O Brasil precisa de mais “Sérgios Moro”.

Só um judiciário técnico, veloz e rigoroso, donde não se admite impunidade ou compadrio, é capaz de salvar o país.

De Justiça?

Depois da covardia e da violência à Constituição protagonizada pelo presidente (à época) do STF, Ricardo Lewandowski, durante o julgamento da ex-presidente, a criminosa afastada pelo Senado Federal, Dilma Rousseff, quando rasgou a lei, em conluio com o presidente do Senado Renan Calheiros, e fatiou o julgamento, hoje experimentamos mais dois eventos inaceitáveis num país que se pretende um Estado Democrático e de Direito.

O STJ, na falta de previsão legal na Constituição do Estado de Minas Gerais; na falta de previsão legal na Constituição Federativa do Brasil, resolveu criar uma lei — como se fosse sua, tal prerrogativa — para impedir que Fernando Pimentel, governador petista de MG, não seja processado e imediatamente afastado do cargo, transferindo, à Assembleia mineira, o poder de autorizar ou não à justiça cumprir o seu papel. Um espanto!

Já na Suprema Corte, num evidente jogo de interesses ideológicos e políticos, numa prova de que, para certos ministros, o Brasil e sua gente sofrida pouco importam, o pleno decidiu por manter a possibilidade de prisão de um condenado já a partir da sentença proferida em segunda instância. Ufa! Foi por pouco. Por muito pouco, já que Dias Tofolli cumpriu o seu papel e foi outra vez Dias Tofolli. Escapamos de permanecer à sombra da impunidade eterna. Escapamos de ver a Lava Jato afundar nas cinzas da corrupção.

O país precisa urgentemente de mais juízes como Sérgio Moro. Em todas as instâncias. Sobretudo nas duas mais elevadas, STJ e STF. Do contrário, estaremos sempre sujeitos aos rompantes de um Ricardo Lewandowski ou aos humores do dia de um Marco Aurélio Mello. O Brasil precisa sair deste mar de lama. O Brasil precisa encontrar o rumo da justiça. O Brasil precisa ser justo, afinal!

Leia também!

 

One thought to “O Brasil precisa de mais “Sérgios Moro”.”

  1. muito objetivo e claro, o que necessitamos tb é a punução para os integrantes da mais alta corte que provaram ser tb praticarem delitos e dos grandes.
    vai ficar assim, faça o que mando e não o que faço !!!!!! qual é a moral de um julgador se comete crimes e de lesa pátria….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.