A lavanderia que une São Bernardo a Ribeirão Preto

Lula e Palocci possuem negócios diferentes, sim. Mas surpreendentemente ultra-bem-sucedidos e regiamente pagos pelos mesmos clientes.

George Esteves Casaes, contabilista e advogado dos melhores, amigo deste Blog e do blogueiro
George Esteves Casaes, advogado e contabilista dos melhores; amigo deste Blog e do blogueiro

A lavagem de dinheiro pode ser definida como uma forma de usar meios lícitos para se ocultar um bem ou dinheiro ilícitos; daí a expressão que tenta ilustrar “limpar a sujeira”. Pois bem.

Lula, o Instituto Lula e o próprio PT orgulham-se da bem sucedida carreira de palestrante do ex-presidente, onde ele recebeu por “palestras prestadas” para a Odebrecht e outras empreiteiras amigas. Ora, além de serem as palestras mais caras do mundo, surpreendentemente não apresentam quaisquer folder, convite, fotos do evento, filmagens ou mesmo míseras postagens de Instagram de um fã qualquer do notório palestrante; nem mesmo as reservas dos auditórios existem.
Resumem e reduzem o discurso à apenas que “receberam por tais palestras, registraram na contabilidade e recolheram os devidos impostos”. Palestras estas que, repito, não foram registradas por ninguém, em pleno século das selfies. É o tal uso dos meios lícitos, citado logo no início deste texto.
Além de estranho, é também de se questionar que, mesmo que houvesse os registros das tais palestras — o que não há, repita-se sempre — ainda assim seria uma forma fácil de “lavar o dinheiro” para o devido pagamento do Mr. Palestra Molusco Nine Fingers. Das duas uma: ou eu sou muito maldoso ou sou muito criativo. Refletirei…
Por fim: Palocci, antes de se tornar ministro de Dilma Rousseff, faturou cerca de R$70MM em contratos de consultoria. Para quem é do ramo, sabe-se o quanto são absurdos estes valores. Sugestão: Que tal investigar quais clientes pagaram, e verificar se estes clientes mantinham contratos junto ao Governo Federal? Mais. Estes mesmos supostos clientes doaram algum dinheiro ao PT? Ou ainda; sofreram alguma autuação fiscal bilionária, que foi parar no CARF, e teve a multa cancelada?
Coisas para se pensar na cama, antes de dormir. Ou bem acordado, tomando uma pra relaxar!
Por George Esteves casaes

15 comentários em “A lavanderia que une São Bernardo a Ribeirão Preto

  1. Exato Dr. George Casaes! Palestras que ninguém registrou! Selfie … vídeos … coisas comuns no mundo atual ! Mas ninguém tem ! NINGUÉM!!!!!

        1. Este Ricardo e outros pilantras amigos, são na verdade verdadeiros desocupados, safados e bandidos, alem do mais são usuários de drogas. E este site é ainda pior por estar publicando merdas que são escritas por estes irresponsáveis. No lugar destes idiotas, procurava dar um tempo nestas burrices e meditava bastante antes de voltar a publicar estas inverdades, entenderam?

    1. Quando leio o nome do Pimentel em qualquer lugar, automaticamente lembro do servidores públicos e dos pobres, principalmente os de espírito, que votaram nele, coitados. Votaram nesse ladrão estadual, porque o partido do Aécio não dava aumento de salário. Que engano meu Deus, agora, nem o salário estão recebendo. A única coisa que posso dizer é, bem feito.

  2. Este blogue lavai de mal a pior, antes era aquela coisa repetitiva e incansável perseguição ao PT, coisa de quem foi molestado quando criança por um petista. hoje é baba ovo de advogado. Você Ricardo é um oportunista e puxa saco na espera de benefícios, você se iguala ao PT que tanto critica, vai cassar um serviço e andar de cabeça erguida deixe de ser um parasita porque ninguem vai servi de amoletas para você andar.

  3. Se duvida, faça uma enquete, da seguinte forma. Pergunte a várias pessoas aqui no Brasil e de diversas classes sociais, qual delas teria coragem de assistir a uma palestra proferida pelo Lula. Lembrando que, não pode incluir mortadelas nessa seleção. Você sabe, mortadelas são aquelas figuras sem noção, são fáceis de identificar. O resultado não vai te surpreender. Eu gostaria muito de ver o Lula fazendo palestras em algum presídio do país, mas como prisioneiro. Só assim, a justiça será feita. O dinheiro roubado por ele, nós podemos esquecer, tem um pouco na Venezuela, outro tanto no Uruguai, uma parte bem grande em Cuba. É igual cinza de defunto cremado, não dá pra recuperar.

  4. O PIOR DE TUDO ISSO É QUE EU TENHO QUE VOTAR SEMPRE NO MENOS PIOR, NUNCA VOTEI EM ALGUÉM QUE REALMENTE TIVESSE COMPROMETIDO COM A COISA PÚBLICA. ATÉ QUANDO? SÓ O DIA QUE O POVO REALMENTE LUTAR PELO BEM COMUM E EXIGIR DE TODAS AS FORMAS POSSÍVEIS DESSE BANDIDOS DE COLARINHO BRANCO QUE CUMPRAM O QUE PROMETEM, MAS NÃO SINTO ISSO NO POVO BRASILEIRO, É UM UM POVO MORNO E SEM EXPRESSÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.