Ninguém vence, Kalil assume e Aécio perde

Este foi o resultado colhido nas urnas da capital, neste domingo de eleição para prefeito

grafico

E o Nuno venceu. Quem é o Nuno? O nem um nem outro”. Com quase 750 mil votos ele bateu, com folga, o segundo colocado, o novo prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil. E acachapou o terceiro colocado, Aécio Neves, digo João Leite. O Nuno representa o povo, mas não a sua vontade. O Nuno é a mais ineficaz demonstração da soberania popular. Vence, mas não leva. O Nuno é burro!

Kalil é o prefeito eleito e pronto. É legítimo, pois venceu nas urnas o adversário que importava. Não tem essa que “não representa a maioria da população”. Ora, se a maioria não o quisesse, que se manifestasse. “Ah, Ricardo, mas a maioria tampouco queria saber de João Leite”. Bem, aí a maioria tem de crescer e superar a birra, pois o Nuno certamente não é a solução para os seus problemas existenciais. A Democracia pressupõe algumas condições, dentre elas, a maioria; e uma vez que tal maioria não se expresse adequadamente — através do voto — ajudará a formar uma outra forma de maioria, a qualificada.

Particularmente, eu não vejo o Nuno como uma boa saída para aqueles eleitores que não se identificam com quaisquer candidatos ou partidos. Em qualquer eleição, invariavelmente, há os que nos parecem, ao menos, candidatos menos piores que os outros, mesmo que seja uma escolha do tipo, digamos, Lula ou Marina Silva; Ciro Gomes ou Dilma Rousseff, hehe. Ainda assim, entre uma morte rápida e indolor e uma lenta e dolorosa, há um escolha menos sofrida a fazer.

Ao abraçarem o Nuno, em rejeição a Aécio Neves e ao PSDB, os eleitores de BH assinaram a nomeação de Kalil, gostem ou não. Ao não conquistar o eleitor do Nuno, o candidato João Leite entregou, de mão beijada, a taça ao ex-presidente do Galo, goste ou não. E ao assistir o Nuno vencer a eleição, Alexandre Kalil ganhou, sem pedir, um goleador ao melhor estilo Diego Tátátátá Tardelli, que encheu a rede do ex-goleiro atleticano de gols e o levou à cadeira de prefeito, goste ou sim.

Nuno e Kalil formaram ontem um verdadeiro ataque dos sonhos. De quem? Deles mesmos, ora.

Leia também.

54 comentários em “Ninguém vence, Kalil assume e Aécio perde

  1. Comentário perfeito, sem reparos. O Nuno, mesmo sem querer, elegeu o Kalil e vai sofrer por 4 anos, junto com todos os outros eleitores e não eleitores de BH.

      1. Comentário de um imbecil.Arrojado em que ? Elegeram um imbecil que não paga iptu,funcionários e 300 processos nas costas.Deixa de ser ignorante seu imbecil.Entre esses 700 mil estão cruzeirenses,atleticanos e e outros que deixaram de eleger um candidato menos ruim que o Latil e honesto ao contrário do patife eleito.Que se foda a população de BH,principalmente imbecis que votaram em Latil e os que anularam,votaram em branco ou se absteram.

          1. Nunca dependi de nada do estado seu idiota. Você e a população mais pobre que se danem por serem analfabetos funcionais.Quanto a eu ser cruzeirense,sou sim,e com orgulho, e votei no atleticano João Leite.Com raras exceções atleticanos são estúpidos,não dá pra dialogar com estúpidos.Ladrão vota em ladrão e acha normal.Que se f..

            1. Júlio, calma…Eu sou atleticano votei no João Leite por deduzir que “talvez” seria o menos pior…O que eles quiseram expressar é que talvez parte da torcida do Cruzeiro levou o tom da política e de seus representantes para o lado do futebol, e não votaram, anularam, votaram em branco ou se abstiveram…elegendo o candidato Alexandre Kalil…
              O que o autor do blog não levou em consideração na sua análise é que o João Leite parece ter uma rejeição muito grande de maneira geral, por ter participado Comissão de Direitos Humanos…é isso ficou como uma mancha na sua vida pública.

        1. O pior e votar em candidato que liberta bandido da cadeia…… prefiro votar naquele que por algum momento como empresário não conseguiu arcar com suas obrigações. e me diz que você nuca deixou de pagar o IPTU alguma vez na sua vida.

          1. IPTU, nunca. Outros impostos, sim. Mas não sou agente público. Isto faz TODA diferença, né? Não vou cuidar do dinheiro da população.

      2. Qualquer simpatizante de esquerda ( PT, PSOL, PC do B ) votou 31 ou Nuno, sendo ele atleticano ou cruzeirense.

        Muitos atleticanos votaram no Kalil : afinal ele vai pagar a divida do galo, construir estádio, tomar a força o Diamond Mall , contratar o Messi , substituir o pirulito da Praça 7 por uma estátua do Ronaldinho, mudar o nome da Afonso Pena para São Vitor e ser bicampeâo de alguma coisa !!!!

        Muitos atleticanos votaram no Nuno, não pq eles são marias tresloucadas, mas talvez pq estejam de saco cheio de politica e dos dois candidatos falastrôes ( João Leite fica péssimo neste papel )

        Muitos cruzeirenses votaram no Nuno pelo mesmo motivo dos atleticanos.

        Muitos cruzeirenses e também atleticanos votaram no Kalil sim, seja pelos motivos acima ou por acreditar que ele pode fazer melhor ( e se olhar para o João Leite percebe-se que isso não é muito difícil )

    1. Vai sofrer porque? Como você sabe disso? Simplesmente por ter sido covarde na eleição? Simplesmente porque você é o dono da razão? Se não for a seu gosto esta errado é isso! Porque um bocado tomou a atitude certa de não votar se sentir que não será representado pelos candidatos, você acha que uma mudança é errada! Tem medo de mudar? É covarde ao ponto de não tentar? Então se feche em sua coxinha e se frite sozinho!

  2. Quem já ouviu esse Kalil falar, defender suas idéias, e não o viu em pronunciamentos de campanha pode acreditar que Minas elegeu um destemperado turquinho. Um bobão que se acha a última bolachinha do pacote. Quem o ouviu falando depois de eleito acha que é um dissimulado. De qualquer forma fica apenas uma certeza: que escolha fez BH, heim?!

  3. Disse-me alguém, que o povo esta aprendendo a votar, retruquei dizendo que infelizmente o povo está pior que antes, na minha opinião mais bestializado . Abster-se, não é, nem nunca foi sinal de sabedoria, significa que; para estas pessoas, pouco importa, ou seja, sendo bom ou mau o governo para elas é indiferente. Mas, estas mesmas pessoas depois vão querer ir pra rua pra cobrar providências e ai reside um grande problema. Quem se abstém, deixa de expressar sua vontade, sua opinião, deixa de colocar lá no comando a pessoa que ela quer que esteja lá e não o outro lado que não representa a sua vontade. A partir disso, não terá direito a reclamar, não pode cobrar, não pode exigir, deixou de votar…. O povo apesar de todos os recursos tecnológicos a seu dispor anda meio avesso a pensar. Eu por um momento acreditei (também) que isso iria mudar nesta penosa mudança de governo. Hoje tenho a certeza que me enganei e muito.

  4. É mostrado nas eleições mais uma vez, que nunca se deve entrar nos méritos dos ataques de adversários . Contra-atacando é perda na certa.Nenhum dos candidatos apresentaram um plano de administração à altura do que Belo Horizonte precisa. Quase se engalfinharam nos debates. Coisa feia , sem nenhuma ética . Pelo andar da carruagem , vamos ter uma Belo Horizonte aos moldes Kalil. A justiça vai ter muito trabalho para os próximos quatro anos , e os eleitores que anularam voto ou não foram às urnas , irão chorar de arrependimento por quatro anos .

  5. O Nuno merece mais respeito . Estamos chegando a uma hera em que o eleitor não e mais burro . Ele sabe que existe uma opção para se manifestar , não por obrigação elegendo quem ele não deseja . sabemos que uma verdadeira democracia não obriga o seu eleitor a votar .
    O nuno pode colher consequências do candidato atual agora, mas espera uma mudança na esfera politica e eleitoral , para que quando isso aconteça, ( candidato a qual não se identifique surja ,) deseja possuir ferramentas para tal !
    O nuno realmente elege-o o menos pior , por isso não foi as urnas votar no João Leite , e permitiu a eleição do Kalil .
    O nuno agora quer maios que isso . Aguardem ! O Nuno está só começando!
    O processo é a médio e a longo prazo, mas os ” políticos de verdade” e seus militantes estão assustados com o nuno . Ou melhor nulo !

  6. O Nuno venceu e a birra também teve bastante voto. Não entendo. O Lula fez muito mais mal ao Brasil (além de ter inventado aquela “coisa”) e enganou muito mais gente e o Aécio é que paga? A neurose coletiva contra Aécio é tão grande que os petistas nem sabem direito descrever o que eles tem contra. Eles não sabem materializar os “crimes” como que sabemos sobre o Lula Qualquer fofoca mal intencionada eles a elevam como verdadeira e detonam aos 4 cantos do mundo.
    O nosso Odorico Paraguaçu não paga IPTU ha 15 anos, tem vários processos trabalhistas nas costas (ele mesmo assumiu isto nos debates), é um cara que parece não ter respeito pelo próximo e pelo jeito, nem pelas leis. Sei que tem muita gente que se identificou com este lado negro e votou nele. Mas a nivel de Brasil, o PT foi simplesmente varrido. Está sendo varrido pela Lava a Jato e pela população. Esta foi a melhor noticia, depois do impeachment daquela mulher. Só falta agora os petistas dizerem que foi golpe da população.

  7. “O nuno é burro!” pode externar a frustração de quem perdeu e por isso não levou.
    Se o Nuno ganhou, ainda que não tenha levado, traz reflexões.
    Burro é quem ignora.

  8. Opinião é opinião! A minha leitura é diferente. O voto nulo ou branco é uma escolha democraticamente válida. Entre um ruim e um péssimo, ninguém é obrigado a escolher o menos pior. O voto é um “direito” do cidadão e, por isso, devemos votar naquele candidato que representa nossos princípios e nossos ideais. Votar nulo é uma forma de protestar, é uma forma de dizer que uma parcela da população não se sente representada por nenhum candidato, é dizer que o voto obrigatório é uma violência à democracia, é fazer valer seu direito de não escolher. Votar nulo ou branco não é ficar “encima do muro”, pelo contrário, votar nulo é posicionar-se contra o sistema e suas mazelas. Os números não mentem e mandam um recado. Mas cada um entende como quiser.

    1. Concordo plenamente! Não votar nem em um e nem em outro é um opção de quem não sente representado por nenhum dos dois e não os quer no governo! Está no seu direito democrático!

  9. O povo está sim aprendendo a votar. O resultado da eleição mostra que a maioria não deseja nem um nem outro. A legislação eleitoral não permite se anular uma eleição através do voto, ou seja, um tem que vencer. Ora, para que perder um domingão com a família se não queremos nem um nem outro, mas um ou outro vai ser eleito de qualquer forma? Ou então votar nulo, que significa não quero nem um nem outro. Branco, tanto faz. a luta então seria para mudar a legislação eleitoral e, para situações como esta, a eleição seria anulada e seria convocada uma nova eleição onde os candidatos não poderiam ser os mesmos. No entanto, não acredito que nosso congresso tenha interesse numa mudança como esta. Voto, então, curtir minha família e não perder tempo votando no menos pior. Finalizando, os dois perderam, como Dilma e Aécio perderam, uma vez que grande parte da população não queria nem um nem outro, e deu no que deu. Abraços.

  10. Senhores, votei no Nuno sim e não concordo que devemos escolher alguém quando não temos ninguém para escolher. Entre o sujo e o mal lavado, para mim, não serve nenhum dos dois. Este modelo de Democracia é um lixo. Te colocam na ilusão que estamos escolhendo alguma coisa. Se vocês tivessem que escolher entre um engenheiro mecânico e um advogado para fazer uma cirurgia, quem vocês escolheriam. Nenhum dos dois não é? Pois é, esta é a nossa realidade, não temos verdadeiros POLÍTICOS, para escolher. Este é o problema e a situação atual. Agora se preferem ficar na ilusão, escolham quem quiser e nos deixem no direito de escolher o Nuno. Isso tem que mudar, precisamos de verdadeiros homens e mulheres com formação e inteligência comprometidos com a condução dos demais.

  11. Comentário idiota de um imbecil.Arrojado em que ? Elegeram um imbecil que não paga iptu,funcionários e 300 processos nas costas.Deixa de ser ignorante seu imbecil.Entre esses 700 mil estão cruzeirenses,atleticanos e e outros que deixaram de eleger um candidato menos ruim que o Latil e honesto ao contrário do patife eleito.Que se foda a população de BH,principalmente imbecis que votaram em Latil e os que anularam,votaram em branco ou se absteram.

    1. Concordo plenamente Júlio. Oh povinho burro pra votar !O atleticano votou no imbecil ex dirigente sonegador.O cruzeirense preferiu não votar em nenhum dos ídolos galináceos.Pagamos todos !

  12. Perfeito. A eleição americana sempre tem mais de 50% de não votantes e ninguém fica de mimimi, falando em falta de representatividade ou de “necessidade de rediscutir a democracia, o processo eleitoral, a politica e etc…”
    Quem quiser, vai lá e vota. Se não quis votar, não fique reclamando.
    Em 2014, tivemos eleições também com alto índice de abstenções, nulos e brancos, pouco menos de 1% menor que a eleição agora.
    Mas, como a vitória foi da Dilma e do PT, não incutiram a ideia de suposta falta de representatividade que forjaram na eleição onde a esquerda fracassou.
    Democracia é isso mesmo. Quem não quis votar, exerceu seu direito, assim como quem quis. A reclamação é improcedente.
    Quando eu não quiser votar em ninguém, vou exercer esse direito e não ficarei reclamando do processo democrático, com esse falso ar superior que os pseudo intelectuais exalam para tentar depreciar o que não lhes agrada.

  13. Como assim! Claro que aqueles que votaram no Kallil venceram, ou será que perderam? A propósito dos que perderam, vale compreender, palavras do Aécio, que o projeto era apenas o de fazer o PT desaparecer, e mais nada; logo, revelado e esvaziado o motivo, o PT morreu, vale especular sobre os próximos passos do senador por Minas para se manter e continuar vivendo da política profissional, afinal de contas ele nunca fez outra coisa. Uma saída possível: postular a vereança por Contagem na próxima legislatura, onde deu PSDB, pois na plano nacional a vez é do Alckmin.

    1. Todas as opiniões acima ,como o texto em sí, é um monte de merda, revejam o texto e a opinião de cada um, parem de perder tempo palpitando texto de tendenciosos. Babacas.

  14. Eu vejo gente criticando o Kalil eu não sei se eles tem bola de cristal ou gosta de sofrer por antecedência. O Kalil não é tão besta como pensa alguns. Quem derrotou joão leite foi aecio neves, ele não deveria ter aparecido com aecio nas propagandas politicas. Se aecio neves candidatar novamente será derrotado em Minas.

  15. E interessante como quem tem opinião formada a expressa de forma clara e chamando o leitor à reflexão (como o Mateus, Andre Fonseca, Vitor Diniz e muitos outros). Os que não tem opinião ou não sabem expressá-la se limitam a atacar a opinião dos outros sem nenhum respeito ou compostura.
    Mas é melhor ler estes disparates que ser analfabeto.

  16. Ao contrário do que se imagina, ou escrevem, o NUNO foi um recado muito bem dado ao Senador Carioca, Eleito por Minas: “não aceitamos Lula, mas também não aceitamos VOCÊ!”. Achincalhar e rejeitar o Aécio Neves não é exclusivamente atitude de petista ou “esquerdopatas”. Todos sabem que o playboy “vaselina”, se não tivesse um amigo do calibre do Gilmar Beiço de Mula Mendes, estaria sendo investigado se não fosse da turma dos “Brindeiro’s” da Direita.
    Pela primeira vez, leio um texto sensato, apesar de não concordar com a habitual ofensa do escritor aos que não compactuam com seus pensamentos elitistas ou de direita “vou ver”.
    Digamos não ao Lula e sua gangue, mas também um NÃO a Aécio Neves e seus lacaios. Por um Brasil, realmente, livre da corrupção.
    Saúde e Paz!

  17. “…O Nuno é a mais ineficaz demonstração da soberania popular. Vence, mas não leva. O Nuno é burro…!

    Permitam-me discordar, sem ódio, sem rancor, somente com ideias ok?

    Vejamos por um outro ponto de vista:

    O Nuno pode não ter um impacto ativo e instantâneo sobre as eleições, mas dizer que ele é ineficaz é um grande equivoco, pois o político eleito, (não o vencedor), entra sabendo que sua rejeição é muito maior do que os votos que o elegeram, e um bom político dará aos eleitores do “Nuno” o seu devido valor, pois um mandato ruim pode fazer que o “Nuno” leve o restante dos votos que o elegeram e entregando a eleição (não há vitória) a outro candidato. Mas também pode fazer uma ótima gestão fazendo que os eleitores do “Nuno” resolvam assumi-lo como candidato.

    Por isso acredito que se abster em uma eleição é dar valor a seu voto, dizendo que se não há ninguém que o represente, os candidatos que sobraram que lute por seus eleitores.

    “…Bem, aí a maioria tem de crescer e superar a birra, pois o Nuno certamente não é a solução para os seus problemas existenciais…”

    Para os eleitores do “Nuno”, eleger um ou outro candidato pouco importa, pois não acredita que há um menos pior, não acredita que nenhum deles “é a solução para os seus problemas existenciais”, assumiram a posição de que não há candidato que o represente, aceitando democraticamente, que está a viver por mais um mandato, uma política que não condiz com suas diretrizes pessoais, permitindo então que os eleitores que se setem representados que elejam seus candidatos.

    Fiquei muito feliz com estes números e vejo claro amadurecimento político, onde não exerceremos mais uma democracia forjada onde nos obrigam a escolher aqueles que só tem interesses próprios.

    Mas se nossa abstenção nos leva a ter que tolerar esses políticos, pois foram eleitos com os demais votos, que aceitemos democraticamente. Esperando um dia que alguém a altura mereça o nosso voto.
    ============================================================================
    DEMOCRACIA (significado)
    “..regime em que há liberdade de associação e de expressão e no qual não existem distinções ou privilégios de classe hereditários ou arbitrários.”
    ============================================================================

    Essa é apenas uma postagem que acrescenta a de outros comentaristas da matéria que compartilham do mesmo sentimento.

    Abraços

  18. Votos Brancos = 72.131
    Votos Nulos = 230.951
    Total de Nunos = 303.082
    Abstenção = 438.968 (Pessoas que estão viajando, morando em outras cidades, estados, Países etc..) Não tem como saber em quem eles votariam ou não… então não entra na soma dos “Nunos”..

      1. O pessoal da Justiça Eleitoral acredita que essa abstenção se deve a problema de cadastros desatualizados. Faz sentido, pois o percentual é parecido da última eleição.

  19. Gostei do texto. Expõe, como foco central e de forma concisa, apesar de discordar dos que assim agiram – a favor do Nuno -, uma conclusão primordial: o povo cansou (já há muito), mas agora há um senso coletivo maior nesse cansaço. Não precisa ser nenhum historiador para concluir que a democracia, nesses moldes, é apenas um embuste. Que mais pessoas caiam na real. Antes tarde do que nunca.
    Ps- vi gente acima defendendo o Aécio Neves. É o cúmulo! Aliás, defensores de políticos, nesses moldes. O Aécio precisa cair na real que o povo da segurança não vota nele. Da educação muito menos. Saude? Não mesmo! Quer dizer, o eleitorado que realmente vota nele está diminuto. E a cada eleição cai mais. Pois este senhor não serve nem pra tirar a mulher mandioca do planalto Se o Alckmin tivesse se candidatado, talvez ganharia. Mas daí eu seria do time do Nuno. Porque há muito me enculca que nesse molde politico/democrata, os cidadãos comuns são apenas contribuintes.

  20. Eita dor de cotovelo. As viúvas do Aecim e do Asia. Que beleza. Levaram fumo junto com Pinto Coelho, o apagado Vice Governador, o ainda Prefeito e seu procom Malhado. kkkkk. Faltou os querrelas do pó! O Kalil sozinho enterrou um monte de resto.

  21. Os números são apresentados da maneira que convém quem os utiliza. Assim como na eleição da Dilma em 2014 se engana quem soma votos, brancos, nulos e não comparecimentos. Temos a certeza de que todos que não votaram o fizeram por não ter candidato? Com certeza não! Entre eles estão idosos, enfermos, pessoas fora do país, e muitos outros com diversos motivos que não esse de Nuno. Se quiséssemos somar os ausentes aos brancos e nulos poderíamos fazer a seguinte conta: Número de não comparecimentos em % – Média de não comparecimento as eleições passadas em % + brancos % e nulos %. (ainda assim seria uma realidade distorcida, porém mais próxima da realidade). Campanha pelo fim do voto obrigatório (democracia Já).

  22. Prezado;

    Na minha opinião, a discussão sobre o Nuno é um pouco maior do que essa. Existem “n” fatores para a vitória do Nuno, sendo que você explicou só uma delas. E (in) felizmente foi uma tendência no pais todo. Pode ser um recado de como tão baixa está a nossa classe política. Descobriu-se que não votar não da em nada e sai barato. E a questão do voto obrigatório? Nenhum dos paises “democraticamente” mais avançados usa essa técnica, onde votar deveria ser um direito, não um dever. Enfim, cada um deve analisar na melhor conjectura de seus conhecimentos e entendimentos e não se deixar influenciar por analistas políticos, especialistas políticos ou bloguers.

  23. Primeiramente, quero dizer que o tal do Obede veio ofendendo os cruzeirenses. Obede, querido, vá ensinar seu pai (e mãe) a fazer filhos e colocar nomes nos mesmos. Obede…fala sério, melhor seria, O Bode.
    Como o André Fonseca comentou, acho também que quando o eleitor diz “não quero nenhum dos dois”, a eleição deve ser anulada e novos nomes apresentados. Anula-se essa e marca-se uma nova para daqui a um mês por exemplo.
    Votar numa pessoa que diz ignorar os políticos, mas pratica a mesma até com maestria, que tem ene processos no lombo, que não recolhe direitos de empregados, que não recolhe impostos é no mínimo uma grande falta de preparo eleitoral ou cegueira e surdez juntas.
    Kalil foi eleito pelo torcedor do time dele que não sabe e no meu entender não poderia ter direito de voto (inclusive muitos cruzeirenses, em se falando de Minas Gerais). O título de eleitor é um documento muito sério que não deveria ser concedido a qualquer um. Voto de qualidade. Isso faltou em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.