Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Caso Thiago Neves: os limites entre diversão, discurso de ódio e violência

Após zoar o rival, Thiago Neves e sua família foram ameaçados por alguns atleticanos (Foto: Reprodução/Instagram).

O Cruzeiro conquistou um feito inédito na Copa do Brasil na última quarta-feira. Além de ter se consagrado bicampeão do torneio nacional, o clube cinco estrelas também se isolou como o único time brasileiro a acumular seis troféus da CB em sua história. Ganhar título é sempre bom e muito bem-vindo, mas atingir um feito como esse tem um sabor especial. E nós, cruzeirenses, comemoramos bastante a vitória contra o Corinthians e mais um título nacional. Os jogadores também aproveitaram o momento para extravasar toda a sua alegria.

Como é típico do futebol, a zoeira com o rival também faz parte. Quem não gosta de tripudiar do rival quando ganha um título ou um clássico? Se isso for feito na esportiva, dentro dos limites do aceitável, não há nenhum problema. Aliás, um dos prazeres que o futebol nos proporciona é a possibilidade de cantar vantagem sobre nossos concorrentes. O futebol é assim: um dia a gente ganha e zoa o adversário. No outro dia o rival ganha da gente e nós é que somos zoados. Faz parte.

Thiago Neves e outros jogadores comemoraram muito o hexacampeonato e não perderam a chance de gozar o Atlético-MG. Nada fora do normal. Nenhum discurso de ódio. Nenhuma incitação à violência. Tudo dentro do script. O problema é que alguns atleticanos muito infelizes não souberam lidar com as provocações e ameaçaram Thiago Neves e sua família, o que obrigou o meio campista cruzeirense a gravar um vídeo pedindo desculpas. Vi nas redes sociais muitos atleticanos lamentando o ocorrido e defendendo o Thiago Neves, pois compreendem que as gozações ao adversário fazem parte da essência do esporte.

O comportamento desajustado não é exclusividade dos atleticanos. Quantas vezes os cruzeirenses também não souberam lidar com as provocações e fizeram a mesma coisa? Pior: recentemente, até nosso ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares recebeu ligações e ameaças de “torcedores” do nosso próprio clube. Os limites entre diversão, discurso de ódio, intolerância e violência são muito estreitos. Cabe a todos nós não compactuar com tudo aquilo que extrapole a brincadeira. Por exemplo, aquele cântico homofóbico que a torcida do rival fez recentemente não é zoeira, mas discurso de ódio. Ameaçar jogador e dirigente não é comportamento típico do futebol. Intolerância também não. Depredação de lojas de Cruzeiro e Atlético muito menos. Precisamos saber distinguir as coisas.

Como venho defendendo aqui no blog desde que assumi este espaço, já passou da hora de todos nós nos unirmos contra as manifestações de preconceito, ódio e intolerância no futebol e lutarmos por um ambiente mais acolhedor e democrático, onde nossos filhos possam torcer sem medo, onde as mulheres possam frequentar sem medo, onde pobres, negros, pessoas LGBTI+ e portadores de necessidades especiais sejam respeitados. E que a zoeira, a gozação sadia, não termine em violência. O meu rival não é meu inimigo, apenas meu adversário.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

44 comentários em “Caso Thiago Neves: os limites entre diversão, discurso de ódio e violência

  1. Prezado PH e leitores, o fato ocorrido com o Thiago Neves apenas reflete o momento político do Brasil, onde as pessoas pensão só em si, são egoístas e fod*** o outro. Se minha família está bem, fod**** os outros… A única coisa que o Brasil tinha de bom era a solidariedade e amabilidade de seu povo e agora até isto está se perdendo.

  2. Em MG nao temos rivais, sao muito pequenos. Muita gente mau caráter apela e começa ameaçar covardemente ja que o time nao consegue ganhar nada. É como eu disse esses dias, deve ser muito dificil ser atleticano ja que uma criança cruzeirense de 6 anos tem mais títulos que um idoso atleticano de 71 anos. Mas é nessas horas que os pilantras se diferem de gente honesta e correta, gente que coloca o futebol como prioridade na vida, acima de Deus, Familia e trabalho, aliás esse tipo de gente nem Deus no coração tem.

  3. Sou cruzeirense e discordo totalmente de jogador ficar debochando de time rival em redes sociais, na mídia, etc…quer zuar, faça isso com alguém próximo, tipo parente, amigo mesmo ou o jogador amigo dele que joga no outro time, só entre as pessoas, porque fazer isso publicamente incendeia a ira e a violência. Não foi uma atitude positiva do nosso craque Thiago Neves. Ele errou feio nessa, e espero que não erre mais. Eu zuo minhas amigas atleticanas, mas eu não sou famosa e nem elas. Elas tambem me zuam, mas fica entre nós, no nosso grupo fechado. Se fóssemos famosas, agiríamos do mesmo jeito. Abcs

    1. Falou tudo… Concordo plenamente… Zoação só entre amigos e em tom de brincadeira… Jogador não tem esse direito porque nem torcedores são… Hoje estão num time e amanhã em outro… Jogador é jogador… tem que mostrar isso no campo….. Aliás o TN joga mais nas redes sociais que em campo….

    2. Uai porque jogador não pode suar?isso é esporte e não praça de guerra ,pode e deve sim que isso ,olha só ate o prefeito que é o mais doente de todos brinca .pelo amor de Deus se vocês não sabem brincar então torção pra outro esporte futebol pra vocês não da nao

  4. Sou atleticano e acho uma palhaçada qualquer tipo de violência ou ameaça. Se não pudermos nos divertir nem com futebol como iremos ser felizes? Mas infelizmente o mundo de hj é assim vc vota em um candidato ou usa uma camisa, algumas pessoas podem até agredir. Nao existe paciência ou tolerância mais. Particularmente não sou de ficar gozando outras torcidas pq sei como o mundo esta. Me contenho em comemorar com o meu time nossas vitórias. acho que, infelizmente a forma de evitar ódio e violência é não dando margem a isso. Quem utiliza o futebol para a violência é marginal, frustrado sei lá.

  5. Ótima colocação amigo Pedro. Particularmente, prefiro satisfazer meu coração de alegria com esse resultado do que fazer qualquer gozação com atleticanos. Os tempos hoje são outros. Melhor prevenir, do que se tornar vítima de atos impulsionados pela paixão, não é Pedro? Meu primeiro jogo no Mineirão foi em 1967 (cruzeiro 3 x 3 Atlético). Estávamos perdendo de 3×0. Empatamos e quase viramos com Tostão. Nesse dia meu coração virou cruzeirense (adorei a côr azul celeste). Estava tão cheio, que o único lugar que conseguimos ficar foi na arquibancada popular (abaixo da torcida do Atlético). Foi uma festa só. Particularmente acho que nosso jogador Thiago (por ser muito irreverente), exagera às vzs. Não gosto de dar munição ao adversário. Em jogos contra o Atlético ele sempre é muito marcado e isso dificulta para nós. Vamos viver o nosso momento. Esqueçamos o Atlético. O que nos importa é o Cruzeirão cabuloso. Abraços a todos!

  6. Eu acho que faz parte da essência do futebol essa zueira. Até o Kalil excedeu, quando twitou nos chamando de cruzeirenses fdp pra não comemorarmos na porta da prefeitura, e ninguém foi lá ameaçá-lo de morte. Isso sempre foi o que fez crescer a rivalidade, essa irreverência, quem não se lembra do Renato Gaúcho fazendo sinal pra torcida adversária ficar calada. Futebol tá muito chato dentro e fora de campo. Imagine Renato Gaúcho, Edmundo, Romário, Viola, Paulinho Maclaren, Serginho Chulapa fazendo gol e comemorando com “irreverência” seriam expulsos todo jogo! Hoje vivemos carentes de bons jogadores, boa educação, bons políticos, segurança pública e o futebol não está excluído da sociedade que vivemos. Só que hoje temos redes sociais que espalham diversos conteúdos, numa velocidade incrível que não tinhamos naquela época. Mas eu penso que quem faz gozação com o outro, tem que aguentar ser zuado também, assim vive-se numa boa com os rivais, lembrando que rivais não são inimigos… ou ninguém tem na sua família torcedor do time adversário?

  7. Sabe porque eles apelam, porque a sala de troféus deles tem apenas 4 títulos isto incluindo a série B, palhaçada, se fosse ao contrário ,duvido que eles não tinha zuado também, tem que para com isso, futebol e apenas uma diversão, não devemos levar pelo lado da violência, pois jogadores quando acaba o jogo são amigos, a rivalidade tem que existir, porém se violência

  8. Não concordo com você não, o fato do Thiago Neves ser famoso não impede ele de comemorar e brincar não, assim como nos comemoramos e zoamos ele tambem pode , ninguem tem o direito de ameacar a família dele , afinal isso não é coisa de torcedor é bandido que ameaça os outros , intolerância demais nesse país, lamentável.

  9. – Não gosto quando jogador ou dirigente esportivo insulta ou fica zoando time adversário. Isso cabe pro torcedor somente. Agora, se o jogador falou tá falado, irmão! Você tem que assumir o que falou e pronto! Sem essa de pedir desculpas pra um bando de idiotas que ficam ameaçando por redes sociais, porque zuou seu timinho. Esses otários que o ameaçaram só fazem isso ali, por detrás de um computador. Na real não fazem nada…São todos B…mole. São machos quando estão de galera, pois, sozinho são todos mansos como gatinhos. O tal do “aleijado ” Rever zuou muito nossa torcida e nosso time quando o clube de um título só, conquistara uma Copa em 2013. E o mesmo nunca veio a público dizer-se arrependido por aquilo. TIAGO NEVES foi mal nessa de arregar pedindo desculpas pra babacas. Essa é minha opinião e respeito que pensa diferente. EU TE AMO meu Cruzeiro querido!

    1. Mas quando a torcida adversária nos chama de Maria, tudo bem?
      Quando o Rever, o Marcos Rocha fazem sacanagem com a gente pode né?
      Então eu digo: Marias de Lourdes, vão chorar na cama que é lugar quente

  10. Na real, precisamos exercitar o senso comum, porque o tal discurso do “politicamente correto” só distancia as pessoas e torna os iguais diferentes. Tolerãncia, respeito, educação e liberdade são valores que não podemos perder de vista. Por isso devemos exercitar cada vez mais on”senso comum”!!!
    Parabens Cruzeiro e viva o Galão da massa, até porque, que graça teria um sem o outro?

  11. Essa geração está muito mimizenta. Cheia de direitos, e poucos deveres.
    Provavelmente, o TN fez isso por toda a gozação que já receberam, desde o Mineiro, em que os jogadores do Atlético tripudiaram no 1o jogo.
    Pra mim, normal. Faz parte do jogo.
    Reclamar disso é como querer proibir chapéu, caneta e dribles de efeito, por ser “humilhante”.
    Tardelli, Marcos Rocha, Luan e cia. já cansaram de fazer isso.
    Extremismos existem em todos os lados, lugares e situações. Cabe a nós combatermos isso.
    E menos mimimi, por favor!
    De mais, querer comparar Alt-MG e Cruzeiro é a maior das piadas.
    É como comparar Calypso e Pink Floyd.
    A verdade dói!

  12. Só falo uma coisa: tem que zuar mesmo as frangas, TN30 não fez nada de mais, tinha e que fazer muito mais. Torcedores que não aguenta zueira larga o futebol “quem manda torce para time pequeno” hexacampeão, seis estão nervosinho, ficam nervosinhos não, aguentam caladinhos.

  13. Para tudo há limite e o garoto extrapolou nas redes. Quem assume atitude nesse país de extremos que assuma as consequências. Reflexo do que vivemos politicamente.

  14. PH boa. Gostei do tema. O TN 30 precisa jogar um pouco mais, pra poder ficar zoando nas redes sociais. Quem jogou muito foram o Dedé, Rafinha, Henrique e De Arrascaeta quando entrou. E mensão honrosa ao L. Romero na L. esquerda, jogou muito. Não precisamos zoar ninguém, já que nossas conquistas falam por si só. Abraços. Parabéns cruzeirenses.

  15. Amigo , sou atleticano até a alma mas concordo plenamente com você!
    Vocês estão no direito, vários títulos ao longo dos últimos anos, organização dentro e fora de campo
    Só acho que ele foi imprudente pois infelizmente tem os Muito a bandidos infiltrados nas torcidas e ele expôs a si mesmo e a sua família .
    De minha parte, fiz o que pude com meus amigos atleticanos, conscientizando sobre a idiotice em se tratar futebol como uma jirad.
    Que venham alegrias de ambas as partes e que saibamos conviver entre sucessos e dissabores.

  16. Sou atleticano, achei super normal a zueira, isso é coisa de futebol
    Palhaçada são pessoas que não sabem levar isso na esportiva e querem parti para a ignorância e violência.

  17. Parabéns, PH! Não à intolerância! TN30 falou nada d+! Quem não se lembra de 2013-2014? Se não fosse nosso bi do campeonato brasileiro, teriam nos esfolado! rever, marcos rocha, vitor… cansaram de TENTAR nos humilhar!
    vivemos tempos bicudos…
    Não à intolerância! Não à intolerância! Não à intolerância! Não à intolerância! Não à intolerância!

  18. Thiago neves ja havia provocado logo no pos jogo, no calor do titulo

    Normalissimo: nada demais dar uma cutucada no rival. Certamente fosse o atletico a ter ganhado a copa do brasil, algum jogador teria provocado o cruzeiro. Em 2014 foi assim. Tudo isso faz parte e tem que ser sim levado na esportividade.

    Porem, ja no dia seguinte e com o cabeca fria, sem calor do pos jogo imediato, ele nao se deu por satisfeito. Ao inves de provocar e citar sobre titulos ou qualquer outro item que concerne as 4 linhas e que nao envolvesse a honra do clube rival, provocou-nos chamando-nos de “galinhada”.

    Thiago neves nao eh um mero torcedor. E nao esta mais com 18, 20 anos. Ja eh um profissional pra la de rodado. Ele eh um jogador profissional e figura publica sim, querendo ou nao, repercute

    Passou dos limites. E lembre-se que desde quando ele chegou ao cruzeiro em janeiro 2017, ele ja nos provocou VARIAS vezes, ja tem um longo historico.

    Nada justifica ameacas de morte a ele ou quem quer que seja. Quem faz uma ameaca de morte tem que ser investigado

    Mesmo sendo injustificavel ameacas de morte, que sirva de licao para reflexao do thiago neves sobre o teor de suas provocacoes

  19. Nao gosto dessas gozações públicas de jogadores, porque me soa falso,querem aparecer,jogar para torcida, escondendo a mediocridade em campo,haja visto que os grandes craques sempre respeitaram os adversários e torcedores rivais, por isso transitaram em vários times com desenvoltura,sendo ídolos por onde passaram.Uma brincadeira eventual é permitido dentro do tolerável. Também nao há razão para ameaças e xingamentos com riscos á integridade física e psicológica dos jogadores e familiares. Isso é coisa de bandidos fantasiado de torcedor, querendo exprimir suas frustrações e insignificâncias que a vida lhes propuseram. Somando a tudo isso uma imprensa bairrista,notadamente parcial e tendenciosa que fica explorando e expondo essas “brincadeiras”como algo humilhante ao adversário como forma de influencia-los a jogar melhor,ter raça; vingança! Isso atinge alguns jogadores que são acostumados e preparados,imaginem um monte de ignorantes frustrados com a vida, o sistema e principalmente com o time que nao conseguem ser bi a mais de 100 anos, gera toda forma de intolerância e desrespeito.Ao Tiago neves pará de conversar bobagens,aparecer, pq para mim é fraco,erra muito,sem preparo físico e nao me passa a ideia de bom profissional,apenas um jogador muito técnico que pode fazer a diferença em algum momento do jogo, porém muito abaixo do que dele se espera. Tem uma sorte danada , além de nao ter alguém na posição para lhe fazer sombra. Á imprensa parar de tentar ofuscar nossas conquistas com factoides e serem imparciais,pq ” eles tremem,marias, quarta do Goulart” pode! A nós cruzeirenses parar de nos preocuparmos com essas frangas, com sua insignificância,mesmo nas eventuais vitorias deles pq eles sao necessários,para que nossas glorias nao sejam efêmeras e sejamos sempre o maior de minas. Saudações celeste

  20. Amigos, boa tarde
    Quando o Kalil fala, e muitas vezes fala besteira, ele está representando os 8 milhões de atleticanos.
    Quando um atleta ou dirigente fala, ele está sintetizando a opinião dos seus torcedores.
    É muito diferente de um simples torcedor falar.
    Eu, tenho dezenas de amigos cruzeirenses e sempre os respeitei, assim como eles me respeitam.
    Já assisti um 100 jogos entre Atletico x Cruzeiro e, perdendo ou ganhando, nunca me alterei a ponto de agredir alguém.
    Assim, como a maioria (acho que 95% dos torcedores) existe a paz.
    Mas, tem uma galera desses 5%…
    Essa turma é que pega.
    Finalizando, sonho com o dia em que as diretorias dos dois times assistirão o jogo lado a lado, civilizadamente, da mesma forma que as diretorias de Barcelona e Real Madri. Seria o começo do fim das barbáries.
    Finalizando, o tamanho de um time não se mede pela quantidade de títulos.

  21. TN 30 tem que mostrar é futebol, coisa que tá devendo e muito, mas o salário(enorme) não falha.
    Joga mais em campo e menos nas redes sociais. A gozação do jogador, como TN 30, é dentro de campo, fazendo gols e dando assistências, é pago para isto. Zuação é para torcedor e na paz!

  22. Pedro, não tem conversa não. Jogador de futebol é profissional. Não tem que agir como torcedor. Jogador tem é que jogar e não conversar fiado. TN30 agiu errado sim porque jogador quando faz isto ele está desrespeitando e atingindo colegas de trabalho que estão alí pelo mesmo motivo que ele. E ainda não respeita a dor do companheiro que acabou de perder um título e vai sofrer a pressão do dia seguinte na pelo.

    Jogador não tem nada que agir como torcedor porque ele não sabe o seu dia de amanhã. Ele não deve cogitar fechar as portas para uma futura contratação como fez igual o Rever em 2014, quando aparecia em um vídeo no Youtube chamando cruzeirenses de Marias e depois teve as portas fechadas quando seu empresario veio oferecê-lo para o Cruzeiro. Alexandre Mattos disse na lata que este jogar não era digno de vestir a camisa do Cruzeiro e Gilvan endossou a declaração. Edilson fez uma vez em 2003 que foi falar merda no microfone quando falou que o “Cruzeiro iria tremer no Maraca”, primeiro jogo da final da CB de 2003 depois teve a cara de pau de achar ruim porque foi hostilizado no Mineirão. Pior foi o Paulo Roberto Costa, que foi ídolo do Cruzeiro no início dos anos 90, Campeão pela Supercopa em 92 e pela CB de 93, foi um dos melhores laterais direito que passou pela Toca. Em 94, no meio de uma crise, saiu do clube foi embora. Em 95 voltou a Minas pra defender o Atletico e aí, nas vésperas do Classico pelo campeonato mineiro daquela época, foi extremamente infeliz ao dar uma declaração na Radio Itatiaia de que “Os jogadores do Cruzeiro tremiam ao ver a camisa Alvinegra em campo”. De ídolo da torcida virou o mais odiado. Zezé Perrela jurou pelo pai dele que este moço jamais pisaria na toca da raposa algum dia por qualquer motivo que fosse. Mas, o mesmo Perrela que jurou isto, o incluiu na relação de jogadores ex-campeões da CB que foram homenageados no jogo da decisão pela CB contra o Flamengo no Mineirão em 2003. Constrangido, o cara falou aos microfones pedindo desculpas ao torcedor por suas declarações de 95 e disse que no foi Cruzeiro que conquistou títulos de expressão na carreira além do Grêmio e que por isto nunca mais conseguiu dormir em paz até o dia que pedisse desculpas a torcida do Cruzeiro. Mas a grande verdade é que além dos títulos de expressão que ganhou no Cruzeiro, ainda tomou calote no Atlético.

  23. PH, boa noite!
    Estou falando depois do jogo contra a Chape.
    Você, como sempre, foi muito feliz na sua colocação. Quando eu li, que nas comemorações dos cruzeirenses, a loja do rival foi depredada, eu fiquei triste. Isto é coisa de marginal, não de torcedor.
    O mesmo falo sobre o caso do TN30. Sim, ele exagerou. Mas, daí, ameaçar ele e a família dele de morte?
    Fico muito triste e preocupado quando vejo e leio, notícias deste calibre.

    Alexandre Furlan, de Betim.

  24. Já postei diversas vezes no blog do Atlético também, com o maior respeito, e penso que provocações só de leve, sem ofender ninguém! E acho que jogadores não deveriam fazer isso, do outro lado estão amigos deles, de profissão, e não rivais de guerra! Sei que o Tiago Neves queria entrar na pilha, aproveitar o momento, mas sou de que atitude alguma, comentário algum, devam acirrar os ânimos de torcedores e jogadores!Como eu sempre digo, já temos a Globo que joga contra o futebol mineiro, que nos prejudica sempre! No time do Atlético tem torcedores, amigos meus e nunca serão meus inimigos por causa do futebol, nem mesmo torcedor que eu não conheça! E torcedores do Cruzeiro também são amigos, irmãos, dos atleticanos! Ninguém é rival de ninguém fora das quatro linhas!

  25. Na minha opinião o cara pode zuar SIM e ameaças são inadmissíveis, caso de polícia. Ora, quem não se lembra do tardelli, que cansou de zuar o Cruzeiro e nunca foi ameaçado? agora vem meia dúzia de otários intimidar o TN30 por dizer a verdade? daí o cara se vê obrigado a pedir desculpas pra vagabundo pra preservar a própria família de ameaças absurdas. VTNC frangas!!!!

  26. È muito mimimi hoje em dia, antes os caras pintavam cabelo com a cor do time, imitavam os mascotes, falavam abertamente na imprensa, e hoje o cara vai zuar tem que medir tudo que fala pra o outro não se ofender…fala serio né, é muito vitimismo, essa geração de agora não sabe brincar, o cara estava ZUANDO, ai alguns imbecis começam a ameaçar o cara e família dele, cambada de sem noção!

    Cambada de coitadinhos que não aceitam uma zuação no futebol, em uma parada que é coletiva e para diversão, levam tudo a serio, me refiro aos torcedores dos times.

    E o KALIL que falou que ia prender o cruzeirense FDP que passasse buzinando em frente a prefeitura? Eu sou cruzeirense e to ligado que ele fez na zueira, mas o povo leva tudo a serio hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *