As trevas nos esperam

Aqueles que jamais construíram algo minimamente decente, são os mesmos que impõem, no grito, suas vontades

escuro
Não há luz na escuridão das esquerdas

Vejam vocês: Michel Temer acertadamente propôs uma (ainda que tímida) reforma no sistema de educação, algo que não se via há mais de 20 anos. Acertou, errou, discutiu, não discutiu, fez por Medida Provisória, não fez? Pouco importa! O que importa é que se mexeu, saiu da inércia paralisante.

E o que ocorreu?

Algumas centenas de sindicalistas vagabundos se mobilizaram, agruparam outras centenas de bezerros travestidos de estudantes e invadiram escolas Brasil afora. Por quê? Porque são contra, ora. Contra o que? Contra qualquer coisa que não seja defecada pelas próprias “cabeças”. Sim, essa gente só aceita o que eles mesmos propõem. Ditadores e burros. São o que são. Além, claro, de chupins do dinheiro alheio.

Agora segurem-se!

Apenas 7% dos estudantes brasileiros possuem conhecimentos aceitáveis de matemática, ao final do 3º ano do ensino médio. Sim, isto mesmo. Apenas 7 em acada 100 alunos. E não são gênios, não. Não são brilhantes ou minimamente acima da média. São apenas aceitáveis. É isso o que o MEC acaba de divulgar. Uma verdadeira catástrofe. Um tsunami intelectual. O Brasil estará sempre entregue aos Lulas e Calheiros da vida. E estes terão sempre seus bate-paus à disposição para defendê-los.

Ainda assim, a gentalha esquerdopata que domina os sindicatos dos professores, as academias e os Corpos Discente e Docente dos campi universitários, acha-se a soberana, a dona da verdade e do saber. Acha-se a única capaz de comandar a educação — que piada! — brasileira, ainda que já o faça, há décadas, com estes resultados vergonhosos. São arrogantes insuportáveis, além de truculentos, pois não hesitam em “sair na porrada” com quem os desafia.

O Brasil é educado por imbecis e forma outros iguais. A esquerda jamais deixará de ser o que é: Uma máquina de destruição de nações. Haja Engov!

Leia também.

21 comentários em “As trevas nos esperam

  1. Falo por conhecimento de causa, minha esposa é professora da escola pública. Primeiramente, sobre as ocupações, vamos lá. Perguntem aos jovens que se envolveram nas referidas infelizes tomadas das escolas ; a) Sobre o que estavam lutando? b) O que propunham, já que teoricamente não concordavam com a situação atual , para solução para melhoria do ensino? Se conseguirem responder a primeira pergunta, batalha vencida. Nem pense em fazer o segundo questionamento, até 2050 não vão saber o que responder. Agora quanto ao tão deficitário ensino público brasileiro, espero que todos vejam como estamos falidos, minguados, esfarrapados. Nem milagre nos salva. O pior ? O que pode nos acontecer de pior é este quadro negro, de deficiência cognitiva, de inércia e de completa submissão. Parecem burros a puxarem carroça, que somente obedecem a direção a seguir. Que comparação chula essa minha. Coitados dos animais.

  2. Prezado Ricardo; o último “movimento” promovido pelos “estudantes” brasileiros, em muito contribuiu para que se fizesse uma avaliação precisa da qualidade do alunado brasileiro. A ocupação dos estabelecimentos do ensino público, praticada e incentivada pelos boçais travestidos de líderes – ligados especialmente ao pt e outros partidos de esquerda – foi mais uma demonstração da extensão da falta de limites, estupidez, incompetência e porque não dizer, da criminosa tentativa de dominação da cabeça da juventude. Sei que isto não é novidade, uma vez que é prática costumeira da doutrinação esquerdista comunista. Você se lembra com certeza, o quanto era deprimente assistirmos as entrevistas que repórteres dos meios de comunicação faziam com os participantes das tais “ocupações”. Os caras sequer sabiam explicar o motivo, o porquê de ali estarem. Quem conhece um pouco de história, sabe que dominar intelectualmente os jovens, é prática de toda ditadura, especialmente as de esquerda. O que assusta e enche de receios é a percepção das dimensões nocivas desta doutrinação, acrescida da incompetência ou má intensão dos professores, que – em quantidade significativa – se preocupam apenas e tão somente com o salário e que se foda o aluno e nada mais. O resultado é que uma grande maioria do alunado, não sabe ler nem interpretar textos, quiçá efetuar as quatro(4) operações básicas da matemática, no último período do ensino fundamental. Este é de fato o grande projeto criminoso de poder, colocado em prática pelos esquerdistas – pt em especial – no Brasil. Tenho um receio imenso, pois, não percebo uma atitude firme no sentido de mudar este estado de coisas. Começo a acreditar que estamos no mato sem cachorro.

  3. “Aqueles que jamais construíram algo minimamente decente, são os mesmos que impõe, no grito, suas vontades”. São os mesmos que IMPÕEM.
    Tá bom mesmo pra criticar a educação… Mais um “tudólogo” que não sabe do que fala, e repete discurso de facebook.

    1. Nossa, que horror! Digitei faltando uma letra M, a mesma que usei na frase “Sim, essa gente só aceita o que eles mesmos propõem”. Ainda bem que não vivo disso, né? Ainda bem que não sou professor, não ensino ninguém e posso errar à vontade (que não foi o caso), mesmo quando critico. Aliás, para alguém que quer ensinar português, bem que você poderia não escrever “não sabe “DO” que fala”, né, Manezão?

      1. Larga de repetir discurso de ódio de facebook e procure abrir um diálogo com partes diversas meu caro. Se seu blog se chama opinião sem medo e se você acredita que suas opiniões indicam caminhos melhores pro país, não ataque determinados grupos, correntes de pensamento, etc, mas sim, procure encontrar pontos comuns para a construção de um diálogo e de uma solução. Querer impor opiniões e pensamentos não soluciona nenhum problema amigo, só te faz gastar seu tempo tentando convencer quem pensa diferente de você a acreditar naquilo que você defende. E quando a pessoa não se torna convencida, você fica puto, a pessoa também e o ódio só aumenta.

        Podemos discordar em vários aspectos acerca da condução política, social e econômica do país, mas tenho certeza que existem vários outros pontos nos quais temos pontos de vista em comum. Na questão da educação por exemplo, tanto você quanto eu desejamos melhores resultados dos nossos estudantes. Ao invés de perdermos o nosso tempo tentando impor nosso ponto de vista político ao outro, vamos tomar ações que resolvam esse problema que está assolando o nosso país.

        Na questão da matemática, que você mencionou que apenas 7% dos alunos do ensino médio brasileiro possuem conhecimentos aceitáveis, ensinar a disciplina de uma maneira mais aplicada à vida real com problemas que retratem o contexto dos alunos vai ensiná-los a valorizar muito mais a disciplina, uma vez que vão saber enxergar os benefícios das ferramentas que a matemática dispõe.

        Ensinar os alunos a conhecer unidades, medidas, conversões entre padrões, etc, faz com que eles fiquem mais espertos nas negociações do dia-a-dia e sejam menos enganados. O aluno ao tomar consciencia disso, vê uma vantagem e se dedica mais a descobrir novas ferramentas que a disciplina propõe. Apresentando casos reais, de pessoas que foram passadas para trás por não saber distinguir pesos, medidas e o real valor dos objetos, desperta a atenção dos alunos para a necessidade da disciplina e faz com que se dediquem mais, em minha opnião.

        Tá aí uma proposta, gostaria muito de conhecer as suas e gostaria que as minhas, por mais simples que sejam, não fossem desmerecidas em sua essência, pois, prestigio seu blog, leio suas matérias e considero muitas das coisas que você diz, pois, são dotadas de sentido.

        1. Começando pelo fim: Por que você seria desmerecido? Por que suas opiniões seriam desrespeitadas por mim? Duvido que encontre um só caso onde isso tenha ocorrido. Jamais ocorreu e jamais ocorrerá. Agora, quanto àqueles que não emitem opinião e apenas ofendem…

          Com relação à ideias e/ou propostas, ou ainda sobre eu “repetir” discursos de ódio, é o seguinte: Primeiro, eu não repito nada. Não sou papagaio. Escrevo o que penso e como quero. Se minhas palavras assemelham-se à outras, é bom verificar quem está repetindo quem. Data e horário de postagens facilitam bem isso. Segundo, eu não escrevo para debater. Escrevo para opinar. Opinião não é proposta nem tampouco forma de negociação. Lê quem quer, concorda ou discorda quem quer também. Pronto. E ponto. Nada mais que isso.

          Por fim, uma importante observação: Eu não quero ou pretendo impor nada aqui. Seja porque não tenho como fazê⁻lo (impor), seja ainda por simplesmente não me interessar pelo o que, quem me prestigia, como você, pensa sobre as asneiras que escrevo. Repito: são minhas meras opiniões; nada mais.

          Abraços e obrigado pelo prestígio!

    2. Fred me responda porque quando esses estudantes quando descocupam as escolas ninguém assume reponsabididade pelas depredações e roubos?
      Vejo pessoas dando entrevistas passando por lideres mas na hora de assumir responsabilidades todos desaparecem?
      Como exemplo o rapaz que morreu em curitiba em uma ocupação e os lideres desaparecem para explicar o motivo da morte do rapaz?
      Sobre o que disse dos alunos moro do lado de uma escola e te digo a maioria desses alunos não estão nem ai querem saber de farras,matar aula não são todos mas é a maioria.

  4. Ninguém se esquece do lema que a Anta da Dilma Petrolão arrumou para a educação. O “Brasil, Pátria educadora”, Dilma Pasadena iniciou o segundo mandato como os maiores falsários presidentes da história do Brasil República.
    Como sempre apesar do lema para educação, foi o que mais sofreu contenções de gasto o governo Dilma Pasadena bloqueou em torno de R$ 7 bilhões de reais.
    A fantasia do carro chefe do PT ficou atrelada a rendimentos do pré-sal falindo o ensino público. Na realidade as escolas estão tomadas por facções partidárias de ideologia socialistas incentivando greves e fechamentos das escolas.
    As faculdades virou uma degeneração geral de alunos covardes e beberrões de ideologias socialistas comunista pregando piquetes nas faculdades federais. Passou da hora da justiça fazer justiça impondo leis pra proibir e punir descasos e badernas nas escolas. O ensino escolar faliu e foi sepultado nas mãos da ideologia socialistas na era desgoverno do PT
    Portanto, este é o falso ‘Brasil pátria educadora’ onde a educação não tem vez. Hipócritas que se arriscam nas urnas assassinas e depositou votos em canalhas que só querem dinheiro, e depois nunca vai reclamar dos atos dos eleitos que roubam e nada fazem pela Educação. A culpa é das Hienas do desgoverno que destruiu com o plano real e as economias e reativou desempregos e inflação.
    Enfim, no governo de ideologias socialistas do PT estudar é muito perigoso. As pessoas ficam mais críticas sábias e democratas. O dinheiro acaba sendo desviado para outras finalidades. Quem disse “nem que a vaca tussa”, adivinhe. Pois é o populismo gosta tanto dos ignorantes e pobres que os multiplicam. Isso sim dá voto.

  5. sr ricardo, suas ideias sobre o mundo são lamentáveis. Acredito que seria libertador procurar um tratamento psicológico, está com a doença do direitopata paranóico, contaminado até o osso com a ideologia neoliberal – alienado, infelizmente. Ideias preconceituosas, desrespeitosas e superficiais, beirando o fascismo.

  6. Essa é a “causa raiz” de todos os males que assombram este país. A falta de educação de sua população. Com uma população burra, os políticos, fazem o que querem… Inclusive, ditam as regras (leis). Continuem assim povo brasileiro… Vamos para o carnaval, vamos continuar assistindo estes programas idiotas que passam nas TVs, vamos continuar se importando apenas com o preço da cerveja (de milho), dando audiência para “Anitas” da vida e por ai vai… Viva a ignorância do povo brasileiro.

    Estudar que é bom, nada…

  7. NINGUÉM SE ESQUECE DO LEMA QUE A ANTA DA DILMA PETROLÃO ARRUMOU PARA A EDUCAÇÃO. O “Brasil, Pátria educadora”, Dilma Pasadena iniciou o segundo mandato como os maiores falsários presidentes da história do Brasil República.

    Como sempre apesar do lema para educação, foi o que mais sofreu contenções de gasto o governo Dilma Pasadena bloqueou em torno de R$ 15 bilhões de reais.
    A fantasia do carro chefe do PT ficou atrelada aos rendimentos do pré-sal falindo as estatais e o ensino público. Na realidade, Brasil pátria educadora ou enganadora onde a educação não tem vez!! As escolas estão tomadas por facções partidárias de ideologia socialistas com apoio da esquerda incentivando greves e fechamentos das escolas.
    As faculdades virou uma degeneração geral de alunos covardes e beberrões de ideologias socialistas comunista pregando piquetes nas faculdades federais. Passou da hora da justiça fazer justiça impondo leis pra proibir e punir descasos e badernas nas escolas. O ensino escolar faliu e foi sepultado nas mãos da ideologia socialistas na era desgoverno do PT
    Portanto, este é o falso ‘Brasil pátria educadora’ onde a educação não tem vez. Hipócritas que se arriscam nas urnas assassinas e depositaram votos em canalhas que só querem dinheiro, e depois nunca vai reclamar dos atos dos eleitos que roubam e nada fazem pela Educação. A culpa é das Hienas do desgoverno dos petralhas que destruiu com o plano real a as economias e reativou desempregos e inflação.
    Enfim, no governo de ideologias socialistas do PT estudar é muito perigoso. As pessoas ficam mais críticas sábias e democratas. O dinheiro acaba sendo desviado para outras finalidades. Quem disse “nem que a vaca tussa”, adivinhe. Pois é o populismo gosta tanto dos ignorantes e pobres que os multiplicam. Isso sim dá voto.

  8. Está claro que você não tem conhecimento nenhum sobre o que foi publicado. Colocar a culpa do fracasso nos professores é repetir o discurso da classe dominante do nosso país. Convido vsa a ir trabalhar em uma sala de aula superlotada, com alunos desinteressados, ausência da familia, indisciplina, violência… depois disso acredito que você vai pensar diferente e não fará mais este discurso requentado e reproduzido por um bando de que se dizem estudiosos do assunto mas que são apenas alienados e desinformados. Esta reforma que está sendo proposta só para uma informação já que você não conhece, foi implantado no governo Anastazia que vocês idolatram, não funcionou. Foi culpa de quem? dos professores? dos alunos? não do estado, pois requeria investimentos, e o estado com o seu CHOQUE DE GESTÃO abandonou o programa e acontecerá a mais coisa com esta reforma. Ainda com o congelamento das verbas da educação por 20 anos.

  9. Amigo, antes de criticar o governo federal por uma possível má educação primária, leia o artigo 211 e seus parágrafos segundo e terceiro da CF/88, que diz:

    Art. 211. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão em regime de colaboração seus sistemas de ensino.
    § 2º Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino fundamental e na educação infantil. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 14, de 1996)
    § 3º Os Estados e o Distrito Federal atuarão prioritariamente no ensino fundamental e médio. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 14, de 1996)

    Observe que a responsabilidade pelo ensino fundamental e médio é dos MUNICÍPIOS e ESTADOS. Não da União.

    Ademais, as escolas técnicas federais obtiveram desempenho MUITO superior às escolas estaduais.
    E ainda, o seu governo de direita fez uma mínima reforma (como vc diz) que, na essência, apenas reduziu o número de matérias. Isso melhora o ensino???
    Raciocina rapááá!!!

    Se houvesse diretor para avaliar as matérias antes das publicações, estaríamos livres desse tipo de anedota.
    Terrível… terrível…

    1. Opa!! Pra quem só leu um post por causa do título, até que você se tornou bem frequente, hein? O que houve? Viciou? Hehe.

      Olha só: acho que tá faltando escola procê também! Precisa estudar mais “interpretação de texto”. Onde é que eu culpei o Governo Federal ou disse que estados e municípios não são responsáveis? Coragem, como é mesmo?, amigo. Um supletivo (ainda existe isso?) lhe fará bem.

      Quanto ao “meu” governo de direita… Que sonho seria se fosse mesmo! Quem me dera ver Michel Temer acabar com a raça da esquerda. Inclusive com gente influente em seu governo, que pensa como você.

      Ah, quanto a diminuir o número de matérias, é apenas mais uma mogagem que gente que bosteja diz e comedores de alfafa repetem. A carga horária aumentou, o que é ótimo. E matérias inúteis darão espaço para, veja só!, português e… tchan tchan tchan tchan!! Matemática.

      Por fim, como eu bem disse no post: O Brasil estará sempre entregue aos Lulas e Calheiros da vida. E estes terão sempre seus bate-paus à disposição para defendê-los. Viu, como estou certo?

      1. Frequente??? Hahaha Realmente, vc ñ sabe o q diz.
        Onde vc culpou o Governo Federal??? Acho q ñ só o diretor não lê suas asneiras, como vc tbm ñ lê. Vou repetir os trechos onde vc culpa o governo federal:
        “Vejam vocês: Michel Temer acertadamente propôs uma (ainda que tímida) reforma no sistema de educação, algo que não se via há mais de 20 anos. Acertou, errou, discutiu, não discutiu, fez por Medida Provisória, não fez? Pouco importa! O que importa é que se mexeu, saiu da inércia paralisante”.

        AGORA RACIOCINE (se possível): Se michel temer (gov. federal) saiu da INÉRCIA PARALISANTE… Quem estava na referida inércia???

        Outra:
        “O Brasil estará sempre entregue aos Lulas e Calheiros da vida.”
        Lula não era do gov. federal???

        Acho q vc ñ consegue entender o q escreve… tá explicado!

  10. Deveria mudar esse título da chamada para esse articulista. Darei algumas sugestões: IDEIAS FASCISTAS SEM MEDO; LOBOTOMIZADO PELO PIG EXALA SEU ÓDIO; OPINIÃO SEM EIRA, NEM BEIRA; ACÉFALO EXPRESSA SEU PENSAMENTO; REFLUXO DE COXINHA NO “EM” QUE PADECE; DIREITISTAS E SUAS BIZARRICES; PEESSDEBISTA EXPRESSA SUA OPINIÃO SOBRE A ESQUERDA; … Acho que imbecilidade virou epidemia no Brasil! A FIOCRUZ será capaz de desenvolver uma vacina para erradicar essa doença que assola nosso país?

  11. É impressionante como as pessoas não conseguem transmitir suas ideias sem ofender o outro. Os que não concordam com o texto sempre partem para ofensas. É um bom exemplo da má educação e da falta de respeito para com o outro. A questão é simples: Se a pessoa não concorda com o que lê, porque lê novamente? Ou porque sempre volta para ler?

    Agressão verbal não resolverá nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.