seu apoio.

“Ah, Ricardo, e se ele for eleito senador novamente ou governador, o que você dirá?”

Direi o que aquele vereador, o Catatau, disse sobre os empresários: Minas tem mais é de se ferrar! Por falar nisto: cadê o processo, Catatau? Desistiu?

Leia também.

 

30 comentários em “Aécio Neves pensa que é Lula, coitado

  1. Olá Inundado, Lulinha Paz e Amor nasceu lá no sertão esquecido. Foi criado sem o pai. Morou nas periferias, sim, naqueles bairros empoeirados e que alagam no tempo das chuvas. Apanhou igual tamborim no samba e tem levado muitos tiros de canhão, mas segue impávido, enquanto que o Arroz de festa caiu com o primeiro tiro de garrucha enferrujada que o alvejou de cheio. (Me faz lembrar da cena final de O Duelo do inigualável João Guimarães Rosa).
    Então, o Arroz de Festa, sendo neto de uma pessoa do naipe de Tancredo Neves, teve todas as facilidades e oportunidades dessa vida, contudo não escolheu o caminho da grandeza. Continuou miúdo, preguiçoso, vaidoso e vil. Perdeu a eleição nas Alterosas e no Balneário e partiu para a retaliação e pirraça, indo, ao cabo dar com os burros nágua, ou melhor virou zumbi conseguindo a proeza de ser vaiado até na convenção de Tucanos.
    Lulinha não, ele perdeu algumas eleições, manteve a humildade e a serenidade e vem influenciando a política nacional desde 1.989 e ainda que morto influenciará as eleições de 2018. Deixou o cargo com mais de 80% de aprovação, algo inédito na política brasileira. Antes esteve com os líderes das nações cabeceiras do mundo e tornou o Brasil um dois países do primeiro time. Não sem motivos foi chamado de O Cara, pelo Presidente dos EUA.
    De modo que o mininu que exigia ventilador ligado para empinar pipa dentro de casa não serve nem para pedir carona a Lula, ser comparado então, nem por miragem. Grato.

    1. “Me dá licença, vou ali cagá!” Como diria o Coronel Jejuíno.
      Você acredita que o Obama falava sério com o Lula? Acredita sinceramente na grandeza do chefe do mensalão e petróleo?
      “Me dá licença, vou ali cagá”!

      1. Max, como se diz na periferia de Sampa: licença é na Prefeitura. Vai lá, mas dor de barriga, em regra, é mais rápido que pensamente e que energia elétrica. Boa sorte.

    2. LULA, AÉCIO, PEZÃO, E MUITOS OUTROS CORRUPTOS DEVERIAM ESTAR NO MESMO LOCAL QUE CABRAL, CUNHA, E OUTROS BANDIDOS ESTÃO. ESTA CAMBADA EMPOBRECEU O NOSSO PAIS. SINTO MUITO QUANDO VEJO QUE PESSOAS QUE SE DIZEM INTELIGENTES DEFENDEREM ESTES BANDIDOS. CADEIA PARA ELES É COISA POUCA.
      VAMOS JUNTOS LUTAR POR UM BRASIL MELHOR E NÃO PARA ENDEUSAR CORRUPTOS.

    3. “Lulinha Paz e Amor nasceu lá no sertão esquecido. Foi criado sem o pai. Morou nas periferias, sim, naqueles bairros empoeirados e que alagam no tempo das chuvas. Apanhou igual tamborim no samba e tem levado muitos tiros de canhão”…

      A maioria dos brasileiros que nasceram nesse país tem a mesma história de Lula e não batem a carteira do próximo e tampouco se transformaram no maior vagabundo, ladrão, bandido, mentiroso, falso, nojento, corrupto, canastrão e imundo como o Lula.

  2. Olá Inundado, Lulinha Paz e Amor nasceu lá no sertão esquecido. Foi criado sem o pai. Morou nas periferias, sim, naqueles bairros empoeirados e que alagam no tempo das chuvas. Apanhou igual tamborim no samba e tem levado muitos tiros de canhão, mas segue impávido, enquanto que o Arroz de festa caiu com o primeiro tiro de garrucha enferrujada que o alvejou de cheio. (Me faz lembrar da cena final de O Duelo do inigualável João Guimarães Rosa).
    Então, o Arroz de Festa, sendo neto de uma pessoa do naipe de Tancredo Neves, teve todas as facilidades e oportunidades dessa vida, contudo não escolheu o caminho da grandeza. Continuou miúdo, preguiçoso, vaidoso e vil. Perdeu a eleição nas Alterosas e no Balneário e partiu para a retaliação e pirraça, indo, ao cabo dar com os burros nágua, ou melhor virou zumbi conseguindo a proeza de ser vaiado até na convenção de Tucanos.
    Lulinha não, ele perdeu algumas eleições, manteve a humildade e a serenidade e vem influenciando a política nacional desde 1.989 e ainda que morto influenciará as eleições de 2018. Deixou o cargo com mais de 80% de aprovação, algo inédito na política brasileira. Antes esteve com os líderes das nações cabeceiras do mundo e tornou o Brasil um dois países do primeiro time. Não sem motivos foi chamado de O Cara, pelo Presidente dos EUA.
    De modo que o mininu que exigia ventilador ligado para empinar pipa dentro de casa não serve nem para pedir carona a Lula, ser comparado então, nem por miragem. Grato.

    1. “Lulinha Paz e Amor nasceu lá no sertão esquecido. Foi criado sem o pai. Morou nas periferias, sim, naqueles bairros empoeirados e que alagam no tempo das chuvas. Apanhou igual tamborim no samba e tem levado muitos tiros de canhão”…

      A maioria dos brasileiros que nasceram nesse país tem a mesma história de Lula e não batem a carteira do próximo e tampouco se transformaram no maior vagabundo, ladrão, bandido, mentiroso, falso, nojento, corrupto, canastrão e imundo como o Lula.

  3. Ricardo, ótimo texto. Realmente, sem comparação.
    LuLLa é como cachorro que come ovelha, só matando. Mesmo matando, ainda morre com a cabeça voltada para o rebanho.

  4. Ricardo já cansei de ler seus textos dando cacete no Aécio, mais quer apostar que vai ter babaca dizendo que trocou de lado? Espara só pra vc ver kkkkkkkk!!!!

    1. Rodiney,
      o pessoal precisa entender que dos dois lados, ‘coxinha’ e ‘mortadela’, tem bandido e que esses canalhas TODOS têm que ira pro xilindró. Temos que acabar com esse negócio de lado de lá e lado de cá, unir força e acabar com essa ladroagem que inclusive está no judiciário também. A mudança tem que ser profunda!

  5. Muito bom caro amigo. Eu como você jamais votei em Aécio com gosto, só mesmo por desgosto (dos outros candidatos). Sempre disse que eram iguais, inclusive na eleição onde tiraram fotos juntos contra o Serra ou o Alckmin eu não me lembro ao certo. Agora o tempo nos dá razão e nos mostra que Aécio sempre foi o que pensávamos. O duro é ver gente ainda defendendo, igual alguns (ex) amigos que ainda defendem o PT. Grande abraço, parabéns pelo sucesso do blog e um ótimo fim de ano para você e suas 3 mulheres. Passando pela roça não deixe de nos procurar.

    1. Boa tarde.
      Desde quando passei a ter a infelicidade de poder votar sempre votei no Aécio. Sempre com pensamento que ele iria chegar no topo e mudar o Brasil.
      Acreditava que era diferente e relutava quando escutava alguém falando mal.
      Hoje confesso que errei. Nunca mais terá meu voto, e sim minha torcida para que seja feito a investigação e caso deva seja condenado e que pague pelos seus crimes. Gostaria muito que ele tivesse vergonha na cara e não candidatasse mais. Mais como ter foro priveligado para não ir parar em Coritiba?
      Claro que vai concorrer.
      Não sou fanático e sei reconhecer meus erros, como quando votei nesse senhor. Diferente de muitos que votam naquele bandido do Lula. Não existe mais o ditado que roubou mais fez. Se roubou tem que pagar. Pra mim candidato suspeito e condenado não merece votos. Espero que povo caia na real. Ficha limpa e obrigação…

  6. Ricardo, bem diz o adágio; quem vê cara não vê coração. Um homem tão distinto ( charmoso), que o povo trabalhador apostou suas fichas nele, e agora nos decepcionou, pena! mil vezes, pena!! E para nós que não temos político de estimação, descartamos logo.
    O outro não, eLLe aposta na miséria do povo sofrido e na dependência da população com o engodo de “bolsas e cotas” para usufruir dos nossos pesados impostos.
    Cínico, mil vezes cínico!

  7. Xará,
    dia desses o Aécio deu a mesma entrevista na Rádio Itatiaia. Como no rádio não consegui ouvir nem 30 segundos, nem me dei o trabalho de ler no EM. Parece que ele está ‘testando’ a opinião pública para um regresso, tipo um termômetro. Se a muito tempo ele já havia perdido a credibilidade, agora é impossível acreditar naquela carinha de bom moço. Na sua comparação com o Lula, vou acrescentar que o Lula parece acreditar no que está falando, mas o o Aécio não…ele sabe que está mentindo e já não consegue convencer ninguém.
    Um abraço!

  8. COMPARE O AÉCIO COM
    O Aécio é muito melhor que todos os outros juntos. Pimentel é um incompetente. Pergunte quem é melhor! Aécio naturalmente fez muito por Minas e fará muito mais. Quanto à armação do Janot o tempo dirá.

  9. Aécio deputado federal? Só se for na Jamaica, onde, acho, ele ia se dar muito bem e ficar numa “nice”. Se o povo mineiro eleger este político moribundo, esse zumbi pedinte até para qualquer cargo e até para vereador em São João del Rei aí sim, eu acho que Minas Gerais ou São João, no caso, têm que sifu realmente. Este cara não serve para ser síndico de condomínio. Já deu, já se apresentou, já o conhecemos, já o reprovamos. Fora Aécio, seu tempo passou

  10. Falácia e sofismo, a gente vê por aqui.

    PS: Não estou me referindo ao seu post.
    Faz-se necessário explicar, visto que, por diversas vezes sendo sarcástico, as pessoas definitivamente não consegue captar nas entrelinhas.
    As vezes, pode até ser que entendam, mas preferem se fazer de desentendidas.

  11. Falácia e sofismo, a gente vê por aqui.

    PS: Não estou me referindo ao seu post.
    Faz-se necessário explicar, visto que, por diversas vezes sendo sarcástico, as pessoas definitivamente não conseguem captar nas entrelinhas.
    As vezes, pode até ser que entendam, mas preferem se fazer de desentendidas.

    Comentário para acrescentar o M na palavra conseguem.

  12. Olá Inundado, alvíssaras, DR Ferrão, mais conhecido como Gilmar Mendes concedeu a decisão liminar, e agora a juíza covarde e o juizeco das Araucárias tiveram diminuídas as chances de abusos. Agora o Reitor da UFMG e outros diretores da Universidade, o Presidente Lula e milhões de cidadãos Pindorama afora terão de ser respeitados em nome do Princípio da Presunção de Não Culpabilidade e não poderão servir de espetáculo aviltante da condução coercitiva. Aos poucos vai se instalando o Estado Democrático de Direito. Chegaremos lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.