Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

E a base, Mano?

Destaque das categorias de base, Vitinho já integra o elenco profissional, mas ainda não teve chances.

A situação financeira do nosso país não tem permitido que os clubes brasileiros façam grandes investimentos como antes. À exceção do Palmeiras, que conta com a ajuda da Crefisa, e do Flamengo, que revolucionou sua gestão e agora pode fazer alguns bons investimentos, as demais equipes estão tendo que se reinventar para montar times competitivos. O Cruzeiro, por sua vez, desde a metade de 2016 vem conseguindo contratar alguns nomes conhecidos como Sobis, Thiago Neves, Fred, Egídio e Lucas Silva, ainda que a situação financeira da Raposa não esteja nas condições ideais.

Além da falta de recursos para fazer investimentos, o time cinco estrelas possui a maior média de idade entre os times titulares do Campeonato Brasileiro 2018, conforme um levantamento do Footstats que considerou a equipe principal da Raposa na partida contra o Grêmio (na primeira rodada do campeonato nacional). Ademais, a diretoria que assumiu o clube neste ano contratou três jovens promessas do nosso futebol: os laterais Marcelo Hermes (23 anos) e Patrick Brey (20 anos), e o atacante David, de 22 anos. As outras aquisições foram de nomes como Bruno Silva (31 anos), Fred (34 anos) e Egídio (31 anos).

Considerando esses dois fatores, acredito que o Cruzeiro precisa investir também em jogadores jovens com potencial. Uma alternativa para isso é dar mais atenção para as categorias de base. Esse é, inclusive, o caminho que vários clubes brasileiros estão adotando. Santos, Fluminense, São Paulo, Vasco, Botafogo, Corinthians, Flamengo e Grêmio são alguns exemplos de clubes que possuem jogadores da base em seus times titulares. A ideia é revelar para fazer caixa.

Dos jogadores que são oriundos das categorias de base da Raposa, apenas o zagueiro Murilo e o atacante Raniel tiveram mais oportunidades com Mano Menezes. Mesmo assim, Murilo deixou a condição de titular e passou a ser suplente. E Raniel, que vem convivendo com lesões, alterna momentos como titular e como reserva. Necessitando de um ponta veloz, o Cruzeiro tem Vitinho treinando com o time principal. Ele é lateral-direito de origem, mas nos últimos tempos vem atuando como ponta direita no sub-20 e tem se destacado. O jovem é constantemente convocado pela Seleção de base e é visto como uma promessa do Cruzeiro.

Sendo assim, não seria a hora de Mano Menezes dar uma oportunidade para Vitinho? Agora que Rafael Marques saiu, não seria nada mal deixar o garoto como opção pelo menos no banco de reservas. Habilidade e potencial ele já mostrou que tem. Apesar de Mano não lançar muitos garotos, creio que o momento pede isso. É só ter inteligência para coloca-lo na hora certa. E o torcedor precisa ter paciência também, é claro. Fica a dica.

Obs: esperando por oportunidades também temos os zagueiros Cacá e Arthur (embora no momento estejamos muito bem servidos na posição), além do lateral-esquerdo Victor Luiz.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

88 thoughts to “E a base, Mano?”

  1. Vejo uma certa teimosia do nosso treinador, talvez por defender o seu método de jogar, ele procura não arriscar muito. Vou usar como exemplo o dois jogadores citados no texto: Murilo e Raniel. O Murilo só teve chances quando o Mano não tinha nenhuma outra opção pra usar, vou me explicar: na partida contra o Bahia o Mano optou pelo Henrique pra jogar de volante (não chega a ser um professor pardal porque o jogador já tinha realizado esta função com outros treinadores), após o volante ser expulso e ao olhar para o banco e não ter o que fazer colocou o Murilo em campo e o mesmo agarrou a oportunidade que lhe foi dada.
    Já com o Raniel foi parecido, devido a falta de opção de ataque na copa Br17 o treinador se viu obrigado a usar esse jogador pra auxiliar o esquema utilizado para o time.
    Então vejo que enquanto tiver “outras opções” , infelizmente o treinador deixará de colocar os jogadores da base no time.
    (Lembrando que o Lucas Silva só ganhou oportunidade no time titular devido o futebol desempenhado pelo time cair muito, até esse momento o jogador só entrava no final do 2°T

    1. Graças a Deus posso ver um jogo do Cruzeiro sem sofrer raiva com o tal do Alisson. É péssimo finalizador. O Murilo ainda é novo e terá sua chance, porém tem de ficar mais ligado no jogo. O Raniel, na minha opinião, precisa resolver a parte física, que está atrapalhando a sua conclusão em gol. Agora a base, sinceramente, não tem nenhum jogador de encher os olhos e nossa exigente torcida não tem a paciência de ficar esperando se vai ou não dar certo. Podemos discordar de um ou outro dos atuais titulares, mas em grande parte a escalação é essa aí mesmo.

      1. Se o Alisson é péssimo finalizador, você não deve ter adjetivos para qualificar o Rafinha. Só este ano perdeu chances claríssimas contra Racing, Grêmio, Vasco, Lau (apenas algumas das quais me lembro).

    2. Bom dia Nação Azul, caro Bruno Magalhães realmente as oportunidades “dadas” acontecerão por falta de opção. O sr. Mano não tem coragem e nem CAPACIDADE para com os jovens. De nada adiante ter jovens treinando com os profissionais, a não ser que aconteça o que aconteceu com o Murilo e com o Raniel. Os mais velhos asseguram-lhe o emprego, infelizmente.

    3. Uma das minhas broncas com esse Mano Menezes é o porquê de não dar chance aos jovens da base! O Raniel tem potencial para ser nosso centroavante, mas tem que jogar prá pegar confiança! Vejam a situaçao do Lucas Silva, tava prá ser devolvido, ou vai ser devolvido e praticamente não foi aproveitado! Ele só tem entrado ultimamente, e tem entrado bem! Como eu sempre digo, qualquer jogador só pega confiança de jogo, jogando! Muitas vezes matamos vários jogadores por falta de oportunidade, aí repassa para outros times e eles arrebentam lá fora! Queria ver é um técnico corajoso, pegar e botar para treinar com o time principal uns 3-4 jogadores e nas oportunidades fazê-los jogar, pegar rítimo de jogo, pegar confiança! Todos os times fazem isso mas parece que só a gente que não forma ninguém, ou forma mas não são aproveitados como deveriam!

  2. PH, A base está no Grêmio, no América e espalhados pelo o Brasil e exterior.
    Digo, Álisson, Judvan , Tony Ânderson , Helber , Rone, Léo Bonati e outros.
    Saudações, Celestes*****!

    1. Eu hein.
      Ninguém gostava do Alisson e do Elber,aliás o MM foi contra a saída do Alisson.
      O Roni o Gilvan vendeu.
      Thonny e Judivan estão emprestados.
      A atual diretoria fez opção por jogadores mais experiente para ganhar Libertadores palavra do atual presidente.

  3. É Pedro Henrique, será difícil de ver estes garotos jogar alguma partida no time titular, o Mano lançou o Murilo numa emergência e naquele momento teve que ser mantido, e o Raniel acho que tem que passar por um Psicólogo por que estas contusões estão sempre aparecendo nos jogos importantes, o Márcio parece que foi para o América, o Tony Anderson para o Grêmio, o jeito é contar com este time com a idade alta mesmo, porque de agora em diante acabou os jogou para testar jogadores a não ser na base da emergência mesmo;

  4. Infelizmente o Mano além de retranqueiro , parece levar vantagens em manter só medalhão.
    Não vejo a hora do Cruzeiro trocar de Técnico. Ele é arrogante e nunca aceita opiniões.
    A base nunca terá chances pois ele gosta de jogadores feitos , pois como treinador , ele deixa muito
    a desejaR

  5. Santos, Flu, Fla, SP, Vitória, Gremio etc estão sempre revelando bons jogadores porque dão chance a eles.
    O Cruzeiro custa a revelar um; e quando o faz entrega de graça, como por ex, Tony Anderson e Alisson.
    EU GOSTARIA DE SABER QUEM FOI O “GÊNIO” QUE DISPENSOU ESSES JOVENS EM TROCA DE EDILSON C/ 31 ANOS E AINDA TROUXE O FRED (EM FIM DE CARREIRA) POR UMA FORTUNA!!!

    1. o gênio da arquibancada… o Alisson perdia mais gols que todos os atacantes juntos, e cansei de ler opinião de torcedores aqui, contando os minutos para ele ir embora. Diziam que ele só ciscava e não sabia chutar a gol. O Cruzeiro precisava de um lateral direito que era a posição carente, que toda a torcida achava isso, por isso trouxe o Edilson. Acho estranho que o blogueiro sempre cria polêmica com o time do Cruzeiro. Esses jovens não tem chance porque não tem potencial a altura do time. Esses mesmos jogadores foram eliminados da copa Libertadores sub 20 sem nenhuma vitória. Murilo é bom e nada mais que isso, ou alguém acha que ele joga mais que Dedé, Léo e Manoel? Raniel é um bom reserva, não é nenhum craque que tem que ser titular. Vamos deixar o Mano trabalhar, e acabar com polêmicas.

      1. Tomara que o Cruzeiro do Mm seja essa maravilha que vcs acham, com esse estilo retranqueiro e bumba meu boi. Esse não é o DNA do Cruzeiro e nem do futebol moderno.
        Mas , se isso funcionar, e ganharmos títulos, eu ficarei feliz de estar errado.

  6. Falta ao Mano um pouco mais (bem mais!!) de criatividade. Vejam por ex o Grêmio, cujos 2 volantes Maicon e Arthur, são habilidosos meias- armadores.
    Por que não experimentar, por ex, o Manoel ao lado do Lucas Silva como volantes? Ou Robinho e L, Silva?
    Volantes limitados, que são péssimos passadores de bola como o Henrique, é algo em extinção no futebol moderno.
    VAMOS OUSAR UM POUCO, NÃO CUSTA EXPERIMENTAR.

      1. Como tem torcedor sem noção, cruz credo! reivindicar Manoel para atuar como volante seria o mesmo que escalar o Fábio como centro avante. Manoel não é bom nem na sua posição de zagueiro. Ainda bem que o treinador é o Mano Menezes. Eu hein?

      2. Foi só um exemplo,Henrique. O que eu quero dizer é que MM é muito burocrático. E dei ex do Grêmio cujos volantes são autênticos meias armadores, e não por acaso o Grêmio pratica o futebol mais vistoso e competitivo do Brasil—e não como o Cruzeiro, na retranca.
        E falando de prof Pardal, dou o ex do Guardiola que é o melhor e mais criativo treinador do mundo. Já viu as ousadas mudanças q ele costuma fazer?

      3. O Dedé seria uma escolha mais sensata do que o Manoel, como volante. Mas mesmo assim seria arriscado e desnecessária tentativa. O Cruzeiro tem um grande elenco.

  7. P.H. eu acho que MM está certo, tem que lançar a base porém é aos poucos, como fez com “Murilo, e Raniel”, na hora certa para poder dar frutos, nós torcedores não queremos mais que nosso time entre com jogadores da base e depois tome de goleada como já aconteceu em vários momentos em anos anteriores, e tem acontecido com o Santos lá em P.A., Nosso time está recheado de craques, e quando o Mano colocou os da base tais como “Alisson e Elber” ele tomou lenhada de tudo é quanto lado. Então temos que ir devagar com os garotos, e exigir futebol de alta qualidade dos medalhões por que é muito bom ganhar e ganhar sempre. As frang6x1as foi colocar os da base ontem e já estão fora da Sula contra um timinho fraquíssimo do San Lorenço, um dos piores San Lorenços da história. Abraços pessoal.

  8. Na realidade o Cruzeiro precisa investir na base. Não vejo o plantel atual com valores individuais, que poderiam ser considerados excepcionais. Tempos atrás existiam os chamados olheiros. Me pergunto se ainda existe isso no futebol, Pelo menos no nosso time não parece existir.
    Entretano o eleenco principa l(time) vem de uma cert forma atendendo as nossas expectativas, mas não vejo o Henrique como titular. Ele destoa o time e deveria ser opção no banco, na minha opinião. Let´s just wait and see”.

    1. As categorias de base não revelam mais jogadores talentosos porque as categorias de base dos times são balcões de negócios de empresários. Só tem jogador que determinado empresário quer colocar. Jogador sem “indicação” não tem chance em time nenhum. Esse é o principal motivo da enorme falta de talentos no futebol brasileiro, pelo menos ao meu ver. Com relação ao time do Cruzeiro, alguns jogadores parecem estar muito abaixo fisicamente, como Edilson, Robinho, Bruno Silva, Thiago Neves, Manoel, Ariel Cabral e Henrique. Aliás, alguns jogadores parecem que nunca entram em forma. Robinho mesmo nunca atingiu um bom nível físico no Cruzeiro. Por isso não ajuda a marcar e mata o meio de campo. Bruno Silva e Edilson desde que chegaram não entraram em forma. Sempre chegando atrasados no lance e fazendo falta. Manoel há algum tempo também não consegue ser constante. Thiago Neves, Ariel Cabral e Henrique iniciaram o ano muito abaixo do que podem produzir, e parece ser questão física. Thiago Neves ainda decide alguns jogos pelo técnica, mas apenas se for mal marcado.

      1. “As categorias de base não revelam mais jogadores talentosos porque as categorias de base dos times são balcões de negócios de empresários. Só tem jogador que determinado empresário quer colocar. Jogador sem “indicação” não tem chance em time nenhum”

        Na mosca! Parece ser esse o caso co Cruzeiro. Mesmo assim, alguns clubes como o Santos, por ex. conseguem revelar craques..

  9. Uma coisa precisa ser considerada: o torcedor cruzeirense não é como torcedor de santos e fluminense, que bate palma pra tudo que jogador oriundo da base faz. A torcida do Cruzeiro já queimou diversos jogadores depois de falharem em um ou dois jogos. Outra questão: O momento ideal para usar os jovens e ver se eles têm condições de atuar pelo elenco principal, é no campeonato estadual, competição menos importante, e não ficar fazendo testes em libertadores, copa do Brasil e brasileiro, onde cada jogo é uma “final”. Mais uma coisa, antes de contratar jogadores de certa idade e com qualidade questionável ou sabidamente ruim, é preciso olhar com carinho pra base. Se na base do cruzeiro não tiver jogadores melhores do que Rafael Marques e Ezequiel, melhor fechar as portas. E por último, é preciso melhorar a maneira como os jogadores são selecionados e desenvolvidos nas categorias de base, pois o Cruzeiro há muitos anos já só revela uns 3 tipos de jogadores: ponta baixinho que só tem velocidade e nada de habilidade ou poder de finalização, zagueiro e volante que só marca.

  10. O Mano se recusa em liberar o péssimo Ariel Cabral e libera o jovem Nonoca. O henrique com outro jogador em campo como o Lucas Silva ou o Hudson no ano passado joga demais, com o Ariel Cabral ele fica sobrecarregado e se complica. Emprestam o Judivan recuperado e trazem o David machucado. Não exercem o direito de compra do Hudson e trazem este Bruno Silva que não consegue nem dominar uma bola direito. Quanta coisa maluca. A diretoria anterior pegou o time com defit e entregou com superavit. e de quebra ganhou três títulos nacionais. Vamos ver o que esta nova (velha) diretoria arrumará

  11. PH, não entendi uma coisa: você defende a inscrição do Vitinho no lugar do Rafael Marques. Até onde eu sei, o Vitinho é lateral enquanto o Rafael é atacante. E acho também que passou a hora de escalar a meninada. Isto deveria ter sido no Mineiro e não aconteceu. Acho que a lista da Libertadores deveria ser recomposta, pois temos o Fred machucado e as saídas do Nonoca, do Judivan e do Rafael Marques, sem contar a possibilidade da saída do Lucas Silva.

  12. Pedro bem lembrado é inadmissível o Cruzeiro ter trocado o Allisson de 24 anos pelo Edílson e dar mais uma grana,quanto ao Vitinho o Mano tem que colocar ele no banco e se estiver treinando bem por para jogar,a Diretoria tem que cobrar,veja o Santos revela todo ano uns 3 a 4 jogadores ,e a auditoria como ficou ?

    1. O Alisson que você tá lamentando deve ser outro né, porque aquele que foi pro Grêmio tem 2 pés esquerdos e só driblava pra traz… Tinha até uma campanha incentivando ele a fazer gol… Que ele seja feliz em outro clube, no nosso o caldo entornou.

      1. Tinha sim algumas deficiências técnicas, como visão de Jogo e finalização. Mas tem bastante qualidade no drible, ousadia e dedicação. Os defeitos devem ser trabalhados com um bom profissional (técnico) que falta no Cruzeiro. As qualidades sempre devem ser aprimoradas.

  13. Sou totalmente a favor de dar oportunidades para os garotos da base, mas parece que isso não é do estilo do Mano e a diretoria está de acordo no momento. A diretoria preferiu manter o treinador e optou por contratar jogadores experientes. Por outro lado, vejo que a diretoria anda investindo em jovens promessas e emprestando alguns outros para que ganhem experiência, então acho que a intenção é de dar oportunidade para os garotos no futuro, com uma base experiente já formada.
    Como é o primeiro ano dessa gestão, pode ser que eles preferiram manter as coisas e reforçar o time para aos poucos ir substituindo os medalhões pelos garotos. Penso que não adianta lançar os garotos na fogueira, mas também acho que não vale a pena ter gastos com categoria de base, se os atletas não forem aproveitados…

    1. Tem uma certa coerência com relação a 2018, porém esta escola deve ir se aprimorando desde o começo nas categorias de base até se firmarem no proficional. Cruzeiro sempre.

  14. Boa tarde,
    Foi dito tudo.
    O Mano M. só gosta de jogadores que joga com o NOME.
    Precisamos de um tecnico com vontade de inovar. Que gosta do novo e com outros resultados.
    MM tem a sua panelinha, e não abre mão dela. (Henrique, Robinho, Ariel Porto Cabral, Sobis, etc..)
    Quero lembrar que esta diretoria é convivente.
    Outro é o Edilson. Ele mesmo disse que só veio por dinheiro. Que quer voltar para o Gremio. 31 ANOS.
    O vitinho é um baita jogador, mas não terá qualquer chance com MM.
    E se ele entrar em algum jogo vai ser em outra posição. Justa para mostrar o discurso, que temos que ter paciência com os garotos.
    ATÉ QUANDO VAMOS AGUENTAR O TAL MM.
    FORA JÁ.

  15. E se os jogadores da base co Cruzeiro forem os mesmos que disputaram as últimas competições nacionais, não vejo nenhum jogador em condição de se quer fazer parte do elenco principal. Eta turma ruim de bola viu! Inclusive esse Vitinho que muitos sugerem, pelo menos nos jogos que assisti não vi nada de excepcional que o credenciasse a fazer parte do plantel profissional. Na minha opinião é uma safra fraquíssima.

  16. Boa tarde PH, estive afastado dos comentários por alguns dias, em minha passagem por BH, fui ver Cruzeiro e Botafogo, há muito tempo não via um jogo do Cruzeiro presencial, sinceramente, o jovem técnico do Botafogo deu um nó tático no Mano com uma molecada nova e que querem jogar, somente dois jogadores mais de idade, Jefferson goleiro e Joel Carli, o resto todos moleques. No Cruzeiro os únicos a jogar bola foram: Dedé um monstro, joga muito o Mito, Egídio jogou muito bem, Rafinha e Thiago Neves enquanto aguentou, Fábio bem. Enquanto o Botafogo um time super bem treinado com o jovem Valentin, o Cruzeiro com dois anos ou mais com Mano um time sem padrão de jogo, sem tática e vamos meu boi. Só ganhou graças a bola aérea na cabeça de Dedé. Quanto ao aproveitamento da base, já passou a hora do planejamento, agora até final da temporada tem que ser este time e justiça seja feita, Dedé e Léo concertaram a defesa do Cruzeiro, tão jogando muito bem. Penso que estes jogadores que são da confiança de Manos vão com ele até final do contrato do Técnico, sou contra dispensar o técnico, chega de pagar multa absurdas para rescisão de contrato de técnicos, embora teimoso, retranqueiro, arrogante, é um dos melhores que temos no Brasil, embora já pras bandas de ultrapassados. Espero também que com a saída santa de Rafa Marques, Vitinho tenha chances de ir entrosando com os jogadores profissionais. Fui totalmente contra as saídas dos jogadores jovens, quer melhor time pra adquirir experiência que o próprio Cruzeiro, Todos eles: Tony Anderson, Alysson ( já Experiente), Nonoca, Judvan, e outros, poderiam estar no Banco nos jogos do Cruzeiro, Não são piores que Eziquiel, Marcelo Hermes, Robinho, Ariel Cabral. Vamos torcer para Mano mudar seu conceito e usar mais os jogadores de base, caso contrário, vamos ficando pra traz. Saudações CruzeiroCabuloso.

    1. Bipolaridade detectada. Primeiro crítica o time depois diz que tem que ser esse o time. Critica o técnico e diz que tem que manter. Não entendi nada

  17. Acho que o Mano é um treinador burocrático e medroso, só gosta de jogar com jogadores mais velhos, tem medo de colocar os garotos, o clube precisa deles mesmo que não sejam craques mas que futuramente podem render financeiramente, na lat. direita tem o Ezequiel no banco que é muito ruim, então poderia colocar o Vitinho ou o Lucas Soares, tenho certeza que são melhores, o R. Marques que acaba de deixar a equipe, por sinal graças a deus, eu tenho certeza que o Marcelo, Thonny Anderson, até mesmo o Roni que joga pela direita, são melhores que ele. A base do Grêmio não tem ganhado nada, mas revela jogadores porque da chances aos garotos no time principal, o próprio presidente tem que exigir do treinador para ele dar chances a esses garotos do que ficar contratando esses bondes como Ezequiel, R. Marques, Digão, a diretoria tem que tomar providência principalmente a respeito dos conceitos do treinador que pra mim é fraco.

  18. Boa tarde PH!
    Se você me permite, gostaria de fazer um contraponto ao seu texto.
    No Cruzeiro, bem como em outros times grandes do Brasil, há diversos departamentos que cuidam dos interesses do clube, fazendo com que os seus funcionários (jogadores) estejam sempre no máximo do desempenho. Vejamos: Departamento de Fisiologia – examina constantemente os jogadores. Exemplo: análise sanguínea completa, a análise das condições do jogador demonstrando se este está propenso à lesão ou não (Análise de CK, acidose metabólica, hemograma, VO2max… entre outros).
    Departamento Médico – faz todos os exames necessários para manutenção da saúde do jogador de forma global, bem como o tratamento dos que estão doentes e machucados.
    Nutricionistas: Não preciso nem explicar muito o que esses profissionais fazem. Contudo desempenham outros papéis além de meramente prescrever “comida”, como por exemplo os diversos cálculos para se prescrever a melhor nutrição (metabolismo Basal de cada jogador, balanço positivo e negativo de cada jogador, cálculo de calorias de cada alimento, entre outros).
    Departamento estatístico – Tem Scout de cada jogador em um banco de dados que é atualizado constantemente. Esse considero muito importante para responder seu texto. Esse departamento demostra por exemplo o Henrique; quantas vezes roubou uma bola e se ele ao roubar, quantas vezes deu passe certo. Se ao roubar ele conduz a bola e quantas vezes ele conduziu e em seguida perdeu a bola.
    Ainda tem preparação física, fisioterapia psicologia e por aí vai.
    Citei somente pouquíssimos exemplos do que cada departamento faz. Daí vem as perguntas:
    – O Mano não tem informações suficientes, além da própria experiência, para escalar o Vitinho?
    – Será que ele não sabe interpretar os dados fornecidos por cada departamento para lançar um jovem ao time profissional e colocá-lo para jogar?
    Penso que a análise do torcedor, além de passional, é muito superficial, pois não sabemos 1% do que é um dia-a-dia dentro de um clube de futebol. E ainda existe possibilidade de lançar o menino, ele não ir bem inicialmente, ser queimado e sofrer a pressão da torcida, que diga-se de passagem, a nossa sabe fazer muito bem uma pressão em jogador.
    Não estou defendendo o Mano Menezes, pois também não sou muito fã da metodologia de trabalho dele, ainda mais que foge às características do Cruzeiro. Contudo, essa metodologia é eficiente. Hoje, eu só vejo o CUCA como um técnico do nível do MANO e em condições de manter o Cruzeiro competitivo e dentro de nossas características, mas sabemos a empatia que ele tem com o lado rosa da lagoa. Ele teria que passar por um processo de provação muito semelhante ao de MARCELO OLIVEIRA.
    Em síntese PH, penso que se o MANO não lançou o Vitinho ainda é porque ele tem, além de suas convicções, muitas informações que embasam a não necessidade de escalar o menino agora.
    Desculpe o texto enorme.
    Abraços e saudações Celestes!!

    1. Companheiro Leandro, boa noite!

      Como sempre suas participações são bem lançadas, pq apoiadas em dados com conclusões consentâneas às informações anotadas.

      Penso todavia completamente diferente de vc com relação ao não lançamento do Vitinho pelo contestado Mano Medroso Meneses. Este treinador tem sua virtudes e defeitos como todos nós. No caso Vitinho a questão, ao meu sentir, é a seguinte: a) ele não acredita bulufas nesses dados técnicos-científicos apontados por você. Se assim fosse, não teria lançado o Murilo no jogo com o Bahia quando o Henrique improvisado de quarto cerca lourenço, ou seja, quarto zagueiro, tomou o primeiro amarelo; b) além deste fato: ele nunca se importou em dar oportunidades ao Thony Anderson, que no Grêmio já é escalado até na LA; c) autorizou emprestar Nonoca e Judivan ao Sport e América, mantendo Rafael Marques e Rafael Sóbis, dois ex-atletas em atividade até poucos dias; d) ele não vai dar chances ao Vitinho,pois não acredita nos jogadores da base. É SUPER PRECONCEITUOSO, preferindo trabalhar com jogadores mais velhos, haja vista o envelhecimento do plantel após as ultimas contratações, todas indicadas por ele.

      Por estas razões, entendo ser a não escalação do Vitinho muito mais produto de discriminação do Mano e OMISSÃO do Djian e Itair que são submissos ao Mano e não aos superiores interesses do Cruzeiro Esporte Clube!!!!

      Como você e muitos aqui sabem, comportamento gera comportamento. Logo, um desmandinho aqui e outro ali, tem-se em seguida um desmandão e ai a casa cai!

      ACORDA ITAIR, ACORDA DJIAN o Cruzeiro é muito maior e mais importante que o Mano ou vocês dois duvidam desta minha afirmação?

    1. Pior é contratar Ezequiel, R. Marques e mais uns bondes que já foram contratados, tenho certeza que é melhor dar oportunidades para os garotos, o risco é melhor.

  19. Olha, PH : na verdade, o nosso depto. de base não tem cumprido o que seria de se esperar, em face da propalada “estrutura” de que dispõe. E isso há muitos anos! Senão, vejamos : quem foi a grande revelação de 2014 pra cá? Que eu entenda, apenas e tão-somente o Lucas Silva. Muitos outros ou não vingaram ou foram precocemente descartados pela diretoria. Dentre estes últimos, poderia citar o goleiro Gabriel, que logo que despontou foi pro Milan, e o Dudu do Palmeiras, que, antes, foi sumariamente rifado pelo Perrella, sem ao menos jogar no profissional. Dos mais recentes, quem digno realmente de nota? Álisson? Élber? Anselmo Ramón? O zagueiro Murilo é promissor, mas ainda tem muito o que se explicar. No gol, vá lá, algumas revelações, como o Rafael, mas que já está com 29 anos e será eterno reserva do Fábio, até este resolver se aposentar, sabe-se lá quando…Veja os casos do Santos, do Flamengo e, até mesmo, do Fluminense, que revelam de fato atacantes de qualidade, como esse Paquetá, do Mengo. Nossa Base precisa evoluir, e muito! Principalmente na revelação de atacantes de verdade. E que possam ter reais oportunidades no time principal e não serem sistematicamente descartados (por falta de qualidade) ou precocemente passados nos cobres!

  20. Pedro Henrique a fase de laboratório já passou em 2018. Resta esporádicos momentos em que o time estiver ganhando de 5 ou 6 gols, talvêz 9 ou 10 a 0. Só mesmo no rural e nas primeiras fases da CB, contra Muricís e Gabirobas é que a garotada devem ir entrando aos poucos para irem pegando canja e isto não aconteceu. Optaram pelos medalões e muitos ficaram no meio do caminho. O Fred é um dos exemplos da presepada. Aquele jogo lá contra o Muricí foi a presepada maior. Soube da contratação de um jogador do América que é volante e da seleção e espero que tenha oportunidades com o próximo técnico ou quando o Henrique oposentar. Já mencionei neste espaço de um jovem “matador” das categorias de base “Vinícius Popó” que já tá ficando “velho”, tem 17 anos e tá passando da hora de ir ambientando com os mais experiêntes. Vamos aguardar.
    This is the best way. Cruzeiro sempre*****.

    1. Daqui para frente todos os jogos são decisões, tanto na CB, quanto no Brasileirão. A fase de laboratório só para o ano vem no Rural e nas primeiras fases da CB 2019. Isto dá um prejuízo incalculável para o clube. Não revela, não vende, “não nada” e ainda apaga os sonhos da garotada. Só uma pessoa frustrada pode inibir as perspectivas dos mais jovens, isto é psicológico e “Freud” esplica. A diretoria pode sim, traçar uma meta, seja qual for o treinador que X% devem entrar em campo durante X tempo por partida e. Em todas escalas de sociedades evoluidas as crianças vão se adptando as tradições e o amadurecimento se torna natural e estaram sempre prontos para a titularidade em caso de necessidade. Tem um ditado antigo que diz: Se for preciso explicar, não ira adiantar muita coisa. Triste, mas é verdade. Mas não podemos nos acomodar, pois água mole em pedra dura, tanto bate até que fura………Cruzeiro sempre. Abçs*****

  21. PH, acho que em primeiro lugar nossa base tem que ser repensada. Falta qualidade há algum tempo para as posições de lateral, meio campistas e atacantes. Talvez isso seja reflexo do estilo de jogo implantado pelos antigos técnicos e isso, pelo menos em tese, está sendo corrigido. Também acredito que Mano deva dar mais oportunidades para a base, o problema é que agora há pouco tempo pra testes, pois isso devia ser feito no mineiro. Outro ponto é que temos um elenco muito grande e é complicado arriscar a escalação de garotos no lugar de jogadores tarimbados sobretudo em momentos de pressão (quase sempre). Acho que o deve ser exigido, é que pelo menos as terceiras opções de cada posição sejam ocupadas por “promessas”. E por último, queria ver como joga o Patrick Brey.
    Saudações Celestes!

  22. Esse Patrick Brey, pra mim tem jeito de ser bom jogador, joga com muita vontade, é rápido e habilidoso. A respeito do Alisson pra mim não dava mais pra ficar com ele, produzia muito pouco para o time, e o time estava precisando de um lat. direito urgente, e está difícil de achar, é a mesma coisa é de centroavante, por isso acho que a torcida tem que ter mais paciência com o Raniel, o que vocês acham ficar com o Ezequiel que todos já viram que é fraco ou dar chances pro Vitinho que mim parece ser melhor.

  23. Com exceção do Nonoca, que foi uma burrice imensa ter emprestado, não vejo ninguém na base em condições de jogar nesse momento. Nessa ae não tem como culpar o treinador. (na minha opinião, é claro).

  24. Bom dia Nação Azul, o Alisson sempre foi meia e não atacante e vejam como joga bem no Grêmio, lá ele joga na sua real posição, coisa que nossos técnicos não enxergaram ou não quiseram. Pergunta: qual de vocês já tinham ouvido falar de Paulinho do Vasco, Anderson “cebolinha” do Grêmio ou Paquetá nas divisões de base? Eles só aparecem quando tem chances no profissional. Para lançar ex-juniores é preciso ter Coragem e saber lidar com a juventude impetuosa e insegura dos recém profissionais. Chances tem que ser EFETIVAS!

    1. Concordo com você jeferson Luiz, se não der chances não vamos saber o resultado, principalmente com jogadores ruins que foram contratados, o Mano não tem essa coragem por isso só coloca jogadores mais velhos, tem medo de colocar os garotos.

  25. Morno Menezes não gosta de jovens jogadores! Prova disso é que em 2018 já dispensou Tony Anderson, Judivan e Nonoca!
    Coisa interessante: Ano passado, foi preciso o Cabral se contundir para que Hudson entrasse no time e ajudasse muito na conquista da Copa do Brasil. Este ano, não sei se é coincidência, mas bastou trocar o Cabral pelo Lucas Silva e o time obteve uma boa sequência de vitórias. Sei que a inoperância do Cabral não é nosso único problema, mas essas coisas vêm a demonstrar que o torcedor tem muita razão!

  26. Bela abordagem, mas o MM é muito resistente em colocar jovens para atuar em suas equipes. Ele sempre fala que não se pode queimar etapas e, nesse discurso o tempo se passa e os jovens não são aproveitados. Se a diretoria não tiver um planejamento com a base, o MM não vai revelar ninguém….
    Olha que belas vendas fez o Flamengo, Vasco e Grêmio…Se o MM estivesse nessas equipes, fatalmente essas transações não teriam se consumado, pois os jovens não teriam jogado. Não estou pegando no pé do MM, mas ele não tem características de revelar jogadores…

      1. E você Rodrigo está CERTO mas, nem por isto o Carlos Aguiar está ERRADO. Veja o dia, são 12 horas de luz e 12 de noite, senão a natureza morre, kkkk! A única coisa que não é relativo no nosso viver é a RELATIVIDADE, pois tudo é relativo, NÃO É MESMO?

  27. Só lembrando a todos que não se está pedindo para jogadores da base serem titulares, mas sim para terem oportunidades.
    E, sim, eles vão oscilar e precisam de tempo para amadurecerem como profissionais, mas só vão chegar lá jogando, só treino e banco não resolvem.
    Gosto sempre de lembrar a história do Gabriel Jesus no Palmeiras: foi lançado, jogou algumas partidas boas, e no primeiro ano no profissional ficou oscilando, entrando e saindo, jogando bem e não tão bem, só virou titular absoluto no segundo ano e logo depois foi vendido ao City.
    É isso, tem que observar a base, escolher com critério, dar oportunidade de jogar e acompanhar a evolução. O Vitinho pode trilhar este caminho. O Murilo está passando por isto. Outros poderiam ser aproveitados.

  28. Murillo, Alisson, Elber, Judivan, Vitinho, Tony Anderson, Nonoca…….fraquíssimos…………..
    .
    Infelizmente, hoje a base é fraca, formada por jogadores que tem “costa larga” e não por que merecem.

    Isso é assim em todos clubes do país…
    .
    Mano nessa está certo.
    .
    Lucas Silva foi o último que salvou….

    .
    .
    ACORDA BLOGUEIRO !
    .
    Acorda Torcedor, manipulado!
    .
    .
    vejam a última revelação do Brasil……meia boca danado que joga no urubu……

    1. Em que mundo você vive???? Ou você é auxiliar/familiar do MM, para defendê-lo em qualquer situação????

      Aqui vão alguns dados que você não viu ou ignorou:
      -Gabriel Jesus, revelado pela base do Palmeiras, titular do campeão inglês, City, titular da seleção;
      -Fluminense investe na base e vendeu, entre outros, Gérson para a Roma em 2017 por 16 milhões de euros;
      -Vasco vendeu Paulinho ao Bayern Leverkusen por 20 milhões de euros;
      -O Vinicius Junior, segundo você “meia boca”, foi vendido ao melhor time do mundo por 45 milhões de euros;
      -O Cruzeiro além do LS, teve o Wallace vendido para o Monaco en 2014 por 9,5 milhões de euros.

      Então, a base tem valor sim. O Cruzeiro foi campeão brasileiro sub 20 em 2017, portanto algo de bom deve ter.

      O seu amigo MM NUNCA valorizou a base, e não é de hoje. Em sua passagem pelo Corinthians em 2008 dispensou Everton Ribeiro e Werveton, então jovens promessas. Portanto, não é a base que não é boa, é o treineiro que não quer se arriscar. Assim como no esquema tático é MEDROSO também com relação à base.

      1. Excelente comentário Vini, é isso mesmo, teve o Bruno Viana, que foi muito bem vendido, o Mayke foi considerado o melhor lateral direito por 2 anos, 2013 e 2014,e ainda estamos esquecendo dos goleiros, poderíamos esta vendendo alguns garotos se tivesse tendo chances. O Raniel vai valer um bom dinheiro, jogador de muito futuro, tenho certeza que o Cacá, o Vitinho, Marcelo e o Thonny Anderson tem muito futuro.

  29. Se fosse fácil lançar jogadores da base todos os clubes brasileiros das serie A,B,C e D estariam lotados de jogadores oriundos da base.
    Fluminense,Santos,Botafogo,Vasco lançam muitos jogadores da base no time principal por não ter grana para investir,para contratar.
    O Flamengo depois de décadas sem aparecer nenhum jogador agora apareceu o Vinicius Junior,idem o Grêmio.
    Não sei o porque de tanta polêmica, o atual presidente foi muito claro ao tomar posse ele disse “Tenho dois caminhos,o primeiro é montar um time modesto com jogadores da base para poder sanar o clube das pesadas dívidas e ainda por cima correr o risco de cair,segundo era montar um time experiente e forte para ganhar títulos importantes e encher o caixa do clube,preferi a segunda opção”.Inoportuna essa postagem.

    1. A receita é ir mesclando o plantel e ir dando oportunidade aos poucos para a garotada, pricipalmente na fase de laboratório. Uma “fruta” não amadurece de um dia para o outro. Existe todo um processo para que um jogador vá ganhando experiência e isto é para poucos que precisam ser experiêntes dentro e fora de campo.

    2. Itair, deixe o blogueiro trabalhar. Pare de se opor a toda e qualquer análise que não seja a favor do trabalho atual da diretoria e comissão técnica.
      Equilíbrio, é isto que temos que buscar. E o equilíbrio se encontra mesclando jogadores experientes com revelações da base. Foi assim que conseguimos os títulos de 2013 e 2014, com grandes jogadores mas também com Lucas Silva, Mayke, Alisson, Elber no elenco.
      Ninguém está pedindo titulares, mas oportunidades.
      Como você bem colocou, ao invés de fazê-lo por falta de opção, como Fluminense, Santos, Botafogo, Vasco, deveríamos fazer de maneira PLANEJADA, para não acabarmos na situação deles.
      Por fim, há algumas situações INEXPLICÁVEIS como a do Thonny Anderson, repassado ao Grêmio por valores baixíssimos… é isto que devemos fazer quando temos alguém com potencial??? Lembrando que estamos reforçando nosso adversário na Libertadores, que em princípio é o principal objetivo da diretoria para este ano.

    3. Ou Cruzeirense Apaixonado,

      Onde vc está vendo POLEMICA amigo. Estamos aqui manifestando conceitos sobre as atitudes do Mano com relação a prestigiar a revelação de jovens talentos, prestigiando a base dos clubes onde já trabalho e aqui no Cruzeiro. Isto nunca foi e nem será POLEMICA companheiro.

  30. E os mesmos que ficam pedindo chances para os jogadores da base são os primeiros a detonarem os caras quando jogam mal as primeiras partidas.

  31. Acrescento a essa abordagem do PH algo preocupante e que querem fazer passar despercebido. O problema chamado EDILSON. Sou filho de gaúchos, gremistas. Mas sou mineiro por vocação e escolha. Vim para Minas com 2 anos de idade e aqui cresci e fiquei com muito orgulho. SOU MINEIRO. Tenho alguma simpatia pelo Grêmio quando estou em Porto com os parentes, mas isso não me faz ser gremista propriamente. Dito isso, vou colocar as minhas preocupações. EDILSON deixou claro que está aqui de passagem. É um turista no Cruzeiro. Já que é assim, minha opinião é que ele não tem estatura profissional para vestir o Manto Azul. Que volte para Rio Grande e fique por lá. Não queremos mais um RIASCOS por aqui falando o que dá na telha! Esse é o problema com o Sul e a briga que tenho com meus parentes, no bom sentido. Rio Grande é uma sociedade pós-colonial. Todo mundo lá é descendente de colonos. O problema é que as cidades progrediram, mas a cabeça não. Ainda pensam como colonos e EDILSON é um desses. Não pensa no que fala e FALA DEMAIS. É rústico demais. Não bastasse o sufoco com que temos de assistir a certos jogos retrancados (nem todos), agora vem esse PROBLEMA chamado EDILSON. Na minha opinião, ele já começou a criar problemas com o jogador Otero das frangas. Não importa que as frangas sejam o rival mais chato do mundo. O Cruzeiro nunca foi um clube de se rebaixar a ponto de seus jogadores darem uma declaração como aquela, chamando o Otero de “p*rra nenhuma”. Para mim, a agressão foi ao atleta Otero, EDILSON quis desconversar depois (IGUAL AO QUE FEZ RIASCOS). Meus amigos, não importa o time, não importa a franga, o Cruzeiro nunca precisou disso e nunca desceu a esse nível tão medíocre. Isso é coisa do EDILSON. Ele não fala pelo clube, nem pela torcida. ESSA FIGURA NÃO ME REPRESENTA. Mas a IMPRENSA NÃO PENSA ASSIM. Fica pondo lenha na fogueira. Aqui nós não temos acesso, mas essa história está pegando fogo lá no Sul. Meus amigos e parentes de lá me mandam as notícias da imprensa local, que não chega até aqui. O EDILSON falou MUITO MAIS do que aquilo que saiu na rádio. Ele falou muito mais coisas sobre o Grêmio do que foi divulgado pela imprensa nacional. Falou abertamente para quem quisesse ouvir. Se puderem sintonizar nas rádios de lá, vão ver as resenhas até hoje comentando essa história. “EDILSON é nosso” (alguém falou). Aqui em BH a direção pôs panos quentes e jogou tudo para debaixo do tapete. NINGUÉM QUER UMA CRISE AGORA! Será que dá para ficar de boca fechada EDILSON? Você consegue fazer isso ou é difícil? Não sei se os amigos aqui já perceberam a dimensão desse problema do EDILSON. O problema é a possibilidade do Cruzeiro pegar o Grêmio na Libertadores em jogo decisivo. Todo mundo já sabe que o Mano conta com o EDILSON na marcação pesada (quase na porrada) e nas assistências. E se acontecer de ter esse jogo e EDILSON não for bem? E se ele errar uma marcação ou as assistências não funcionarem? E se ele começar a chutar para cima, como as frangas reclamam do Fred até hoje? Vamos todos achar que ele favoreceu o Grêmio. Ele ficará suspeito. E, se não jogar, pior. Mano não tem um substituto à altura nesse momento. As frangas reclamam até hoje que o Fred chutou para cima de propósito no jogo que tirou o atlético da classificação para a Libertadores. Aqui em Minas não chegam as falas do Renato nas rádios gaúchas e nos jornais de lá. Houve uma nota em um jornal local, logo após a Libertadores de 2017, em que o Renato deixa claro que o jogo com o Cruzeiro na Copa do Brasil não era prioridade e os jogadores deveriam jogar dando 60% somente de gás. Se desse certo, ótimo. Se não, a prioridade era a Libertadores. Pois bem, encontrar o Grêmio agora vai ser outra história. O Grêmio virá com tudo. 100%. O Cruzeiro precisará estar muito concentrado, pois o Grêmio faz os times errarem e aproveita as brechas. Renato estuda o Mano desde o ano passado. Ele disse em uma rádio sobre isso “quem disse que é proibido fazer gols no Cruzeiro? o atlético mineiro fez três no estadual”. Por isso, acho que o Mano deve tratar esse problema do EDILSON agora. Com o devido rigor e de modo EXEMPLAR. Não estou dizendo que deve punir o jogador. Mas falar de homem para homem. Aqui não é lugar para isso. Esse negócio de pedir desculpas não surte efeito. Eles estão rindo de nós lá no Sul. ABRE O OLHO, MANO.

    1. Penso que estão fazendo tempestade em copo d’água, mas se é tudo isto mesmo o Edilson deveria estar bêbado em fase de tratamento e fora do acompanhamento médico. Que a diretoria se pronuncie…………..Saudações

      1. Este assunto EDÍLSON é muito mais grave do que a maioria pensa. Em outro Blog tive a oportunidade de me manifestar sobre isto. Tenho que se a Diretoria não aplicar uma punição reduzindo uns x% do ordenado dele vai criar precedentes, além de fornecer material farto para os Thé que estão se achando em razão das belíssimas atuações e vitórias seguidas do Grêmio.

        Este atlaeta estava em tratamento médico, o que foi no sul? interromper o tratamento e denegrir a imagem do time que investiu em sua contratação? Ele não veio jogar aqui para fazer favor ao Cruzeiro! Compramos o passe pelo valor pedido e ainda melhoramos seu salário! Ele devia é ser agradecido ao Cruzeiro que o valorizou profissional e humanamente!!! Mas com Itair e Djian deitados em berço esplêndido, ACORDAR E AGIR vai ser muito difícil.

        Penso que na primeira partida do Edílson nós devíamos dar-lhe aquela vaia, repetidas vaias para ele sentir que temos vergonha na cara e não acreditamos no desmentido dele. É o velho e certo ditado mineiro: onde tem fumaça, tem fogo!

  32. PH, ouvi de uma fonte bem informada que o David que veio do Vitória como solução para jogadas de velocidade, já que êle é um velocista, vai precisar de cirurgia e estão protelando essa informação para tentar esconder a cagada que fizeram em contratar jogador bichado. E agora P.H. como fica, as jogadas de velocidade vão ficar por conta do Rafinha? Sabemos que a idade dele não ajuda. Esclarece essa dúvida pra torcida.

  33. O meio de semana não é o mesmo sem o Cruzeiro,a cerveja não é tão prazerosa sem a camisa azul desfilando nos gramados.Pronto,reclamei da falta de jogo,agora vou reclamar do excesso de jogos nos próximos trinta dias.Vai ser um Deus nos acuda,mas vai ser bom demais ver o Cruzeiro jogar tantas vezes.Espero que nada de ruim aconteça com os atletas,tenho fé que os responsáveis vão trabalhar duro para que tudo corra bem.Nesse meio tempo vamos ter jogo chave com o Atlético PR,jogo com o rival,definição na LA e ter uma uma idéia do que esperar no BR nesse ano.Prato cheio pra China Azul,quero comemorar sucesso em todas as frentes antes da Copa,e isso é tão possível como a água é líquida.

  34. P.H., esse comentário do Alfredo, mais parece “gaucho despeitado”, nós fomos lá no sul e trouxemos o melhor jogador deles, O que acontece que às vezes o Edlson tem saudades do chimarrão, mas a culinária mineira é muito melhor, “Galo assado, Tutu com linguíça, couve; feijáo tropeiro, coelho assado, etc… Queremos agora é o grêmio do Renato mesmo, vamos dar outra sapatada neles e com gol de falta do craque Edilson. E o segundo: sabe de quem? Do Rafael Sóbis, ex Inter. Abraços pessoal.

  35. PH posso te cobrar uma coisa? Está faltando falar mais , com mais frequência do Sada Cruzeiro. Nós gostamos e apreciamos o maior time de vôlei do Brasil de todos os tempos, e pouco vemos falar sobre seus jogos, bastidores, contratações, opiniões sobre desempenho deste time que honra nossas cores e nosso escudo.

  36. Boa noite , Pedro Henrique, admiro muito seus comentários , são de formas sensatas. mas há tbm opiniões divergentes que enriquecem o debate. Com relação à base, eu analiso da seguinte situação:
    o Cruzeiro tem jogadores bons na base, mas muitos quando tem oportunidades não sabem aproveita-las , não sei se é por peso da camisa… e ja tem algum tempo que o cruzeiro não revela um bom camisa 10, ultimamente temos revelado mais é volantes e zagueiros. Com excessão do Raniel, do meio pra frente temos deixado a desejar na revelação de bons jogadores. outro ponto que quero falar é o seguinte: a torcida precisa apoiar o Mano Menezes, é um bom treinador e estratégico e experiente e especialista em competições eliminatórias, temos grandes chances de conquistar a Libertadores. Parar de ficar na ‘0nda da Aldeia’ como diz o Mano, eles querem desestabilizar o Cruzeiro e nós precisamos blindar isso e apoiar nosso treinador, como foi na copa do Brasil em 2017. mesmo por que, qual treinador bom está disponível no mercado? e futebol é resultado e não é show. aquele futebol arte do cruzeiro de 1966, de 1976, ficou na memória. este atual me lembra o de 1997, ano do Bi da Libertadores, o que importa é ser campeão. jogar bonito na minha opinião é perfumaria. Só pra lembrar, em 2009 fizemos uma bela campanha com 9 vitorias, 3 empates e apenas 2 derrotas e fomos vice. Já em 1997, fomos BI de América, com 7 vitórias, 1 empate e 6 derrotas. Só fazendo uma ressalva, não importa se o cruzeiro ganhou só 2 dos últimos 8 jogos da copa do Brasil de 2017, em competições eliminatórias, o que importa é o título. Campanhas boas vale é pra pontos corridos como o de 2003 por exemplo, em 46 jogos: 31 vitórias, 7 empates e apenas 8 derrotas, 100 pts, 102 gols marcados e apenas 47 sofridos e saldo de 52 gols. Recorde de vitórias em toda Historia do campeonato brasileiro, difícil de algum clube conseguir quebrar este recorde, mesmo nosso cruzeiro vencedor e papa títulos, haja visto que hoje são 8 jogos a menos. em 2001 saímos fora da Libertadores invictos nas quartas de final, ao perder pro Palmeiras nos pênaltis, com 7 vitórias e 3 empates. o que adiantou boa campanha? em mata-matas que vale é o título, tem outras campanhas vitoriosas de mata-matas que conto mais nos próximos encontros, e com relação ao time, em minha opinião o Lucas Romero tem que ser títular no lugar do Henrique. Lucas Romero é o símbolo da Raça e Garra Cruzeirense e tem a ‘cara da Libertadores’. No mais, a formação ideal pra este momento é essa: Fábio,Edílson,Dedé,Léo e Egídio: Lucas Romero e Lucas Silva: Rafinha,Thiago Neves e de Arrascaeta: Sassá. Um abraço ao Pedro Henrique e todos do Blog.

  37. PRIMEIRO É PRECISO QUALIFICAR NOSSA CATEGORIA DE BASE E TREINÁ-LOS PARA JOGAR O FUTEBOL DE HOJE, POIS, COM EMERSON ÁVILA, JOGAM UM FUTEBOL DE 20 ANOS ATRÁS.DOS JOGADORES DA BASE DE 2017, APENAS TONI ÂNDERSON,CACÁ, VITINHO E VÂNDER TINHAM CONDIÇÕES TÉCNICAS PARA SUBIR. O MELHOR DELES, TONI ÂNDERSON, FOI DADO DE BANDEJA PARA O GRÊMIO, UMA VEZ QUE AO FINAL DO EMPRÉSTIMO O CLUBE GAÚCHO TEM A OPÇÃO DE COMPRÁ-LO POR, PASMEM, R$500.000,OO, ISSO MESMO, QUINHENTOS MIL REAIS E RENATO GAÚCHO NÃO SE CANSA DE ELOGIAR E ESCALAR O JOGADOR. OS OUTROS QUE SUBIRAM VÃO MOFAR NO TIME DE CIMA E DEPOIS FICAREMOS SABENDO QUE FORAM NEGOCIADOS PARA O EXTERIOR POR UMA MIXARIA, COMO VEM ACONTECENDO HÁ ANOS NO CLUBE.

  38. Que coisa! Só agora o MM ira colocar o Robinho em sua posição de origem. O Rafinha agora vem rendendo lá na direita. O LS16 ocupando seu quadrado……..MM, não vá escalar o Fábio de centroavante. Né! Mané.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.