2018: a hora dos aventureiros

O pior dos aventureiros jamais será tão ruim quanto foi a dupla criminosa Lula e Dilma no exercício do poder. Podem apostar

Aventureiro ou a solução?

Aqui e ali, tenho ouvido de muitas pessoas sensatas e que respeito muito, a seguinte reflexão: “corremos um sério risco de um aventureiro qualquer eleger-se presidente do Brasil em 2018”.

Bem, não sem razão, não é verdade? Mas daí sou eu quem agora reflito: Ora, o que foram Lula e Dilma, senão aventureiros?

Outro dia, assisti a um vídeo do Bolsonaro. Ele dizia ao interlocutor, que o questionara sobre sua inexperiência administrativa e falta de conhecimento econômico, mais ou menos o seguinte: “de fato, não entendo de economia, mas me bote numa sala com Lula e Dilma, que se eu souber menos do que eles dois juntos, eu desisto”. Bingo! Na mosca!

É lógico que anseio por alguém de fato bom. Já disse e repito: Antônio Anastasia, Henrique Meirelles e João Dória, nesta ordem, são minhas escolhas. Mas vá que nenhum deles seja candidato. Ou vá que o Brasil mergulhe em um segundo turno disputado, por um lado, com Ciro Gomes, Lula ou Marina, e por outro, Bolsonaro, Caiado, Luciano Huck ou Roberto Justus. Eu lhes pergunto: qualquer um do segundo lado é pior do que do primeiro? Pergunto mais: qualquer um deles, do segundo lado, é pior que Lula ou Dilma?

Não, amigos, certamente não são. Bolsonaro, Caiado, Huck, Bernardinho, Justus, Moro, Dalagnol… escolham aí o outsider, o aventureiro que quiserem, e lhes garanto que seria infinitamente melhor — ou menos pior — que a dupla Penta-réu & Criminosa. E disparado! Ainda que as outras escolhas fossem Ciro ou Marina, ou mesmo Joaquim Barbosa. Nada pode ser mais danoso do que os dois últimos trastes presidenciais. Muito menos por 13 anos seguidos.

Lula era — e foi! — um tiro no escuro. Dilma, então, meu Deus! O que mais poderia ser tão nocivo quanto esta tresloucada foi? Portanto, senhores, um alerta: não caiam nessa de que o melhor seria uma conciliação suprapartidária com vistas a um 2018 minimamente previsível. Acreditem: o Brasil suportará um outro péssimo aventureiro, sim, como foram os dois últimos. O que o Brasil não suportará mais é assistir a um outro desta turma continuar a emporcalhar o país e a destruir o futuro da nação. Seja aventureiro ou não.

Leia também.

 

16 thoughts to “2018: a hora dos aventureiros”

  1. Mas o PlayDoria e o Anastasia sao da mesma gangue do Mineirinho, do Santo, do Careca e do Angorá. O nosso objetivo nao seria acabar com a corrupçao?

  2. Bolsonaro amadurece a cada dia nas entrevistas. Certamente é o candidato mais forte para 2018. Ele reconheceu os diversos erros da economia no regime militar. Fez outras críticas interessantes: muitas estatais, excesso de leis, impostos, agências reguladoras que não regulam. Ciro Gomes é o candidato das FARC e foro de SP. Sua proposta econômica levaria o Brasil ao desespero total. Como um candidato diz que o falta no Brasil são os políticos sentarem com empresários e definirem o preço de mercado. Tá maluco???

    Tenho críticas a Bolsonaro, mas é de longe o mais preparado para guerra cultural, econômica e social do país.

  3. Mestre Ricardo, mais um EXCELENTE texto. Parabéns!

    Serei pragmático na escolha de meu candidato para 2018. Quem defender isso aí embaixo (ou mais se aproximar), eu voto:
    – LIBERDADE do indivíduo, inclusive de proteger a si próprio, sua família e sua propriedade.
    – Não segregação de cidadãos por sua raça ou opção sexual.
    – Menos impostos;
    – Menos leis trabalhistas;
    – Endurecimento da punição por crimes com violência (leia-se: TEMPO DE CADEIA)
    – Estado MUITO menor do que é hoje;
    – Liberalismo econômico;
    – Não tolerância a invasores de propriedades públicas;
    – Canalização de investimentos para saúde e educação de qualidade;
    – ZERO investimentos em Ongs, e outras organizações, enquanto NÃO zerar o déficit de escolas e saúde;
    – Liberdade total a imprensa de qualquer tipo, inclusive internet;
    – Cotas somente se o critério for para pessoas pobres (nunca por raça ou sexualidade).
    – Enquanto houver cota para negros, que seja invertida a sua implementação pelos altos níveis do – Estado, estendidas a todos os Poderes Públicos, a começar pelo Congresso (cota para deputados e servidores);
    – Simplificação tributária;
    – Investimento em presídios, só se for para criar novos presídios em áreas subdesenvolvidas do Brasil (gerando empregos e afastando a criminalidade dos centros populosos);
    – Valorização do professor, dos agentes de segurança, dos valores sociais, especialmente o respeito à família.

    Pronto!

    1. Prezado Guilherme, façam minhas as suas solicitações!
      Agora com todo repeito ao amigo Ricardo, Anastasia por mais que eu me simpatize com ele, está juntamente com Aécio, Serra, Alckmin, FHC e PSDB, mergulhados na corrupção. Dória é do PSDB, lançado por Alckmin, socialista fabiano, ou seja: Até prova em contrário, é mais do mesmo!
      Deixe ele governar SP e mostrar se realmente é algo DIFERENTE !
      O mesmo vale para Meireles, que faz parte deste sistema corrupto e podre que nos governa há 32 anos e que nos deixou neste estado deplorável ao qual nos encontramos. Este sistema é manipulado pelo PT, PSDB E PMDB, que se alternam no poder e fazem de conta que não são
      ” Farinha do mesmo saco” !!!!!
      Querem gostem ou não, o único candidato não Marxista, com história até então limpa e que encampa a maioria das suas reivindicações acima é por enquanto Jair Bolsonaro. Pode ser que apareça outro.

    2. Sabia que nos EUA existem cotas para negros desde a década de 60 e nem, Reagan, ou Bush, e mesmo Trump ousariam acabar? Agora vai, elogia muito os EUA aí que eu sei que é a sua cara…

    3. Grande Guilherme

      Essas são, também, as minhas ambições para 2018. Que Deus nos proteja da velha guarda política, inclusive os novos com mentalidade velha.

    4. Muito bom.

      Ao meu ver, faltou apenas incluir 1 item e retirar outro.

      1) Incluir: o fim do funcionalismo publico ou migracao destes para a CLT. Numa tacada so acabariamos com os beneficios sem fim, aposentadorias diferenciadas e a incompetencia disfarcada pela estabilidade. Tudo isso pago por nos!!!

      Quando falo de funcionario publico, nao estou falando dos politicos nao, esses o sao, ou melhor, eram, mas mudaram para uma categoria chamada LADROES. Para esses ai temos que dar e xilindro mesmo (nossos funcionarios publicos da justica sobretudo, sao incompetentes ao extremo e nunca conseguiram fazer isso, salvo meia duzia ai, nesses ultimos anos… mas de meia duzia, duas duzias ja estao soltos e ricos a base de seus crimes….kkkkk…. piada).

      F…. se fizeram concurso, aqui no Brasil, essa porra nao e vista como trabalho, com a finalidade de produzir, fazer o bem, mas sim em se dar bem…,e isso, e má fé! Se fez concurso, ou seja, foi testado uma vez, e achou dificil, mas tem orgulho e carrega isso como um merito vitalicio, vem pro lado de fora aqui, sera testado todo dia!!! Ai serao milhares de meritos para ostentar diariamente!!!

      Temos que dar fim da mamata desenfreada, fim dessa “casta privilegiada”, passou da hora de colocar essa turminha no mesmo patamar do trabalhador comum, do empreendedor, do autônomo.

      Tem funcionario publico que trabalha. Logico que tem, se eu dissesse que nao, estaria sendo sacana e entraria na maxima de que a unanimidade e burra. Agora, que sao poucos assim, isso sao….e normalmente os de (sem desmerecer) cargos menos glamourosos!!! Aqueles que ganham ate 2 s.m….

      Infelizmente na selva (vivemos numa selva) para um sobreviver as vezes outro tem que morrer, as vezes, os justos pagam pelos pecadores.

      So que chegou a hora de nos da iniciativa privada pararmos de ser o lado que morre ou que paga pelos pecadores!

      Turminha da mamata do setor público…..bem vinda a vida real!!!

      -Onde vc nao sabe se vai ter $ no fim do mes;

      -Onde vc paga imposto e nao recebe nada em troca (diga-se de passagem pelos servicos que deveriam ser prestados por vcs);

      -Onde vc paga o salario do sujeito, e maltratado e ignorado e ainda tem que ler a plaquinha “desacato a funcionario publico e crime previsto em lei” (e desacato ao cidadao “comum”, nao é?);

      -Onde vc nao sabe se vai se aposentar, e se aposentar sera com uma merda de valor pq nosso suor e contribuicao vai oara a turma da mamata; alias, aqui fora amigao, vc nao sabe nem quando (ou se) podera descansar, ter ferias!! Pq orecusa trabalhar para manter essa casta de fdp, que riem da nossa cara… riem pq tenho parentes, tenho amigos que i sao e debocham dessa condicao especial que uma bosta de concurso da!!

      Antes que a turma da mamata venha com o mantra “pq nao fez concurso.”, “aposto que fez e nao passou”, eu digo e juro pela minha filha, que nao fiz pq nao me enquadro nesse tipo de personalidade tacanha, de querer se dar bem, de ficar numa boa a custa do esforco alheio.

      2) Excluir: Qualquer tipo de cotas, em seu comentario vc de certa forma abre excecao. Nao pode ter excecao!! Cota, so de clube!!!

      Abs

  4. Não se iludam. Qualquer aventureiro ou pessoa bem intencionada que se eleger não será muito diferente do que temos até agora. O problema não está em quem será o próximo presidente, mas sim na Constituição e nas leis que a mesma permitiu fossem criadas em defesa dos políticos.
    O Brasil não será diferente e a Constituição “Cidadã abobrinha” inventada por Ulysses Guimarães (PMDB) , é perfeita para um país que não tem DEMOCRACIA.
    Sim! O Brasil não tem DEMOCRACIA, tem sim BANDALHEIRA. Qualquer um faz o que bem entende e está tudo bem. Prende BRUNO, solta BRUNO, prende ADRIANA ANCELMO, solta ADRIANA ANCELMO.
    Uma Constituição que diz: “Todos são iguais perante a lei” é uma Constituição que foi pro lixo antes mesmo de ser promulgada.

  5. Deus me livre de Bolsonaro como presidente! O autor aí tem um problema patológico com Lula e Dilma, e tem também, seus corruptos (e loucos inúteis que não fizeram outra coisa a não ser proferir discurso de ódio) preferidos para 2018. Fica a pergunta: Vão parar o Brasil de novo caso um Ciro, Marina, ou mesmo um Lula ganhe as eleições? A oposição e o MBL vão apurrinhar a paciência do brasileiro até as últimas consequências???

    1. Quem parou e destruiu o Brasil não foi o MBL. Foram PT, PSDB, PMDB e seus partidos satélites.
      Quem governa o Brasil há mais de trinta anos ?
      Quem cita a palavra ódio ao invés de discutir qual o modelo de governo você prefere: A proposta liberal ou o modelo marxista do foro de São Paulo que Ciro, Marina ou Lula defendem ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.