Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

O reencontro com o Cabuloso

Welinton marcou o segundo – e belo – gol na vitória do Cruzeiro contra o Boa Esporte. (Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)

O Cruzeiro fez sua estreia no Campeonato Mineiro 2020 na noite de ontem, no Mineirão. Foi o reencontro da Raposa com seu torcedor após um 2019 de muito sofrimento. Em poucos meses, muita coisa mudou, inclusive a escalação. Fábio, Edílson, Léo e Cacá. Até aí, tudo bem. A gente já sabe quem são esses jogadores, pois eles jogaram muito no ano passado. A lateral-esquerda, sempre ocupada por Egídio, teve um novo nome: Rafael Santos, da base. Esse já vinha treinando com o grupo principal há um tempo, então pode ser que muitos já o conhecessem de nome.

Adriano e Jadsom formaram a dupla de volantes. Não tem mais Henrique, Ariel Cabral, Éderson ou Jadson. Na meiuca, o garoto Maurício, o experiente Rodriguinho e o jovem Alexandre Jesus. Esses dois o torcedor já conhecia. Maurício atuou um pouco em 2019 e até marcou o gol da vitória contra o Vasco. No comando do ataque, Thiago. Sei que muita gente deve ter sentido o incômodo por não conhecer esses jogadores, por não saber quem é quem dentro de campo, mas o alívio maior foi ver que jogadores como Thiago Neves, Marquinhos Gabriel, David e Fred não formavam mais aquele ataque inofensivo.

O horário, a chuva e o preço salgado do ingresso afastaram o torcedor do estádio, mas quem foi ao Mineirão ontem à noite gostou do que viu. Há muito tempo o cruzeirense não sabia o que era ver um time correndo dentro de campo. Correria não faltou por parte dos meninos. Fome de bola também não. E quando o Thiago fez o primeiro gol do jogo? Tinha gente na arquibancada que nem se lembrava como era comemorar um gol. Aquele time “experiente” do ano passado deixou a gente muito desgostoso com o futebol.

No segundo tempo, um belo gol em jogada de contra-ataque e muita, muita, muita velocidade. Lançamento de Maurício do campo de defesa para Judivan, que colocou a bola bem à frente para Welinton, que avançou em velocidade e finalizou. Um lance desses jamais teria ocorrido com Neves, Marquinhos Gabriel e David. Primeiro porque o abominável homem das Neves não conseguiria fazer o lançamento. MG se enrolaria com a bola e não conseguiria tocar para David. E esse isolaria a bola, com certeza.

Brincadeiras à parte, foi uma boa e importante vitória desse novo Cruzeiro recheado de jovens do sub-20. O triunfo foi fundamental para ganharmos confiança para os próximos desafios. Não se enganem: o Campeonato Mineiro, mais do que nunca, será um verdadeiro laboratório. Vi torcedores empolgados com a atuação do Cruzeiro (e até entendo esse sentimento), mas é preciso ter bastante calma e responsabilidade nas análises. Esses meninos foram jogados numa verdadeira fogueira. Não houve nem tempo para que eles fizessem a transição para o profissional. Muitos deles tiveram problemas físicos ontem. Tem muito da parte psicológica envolvido nisso. E eles vão errar, vão ter dificuldade, vão perder jogos, talvez até serem goleados em algumas ocasiões. Mas vejo muito potencial em muitos jogadores. Se bem trabalhados, poderemos ter um time competitivo lá na frente. Para isso, não há outra solução: paciência e apoio para quem está na arquibancada.

Os destaques do jogo, sem dúvidas, foram os volantes Adriano e Jadsom, além do meia Maurício e dos atacantes Thiago e Welinton. Destaco também Cacá, que joga desde o ano passado, mas demonstra cada vez mais confiança e crescimento ao lado de Léo. Parabéns aos garotos do Cruzeiro. O reencontro com o Cabuloso foi positivo. Há uma luz no fim do túnel. A Reconstrução passa pela base e pela força do torcedor.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

15 comentários em “O reencontro com o Cabuloso

  1. Olá PH,
    Ano passado, mais exatamente no segundo semestre, andei muito desgostoso com futebol, vendo nosso glorioso tanto dentro quanto fora de campo com sérios problemas, o que culminou com o triste desfecho que foi o rebaixamento, tristeza tão grande que sem dúvida foi a maior que senti nestes cinquenta anos de torcedor do nosso amado Cruzeiro.
    Vamos, como você escreveu, ter paciência com esses jovens jogadores, pois milagres não farão, mas com certeza esse é o caminho para um recomeço.
    Que tenhamos muita sorte.

  2. Pedro, pra mim o melhor jogador do Cruzeiro em campo ontem foi o Judivan. Certo que o Thiago estava bem e, não fosse a contusão, continuaria em campo. Mas Judivan entrou e, ao meu ver, foi muito bem. Fez pivô, caiu pros lados do campo, apareceu bem na área e finalizou bem, partiu pra cima com coragem e, ao contrário do que muitos não fizeram no ano passado, deu uma excelente assistência pro Welinton. Fora a garra e dedicação em ajudar na marcação, seja na defesa, seja na pressão da saída de bola do adversário.

  3. Vc falou tudo.. .Ontem fui ao jogo e foi sensacional ver o gol do Cruzerio…. Pq se dependêssemos da má vontade do inútil Fred pescoço de galinha, da ruindade do David o pior atacante que o clube teve nos últimos 50 anos e da molecagem do sem vergonha TN o placar seria 0x0, Se ver livre destes encostos , destes que sujaram o nome do clube , destes que nunca serão lembrados como jogadores do clube e sim como os vagabundos que tentaram acabar com o clube. TENTARAM…. e que nunca mais pisem no clube, nem em eventos.
    No time de ontem claramente a melhora , a vontade e o prazer em joga futebol estava na cara. Os meninos correram , vibraram, e no gol foi uma festa. Agora é ter paciência com os meninos e dar força. No mais comemorar muito que ficamos livres de pessoas que não respeitam nada, não se importam com nada e não merecem nem seus nomes serem mais citados…. Adios mercenários!

  4. Olá Professor Pedro, diferentemente daquele time de medalhões e veteranos os jovens tiveram força para vencer retranca no Mineirão; com a formação anterior o Cruzeiro, salvo em poucos jogos de mata-mata, passava sufoco contra todos os times que jogaram defensivamente no Mineirão.
    Ontem foi mais na base do vigor físico e aceleração das jogadas que os espaços para os dois gols foram achados (os gols deram tranquilidade); na parte da criatividade o time terá que mostrar mais.

  5. Ô PH, QUE BOM VER NOSSO TIME COM SANGUE AZUL NOVAMENTE, COMO É BOM TORCER PARA JOGADORES QUE FORAM CRIADOS E QUE TÊM VÍNCULO AFETIVO COM O CLUBE, POR MAIS PROFISSIONAIS QUE SEJAM. INFELIZMENTE, NO CRUZEIRO É NECESSÁRIO QUE O CLUBE ESTEJA NUMA SITUAÇÃO FINANCEIRAMENTE RUIM PARA QUE OS GAROTOS TENHAM CHANCES. GAROTOS COMO MAURÍCIO, ADRIANO, JADSOM, GABRIEL SANTOS, TIAGO E OUTROS COMO MARCO ANTôNIO E CAIO ROSA TÊM MUITA CHANCE DE SE TORNAREM ÓTIMOS JOGADORES. NOSSO CLUBE É USEIRO E VEZEIRO EM FORMAR JOGADORES E ENTREGÁ-LOS DE GRAÇA PARA OUTRAS EQUIPES, BASTA VER OS CASOS RECENTES DE RONI, TONI ÂNDERSON E CEZINHA.
    AGORA, NESTE MOMENTO, TOMO CONHECIMENTO DE QUE O CLUBE ACABA DE CONTRATAR ROBERSON, ATACANTE DE 30 ANOS QUE NINGUÉM CONHECE. APOSTO QUE VÃO USAR O PRETEXTO DO “JOGADOR EXPERIENTE” QUE TANTO DANO NOS CAUSOU ANO PASSADO.SINCERAMENTE, ISSO É UMA TREMENDA DUCHA FRIA NA DISPOSIÇÃO DO TORCEDOR EM VER UM TIME VELOZ E AGUERRIDO, BRIGANDO PELA BOLA O TEMPO TODO, COM VELOCIDADE E CONSISTÊNCIA. VOCÊ NÃO ACHA? GOSTARIA DE SABER DE SUA SEMPRE SENSATA E ILUMINADORA OPINIÃO.

  6. 1 – paciência com esse time e com quem está tentando a reconstrução. Não vamos fazer pré julgamentos.

    2 – Ajudem a reconstrução. Sejam sócios e espalhem para outros cruzeirenses

    3 – Site transparência azul é fundamental: quem são os credores? Qual a origem das receitas em 2020? Não precisa ser detalhada pode ser por grupo: tipo Dívida com jogadores $$$$; dívida com mineirão $$$, receitas com patrocínios $$$

    4 – ingressos este ano tem ser no máximo 20 reais. É a realidade do time e dos adversários

    5 – Campanha volta gramados 110 x 75 m

    6 – Aquela rede listrada vertical no mineirão dar peso. Em 2015 foi assim e ano passado voltaram com ela. Faz uma rede branca e pinta as 5 estrelas nela……ou usa outra toda branca

    7 – Cruzeiro na série B tem lançar outro uniforme descaracterizando: Escudo redondo fechado, camisa com azul mais claro ou mais escuro, ou camisa listrada na horizontal……..Não pode ser o mesmo uniforme das glórias

    1. Companheiro M=F=A=S=A, ÓTIMA MANIFESTAÇÃO em tudo por tudo, inclusive na rede. Olho vivo este seu!

      Grupo Gestor fazendo excelente trabalho, parabéns!

      Afastar Benecy e Bolicenho é urgente. São dois incompetentes juramentados! Se permanecerem, vão arruinar toda a reconstrução.

      Transparência já nas contas e negociações para a torcida chegar junto e ajudar mais!

  7. Volto a insistir. Nonoca, Patrick Brey, Renato Kaiser, Michel e Marcelo. Todos jogadores do Cruzeiro. Todos melhores que os que estão sendo contratados e/ou especulados. Hoje Nilton diz ter sido rejeitado mesmo oferecendo pra jogar de graça. Pergunto: ele, mesmo não tendo sido titular no CSA ano passado, é pior que Cabral ou Henrique? E é 4 anos mais novo que o Ralf que foi especulado. Querem centroavante experiente? Roger da Ponte, Anselmo Ramon, Wellington Paulista, Kléber Gladiador. Todos (mesmo os mais velhos) tem melhor média de gols que o tal Roberson. Lembrem-se que em 2012, o time que se garantiu no meio da tabela da série A tinha Tinga e Borges pra dar experiência e suporte aos mais novos, tanto que permaneceram nos elencos de 13 e 14. Vejo que dois jogadores, um meio campo e um atacante experientes são sim necessários. Mas tem que ser experientes e vencedores na carreira. Centroavante que fez 1 gol jogando pelo campeão da Série B e foi dispensado ao fim da campanha, vai agregar o quê? Trazer jogadores da base de outro clube vai agregar o quê? Falta de visão.

    1. Não sei qdo o PH voltou, mas q bom q voltou pq a coluna foi abandonada
      Aliás, pq o antigo blogueiro sumiu sem nem dar tchau???? Será pq…

      1. Nossos blogueiros são assim mesmo, às vezes eles dormem como nosso time dormiu em 2019 e nos levou à serie B. Nos outros blogs celestes todos soltam uma matéria e 10 dias depois vem outra, diferentemente do outro lado que mesmo sem ter nada pra falar o pessoal de lá solta matérias diariamente.

        1. Meus amigos, peço desculpas por isso. Esclareço que estou retornando com este blog aos poucos. Eu não ganho um centavo com isso aqui e tenho minha vida, meus compromissos, meus afazeres. Minha intenção nem era retornar, mas devido ao momento do Cruzeiro, reativei o blog para que não ficássemos sem um lugar para a torcida manifestar suas opiniões nesse momento tão turbulento. Peço compreensão e paciência.

  8. Bem vindo PH, precisamos muito dos seus comentários.
    Contratar o tal do Roberson já mostra mau começo. Comprar o bom e barato é a chave para o Cruzeiro neste momento. Devemos lembrar que temos que ficar entre os quatro melhores da Série B, tarefa que vai exigir um time bom e competitivo, melhor que, no mínimo, os outros 16 times em disputa.
    No primeiro jogo, gostei muito do Judivan, que apesar de não badalado pela imprensa, que preferiu o Maurício, foi o jogador mais lúcido e produtivo do time.

  9. Só tenho duas perguntas:
    1 – por onde anda Lucas Nonoca ????
    Surgiu tão bem em 2017 e sumiu, pra mim seria titular fácil nesse time
    2 – com a saída do Rafael, qual a situação do Lucas França???
    Pq esse Victor Eudes não me parece muito confiável não
    Torcendo pra ver a quadrilha na cadeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *