Epa! Parem tudo. Os americanos foram assaltados, sim.

Vou apanhar como um cão sarnento, mas não me furto a remar contra o consenso se eu entender ser assim o correto.

Pois é. Escrevi um post mais cedo que pretendia ser o único do dia. Até desejei-lhes um bom final de semana. Mas acabo de ler algo extremamente curioso e que me despertou enorme vontade de compartilhar. Como bem diz o meu “mini curriculum” de apresentação do blog, logo após aquele retratinho maravilhoso, sou inquieto e irrequieto. Não caibo em mim! Então sigamos…

Os nadadores americanos prestaram depoimento à justiça, certo? Foi amplamente divulgado pela imprensa tupiniquim, a partir das informações dos delegados responsáveis, que admitiram tratar-se de uma farsa a história do assalto. Hoje, o mentor da lorota, o atleta que já havia retornado aos EUA, soltou um comunicado “meio sim, meio não” falando em falta de sinceridade e irresponsabilidade. Pois bem. Vejam agora um trecho do comunicado oficial do Comitê Olímpico americano, onde pede desculpas pelo ocorrido:

…”Eles pararam num posto de gasolina para usar o banheiro, onde um deles cometeu um ato de vandalismo. Uma discussão entre os nadadores e dois seguranças que puxaram suas armas, mandaram que saíssem do táxi e exigiram uma compensação financeira dos atletas. Uma vez que os seguranças receberam o dinheiro, os quatro foram liberados para ir embora…”

Vejam o vídeo a seguir, especialmente aos 30 segundos em diante:

http://www.kctv5.com/clip/12672721/us-olympic-committee-apologizes-for-swimmers

Bem, eu não sei o que vocês pensam, mas quando um segurança privado, portando uma arma me exige dinheiro, eu me sinto, sim, roubado. Se eu causo algum dano privado cabe à segurança local, no máximo!, me reter até que a polícia se apresente para as providências de praxe. Geralmente um boletim de ocorrência. Daí, caso o estabelecimento decida me cobrar e eu me negue a pagar, existe um negócio chamado judiciário onde a pendenga será resolvida. Agora imaginem vocês se a moda pega?!? Bateu no meu carro e eu saco minha arma e exijo pagamento imediato pelo dano. Foi isso o que ocorreu no posto! Ao menos é o que está escrito na nota americana baseada no depoimento dos moleques. Foi assalto, sim, senhor!! Aqui um link confirmando:

http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/seguranca-apontou-arma-contra-nadadores-envolvidos-em-vandalismo-em-posto-de-gasolina-diz-policia-18082016.

Tenho a impressão que já deu! A história acabou. Game over, como dizem os americanos. Não vejo disposição de ninguém render ainda mais este assunto. Mas a ter acontecido como descrito pela nota, sinto muito em nos informar, mas… Os caras foram roubados! Não pela forma tradicional a qual estamos acostumados. Mas, sim, de uma forma alternativa, e nem tão incomum assim. Vira e mexe, e ficamos sabendo de casos semelhantes em boates onde os seguranças exigem pagamentos absurdos de clientes que perdem as comandas de consumo, e são obrigados a deixar as calças para não apanharem ou coisa pior.

Numa terra onde o Estado se ausenta a justiça tende a ser feita à sua revelia. Daí para o justiçamento é um pulo. O qual já demos há muito tempo, aliás. Os linchamentos que nos digam!!

Pronto! Podem começar a me bater…

56 comentários em “Epa! Parem tudo. Os americanos foram assaltados, sim.

  1. Pensei a mesma coisa qdo vi os vídeos. Segundo os seguranças e o rapaz que serviu de intérprete em nenhum momento alguém encostou neles ou exigiu qq coisa, mas vc está num país estranho, com uma fama terrível, não fala uma palavra do idioma local vê dois homens armados te impedindo se sair, o que vc pensaria?? Aquela cena me deixou incomodada. Enfim a verdade só eles sabem!

    1. Concordo! Os seguranças deveriam apenas reter os indivíduos e chamar a polícia. Somente o Estado tem o direito e o dever simultâneo de resolver essas questões. Não podemos permitir justiça com as próprias mãos.. Eu conheço de perto vários casos desse que terminaram mal. Um deles terminou em tragédia e a vítima era inocente. Foi executado a sangue frio confundido com um criminoso. E essa tragédia causou uma ferida que nunca cicatriza na família da vítima. Na hora da raiva o ser humano perde o raciocínio, a razão, e quase sempre termina mal. A polícia, a justiça e o estado é quem, e somente quem deve julgar e punir.

    2. Quem se ofereceu para pagar foram os americanos…para nao dar merda vendo que ja estavam na merda…tem testemunha (o cara que falava ingles)…os outros americanos tambem confirmaram isto em depoimento…por que temos que achar que sempre somos pior? Isto eu chamo espirito de “pobrinho” …

  2. Pode ficar tranquilo amigo colunista, ninguém vai te atacar ou te bater… Você apenas deu sua opinião sobre esse assunto e ademais, ninguém te conhece, você não é “ninguém” e por fim, parece apenas mais um jornalista sem expressão justamente tentando fazer uma polêmica pra ver se consegue seus 15 minutos de fama. Abraços…

    1. Angelo, não sou jornalista. Como você disse, sou um “ninguém”. Já sobre 15 minutos de fama, dizer o que a você? Muito obrigado, ué!

    1. Fizeram tudo isto, sim. Mas e daí? O que ocorreu depois é assalto, ao menos no documento OFICIAL do Comitê Olímpico Americano. Foi o que ocorreu? Sei lá… Mas é o que está escrito e que não foi rebatido.

  3. Não vou me estender. Vc é burro. E é esse xingamento que vc quer. Pois é inteligente e se disfarça de burro pra ganhar dinheiro porque não é inteligente o suficiente para ganhar dinheiro de outra forma.

  4. É meu caro, é muito fácil acusar sem pleno conhecimento dos fatos. Pelo que sei os ditos gringos, não estavam a fim de esperar a polícia e, salvo juízo em contrário, foram eles que se ofereceram para cobrir a depredação fo patrimônio alheio. Mas existem alguns brasileiros que sempre preferem exaltar os feitos de estrangeiros, essa é avids

  5. O crime previsto no art. 157 do CP diz em claras letras que incorre em roubo aquele que subtrai coisa alheia móvel, rave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência. Os seguranças, os intimidaram para ficar no local até a chegada da polícia e, tomando por base o depoimento dos próprios nadadores, eles não queriam que as autoridades os pegassem, perguntando e negociando o valor a pagar para se ver livres. A analogia com um acidente de trânsito, não faz o menor sentido, meu jovem, por que não existe crime de dano culposo ( a não ser que você bata no carro do outro de propósito) se acaso for, justifica o uso da arma a fim de coagir a pessoa a manter no local dos fatos a espera da polícia. Não vou bater em você, só vejo que a sua versão não se adequa a realidade dos fatos.

  6. Você publicou sem se informar, pena. Se se informasse direito, veria que foi dada a opção aos nadadores de aguardar a polícia para fazer o BO ou eles ressarciam o posto pelos danos. Preferiram a segunda opção para não perderem tempo esperando os policiais. A arma foi sacada porque tentaram se evadir do local. Qualquer estabelecimento que seja vítima de vandalismo tem direito a ressarcimento pelos vagabundos, de uma forma ou outra. Quando a imprensa deixará de defender vagabundos e irresponsáveis em geral? Só políticos merecem ser enquadrados?

    1. Leia o texto direito! Leia o comunicado OFICIAL americano de acordo com o depoimento dos atletas. Agora uma dúvida: eu não sei disto, mas você diz que a arma foi sacada pois tentaram evadir do local? Ok! E seguranças podem fazer isto?

        1. Celio, todos assumiram onde? O depoimento, segundo o comunicado OFICIAL do Comitê Olímpico Americano, de acordo com os DEPOIMENTOS prestados, diz que seguranças armados exigiram dinheiro para liberar os imbecis. Não sou eu quem pensa, é o que consta!

          1. Agora o comunicado do comitê americano vale mais que a palavra das testemunhas? Como se eles não fossem proteger ou minimizar a culpa dos seus nessa hora e salvar a honra americana? Tenha dó, seus argumentos são ridículos. Qual a melhor forma de impedir um vagabundo de se evadir do local de um crime, com um mata-leão? talvez um bastão de beisebol? A reação foi perfeitamente legítima, e nos EUA não teriam nenhuma restrição em reter vagabundos da mesma forma.

  7. O que saiu na imprensa é que a arma foi mostrada para intimidar e segurá-los no local. Acionar a justiça para exigir resssarrcimento de dano causado por estrangeiro que sairá do país em breve é falácia. Não seriam indenizados pelos danos. Admitindo qualquer crime, pode ter ocorrido “exercício arbitrário das próprias razões”, mas, não roubo.

  8. Beleza. Eles foram assaltados. Mas e o posto e seus funcionários? Estavam errados desde o início? Tudo começou com a boa e velha arrogância americana. Vi um artigo no Washington Post que falou a coisa mais certa da história: era só eles serem sinceros, falarem que estavam bêbados, arrumaram uma confusão num posto (da qual talvez nem tenham muitas lembranças pelo álcool) e depois viverem a vida. Pq, nada me tira da cabeça que eles deprederam o banheiro confiantes na impunidade, o que talvez seja pior do que a mentira… Imagina se vira moda (ou continua sendo?)

    1. Rafael, bem feito para os imbecis dos atletas! Deferiam ter tomados uns cascudos também. Mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Seguranças armados não podem deter ninguém, muito menos extorquir. Este é o ponto! Se foi isso que aconteceu, e parece que foi, os caras de fato foram assaltados. Mas que se danem e deixem de ser idiotas, né?!?

  9. Concordo! Os seguranças deveriam apenas reter os indivíduos e chamar a polícia. Somente o Estado tem o direito e o dever simultâneo de resolver essas questões. Não podemos permitir justiça com as próprias mãos.. Eu conheço de perto vários casos desse que terminaram mal. Um deles terminou em tragédia e a vítima era inocente. Foi executado a sangue frio confundido com um criminoso. E essa tragédia causou uma ferida que nunca cicatriza na família da vítima. Na hora da raiva o ser humano perde o raciocínio, a razão, e quase sempre termina mal. A polícia, a justiça e o estado é quem, e somente quem deve julgar e punir.

  10. Não houve violência, portanto, não foi roubo. A arma foi utilizada para intimidar os vandalos a ficaram até a chegada das autoridades mas eles entraram em um acordo. Porém, esses filhinhos de papais, ficaram, irritados por alguem terem corrigidos e nem reconhecer quem eles eram.(no depoimento eles se apresentaram como campeoes olimpicos para o gerente). Para tal infantilidade, trataram de se vingar, tentando manchar o nome do Brasil e deram um falso depoimento e que tiveram seus pertences roubados e foram abordados por falsos policiais. O proprio presidente do comite olimpico dos EUA, reconheceu esse ato infantil e pediu desculpas e foi instituido a multa de 11 mil dolares. Aqui vc fica defendendo eles, porém nos EUA, fizeram cartazes do Lochte com o LIAR LIAR. No posto o acordo foi de 100 reais para os custos do vandalismo e agora vai ter que pagar 11 mil dolares e fora a mancha na sua carreira.

    1. Marcos, primeiro que não estou defendendo ninguém. Segundo, basta ler o que eu escrevi e ver que você está comentando algo diferente do que está em questão.

      1. Ricardo, se sua conclusão é que eles foram roubados, vc está defendendo a acusação dos americanos. Claro que agora, já está desmentida e foi feito novo depoimento. A sua idea de que o conceito de ser roubado porque houve uma arma que intimidou os vandalos não faz sentido, pois o uso foi para a retençao de um ato de vandalismo em um local privado até a chegada de um policial. Os vandalos fizeram acordo e pagaram miseros 100 reais mas o sentimento deles de serem humilhados que levaram eles a vingar mentindo pra policia. Então a sua idea de que toda vez que alguem usar uma arma para conter ações de vandalismo seria roubo. O outro exemplo da comanda ou batida de carro, entra em questao se o ato é voluntario ou acidental. No caso dos americamos, o ato nao foi acidental.

        1. Marcos, por partes: há vídeos diversos mostrando que o que você diz não é verdade. Um segurança, após eles terem quebrado o banheiro, se dirigiu ao táxi onde estavam, arma em punho e os obrigou a descer. Ou seja, não foi para impedir nada. E ainda que fosse! Para um estabelecimento comercial poder empregar seguranças armados é necessário pedido, registro e autorização prévios. Ainda assim, estes seguranças não possuem poder de polícia. Eles não representam o Estado. Portanto, jamais poderiam deter ninguém. Muito menos usando arma de fogo. Note: os seguranças não estavam protegendo o patrimônio nem a integridade física de ninguém! Continuando… Coloque-se na situação dos manés: país estranho, perigoso, fez merda, arma na fuça. E aí? Se negaria pagar pelos tais prejuízos? Só se você fosse bobo, né? Claro que os caras foram extorquidos, pô! Por que negar isto? Bem feito para os babacas, mas fingir que nada aconteceu é muito cinismo. Por fim, sobre a batida de carro, pouco importaria se fosse acidental ou proposital. Ninguém pode sair com arma em punho e obrigar a outrem pagar o prejuízo. Imagina se fosse assim mesmo!! Abrs.

  11. Desinformado . Os vigias iam chamar a polícia. os americanos pediram que não fosse chamada e ofereceram dinheiro para pagar o prejuizo. Leia o depoimento !

    1. Informado, você leu o depoimento? Onde?!? Agora, o advogado brasileiro que acompanhou os atletas leu. E lá está escrito o que o comitê americano divulgou. E aí, informado? Vai me xingar do que agora para fazer valer sua opinião?

  12. O título deveria ser “opinião sem medo e sem sentido”. Eu acho que você não acompanhou direito. Ninguém exigiu dinheiro deles, foi um deles que retirou o dinheiro para tentar pagar o prejuízo e escapar da polícia. Essa mania de defender americanos é impressionante. Se isto acontecesse nos EUA, tomo mundo ia dizer que lá sim as coisas funcionam. E pra completar, o segurança só sacou a arma porque os caras estavam muito agressivos e é direito dele se defender e defender as pessoas que estão no local. Acompanhe a matéria direito e depois dê a sua opinião.

  13. Nossa! Quantos comentários sábios, quantas opiniões antagônicas, quanta exibição vocabular, quanta cultura desperdiçado! Parece que todos são viciados em assistir à TV Justiça! Deixem essas coisas só para os meritíssimos do STF !

  14. Eles não foram extorquidos. Pagaram o preço justo pelo vandalismo. Quebram a saboneteira, o porta-papel e um banner. Pagaram 20 dólares e mais 100 reais. Acho que nem dá prá pagar o prejuízo. Agora …. vá lá na terra deles e faça o mesmo. Vc vai ver o que te acontece? Pior ainda foi a falsa comunicação de um crime. Lembre-se que o Brasil gastou bilhões com a Olimpiada e a imagem do Pais estava arranhada se realmente o assalto estivesse acontecido. Leis existem para ser cumpridas, doa a quem doer. O segurança não tinha outra alternativa, pois eram 4 americanos bem grandes e fortes contra um. Usou os meios que dispunha para contê-los, pois queriam evadirem do local. Não concordo em nada com vc.

  15. Acho muito engraçado. As declarações do comitê americano tem mais peso e veracidade que da imprensa brasileira? Reveja seu texto. É o sempre presente complexo de vira lata.

    1. O comunicado americano reflete o depoimento prestado. Se você viu o vídeo viu o segurança apontando a arma. O tal complexo de vira-lata cunhado por Nelson Rodrigues versa sobre algo completamente diferente. Abrs.

  16. Estou assustado com seu artigo. Não vou colocar argumentos, pois os fatos foram apresentados, melhor você rever os depoimentos, em especial do rapaz que intermediou a conversa entre eles e os seguranças. Ninguém exigiu dinheiro, eles ofereceram para não se complicarem com a polícia.

  17. É preciso levar em consideração TODOS os depoimentos, das pessoas que presenciaram os fatos e não somente dos atletas, o intérprete disse que não houve roubo, o taxista tbm prestou depoimento. Os seguranças tbm e tais seguranças não são privados como vc disse. Eles são policiais em horário de folga que faziam “bico” lá no rio a lei permite. Vamos considerar TODOS os depoimentos.

  18. Cara blogueiro, tenho visto algumas de suas publicações. Você e o famoso reacionário que defende o ponto o vista do opressor. Falar que os estadunidenses foram vítimas de roubo, estoquidos, baseado na versão dos próprios é no mínimo um amadorismo de sua parte. Claro.que se fosse um “favelado” da Cidade de Deus que quebrasse o banheiro a reação de seguranças armados teria sido mega aplaudida por vc e pelos seus. Deixe de ser parcial em seus texrinhos pouco basados e mal escritos. Preto pobre, ok para a arma na cara, amarrar no poste, entre outros. Com rico e com o pessoal da “América”, não pode, ne?

  19. Caro Blogueiro, tenho visto alguns de seus textos e realmente são bem ruins, arraigados de posicionamentos levianos, pouco embasados e com alto teor de parcialidade (opressor, de direita – que chega a dizer até que um ex-presidente ai era branco e da elite em sua origem). Os estadounidenses são opressores, mesmo nesse caso que o senhor se embasa na nota do Comitê Olímpico Americano. Falar que foram coagidos, extorquidos, assaltados ou algo que o valha sem se basear em outras fontes é no mínimo um amadorismo de sua parte ou até mesmo intencional (se intencional retire o amador). Sem entrar no mérito do certo e errado nessa história, vejamos uma situação hipotética, mas não sem toques de realidade: se fossem uns pretos pobres, da Cidade de Deus, que quebrassem o posto os seguranças poderiam sacar as armas, amarrá-los num poste , bater e etc, né? Você é um idiota que idolatra o opressor e que “baba ovo” de americanos. Usando uma frase famosa, vou só trocar o país de destino: ” Vá pros Estados Unidos”.

  20. A polícia americana mata negros inocentes e o americano é medalha de ouro em fazer merda. Os riquinhos chegam aqui, com a soberba latejando, fazem arruaças e você vem com essa polêmica. Tenha dó amigo, se fosse um atleta brasileiro lá, estaria fod… Acho que ficou muito barato para os branquinhos. Você se apega a detalhes para criar polêmica. Faz a gente lembrar do Kalil do atreticu.

  21. Só tenho uma coisa a dizer, os próprios americanos estão com vergonha da sua turma, você é um irresponsável, matéria para gerar polêmica e ainda acaba convencendo algumas pessoas menos informadas.:
    http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/especiais/olimpiadas/jogos2016/jogos2016-noticias/2016/08/21/noticia-jogos2016,346608/torcedor-norte-americano-protesta-contra-nadador-ryan-lochte-no-rio-nossa-vergonha.shtml

  22. foram assaltos tres vezes ;pelos bandidos do posto de gasolina que os ameaçaram de morte por conta de um panfleto rasgato ; pelo dono do posto que cobrou 1400 reais por conta de um planfeto rasgado , e pela “justiça” brasileira que extorquiu 35 mil reais (dinheiro que fora destinado a premiar favelados por serem bandidos,que é oque de fato trata-se esses projetos em favela : premiar favelado pelo seu mau comportamento) para liberar o passaporte de um dos americanos .
    Cabe lembrar que mesmo que o ACONTECIDO fosse uma invençao dos atletas americanos ,nao cabe a justića brasileira incriminar e reter o passaporte de nenhum deles pelo simples fato dos mesmos nao terem em momento algum cometido crime de falso testemunho .
    Essa historia com todos os seus desdobramentos apenas serve para MAIS UMA VEZ demonstrar o quanto o povo bostileiro é invejoso ,falso,desleal , LADRÃO e sofredor de um imensuravel complexo de inferioridade.

    Espero que o mundo tome nota dessa realidade ,e que para o bem do mundo civilizado as demais naçoes excluam os brasileiros do seu convivio .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.