Lewandowski e sua Lei repugnante

Enquanto a mansa manada pasta e rumina despreocupada, seus pastores engordam felizes e saltitantes

lewandowski
Com o dinheiro dos outros fica fácil

Preparem-se amigos, pois este post é um soco na boca do estômago misturado à uma cusparada a la Jean Wyllys goela abaixo. Trata-se de uma estrovenga legal chamada LOMAN (Lei Orgânica da Magistratura) que, dentre outras, regula o valor e a forma de remuneração da classe. O que vai a seguir é a mais baixa e rasteira forma de escravidão, de vilania, de tirania, de humilhação e de sei lá mais quais substantivos pelo qual uma categoria pretende servir-se de todo um miserável país. É coisa da lavra de Ricardo Lewandowski, sobre quem não há necessidade de maiores esclarecimentos. Sua fama e atitudes o precedem.

Pela proposta, o salário máximo de um juiz, atualmente em R$ 31 mil, pode sofrer os seguintes acréscimos: R$ 1.577,10 a cada cinco anos de magistratura; R$ 1.577,10 auxílio-transporte; R$ 1.577,10 auxílio-alimentação; R$ 6.308,43 auxílio-moradia; R$ 3.154,21 de auxílio-saúde.

Já terminou, Jéssica? Não, ainda não. Está longe de terminar. Anotem aí:

Para aqueles que têm filhos, R$ 1.577,10 de auxílio-creche mais R$ 1.577,10 de seguro saúde. Calma! Segurem-se bem. Na hipótese de um segundo filho que estude em escola privada, mais R$ 1.577,10 de auxílio-educação além do mesmo seguro saúde. E que tal mais R$ 1.577,10 se o magistrado for pós-graduado? Mestrado e doutorado valem ainda mais.

Chega? Que nada…

Caso Vossa Majestade, digo Excelência julgue mais processos no ano do que recebe, será premiado com mais dois salários. Se participar de mutirões de justiça, mais R$ 1.051,40 por dia de trabalho. Tendo idade e tempo de serviço para se aposentar, e ainda assim decidir continuar na ativa, mais R$ 1.577,10. Existe também um auxílio-capacitação, algo como R$ 3.154,21 a R$ 6.308,43. E também um adicional de R$ 10.514,05 para assumir Varas em locais de difícil acesso. Somando-se tudo, noves fora nada, um juiz pode chegar a receber singelos R$ 80 mil reais mensais. Nada mal, né?

Agora me digam, caros leitores-trabalhadores-reles-imbecis-mortais: Vivemos em um país feudalista qualquer da Idade Média? Ou, quem sabe, numa ditadura escravocrata do século XVIII? Ou talvez, ainda, na nação mais rica, desenvolvida, industrializada e com o maior índice de desenvolvimento humano do planeta? Pois se não é nada disto, se vivemos apenas num país subdesenvolvido e miserável da “América Latrina”, num país onde predominam doenças como Malária, Dengue e até Sífilis, num país onde sequer o esgoto tratado é uma realidade, alguém precisa urgentemente dar um basta nesta orgia maldita.

E aí, senhores? Vomitaram?

Leiam também.

25 comentários em “Lewandowski e sua Lei repugnante

  1. Mas a forma de ingresso não é pública? Nesses concursos o que prevalece é o mérito do candidato, que, obviamente, ao decidir ingressar nessa carreira levou em conta os benefícios do cargo público para o qual se candidatará.

  2. Parabéns pela matéria, toma cuidado com as sanções, como vc mexeu com o bolso do cara, ele pode querer lhe processar em vários estados e todas as audiências serão na mesma data e hora, para vc ser condenado a revelia, como fizeram com os redatores do jornal alguns meses atras.
    Mas, fiquem tranquilos vai melhorar, tudo isso foi culpa do PT, vamos acabar com o PT que todos os nossos problemas acabarão, risossss

    1. Olá Afonso; se os três poderes já causam tanta insatisfação o acréscimo de mais um não seria um elefante para incomodar muito mais? Talvez a coisa começasse a melhorar se cada um de nós deixássemos o comodismo de lado e passássemos a atuar, a CUMPRIR nossos deveres e exigir que os demais também cumpram. Não espere passe de mágica nem soluções fanfarônica de juiz da roupa preta. Grato.

      1. Caro Cidrac,
        Um quarto poder constituído de nomes de brasileiros acima de quaisquer suspeitas e o mesmo número de estrangeiros também acima de quaisquer suspeitas. Um quarto poder enxuto, com cerca de 50 nomes, com salários de primeiro mundo (primeiro mundo, não de países tupiniquins onde a nata da sociedade se delicia com a miséria do “resto”) resolvendo somente casos esdrúxulos do judiciário como é esse proposto pelo nosso nobre Sr. Lewandovskkkkkk. Lutar, brigar, espernear não adianta com quem tem o poder nas mãos. Neste caso comentado aqui, acho que temos duas alternativas: Voto apenas pra quem tem graduação e mesmo assim sem exigência do mesmo (do eleitor ser obrigado a votar) ou a criação deste 4º poder pra calar a boca desse nosso judiciário desvairado. Cidrac, esta é uma idéia de estalo, tem que ser polida, lapidada. Abraços.

        1. Afonso Lemos; gostei do “estalo”, me fez lembrar do Padre Antonio
          Vieira e de Juscelino Kubitschek, dois grande em suas áreas. Mas, a história não costuma dar salto e penso que nós como nação e Estado necessitamos desesperadamente é de criar instituições, pois, desafortunadamente ainda não as construímos. Vide o Supremo Tapetão Federal, ops, STF que deveria ser uma instituição de equilíbrio e respeito, mas não é, sendo apenas um espaço onde a maioria dos seus componentes são pavões que só se dedicam a exibir a plumagem que julgam bonita e sedutora. Essa idéia dos cinquenta nomes seria viável a partir de qual força? De dois pontos eu divirjo de sua sugestão: por um lado ao vê-la elitista ao querer escolher os melhores que pelo jeito seria somente a nata e uma República não é da nata mas do pluralismo e o outro fator é sensação de inferioridade ao excluir o elemento tupiniquim, (Mestiço é que é bom). Esses viés já demonstraram superados nos últimos seculos. Chega de bacharelismo, de brigadeirimos e do voto mandioca quando eleitor era quem tinha riqueza de farinha. Vamos dialogando! Grato

  3. Penso assim ate concordo que um juiz,medico ou outro profissonal que tenha investido em anos de estudo,cursos ganhe um pouco mais porque investiram para isso.
    Não concordo em ganhar exageradamente como nesses casos,mas não é somente eles.
    Porque não se falam das mordomias que ganham vereadores e deputados?
    Por exemplo vereadores aqui em BH que ganham R$ 4.200 de auxilio moradia e tem casa própia na cidade isso sem falar em outras mordomias.

  4. pras voces babacas que falam mal da esquerda m o Brasil foi governado pela direita até 2002 por 502 anos e so tinha miséria e analfabestimo ,o Brasil so melhorou com o governo de esquerda do PT ate 2014 quando vcs coxinhas que viraram trouxinhas deicharam a Presidenta Dilma e o PT GOVERNAR , pesquissem a corrupçâo nos governos da direita , pesquisa a corrupçâo nos governos da direita dos militares , eles roubavam e ninguem podia falar nada ou apanhava ou morria , até o castelo Branco que disse que ia acabar com a corrupçâo no governo militar morreu , sem falar que os militares de hoje ainda são piores que daquele tempo , hoje tem tem um monte que usa droga e dizem que para pegar um serviço em certas areas militares , tem de pagar propina . kkk se governo militar fosse feito de santos, o ANTONIO CARLOS MAGALHÊS , PAULO MALUFF , SARNEY , ERAM TODOS POBRES , NÂO ACHAM TROUXINHAS DA DIREITA ?

    1. Deixa de ser hipócrita e imbecil. Primeiro, coxinha é PQP. Segundo, pelo visto, você, assim como seu lídr petralha, deve ler muito pouco para falar tanta bobagem. Quer um conselho, ao contrário do que fazem os petralhas, eu o dou de graça, sem cobrar propina. Cala sua boca nojenta e volta para o banco da escola. É o melhor que pode fazer nesse momento.

  5. A julgar por essas informações o juiz da roupa preta, Sergio Fernando Moro, é um justiceiro pé de barro, pois, quer ajustar membros de outros poderes, mas não cuida de disciplinar a volúpia de seus colegas magistrados. É o velho deitar remendo novo em roupa velha como disse Jesus Cristo. Comigo não, vilão. Sorte, Saúde e Cidadania.

  6. Todos deveriam receber o mesmo salário. Quem quisesse pegar no leve e ficar no ar condicionado, seria obrigatório faculdade. Fora isso, pedreiro, servente, delegado, deputado, vereador… todos, sem exceção teriam de ganhar o mesmo salário. E a premissa: “somos todos iguais perante a Lei”. Ou alguns são mais iguais que outros?

  7. Vc continua desinformado ou por descuido ou por canalhice mesmo…vc ja viu quanto moro , seu herói, ganha por mês? É algo em torno de 77 mil….

  8. E ainda pensam que vivemos em um País Democrático. Ditadura das oligarquias. As forças armadas não vão salvar o Brasil uma segunda vez não. O povo que não se revolte não para ver onde isto vai parar.

  9. Desta vez o Petralovisk passou dos limites. Já não bastava a rasgada que deu na constituição em ocasião do Impeachment da presidAnta e agora vem com essa. Se hj o teto do judiciário é 31 mil e tem técnico do senado ganhando 200 mil, imagina como ficaria a situação…

  10. Esse juizinho de merda, herança dos petralhas, safado como todos os que fazem parte dessa quadrilha chamada PT, cujo líder é um famigerado aleijado e analfabeto, cancedroso, podia morrer também de cancer na cabeça, para sofrer o máximo possível antes de ir repousar no colo do demônio, e passar por lá por toda a eternbidade do seu espírito mesquinho. Esse é meu simples desejo para este traste inútil.

  11. Se pudéssemos ter armas como os americanos, poderíamos resolver, porque com voto não dá mais. Assim, só vejo uma saída: chamar quem as tem: os milicos, que mandaram por 21 anos e não saíram milionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.