E como se não bastasse, ainda roubam tanto

E aí, leitor amigo? Trabalhando hoje? Estudando? Trabalhando e estudando? Pois é. Bem feito! Quem mandou não ser congressista

Cada dia parado nos custa R$ 30 milhões

Hoje ainda é quinta-feira, Mané. Bora que sexta é só amanhã. O chefe, os acionistas, os clientes e os professores não querem nem saber. Você já trabalhou esta semana? E se eu te disser que a tigrada do Congresso não trabalha desde a quinta-feira passada? Por quê? Ora. Eu te explico:

Segundas e sextas-feiras já tornaram-se ponto facultativo há anos para os bonitões. Daí como ontem, uma quarta, foi feriado, a galera pensou: “bem, pegar um avião para trabalhar dois dias apenas? De jeito nenhum. O dinheiro do contribuinte é muito importante para nós. É melhor emendarmos a semana toda“. Entendeu? Viu, como são zelosos?

O saldo é este: Novembro tem 30 dias corridos. Para nós, os patrões, 20 dias úteis. Para os nossos empregados… 10. Agora faça as contas do ócio parlamentar: enquanto o salário médio na iniciativa privada é de pouco mais de R$ 2 mil, o de um deputado é de R$ 33 mil. Senador idem. E fora o baile, né? Porque anote aí: auxílio-moradia de R$ 4 mil, verba de R$ 92 mil para contratar até 25 funcionários, dois salários no primeiro e no último mês da legislatura, como ajuda de custo, e ressarcimento integral de gastos com médicos. Alguém aí me responda: ajuda de custo do quê, afinal?!?

E o Cotão? O quê? Não sabe o que é o Cotão? Pô, em que mundo você vive? O Cotão inclui passagens aéreas, fretamento de aeronaves, alimentação do parlamentar, cota postal e telefônica, combustíveis e lubrificantes, consultorias, divulgação do mandato, aluguel e demais despesas de escritórios políticos, assinatura de publicações e serviços de TV e internet, contratação de serviços de segurança. O cotão varia, de estado para estado, de R$ 30,4 mil a R$ 45,2 mil, e não computa adicional de R$ 1.353,04 devido a líderes e vice-líderes partidários. Ah! O telefone dos imóveis funcionais está fora do cotão: é de uso livre, sem franquia. Ninguém é de ferro, certo?

Tá bravo, amigo? Fica, não. Ou melhor, fica sim. Vá lá no Congresso em Foco e veja tudo “timtim por timtim”. Resolvi resumir, que é para você não pular da janela daí do seu escritório ou se atirar sob o primeiro busão que passar à sua frente. Mas se quiser ter um AVC atômico o caminho é o site acima. Feijão sem bicho! Tão certo quanto dois e dois são quatro ou quanto esta cambada, em dezembro, trabalhará ainda menos.

Quer apostar?

Leia também.

17 thoughts to “E como se não bastasse, ainda roubam tanto”

  1. O congresso é o reflexo da sociedade. 99% dos congressistas são de direita e estão trabalhando pelos seus próprios interesses, como é comum com a direita. O pessoal até fala que no campo da direita roubar é normal porque eles pensam que o “Brasil é deles “

      1. Esqueceu do ‘viva chaves’ que acabou de dar calote internacional em dívida, não paga nem os juros, declara moratória ‘parcial’ e só com a Russia renegocia US3bi pra pagar não se sabe como nem onde.
        É o padrão que lula/dilma querem implantar no Brasil!
        Viva la burrolucion para la fraudolucion!

        1. Olá Sopinha, tem muita gente que não esta pagando nem a prestação do tenis na loja e outras coisas bem comuns, mas fica gritando que a Venezuela tem de pagar. Saia da dormência, dixe o ódio.

    1. a direita é branca e opressora
      a esquerda é preta e oprimida
      a esquerda é do bem
      a direita é do mal
      Os EUA são o demônio!
      kkkkk!!!! Mais amor e menos ódio, já dizia o grande líder Maduro!

    2. A impressão que fica é que toda vez que o noticiário fala em prisões e corrupção de pessoas ligadas à partidos de esquerda, você simplesmente faz de conta que não viu nem ouviu, seguindo a linha do chefe-mor que desde o início do mensalão disse que não viu e nem sabia de nada, que não existe homem mais honesto no mundo do que ele, aí dá uma amenizada dizendo que pode existir igual, mas mais honesto impossível.

    3. Mais um que o professor de História ou Geografia, em benefício deles próprios, fez a cabeça. Esse jovem chamado Maykel, com certeza tem um smartphone,usa internet,usa rede social e outras coisas graças à direita,ao capitalismo,ao livre mercado.Não graças ao PSOL, a Maria do Rosário,Wagner Moura,Camila Pitanga e todo resto que representa a ”esquerda”.

  2. Ricardo, sei que seu blog é lido por milhares de pessoas então gostaria de fazer um apelo: em 2018, senhoras e senhores, vamos trocar nosso congressistas!
    Vamos divulgar essa ideia! Perder o poder pra esses merdas é “a morte!”
    Vamos fazer esse favor a eles!
    Chega de Lula, Dilma, Aécio, Perrella, Renan Calheiros, Jucá, Collor, Jandira Feghalli, Jean Willis, Gleisi e outros lixos.

  3. Mais um texto do mesmo, talvez uma colagem, um replay, redundância pura. Você deveria ter falado, quando oportuno, do deputado José Bonifácio de Andrada, aquele espertinho (ou seria maluco?)de Barbacena que ajudou e muito a livrar a cara do nosso grandioso presidente da república e levou pra casa a bagatela de 11 milhões, mas não o fez. O que fez sim, á época, foi enaltecer o broto da erva daninha, o vereador Doorgal. Seus créditos estão acabando sr. entornado, daqui a pouco transbordado.

  4. Meu caro Gian, entendo e compartilho o seu incômodo com essa corja que lá está (alguns sempre estiveram ou, se já morreram, deixaram um(a) filho(a), a esposa (o), neto, etc.). Continuamos vivendo numa república oligárquica, a velha república.
    Mas de nada adiantará mudar as peças e manter as regras. Os gastos com deputados, senadores, vereadores, ministros e outros políticos de alto escalão continuarão, enquanto permanecermos inertes frente a este arremedo de Constituição, que veio em 1988 somente para legitimar um conjunto infinito de privilégios para a classe política, os antigos nobres, e garantir esses mesmos benefícios para suas gerações futuras.
    Ademais, aqueles que sempre se apresentam como opção nas eleições são aparentados com algum cacique que lá esteve ou ainda está – Nilton Cardoso Júnior, ACM Neto, Helder Barbalho, Aécio “Never”, Gustavo Perrela, Gustavo Valadares, Rodrigo Maia e all.
    E não nos esqueçamos de que eles ainda gozam de foro privilegiado. Ou seja, muitos são bandidos que gozam de imunidade frente à justiça.
    Confesso que não acredito que hajam políticos dispostos a mudarem as regras desse jogo, reduzindo seus próprios privilégios.
    Portanto, enquanto não conseguirmos mudar as normas que permitem esta orgia com recursos públicos, estaremos “correndo atrás do vento”. Eis a limitação do nosso voto.

  5. Esse pessoalzinho desqualificado de Brasília é tão sem vergonha que nem medo sente mais da nossa ira.
    Não sabe eles que nem a riqueza que roubaram será capaz de salvá-los da miséria que os aguarda no futuro. Não estou profetizando, estou olhando a minha disposição de trabalhar arduamente contra todos eles.
    Cambada de vagabundos!! Pocilga!!

  6. Direita e Esquerda são do mesmo time. Só disputam quem vai assaltar os cofres públicos. Este discursinho é só para enganar a sociedade trouxa, que rala para bancar esses vagabundos. Por isso este Brasil está uma m….

  7. Pois com esse congresso acho que qto menos eles estiverem em Brasília melhor, mesmo que estejam recebendo sem fazer nada, tudo que eles fazem é pra pior, então qto menos legislarem, menos nocivos ao povo brasileiro serão.

  8. Ao invés de demonizar os EUA, temos muito o que aprender com a democracia deles.
    Pra começar que, se o cara foi presidente da república, não consegue nem ser vereador.
    Se o cara se candidata a presidente e perde, não disputa mais.
    50 estados e 300 deputados. No Brasil, 27 estados e 530 deputados.
    Como diz o Hélio Fernandes, da Tribuna da Imprensa, que República.

    Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.