Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Desfalque fora das quatro linhas: Cruzeiro perde profissional do marketing

Após cinco meses de trabalho, Bernardo Pontes deixa o Cruzeiro. (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

No início do ano, quando a gestão do presidente Wagner Pires de Sá teve início, o Cruzeiro contratou Divino Alves de Lima para exercer a função de vice-presidente financeiro do clube cinco estrelas. Três meses depois de assumir o cargo, Divino pediu demissão e enviou uma carta explicando que não tinha habilidades necessárias para “conviver com o contraditório”. Essa declaração, é claro, repercutiu na mídia e pegou mal dentro da Toca da Raposa, de tal maneira que rapidamente Divino divulgou nova carta dizendo que foi mal compreendido.

Agora, subitamente, do dia para a noite, o diretor de marketing Bernardo Pontes deixa o Cruzeiro em comum acordo com a diretoria. Ele chegou e rapidamente conquistou o torcedor cruzeirense, pois ele quis ouvir cada sugestão dos torcedores para melhorias no marketing. Marcou até uma reunião na Confraria Celeste com cruzeirenses que topassem dar sugestões para ações de marketing. Além disso, o trabalho que vinha sendo feito até aqui chamava a atenção: o Cruzeiro evoluiu muito na relação com o torcedor e na área do marketing.

Na liderança disso tudo está Marco Antônio Lage, um profissional competentíssimo que veio da Fiat para ajudar a coordenar o marketing e a comunicação do Cruzeiro. Parece que até ele ficou surpreso com a saída de Bernardo Pontes. Como a notícia é recente, ninguém do clube se pronunciou sobre o assunto. O que temos até agora é uma breve nota no site oficial explicando o desligamento do profissional.

É preocupante essa situação de saída de profissionais do clube. Se isso se tornar uma rotina, quem é que vai querer trabalhar no Cruzeiro diante dessa instabilidade? Nós precisamos de coerência, de gente que chegue para implementar uma ideia e que essa ideia seja seguida. Esse troca-troca de funcionários só atrapalha o clube. Ainda não sabemos o que houve, de fato, mas perdemos um baita profissional.

Vamos aguardar o pronunciamento oficial da diretoria. Numa noite em que Itair Machado foi aos microfones para dar boas notícias para o torcedor, a saída de Bernardo Pontes foi um baita banho de água fria na torcida celeste.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

57 comentários em “Desfalque fora das quatro linhas: Cruzeiro perde profissional do marketing

  1. Nação Azul, observem o quanto essa mídia Mineira é tendenciosa, o Cruzeiro ficou em primeiro lugar no grupo da morte da Libertadores e essa mídia comenta é futuras baixas do Cruzeiro como Arrascaeta e Lucas Silva,enquanto a mídia Carioca exalta o segundo lugar do Flamengo.

  2. Espero que venda por esse valor mesmo,caso apareça, mais se chegar 15 milhões, os caras vendem na HR não pensam duas vezes..
    Quanto a questão da demissão, está estranho já é o segundo, algo de errado está lá dentro.. como uma interferência ou palpites demais no trabalho do cara, que estava fazendo um bom trabalho.
    Abrç
    Wanderson

  3. O que me preocupa são as permanências de LS16 e Arrascaeta!
    Bons profissionais de marketing as faculdades formam todos os dias, as vezes o que falta é oportunidade para a pessoa certa!
    Já jogadores acima da média, é difícil encontrar!

  4. Pedro Henrique, boa noite.

    Você tem toda razão de estranhar estes deligamentos curtos e repentinos de profissionais gabaritados em referidas área de trabalho, como o Divino e agora o Bernardo. Isto denota turbulência na cúpula de nosso amado Clube, ocorrências estas que precisam ser DEVIDAMENTE esclarecidas, porque, nós torcedores, temos este direito: de sermos bem informados.

    Penso que devemos aguardar para depois nos pronunciar. Mas uma coisa é certa: estes acontecimentos além de bem explicados, precisam findar-se e não mais serem repetidos.

    Que haja maior maturidade na formulação dos convites e maior responsabilidades por parte dos convidados na aceitação.

    Com relação à entrevista do Sr. Itair, gostei dos esclarecimentos sobre o Arrascaeta. Com isto ele cortou totalmente o barato da galopress ficar veiculando notícias desencontradas e tendenciosas para menosprezar o Cruzeiro, seus torcedores e diretoria. Com relação ao LS-16, parece estar surgindo uma tênue luz a permitir sua continuidade aqui. Se o Real VERDADEIRAMENTE se dispõe a vender o LS-19 do modo que Itair falou, ele que é um expert nesta área, já devia estar preparando um clube de aluguel aqui para ficar com o LS-16 e este então o transferiria ao Cruzeiro no esquema de pagamento adredemente ajustado com o Real, removendo-se assim, o óbice da divida na FIFA.

    Reforço ele despistou e corretamente. Vejo 2 ótimos no Flu: Marcos Jr. e lateral direito, Rogério. O Edílson não se cuida fora do campo e por isso vai ficar igual o TN-30: bom de bola mas impossibilitado de jogar quarta e domingo. Estão velhos, curtem as amenidades da vida noturna e assim não conseguem suportar a intensidade dos jogos. Além disto, tem recuperação muito demorada, pois seus organismos não regeneram com a rapidez dos mais novos.

    Como nada falou em dispensas, podíamos pedir o complemento da entrevista neste tópico, para ver se ele falaria se o MANO MENESES, seu chefe, permitiria a venda ou doação do Sóbis, do Robinho, do Ariel e do Ezequiel, pois nesta entrevista ficou PATENTE que o Itair só vei fazer o que MM deixar ou autorizar. Eta subserviência irracional e indigesta!

    1. Bom dia Pedro Henrique e Ronaldo, ontem assistindo o Radio Fox às 12:50 hrs , na discussão deles onde os 5 falam de uma só vez sem nenhum respeito ao telespectador, alguém incluiu o Cruzeiro entre os times que podem dar trabalho na LA, e o Sormani disse; ” que Cruzeiro o quê, ganhou do Racing levando o maior sufoco”, mostrando um desprezo enorme pelo nosso time e ainda elogiou o Corinthians, hoje com certeza ele irá dizer que a derrota feia para o Millonários ontem, é porque o time já estava classificado, por aqui onde moro é difícil ter que aturar essa imprensa tendenciosa do eixo que assim como a de Minas tem seus preferidos e com certeza não é o nosso Cruzeiro.

  5. Pra mim quem deveria sair também é o Mano, treinador totalmente ultrapassado, emprestou para o Atlético Goianiense um jogador que poderia estar no lugar do Arrascaeta que esta na seleção e o Rafinha machucado, é um meia veloz e habilidoso, o Sobis e o Robinho são lentos e sem preparo físico. O Mano é tão medroso que prefere manter o Ezequiel no plantel, mesmo sabendo que é horroroso do que dar chances pro Vitinho, jogador da base que pode render financeiramente para o clube futuramente.

    1. Pelo jeito você deve entender mais de futebol que o técnico do Cruzeiro.
      Uma coisa é jogar lá no Tupi,outra coisa monstruosamente diferente é jogar no Cruzeiro Esporte Clube,um dos ídolos recente da história cruzeirense o argentino Juan Pablo Sorin levou quase 1 ano para se acertar no Cruzeiro.
      Pela sua ótica o MM tem que dispensar o Ezequiel mas e ai,o Edilson quase não joga,o Lucas Silva já esta decidido que vai embora,o Lucas Romero vai ser deslocado para a sua real posição e então ficaremos apenas com o Edilson?
      Realmente você é um craque,um time campeão tem que ter plantel e não apenas 11 jogadores.
      Meu caro dá um tempo,da uma trégua,chega de fazer críticas gratuitas,grande maioria da torcida cruzeirense pensava que o Cruzeiro não passaria da fase de grupos,o técnico retranqueiro terminou a fase de grupos com o ataque mais positivo.

      1. Boa mesmo Sérgio!
        Às vezes é difícil acreditar que alguns comentários aqui são de cruzeirenses minimamente sensatos!
        Só podem ser patleticanos desesperados com a possibilidade de sucesso do adversário!
        Num país onde não sobram craques para futebol bonito, Mano (e seu jogo defensivo) é nosso grande trunfo na CB e Liberta!

      2. Lucas Silva já está decidido que vai embora? Qual a sua fonte meu caro? Já sei, Arial 12!

        Você é mais um que não entende que nunca o clube vai ser perfeito, mesmo se ganhar tudo ainda vai existir espaço pra críticas e isso não significa que não conseguimos enxergar as partes positivas. Apoio incondicional é do outro lado da lagoa, o lado que adora uma série B!

  6. Nunca é bom perder bons profissionais,mas o Cruzeiro é grande demais para lamentar a saida de um diretor de marketing,não vai fazer nem cosquinha.Aquele outro que saiu e disse besteira,ninguém nem sabe as iniciais do nome dele mais,vai com Deus e não olhe para trás,vc é um grão de açucar refinado comparado com o MM.Espero que o De Arrascaeta fique para o resto da temporada,jogador de destaque tem que ser vendido no valor do mercado europeu.Se o negócio for bom para o Cruzeiro,eu torço para que o LS fique.Ninguém pode garantir que esta fase boa dele é definitiva,então é melhor não quebrar o banco.Times muito difíceis no pote 2,o Boca em especial.Venha quem vier,vai levar uma esfolada nos 180 minutos.

  7. Também acho que deveriam demitir é o MM. Técnico arrogante, burro e retranqueiro. Há um/dois meses todo mundo estava querendo a saída dele, hoje já estão idolatrando, vai entender….Ele não mudou nada de lá pra cá, continua o mesmo retranqueiro de sempre. Contra o Racing o time começou bem e logo já desistiu de correr e adotou o estilo MM de ser, na retranca, e dentro de casa, por pouco não perdemos o primeiro lugar do grupo. FORA MM.

    1. Eu penso que idolatria é uma doença,fanáticos idolatram,pessoas que agem com a razão sabem separar idolatria de respeito por qualquer profissional ou qualquer ser humano,é uma diferença muito grande.É dever de qualquer pessoa de bom senso saber respeitar o trabalho de todos,geralmente pessoas que criticam são as mais ásperas e mal educadas quando são criticadas isso é fato.

  8. Só acho que no Cruzeiro, os fatos negativos ganham repercussão de uma forma instantânea. Preocupa sim saídas de profissionais, principalmente quando esse profissional se destaca, mas gente, cá prá nós, acabamos de classificar em primeiro lugar num grupo tido e havido como o ”grupo da morte”, até agora o melhor ataque da competição, bem encaminhados na Copa do Brasil, recentemente faturamos o rural, torcida apoiando muito e ainda assim a mídia franga prefere ignorar tudo e pautar assuntos negativos só pra tentar conturbar o ambiente. A china azul precisa dar uma banana pra essa gente. É preciso que se faça respeitar essa instituição, que quer queiram ou não, é a maior do Estado. Na minha opinião matéria totalmente inoportuna. Simbora Crzueiro…

  9. Como moro em Brasília e aqui o noticiário do futebol mineiro não chega tanto quanto o do Rio e São Paulo, não sei direito sobre esse diretor de marketing mas, pela sua postagem, deve ser pessoa competentíssima, e melhor tem a sensibilidade e inteligencia de ouvir o motivo da existência de qualquer time, sua torcida! Um time só existe se tiver torcida! Quanto maior sua torcida, maior o time, basta lembrar do Corinthians que ficou 25 anos sem ganhar nada e continuou grande, devido ao tamanho da torcida daquele time! Um time pode ser gigante hoje, formar um super time assim meio na sorte, todos se acertarem, ganhar campeonatos em dois anos seguidos mas, se não tiver torcida ele se acaba rapidamente, desintegra! Time sem torcida não dá mídia, não vende camiseta, não vende espaço nos uniformes, não vende espaço nos estádios, não forma torcida para o futuro, que são os jovens torcedores! E o marketing tem tudo a ver com isso! Ouvir e estar junto da torcida é essencial, muitas vezes ela sabe escalar melhor que treinadores, em muitíssimos jogos! Muitas vezes treinadores por birra teimam em determinados jogadores que não dão certo, mas são escalados, enquanto outros melhores ficam comendo banco! Já a torcida acertadamente sempre dá seus pitacos! Sem contar diretoria e técnicos administrarem vaidades, sei lá mais o que em campo! Qualquer administrador inteligente se mantêm uma certa proximidade com seu público alvo, e público alvo é a torcida do time! Tem muitas ações que poderiam chamar a torcida para junto do time, fazer encher estádios, coisas simples! Por exemplo: que tal todos os jogos em casa sortear cinco camisas do time autografadas? Que tal sortear uma tribuna de honra para tantas pessoas que comprarem ingressos? Estou dizendo isso sem saber como funciona aí no Mineirão pois nunca fui, moro longe! E se esse diretor de marketing tinha ideias de ouvir a massa, estar bem perante ela, ser de fácil acesso, aí foi erro mandá-lo embora!

    1. ……esqueci de dizer: o que mantêm um time é sua torcida e exposição do time tem tudo a ver com a existência e a grandiosidade dele, e a mídia tem tudo a ver com isso! Um time fora da mídia, ele se acaba rapidamente, ou se torna no máximo timinho tipo Botafogo está se tornando! Por isso brigo sempre pela permissão de enfiar jogos de times do Rio e de SP para Minas! Não sei se conseguem enxergar o que isso faz aos poucos: vai diminuindo os torcedores dos times de Minas dentro do nosso estado e aumentando os dos times do Rio e SP, sem contar que deixamos de formar os torcedores futuros do times, que são os mantenedores da grandiosidade de um time!

      1. Companheiro Paulo,

        Cumprimentando-o cordialmente, empenho-me em parabenizá-lo pelo seu lúcido, coerente e oportuníssimo comentário! A grande realidade deste responsável Post esta devidamente ressaltada por você: marketing, torcida, profissionalismo competente. Por esta série de fatores que repercutem poderosamente em tudo na vida de qualquer organização e muito mais na de nosso Clube, porque sempre menosprezado e hostilizado, tanto pela mídia belo-horizontina quanto pela do Eixo do Mal, é que gerou esta preocupação do Blogueiro, a qual foi tão bem repercutida por você aqui!

        Sem um competente profissional de Marketing em nosso clube jamais conseguiremos suplantar as campanhas gratuitas das quais somos vitimados a todo instante, dai o acerto e oportunidade de seus comentários, ilustrados com poderosos exemplos e a sensata preocupação do Blogueiro em expedir este Post.

        Fico recompensado por ver na sua manifestação que, mesmo distante fisicamente de BH, em nada seu amor e zelo pelo Cruzeiro Esporte Clube se arrefece, vindo aqui dar excelente contribuição a enriquecer tanto o Blog quanto à direção do Clube, haja vista, suas agudas e conscientes observações. Por isso vou repetir a sínteses de seu comentário: TIME para se tornar grande tem que ter … TORCIDA e … para tanto, não basta somente ganhar das Frangas nos clássicos regionais: é preciso de algo mais, mas muito mais!

  10. Bom dia PH,
    Realmente o que me preocupa, se concretizar, são as saídas de Lucas Silva e Arrascaeta, dois jogadores extremamente profissionais e dificilmente a reposição será do mesmo nível. Profissionais de informática como já disseram, todo ano as faculdades formam aos montes, basta oportunidades, preocupa sim, a inconstância na permanência dos profissionais administrativo no Cruzeiro, se é bom, porquê estão saindo? Melhor condição de trabalho e lado financeiro em outro local, interferência de superiores no trabalho?, divergências no ambiente de trabalho? Todo pode acontecer e tem que ser apurado e divulgado pela Diretoria. Afinal, o lema desta Diretoria foi transparência na condução administrativa do Cruzeiro Esporte Clube. Apesar da linha de trabalho de Mano Meneses, as vezes ser incoerente com a história do time do Cruzeiro, sou contra qualquer imaginação de demissão, não existe disponível hoje no Brasil, técnico mais experiente, capacitado, vitorioso que Mano, até pelo custo financeiro que geraria uma demissão, chega de pagar indenização para técnico. É sabidamente que Mano não gosta de trabalhar com jogador jovem, no Cruzeiro tem bons e muitos jogadores jovens, no Clube e emprestados, portanto está na hora da Diretoria formar um time sub 23, contratar um técnico bom tipo Fernando Diniz e outros mais para ir treinando o time e no final do contrato do Mano substituí-lo, até mesmo pelo alto salário de Mano, no final do primeiro mandato da Diretoria e final do contrato de Mano, muitos jogadores do atual time já estarão com idade acima de Cristo e não terão condições de jogar no time do Cruzeiro, aí, sai Mano e seus queridinhos: Ariel Cabral, Edilson, Robinho, Rafinha, Sóbis, Fred e infelizmente Thiago Neves. Saudações CruzeiroCabuloso.

    1. Companheiro Fausto Arlindo de Oliveira,

      Como dizia o comediante Golias em seus áureos tempos de Bronco: “gosti de teus falares”, Esta de já ir formando um time Sub 23 é altamente inovadora. Ninguém aqui tem base para criticar tal proposta pq nunca foi ao menos tentada. Dai seu caráter ousado e revolucionário. Parabéns!

  11. Se contratamos bons profissionais sempre estaremos sujeitos a isto. O cara recebe uma oferta melhor, e vai. O Carille acacabou de ir para o exterior, o Arrascaeta deve ir, o Bernardo Pontes foi, o Alexandre Mattos foi… e o CRUZEIRO continua.
    Este cara é de MKT portanto pode trabalhar em diversos segmentos, não há como obrigar ele a ficar…
    Melhor isto do que ter alguns Benecy Queiroz eternamente, agregando muito pouco ao CRUZEIRO.
    Agora é buscar outro tão bom quanto. Como disse o Sérgio: “ninguém é insubstituível”.
    Abçs,

    1. Companheiro Vini,

      O que acaba de dizer é o que o mercado comercial e empresarial pratica a todo momento. Pela dinâmica do lucro, não se pode condenar tal rotina. Penso que a preocupação exposta pelo Blogueiro suplanta este enfoque da usualidade, da normalidade ou rotina. Um clube de futebol com um NOME e TORCIDA diferenciados iguais o nosso CEC, tem que ter em sua retaguarda de planejamento e gestão, pessoas bem qualificadas, tendo em vista a natureza diferenciada do marketing requerido. O time de futebol, apresenta necessidades e temporização, extremamente diversas das empresas e órgãos públicos, pois trabalha com patrimônios imateriais: afinidade clubística, paixão, camisa, sentimentos, e outros componentes nesta linha, daí a preocupação do Blogueiro e de numerosos companheiros nossos, nos quais me incluo, com esta repentina rotatividade. Esses profissionais não entram em campo mas, de suas decisões o campo pode ser bem mais benéfico a cada dia para todos nós. Diante disto, entendo que as reais causas dessas substituições tem que vir ao nosso conhecimento, porque somos TORCIDA, o maior patrimônio do clube, INFINITAMENTE maior que qualquer Mano Menezes por ai!

  12. Quem gosta de levar sufoco o tempo todo, até em casa, e controlar jogo para não perder, faz um gol ou quando acha o 2º manda o time recuar: essa nunca foi a marca campeã do Cruzeiro Esporte Clube e nem sua torcida!!! Mano com essa filosofia de jogo ganhou em sua carreira de 20 anos duas Copas do Brasil (regional e 2ª divisão para mim não contam…). Dedé é um monstro, mas não é infalível, mas meio de contenção não temos, pois o cerca Lourenço continua imexível. A galopress é impressionante: 1) diversos meios de comunicação praticamente nem destacaram a liderança do grupo na LA, que foi conquistada no sufoco e não precisava disso; poderíamos ter feito a melhor campanha da 1ª fase, mas o sistema de jogo adotado contra Vasco e LAU foi vergonhoso…); 2) agora procuram uma forma de desestabilizar o time com saídas de dois dos dois principais jogadores, omitindo completamente o favorecimento da tabela, que claramente foi dirigida aos pateticanos…. PH quanto à saída desse profissional, uma coisa é fato: ninguém é insubstituível, mas a Diretoria deveria conhecer melhor os colaboradores que contrata e fazê-los abraçar um projeto, com metas e objetivos claramente preestabelecidos. A lei da meritocracia deve sempre prevalecer nas grandes organizações e os profissionais que trazem retorno, da mesma forma, valorizados e com possibilidade de ascensão. Porém, temos que lembrar à torcida que o Lage é o gestor da área e um dos principais executivos do clube, portanto, não vamos ficar criando tema para a mídia pateticana. Aliás, o Sr. Lage está demorando muito para pressionar, em alto nível, meios de comunicação: globo minas, atletiaia, metro, diários associados, etc., que têm a obrigação de respeitar o maior vencedor de Minas e um dos maiores do Brasil, além de patrocinadores, por ex. MRV, que nunca deu um centavo ao Cruzeiro, não obstante a diferença colossal entre os tamanhos das torcidas, fato esse provado, recentemente e mais uma vez, tanto pela Datafolha quanto pelo Ibope: simplesmente o dobro!

    1. Isto mesmo Companheiro Ricardo Santos!

      Vc tocou num ponto importante: MRV. Numerosos são os clientes dela que são cruzeirenses. Talvez em maior número que os Frangas. No entanto, esta pseudo empresa faz questão de continuar sendo Franga e cada vez mais Franga! Tenho familiares em Ribeirão Preto. Em represália a este comportamento caolho e discriminatório deles, no seio de minha família, maioria cruzeirenses roxos, ninguém compra nada da MRV, justamente por isto. Até o BMG do Ricardo Guimarães foi nosso patrocinador, por que eles tem tanta inveja, raiva para nos discriminar deste jeito? Veja o Super Mercado BH. Seu dono é nosso Conselheiro e importante colaborar. No entanto patrocina as Frangas em respeito as seus numerosos cliente que são Franguinhas. A vida é tão curta para guardar rancores, ressentimentos assim tão arraigados quantos os da MRV com relação ao Cruzeiro Esporte Clube!

      Sds preclaro companheiro.

      1. Valeu Ronaldo. No caso do Super BH, você se lembra que Kanil bradou aos quatro cantos que atleticano não entrava naquele estabelecimento? Rapidinho o Pedro mudou a postura e eles também passaram a patrocinar os pateticanos. Se não houver posição firme e defender com unhas e dentes a maior marca de Minas Gerais, não teremos sucesso e cruzeirenses, desavisados (nós dois com certeza estamos fora e não recomendamos…) vão continuar comprando normalmente da MRV… Aliás a própria eleição de Kanil, que todos sabem, sempre quer o nosso pior, um ex. simples: fez a festa da cidade convidando Ronaldinho Gaúcho como estrela, uma vergonha!!!. Mas tudo isso em parte é fruto, também, da omissão de Gilvan, que ainda levou o cara para CEO da 1ª Liga, quando o sujeito já estava totalmente no ostracismo…Agora vamos ter que aturar Castellar na CBF e a tabela desse ano já começou, de forma escandalosa, a beneficiar as frangas (globominas também está nessa…)! Acordem Wagner, Lage, Itair e Djian!!!!

  13. PH e colegas,me ajuda aí.Eles estão falando dos tempos do dentuço contra a sele6a1o.Sele6a1o de bosta nenhuma!Que que eles ganharam para ser chamados de sele6a1o?Essa bostinha só vive de mídia,quando alguém abre a página ,até parece que estão falando de gente grande.Aí depois que vc lê a matéria , percebe a insignificania do protagonista kkkkk! Um dia eles vão ter que entender que estão ignorando o verdadeiro representante de MG.Pra que desperdiçar tanto tempo com uma carniça dessas,pqp!Fala do verdadeiro campeão da nossa linda MG! Seus filhas duma boa mãe, kkkkk!!V6 seriam invisíveis se o seu papai Cruzeiro não existisse.Põe o rabo entre as pernas e dediquem mais tempo ao verdadeiro dono do futebol em MG,seus manekas kkkkk!!!!!!!!!!!!!

    1. É isso mesmo Edgar Campos, concordo com você, e ainda tem mais, continuo com minha posição, porque estou preocupado se o Arrascaeta for negociado e o Lucas Silva não continuar, são 2 jogadores importantíssimo para o time, o Robinho esta mal, o Sobis não tem velocidade e agilidade do Arrascaeta, já pensou voltar a jogar Henrique e Cabral no meio. O jogo contra o Santos não vamos ter nenhum jogador velocista para os contra ataques, porque o Mano é retranqueiro.

  14. Acho também que a diretoria do Cruzeiro, deveria exigir junto a esses órgãos da imprensa e da mídia em geral, maior respeito com as coisas do lado azul. É público e notório que eles estão sempre tentando denegrir a imagem do Maior de Minas, sempre trazendo notícias que nada agregam à instituição. Nós torcedores também precisamos fazer valer nossa força. Outra coisa muito estranha e que um companheiro aí encima lembrou bem: como pode uma tabela de brasileirão ser tão benéfica ao Btlético? Dos próximos 6 jogos que elas irão disputar, 5 são no campo do Sete. Alguém aí poderia explicar essa aberração? Eu hein!…

  15. É realmente lamentável a instabilidade que o clube vive, mas tenho fé que as ações de marketing vão continuar bombando, e uma que eu tenho grande interesse de propor para os diretores do marketing do Cruzeiro é a criação de um hino para o centenário, falta pouco mais de 950 dias para o centésimo aniversário do cabuloso e clubes como Juventos e Atletico de Madri fizeram hinos para o seu centenário lindíssimos, é uma grande oportunidade para os grandes compositores cruzeirenses mostrarem sua criatividade, o hino do centenário da juve toca ao fim de todas as partidas, e é de arrepiar, PH você acha uma boa idéia ? como faço para entrar em contato com o marketing do Cruzeiro
    Saudações celestes

      1. Pois eu acho uma péssima ideia, companheiros Regis e PH!

        Por que de 2 hinos? Considero o nosso hino o mais expressivo de todos os hinos dos clubes do futebol brasileiro! Em letra, é tão bonito e guerreiro quanto o do Grêmio, de autoria também de um compositor negro, Lupicínio Rodrigues, alicerce da raça brasileira, como Jadir Ambrósio. Assemelha-se, para mim, ao Hino Nacional em letra e música. Sua letra tem uma profundidade histórico-social extraordinária, ao retratar todas as vicissitudes e vitórias dos operários e pessoas humildes que sonharam e criaram-no com tantas dificuldades e discriminação, até atingir a grandeza e o estrelato que hoje ostenta com brilho e merecimentos ímpares. Já a música, é simplesmente de arrepiar, porque apresenta compasso e nuances que se harmonizam perfeitamente com expressividade de sua letra.

        Clube com dois hinos acaba não tendo nenhum. Um novo hino, ao meu sentir, seria uma infidelidade à historia de lutas e de tradições de um clube que não É SÓ O MAIOR DE MINAS, além de um repúdio ao próprio hino, o que acabaria por representar um tremendo desrespeito à memoria de Jadir Ambrósio e a todos quantos participaram para tornar realidade tão auspiciosa, aquele propósito de então, o NOSSO HINO!

        Tem certas coisas que o MODISMO acerta e emplaca. Mas, em questão de rompimento com a história, passado e tradição, vejo no MODISMO um tremendo retrocesso. Povo, empresa e time de futebol, a exemplos das famílias, precisam de ter raízes e lutar para mantê-las e engrandecê-las. Completar e comemorar 100 anos de existência é uma extraordinária efemérida. Acontece que se comemora 100 anos por que nasceu e viveu e, esta trajetória até se chegar aos 100 não pode ser substituída por passou a ter 100 anos e, a partir daí, mudar tudo e passar a dar relevância ao acontecido dali para frente. Metamorfose é importante para certos tipos de insetos como as pupas ou lagartos e não para nós!

        1. Respeito sua opinião, ainda mais com tantos argumentos, mas o hino do centenário não substituirá o hino tradicional.
          Saudações celestes

  16. Acredito que falta democracia no futebol. Uma vez ví um comentário na internet, em que o técnico satisfazia a vontade dos torcedores ao escalar o time. Todos os setores de um time deveriam ser accessíveis ao torcedor. Afinal de contas, nenhum time não sobrevive sem a torcida.
    Felipe Regis, sua idéia é ótima. “Go ahead”!
    Pedro henrique, acredito que você, por ser um “insider” deveria e tem condições de dar um suporte mais efetivo à ele.
    um abraço à todos.

    1. Uma vêz construiram uma igreja no fundo do mar. Sabe quem é que foi o Padre, Pastor? Não foi nem o tubarão nem a baleia, foi o pouvo. Porque a vóz do polvo é a vóz de Deus. Vivendo e aprendendo. Abçs

  17. HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA DINAMARCA. ESSE AI SABIA TUDO DE MARKETING. RESPONSÁVEL DIRETO PELA EXTRAORDINÁRIA EXPLOSÃO DA TORCIDA CELESTE NO MINEIRO, TINHA PLANOS AMBICIOSOS PARA O SETOR E TROUXE ISSO A PÚBLICO COM A APROVAÇÃO E ADMIRAÇÃO DO TORCEDOR PELO PROJETO ARROJADO. SUA SAÍDA SÓ PODE TER SIDO CAUSADA POR 2 MOTIVOS: O O CLUBE DECIDIU VOLTAR AO PASSADO E SER TOTALMENTE ULTRAPASSADO E INCOMPETENTE NESSA ÁREA OU BERNARDO TAMBÉM NÃO CONCORDOU COM “O CONTRADITÓRIO” DE ITAIR E PIRES DE SÁ.

    1. Boa vitória e parabéns a todos envolvidos. Ninguém foi 10 mas todos mereceram 8, Bom demais.
      O grupo é sim muito bom e num futuro bem próximo com jogadores mais rápidos para os contra ataques, vamos cauzar. Raniel é um diamante que ainda esta sendo lapidado e pode brilhar. Salve salve*****. Abçs

  18. Aguardando os comentários negativos, sobre a vitória do Maior de Minas, por somente 1×0 sobre o Santos.
    Vão falar que a roupa bdo MM é feia, que a chuteira do Henrique é feia, que o cabelo do Bruno Silva tá mal cortado… etc.
    Saudações Celestes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *