O quanto somos idiotas

Já lhes falei sobre o ótimo website Spotniks.com, certo? Vejam alguns dados levantados por Felippe Hermes. Depois chorem

puteiro
Precisa legenda?

O Congresso Nacional, além dos cerca de 600 “come e dorme” eleitos, possui quase 30 mil funcionários. Sim, amigos! Mais precisamente 28 mil apaniguados do poder. Cerca de 22 mil sequer são concursados; são os tais cargos comissionados.

Tudo isso porque, na média, cada senador brasileiro emprega 140 pessoas para exercer a sua função de fiscalizar o governo e propor leis que melhorem a sua vida.

Alguns deles, como Fernando Collor, têm 90 assessores e terminam um ano inteiro, como ocorreu com o senador de Alagoas em 2016, sem aprovar um único projeto.

Em 2017, esta orgia política custará ao país R$ 10 bilhões. Se você não faz ideia do que representa todo este dinheiro, eis aqui alguns exemplos:

– Este valor é maior do que o orçamento de Saúde e Educação do estado de Santa Catarina, que atende 8 milhões de pessoas.

– É maior do que todo o orçamento de 6 estados brasileiros.

– É mais do que o Rio Grande do Sul gastará em Educação e Segurança para 11 milhões de pessoas.

– É o suficiente para manter 4 milhões de crianças na escola no Ensino Fundamental.

– Poderia bancar 1 milhão de novas bolsas no FIES ou aumentar em 400% o Prouni.

– Poderia manter 450 mil alunos em universidades federais.

– Poderia pagar o salário de 320 mil professores durante um ano.

– Poderia bancar os gastos do SUS com 9 milhões de brasileiros no mesmo período.

 

Pois é. Alguma dúvida sobre nossa chance de sairmos desta enrascada em que nos encontramos?

Leiam também.

7 comentários em “O quanto somos idiotas

  1. Prezado Ricardo; não sou matemático, nem fui bom aluno da matéria. Porém um pouco de estatística consegui aprender. De 0 a 100: onde 0 é pessimismo total e 100 é o supremo otimismo, atrevo-me a apresentar o meu voto. Algo em torno de… -50.

  2. Com tanto número me perdi. Para que o ilustre senador da Republica dos bananas ( nós brasileiros e não a ilustre fruta) iria apresentar algum projeto. Aposto que dos 90 assessores, 91 dão comissão para ele.

  3. Como é que esse país irá sobreviver dignamente, considerando que as novas gerações se unem apenas para a diversão e o exibicionismo ? … e se movem, quando muito, a poder de “likes” ???
    É muito sério essa alienação midiática e a pouca representatividade para com a população, quando existe, é tosca e embalada/fomentada por carteis de cerveja, “axés” e correlatos.
    Quem/o que deveria ser controlado, controla.
    Os pais e mães de 40 anos tem muita responsabilidade nisso tudo, pois a maioria deles nem viram seus filhos crescerem, quanto menos, influenciaram positivamente seus filhos.
    Falta RAÇA ao brasileiro!!!

  4. Olhem para ver como às vezes damos pouca atenção a coisas que são extremamente importantes. Hoje fui ver no jornal que o pmdb está presidindo o senado há 12 anos. O último senador que não era do partido foi Tião Viana (PT-AC), ainda assim, ele substituiu por apenas alguns meses Renan Calheiros (PMDB-AL) que renunciou (12/2007) em meio ao risco de cassação naquele caso da amante Monica Veloso. Façam uma busca pela internet e vejam que nesse período chegou a comandar as duas casas (casas da mãe Joana né) ao mesmo tempo. Ficamos aqui dando muito crédito para pt e psdb (com certeza tem suas parcelas de culpa) pela merda que esse país se encontra, mas o grande culpado por essa situação deplorável que esse país se encontra se deve na sua maior parte a esse partido nefasto que o pmdb. Um partido que desde a ditadura se encontra no poder. Não tem projeto de nada para o Brasil, apenas projeto de poder. Segundo o professor Ricardo Ismael (professor de ciência política da PUC-RJ) “o pmdb tem uma tradição muito forte nos pequenos e médios municípios do Norte e Nordeste. Essas regiões possuem uma série de elites políticas que se identificam com o partido e são delas que saem essas lideranças nacionais”. É coincidência essas regiões serem as mais pobres? Regiões pobres e que sem mantem pobres, isso facilita o controle. Vejam nas delações de onde vem a maioria dos corruptos. O pior erro do pt foi vender a alma ao pmdb. E bem feito, deu no que deu.

    1. Leandro, o Brasil, há décadas, é dominado por não mais que 20 ou 30 mil pessoas. Pegue os líderes e principais agentes dos três poderes, em todos as esferas (municipal, estadual e federal), some a estes os grandes grupos empresariais, industriais e financeiros, com seus principais executivos, acrescente os dois ou três mais importantes grupos de comunicação do país e terá, aí, a classe que domina, escraviza e mantém neste esgoto mais de 200 milhões de pessoas. Reproduza agora em menor escala, no Congresso, e terá o quadro que bem retratou acima

      1. Isso é desesperador Ricardo. Revoltante. E esse gado manso que é a nação não esboça a minima vontade de mudar o quadro. Quando vc se exalta nos seus comentário e as vezes emite uma opinião meio que extremista eu entendo perfeitamente sua indignação. E tem gente que vem dar de “bom moço”. Pro inferno esse pessoal. E que levem junto o lula, o renan, a dilma, o juca…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.