Teimoso, sim, mas pela busca da verdade

Teimoso feito mula empacada

Tenho muitos defeitos, é verdade. Mais até que qualidades. Minha sorte — e a daqueles que convivem comigo — é que os defeitos são, como eu posso dizer?, bobos, inofensivos, sem muitas más consequências. Por outro lado, as qualidades são muito positivas, e estas sim produzem grandes efeitos, grandes feitos.

Pois bem. Dentre os defeitos está a teimosia. Não aquela cega e injustificada, mas, sim, a que busca a verdade, os fatos. Por isso “compro tantas brigas”, por isso comecei a escrever publicamente. A minha apresentação no blog (que é até meio fresca, hehe) diz muito sobre mim: inquietude e sentimentalismo são duas das minhas principais características.

Publiquei alguns posts, com minhas opiniões, sobre a tal Operação Carne Fraca. Em todos, fui amplamente vencido. Mesmo apresentando fatos e dados, ainda assim a maioria absoluta de vocês se negou a me dar razão. Ao contrário. Foram quase unânimes em me classificar como ingênuo, vendido (a quem, meu Deus?), burro, governista, etc. E por mais que os fatos gritassem a meu favor, vocês sempre encontravam a tradicional saída para a falta de argumentos: diziam que a PF foi calada, que a perícia foi forjada, que o governo pressionou, que o juiz ficou com medo, que o poder econômico falou mais alto, etc. Obviamente, jamais apresentaram algum dado neste sentido. Sempre ficaram com a verdade das próprias palavras. Dos dogmas, dos mitos, das teorias conspiratórias.

Dizem que “o pior cego é aquele que não quer enxergar”. Pois é. Vocês estavam cegos! Acredito que alguns ainda estão. Aliás, imagino que serei novamente “massacrado”, mas se eu tivesse receio de remar contra o consenso eu não teria este espaço, tampouco seria tão lido. Quero crer que vocês esperam que eu escreva o que penso, não o que querem que eu escreva. A concordância (ou não) se dará sempre pelas afinidades ou diferenças, jamais pela omissão ou, pior, submissão. Ora, se o blog chama-se Opinião Sem Medo!, por que raios eu deixaria de expressar a minha própria?

Pois é. Até hoje, a PF não apresentou as tais provas estarrecedoras que iriam comprovar a podridão da nossa carne. Até hoje, salvo aqueles dois ou três frigoríficos insignificantes do interior do Paraná, nenhum outro foi fechado ou interditado. Até hoje, a corrupção generalizada que permitia a comercialização de carnes estragadas não foi mostrada. O juiz do caso reconheceu o exagero; os peritos negaram as afirmações da PF; o representante dos delegados federais assumiu publicamente a falha de comunicação.

Enfim… eu tinha razão! A nossa capaz e valorosa Polícia Federal errou. E quem não erra?

O importante, amigos, não é estar certo ou errado, ter ou não ter razão. O importante é ser justo e intelectualmente honesto. E, sobretudo, fugir da saída fácil do “eu acho que é assim e pronto”, da mistificação barata, da crença injustificada e infundada. E sabem por quê? Porque é assim que as mentiras tornam-se verdades. É assim que os embusteiros vivem. É assim que se caminha rumo ao atraso.

E por aqui, neste espaço, tenho certeza que ninguém quer isso, certo?

Leiam também.

5 thoughts to “Teimoso, sim, mas pela busca da verdade”

  1. Quem está obcecado não busca a verdade, a busca passa ser a comprovação das suas verdades. Vide o Mainardi implorando por uma prova contra o ex presidente Lula… Tão patético quanto a reeleição de qualquer político…

    1. Obcecado: que está com a razão obscurecida, insistente no erro, irracionalmente inflexível.
      Teimoso: que insiste, que não desiste facilmente; obstinado, pertinaz.
      O autor se classificou como teimoso, na busca da verdade. Logo…

  2. O perigo da teimosia infundada é que muita gente nesse país não consegue raciocinar por si mesmo, então muitas “opiniões” acabam tendo o efeito de moldar o pensamento de muito imbecil por aí, fazendo com que a situação ruim se perdure por muito tempo.

    Com todo respeito, pelo visto, além de teimoso você continua ingênuo. Caro blogueiro, em um país em que o poste mija no cachorro, onde vemos diariamente:
    – o delegado mandar soltar o ladrão porque foi “maltratado” pelo policial;
    – o político ladrão ter foro privilegiado;
    – alterarem descaradamente textos que visam reduzir e dificultar a corrupção;
    – rasgarem a Constituição (que já é uma bosta) em transmissão a nível nacional, cuspindo na cara de todos nós (como foi no julgamento da Dilma);
    – goleiro assassino é solto pra jogar futebol;
    – políticos e juízes aumentam o próprio salário indiscriminadamente;
    – legisladores agem sempre em causa própria, sempre protegendo a classe política suja;
    – a propinocracia é escancarada a cada escândalo que surge e nada muda…
    Entre tantos outros absurdos que vemos diariamente… você acha mesmo que diante de uma enorme pressão política e chantagens grandes empresários, os juízes, peritos e delegados não iriam recuar? Esqueceu o que é o Brasil? 90% dos que compõe o poder público hoje é CORRUPTO. Os que são honestos são minoria, portanto, suas mãos estão sempre atadas; estão limitados de todas as formas. Isso só muda quando o quadro se inverter. E infelizmente, a PF ainda não tem juridicamente autonomia para ser independente em suas investigações. O judiciário ainda insiste em fazer política nesse país.

    Eu fico do lado do povo. Se há qualquer indício de sacanagem com o povo brasileiro, que se dane o político, que se dane a empresa, que se dane o juiz e sua carreira… quem manda nessa bagaça ( ou pelo menos deveria mandar ) é o POVO.

    É esse tipo de teimosia, que vejo não somente em você, mas em outros psdbistas por aí, por exemplo, elegeriam facilmente o FHC novamente, ou um marketeiro (Doria), e desta forma continuaríamos na mesma bosta da era petista, só que com uma alegoria diferente e um marketing um pouco melhor. Esse tipo de teimosia faz até o boca murcha do Reinaldo Azevedo ser o “grande pensador” da atualidade… isso que é fundo do poço ein!

    A mudança deve ser drástica, mas infelizmente o processo é longo, porque tem relevância cultural. Pra desfazer essa bagunça generalizada, somente com uma intervenção cultural da direita conservadora nas escolas, universidades, igrejas e comunidades em geral, dedetizando todo resquício comunista/socialista/marxista que destruiu nossa nação nos últimos anos. Ah, e claro… acabar com as verbas estatais destinadas à grande mídia que tem papel fundamental de fazer o trabalho sujo da lavagem cerebral diariamente nos ingênuos brasileiros.

  3. Ricardo, continue sendo “teimoso feito mula empacada” naquilo que acreditas. O mérito será sempre seu.
    Você é perspicaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.