Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Arrascaeta ou Montillo: quem foi melhor?

No duelo entre uruguaio e argentino, quem foi melhor: De Arrascaeta ou Walter Montillo?

Na história do Cruzeiro, há muitos jogadores estrangeiros que fizeram sucesso com a camisa cinco estrelas. O torcedor costuma ter um apreço especial por aqueles que vêm de fora e não sentem o peso do manto sagrado. Na semana passada, lancei uma provocação no Twitter: perguntei aos meus seguidores se Arrascaeta é melhor que o Montillo. Não esperava que a repercussão fosse tão grande. Por causa da imensidão de comentários que recebi, decidi transformar a discussão em um post aqui no blog e compartilhar com vocês.

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que eu não gosto de comparações. Acho que raríssimas coisas são comparáveis no mundo. Penso que para que se possa comparar duas coisas, elas têm que estar numa condição de igualdade muito grande, o que costuma ser muito difícil de acontecer. Mas eu quis ‘cutucar’ o torcedor com esta provocação. Na realidade, eu já sabia a resposta que a maioria iria me dar, porém eu estava mais interessado nas pessoas que compreenderiam a complexidade da pergunta.

Então, quem foi melhor: Arrascaeta ou Montillo? Entre as respostas que recebi, muitas começaram com ironia: “você ainda tem dúvida?”, “a resposta é óbvia”, “você perguntou isso mesmo?”. O meu amigo PC Almeida cravou: “essa dúvida nem existe”. Todos que me dirigiram essas respostas não tiveram dúvida em apontar o uruguaio como o melhor, indubitavelmente e infinitamente superior. Outros seguidores me pediram para olhar quem tem mais títulos e, pronto, morreu assunto. Alguns fizeram questão de lembrar quem é o jogador estrangeiro que tem os melhores números com a camisa do Cruzeiro. Todos em favor de Arrascaeta.

Ora, se eu estivesse pensando em números, realmente a dúvida não faria sentido algum. Sim, é óbvio que o Arrascaeta leva imensa vantagem. Ele é o estrangeiro que tem mais gols com a camisa do Cruzeiro. É o artilheiro do novo Mineirão. O gringo que mais atuou com o manto azul. Ele é, ainda, ao lado de Thiago Neves, o jogador que mais balançou as redes nesta temporada. Com um futuro brilhante à vista, o camisa 10 do Cruzeiro é a esperança da nova geração da Seleção do Uruguai. Os números falam por si só.

Mas vamos agora aos comentários daqueles que compreenderam a complexidade da pergunta. “Muito difícil”, “dificílimo de responder”, “rapaz, bom questionamento viu…” e “não sou capaz de opinar” foram as respostas de quem não olhou só para os números. É muito fácil olhar para o presente e se deixar levar pelo protagonismo atual de Arrascaeta. No entanto, se voltarmos à época de Walter Montillo, vamos nos lembrar de como o argentino conduziu, quase sozinho, um time inteiro naqueles tempos sombrios de Cruzeiro. O time era ruim, muito ruim, principalmente em 2011. Mas o pirata azul chegou na Toca em 2010, ano em que a Raposa ficou com o vice do Campeonato Brasileiro. Não fosse o Meira Ricci, Montillo teria conquistado um título com o Cruzeiro.

A melhor fase de Montillo foi no pior ano da história recente do Cruzeiro. É por isso que muitos torcedores dizem que jamais se esquecerão do quanto o argentino ajudou a Raposa a não cair para a segunda divisão, que foi um perigo real em 2011. Com o filho no hospital, Montillo honrou as cinco estrelas em sua passagem pela Toca. Isso faz com que muitos tenham respeito e gratidão por ele.

Para uma comparação justa, seria necessário colocar o Arrascaeta naquele time de 2011. Será que ele conseguiria fazer o que o Montillo fez? E o Montillo nesse time de 2017/2018 seria tão importante como o Arrascaeta? Pois é. Não tem como comparar. Mas algumas respostas merecem destaque: “o período do Arrascaeta foi infinitamente melhor. Montillo carregou o time enquanto esteve no Cruzeiro. Cada um teve sua história, que não deve ser comparada, sob pena de cometermos injustiças. Dois guerreiros que merecem reconhecimentos”; “Na minha opinião, Montillo foi melhor e o Arrascaeta o maior. Pena que o Montillo pegou uma época negra do Cruzeiro, mas era craque, fazia tudo sozinho”; “Não gosto de comparar épocas diferentes. Os dois foram/são muito importantes. Montillo carregou sozinho, Arrascaeta pode dividir responsabilidade. Prefiro curtir”.

Retificando: também não gosto das comparações. Os dois foram muito importantes para o Cruzeiro. Arrascaeta vive um momento mágico. Ele ganhou títulos aqui e isso, com certeza, faz com que o torcedor tenha mais apreço por ele. Afinal, título é o que mais importa no final das contas. Mas foi boa a provocação e a reflexão do torcedor. Foram 70 respostas à pergunta que fiz no twitter. Rendeu e foi gostoso ver a galera discutindo. E pra você, quem foi melhor?

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

51 comentários em “Arrascaeta ou Montillo: quem foi melhor?

  1. Ja fiz e refiz esta pergunta em minha cabeça diversas vezes, é realmente muito complicado comparar devido ao time que Montillo jogou, sem dúvidas que foi muito importante e está marcado na história do Cruzeiro. Mas pra mim hoje, Arrascaeta divide o posto de maior estrangeiro de todos os tempos do Cruzeiro ao lado de Sorín, a forma com que decide jogos importantes é incrível!

    1. Acho que seria uma pergunta ainda mais pertinente: quem foi melhor no Cruzeiro, Arrascaeta ou Sorín? E aí, pra mim, Sorín é HISTÓRICO! Não apenas por ser um torcedor do Cruzeiro, mas pela raça, pelo futebol, por tudo o que fez pelo clube, pelo respeito… Sorín ETERNO!

    2. Nem Montillo e nem Arrascaeta o melhor foi o Revetria que em 1977 deu um titulo para o Cruzeiro ganhando as duas partidas contra o Atlético de Toninho Cerezzo , Reinaldo etc.

  2. Entendi a discussão, mas tenho uma melhor: quem é o maior estrangeiro de todos os tempos? Oq vale mais: o carisma de Sorin ou os números de Arrascaeta?

  3. Com a bola nos pés o Montillo era muito mais jogador que o Arrascaeta, pois, como você bem descreveu no texto, era capaz de carregar um time muito limitado nas costas. Em termos de importância e de história para o Cruzeiro, o Arrascaeta é muito maior que o Montillo. O Uruguaio tem a seu favor a pouca idade, as recorrentes convocações para a seleção de seu país, os títulos conquistados e os números com a camisa celeste, em que pese o fato de sempre ter jogado em times mais competitivos que o argentino.

  4. Sem duvida nenhuma Arrascaeta é muito talentoso! Mas não podemos esquecer que ele joga do lado de Robinho,T Neves,Barcos,Dedé,etc.Já o Montillo em 2011 jogava do lado do Pedro ken,Ortigoza,Diego Renan e o fraco zagueiro uruguaio Victorino que cansou de entregar a paçoca junto com o Naldo na zaga! Se não fosse o Montillo teríamos caido para serie B daquele ano! Também deixo ressalvas ao volante Fabrício e ao Fabio que mesmo forçando um cartão amarelo pra não jogar a última partida nos poupou de muitas derrotas naquele maldito ano! O Cruzeiro teria ganhado o Brasileirão de 2010 se não fosse roubado contra o Corinthians,e Montillo seria o grande nome da conquista junto com o Roger e Thiago Ribeiro que jogaram muito aquele ano!
    Então, por tudo isso que falei prefiro mais o Montillo!!! Arrascaeta so vai superar ele quando ganhar uma Libertadores ou campeonato Brasileiro! Minha opinião!

    1. Montillo forçou cartão também pra não jogar o ultimo jogo e olha, na minha opinião isso foi otimo porque o Roger deitou nos 6×1, será que se o Montillo tivesse a historia seria a mesma? Na epoca o Cruzeiro so jogava bola nele pra resolver nos 6×1 foi jogo coletivo.

  5. Arrascaeta, sem pestanejar.

    Montillo foi um jogador muito bom que passou pelo Cruzeiro, mas não era craque como o Arrascaeta é.

    Montillo fez uma ótima temporada em 2010 quando chegou desconhecido e realmente jogou muita bola, em 2011 cai bastante muito devido problemas familiares e do presidente ter vendido todo mundo no segundo semestre, mas dizendo de parte técnica o Montillo falhava demais em bolas paradas, perdeu penaltis decisivos contra o Atlético-MG (2010) e Corinthians (2011), cobrava escanteio muito mal também, mas com a bola no pé era rápido mas não tão habilidoso quanto o Arrascaeta, que é extremamente técnico.

    1. Difícil de fazer comparações, as temporadas de ambos aconteceram em épocas diferentes, com planteis diferentes com planteis adversários diferentes. o melhor como cruzeirensses é felicitá-los pela felicidades que nos proporcionaram pelas glorias que participaram com o time Azul. Parabéns MONTILLO …Parabéns ARRASCAETA onde que que estejam, a massa Azul lhes ama.

  6. É deveras uma comparação dificílima de ser levada a bom termo. Ambos foram muito importantes nos seus devidos tempos. Mas não podemos esquecer também que o a grana da venda o Montillo o nosso Cruzeiro Cabuloso pode montar o bom time que foi bicampeão brasileiro 2013/2014. Então fico em cima do muro com uma “empate honroso”.

  7. SOU ADMIRADOR DO GRANDE FUTEBOL DO ARRASCA E FICO FELIZ COM OS GRANDES LANCES QUE SUA TÉCNICA NOS PROPORCIONA. MAS NÃO PODEMOS NOS ESQUECER DE COMO ERA MARAVILHOSO O FUTEBOL DO MONTILLO. JOGADOR DE GRANDE INTELIGÊNCIA, TÉCNICA E RAÇA INCOMUM. EM 2010 LEVOU UM TIME MEDIANO AO VICE BRASILEIRO E EM 2011 IMPEDIU QUE O TIME MAIS MEDÍOCRE DA HISTÓRIA DO CLUBE CAÍSSE. ADORAVA O CRUZEIRO E SUA TORCIDA, MAS FOI VENDIDO PARA O SANTOS EM 2013 E COM A GRANA FORMAMOS O TIME DE 2013/14. GRANDE PARTE DA TORCIDA PASSOU A CULPAR MONTILLO PELA SAÍDA DO CLUBE,O QUE NÃO FOI VERDADE. UM DOS MOMENTOS DE MAIOR VERGONHA E REVOLTA QUE SENTI COMO CRUZEIRENSE FOI A SONORA VAIA QUE A TORCIDA DEU NO JOGADOR QUANDO JOGOU EM BH COM A CAMISA DO SANTOS. APESAR DISSO, NUNCA FALOU MAL DO CLUBE E DE SUA TORCIDA. E TEM OUTRO DETALHE QUE VOCÊ ESQUECEU, PH. MONTILLO NUNCA JOGOU COM O MANTO AZUL NO MINEIRÃO, POIS NOSSOS MANDOS DE CAMPO ERAM EM SETE LAGOAS OU UBERLÂNDIA.

  8. Creio que a principal diferença entre eles é a frieza. Arrascaeta decide em momentos cruciais, já Montillo sentia alguns jogos. Lembro bem de um pênalti que perdeu contra o Atlético em um clássico de 2010, contra o Once Caldas em 2011 também pouco se apresentou… Arrascaeta atravessou o mundo pra decidir uma copa pra nós. Sem mais.

  9. P.H. gostei do tema. Muito bom. Eu acho que o melhor é o “De Arrascaeta”, por que para ser bom também tem que dar sorte. E ele. como você bem frisou, pegou uma época melhor, com craques que se entendem nas tabelinhas, como “Robinho, TN 30, e o próprio Rafa Sóbis”. Hoje ele é sempre convocado para a sua seleção nacional, e carimbou essa capacidade com um grande gol na final da C.B. e de frente a um dos goleiros mais conceituados do futebol brasileiro, o corintiano Cássio, assim merece todas as honras como o melhor estrangeiro. Abraços.

  10. Confesso que me lembro mais do empresário de Montillo, das novelas semanas após semana sobre a possível saída, do jogador pedindo para ser negociado com o Corinthians, depois com São Paulo, até ser vendido ao Santos, do que propriamente de seu futebol.
    Lembro também de seus sucessivos pedidos de aumento para ficar, e logo que recebia um aumento seu empresário pleiteava outro, enquanto ameaçava arrumar as malas.
    Respeito aos contratos em vigor nunca foi o forte dele: pedia para ser liberado, mas nunca pelo valor da multa.
    Bom jogador, mas foi superestimado, a meu ver. Basta olhar para sua carreira:
    Antes de ir bem na Universidad do Chile, fracassou no futebol argentino e no México.
    Além disso, uma passagem frustrante pelo Santos (jogou ao lado de Neymar e nenhum santista se lembra…), foi mal para a China, não vingou no Botafogo…

  11. Concordo em parte com o “Silva” pois, Montillo era um baita jogador mas, sinceramente, não estou lembrado de ter conquistado algum título importante com o Cruzeiro. Mas, o dois tem algo em comum: sempre aterrorizaram(aterroriza, no caso do Arrascaeta), a zaga atleticana…. rs.

    1. oh , caro amigo , ele conquistou sim – dentro do campo em 2010 – mas
      o ladrão do SANDRO MEIRA RICCI nos roubou o Título , inventando um
      penalty que nunca existiu aos 46 minutos do segundo tempo ( o próprio
      Ronaldo Fenomeno reconheceu isso no Fox Sports…) .

      Montillo nota 10 ! Arrascaeta sensacional craque nota 10 !

  12. Eu, Jovino de Almeida Murta, entendo difícil de fazer comparações. foram épocas diferentes, plantel diferentes, forças externas diferentes ´times que enfrentou com plantel diferentes. Não podemos cometer injustiças por que nos deram tantas alegrias, Façamos os seguinte: os dois merecem nos agradecimentos e nossas homenagens

  13. Eu acho os dois excelentes jogadores mas penso que o Montillo se destacaria no time atual, já o Arrascaeta acho que não teria destaque no time de 2011. Vejam a diferença do time de 06/11/2011 com o de 04/11/2018.

    Fábio, Léo, Victorino e Cribali; Marquinhos Paraná, Fabrício, Charles (Élber), Montillo (Roger) e Diego Renan; Anselmo Ramon e Farías (Wellington Paulista) – Técnico: Vágner Mancini.

    Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos – Técnico: Mano Menezes.

  14. Montillo não sentiu o peso da camisa, no primeiro jogo dele no cruzeiro, contra o São Paulo, já fez a diferença dando um lindo passe pro T. Ribeiro. Em 2011 jogou sozinho, quando o time não tinha competência de concluir bem suas jogadas, ele pegava a bola e fazia tudo sozinho, tinha um excelente chute de média e curta distância.
    Já Arrascaeta, chegou e sentiu o peso da camisa, quando o cruzeiro tinha um time razoável ou ruim (como o de 2015), não jogou nada, e muitas vezes bancou, chegou até ser ventilada uma troca dele com Alex Teixeira, se eu não me engano. Em 2016, com Mano Menezes como técnico do cruzeiro, ele perdeu a posição de titular para o limitado Rafinha, e só voltou a jogar de titular quando Rafinha se machucou.
    Em 2017 e 2018 com o cruzeiro com um elenco melhor, ele consequentemente subiu muito de produção, se tornando o melhor jogador do cruzeiro e talvez do Brasil ao lado de Dedé.
    Lembrando que em sua seleção, ele não tem o mesmo desempenho que tem no cruzeiro, sendo banco do time.
    Diante disso, na minha concepção Montillo é melhor o melhor, pois era mais técnico, tinha um chute melhor, perdia menos gols, tinha mais visão de jogo, e não dependia do time jogar bem para jogar bem, e jogou bem mesmo sofrendo com problemas familiares seríssimos. Arrascaeta sem dúvida nenhuma é mais habilidoso, mais leve, mais liso, mas vejo ele um pouco dependente do time para jogar bem, mas acredito que com o tempo, ganhando um pouco mais de experiência, Arrascaeta ultrapassará Montillo.

  15. Olá amigos!!
    Dois jogadores importantíssimos cada um em seu momento no Cruzeiro. Todos os dois honraram nosso manto sagrado.
    Tenho uma passagem na toca II quando tive a oportunidade de visitá-la: Pedi para Montilo tirar uma foto com meu filho pequeno. Tentei entregar meu filho para ele segurar no colo para que eu pudesse tirar a foto. Mas ele não mostrou boa vontade, infelizmente. Eu fiquei chateado naquele momento. Mas isso não diminuiu em nada o meu respeito a ele como profissional de futebol. Mas dou muito valor à humildade.
    Eu nunca me esqueço é do Perfume. Grande jogador!!!
    Abraços

  16. Para mim o montilo jogou mais so que o arrascaeta é maior na historia do clube , imagina o montilo nesse time atual do cruzeiro o que ele poderia fazer .

  17. Grandes jogadores estrangeiros já vestiram e vestem com muito orgulho o manto azul e branco.
    Roberto Perfumo,Revetria,Sorin,Marcelo Moreno,Montillo e Arrascaeta.
    Sou muito fã de todos eles mas Arrascaeta e Sorin não tem o que discutir.
    O importante é que todos eles honraram e honram essa camisa que é pesada demais.
    Não é para qualquer um vestir essa camisa e o torcedor virar fã.

  18. Gosto muito de futebol! Sempre acompanho partidas dos times europeus e leio e assisto programas esportivos dos mais variados. Mas falou e Cruzeiro, é mexer com emoção. E, por esse motivo, a despeito de qualquer questão técnica dos jogadores, habilidade ou mesmo de importância e de momento para o clube, o que vale, pra mim, é o coração!

    Montillo abandonou o Cruzeiro para jogar no Santos. No ano anterior já havia feito pressão para ser vendido ao Corinthians e, mesmo a diretoria segurando, apesar da grande quantia oferecida, foi vendido ao time santista, muito em razão dos protestos do argentino, que por reiteradas vezes exigia aumentos salariais. Não consigo sentir apreço por jogador que fez isso com o clube que amo. Da mesma forma que eu acho que o Fred não merece um pingo de idolatria da torcida (pois da minha parte sempre terá apenas desprezo, independente se venha a conquistar título ou não), Montillo não merece mais do que indiferença da minha parte.

    Compará-lo com o Arrascaeta é sacanagem!

    O uruguaio SEMPRE!!!

  19. Particularmente prefiro o Arrascaeta ao Montillo. O argentino foi sim muito importante enquanto vestiu nossa camisa, mas se omitia muito em determinados momentos, principalmente quando seu empresário forçava a presidência a aumentar os salários do atleta quando o contrato ainda estava em pleno vigor. Na minha opinião forçou sua saída para o Santos e outra coisa que jamais vou esquecer: em 2011, naquele inesquecível 6×1 contra as frangas, ele não atuou, estava suspenso, mesmo sabendo que aquele seria o jogo da vida do clube. Pra mim foi embora sem ter deixado saudades. Já Arrascaeta não tem medo de cara feia e principalmente em jogos grandes o cara aparece. Juntamente com Perfumo e Sorin, na minha opinião foram os gringos que marcaram época no Maior de Minas.

  20. Não há comparações. Arrascaeta muito maior e melhor do que Montillo. Arrascaeta é muito melhor tecnicamente, têm títulos importantes e têm mais gols. Arrascaeta sem sobra de dúvidas é melhor e sua história no Cruzeiro é muito maior. Montillo é, no máximo, um bom jogador. Arrascaeta é craque.

  21. É simples
    vamos contar os títulos de Arrascaeta e os títulos de Montillo. Vamos contar os gols decisivos de Arrascaeta os gols de Montillo. Um dos motivos que quase fez o Cruzeiro cair para a série B em 2011 foram os penaltis perdidos por Montillo. Lembrando que nas três últimas vitórias que o Cruzeiro conquistou para evitar o rebaixamento Montillo não jogou. Inclusive o famoso 6 x 1.

  22. Montillo arranhou sua imagem, quando forçou sua saída do Cruzeiro. Além disto , por forças ocultas, não jogou o histórico 6 X1. Se não fosse o Roger….

  23. Não sou um expert de futebol, mas prá mim são dois jogadores de estilo completamente diferentes. Neste sentido acho que os dois tiveram grande importancia, sendo dificil destacar um. O Arrascaeta tem um estilo de jogo de mais atacante, é extremamente habilidoso e inteligente. Já o Montillo tem um estilo mais de meio de campo tem um passe melhor e trabalha mais o futebol coletivo. Acho que todos nós, isto é normal, vivemos muito o momento, o agora, daí a grande preferencia pelo Arrascaeta. Este vem amadurecendo no Cruzeiro, chegou muito jovem, fez péssimas partidas, chegou a ficar na reserva e aos pouco vem mostrando o que realmente é. Não compararia, são dois jogadores diferentes, cada um contribuindo com sua caracteristica de forma muito importante para o Cruzeiro.

  24. Torço é acompanho o Cruzeiro desde 1990, depois de Alex Talento o melhor meia atacante chama-se: De Arrascaeta
    Se querem comparar Montillo ao uruguaio com essa desculpa de imagina-lo nos times de 2011/12 tenham a certeza que Arrasca detonaria muito mais que ER e RG naquele time de 2013/14
    Querem uma “prova” naquele timaço nem ER e nem RG decidiram clássicos, já Arrascaeta é o terror das cócoras seja com Mano, seja com Paulo Bento
    Sem contar gols nas finais das Copa BR 2017 e 2018, gol na decisão do Rural 2018
    Por isso afirmo: depois de Alex Talento é
    DE ARRASCAETA !!!

  25. A discussão sobre que foi MELHOR é com0licada e polêmica. Realmente, é muito difícil estabelecer comparações. Mas em verdade vos digo, Arrascaeta É MUITO MAIOR QUE MONTILLO! Sobre este assunto não pairam dúvidas. 2 gols em 2 finais, jogador de jogo decisivo! Montillo sumia nos jogos importantes, ARRASCAETA se destaca.

  26. FALA PH! sou fã do Valter Montillo.o cara quase conquistou o brasileiro de 2009.se não fosse a roubalheira pró curintia teríamos conquistado o título.e em 2011 carregou o time nas costas.naquela quase caída pra segunda divisão.o ARRASCAETA é um jogador de talento.mas depende de um time bem acertado pra jogar.por isso fico com o MONTILLO.

    1. Realmente o Montillo tinha a capacidade de carregar o time nas costas. Mas não nos esqueçamos que sua grande fase foi mesmo quando chegou ao Cruzeiro em 2010, aonde com ele em campo, saímos da quase Z4, sem esperanças na temporada, para sermos vice campeões aonde perdemos o titulo em duas partidas fajutas lá no Ipatingão. Claro que a campanha de 2010 teve o dedo do Cuca no negócio, mas montillo fez a diferença dentro de campo. Em 2011 ele começou a temporada muito bem mas começou a dar ares de que seu prazo de validade estava chegando ao final. A partir de 2012, depois ter uma proposta do Corinthians negada pelo GPT, seu futebol simplesmente desapareceu e passou a só ficar enchendo o saco da diretoria pedindo aumento e querendo sair até ir embora pro santos em 2013.

      Arrascaeta ao contrario, chegou aqui meio que não fedia e não cheirava mas sempre honrando a camisa. Mesmo limitado ainda no começo, nunca negou fogo ao time quando o time mais precisava dele. Cresceu de produção nas temporadas seguintes até chegar a Seleção Uruguaia.

      De fato, não é um jogador que tem a capacidade de carregar o time nas costas, mas é um jogador que em um mísero lance fajuto lá, daqueles que não vão dar em nada no jogo, pode decidir uma partida! Pode nos dar um título (como fez varias vezes este ano). É um jogador que pode passar o jogo todo apagado em campo mas em um único lance isolado virar as cartas! Como o torcedor mesmo e até você cita o Barcos, “que dois gols que ele fez pagaram o investimento nele”

      E com o detalhe, que Arrascaeta nunca foi atrás de dirigente pedir aumento de salário e nem pra sair.

    2. Montillo chegou ao Cruzeiro em 2010 e todo mundo acha que perdemos o titulo de 2010 no Pacaembu naquele jogo contra o Corinthians, mas eu discordo. Perdemos o título ao empatar com o Grêmio Prudente lá no Ipatingão e depois, neste mesmo estádio, ainda por cima perder para o Vitória. Dois jogos que nos custaram 5 pontos sendo que ficamos a 2 pontos do fluminense, mas seriamos campeões brasileiros pelo saldo de vitórias…

  27. Olá Professor Pedro Henrique, saudações a você e a toda a China Azul.
    Realmente difícil comparar.
    Montillo, embora desconhecido, já era um jogador experiente ao chegar ao Cruzeiro; estava no auge da forma e logo se tornou um dos principais jogadores do país, sendo assediado por vários clubes. Ele estava pronto, veio ganhando um a bela grana e com um contrato de 5 anos para cumprir; logo foi reconhecido no Brasil e na Argentina, chegando à seleção de seu pais.
    A relação dele com o clube azedou porque ele entrou na “pilha” da praga chamada empresário de jogador; a falta de escrúpulos de times com o Corinthians (que ofereceu a ele salários altíssimos sem acertar a contratação junto ao Cruzeiro) pirou a cabeçado jogador, que passou a pedir seguidos aumentos salariais ao Cruzeiro (mesmo com contrato de 5 anos em vigor). O rendimento dele caiu muito e ele acabou vendido ao Santos; a partir daí seu futebol sumiu.
    Já o jovem e inexperiente De Arrascaeta chegou num momento de péssimo futebol do time, desmontado depois de 2014. Sentiu as pressões e confessou, ao ver o Mineirão lotado, que não estava acostumado a jogar para tanta gente. No começo era meio vagalume. Costumava alternar momentos de desaparecimento em campo com lances de rara genialidade. Nos últimos 2 anos firmou-se como jogador decisivo; seu futebol evoluiu muito. Acredito que até agora “só vimos a bainha do facão”. Se sair agora será uma pena pois é justamente quando chegará ao auge.

  28. O Montillo, no primeiro jogo, entrou parecendo que já estava no time há tempos. Era um cara que merecia ter tido melhor sorte, não só no Cruzeiro, mas no futebol. Entrou em uma barca furada nos times de 2011e 2012 e junto com o Fábio foi o que salvou o time. O Arrascaeta veio em época de vagas gordas, e foi essencial para o time. Dois grandes que não devem ser esquecidos. Montillo deve ser lembrado sim, não só de títulos vive o clube, mas também de sua história e ele fez parte dela.

  29. Arrascaeta sem a menor duvida. Pesa contra Montillo, também, a forma como ele saiu do Cruzeiro. Saiu como se estivesse trocando de roupa. Não reconheceu nem o carinho da torcida quando do problema familiar dele. Parece que ele virou as costas para o Cruzeiro de forma fria demais. Por este comportamento, não me deixou saudades. Arrascaeta é muito mais talentoso e tem potencial para ser um dos grandes de seus país e do Cruzeiro.

  30. SEM COMPARAÇÃO!!!!!!!!!

    Montillo jogou em 2010 em um bom time e não conquistou o Brasileiro
    em 2011 o Cruzeiro era chamado de Barça das Américas na libertadores……e o time do Montillo fracassou…..

    Arrasca = duas copas do Brasil

  31. Montillo, bom jogador, mas alérgico a títulos, “espirrava o taco” na hora de decidir.
    Arrascaeta foi decisivo nas conquistas da CB de 2017 e 2018.
    Montillo, extremamente dinheirista, forçou a barra para sair.
    Arrascaeta, até agora tem respeitado o Cruzeiro.

  32. Não tenho dúvida nenhuma; Montillo foi muito superior, jogou em um dos piores times que o Cruzeiro teve na sua história recente, sem dinheiro e principalmente sem o Mineirão. Mesmo assim o cara fazia a diferença, nunca se omitia em campo e sempre chamava a responsabilidade para si, principalmente nos clássicos. Vale lembrar que Montillo ainda passou uma fase difícil quando o filho pequeno passou por uma cirurgia delicada, e mesmo assim o pirata (o verdadeiro pirata azul) continuou honrando com o compromisso de defender o Cruzeiro.

  33. Pedro vc resumiu numa pequena frase o q eu penso: “Montillo Melhor e Arrascaeta maior”.

    Montillo jogou mta bola e não precisou de tempo para se adaptar. Não por tal motivo mas acho Montillo mais talentoso.

    Arrascaeta demorou a pegar mas quando pegou, pra mim, passou a ser o craque do time e decisivo, principalmente, em jogos grandes. E, detalhe, ele tem tudo pra crescer mais ainda.

    Gostaria mto de ver Daivid voando de titular na esquerda, TN30 centralizado, Arrascaeta na direita (e revezando de lado com Daivid) e dom fredon em alto nível de centro avante, em. 2019.

    Aguardemos.

  34. Brilhante artigo. Pensei nos momentos de cada um antes de começar a leitura. Devemos muito ao Montillo por manter o Cruzeiro na elite em uma época sombria e ao Arrascaeta por abrilhantar ainda mais nossa história vitoriosa.

  35. Gosto mais do futebol do Montillo, mas o Arrascaeta tem mais estrela e deu mais sorte no Cruzeiro.
    Montillo jogava como 10 clássico, buscando a bola e partindo para o ataque. Além disso, ele tinha regularidade e raça.
    Gostaria muito que eles tivessem jogado juntos, Montillo mais atrás e Arrascaeta mas pela esquerda.

  36. É uma coisa impressionante a incompetência de quem dirige o Cruzeiro! TN não jogou nada esse ano, tem 33 anos, já tem contrato até o fim do ano que vem e os sem noção querem renovar o contrato do cara!!! É inacreditável!!! Gostaria até de saber a opinião do PH a respeito!
    O que querem??? Renovar com o cara por 5 anos??? Ele joga em uma posição que depende mto da parte física e esse ano ele já não rendeu por causa da idade! Depois fica os 2-3 últimos anos de contrato encostado ganhando 1 milhão por mês ou será emprestado pra alguém com o Cruzeiro pagando metade do salário! Do mesmo jeito que aconteceu com Dagoberto e com o Sóbis! Achar que esse time ainda vai render bons frutos por mais 2 ou 3 anos, sem uma renovação, é de uma falta de entendimento sobre o que futebol atual exige que assusta! Que a santa camisa continue fazendo seus milagres!!!

  37. Acho uma injustiça com o Montillo essa comparação. Em alguns momento decisivos, o Arrascaeta não esteve no time e o Cruzeiro se comportou muito bem sem ele, muito mérito do Rafinha, que agarrou a chance e jogou com sangue nos olhos. Contudo, o Dedé tá numa fase brilhante, o Fábio está voando, o Henrique deixou a desconfiança de lado e o Robinho ajudou muito com assistências. Naquele time do Montillo, sem ele em momentos decisivos, era certeza de derrota. Lembro que o Arrascaeta quando chegou, o time do cruzeiro tava bem ruim também e ele oscilou muito. Então penso que se fosse jogado toda a responsabilidade em cima do Arrasca, ele não aguentaria, mesmo hoje na sua melhor fase. Portanto, acho que os dois merecem o nível de reconhecimento dos cruzeirenses em seus respectivos momentos.

  38. São épocas diferentes… O Montillo jogou melhor, tivemos uma época difícil tendo que jogar em Sete Lagoas, Uberlândia, Varginha… Gostaria muito de ter visto o Montillo no Mineirão, com essa união de time x torcida..
    Mas o Arrasca tbm é craque, e é ídolo… Naquela época Montillo carregava o time nas costas, lembro dele olhar pra um lado ter Soares, do outro Thiago Ribeiro numa fase ruim, WP9 numa fase horrível, não tínhamos laterais… Ele salvava aquele time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *