Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Transparência já!

Falta de transparência na base gera desconfiança na torcida do Cruzeiro.

Os bastidores do Cruzeiro estão agitados nesta parada para a Copa do Mundo. A reformulação das categorias de base está acontecendo e algumas movimentações estão deixando alguns torcedores muito preocupados. Nesta semana, a imprensa noticiou que Amarildo Ribeiro, ex-diretor de futebol do Ipatinga e braço direito de Itair Machado, vai assumir a diretoria de futebol da base. Além disso, a questão do nepotismo voltou à tona, já que Estephano Djian (filho de Marcelo Djian) e Jefferson Guedes (primo do atacante Fred) têm ocupado cargos na Toquinha desde o início da nova gestão.

A questão do nepotismo no futebol não é novidade e nem é recente. A maioria dos clubes brasileiros, senão todos, enfrentam essa situação. E na Europa não é diferente. O que fazer, então, já que todo mundo fecha os olhos e não enxerga que isso seja um problema? Pois bem. Fato é que Amarildo, Estephano e Jefferson são profissionais do futebol e têm experiência prática em suas funções. O primo de Fred teve passagens pelo Atlético-MG e pelo Fluminense. O filho de Djian comandou o Nacional-SP na Copinha do ano passado. E Amarildo tem trabalhado há anos nos clubes do interior de Minas Gerais.

É natural que cada presidente escolha profissionais de sua confiança para ajudar no trabalho. Gilvan, por exemplo, contava com o apoio do empresário Genivaldo Santos nas transações do clube. Vicintin disse que não via problema nessa relação. Hoje é Wagner Pires que conta com os seus. O torcedor pediu mudanças na base, e a nova gestão está fazendo isso, do jeito dela. O que todo mundo quer é resultado no final das contas.

Entre os objetivos que Wagner Pires de Sá traçou para as categorias de base do Cruzeiro estão “transformar a base em um centro de excelência de formação de atletas, por meio de metas e objetivos anuais e promovendo atletas de alto nível para o time principal” e “limitar a participação de terceiros em atletas da base”. Isso a gente só vai ver com o tempo. E com transparência. É isso que o torcedor quer, na verdade. Mais transparência.

A falta de transparência na base do Cruzeiro é um fato histórico. Se a nova diretoria quer fazer diferente, ela vai ter que mudar essa situação. Divulgar o percentual que o clube possui de cada atleta. Aproximar a torcida dos fatos que acontecem na base. Valorizar os garotos. Conscientizar o torcedor da importância de apoiar a base. Criar uma identidade para a base. Melhorar a captação de atletas.

A ausência de transparência sempre vai gerar dúvidas, desconfiança, crítica. E eu dou razão ao torcedor pela desconfiança. Por isso, em nome da torcida do Cruzeiro, faço um pedido para a nova direção cruzeirense: transparência já! Criem o Portal da Transparência no Site Oficial. Já passou da hora! E se é pra mudar a base, apresentem o projeto para o torcedor. Assim, tenho certeza de que as desconfianças se esvairão.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

38 thoughts to “Transparência já!”

  1. Seria uma boa tb a diretoria esclarecer o número de cargos criados na atual gestão. Está tendo mto papo de q estão inchando o Cruzeiro, com diretores q ganham milhares de reais, às vezes sem necessidade. A diretoria pode estar acertando em alguns aspectos, mas isso não pode servir para deixarmos de questionar os supostos abusos.

  2. Certíssimo, em tudo, PH. O que me preocupa é que o clube trabalha o atleta, revela e no final, até antes do final da etapa na base, o clube tem 10 a 25% e um monte de gente tem a maior parte. O Clube está sempre enfraquecido. Agora mesmo, o Cruzeiro optou por não adquirir o “seu” jogador, importante na base, Wander. O Alesson de 19 anos não é do Cruzeiro. O Clube nunca se beneficia. São muitos interesses porque há mundo de dinheiro.

  3. BOA TARDE PH
    ESSE PROBLEMA DA BASE DO CRUZEIRO É DE MUITAS GESTÕES PARA TRÁS , CADA PRESIDENTE VAI COLOCAR GENTE DA SUA CONFIANÇA PRINCIPALMENTE PARENTES ATÉ NO SETOR PUBLICO A GENTE VÊ PRESIDENTE, PREFEITO GOVERNADOR COLOCAR PARENTES NÃO VAI SER EM CLUBES DE FUTEBOL QUE NÃO VAI ACONTECER ISSO ESSE É O FAMOSO JEITINHO DO BRASILEIRO. MAS ESTOU ACHANDO QUE ESSA NOVA DIRETORIA ESTÁ CRIANDO CARGO DEMAIS EU ACHO QUE NÃO PRECISAVA DE TUDO ISSO AI . E VC FALOU UMA COISA CERTA SE ESSA NOVA ADMINISTRAÇÃO QUE ENTROU QUER SER HONESTA EM TUDO TEM QUE COLOCAR NO SITE MESMO O PORTAL DA TRANSPARÊNCIA E FAZER UM BALANÇO DE TUDO A CADA 3 MESES E COLOCAR NO PORTAL AI ASSIM NÓS TORCEDORES IRIAMOS FICAR SABENDO PARA ONDE O NOSSO DINHEIRO QUE COLOCAMOS NO CLUBE SE ESTAVA SENDO MESMO USADO PARA O FUTEBOL . POIS ASSIM SE A TORCIDA VER QUE TEM TRANSPARÊNCIA EM TUDO QUE A DIRETORIA FAZ O SOCIO TORCEDOR IA AUMENTAR , PATROCINADORES IAM QUERER SEMPRE PATROCINAR O CLUBE POIS ELES TAMBEM IAM SABER PARA ONDE O DINHEIRO ESTAVA INDO.

  4. Bom dia PH! Gostaria de aproveitar o espaço que nos é dado como leitores para aprofundar este assunto que é de fundamental importância para a nação azul celeste: A GRANDEZA DO CRUZEIRO e a DIMINUIÇÃO DO SEU STATUS FACE A SISTEMÁTICA “IPATINGAÇÃO” DO CLUBE e o LOTEAMENTO DOS CARGOS DA BASE A PARENTES e AMIGOS DOS ATUAIS DIRIGENTES.
    Preocupa-me, e muito, o direcionamento de algumas condutas tomadas pela presente diretoria.
    O Cruzeiro Esporte Clube é instituição gigantesca que teve à frente de seu comando durante décadas, Presidentes que sempre tiveram a rédea do Clube sob suas mãos. O que parece não vir acontecendo nos tempos atuais. A sensação é de se ter no Presidente, figura meramente decorativa e o Clube estar sob o comando do diretor de futebol. Um Clube de futebol não se distingue de uma empresa. Ao Presidente cabe todo ato de supervisionamento e gerência do Clube. Assim como em uma empresa, os acertos do CEO devem ser creditados ao Presidente; no mundo da pelota, os erros do diretor de futebol devem ser creditados de igual forma ao Presidente que o escolheu. Entretanto, dentre os notáveis, ilustres e campeoníssimos Presidentes celestes (os Masci, os Perrelas, Felício e Gilvan), o atual mandatário azul, Wagner Pires de Sá, parece ter terceirizado suas atribuições ao atual diretor de futebol.
    E o Sr. Itair Machado vem sendo vendido como um grande vencedor no mundo do futebol. E aí lhes pergunto: onde estão suas conquistas? Um título estadual pelo Ipatinga (não nos esqueçamos que foi sob seu comando que esse pequenino time também foi rebaixado no rural mineiro).
    Vale dizer, pra quem teve Presidentes extremamente vencedores, verdadeiros maestros que administraram o Clube e sob sua batuta vieram enormes vitórias, ver hoje o Cruzeiro chefiado por um diretor de futebol falastrão divagando bravatas é por demais preocupante. Até mesmo porque quem o ouve falar parece que o mesmo prestou ao Cruzeiro inúmeros bons trabalhos, quando na realidade se sabe que o plantel existente foi montado pela diretoria que saiu e as contratações feitas por ele não renderam em campo o que se esperava. Ao contrário, são bastante questionáveis o critério das contratações, uma vez que não visualizaram o envelhecimento do plantel com a chegada de 5 atletas com 30 anos ou mais (Fred, Egídio, Edilson, Mancuello e B. Silva). Jogadores esses que não trarão retorno financeiro algum ao Clube em função de suas idades. Em matéria publicada pelo site Uai (http://toqdiletra.blogspot.com/2018/06/cruzeiro-tem-apenas-um-reforco-entre-os-mais-aproveitados.html?m=1) o blogueiro nos alerta sobre o alto investimento das contratações pela atual diretoria e o baixo retorno ao Clube dos atletas contratados.
    Por outro lado, vimos em matéria também recente publicada no portal Uai, pelo Superesportes (https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/colunistas/jogo-rapido/2018/06/19/jogo-rapido,482252/ex-ipatinga-assume-diretoria-de-base-do-cruzeiro.shtml) o loteamento de vários cargos da base do Cruzeiro a amigos e parentes da atual diretoria. Dita reportagem afirma que na base encontram-se trabalhando e recebendo dos cofres do Clube as seguintes pessoas:
    1) o filho do Presidente; 2) o sobrinho do Vice-presidente; 3) o filho do executivo de futebol Marcelo Djian; 4) o filho do ex-Presidente do Conselho Deliberativo; 5) o primo do centroavante Fred (lá colocado, coincidentemente, na mesma época da contratação do jogador) e 6) o amigo de Ipatinga do diretor de futebol.
    Essas informações estão lá na matéria do site citado.
    Ao que tudo parece, a base, virou um grande cabide de emprego. Será que todas essas pessoas possuem experiência e competência para ocuparem os cargos a elas concedidos?
    Essa realidade caro PH, preocupa-me muito. E, graças a vc, vemos esses assuntos serem debatidos com a atenção devida. Estaria o Cruzeiro passando por um processo de “IPATINGAÇÃO”? O Ipatinga serve de referência ao glorioso Cruzeiro? É salutar ao Cruzeiro Esporte Clube ter na pessoa do Presidente uma figura apenas e tão somente decorativa? É correto o loteamento de cargos da base a pessoas ligadas à diretoria? São dúvidas e preocupações que tenho. Certeza apenas que o marketing do Clube está fazendo um ótimo trabalho, mas marketing não dá títulos! Precisamos cobrar e manter a tradição de termos bons dirigentes comandando o cabuloso Cruzeiro e não ver acontecer um processo de “IPATINGAÇÃO” do Clube, com todo o respeito que o Ipatinga mereça.

  5. Caro PH,
    Parabéns pelo questionamento neste post.
    Gostaria de saber se é verdadeira a informação veiculada pela imprensa a respeito da venda de Vitinho por R$10 minhões de reais. Trata-se de jogador com passe fatiado? Em caso afirmativo, qual o percentual do Cruzeiro no passe desse atleta? Você tem alguma informação sobre a transferência do Vitinho?

  6. Desde que façam um bom trabalho, não vejo problema. Só não podem inchar a folha de pagamento do clube com funcionário “cabide”. Perrela foi presidente por anos e sempre colocou amigos, parentes, etc. E fez uma boa gestão. No nosso rival sempre teve isso, no América nem se fala. Temos que ficar de olho sim, mas tb temos que dar um voto de confiança pro cara. Se alguem chegar na toquinha algum dia e ver o primo do Fred lá atoa, sem agregar nada, podem vir e bater. Mas pelo que escuto, é um rapaz trabalhador. Assim como o filho do Djian. Sei lá. Acho que temos que querer ver resultado. A divisão de base do Cruzeiro é boa, forma bons jogadores, mas a gestão era ruim. Não aproveitavam os jogadores da base, emprestavam, vendiam barato, ou deixava o cara lá ate completar 19 anos e ir embora. Aí não adianta. O Santos obriga o futebol profissional a “abraçar” pelo menos 3 jogadores da base por ano. O flamengo tem feito o mesmo. E olha os resultados. Santos e Flamengo tem condições financeiras de montar bons times com jogadores experientes, mas querem revelar. Querem dar chance pra molecada. Pq no Cruzeiro não é assim? Pq o Tony Anderson não teve chance no time e tem no Gremio? Pq o Vitinho vai ser vendido sem nem ter jogado? Pq o tal do Popó ainda não está tendo oportunidade de pelo menos treinar entre os profissionais? PQ nossa diretoria não cobra e nosso treinador não gosta. Simples. Então esquece a base. Fecha. Gasta muito dinheiro. Derruba a toquinha e faz um estadio pro Cruzeiro, já que tem um outro CT muito melhor. São extremos a se pensar. Eu sou adepto a investir sim na base, mas de forma correta. Não adianta ter uma estrutura ótima, e não revelar ninguém. Ou revelar pra vender a preço de banana.
    PS.: a ideia do estádio não é de toda ruim. Será que não da pra pegar uma parte ali da entrada da toquinha e fazer um estadio lincado ao CT, como alguns estádios europeus (pesquisem sobre o CT/Estadio do Manchester City)? Manteríamos a toquinha pra categoria de base, teríamos um CT ótimo (toca 2) e um estadio bom, num local de bom acesso. Caso a se pensar…

    1. Tenho a mesma opinião do companheiro aí de cima. As categorias de base do Cruzeiro não agregam nenhum resultado positivo ao clube. Entra ano e sai ano e praticamente nenhuma reveleção que possa ascender ao time principal. Seria muito mais interessante que se construísse na toca I, um estádio para 25 a 30 mil pessoas e acabasse com a base. Ali se gasta muito sem nenhum retorno.

  7. Transparência já!!!!!!!!! Tem que explicar? Que pronunciem os mais competentes. Quero saber quem é ***** e…………Abçs para os cruzeirenses e.

  8. Boa tarde, senhores.

    Boa a sua matéria.
    Apesar de cruzeirense (posso dizer doente), a cada dia fico mais distante do futebol.
    Ninguém está preocupado com o torcedor e com o clube. Estão preocupados em vantagens pessoais.
    Os jogadores em ganhar salários altíssimos, diretoria com certeza leva alguma vantagem.
    E o torcedor como fica?
    Alguém consegue explicar como o cruzeiro deve 10 milhões do Arrascaeta e tem apenas 25% do valor do passe. Vão falar que vendeu anteriormente.
    Tenho dito aqui que esta diretoria não sabe o que é gestão. No final do ano vamos ver a conta.
    Temos que repensar o futebol como um todo.
    Que beneficio me traz? Qual o resultado para a sociedade? Qual a contribuição de cada jogador para o dia a dia das pessoas?

    Já sei ficam reclamando que estão jogando de 3 em 3 dias. São pagos fortunas para isto a este caras que não produzem nada.

    Alô torcedor não vai a campo. Não seja socio de futebol. Não dê o seu dinheiro a estes caras.

    Seu dim-dim é suado.

    Abraços – Florencio de Cuiabá MT.

    1. Que se pronuncie os mais competentes. Que sejam homens e que deem a cara a tapas. Se não! Vão apanhar lá mais adiante……..Dignidade já.

  9. A verdade é que a base do cruzeiro está muito fraca nos últimos anos, estamos precisando de revelações que vão fazer a diferença para o time e com isso no futuro iram gerar uma boa renda ainda. Mas tem alguma coisa acontecendo ou é o olhar de quem garimpa esses atletas, ou tem algum outro motivo que não sabemos. Pq nossas revelações não tem deixado suas marcas no clube, basta vê nossas últimas revelações. Ex: marcelo, Arthur, Murilo, Vitor Luis, caca, Alano e tantos outros que já subiram e não resolveu nossos problemas. As últimas revelações boas são as de 2013 e 2014, ex: Mayke, Lucas silva. Temos que revelar melhor, procurar da oportunidades aos jogadores que realmente tem talentos.

  10. Caro PH, oportuno e procedente Post.

    A Falta de Transparência e o Nepotismo, são as mais graves doenças a minar a vitalidades de toda organização humana, lamentavelmente!

    Este Post, se a diretoria estiver certa e realmente comprometida em dotar o clube de novos processos em busca constante da excelência, terá, indesculpavelmente, que vir a público e detalhar as questões levantadas aqui por você. Se há projetos e programas sérios, pertinentes e inovadores, não vejo porque não os divulgar amplamente e aqui o espaço por excelências, para divulgações pausadas nesses dias de recesso futebolístico.

    No VAREJO, sempre tive péssima impressão de nossa base, por falta de transparência e, quanto a nova diretoria, estou simplesmente abismado com a criação de tantos e superpostos cargos. Num juízo preliminar e por isto superficial, prenuncia-se, a criação de tantos cargos superpostos, simplesmente para criar sinecuras, jogando assim, dinheiro na lata de lixo. Tomara esteja rotundamente enganado!

    Com a palavra pois, o Dr. Wagner, o Itair, o Dr. Lage e Zezé Perrela, se é que para eles, a preocupação do torcedor tem alguma significância!

    Será Robinho DM, Tiago Paturrilha Bichada e Edílson tomador de cartões estão fazendo o mesmo que o Bruno Silva, SE CUIDANDO para aguentar jogar os dois tempos com dedicação?

  11. Para mim NEPOTISMO é apenas quando se trata da coisa pública,numa empresa privada você coloca lá alguém de sua confiança e fim de papo.
    Clareza no futebol nunca houve e jamais haverá,ainda mais hoje que é totalmente dominado por empresários.
    Simples assim.

    1. Companheiro Sérgio Nascimento, boa tarde.

      Permito-me esclarecer-lhe que a conceituação de NEPOTISMO não é bem a que você assentou aqui. No Serviço Público é considerada prática proibida em razão de vedação legal. Na empresa particular onde tudo que não é proibido pode ser praticado, o nepotismo também existe e com grande intensidade, sem contudo ser infração legal. Mas nem por isto deixa de ser nepotismo!

      O que assinalei quanto a esta prática extremamente nociva na vida das organizações humanas, é exatamente porque, onde ela se faz presente, a meritocracia cede lugar á proteção, como bem define a conceituação do termo que retransmito aqui: “Nepotismo é o favorecimento dos vínculos de parentesco nas relações de trabalho ou emprego. ”

      Logo, esta condenável prática de favorecimento ilegítimo ocorre tanto no serviço publico quanto na órbita das empresas privadas e associações. Para que não haja confusão, faço esta explanação, posto que, pelo sua manifestação, por ser o Cruzeiro uma entidade de direito privado, associação esportiva, não haveria NEPOTISMO ao se contratar parentes de seus dirigentes, como o Post e outros colegas os denunciaram como existentes. Asim, para evitar confusões: no serviço público o NEPOTISMO é proibido. Nas empresas, embora não proibido, é muito praticado porque o ser humano, em todos os tempos, latitude e longitude, com raras e honrosas exceções, sempre preferiu o errado que o certo. Se assim não fosse Caim não teria matado seu irmão Abel por inveja, como registra a Bíblia Sagrada no livro de Gênesis, noticiando o primeiro homicídio.

  12. P.H. muito bem. Transparência já. Não entendo porque o primo do Fred vai estar lá. O cara chegou outro dia, vindo do Btlético, e ainda não disse ao que veio, está só mamando na teta da Raposa Astuta. Não. Parem com isso. O outro lá parente do Djan, nada disso! Estão querendo fazer do Cruzeiro um feudo, onde os cargos mais importantes são passados de pais pra filhos e parentes. E cadê os resultados? Estão pegando o dinheiro do clube para aplicar na base e fazendo uma ação entre amigos. E a torcida da Raposa Astuta? Onde ficamos? Aí o nosso time vai enfrentar um São Paulo, ou Flamengo, e temos que ficar só na retranca e pra perder de pouco. Como time pequeno. Nada disso. Não queremos. O que queremos é um time e uma base para a torcida, o povo. Para nos dar alegria. Queremos mudança nessa forma de organização já! Abraços pessoal.

  13. P.H. quando se incha um clube com parentela de quem está à frente, e se acontece numa firma, ou empresa qualquer, a tendencia é que essa empresa vá à falência, porque não se exige resultados dos parentes e/ou amigos. Agora no time da Raposa Astuta têm que se colocar funcionários, chefes e dirigentes, de carreira, caras profissionais do ramo, principalmente na base, e se exigir os resultados. Faz tempos que um time da base do Cruzeiro não consegue enfrentar um flamengo e/ou São Paulo, de igual para igual, e é sempre vexame ou no mínimo um grande sofrimento. Futebol profissional se pensa com profissionais e não com conchavos, mutretas, ou nepotismos. Mudanças já com transparência, para que a Raposa Astuta se fortaleça a cada dia. Abraços.

  14. Temos evoluído!!!!!!!!Nesta hora em que a seleção “escrete” nacional esta “jogando”, estava observando da janela “lateral do quarto de dormir” e ví que as crianças brincavam na área de lazer, tinha pessoas fazendo música das boas de verdade, que muitos carros transitavam pelas ruas, tudo normal. Pareçe que o país esta acordando, será! Saudações

  15. Acho que os clubes deveriam ter um lei interna.
    Todo jogador de base …o clube deveria ter no minimo70% do Passe Os clubes sao reféns desses desgraçados chamados empresários? Eles não pagam
    uma agulha no clube e ainda tem a maior parte no jogador .
    Então meu amigo ,deveria ser assim …vai vir pro clube ?
    .é de empresário?
    Então assina aqui.
    70% ou 80% é do clube.

  16. O problema agora é que muitos garotos não estão querendo ficar no Cruzeiro, o próximo garoto que deverá ir é o lat. direito Lucas Soares todos já começam ver que não terão chances com o Mano, prefere ficar com Ezequiel, é um absurdo isso, e quando tem uma chance logo na estreia a torcida já vai logo vaiando, ai quem vai querer ficar. O Lucas Soares é bom jogador, e além disso pode ir de graça. É PH esta complicado as coisas no Cruzeiro. Estamos precisando reforços urgente, Sobis esta jogando de meia, mas é lento e sem velocidade, além disso não tem muita habilidade pra driblar e abrir uma defesa fechada, o T. Neves esta mal fisicamente, fácil de ser batido, Robinho é outro que também não tem rendido nada para o time, além disso também é muito lento, como fica os centroavantes sem receber pra marcar, por isso que precisamos de um meia pela direita e um armador centralizado.

    1. DELA FILHO
      Cara, ja ando com o saco cheio de ler e ouvir tanta bobagem , e que tudo é culpa do MM.
      Quer dizer que na sua ótica, os jogadores da base, ja sabem que não serão aproveitados pelo MM e preferem irem embora.?
      Tá, e antes do MM? pq. nao se aproveitou?
      E antes de antes de antes do MM?
      Vc. se lembra da era PERRELÃO LADRÃO, que nós torcedores comuns, descobriamos que o jogador “fulano de tal” tinha sido da base do clube e ja estava ha anos jogando na Europa, sabiamos pelos meios de comunicação, vendidos na surdina pelo LADRÃO MOR, e não tinhamos o MM por aqui. Ha quantos anos vc. lê e ouve que o nosso time é comprador e nunca é formador, formador do porte de um América no passado e atualmente o Vitoria da Bahia e Santos por exemplo? isto caro amigo, é mesmo para facilitar as tramoias desses caras, quanto mais bagunçado , melhor para eles. mas isto nada tem haver com o MM. È do DNA instituído desde os tempos do PERRELAO LADRÃO.
      A nossa base, de 2000 para cá, sempre serviu para empresários/dirigentes corruptos tudo com a complacência da diretoria m e eu te pergunto : vc. acredita que vai mudar, ? NUNCA meu amigo, o maná desses caras, está aí. por isso é que não muda, mas nada tem haver com o MM. é da essência dos nosso dirigente,principalmente os atuais.
      .

  17. Não acho que essa questão de dar emprego a esse ou aquele profissional, desde que seja competente, tenha tanta relevância. O que precisa é que realmente o cara mostre serviço e dê resultados. Quanto a transparência, isso é primordial, especialmente quando o clube pertence a uma torcida tão exigente quanto a nossa. Agora, tem torcedor que às vezes se acha no direito de dar pitacos até mesmo onde não deve e acha que tá tudo errado. A china azul precisa cobrar sim da diretoria; cobrar transparência, seriedade e principalmente respeito com o torcedor e da nossa parte que deixemos os caras trabalhar em paz né? Simbora Cruzeiro…

  18. O volante Vander é mais um que se despede do maior de Minas depois de uma boa passagem pelas categorias de base onde se destacou fazendo muitos gols e com várias passagens pelas seleções de base. Como o clube não optou pela sua contratação em definitivo, junto a Tombense, lá se vai mais uma grata promessa, provavelmente para o Braga de Portugal. Que os mais competentes se pronunciem…..
    Salve salve*****

  19. A TRANSPARÊNCIA É UM PROBLEMA PARRA TODAS AS GESTÕES DE CLUBES POIS É POR DEMAIS SABIDO QUE O FUTEBOL É UM TEMPLO DE LAVAGEM E DESVIO DE DINHEIRO NO BRASIL E NO MUNDO. AQUI MUITO MAIS É CLARO. QUANTO À BASE, GOSTARIA DE SABER SE ALGUÉM APONTA UM ÚNICO E ESCASSO ATLETA QUE TENHA SAÍDO DE LÁ COM 100% DOS DIREITOS PERTENCENDO AO CLUBE? QUANDO SOBE OU É VENDIDO É QUE FICAMOS SABENDO QUE SEUS DIREITOS JÁ FORAM FATIADOS ENTRE EMPRESÁRIOS. É UMA VERGONHA!!!!.. QUANTO AO NOVO DIRETOR DA BASE, QUE JOGADOR O IPATINGA REVELOU PARA CREDENCIAR ESSE SENHOR A VIR PARA O CRUZEIRO? ISSO É O MAIS DESLAVADO COMPADRIO ÀS CUSTAS DO CLUBE. A CONTINUAR ASSIM JÁ, JÁ TEREMOS UMA USIMINAS NA TOCA.

  20. E não é que a Inglaterra aplicou a maior “goleada” lá no “torneio de verão” na Russia. Isto me fez lembrar de 04/12/2011, contra o time B da cidade. Recordar é viver. Rsrsrs….Abçs*****

  21. Olá Prof Pedro Henrique,

    Parece que, de 2011 para cá, o Cruzeiro foi perdendo, pouco a pouco, o controle das contas do clube (falo como observador, com poucos dados concretos baseados nos balanços publicados).
    Falava-se em gestão financeira equilibrada, contas saneadas, salários e negócios em dia, pequena divida fiscal renegociada, clube como referência para interesse de atletas.
    A torcida, em parte, reclamava muito da venda dos principais jogadores, o que acabava sendo algo inevitável e defendido na direção como forma de manter o clube em médio ou longo prazo.
    Ocorre que passamos um bom tempo sem atletas que, de fato, despertassem interesse externo mediante pagamento de boas somas; algumas apostas em promissores acabaram em fiasco, frustando expectativas de retorno. Hoje a coisa mudou e os vendidos, quase sempre, são promessas da base, já que os próprios jogadores, seus procuradores e até o clube pressionam neste sentido. Bom jogador que explode já está todo “fatiado” junto a investidores, já que o clube tem alta folha de compromissos.
    Acho que mudou o nosso perfil na busca de gente de valor para defender o time e dar retorno em venda futura. Luxemburgo falava sempre: precisamos bons jogadores que representam investimento indispensável à qualidade (como Müller, Renato Gaúcho, Rivaldo, Edmundo, Djair, Valdo, Sorin, etc…) e de bons jogadores para vitrine e dividendos centros (como Luisão, Maicon, Motta, Edu Dracena, Charles, Ramires, Wagner, Goulart, Everton Ribeiro). Era assim que o Cruzeiro se montava e se financiava.
    Estamos errando muito na contratação dos jogadores investimento e, por isto, penando com altos custos e baixo desempenho (que prejuízo e frustração com Ernesto Farias, Diego Souza, Tinga, Júlio Batista, Dagoberto, Riascos, Rafael Sóbis…).
    Também temos errado muito na tentativa de agregar bons jogadores, contratando na baciada, com longos contratos por gente de qualidade discutível (que prejuízo com Rafael Donato, Paulão Caveirão, Vitorino, Diego Arias, Willian Farias, Walter, Uilian Correa, Bryan, Pará, Samúdio, Paulo André, Seymour, Leandro Damião, Gabriel Xavier, Henrique Dourado, Neilton, Marlone, Lucca, Kunt Caicedo, Mena, Douglas Grolli, Allano, Marcus Vinícius, Pisano, Sanchez Miño, Rafael Silva, Douglas Coutinho, Fabrício, Fabiano, Rafael Marques…) que oneram a folha salarial e acabam determinando a necessidade de vender direitos de jogadores da base para fechar contas .
    O Cruzeiro tinha sérias esperanças em vender as tais “joias da base”, como Maike, Vinícius Araújo, Elber, Alisson por grandes somas, contudo, só Lucas Silva saiu por dinheiro que compensasse. Os outros, inobstante a badalação, não se consolidaram como grandes jogadores e a trilha tem ido ladeira abaixo.
    E o que dizer da turma cada vez mais cara que vem para compor elenco, como Lucas, Edilson, Bruno Silva (em imaginava esse jogador titular e dando uma competitividade ao meio campo azul, contudo, ele não parece ser esse cara). Diogo Barbosa veio com alto preço e saiu ao Palmeiras.
    Parece que a capacidade de avaliar diminuiu muito e isto gera os prejuízos ao clube, com desconfiança e falta de transparência, além de endividamento crescente e ações de cobrança; até o Alexandre Matos, numa passagem vitoriosa, deu muito prejuízo com suas contratações na base da rajada, resultando num monte de compromissos financeiros ao clube.
    Fico incomodado quando vejo um cara chegar com status de estrela e, de forma inaceitável, demonstrar um rendimento pífio e ir para o banco de reservas, como foi com Tinga, Júlio Batista e agora com Sobis; fico incomodado quando vejo jogadores no auge da carreira, experientes, viverem no estaleiro, como Robinho e Thiago Neves; fico incomodado quando antes do meio da temporada começa essa conversa fiada de desgaste físico (e no meio da parada o clube resolve fazer jogos com o Corinthians, sabe-se lá para que (desconfio que seja para encher grade de programação de tv quando os jogos da Copa do Mundo se tornarem mais raros)). Olha a situação desse jogador que veio do Vitória: investimento alto, com o clube baiano criando um ranço por causa de tentativa do Cruzeiro de renegociar os pagamentos, e o cara não entra em campo para defender o clube. Quem o examinou? O que o cara tem? Quanto tempo ele levará para jogar?
    Realmente é preciso transparência. Financiar futebol não é tarefa simples e o Cruzeiro, que no passado se virava bem se financiando com excursões ao exterior, que foi um dos poucos a celebrar uma parceria vantajosa e lucrativa (Hicks, Muse, Tate & Fursts), que se tornou uma referencia na revelação e venda internacional de jogadores, vem derrapando, com o os demais clubes, hoje todos dependurados nas cotas de tv e com endividamento crescente.
    Há muito coisa a ser rediscutida sobre financiamento do futebol, sobretudo o potencial do programa de sócio torcedor. Fala-se, em todos os clubes, em milhões de torcedores, contudo, até onde se sabe, uma parcela pequena costuma aderir, pois a vida não está fácil. Hoje ninguém tem 150.000 sócios torcedores e deste não se sabe quantos estão em dia com os compromissos… Ao que parece a transparência também não chegou aos programas de sócio-torcedor e uma parcela grandiosa parece ser mantida ativa só para fazer mormaço.

    1. ALEX, EU MESMO GOSTARIA MUITO DE FILIAR-ME AO SÓCIO TORCEDOR, MAS NÃO O FAÇO POR ME RECUSAR A PARTICIPAR, FINANCEIRAMENTE, DE UM SISTEMA QUE NÃO TEM NENHUMA PRESTAÇÃO DE CONTAS E UM CLUBE QUE, APESAR DA MINHA PAIXÃO, INFELIZMENTE NÃO POSSO IGNORAR OS FORTÍSSIMOS E DESLAVADOS INDÍCIOS DE DESVIOS DE GRANA. CREIO QUE SE HOUVESSE TRANSPARÊNCIA O NÚMERO DE SÓCIOS TORCEDORES AUMENTARIA MUITO, POIS TENHO VÁRIOS AMIGOS QUE NÃO ADEREM PELO MESMO MOTIVO, A DESCONFIANÇA.

  22. Poderia comentar o fato do Cruzeiro estar tentando trazer o Ricardo Goulart com custo altíssimo.

    https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/06/26/com-ajuda-de-investidor-cruzeiro-oferece-r-70-mi-por-ricardo-goulart.htm

    Como pode o time cheio de dívidas e ainda quer fazer contratações caras? Creio que investir no futebol é importante, mas temos que ter os pés no chão.

    O Flamengo é um excelente exemplo de clube que equacionou suas dívidas e agora começa a colher os frutos de uma boa gestão financeira/administrativa.

    Transparência já. Zerooooo.

  23. Recomendo a todos a entrevista que Gilvan de Pinho Tavares deu hoje ao Superesportes. Explica erros banais, grosseiros, crassos dessa ralé que entrou. Entre eles o que vai sair mais caro a clube. O rival queria se ver livre de Fred e o Cruzeiro foi lá e comprou jogador em véspera de aposentadoria. Pode preparar que vem problema ainda este ano, com essa contratação que mostrou NADA até agora. E, pelo jeito, vai ficar assim. Contratamos um jogador para assegurar um ano de salário pré-aposentadoria. Coisa de Perrela. Quem mais? Chega dessa família que quer fazer dinastia dentro do Cruzeiro. O sujeito só aparece quando precisa de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.