Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Um clássico é um clássico

União entre jogadores e torcida é destaque na classificação do Cruzeiro na Libertadores. (Foto: Cristiane Mattos)

Cruzeiro e Flamengo ontem mostraram para o mundo porque o duelo entre essas duas equipes é considerado um clássico do futebol brasileiro. Clubes multicampeões e de gigantesca expressividade no Brasil e no mundo, o azul celeste estrelado e o rubro-negro carioca fizeram uma apresentação de dar gosto. O técnico Mano Menezes não se conteve e, no segundo tempo, chamou Maurício Barbieri (técnico do Fla) para dizer que o jogo estava muito bom, de alto nível, com os dois times jogando, no chão, com muita técnica e raça. Assistimos ontem um verdadeiro espetáculo que fez valer o ingresso de quem esteve presente no Mineirão.

O resultado da partida foi negativo para o Cruzeiro. Embora a Raposa tenha criado chances claríssimas de gol, como aquelas perdidas por Hernán Barcos e Thiago Neves, e colocado pressão no adversário, o Flamengo foi feliz em uma de suas únicas oportunidades na partida. Falando assim, parece que os cariocas não jogaram bem, mas foi exatamente o contrário. O Flamengo fez uma belíssima partida no Mineirão. O jogo foi lá e cá, com os dois times exercendo pressão. A defesa celeste trabalhou muito, incansavelmente. E quando não dava na técnica, a raça predominava. Assim também foi para o Fla.

Apesar da derrota por 1-0, o Cruzeiro se classificou. É sempre bom lembrar que em mata-mata os jogos possuem 180 minutos. E nesses 180, o time de Mano Menezes jogou muita bola. No Maracanã, fizemos um jogo perfeito, de muita técnica, inteligência e, sobretudo, eficiência. Soubemos aproveitar as oportunidades e explorar as fragilidades do Flamengo. E, ontem, nossa missão era defender a vantagem conquistada a duras penas no Rio de Janeiro. Apesar da fama de retranqueiro, Mano vem mostrando que não é bem assim. O Cruzeiro atacou, não foi covarde. Não ficou esperando o Flamengo tomar as rédeas do jogo. Nós fizemos uma partida de muita intensidade, entrega, suor e técnica. Falhamos na concretização das jogadas, um problema que não é novo e que precisa urgentemente ser resolvido pelos jogadores e pela comissão técnica.

O gol perdido por Barcos foi imperdoável. Um jogador experiente e de nível como ele não pode se dar ao luxo de não mandar a bola para a rede em oportunidades como aquela. E o mesmo digo para Thiago Neves, que nos últimos tempos também vem perdendo “gols feitos”. É lógico que isso não resume a atuação deles. Taticamente, os dois estiveram bem. A equipe inteira, na verdade. O que Henrique e Lucas Silva jogaram ontem não é brincadeira. Dedé e Léo ergueram uma muralha quase intransponível. Romero, guerreiro como sempre, parece até inconsequente com sua própria condição física. Ele não parece se importar em machucar. Pra ele, o que vale é ganhar o lance de qualquer jeito. Arrascaeta, brilhante neste pós-Copa, ajudou a entortar os adversários. Thiago, Robinho e Barcos contribuíram com a experiência que possuem. E não posso aqui deixar de enaltecer os goleiros. Fábio e Diego Alves foram protagonistas em suas metas. E Éverton Ribeiro, ex-Cruzeiro, comeu a bola. Um show.

Mas o que ainda não saiu da minha cabeça foi o que os jogadores fizeram junto com a torcida depois do apito final. A comemoração “viking”, inspirada na torcida da Islândia, foi bonita, emocionante e arrepiante. Os atletas orquestraram o torcedor, invertendo a ordem das coisas. E foi histórico. Eu jamais vou me esquecer daquela cena. Foi uma das coisas mais bonitas que já vi a torcida do Cruzeiro fazer. E suplico que isso vire uma cultura de grandes decisões com grandes times. Porque banalizar também talvez não seja tão interessante. Digo isso porque deu pra ver a sintonia entre os jogadores e o torcedor. Os atletas compraram a briga. Eles querem a Libertadores. E nós mais ainda. E, como disse Mano Menezes, se a torcida jogar junto, a gente pode conquistar o que quisermos.

Parabéns Cruzeiro. Parabéns Mano Menezes. Parabéns jogadores. Parabéns Torcida Celeste. O Cruzeiro está nas quartas-de-final da Copa Libertadores. Todo descanso aos atletas é merecido após o jogo de ontem. Teremos uma maratona de jogos muitíssimo pesada em setembro. É Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores… Não vai ser fácil, mas pra gente nunca foi. E se somos o que somos é porque sempre tivemos força para superar os maiores desafios. Vamo que vamo!

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

73 comentários em “Um clássico é um clássico

  1. Acordou tarde, hein, PH? Senti falta da sua crônica. Às vezes vejo um time aquém de merecer o título desta libertadores, mas não é hora de chorar. Se jogar “para o café” e ganhar, como a seleção de 1994, eu até aceito o Mano Menezes falar “vocês vão ter que me engolir”, como o treinador daquela seleção.

  2. Apoteótico, a unica palavra que consigo descrever após aquela comemoração, não me atenho apenas a emoção, posso até estar enganado mas este time finalmente encorporou o que a torcida sente, esqueçam o resultado do jogo, e percebam as divididas, as roubadas de bolas e digo nem dos jogadores de marcação não, mas de todo o time o Arrasca dando carrinho, o Barcos brigando la na frente, já apoiamos Gerson Magrão, Anselmo Ramom e M.Paraná, não vejo porque não apoiarmos esse time!!! foi fantástico… foi lindo… foi Cruzeiro…

  3. Que alegria pela classificação, pelo futebol apresentado e pela empatia torcida/jogadores.
    Mas, o que eu gritei de palavrões quando o Barcos perdeu aquele gol, deixou meu cantinho lá no inferno reservado.

  4. Fala Pedro!

    Cara eu achei que o Cruzeiro jogou bem, assim como havia jogado contra o Santos, porém o time ta daquele jeito: Joga mal e ganha e joga bem e perde. Tem que achar um equilíbrio e o Mano não pode passar a mão na cabeça de um cara igual ao Barcos, perder um gol daquele é inaceitável! Todo mundo queimou a língua, inclusive eu porque achei que tinha sido uma boa contratação e até agora não fez absolutamente nada.

    Temos time pra ser campeão, porém a cota de incompetência pra fazer gols acabou e sofrimento assim fortalece o time mas também gera uma ponta de desconfiança. Temos treinador competente, que na minha opinião é o melhor do país e temos grandes jogadores mas agora é reta decisiva, erro zero!

  5. Valeu porque a vaga está carimbada! e principalmente evitamos mas uma eliminação em casa (Boca-2008, Estudiantes-2009, Once Caldas-2011, San Lorenzo-2014 e River Plate-2015)
    Mas na moral o Cruzeiro precisa melhorar seu futebol, parar de flertar com a sorte! Vencemos duas partidas fora, Santos na Copa BR e Flamengo na Libertadores e penamos pra garantir a vaga em casa. Ante o Santos só nos penaltis, ontem quase de novo
    Pra levantar uma das duas taças. ou quiça as duas, é bom melhorar o futebol!
    Não é ser chato, cornete, etc não! é ser cruzeirense!é querer ver o time campeão!
    Quanto ao jogo de ontem, Dedé e LS16 foram montros, monstros e monstros!Léo também fez uma grande partida!

  6. BOA TARDE PH

    O JOGO DE ONTEM FOI EMOCIONANTE EU NOS MEUS 52 ANOS QUASE INFARTEI .
    O TIME INCORPOROU O QUE SEMPRE NÓS TORCEDORES PEDIMOS JOGUEM COM RAÇA E SANGUE NOS OLHOS QUE SERÃO SEMPRE APLAUDIDOS MESMO PERDENDO IGUAL ONTEM. TODO TIME JOGOU BEM COM RAÇA ATÉ O BARCOS QUE PERDEU AQUELE GOL FEITO JOGOU COM RAÇA. DEDE E LÉO FORAM MONSTROS NA DEFESA COMO O FUTEBOL DO LÉO MELHOROU COM A ENTRADA DO DEDE NA ZAGA . LUCAS SILVA TAMBÉM JOGOU MUITO ROMERO NEM FALO NADA ELE É A RAÇA PURA DESDE TIME ARRASCAETA ESSE SIM VOLTOU JOGANDO O FINO DA BOLA . MAS AGORA TENHO QUE FALAR COMO FOI LINDO VER A COMEMORAÇÃO VIKING ENTRE JOGADORES E TORCIDA EMOCIONEI DEMAIS NESSA HORA MINHA ESPOSA ACHOU QUE EU IA INFARTAR POIS FIQUEI MUITO EMOCIONADO SÓ NOS QUE AMAMOS ESSE TIME SABEMOS O QUE ESSA EMOÇÃO . PARABÉNS COMISSÃO TECNICA E JOGADORES POR ESSE ESPETACULO DE ONTEM . AGORA MÊS DE SETEMBRO SÓ PEDREIRA ACHA REMEDIO DE PRESSÃO KKKK

  7. Pedro,
    Parabéns ao glorioso, cabuloso Cruzeirão, mas estou cansado de ver o nosso time se defendendo a maior parte do jogo. Ontem, 64% de posse do flamengo é imperdoável para um time jogando em casa diante de mais 50 mil torcedores. Que isso pô! Jogar no contra-ataque apenas não criamos muitas chances e, pra dar certo, tem que ter perto de 100% de eficiência nas conclusões. Esse esquema prejudica o Barcos, pois a bola quase não chega nele. Ontem o time foi guerreiro e Lucas Silva, Henrique e Dedé foram os destaques, na minha opinião, mas já estou pensando no provável jogo com o Boca no La Bombonera jogando nesse esquema… Vai ser muuuuito difícil assistir!!

  8. Beleza , concordo 100 por cento. Valeu !
    Prestígio nas Américas só o CRUZEIRO tem….que venha
    o Boca. !
    Agora , uma sugestão :
    O marketing nosso tinha que filmar ( ou pegar com quem fez o filme ) e espalhar para o mundo a comemoração viking dos jogadores e torcida ( 53 mil). Inesquecível , chorei muito….memória eterna !!!!!

  9. O jogo de ontem e a festa da china azul só vieram mostrar o porque de sermos os maiores de Minas. Jogo muito difícil enfrentamos um timaço e só não fomos vencedores da partida por detalhes. Detalhes esses que precisam urgentemente serem corrigidos, pois na sequencia poderemos ter problemas. De resto, parabéns aos nossos heróis, treinador e principalmente para a china azul, que lotou a toca III e proporcionou um verdadeiro show nas arquibancadas, causando inveja em muita gente por aí. Simbora Cruzeirão Cabuloso…

  10. Fala PH! opinião é opinião irmão! eu acho que o Cruzeiro fez uma partida mediana.não propoz o jogo e deu muito a posse de bola ao adversário. gostaria de ver a equipe com outro comportamento.que tomasse as rédeas do jogo.agredindo o adversário e marcando no campo inimigo.talvez não consiga isto.pela elevada faixa etária da equipe.nao gosto desse jogador Henrique.jogador inepto.passe ruim, não desarma ninguém, não chuta pra gol.quanto a Barcos.quem contratou esse engodo?pela amor de Deus!voltem logo Fred e Sássa.o Boca não é Urubu.temos que ter mais posse de bola pra termos mais chances.contra esse time cascudo e copeiro.

  11. Barcos e o Thiago Neves perderam gols que ninguém pode perder, nem em treino! O Thiago Neves vem jogando bem, melhorou bastante aí tem certo crédito, já o Barcos está ruim desde que veio para o Cruzeiro! Ele tem que melhorar muito para ser titular, e só o Mano não vê isso! Acho que tem que pegar banco e entrar qualquer outro jogador no lugar dele! Duvido que qualquer outro na renda mais que ele! Ele parece que nem participa dos jogos! Ficar como dizem, segurando zagueiros, isso não é atacante, aí coloca um juvenil e coloca parado lá que vai segurar os zagueiros também! Por enquanto ele tem que pegar banco, não tem vez no time jogando ruim como tá fazendo! Até a mídia fala do quanto ele tá ruim, ele tem a humildade de concordar, e ainda é titular! Espero que melhore bastante porque do jeito que tá jogando, tá matando nosso ataque! E os gols que tem errado são gols que nem jogador amador costuma errar! E na lateral direita nossa o Lucas Romero é outro nível! Apoia mais, tem mais futebol que o Edilson, defende melhor e tal! O Edilson está pesado, lento, não defende bem e não sobe para apoiar no ataque! Ontem entrou após a contusão do Lucas Romero e foi bem, mas tem sido exceção! Lucas Romero tem que ser titular no lugar dele na lateral direita!

  12. Comemorar derrota mesmo estando classificado para mim é pouco. Jogo de 180 minutos é desculpa pelo fraco desempenho do Barcos (pirata da perna-de-pau ou então tem dois tapa-olhos). O Mano demorou na substituição pois era visível que o Barcos se perdeu dentro de campo depois de perder o gol de dentro da pequena área e sozinho. Vejam que o ataque do Cruzeiro é o terceiro pior no CB. O sufoco contra o Santos parece que não teve o nós esperávamos. VITÓRIA. Foi uma comemoração igual daquelas piadas que a gente ri com sorriso amarelo só para não perder um amigo.

  13. Enfrentamos uma equipe muito boa, com bons jogadores e que valorizou muito nossa classificação, os jogadores entraram concentrados, sabendo que o jogo não seria fácil e se doaram, deram 100%, os jogadores de frente marcaram muito, pressionando o adversário o jogo inteiro, jogo de nivel champions, la e ca o tempo todo. A torcida fez seu papel e apoiou o time, mas acho que dava pra ser melhor, oq tem de gente tirando self ou de braços cruzados é uma grandeza, fico puto com isso, canta caralho, que preguiça … ; agora é continuar apoiando o time no campeonato brasileiro para que cheguemos embalados nos mata-matas.
    Saudações Celestes

  14. Ontem foi jogo pro ManoBol brilhar, e como o PH disse, nem foi bem isso o tempo todo. Esse gatilho apenas foi acionado definitivamente quando o Urubu abriu o placar, no restante o time realmente encarou e jogou. E sobre o gol ein….”Fábio e Diego Alves foram protagonistas em suas metas.”. Sim o Diego Alves realmente pegou TUDO que foi pra cima dele de forma brilhante, acho ele sim, um verdadeiro injustiçado na seleção, esse cara bateu recorde na Europa jogando em time pequeno. Enquanto isso a única bola mais ou menos no nosso gol passou pelo nosso amigo supervalorizado e resultou em gol. KKkk. A comemoração foi mesmo muito legal.

    1. Também acho que dava pra pegar aquela bola. Um poquinho mais de altura, braço, impulsão ou decisão, seriam suficientes. Vários goleiros tirariam.

  15. Os jargões do futebol me cansam. Entre uma partida e outra, entre um torneio e outro, as frases são as mesmas, os comentários são os mesmos. Alguém aí pode me dizer se algum título foi fácil para algum time na face da terra?

  16. O jogo foi muito bom… mas a derrota pode ser colocada na conta do Barcos…. Aliás… que barca furada hein? Esse jogador esqueceu como se faz gol? parece que sim….. Precisa encontrar o caminho das redes logo logo…. Paciência tem limites…. Ele ganha bem é pra jogar bem e marcar gols…. No mais, apesar do sufoco, passamos de fase…. Agora é só melhorar a pontaria dos atacantes e rumo aos títulos….

  17. 1º – O Flamengo não ganhou do América.
    2º – O Cruzeiro perdeu as duas últimas partidas para o Flamengo.
    3º – O Cruzeiro tem o terceiro pior ataque do campeonato brasileiro.
    4° – O Boca Juniors não é Flamengo, é melhor.
    5º – O Cruzeiro tem o terceiro pior ataque do Brasileirão.
    6º – Conclusão: O Cruzeiro terá que jogar muito mais e não perder gols como vêm perdendo, caso
    contrário é o fim da linha.

  18. Ontem aquela comemoração foi uma das coisas mais legais que ja vi no Mineirão! Agora as demais torcidas tentarão copiar ! quanto ao time o problema são os gols perdidos. Já esta na hora desse barcos sair do time.. O gol que ele errou foi ridículo. Falta de atenção, de vontade isso é que acho que ele esta tendo. Vamos agora focar no Boca e deixar esse brasileirão de lado. Ou será que tem algum iludido ( a cachorrada ainda acredita que vão ganhar kkkk).
    Vamos ser mais sensatos e focar no objetivo que ainda faltam 6 jogos.

  19. Falou tudo que gostariamos de falar,parabéns PH por mais uma pérola.Nunca vi o Cruzeiro tão engajado para fazer o trabalho como agora,muito profissionalismo,pé no chão e vontade,parabéns a cada componente dessa máquina afiada.Virão adversários muito competentes e fortes e nós realmente sabemos que não vai ser fácil.mas sabemos da nossa força e sabemos que esse time e capaz de derrotar qualquer time.

  20. Outra coisa! Esqueçam essa porcaria de seleção merda, que não representa nada e somente atrapalha o clube. A tal seleção brasileira que não representa o pais e um saco de bosta é a mesma coisa. Jogador do CRUZEIRO não deveria ser liberado para ir jogar nesse junta junta de mimadinhos.
    Deveriam sim ter vergonha de se juntar a esse grupo.
    No mais Sempre CRUZEIRO !

  21. Futebol e política é mesmo complicado discutir. Leio regularmente os comentários e aproveito a oportunidade para elogiar os posts do competente PH. Não poderia deixar passar em branco, como um cara que é UNANIMIDADE NACIONAL, pode ser criticado por quem “se diz cruzeirense”??? Um companheiro acima conseguiu criticar o FÁBIO??? Não vou nem mais falar de Henrique pra não me estender. Acho, sinceramente, e por isso me conformo, que os que o criticam, especialmente ontem, não entendem de futebol. LUCAS ROMERO é sim um excelente tomador de bolas e até merece titularidade sim, mais daí a dizer que o HENRIQUE é péssimo??? Excelente partida ontem. Grande Jogo! Dois timaços. Trata-se de mata mata e o cruzeiro venceu um jogo de 180 minutos por 2X1. Avante Cabuloso…Só pra apimentar as discussões, mas fazendo antes uma ressalva, “TN 30” é craque sim, mas joga muito mais do que vem apresentado. Ainda não vi, NO ANO uma atuação à altura de sua capacidade técnica e por isso tenho esperança em títulos. E quanto a errar gols, ´só quem já jogou bola ou entende um minimo, sabe, só perde quem se apresenta para fazer o gol. Ninguém é infalível. O que deve ser analisado quando da classificação de um jogador é a sua regularidade e não uma ou outra partida. Abraços. CRUZEIRO SEMPRE.

    1. Então quer dizer que o Fábio não pode ser criticado? Não é assim que deveria funcionar. Cada qual deve opinar aquilo que enchergou e você deveria ponderar em contraponto e não proibir de falar o que pensa. É assim que começa a cegueira do pensamento. Tudo que vier de contrário não é sequer analisado.

    2. Caro Uelton, existem pessoas que só sabem olhar o lado negativo das coisas e criticar, não se preocupe com essas pessoas, a vida vai ensinar a elas á valorizar os raros momentos de felicidades, ontem fui ao mineirão e ao meu lado tinha um homem de mais ou menos uns 40 anos, o cara ficou o jogo inteiro de braços cruzados, e falando mau do time do cruzeiro, o time precisando de apoio para superar os momentos de dificuldade e ele só criticando, quando cheguei em casa e refleti sobre o cidadão, cheguei a conclusão que ele é digno de pena, uma pessoa que não sabe curtir a vida. Essa é a minha humilde opinião.
      Saudações Celestes

  22. PH, que a sua coluna continue com este brilho. Algo raro, em que muitos deixam suas mágoas, raivas e frustrações ( tanto quem edita como quem opina).
    A clareza respeitosa e inteligente das suas leituras do Cruzeiro, atraem leitores e leitoras com o mesmo nível. Abraços

  23. PH,
    Fiquei acordado até tarde esperando sua resenha. Fiquei até preocupado, mas hoje vc satisfez minha expectativa.
    Agora é virar a chave pra Copa do Brasil que vem aí outra pedreira, mas não nos mete medo!

    1. Me desculpe, Tadeu. Sempre que não consigo postar na hora fico me sentindo mal, com um aperto no coração, pois sei que as pessoas aqui ficam na expectativa. Mil desculpas mesmo, mas realmente ontem o dia foi muito complicado e atípico. Ofereci na universidade uma oficina sobre indisciplina escolar e combinei com os participantes que iríamos até às 21h, mas a conversa extrapolou e acabei saindo de lá às 21h30. Perdi uns 15 minutos do primeiro tempo, vim correndo para casa, nunca corri tanto na vida. Cheguei, assisti ao jogo, quando acabou eu ouvi a coletiva do Mano e quando olhei para o relógio já estava muito tarde. Estava exausto e precisava dormir, pois tinha aula hoje cedinho. Só deu mesmo para sentar e escrever o texto hoje às 13h30 (e eu tendo uma reunião às 14h). Ou seja: ontem foi um dia bem puxado. Aliás, a semana tem sido assim. Só explicando mesmo para não parecer que foi um desleixo meu.
      Mas vamo que vamo!

      1. PH, muito obrigado pelas suas explicações.
        Realmente, minha preocupação contigo fez todo sentido. Sei como é a vida de professor, também dei aulas e atualmente trabalho com aulas de canto e técnica vocal em uma escolinha particular.
        O tema de sua oficina me interessa muito. Trabalho com música numa perspectiva de auxiliar na redução da indisciplina e da evasão escolar.
        Imagino sua tensão entre as duas paixões na noite de quarta-feira. Agora é relaxar e recuperar as energias para as pedreiras que teremos pela frente.

        Um grande abraço!

        1. Olha só que bacana, Tadeu! Legal demais saber que você trabalha com aulas de canto e técnica vocal e ainda utiliza isso como forma de auxiliar na redução da indisciplina e da evasão escolar. Bom saber que existe gente boa nesse mundo contribuindo para a melhoria social. Quanto à minha tensão, nossa senhora, gosto nem de lembrar rsrs
          Um abraço e dá-lhe zeiro!!!

  24. Ontem foi um jogo tranquilo, Cruzeiro jogou com inteligência e tomou conta do jogo, por mais que o Flamengo tenha tido mais posse de bola não exigiram defesas do Fábio e acharam um gol na sorte, em momento nenhum da partida eu fiquei preocupado com a possibilidade do Flamengo fazer o segundo gol, ótima partida do nosso time.

    O que não pode acontecer é perder gols como os de ontem, Barcos não dá mais, não se acertou e nem vai se acertar, se fosse o Raniel ontem teria guardado. Arrascaeta tá jogando muito mas também está com um preciosismo enorme, baixa a bola e joga coletivamente que vai longe.

    No mais que venha o Boca, vão ser dois jogos difíceis mas não impossíveis, o Boca não é tudo isso que estão falando.

  25. Gostaria que os nobres colegas, me esclarecessem minha dúvida; revi várias vezes o lance do gol do Flamengo e tive a impressão que o jogador do Flamengo usou o antebraço para fazer o gol, interessante que a mídia não comentou esse lance. Por favor deem as suas opiniões!

  26. O cruzeiro foi brilhante,jogou como nunca, só que perdeu como sempre! Deixemos pra lá a derrota. Nesse momento ela pode acontecer e mesmo assim seguimos adiante. Perdeu,por azar, capricho dos céus,enfim, o imponderável acontece. Acho que na hora que precisarmos ela vai entrar,com certeza seremos vitoriosos. Não acredito que seremos tão azarados assim sempre. Ela vai entrar na jogada mais difícil,no chute certeiro, cabeçada tipo a do Alisson pelo Grêmio, improvável! O cruzeiro mesmo perdendo jogou bem! Contra o Santos tivemos 5 chances claríssimas de gol , fora 13 chutes a gol e eles 3 chutes e 2 gols. Incrível! Azar? Flamengo não teve nenhuma oportunidade clara, acharam um gol. Nós perdemos 2 debaixo da trave e não deixamos eles jogarem. Por isso tudo acredito demais que a sorte vai mudar,pois estamos jogando bem! Saudações celestes!

  27. Bela classificação.
    Jogo difícil, mas o time foi bem na intensidade necessária. Jogou buscando o gol, contratacou em velocidade, contudo, voltou a errar nas conclusões, dando sobrevida a pretensões adversárias e correndo riscos no fim.
    Cruzeiro aprendeu, com duras derrotas, a respeitar este torneio; a nenhum clube brasileiro cabe o título de “gigante brasileiro na Libertadores” (os maiores vencedores precisam remar muito ainda).
    Flamengo é um dos melhores exemplos: uma história pífia na competição, com um título e uma série de eliminações (mas a turma se acha). Perdeu feio no RJ e veio a MG todo “requenguele” e conversando goma…

  28. Emocionante as palavras, fiquei na expectativa do texto, pois sábia que seria algo para refletir e fazer a torcida entender que o Cruzeiro está focado na libertadores e copa do brasil, que precisamos apoiar, pois raça e vontade não está faltando, vê o Thiago N dá carrinho, voltar para marcar, Léo, Dedé, Lucas Silva, Henrique, todo o time vem resgatando o prazer de ver a celeste nos gramados, está libertadores tá com cara de Azul e Branco, está com cara depois da comemoração e sintonia da torcida ontem, que seremos premiados para fechar o ano com uma linda historia. Vamos Cruzeirão cabuloso… Pedro, parabéns, pois você gera expectativa e vem surpreendendo com as palavras.

  29. Tem pontos que acho que podem melhorar. Alguns lances da partida os jogadores finalizaram mesmo tendo companheiros muito mais bem colocados. Pelo menos Arrasca, TN, LS e Raniel fizeram isso. Além é claro das finalizações que podem ser melhores.

  30. Boa noite PH.
    Valeu esperar sua crônica.
    Sensacional 👏👏
    Vc falou o que todo cruzeirense sentiu ontem.
    Eu nos meus 59 anos de idade, já vivi muitas vitórias e glórias no Mineirão e fora dele.
    Neste tempo todo que frequento a toca 3, nunca tinha visto uma simbiose de jogadores com a torcida, simplesmente inexplicável.
    Você foi foda hj, pra variar.
    Saudações Celestes

    1. Grande Santê! Que bom que gostou. Ontem a sintonia entre jogadores e torcida foi inesquecível. A torcida do Cruzeiro tem feito grandes espetáculos recentemente. De 2013 pra cá foram muitas ações incríveis. Que honra tenho eu de torcer para esse clube gigante!

  31. P.H. bela análise mais um vez. Isso é ser Raposa Astuta! Já meio caminho andado para conquista da Libertas, agora vamos ver hoje o Boca e Libertá, temos time para ganharmos de qualquer dos dois. Serão grandes jogos. E aguardamos com ansiedade dois grandes jogos contra os porcos pela semi final da Copa do Brasil, e grandes jogos também no brasileiro. Nosso time está bem ajustado, é só acreditar mais na hora de chutar para o gol. Podemos fazer mais gols do que estamos perdendo. O Barcos precisa treinar mais, principalmente dentro da área onde não consegue mais finalizar para as redes. É bom demais eliminar os urubús. Que bom. Abraços pessoal.

  32. Salve*****. A palavra de ordem é “motivação”. Quanto maior o adversário, maior o tombo. Rsrs… O Cruzeiro cresce e muito em grandes jogos e os rivais têm que serem respeitados e a partir deste princípio, entramos de igual pra igual contra qualquer um. Numa possível disputa do mundial o Real Madri confirmaria que valeu a pena ter emprestado o LS16 para o Cruzeiro e que isto foi o maior investimento para o jogador. Temos em nossa vantagem um grupo experiênte com jogadores que podem resolver. Cabe ao treinador saber avaliar o momento de cada atleta tanto físico, quanto psicológico antes e durante as partidas. Passar tranquilidade é confiãnça para seus comandados é de suma importância tanto na preleção, quanto durantes os jogos. É notório que de tanto treinar a equipe defensivamente os jogadores estão desaprendendo de como fazer gols e os números confirmam isto. Com um equilíbrio maior no meio de campo a confiãnça dos atacantes almentaram e os gols sairam mais naturalmente. Este grupo já vem jogando a um bom tempo e a tendência é um equilíbrio maior em todos os setores de campo. Aquela sinergia entre os jogadores na comemoração da classificação foi de pura harmonia que acabou contagiando a todos. Este Cruzeirão é uma constelação. Abçs

  33. Corroboro os comentários dos companheiros cruzeirenses sobre a ineficiência do tal pirata. Eu inclusive discordo de quem acha que ele esteja jogando com raça. O que tenho visto é um jogador andando em campo, desinteressado, sem dar combate aos adversários quando está sem a bola, destoando assim de todo o conjunto. A impressão que tenho é que, para o Barcos, o Cruzeiro é apenas mais um time entre tantos pelos quais já passou, destinado apenas a lhe proporcionar altos valores financeiros. Não vejo em suas atuações o comprometimento dos demais atletas da equipe. Espero queimar a minha língua. Mas, pelo que produziu (ou deixou de produzir) até hoje, vê-se que foi uma equivocada e lamentável contratação.

    1. Esta de jogador chegar e já ir ganhando camisa, acho um erro crasso e seja ele quem for. Isto aconteceu até com o Fred e não deveria se repetir. Um erro de planejamento em que o atleta deveria ir se adaptando com o grupo no que acaba desmotivando seus concorrentes. Neste caso o Sassá e o Raniel que o digam. No meu modo de pensar o cara deveria relar e muito nos treinamentos para conseguir ir entrando aos poucos nos jogos até conquistar seu espaço. Este papo de que a camisa é sua é de uma tremenda…….As cobranças devem continuar e por falar nisso, cadê o Rafael Sóbis? Tamo junto*****

  34. As opiniões de todos que aqui se expressam são subjetivas e retratam tão somente o modo peculiar como cada um enxerga uma mesma situação.Sendo assim,deixo registrado aquilo que percebi do embate.Espanta-me um pouco o quanto esse time do Mano Menezes gosta de flertar com o perigo.São já situações recorrentes de um time que adentra o campo de jogo com uma certa vantagem,e talvez pelo esquema implantado pelo treinador,vê-se subitamente correndo riscos de ser alijado da luta pela conquista dos torneios.Foi assim contra as frangas,contra o Palmeiras ano passado,contra o Santos,e contra o Flamengo.Alguns dirão,ahh você quer o que meu filho,que não haja nenhum risco?!Claro que sei que riscos existirão sempre,contudo,é premente atentar para detalhes como por exemplo,que não vai ser toda hora que Fábio pegará três pênaltis numa eventual decisão,ou que o time reverterá uma desvantagem de dois gols.Comemoro a classificação,o time todo lutou,esteve ligado,com destaques proeminentes como Dedé e Lucas Silva, monstros!!Lucas Romero,Arrascaeta,Léo,também se destacaram.Como muito bem colocado aqui por um dos companheiros,banalizaram o termo craque.Pra mim,Thiago Neves sempre esteve longe de ser um craque,ao menos ontem lutou,correu,se doou.Quanto a Henrique,minha opinião segue daquilo que vejo nele em todos esses anos vestindo a camisa do Cruzeiro:Inepto.Ontem não foi diferente.Alguns o consideram elemento importante para a equipe,ao ponto de acharem que aqueles que não o vêem como um grande jogador,não entendem de futebol.Tal atitude revela menosprezo com os demais e um certo estreitamento, calcados na pretensão de se acharem entendedores acima dos outros.

    1. José Tadeu perfeita a sua análise. Essa história de que Mano sabe jogar mata-mata é conversa fiada: como um time com quase 60 mil torcedores em campo se sujeita ao domínio do adversário, na espera de um contra ataque? Há alguns anos, o Cruzeiro era quase imbatível em seus domínios, por força de sua torcida e energia positiva que passava aos jogadores: isso no jogo foi magnífico e foi uma volta ao passado. Entretanto, se conformar com derrotas seguidas em casa é inaceitável e sem justificativa: não queiram nos pateticanizar, nunca fomos time para sofrer 90 minutos, sempre!! As finalizações estão uma brincadeira e parece que os caras não treinam: revejam o gol do atacante do Boca ontem, com calma, olhou o goleiro e tocou por cima dele…Agora falar que Henrique fez um grande jogo é demais: quem nunca jogou futebol não sabe o que é ter ao seu lado alguém pelo qual você tem que correr dobrado, que o tempo todo joga para os lados ou recua bolas, não propõe o jogo, além de fingir que marca, como um verdadeiro cerca Lourenço: economia para a lavanderia do clube. Realmente o cara tem padrinho forte e caminha ao recorde de Fábio… Contra argentinos o sufoco sempre foi e será grande, mas um time jogar contra eles esperando uma só possibilidade de marcar, no contra ataque, dificilmente terá êxito, a não ser com ajuda divina. Mano não vai mudar, por isso já esperamos o sobrenatural agir. Infelizmente temos elenco, mas um técnico ultrapassado e que privilegia a defesa, pois em sua filosofia gol é um mero acaso e não dá títulos…. Podem nos criticar, mas uma torcida exigente sempre foi a nossa marca e razão pela qual somos o maior campeão das Minas Gerais.

      1. É isso ai Ricardo Santos concordo com você, eu não sou contra classificação ou ganhar títulos, sou contra o FUTEBOL JOGADO pelo time, enquanto estamos passando de fase e alguns achando que está mil maravilhas vamos lá, mas o FUTEBOL apresentado deixa a desejar porque temos um time no papel igual a todos que se dizem os melhores do Brasil e não tem necessidade nenhuma de passar sufoco como também o Palmeiras passou ontem precisando até fazer cera, sei que nosso time pode render muito mais e mostrar um bom futebol, o Mano não tem culpa se o Barcos e TN30 errou gols fáceis, o Barcos foi displicência total e o TN foi falta de confiança de dar um corte pra dentro e o Diego sairia fora do Mineirão ele foi para abafar o chute e conseguiu, agora, erram gols fáceis nos jogos porque nos treinamentos devem só treinar para tirar espaços do adversário e quando aparece as oportunidades o atacante até assusta como disse o Barcos, que não esperava a bola.

    2. Na conquista da tríplice coroa tínhamos o Augusto Recife que fazia o feijão com arroz com muita competência. Cercava tanto os Lourenços quanto os Lourivais e não os deixavam “entoarem” no pedaço e os mandavam cantarolar noutro lugar. Esta é a maior função de um volante e na pior das hipóteses matar a jogada ainda no meio de campo dando tempo para que todo sistema defensivo se recomponha. Cobertura nas laterais e uma visão previlegiada para sair jogando com antecipações precisas. Em último caso chuta pro mato que o jogo é do campeonato. Vamo que vamo. Salve*****

  35. Foi sofrido, foi no sufoco, receita à la Mano, mas foi bonito demais. Se o SE adiantasse, se tivéssemos feito os gols inacreditavelmente perdidos pelo Thiago Neves e, especialmente, pelo Pirata, não teríamos passado por mais esse sufoco. São coisas do jogo, vá lá, mas o próprio Mano reconheceu que o número de gols “fáceis” perdidos está exagerado e que nem sempre poderemos segurar a onda para não permitir a virada do adversário. Por outro lado, mais esse sufoco serviu para demonstrar a raça e o comprometimento de todos os jogadores em defesa da jaqueta azul. No todo, foi mais uma atuação segura e consciente do time, que soube controlar o ímpeto natural do Flamengo e trazer a classificação às quartas de final, pelo placar agregado de 2 x 1. Que venha o Boca!

  36. Meu caro José Tadeu quem critica, por exemplo o Henrique. “É um comentário, correto? Quem não critica, também, é um comentário, correto? E quem critica quem critica, também é um comentário, e “direito de expressão”. Correto. Todos nós temos nosso direito de expressão. E o PH vai filtrar o que deve ou não ser publicado. E eu penso que o nosso capitão Henrique merece respeito, por ser um craque de futebol. Agora respeito as opiniões contrárias, porque as críticas para os nobres os fazem crescer ainda mais. Abraços.

  37. Ô PH, ATÉ QUE ENFIM DEU AS CARAS, HEIN! CÊ NÃO PODE SUMIR ASSIM NÃO, SÔ! FICAMOS ÓRFÃOS DE SUAS BEM TRAÇADAS LINHAS POR HORAS, E ISSO GERA ANSIEDADE PRÁ QUEM SE ACOSTUMOU A BUSCAR ESSE ESPAÇO, SEJA PARA ENALTECER OU PARA DISCORDAR, MAS SEMPRE PRA SE BALIZAR. QUANTO AO JOGO, MUITO BEM DITO. MATA-MATA TEM 180 MINUTOS E O OBJETIVO É SEMPRE ELIMINAR O ADVERSÁRIO. EM SENDO ASSIM, OBTIVEMOS SUCESSO TOTAL COM 2 GRANDES ATUAÇÕES, LÁ E CÁ. ESPERO QUE O RANIEL ENTRE NO PRÓXIMO JOGO, POIS UM ATACANTE COMO BARCOS DECLARAR APÓS O JOGO QUE “NÃO ESTAVA ESPERANDO A BOLA” É UM POUCO DEMAIS, VOCÊ NÃO ACHA? DESDE QUANDO UM ATACANTE DENTRO DA ÁREA DO ADVERSÁRIO NÃO ESPERA A BOLA? PIRAÇÃO TOTAL. E MAIS UMA VEZ PARABÉNS A NOSSA TORCIDA QUE FOI ESPETACULAR E A VOCÊ POR MAIS UMA BELA CRÔNICA.

  38. Bem,agora tá definido quem está no nosso caminho.Cirurgicamente o Cruzeiro deixou para trás dois gigantes,o Santos e o Flamengo,agora vem mais dois; o Palmeiras e o Boca.Realmente não tem dia fácil pra quem almeja o topo,com o Palmeiras é sempre uma briga de cachorro grande e dia 12 não vai ser diferente,confio no Mano pra armar um ferrolho daqueles de sair fumaça no quintal deles,e quando esse ferrolho é adiantado, dá para tirar o sono da defesa deles com os finalizadores talentosos que o Cruzeiro tem.Os dois times são bem similar,mas eu aposto mais na nossa defesa e acho que eles não tem atacantes melhores que De Arrascaeta e Raniel.Aposto numa vitória ou empate no jogo de ida.O Boca vai dar trabalho também,ainda bem que o talentoso Tévez não está tão jovem mais,mas mesmo assim ele continua sendo um definidor de jogos,o Abila vai querer vingança,mas novamente afirmo que nosso esquema defensivo vai prevalecer contra eles.Agora tem nosso velho rival Inter domingo,não tenho nem ideia qual time o Mano vai escalar,mas quem entrar em campo vai contar com a ajuda dessa camisa respeitada e temida.

  39. Cruzeiro 2 x 1 Boca em 1994, eu estava lá na velha é EXCELENTE arquibancada de CIMENTO do Mineirão TRUE……………Nonato quase fez um gol do meio da rua acertando o travessão……Ronaldo dentuço driblou meio time do Boca e fez um golaço.
    .
    .
    infelizmente 2008 eu também estava nas cadeiras vermelhas, inicio do mineirão FAKE….vendo Riquelme jogar……..
    .
    .
    BARCOS = 1 jogador a menos. Sem Raça, preguiçoso, sem habilidade.
    .
    Romero JÁ. No lugar do Henrique cerca lourenço na liberta, até lá o argentino já deve ter recuperado da lesão…..
    .
    .
    Cruzeiro não leva mais de 50 mil PAGANTES no mineirão, por quê?????????????????????
    .
    .
    VAI RETIRAR AS CADEIRAS ATRÁS DOS GOLS, OU NÃO?

  40. Muito feliz com a classificação do Cabuloso!
    Não é uma crítica é só uma comparação (se é que é possível uma comparação) se fosse o baixinho (Romário) no lugar do TN30 ele cortava pra dentro e entrava com bola e tudo! Não é?
    Abraço a todos e que venha o Boca Juniors (se passarmos ganharemos muita moral).

  41. Só peço por favor para os que estão cornetando algo, que fiquem em casa, assistam pela tv. Deixem ir para o mineirão somente quem entende o espirito da competição em disputa.
    Por mim que o Cruzeirão ganhe de 5 x 0 fora de casa, e que perca de 4 x 0 na volta.
    Libertadores nunca será fácil. Que venha o Boca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *