10 perguntas que todos nós gostaríamos de fazer

Em homenagem ao número de dedos que o safado possui nas mãos eu faria nove perguntas, mas não resisti à décima. Sei que entenderão

Organograma apresentado pela própria Odebrecht

1) Você disse que, se a Odebrecht deu dinheiro ao seu irmão — R$ 5 mil por mês, durante anos –, deu porque quis. Já o executivo da Companhia, que foi seu parceiro de viagens e negócios durante mais de três anos, disse que deu à seu pedido. Por que raios este seu amigo daria tanto dinheiro ao seu irmão se nem ao menos o conhecia?

2) Você disse que a reforma que a Odebrecht fez no sítio de Atibaia é problema dela com o dono do sítio, que não é você. Pois bem. Por que, então, sua falecida esposa pediu pessoalmente tal reforma? Por que escolheu o material, os armários, a cozinha? E por que o prazo para terminar coincidindo com o término do seu mandato?

3) Você disse que não é o tal Amigo, da planilha de propinas administrada por Palocci. Por que, então, saiu desta planilha R$ 4 milhões, em espécie, diretamente para você; R$ 12 milhões, para a compra do terreno onde seria seu Instituto e R$ 2,4 milhões para pagamento de suas palestras?

4) Você declarou que um dos seus filhos, aquele que “mexe com futebol americano”, recebe patrocínio de um monte de empresas. Por outro lado, Emílio Odebrecht, seu amigo íntimo há décadas, afirmou que deu dinheiro para seu filho atendendo a um pedido pessoal seu, tendo como contrapartida sua ajuda na relação conflituosa entre Marcelo e Dilma. Emílio está mentindo também?

5) Você insiste que é a “alma mais honesta do Brasil”. Continua negando os fatos e as provas. Nos diga: o MPF, a PGR, o juiz Moro, o juiz Ricardo Leite, seu amigo Emílio Odebrecht, seu patrocinador de palestras Marcelo Odebrecht, oito diferentes executivos da empresa, o ministro do STF e petista Edson Fachin, estão todos unidos em torno de um complô contra você apenas para evitar que concorra à presidência em 2018?

6) Se a Lava Jato mente em relação a você, ela também mente em relação a Aécio Neves, José Serra, Aloysio Nunes, Geraldo Alckmin e FHC? A prisão preventiva de Eduardo Cunha é tão injusta quanto a de Palocci? Quando a imprensa noticia seus escândalos é golpista, certo? E quando ela noticia os dos seus inimigos, como a Veja fez com Aécio Neves, ela também é ou não?

7) Se você nunca praticou tráfico de influência, junto ao BNDES, para a concessão de empréstimos à Odebrecht, por que um sobrinho seu, sem qualquer experiência no setor de engenharia, foi justamente ser o sócio da empresa em uma obra em Angola financiada pelo Banco? Mais uma coincidência ou “problema é da Odebrecht se chamou ele para sócio”?

8) Se Emílio e Marcelo Odebrecht, assim como os outros oito executivos que estão denunciando suas “supostas” falcatruas, mentem tanto, por que você não os processa por tantas afirmações caluniosasfalsas imputações criminais?

9) Se você de fato jamais pediu sequer R$ 10 a qualquer empresário neste país, como consegue, sem trabalhar, possuir tríplex (mesmo não sendo seu), sítio (mesmo não sendo seu), duas coberturas vizinhas (mesmo uma não sendo sua), viajar apenas de jatinho particular, hospedar-se em hotéis como Copacabana Palace, ter os filhos morando em apartamentos caríssimos (sempre emprestados) e pagar sei lá quantos advogados para defender-lhe de toda esta perseguição política?

10) Por que, afinal, você não toma logo vergonha nesta sua cara cínica e assume que é o maior corrupto da história do país, e vai para a puta que o pariu de uma vez por todas, hein, seu mentiroso filho de uma puta?

Leia também.

26 comentários em “10 perguntas que todos nós gostaríamos de fazer

    1. As dez questões propostas a Luiz Inácio ¨ EU NÂO SABIA ¨ da Silva, o Comandante em Chefe da ORG
      CRIM (Organização Criminosa) Lulopetista, tocam fundo no Garanhão de Garanhuns. Trata-se de um mafioso que, em nome da “…classe trabalhadora…” deixou o chão da fábrica,onde trabalhara por seis anos e arrumou uma nova profissão: SINDICALISTA. A partir daí,promovendo greves e discursos
      infinitos, deu largos passos e fundou o PT e buscando uma outra profissão: ser deputado. Com isso, se aproximou do covil que é o Congresso Nacional. Ao chegar ao Planalto, aí, sim, ficou à vontade e estabeleceu regra$ de convivência com as quadrilhas típicas e acabou comprando-as, a partir das práticas MENSALEIRAS, o que acabou sendo uma forma de treinos para avançar na tecnologia do CRIME ORGANIZADO, transformando o PT, numa embarcação lotada de piratas, marginais, bandidaços, até chegar ao PETROLÃO. Nem é preciso falar da analfabeta DilmaDuChefe,pois o Garanhão a colocou lá,para tentar o retorno. Agora, que o bandidaço está exposto, desnudado, encurralado com questionamentos no âmbito da Lei, essas perguntas acima, são, sim, reveladoras dos pontos principais,para desnudar as ações DUSNOVEDEDOS.Imagine, se tivesse o décimo…

  1. Ricardo, MA-RA-VI-LHA!
    A última pergunta eu gostaria de fazer pessoalmente a eLLe, acrescida de uma cuspidinha básica ao estilo Jean Willys.

  2. Cara numa boa, até acho pertinente suas indagações mas por que você só mira no Lula e o PT pra mim são todos traidores da nação e deveriam ser decapitados em praça pública mas tem que ser todos. Vamos parar de proteger um lado se não você perde credibilidade da a impressão que você está comprado.

    1. Vamos parar de proteger quem, cara pálida? Também acho todos uns filhos da puta e não saio por aí defendendo nenhum. Sobre credibilidade, me desculpe, mas não estou em busca de, pois não preciso. Quem me conhece não precisa de provas. E são estes que me importam. Se quem não me conhece precisa que eu escreva mais sobre Aécio, Temer e sei lá mais quem, para me ter em boa estima, é melhor procurar outro blog para se divertir, porque escrevo sobre o que quero ou quem quero, não sobre o que ou quem querem, entendeu? Espero que me compreenda! Abraço

  3. Ricardo,
    Acho que todos os brasileiros de bem gostariam de fazer estas perguntas. Obrigado por fazê-las por nós.
    Agora a nona e a décima perguntas são espetaculares.
    Gostaria que você falasse também sobre a desculpa padrão de todos os políticos ladrões de todos os partidos dizendo que não pediram nada a ninguém, que não receberam recursos ilícitos e que todas as doações foram legais, declaradas e aprovadas pelo tribunal eleitoral.
    Ora, qualquer pessoa com um mínimo de inteligência e conhecimento sabe que eles mandam uma outra pessoa fazer o pedido, receber o dinheiro, normalmente em espécie ou mandado por doleiros para contas no exterior em nome de laranjas ou em nome de empresas offshore e o principal, eles sabem de onde vem o dinheiro: de obras superrrrrrrrrrrfaturadas, portanto ilícito.
    Nunca se viu tanta campanha assim e as mais caras do mundo, é claro que vai tudo para o bolso deles. Todos sabemos que estes tribunais eleitorais e de contas são para enganar porque são ocupados por ex políticos ladrões como eles e indicados por eles.
    Então eles deveriam parar de dar estas desculpas esfarrapadas achando que todo brasileiro é burro.
    Abraço.

  4. Perguntas muito pertinentes, sem dúvida. a todas deve ter respostas, mas ele não vai responder, pois, fórum de conversa de boteco. Por outro lado, pensei que o Lula era anta somente do Diogo Maynard, parece que é sua também. Que bicho adorável é uma anta. Cavalo terceira do bispo.

  5. Ricardo,você sabia que o deputado federal Rodrigo Pacheco é crítico dos excessos do MP?
    Como você votou num deputado que vai contra a sua posição de defesa no combate a corrupção.
    Desde já admito que também sou contra estes excessos.
    Excessos típicos do sergio moro.

    1. Geraldo, não me leve a mal, não, ok? Mas não sou seu amigo, não estou numa mesa de bar e não pretendo transformar a área de comentários em sala de bate-papo. Se quer companhia para conversar, não a encontrará aqui. Seja por não te conhecer, seja por não ter paciência ou seja ainda por pura preguiça de gente estranha.

      Comente à vontade, sem ofensas ou palavrões muito pesados e será bem-vindo, ok?

  6. kkkkk Melhor texto que li hoje e nem era pra rir, né?! Bom demais cara! Cada vez que leio acho uma pergunta melhor que a outra, mas a 10ª é literalmente 10!

    Pena que a resposta é padrão. “…não sei, não pedi, não vi…”.
    Tipo os órgãos públicos após grave denúncia e até filmagens ou gravações é mais ou menos assim:

    Repórter: “…procurada para a resposta disse que não irá se manifestar…”
    Ou a mais comum: “…procurada para a resposta a BHTrans, ou PM, ou PBH, ou Regional, ou COPASA, ou CEMIG, etc, respondeu que “… faz o serviço de manutenção preventiva no local/área e que as equipes estão permanentemente atuando no cumprimento do dever/prazos e que, desconhece qualquer irregularidade…”
    kkkkk de novo!

    Abraço.

  7. Prezado Ricardo,
    Parabéns pelo texto . Eu acho que está chegando o grande dia . A “alma mais honesta do Brasil ” vai assombrar a cadeia de Curitiba.

  8. Prezado Ricardo,
    Como você vem falando, o Brasil precisa de uma reforma. No entanto, como o universo da mudança é amplo, a pressão não ganha corpo. Que tal definir pontos estratégicos para concentrar os esforços? Agora, p. ex., está em vias de ser aprovada a reforma eleitoral. Sugiro pressão para que a mudança se concentre em apenas 3 pontos; (a) cláusula da barreira; (b) proibição de coligações; (c) manter as verbas partidárias no nível em que estão – mais dinheiro não significa melhores campanhas; (d) proibição de doações de empresas sob pena de cancelamento do registro do partido. Importante a pena mais dura para para banir as doações ilegais. Estou mandando esta mensagem para grupos. A hora é agora. Se você concordar, peço divulgar no seu blog e tentar apoio dos movimentos de rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.