Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Itair Machado abre o jogo e fala sobre os bastidores do Cruzeiro neste final de ano

Em entrevista para a TV Record, Itair abre o jogo sobre os bastidores do Cruzeiro.

Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro, concedeu uma entrevista nesta semana para a TV Record e falou sobre vários temas importantes e que são de interesse do torcedor. O blog Nós Somos Cruzeiro transcreve as partes mais importantes desta entrevista para que nossos leitores tenham a oportunidade de saber o que foi falado na entrevista.

Situação financeira do clube

Itair Machado: “O Cruzeiro, na verdade, precisa vender por causa de dívida? Precisa. Mas nós vamos buscar outros caminhos para arrumar dinheiro, pra não ter que desfazer do grupo. O Cruzeiro quer é trazer jogador e ganhar título. Esse é o nosso projeto”.

Dedé inegociável

Itair Machado: “O Dedé o Cruzeiro não vende. Já avisei ele e avisei o procurador. Por dinheiro nenhum. Dedé a gente não vende, e Arrascaeta só se vier um grande dinheiro. Enquanto eu for dirigente do Cruzeiro e o Wagner Pires for o presidente, a intenção nossa é não vender, a não ser que o jogador fala que quer ir embora. Mas da parte do Cruzeiro, o Dedé fica, o Dedé não sai”.

E o Arrascaeta?

Itair Machado: “Eu fiz um compromisso em janeiro com os procuradores que acima de 30 milhões de euros a gente poderia conversar. Esse é o compromisso”.

Planejamento do elenco para 2019

Itair Machado: “É lógico que vão sair algumas peças, vão chegar algumas peças, mas questões pontuais. O Cruzeiro precisa de um atacante de velocidade, porque nós só temos o David, nós não temos outro. E a torcida tem que entender que ele foi o destaque do Vitória, o Brasil inteiro queria o atleta e o Cruzeiro conseguiu trazê-lo. Só que ele chegou aqui e agravou a contusão que ele tinha e ele ficou os primeiros quatro, cinco meses sem jogar. Ele não teve a pré-temporada. Quando o atleta não tem a pré-temporada, ele é prejudicado no andamento do campeonato. Então a gente acredita que uma pré-temporada agora no início do ano, que o Cruzeiro vai apresentar no dia 4 de janeiro pra iniciar a pré-temporada aqui na Toca mesmo, a gente acredita que ele vai fazer essa pré-temporada e vai dar muita alegria para o torcedor”.

Especulações: volante Richard, do Fluminense, na Toca?

Itair Machado: “O Richard foi mais especulação, porque o Cruzeiro tem como primeiro volante o Henrique, o Romero, o próprio Ariel Cabral, o Éderson, que a gente trouxe do interior de São Paulo e está na Seleção Brasileira Sub-20. Então, não é uma posição que o Cruzeiro precisa”.

Atacantes de sobra no elenco

Itair Machado: “Eu acho que se o Cruzeiro conseguir equalizar a questão do dinheiro, no meu entendimento não tem problema de ficar esses atacantes aí não (Fred, Sassá, Raniel e Barcos)”.

Multa do Fred

Itair Machado: “Nós não vamos pagar porque nós não vamos perder. O tempo da escravidão acabou. A chance do Cruzeiro perder é zero. Eu acredito muito na CNRD. A legislação esportiva proíbe esse tipo de multa. Nós contratamos porque a gente não considera esses 10 milhões. Fred veio para o Cruzeiro de graça”.

Mayke voltará para o Cruzeiro?

Itair Machado: “Como ele teve a briga com os jogadores nossos, o presidente entende que não tem clima para o Mayke voltar para o Cruzeiro. E como o Palmeiras fala que quer comprar, então o presidente considerou vendido. O Palmeiras só vai falar se quer o Mayke ou não depois da eleição, que o Palmeiras ainda vai ter uma eleição agora, depois é que eles vão avançar lá na questão do plantel. Se o Mayke tiver que voltar pro Cruzeiro o grupo vai recebê-lo muito bem. A gente sabe que o que aconteceu dentro de campo tem que ficar ali. É o clima do jogo. Eu acho que a torcida vai aceitar, porque a torcida sabe que… até porque ele tá fazendo bons jogos lá. A torcida quer bom jogador e ele é um patrimônio do clube. O Cruzeiro não pode abrir mão de um patrimônio. Ele é um ativo do clube. Os jogadores nossos aqui são gente boa, coração bom. Já perdoaram. Até porque ele (Mayke) é que tem que perdoar mais né, porque ele que levou um cruzado do Sassá”.

O Cruzeiro ainda pensa em administrar o Mineirão?

Itair Machado: “Nós comunicamos numa reunião com a Minas Arena que o Cruzeiro está trabalhando para isso. O Cruzeiro tem sim esse projeto. Nós estamos conversando com o Governo. Nós vamos conversar com o Governo que vai entrar, porque a gente entende que ali é o palco do futebol, não é de show. Se você entrar lá no gramado cê assusta como tá o gramado. É um crime. O nosso projeto, ao invés de construir estádio, é o de assumir o Mineirão”.

Centenário do clube em 2021

Itair Machado: “A novidade desse aniversário é o Cruzeiro manter o caminho do título. Eu acho que o torcedor não precisa ficar esperando uma grande contratação, que não vai existir em aniversário.  Eu acho que o aniversário do time hoje é a gente colocar o clube no caminho certo, equalizar as dívidas do clube, que realmente, como foi divulgado ontem e hoje aí a dívida do Cruzeiro é aquela mesmo que foi divulgado: 262 milhões em dinheiro, mas 190 em impostos. Ultrapassa os 400 milhões de reais. É um direito do Cruzeiro? É de todos, né, todos os clubes estão endividados”.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

8 thoughts to “Itair Machado abre o jogo e fala sobre os bastidores do Cruzeiro neste final de ano”

  1. É, PH ele confessou a dívida.Achei muito salutar essa publicação, pois eu considero como uma prestação de contas do Sr. Itair. Isso é grandeza. Vamos com tudo para ganhar mais títulos em 2019. Abraços.

  2. David ainda vai calar a boca de muita gente.
    Lucas Silva parece estar um pouco mascarado.
    T Neves precisa de alguma sombra no time.
    Egídio é fundamental pro time gostem ou não!
    Dedé é o melhor zagueiro do Brasil.
    Barcos é melhor que Fred.
    Edílson é fraco, mostrou isso contra o Boca.
    Itair precisa parar de dar entrevistas e reforçar a equipe (Palmeiras e Flamengo já começaram a correr atrás de reforços).
    Por fim,esse é o bonde que precisa ir embora: Manoel, Ezequiel, Edílson, A Cabral, Sobis, B Silva e Mancuello.

  3. Confio nesta diretoria, só de dizer que vai manter a base e rever setores, já nos dá uma ideia de que a intensão é boa. Temos um treinador que sabe onde deve mexer. Gostaria de conhecer a toca da raposa sou um torcedor atuante em referencia ao acompanhamento do dia a dia do Cruzeiro.

  4. Cruzeiro não pode ir para 2019 contando com Manoel, Edilson (criador de caso), Ezequiel, Hermes, Cabral, Sobis, Thiago Neves (estão falando em reformar contrato dele), Fred, Bruno Silva. É muita gente com as mãos na cintura (só olhando); é muita gente sem iniciativa; é muita gente de preparo físico limitado.
    Títulos silenciam muitas coisas que deveriam ser ditas; a diretoria e a comissão técnica precisam analisar tudo com sobriedade. O clube precisa de líderes que mantenham a cobrança de alto rendimento em todas as situações. É principalmente no momento das conquistas que os líderes devem agir com sabedoria para trazer de volta as pessoas à realidade que vitórias costumam mascarar e para os novos objetivos. Faltou isto depois de 2013/2014 e a situação não pode se repetir por causa de 2017/2018.
    O time precisa de uma dinâmica de jogo que privilegie a velocidade, a criatividade e o ataque; a marca do time hoje é o cadenciamento das partidas e, em muitos momentos, revelando certa incapacidade de produzir reviravoltas numa partida ou de fazer resultados contra times defensivos.
    Que partida horrorosa diante do CAP hoje na Arena da Baixada; o Cruzeiro foi liquidado em 20 minutos de partida. É só o Dedé sair do time que a equipe leva os famosos gols de pelada de churrasco (como foi diante do Ceará). Depois da desvantagem no placar o time não foi capaz de ameaçar seriamente a meta adversária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.