Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

A primeira derrota trouxe exageros nas avaliações

Cruzeirenses não digeriram bem o primeiro tropeço do time em 2018.

Muitos cruzeirenses não digeriram muito bem a primeira derrota do time na temporada. O tropeço diante do Racing, na Argentina, causou algumas revoltas e muitas avaliações precoces e exageradas de tudo. O primeiro resultado ruim do clube celeste em 2018 já fez com que muita gente passasse a questionar praticamente tudo. Do gol ao ataque e, claro, o comando técnico também não escapou das críticas.  

Em um tempo não muito distante, a gente avaliava as coisas com o nosso típico imediatismo brasileiro. Eu, inclusive, cheguei a dizer que não dava mais para Mano Menezes. E ele permaneceu e faturou a Copa do Brasil. Um título que será lembrado pela conquista e não pela forma como o time atuou. Não é assim com a nossa Libertadores de 97? O título é festejado, mas a campanha nem tanto. O que importa é ser campeão e encher a galeria de troféus. É isso que os clubes almejam, é isso que os torcedores querem. O resto é hipocrisia. 

Pois bem. Se no ano passado, com aquele time cheio de deficiências, nós conseguimos conquistar o penta, neste ano nossas possibilidades de ganhar mais algum título de expressão é muito maior. Não é uma derrota que vai jogar por água abaixo todo o trabalho que vem sendo feito até aqui. Nosso elenco é ótimo, temos atletas experientes e alguns jovens habilidosos. Além disso, a partida contra o Racing foi repleta de particularidades: ausência do Fábio, Léo e Edílson fora, lesão do Fred… Mas, ainda assim, muitos concordam que o Cruzeiro jogou bem. Teve bolas na trave, boas jogadas ofensivas, etc. A defesa, sim, foi terrível. Quatro gols sofridos é mesmo algo que não pode acontecer, ainda mais numa equipe treinada por Mano Menezes. Do outro lado, muitos esquecem, um adversário qualificado no setor ofensivo. 

Discordo de quem acha que a derrota para o Racing tem um significado devastador para o Cruzeiro. Não mesmo. Foi um jogo atípico. Além disso, os argentinos estão jogando o campeonato nacional e nós estamos ainda em pré-temporada e disputando o Campeonato Mineiro. Há uma diferença gigantesca aí. Por isso, é bom ter calma. Foi apenas o primeiro jogo da Libertadores. E a primeira derrota no ano. E com todas aquelas condições que já falamos. Quando eu digo que é necessário que a gente melhore nossa capacidade de análise do jogo, me refiro a analisar coisas que vão além do resultado. 

Para algumas pessoas falta um pouco de boa vontade também. Tem gente que parece que gosta de ver o Cruzeiro perder só para ter razão e sair por aí dizendo que está tudo errado. Não caia na onda dessas pessoas. No mais, vamos apoiar o nosso time. Está muito cedo para qualquer tipo de análise otimista demais ou pessimista demais. O ano mal começou. Tenho a certeza de que nós vamos nos classificar na Libertadores e jogando um bom futebol. Perdemos na hora certa. Se fosse no mata-mata, o dia atípico teria nos eliminado, como daquela vez contra o Once Caldas. O banho de água fria veio no momento certo. E vamos aprender com isso. Faz parte. É o futebol. Não tem como ganhar todas. 

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

138 thoughts to “A primeira derrota trouxe exageros nas avaliações”

  1. Eu penso assim: perder jogando bem nos deixa c mta raiva, mas no final das contas quer dizer q estamos no caminho certo. O Cruzeiro podia ter ganhado do Racing lá, ñ fossem as falhas defensivas, a sorte do adversário, e os gols perdidos.

  2. Concordo com sua análise.. Tenho receio de que queimem o Manoel por conta desse jogo e isentem o Murilo.. Tanto um como o outro erraram muito (principalmente o Murilo) mas são zagueiros de qualidade..

    Acredito que o time ideal no decorrer da temporada deve ser: Fábio, edilson, dedé, manoel e Hermes.. Henrique, romero, arrascaeta, thiago Neves e Robinho (David) e Fred.

  3. Saudações celestes.

    Duas coisas: não estamos acostumados a derrotas e como cantou Cazuza, o amor exagerado nos cega.
    Feitas as considerações iniciais, não é porque perdeu que tem o pior time, do mesmo jeito que quando ganha, tem o melhor.
    Temos um excelente grupo, com jeito de jogar definido e atletas para variações de jogadas.
    E o jogo contra o Racing teve boa atuação do time, coletivamente falando. Agora, temos que aprender uma coisa com nossos hermanos, acreditar em TODAS as bolas. Vai que entra…
    O que eu não suporto ver é apatia e isso nosso time não mostrou. Aliás, como guerreiros lutaram até o fim, até contra as próprias limitações.

    Que venha o 6a1o!!!!

  4. A questão não foi a derrota e sim a forma. Tomar três gols de bola parada em jogas na área é dose. Desde o ano passado que o time sofre com as bolas na área, principalmente as alçadas. Concordo com você que o campeonato mineiro não dá base para de comparação para o time em questão de evolução, mas creio que temos um problema de marcação na lateral do Egídio, ele sobe muito e tem dificuldade em recompor. Não vejo também tanto problema na derrota em si, desde que se aprenda com os erros, nesse tipo de competição duas derrotas complicam bastante

  5. Pois é. É isso aí.
    Ontem vi torcedor aqui destruindo a reputação de jogadores que foram importantíssimos na caminhada da Copa do Brasil ano passado, como Romero e Cabral.
    Parece que tem muita gente que precisa entender ainda que o órgão do corpo feito para raciocinar é o cérebro, não o coração.

    1. O Ariel Cabral foi importante na conquista da Copa Brasil???
      É mesmo?qual Copa do Brasil?
      ou qual Ariel Cabral?
      Porque na Copa Brasil 2017 o Ariel Cabral se machucou contra o Palmeiras e nem jogou as semi-finais e finais pra nossa sorte!
      Aliás sorte foi o que mais tivemos na Copa do Brasil 2017!

    2. Cabral? Você acompanhou mesmo a Copa do Brasil? Cruzeiro só foi campeão porque esse lesma saiu do time! Hudson entrou na sua vaga e destruiu, nos salvou e foi o melhor em campo na final! E outra ninguém falou mal do Romero, pelo contrário todos o querem de titular.

    3. Falemos do Cabral!
      Cabral não apresenta em campo todas as qualidades necessárias à função de volante.
      A tarefa principal do volante é marcar os atacantes ou meio campo centrais do adversário. Tem também a função de cobrir os laterais, distribuir a bola para os meio campistas do time e jogar ofensivamente, caso a situação ou estratégia da equipe exija.
      Volantes famosos: Mauro Silva (Brasil, La Coruña), Andrea Pirlo (Itália, Milan), Didier Deschamps (França, Juventus), Dunga (Brasil, Internacional).

    4. Me desculpe discordar de você Marcílio, mas o ano passado o Cruzeiro só começou a tomar um rumo de time competitivo ( sem convencer tanto, poderia mostrar um melhor futebol ) ao qual ganhou a CB , foi após a saída do Cabral e a entrada do Hudson.

  6. Acho que a reação exagerada também acontece pois em vitórias ninguém tem muita coragem de falar sobre os problemas. E ninguém está tão preocupado assim com o Rural, hehe. Lembro de um gol que tomamos ano passado da URT em que o jogador deles veio correndo pelo meio e dava pra ver nossos velozes volantes ficando pra trás. E passado mais de um ano e estamos falando a mesma coisa. É assustador. E não é o caso de não existirem opções. Existe é uma dificuldade em mudar no nosso técnico. Temos que esperar alguém machucar pra ocorrerem mudanças. Torci muito pro Sobis ser vendido em janeiro, nem pela saúde financeira do Clube, mas por isso garantir que ele não jogaria. Porque hoje, na minha opinião, ele só está a frente do Judivan no Cruzeiro, e isso por motivos físicos e ponto final. Com algumas chances acho que ele já irá se tornar tb uma opção melhor.

  7. O EXAGERO foi achar que o time jogar bem o Rural significava que todos os problemas estavam resolvidos: “A exibição que estávamos esperando há anos”, “Tá tudo dominado”, se lembra. O jogo contra o Racing foi um choque de realidade, onde os defeitos que existem e existiam apareceram de maneira EVIDENTE.
    “O resto é hipocrisia”??? Gostar de futebol bonito não é hipocrisia, querer que o time jogue bem não é hipocrisia, ver os fatos e dar opinião baseada neles não é hipocrisia. Hipocrisia é falar que o time está jogando bem quando não está, é se omitir na crítica a jogadores que falham, é citar só os defeitos da diretoria anterior e só os méritos da atual, quando ambas falham e acertam. Me permito sempre ver o todo, que é a única forma de celebrar o presente e cuidar do futuro.
    Não há terra arrasada, mas o tempo não para e cobra seu preço aos incautos. Então, ou reconhecemos os defeitos e os CORRIGIMOS, ou continuamos “cegos” e quando acordarmos será tarde.
    Campeonatos se ganham ao final, não no começo. Para isto é preciso consciência, responsabilidade e evolução. E sendo CRUZEIRO acrescento: TÉCNICA e QUALIDADE. O Mano gosta de sofrer, o Cruzeirense não, isto é coisa do lado negro de Minas. Citando o amigo Ronaldo Andrade: o Mano não pode ser maior que o Cruzeiro. Ou ele corrige seus erros ou tem que ser corrigido.
    #FECHADOCOMOCRUZEIRO

      1. Obrigado companheiro VANI!!!

        Respondeu por mim, tudo que me cabia dizer quando apontei o que significou para mim a derrota para o Racing, a atuação de alguns jogadores e a hipertrofia do Mano no comando do futebol do CLUBE.

        O time a jogar cada partida não pode continuar sendo o dos protegidinhos do Mano e sim o Time dos Jogadores do Cruzeiro. Ora, isto não vem acontecendo desde o ano passado. Se não não corrigir AGORA, o projeto Libertadores 2018 não acontecerá. Logo, apontar erros e falhas e pedir providências do presente para se evitar dissabores futuros no meu dicionário chama-se RESPONSABILIZAÇÃO, PRECAUÇÃO, PLANEJAMENTO, MUDANÇAS!

    1. “O jogo contra o Racing foi um choque de realidade, onde os defeitos que existem e existiam apareceram de maneira EVIDENTE.”

      EXATAMENTE, Vini. Mesmo a tal “exibição que estávamos esperando há anos” foi um jogo medíocre contra uma equipe muito frágil. Racing foi o primeiro jogo da temporada, e os defeitos do Cruzeiro apareceram como você descreve.

      Cruzeiro há MUITOS anos não tem um camisa 10. Para quem já teve Dirceu Lopes, Valdo e Alex horando o número, isso é deprimente. NINGUÉM no Cruzeiro faz a transição rápida do meio pro ataque. Há anos. Junte-se a isso a filosofia do “defende primeiro depois faz um chuveirinho na área do adversário” do deficiente Mano Menezes, e o resultado não podia ser outro. Cruzar a bola pra quem? Rafael Sóbis — aquele que não “sóbis” nas bolas e não faz força nem pra comemorar gol?

      Está cada dia mais óbvia a má-vontade do Rafael Sóbis. Ele não está feliz no Cruzeiro, faz o básico do básico e vive sendo elogiado pela “movimentação” em campo, que nada produz e só gera bolas tocadas pra trás. Jogar com ele ou Rafael Marques é entrar com um a menos em campo.

      Ariel Cabral tem muita habilidade com a perna esquerda e razoável visão de jogo, mas quando foi contratado, TODOS os jornalistas Argentinos falaram de sua deficiência — um deles usou o termo “pouco compromentimento” — em termos defensivos. Isso não é novidade. Na partida com o Racing, era muito necessária a presença de Romero no meio-campo. Ezequiel já está a disposição, não é um gênio da bola mas podia ter ficado na direita pro Romero ir pro meio.

      Cruzeiro conseguiu dar TODAS as bolas levantadas ao Racing. Sorte nossa que não aproveitaram todas. A tal “consistência defensiva” de quem só levou um gol na temporada. Da Tombense. Sem falar no quase frango do Fábio contra o Vila, que deixou o zagueiro subir mais alto que suas mãos.

      A “estratégia” de Mano Menezes é uma: defender e dar chutão pro ataque. Sem tabelas ou infiltrações, que tem acontecido mais ao acaso do que em jogadas ensaiadas. Aliás, beleza de jogada do segundo gol do Racing. Cruzeiro não faz isso há quanto tempo? Não é à toa que Mano levou de 4 do Atlético na Copa do Brasil. Achou que colocar 11 jogadores na área tampava o gol inteiro. Fred tem feito pivô pro “artilheiro” Rafinha. Quantas bolas ele recebe em efetivas condições de avançar e marcar? No máximo 2 por partida. Algumas nem isso.

      O jogo com o Racing foi uma boa apresentação do Cruzeiro, sem dúvida. Mas ver Rafael Sóbis receber nas costas da zaga, molengar com a bola e chutar sem olhar pro gol é de dar calo nos olhos.

      Amanhã tem Atlético pela frente, e eu infelizmente não acredito em vitória. Tomara que venha, mas eles tem feito contra-ataques muito bem elaborados e rápidos. E tem se defendido bem. Com nosso poder de “fogo”– Rafael (que não) Sóbis — vai ser difícil a bola chegar perto da área. E se entrar com Raniel mas não ter uma jogada trabalhada de linha de fundo ou triangulações perto da área (ver o 4o gol do Racing), ele vai correr atrás da bola o jogo inteiro. Como Fred tem feito.

      E Thiago Neves tem que parar com provocações infantis e jogar mais bola. Faça 2 gols amanhã em vez de fazer bonitinho no video. Precisamos de jogadores, não comediantes.

      1. Vejo da seguinte forma, quantas bolas que o goleiro chuta para frente são aproveitadas ???? No time amador de minha cidade o pessoal não chuta a bola para frente mais, sai jogando, pois tem certeza da posse, caso contrario, será rifada no meio campo

  8. Eu fui um desses, P. H., que protestou, inclusive comentei aqui. Acho que a indigestão não foi tanto pela primeira derrota, e sim pelo momento em que ela ocorreu. Logo no primeiro teste pra valer, foi brabo! Se tivéssemos já jogado alguns jogos importantes, vencido e empatando (dependendo da circunstância), a derrota seria bem digerida, pois faz parte do futebol. Agora, torçamos para que não se repita já no segundo teste, caso contrário a casa vem abaixo, mesmo!

  9. Sábias palavras. Foi o que eu também analisei e conclui sobre o jogo. Achei as opiniões dos torcedores muito exageradas. Até porque perder um jogo pro Racing lá na Argentina não é nada de anormal (ainda mais naquelas condições). Mas sabemos que a maioria dos torcedores são imediatistas e não conseguem avaliar de forma comedida. Lógico que tomar 4 gols não é normal, por isso o Mano Menezes precisa corrigir a zaga. Valeu. Saudações celestes.

    1. Prezado Ewerton Vieira. Acho que imediatista foi a forma anormal que o treineiro postou “sua” equipe no campo do adversário Argentino. Acho que jogando fora deve-se ter uma postura mais precavida e ter estratégias de contra-ataques nos momentos certos. Uma leitura do jogo e mudanças táticas pode desestruturar todo um esquema preestabelecido pelo “anfitrião”. Imediatismo é colocar um Fred em todos os jogos do Rural e na hora do jogo que “realmente” tava valendo pontos………Na fase de laboratório, ninguém jogou no lugar do Fábio, Fred, Edilson, Henrique, Egídio e isto sim eu considero anormal. Saudações Celestes.

  10. Na minha modesta opinião, diversos jogadores jogaram bem, sim, mas alguns tiveram uma noite não muito agradável. O goleiro Rafael (de quem eu espero ser titular no posto quando Fábio se aposentar) na minha visão, falhou em três gols do Racing. Logo ele, que costuma demonstrar sua agilidade e elasticidade, tomou um gol do bico da área, num chute estranho, tomou um gol de cabeça onde ele simplesmente se agachou e não saltou na bola e tomou um outro em que a bola passou debaixo de seu corpo. O Manoel (que eu não considero indispensável, poderia ter sido vendido pra Turquia quando o quiseram) estava totalmente perdido. Não achou ninguém no ataque do Racing. O Henrique… ah, o Henrique… que raiva eu tenho desse volante inerte… NUNCA VI UM VOLANTE QUE NÃO GANHA UMA TROMBADA, UM CABECEIO, UMA DIVIDIDA… Henrique, pra mim, é igual o cara que passa no concurso mas não sabe fazer nada… fica ali até aposentar. Nada de falar de Egídio (há uma má vontade com ele enorme!). Foi do lado dele que as principais jogadas de ataque foram criadas. E se não há cobertura, é porque o Mano opta pelo lentíssimo Ariel Cabral para cobrir este setor. Os desfalques fizeram alguma diferença sim. O Edilson acerta muito mais jogadas de linha de fundo, cruzamentos, que “El Perro”, que foi até bem defensivamente. Perder Fábio assim, de repente, não fez bem ao time, assim como a saída de Fred tirou um pouco da “canxa” do time.
    Sinceramente, não vi uma superioridade do Racing para um “sonoro” 4×2. Era um jogo em que, se concretizadas as chances, ficaria 5×4, 5×5, tamanha ofensividade das equipes.
    Em nenhum momento (exceto nas falhas individuais) o Cruzeiro esteve atordoado ou desnorteado.
    Mas fica o aprendizado para o próximo confronto!

  11. PH, muito boa análise, concordo com você em gênero, número e grau. Veja bem, o MM jogou um bom futebol, teve grandes chances, três bolas na trave e no campo do adversário. E contra o Racing, que no meu tempo de criança era o melhor time da argentina e respeitado em todo o mundo, e se não me engano eles foram campeões do mundo no ano de 1967. Todos decantam o futebeol de Dirceu Lopes e Piazza e Raul, e veja bem no ano de 1974, a Raposa Astuta foi até Buenos Aires enfrentar o Independiente e bastava perder a partida por diferença de dois gols que embolava todo o grupo e a decisão iria pra sorteio, e naquela oportunidade para a nossa tristeza, perdemos de três a zero, com Dirceu Lopes, Piazza, Raul, em campo. Adivinhem, fomos eliminados. E naquela oportunidade havia um locutor em Minas Gerais que quando saia um gol, antes de gritar gol, ele gritava “Adivinhe” e ele era “frang6x1a” assumido. Foi muita gozação. Porém, O futebol é assim mesmo, e para ser grande tem que saber digerir as derrotas e aprender com elas. E nós aprendemos com essa derrota, e ninguém na época execrou o Dirceu Lopes, nem o Piazza, e nem o Raul, tanto é que eles estão na memória dos cruzeirenses para sempre. E no ano seguinte fomos vice de novo no Brasileirão, e o ano de 1976 fomos campeões da América. E com certeza vamos ter coisas boas também nessa Libertadores. Abraços pessoal, a Raposa Astuta é o MM. Maior de Minas e um dos grandes da América do Sul, quiçá do Mundo. Vamos Raposa Astuta, rumo ao tri. Abraços cruzeirenses apaixonados.

  12. Pedro, admiro suas sinópses, mas gostaria que vocé atentasse para um fato que parece poucos percebem no cruzeiro.
    Estou me referindo ao jogador Henique. Custa-me a acreditar que esse jogador seja insubstituível. Inclusive agora que blindaram-no como capitão.
    Quem entene de futebol, talvez entenda o que eu digo. O futebol dele é esdrúxulo, improfícuo e inócuo. Basta ver o jogo contra o Racing.
    Outa questão, é que o Fred apresenta um futebol patético. Nunca deveria se contatado. Felizmente ele se lesionou e vamos ter oportunidade de ver algum outro jogador mais efetivo.
    O que o Mancuello está fazendo na reserva? Em inglês diríamos , ‘go figure’. vá entender.
    Pedro, só gostaria que você tenha uma perspicácia mais aguçada ao comentar os problema que realmente afligem o nosso time. Esse é só o primeiro jogo, mas já externa os problemas cruciantes. Até há pouco, só ganhavamosmos de times que não se justificam a comparação quanto ao nível.
    Era só obrigação a questão de vitória.
    Então Pedro, por favor mais sensatez e discernimento.

  13. Olá, boa tarde Pedro Henrique e demais cruzeirenses, concordo plenamente com sua análise, gostaria de pedir licença para acrescentar a minha modesta opinião: Acredito que o erro está na pré temporada e depois na disputa do estadual, os times deveriam fazer alguns amistosos com equipes de seu nível que também estão se preparando, infelizmente a muito tempo que os estaduais ajudam muito a enganar os grandes clubes, e ao que parece não acrescentam muito na preparação, os clubes e alguns torcedores se iludem e pensam por causa das exibições nos estaduais que o time está bom demais, e principalmente nesta situação as falhas não aparecem muito , pois os adversários dos estaduais são tão fracos e acabam sendo presas fáceis demais,claro que concordo que vários fatores contribuíram para o resultado mas alguns erros poderiam ser evitados pois foram escabrosos, e como já dito talvez com uma pré temporada mais objetiva a história seria outra, um abraço a todos, eternamente zerooooooooooooooooooooooo.

  14. Caros Cruzeirenses,

    Concordo que não está tudo errado, o nosso time não é “ótimo”. Depois que fomos campeões da CB passei a respeitar muito o Mano, nosso time era bem limitado. Vejo que estamos muito melhores do que no ano passado, mas precisamos melhorar muito, principalmente a postura, contra o Racing jogamos bem mas a postura de alguns jogadores foi lamentável, por isso a derrota, tenho visto e já citei aqui nossos problemas, alguns antigos:
    – Zaga: Léo e Manoel não tem o nível que o Cruzeiro precisa;
    – Laterais: Egídio é muito limitado, erra muito, ataque e defesa, acertou a primeira assistência no ano contra o Racing, gol do Arrasca;
    – Volantes: Henrique e Cabral são lentos, bons, mas lentos. O Ariel depois dos 15 do 2 tempo não tem mais pernas, em todo jogo;
    – Tiago Neves: não entendo tanta idolatria, erra quase tudo que faz, mal está sabendo dominar a bola, não aguenta um tranco, na CB bateu os pênaltis, muito pouco pela fama e status que tem, um jogador a menos quando ele joga;
    Atacantes: Não temos, são muitos gols perdidos, no mineiro não temos média de 2 gols por jogo e criamos muito.

    Continuo acreditando no nosso time, já tivemos piores e fomos campeões, mas, tivemos postura. Faltou isso contra o Racing, postura, com ela nós ganharíamos de 4 deles.

    Um Grande Abraço a todos!!!

  15. O problema que vejo sobre o elenco do Cruzeiro que foi super valorizado por muitos da imprensa. Baseou-se por nomes no papel e campeonato mineiro, que não serve de base para nada, campeonato inútil. Não considero terra arrasada, mas foi um desastre para um time que estava se gabando ter levado apenas um gol no campeonato rural. Quando pegou um adversário de peso, levou 4 gols. Tem que abrir os olhos, pois muitas peças do elenco não são confiáveis, inclusive o atual capitão que estava em campo naquela fatídica decisão de 2009 e que mostrou a sua deficiência. Como foi dito, o que vale é o resultado final, e não apenas jogar bem. Jogar bem e perder é como palavras ao vento, sem nenhum valor.

  16. Sinceramente eu acho que nossa torcida ou parte dela está se “atleticanizando” só pode, não é possível!
    Tomamos 4×2 e tem gente que insisti em dizer que jogamos bem, o time do Racing é limitado, defensivamente então é horrível!Um dos zagueiro é o Donatti quem nem reserva no Flamengo conseguiu ser, um dos atacantes é Centurión que nao fez nada em São Paulo e Boca Jr o outro é um ex-jogador em atividade, tipo Fred e Sóbis, o Lisandro López!
    Nosso Clube foi amador, descobrir só na Argentina que Edilson e Leo estavam suspensos foi pior que em 2015 quando levamos Joel (camaronês) pra um jogo lá e ele foi impedido de sair da sala de desembarque e teve que retornar, pois, Argentina e Camarões não tem relações diplomáticas!
    Nossos dois zagueiros e volantes foram terríveis, Manoel completamente fora de forma, aliás esse cara vive no DM e se preparando fisicamente mas nunca mais jogou bem, Henrique esteve em campo em todas nossas decepções (Estudiantes 2009, Once Caldas 2011, San Lorenzo 2014, River Plate 2015) e tem gente que ainda o acha craque!
    E quanto ao Mano não fui eu quem disse que ele não é treinador por Cruzeiro não, foi só o Alex Talento que falou! A conquista da Copa Brasil ( no gol fora contra o Palmeiras e nos penaltys contra Grêmio e Flamengo) pra mim não mudou nada e tenho certeza que Alex também não!
    Sigo com a mesma opinião podemos ganhar muita coisa esse ano, pq o futebol brasileiro e sulamericano está nivelado por baixo, mas sinceramente acho que teremos muitas decepções ( treinador ruim e arrogante, contratações caras e equivocadas: Fred e Bruno Silva, jogadores que não rendem e não foram dispensados: Manoel, Sóbis, R. Marques, Ariel Cabral, jovens jogadores deixados de lado: LS16, Nonoca, Romero)
    Enfim torço e muito pra que eu esteja errado!!!

    1. Caro Alisson Mateus Machado.

      Excelente diagnóstico não só da partida, mas da atuação do time e da diretoria e também dos prognósticos.

      Lamento, todavia, que não será feliz ao se comprovar doravante ter aqui errado. Lamento e muito, pois as chances de você errar são mínimas. Como é pessoa de nível e bem vivido, sabe muito bem a grande diferença em comportamento humano do TEIMOSO e do PERSISTENTE. Com um técnico teimoso e sendo o dono do departamento de futebol do clube, se ganharmos algo não vai ser o que a maioria espera. Para que HAJA MUDANÇAS não pode haver continuísmo. Achei que a exemplo do DM, das Finanças, do Marketing haveria mudanças no futebol. Infelizmente não vejo isto. Vejo este Técnico colocando em campo não os jogadores mais qualificados e capacitados para jogar e sim os seu protegidos. Como não ele quem os comprou e nem quem paga seus salários, aceitar isto pacificamente como a atual diretoria vem aceitando dá nisso: 4 x 2 pro Racing!

    2. “E quanto ao Mano não fui eu quem disse que ele não é treinador por Cruzeiro não, foi só o Alex Talento que falou!”

      E eu.

      Desde 2015.

      PIOR técnico da seleção desde Lazzaroni 90. Ser pior que Dunga é quase um desafio mortal, e ele conseguiu, levou a seleção pro 13o lugar no ranking Fifa. Fez a “dancinha” ridícula em SP para tomar 4 do Atlético em BH, armando uma retranca horrenda e nem assim deu certo.

      Eu não comentei na época, mas DESAPROVO PROFUNDAMENTE a contratação do Fred. Tá, ele fez 30 gols ano passado. Inclua aí o pênalti simulado contra a Tombense, teatro à lá Neymar. Ele foi um craque mas já passou do horário nobre há tempos. Tem colaborado com jogadas que resultam em gols, mas nem de longe tem sido o centro-avante que dele se esperava. Isso no Mineiro.

      Bruno Silva, outro caro que ainda não mostrou a que veio.

      Rafael Marques não tem explicação nem se Jesus descer do céu pra defendê-lo aqui comigo. Eu vou pro inferno mas não vou concordar com ele.

      Daí o jogador mais eficiente da base — Thonny Anderson — é cedido ao Grêmio por uma mixaria e com passe fixo ao final do empréstimo? NUNCA MAIS volta pro Cruzeiro.

      Nonoca já mostrou a que veio, mas o Mano não viu.

      Enfim, com esse técnico, só mesmo se gol fora e pênalties vierem nos salvar, porque jogar bola pra ganhar não é com ele. 1 a 0 é goleada, tomamos sufoco de América e Vila Nova, passamos apertado por Tombense e Caldense, e só “goleamos” o lanterna do Mineiro.

      Ressalto que Cruzeiro teve desfalques importantes contra o Racing, mas teve jogadores em campo também que não deveriam estar nem no banco. Se o primeiro não é culpa do Mano, o segundo sim.

      1. Capitão Marcelo F,bom te ver aqui de novo.Nesse seu comentário que eu estou respondendo você não tem nada de positivo pra nós né?Tudo bem,mas se eu tivesse trabalhado ao lado de tantas aero-moças bonitas e sexy ,eu teria mais bom humor do que vc,mas diabos,nesse planetinha minúsculo tem lugar pra todo mundo né? Minha mulher as vezes me pergunta;porque essa cara emburrada?Respondo;acabei de ler os comentários no blog do PH.E ela diz;te avisei né?

        1. Dear Edgar,

          Sua mulher avisou, não foi? Então acho melhor nós dois pararmos de ler!

          Eu não trabalhei ao lado de aermoças sexy, mas caixas muito bem fechadas. Depois, fui burramente escolher morar num país onde, na hora que uma pessoa tem um enfarte e precisa de uma cirurgia seríssima e muito complexa, em vez de escolher o melhor cirurgião que o dinheiro pode pagar, esta pessoa escolhe a médica mais gata. Daí nunca mais trabalhei na área.

          Eu mencionei mesmo o que acho que está ruim, mas obviamente teve coisas boas. A contratação do Edilson me parece a melhor delas até o momento. Dispensar alguns jogadores também. Mas não compartilhei do entusiasmo da torcida no caso Fred. Ele pode ter “amor” à camisa do Cruzeiro. Acho que ele teve muitos méritos e momentos brilhantes a carreira, mas não é um jogador para receber 3 anos de contrato neste ponto da carreira. Nem Fábio.

          É só minha opinião, não fique emburrado por causa dela.

          Tem outra coisa brilhante no Cruzeiro, o Marco Antônio Lage, que é um dos melhores (senão o melhor) do Brasil em sua área.

          Mas ficar passando o chapéu na TV pedindo sócio-torcedor e aumentar a dívida do clube em 50 milhões no primeiro mês não me parece ser coisa de administradores muito sérios. E pagar metade do salário daquele Fabrício é uma ofensa pra mim

          Mas vamos lá. Quem sabe a gente não ganha hoje e eu queimo a minha boca?

  17. Não entendi a frase em que diz: … Pois bem. Se no ano passado, com aquele time cheio de deficiências … Como assim? O time perdeu dois jogadores importantes que não tiveram substitutos, Diogo Barbosa e Hudson, perdeu, pelo menos até agora ,o Sasa e ganhou somente o Edilson. Como dizer que o time era cheio de deficiencias? Se o clube não contratar um lateral esquerdo terá, forçosamente, de ter mais um volante de contenção. Se não …

  18. Totalmente de acordo PH,o banho de água fria veio na hora certa,simplismente cirurgico.E concordo 100% tb que muitos até parecem que gostam quando o Cruzeiro perde,não podemos realmente dar importancia para tais torcedores.O time está no caminho certo,e quem tem os pés no chão tem que reconhecer.E para esses que gostam de tirar o mérito do penta eu tambem não tenho ouvidos,eu sabia e comentei aqui que se o Cruzeiro perdesse pro Racing, o mundo viria abaixo aqui no blog, como veio.Acho que o Cruzeiro tem tudo para bater o 6a1o lá naquela casinha deles,mas perder tb é uma possibilidade,e se perder eu vou ler somente o texto,comentar e cascar fora daqui,porque sei que o blog vai virar um campo de batalha.Raposa 3×1 garnizé.E pra v6 que estão torcendo para o Henrique e o Cabral jogar mal,lembrem-se;eles estão vestindo a camisa do seu time!

    1. Companheiro Edgard Campos,

      A gente não torce para o Henrique e Cabral jogarem mal. Eles jogam mal SEMPRE. Dizer isto é como falar de alguém que não tem moral. A gente torce, sinceramente, para não serem escalados JUNTOS, pois já causaram e continuarão nos causando dissabores enormes!

      Manoel, Sóbis, Rafael Marques e Léo idem. A gente torce e pede MUDANÇAS no time, pois estes aqui citados sempre jogam mal e nunca vão para a reserva. A gente pede MUDANÇAS para que outros jogadores tenham pelo menos uma sequencia de 3 partidas. Não precisa serem todos de uma só vez e sim alternativamente. A gente pede MUDANÇAS de atitudes do Vice-Presidente de Futebol, pois foi-lhe dado este cargo para ele cuidar com eficácia dos assuntos do futebol e não ficar igual ao Vicintin, omisso, deixando o Mano agir como se os jogadores fossem dele e o Cruzeiro também!

      Não vi desespero em ninguém que aqui criticou os erros da derrota para o Racing. Ao apontá-los desejamos tão somente CORREÇÃO destes mesmos erros que vem nos acompanhando desde que o Mano é o técnico!!!

      Com diretoria nova e projetos ambiciosos, estamos é alertando e não destruindo. Diz o ditado que o pior cego é que não quer ver, porque nasce são mas fecha os olhos as realidades em seu entorno. Queremos mudanças, vitórias e conquistas e, para isto, apontamos erros e sugerimos caminhos. Não nos queira mal por isto. O Cruzeiro é um patrimônio imaterial muito grande para todos nós torcedores e por isto temos dificuldades imensas em aceitar derrotas como a do Racing e pelos motivos que a causou. O pai responsável, repreende e cobra não por ser pai e sim porque ama, pois tem pais que se escusam até de pagar pensão alimentícia e outros que nem nome dão a seus filhos. Se eu e os demais que nos manifestamos repreendendo e corrigindo descaminhos aqui no Blog, estivermos errados neste posicionamento, corrija-nos, por favor!

      1. Acredito que quem está no elenco,esta lá por um bom motivo.Acredito e apoio quem toma as decisões,afinal são eles que estão trabalhando na toca2 dia sim dia não.Acredito que todo jogador tem seus pontos positivos e negativos,cabe a comissão técnica decidir quem entra e quem sai.Acredito que a corneta anda fora de controle aqui no blog depois da “tragédia” no El Cilindro.

        1. O planejamento foi diferênciado com relação ao aproveitamento tanto do Fred, quanto do Tiago Neves 30. O Fred, recem chegado, com todo seu histórico, foi entrando de cara em todos os jogos do rural e……….No caso do TN”T”rinta foi feito um planejamento diferênciado que eu até concordo mas não entrou em jogos para ir se soltando aos poucos e…….Dois pesos e duas medidas……Vai entender…….Cruzeiro sempre. Abçs

        2. Edgar, não polemizando e sim esclarecendo mais um ponto de meu posicionamento acima. Sei perfeitamente do valor da hierarquia em qualquer tipo de organização. Sem ela não há ordem e com isto os resultados esperados fogem. Concordo também quanto ao respeito para com o dirigente.

          O que estou questionando, no entanto é o seguinte: o que adianta o Mano estar convivendo desde 2016 todo dia na Toca com Sóbis, Ariel, Henrique, Manoel e outros se os põe para jogar e no jogo eles se omitem, falham e voltam a falhar e a jogar mal. Entendeu? É isto que me dá nojo. Ver a pessoa insistir, teimar com o que não não funciona, não produz!

          Todos nós temos preferência por determinado tipo de jogar e de jogadores. Isto é normal, humano. Mas o Mano tem extrapolado neste procedimento. Isto refoge ao aspecto PREFERÊNCIA. É como dizia minha falecida mãe: errar é humano, permanecer no erro É FALTA DE VERGONHA. E nisto o Sr. Mano tem sido insuperável. Dai meu inconformismo!

          Amanhã vc vai ver. Com exceção dos que não jogaram contra o Racing o time vai ser o mesmo, inclusive com Sóbis e a meiuca RuimHenrique/LemtroCabral.

          Desculpe a persistência. A exercito em consideração ao respeito que tenho pelas suas análises aqui no Blog.

          1. Ronaldo,eu gosto de todos os jogadores que vc citou e estou feliz que eles defendem nossas cores,começaram a tentar destruir o Ariel aqui no blog ultimamente,mas ele ja provou que é um bom jogador,as estatisticas não mentem.O mesmo eu digo em relação ao Henrique que é tratado como lixo aqui,vc já conferiu as estatiscas dele ? Se não eu te desafio a fazer-lo.O time todo do Cruzeiro não encantou ano passado,mas ganhou o penta e quinto lugar no BR,com isso o Sobis não rendeu bem,mas ninguem pode negar que ele é um bom jogador,a China Azul exigiu sua contratação,ele merece respeito.O Manoel foi destaque antes e vai ser de novo.Lembre se que nenhum desses jogadores são excelentes,mas são bons,nem os milionarios times da Europa conseguem ter um craque em cada posição.Eu apoio quem defende o Cruzeiro,sei que todos erram e estou disposto a tolerar isso sem declarar terra arrazada.A manutenção do Mano foi aprovada pela maioria desparada,pode crer que eu tb gostaria de ver meus favoritos jogando,mas sei que vou ficar decepcionado,porque ele com toda a razao do mundo é quem escolhe quem vai jogar.e tem meu apoio total.Outra coisa Ronaldo,a vaca não foi pro brejo,o que muitos estão considerando fato consumado.Esta é a minha opnião e sei que estou sendo justo.

          2. Ronaldo,esse “UE” aí,sou eu.Vou aproveitar e dizer que nós dois somos torcedores totalmente diferentes,não tem nada errado nisso aí,Cruzeiro sempre.Eu tb já tive um olho extremamente crítico,mas hoje, felizmente não tenho mais.

  19. Reitero o que afirmo há anos: com Henrique e Cabral juntos nunca ganhamos um título sequer. Não adianta tampar o sol com a peneira, em mineiro, ridículo, que não é parâmetro para nada, os caras podem até enganar alguns, mas não a mim. Agora falar depois de 2 meses, com mesmo técnico (praticamente mudou 2 jogadores), que estamos em pré temporada é continuar protegendo os intocáveis. Ainda bem que alguns aqui já enxergaram o óbvio: com o cerca Lourenço Henrique e o lento Cabral abram o olho até no domingo….. Robinho clássico e clássico e queremos ver raça, pois isso é fator determinante nesses jogos e tb em LA (cara caindo nas armadilhas da imprensa pateticana)…

  20. A Derrota faz parte do futebol, o modo em que ela acontece é que incomoda. Temos um time ja formado, tarimbado e com o mesmo treinador, isso é muito bom e em minha opinião nos coloca a frente dos adversarios. O que eu não entendo é essa mania de torcedor e imprensa, de falar simplesmente porque um time é argentino, que o time é um timaço, como voce disse no comentario passado. O Racing é um time medio, bom e nada mais do que “bom” do meio pra frente e que marca mal a bessa. Certo, foi um dia atipico, domingo teremos um confronto que vai servir de avaliação pra nós pois vamos enfrentar uma equipe que esta jogando a la Mano Menezes. Na Libertadores, teremos embates ainda mais complicados la pra frente, portanto, acredito que independente do resultado de domingo, o importante é o comportamento da equipe, embora ao meu ver tenhamos melhor plantel, mais tempo de trabalho, mesmo treinador, ou seja tudo a nosso favor, será inadimessivel não nos apresentarmos bem.

  21. PH, fico muito preocupado pela forma pela qual o Mano escala o Cruzeiro. Não que tenhamos que acovardar jogando fora, mas não minha modesta opinião, dependendo do adversário, o Cruzeiro teria que utilizar 03 volantes para cobrir as subidas do Egídio e melhorar o meio-de-campo, pois no jogo contra o Racing o Ariel Cabral funcionou apenas como Cerca Lourenço. Não marcou, não desarmou, não fez absolutamente nada. Outro ponto no jogo contra o Racing, fiquei admirado como o camisa 10 do time argentino jogou. Ficou o jogo inteiro, até ser substituído, complemente livre. Aí pergunto; O Mano, não assistiu nenhum VT do Racing? Ele não sabia o jeito de jogar do time argentino?
    São coisas que a gente não entende como o futebol funciona. O treinador é contratado, para escalar os que estiverem melhor; montar um esquema de jogo de acordo com o adversário e onde irá jogar; para assistir como o adversário joga. Depois quando vai jogar é surpreendido pelo time adversário ou por um jogador do time adversário que é um pouco diferenciado?
    Pera aí? Isso é normal, ou os treinadores e jogadores acham que os torcedores são bobos.

  22. Ola P.H,
    Concordo com alguns de vocês, que o time em alguns momentos jogou bem, más na libertadores esse jogou bem e terrível. O P.H lembrou bem de 2011, quando o time vinha bem e o Once Caldas eliminou o Cruzeirao…
    O time tem que ser mais consciente e consistente do meio pra trás.
    Mais como foi dito, ainda é cedo pra criticar e vamos aguardar esperando um Time mais duro na marcação e consistente.
    Uma deixa: Não a espaço para jogos meia boa senhor Henrique e Ariel Cabral!
    Do Manoel nem vou falar, porque pra mim ele sempre foi isso. Preocupado em tirar vantagem é esquece de marcar sua área

    Tmj… Estamos e olho
    ABS pessoal

  23. O time continua marcando mal. Parece que o Mano não enxerga isso!
    O tal Murilo é uma enganação!
    O Cabral é lento que dói e não sabe marcar!
    O Arrascaeta é apenas protótipo de jogador. É daqueles que engana qualquer um. Para mim deve ser vendido rápido !
    Eu penso que o elenco é ruim. Há uma super valorização da mídia com respeito aos jogadores. São apenas medianos!
    Começou mal a competição e se não mudar a forma de jogar, não passará da primeira fase

  24. Boa tarde.
    Tenho assistido a vários jogos pela TV. Em nenhum destes jogos eu vi uma equipe que esteja jogando um futebol convincente. A imprensa paulista tenta de todas a s formas fazer com que Palmeiras e o xodó da CBF sejam os melhores times do Brasil. Na minha opinião, estão longe disso. Plantel igual ao do Cruzeiro não existe no Brasil. Jogadores experientes e jogadores jovens,e, todos de muita qualidade. Sendo assim, acho que o Mano poderia sim, dar oportunidade e sequência de jogo a jogador como o Romero, por exemplo. Lembro do time de 2003, onde tínhamos um meio campo com Augusto Recife, Maldonado e Alex. Nossos laterais Maurinho e Leandro estavam sempre no apoio, fazendo jogadas de linha de fundo. Quem é que estava lá, mesmo com toda limitação técnica fazendo a cobertura dos dois laterais? Augusto Recife. Se não aparecia individualmente, coletivamente foi super importante. Estou dizendo isso, porque vejo o Lucas Romero como o “cara” para fazer esta função. Volante pegador, raçudo e, melhor tecnicamente que o Recife. Ariel pode ter um bom passe, uma boa saída de bola, mas, é muito lento. Outra coisa que penso, é que jogador tem que estar jogando para ter rítmo. Treinar é uma coisa, jogo é diferente demais. De qualquer forma, acho que podemos muito mais, e, conseguiremos muito mais. Sou Cruzeiro e confio em nossa camisa. Que todos estes jogadores quando forem vestir este uniforme para entrar em campo, lembrem que esta camisa tem muita história vitoriosa. Esta camisa é apaixonante. Esta camisa é céu e mar. É o azul do planeta. Vamos Cruzeiro.

  25. É imperativo a diretoria rever a defesa do Cruzeiro se estao pretendendo alguma coisa nesta Libertadores. Uma vergonha contar com essa lentidão deste Manoel e a inexperiência do Murilo. Não são jogadores para disputarem uma competição de tamanha dificuldade e importância. Outro que tambe m não tem a menor condição e este Egídio. Está e a realidade. Disputar Mineiro e uma realidade. Libertadores e outra.

  26. Eu só tenho uma pergunta. Será que a contratação do Fred valeu mesmo à pena? Salário altíssimo, teve que assumir uma dívida de 10 milhões…. e o que mostrou até agora? Falaram que o Ricardo Oliveira estava velho demais que seria um contrato de risco…. Olha na minha opinião, sou muito mais o Ricardo Oliveira a Fred.

    1. Marcellus, concordo totalmente com seu comentário. A contratação do Fred e a assunção dessa multa absurda foi uma temeridade injustificável. Nada me tira da cabeça que houve alguma maracutaia financeira nessa transação envolvendo cartolagem e empresários.

  27. Pessoal, antes de criticar os jogadores (que falharam sim), mas alguém deveria explicar ONDE ESTAVAM OS OLHEIROS que não alertaram para as 2 jogadas ensaiadas na cobrança de falta.
    A primeira, ainda vá lá. Mas a do segundo gol…não foi uma jogada ensaiada na ultima semana em treino fechado. Ja devem fazer isso ha muito tempo. Da mesma que forma que é pedida a “cabeça” de técnicos e alguns jogadores…a Direção tem de avaliar este trabalho.

  28. PH VOCÊ MESMO FICOU TODO EMPOLGADO COM OS JOGOS DO CRUZEIRO NO RURAL CUP, AGORA APROVEITA DO ESPAÇO PARA FICAR MALTRATANDO OS SEUS LEITORES. MAIS RESPEITO E UM POUCO DE HUMILDADE. AS FALHAS FORAM INFANTIS, COISA QUE OS TORCEDORES NÃO ESPERAVAM DE UMA EQUIPE EXPERIENTE COMO A DO CRUZEIRO. APESAR DE SER A PRIMEIRA DERROTA, FOI VEXATÓRIO O RESULTADO E AS DESCULPAS HORA ELENCADAS. FUTEBOL SE JOGA COM QUE TEM, POIS O CRUZEIRO FEZ UM GRUPO FORTE E QUALIFICADO, PARA NÃO FICAR CHORAMINGANDO PELOS CANTOS. VÁRIOS JOGADORES FICARAM DORMINDO E PRECISAM DE UM SUSTO PARA VOLTAREM A REALIDADE. TODOS SABIAM DA DIFICULDADE DO JOGO, MAS OS VACILOS COMETIDOS SÃO INACEITÁVEIS PARA UM GRUPO TÃO BOM E COM O COMANDO QUALIFICADO.

      1. Calma rapazes, muita calma nesta hora!
        PH, vc assim como nós também tem o direito de dar algumas alfinetadas pontuais. Normal, segue o jogo.
        Já concordei muitas vezes com a sua opinião e já discordei em algumas poucas. Normal, segue o jogo.
        Fique tranquilo, vc está mais para mocinho do que para bandido, de vez em quando vc é o nosso malvado favorito. Normal…
        Muita paz, saúde, títulos e a proteção de Deus para todos nós.

  29. PH, na minha análise, Mano escolheu uma proposta errada de jogo.
    Não houve preocupação na formação do nosso sistema defensivo. Eu teria entrado com o Lucas Silva no lugar do Rafinha.
    O Racing aproveitou das nossas deficiências e falhas.
    Foi um jogo de estréia, na casa de um adversário qualificado e nosso time os desfalques de última hora.

  30. Não, de forma alguma, a derrota não é para se fazer terra arrasada e desconsiderar tudo o que o time do Cruzeiro vem demonstrando ao longo desses anos… bom, o Mano Menezes tem um padrão de jogo… fica fácil de ver nos jogos do Mineiro, pois mesmo tendo a possibilidade de sair para o ataque e golear, ele prefere que o time toque a bola, segure ela o máximo possível… até aí, tudo bem… a questão é a escolha dos jogadores titulares… esse nosso campeonato regional é uma enganação só… de uns tempos para cá não se vê um time do interior revelando jogador… hoje é um tal de contratar uns caras que nunca deram certo em equipe nenhuma e continuam aí ocupando o lugar, quem sabe, de um futuro craque… com relação ao Cruzeiro do Mano Menezes, por mais que a diretoria contrate, ele sempre irá colocar em campo aqueles jogadores em que ele deposita confiança, mesmo que seja um Henrique, um Cabral… você, PH, citou o Leo… eu vejo ele na mesma condição do Henrique, pois tanto um quanto o outro deram muita sorte na vida… devem ganhar um senhor salário, mas jogam um feijãozinho com arroz bem básico… Por que não testar no Mineiro alguma outra formação… jogar três jogos seguidos, sei lá… só sei que com o meio de campo que enfrentou o Racing não chegaremos a lugar nenhum na Libertadores!!!

  31. Boa tarde, PH.
    Hoje vou discordar de voce e outros.
    Nós temos que ver a realidade.
    Primeiro a teimosia do nosso técnico.
    Também os erros desta nova diretoria. Investimentos errados, uma vez que atletas com idade avançada sem perspectivas de retornos financeiros.
    Mais uma vez. Esta conta vai chegar e logo. Basta não ganhar nenhum titulo mesmo fazendo boas campanhas, que eu acho pouco provável.

    Só ganhamos a copa do brasil em 2017, porque o Ariel Cabral estava machucado.
    Aguentar o Henrique e o tal de Ariel neste time do CRUZEIRO É DUIDO.
    Os dois volantes devem ser o Romero e o Lucas Silva. MM e voces da imprensa não querem ver isto, Com qualquer outro treinador estes dois seriam titulares. Quanto a questão do Contrato do Romero, já foi comentados por outros cruzeirenses, inclusive vc PH.
    Vou mais alem, se o Vasco empatar conosco na próxima partida da liberta, não classificaremos na fase de GRUPO.
    Então, vamos torcer muito, porem vamos ver a realidade.

    Florencio – Cuiabá MT.

      1. Considerando que neste ano de 2018 iríamos disputar a Libertadores, até que jogadores mais “cascudos” deveriam serem contratados mesmo. A questão é de como utilizalos, considerando que temos o ano inteiro para competirmos. No caso do Fred, jogou todo o Rural e na hora do jogo mesmo, não deu. O MM é muito teimoso e não abre mão de suas convicções e o pior, não arreda o pé. Durante toda fase de laboratório, em momento algum o Rafael jogou no time titular. Nas lateriais e na volãncia, nada foi testado para uma eventual necessidade. Isto tudo sem falar de como jogar na casa do adversário e se caso necessário, variações táticas de acordo com a leitura de cada jogo. Ainda “temos” muito que evoluírmos. Cruzeiro sempre. Abçs

  32. O time jogou bem. Adotou um jogo bem diferente do ano passado quando ficava na retaguarda esperando para dar contragolpe. Acho que o erro foi não levar o Raniel. Que levasse o garoto e deixasse o Sobis. Vamos ver a próxima em casa. Quanto ao rural, não me interessa. Ganhando do garninzé, o resto é irrelevante no ruralzão.

  33. Caro PH, quero acreditar que pela maneira que nossos atletas estavam em campo, foi tudo culpa dos episódios que antecederam a partida (luto, pela morte do pai do nosso ídolo; suspensão de dois atletas na véspera do jogo; contusão prematura do Fred). Porque é inadmissível a displicência de marcação como ocorreu, os jogadores estavam dormindo em campo em algum momento, A lentidão na disputa de bolas, parecia que nossos jogadores estavam cansados, com as pernas bambas, perdiam praticamente todas as divididas, veja no lance do segundo gol do Racing.
    Parecia que o cruzeiro estava disputando a libertadores pela primeira vez, tamanha ingenuidade.
    Ou então, nossos jogadores se viram disputando mais um jogo do campeonato mineiro, enfrentando um time do interior.
    Vamos Cruzeiro! vamos mostrar raça e disposição! Vamos aprender com o ROMERO!

  34. Quando Atlético, América e Cruzeiro disparam a ganhar de Patrocinense, Boa , Democrata, Urt e etc neste malfadado Campeonato Mineiro, nós torcedores endeusamos os Clubes como se fossem os melhores do mundo, porém quando começa a Libertadores e campeonato brasileiro vislumbramos a verdade nua e crua!

  35. Eu discordo novamente, o Racing nos goleou e não possui sequer um time muito bom, é mediano pra bom no máximo.

    Tomamos gols ridículos que quem quer ser campeão da Libertadores não pode tomar.

    Jogar bem e não ganhar não vai pagar as contas do clube, nem sequer vai ser lembrado na história.

    1. Concordo Juan. E acho q uma derrota dessa tem q ser vista como um alerta pra mudar. A zaga foi horrivel, o meio campo terrivel e o ataque prejudicado pelo Sobis. Se não mudar o time, vai ser dificil, pois libertadores nao é mineiro.

  36. Cruzeiro foi vítima dos erros da defesa e dos gols perdidos, que aliás , isso vem acontecendo desde o ano passado; como perdem gols, esses atacantes do Cruzeiro. O Ariel Cabral fica passeando dentro de campo, não marca e erra muitos passes.

  37. Pois é. Tb não acho q seja o fim do mundo essa derrota. O Racing é um bom time, não vai disputar o titulo, mas tem um moleque craque, q queria aparecer pro Sampaoli, e infelizmente o Mano, com sua mania de insistir com certos jogadores, nos fez passar por essa derrota. A culpa é toda dele, por ter escalado mal, e ter mexido mal. Contusão do fred, saida do fabio, leo e edilson, foi um acontecimento. Grupo é feito pra isso. E o grupo do cruzeiro é muito bom, mas mal explorado pelo nosso tecnico. Só reparar quem foram os piores em campo: Manoel (Digão e Dede estavam à disposição e Manoel não joga bola há anos), Henrique (Chover no molhado falar do Romero), Cabral (Mancuelo ta comendo a bola), Sobis (Raniel nem no banco estava). Acho q a torcida entende de futebol sim, e o Mano deveria escutar mais a gente, pois 100% da torcida quer o Romero no time, e 100% da torcida não quer mais o Sobis nem no banco. Isso já resolveria muito nossos problemas.
    Seja o q Deus quiser contra o Rebaixadão da massa, pois provavelmente vamos ver Henrique, Cabral e Sobis em campo…

  38. Muito bom Pedro Henrique,gostei de suas colocações.
    Parece que o Cruzeiro com essa derrota esta em “terra arrasada”.
    Vou aproveitar para fazer uma crítica a nossa torcida.
    São Paulo,Internacional,Atlético de Vespasiano e Flamengo vem dando vexames a anos e o sócio-torcedor esses clubes esta bombando mais que o do nosso time.
    Já que com uma derrota nenhum jogador presta,o técnico é ruim então a nossa torcida também não é lá grandes coisas,chumbo trocado não doí né galera.
    Renovei meu sócio-torcedor e nem vou ao Mineirão.

    1. Além de Cruzeirense Apaixonado é justo e certinho demais. Agora só falta torcer para San Lorenço e pedir ao Papa sua canonização como Santo Cruzeirense Apaixonado. Isto feito, vai ser difícil perdermos os jogos , não é mesmo Santo Cruzeirense Apaixonado!

        1. Hudson nem lutou para ficar no Cruzeiro,aceitou o que a diretoria que saiu determinou e lá no São Paulo somente conquistou a posição porque o Jucilei lesionou,jogador comum como muitos quem tem no Cruzeiro e em outros times.
          Já vi jogadores baterem o pé para não sair do Cruzeiro.

        1. Pergunta simples para você e todos os que defendem a formação do nosso meio campo atual, incluindo o PH: quem é o nosso volante marcador. Por favor, nome e números: bolas roubadas, desarmes, passes bons (pra frente, não pra trás). Quem??? Sem esse cara não vamos longe. Sem falar na zaga.

  39. Acho que o houve um otimismo exagerado pelas atuações no Mineiro e o time apesar dos problemas e desfalques específicos do jogo contra o Racing mostrou os mesmos erros e méritos, porem pra Libertadores eh preciso mt mais. Numa competição eliminatória e com alto nível de competitividade como a Libertadores, que nesse ano esta mt qualificadado tem que errar mt pouco na defesa nos passes e não pode perder gols. Libertadores se joga com estrategia pra ganhar, não bata jogar bem.

        1. Liga não PH. A turma tá de bronca e nessas horas o racional foge. Pela sua folha de serviço aqui, não nos deve justificações algumas. Nenhum ser humano é santo porque são duas realidade irreconciliáveis. Mas dentro do limite da excelência humana você tem sido irrepreensível.

          O Blog demonstra com clareza e força invulgar a bronca da torcida com o Mano. Ele está abusando de suas atribuições mesmo e nossa torcida não aguenta mais ficar calada com as contínuas escalações de seus protegidos em detrimento de quem quer e sabe jogar.

          Não vou e nem assistirei o jogo domingo para não sofre a raiva de ver Henrique e Cabral de novo na meiuca e o Sóbis de titular. Vou fazer retiro espiritual para desintoxicar minha alma de tanta frustração e pensamento ruins.

  40. Mais uma boa análise PH. Torcedores e imprensa no geral estão perdendo a capacidade de análise crítica. É tudo imediato: ganhou tá ótimo, posso zuar meus adversários. Perdeu, tá péssimo, tudo errado, vou ser zuado.

    Houve um jogo atípico, um monte de falhas individuais porém havia um esquema tático definido e o time criou muitas jogadas ofensivas.

    O Mano é um bom técnico, o elenco é bom e a torcida muito forte.

    Libertadores é isso aí gente, pedreira atrás de pedreira.

    Creio que o Mano vai fechar a casinha na defesa e o time vai engrenar depois disso. Vamos Zeroooo!

    1. Me permite discordar, Daniel?

      Mano não é um bom técnico. É profundamente limitado, nenhuma equipe que dirigiu jogava pra frente, só pros lados. Ganhar a Copa do Brasil com 2 vitórias em 8 jogos é a cara dele.

      “Creio que o Mano vai fechar a casinha na defesa e o time vai engrenar depois disso.”

      Estamos aguardando isso desde 2016.

  41. VINI, espetacular o que você colocou no texto!!! Penso da mesma maneira!!! O Mano Menezes tem o péssimo hábito de apadrinhar alguns jogadores e, com eles, morrer abraçado!!! O Cabral é um exemplo, é um jogador lento e extremamente previsível. O PH falou na CB do ano passado e devo usá-la como exemplo. Umas das coisas que nos possibilitou ganha-la foi a contusão do Cabral, que aliás é a única maneira do Mano trocar seus apadrinhados!!! O Romero faz tempo que está merecendo uma vaga no meio de campo do Cruzeiro!!! O Cruzeiro ganhou muitos campeonatos jogando bonito e deixou de ganhar muitos outros por jogar um futebol medíocre!!! O Cruzeiro tem muitos defeitos e precisam ser corrigidos, tem material humano de sobra pra fazer estas correções basta ter coerência e usar o que tiver de melhor!!! Bom senso não faz mal à ninguém!!! Abraços à todos!!!

    1. Concordo plenamente, amigo. O Romero vem merecendo uma chance há muito tempo.
      E fato maior não há: os protegidos do Mano só saem por lesão. Por deficiência técnica jamais.

    2. Valeu Nilson. Só queremos o melhor pro Cruzeiro, que é jogar bem e ganhar títulos. Será bom se os responsáveis virem o que vemos é melhorarem nosso time. Abçs.

  42. A verdade é uma só: “quem não faz leva”. O Cruzeiro perdeu um caminhão de gols feitos e sua defesa dormiu nas bolas paradas. Agora choramos o leite derramado! Solução? Ganhar no domingo
    – e bem – do rival. Aí a paz volta…..

    1. Ganhar é MAD. Vencer as Franguitas de Vespasiano é sempre muito. Mas o que realmente queremos é muito mais. É libertadores, atitude e mudanças e ganhando domingo isto não dará o que realmente é preciso. Fique atento à grandeza do nosso clube.

  43. Tem gente dizendo que o Cruzeiro perdeu na HORA CERTA? TÃO DE SACANAGEM? Cruzeiro jogou UM jogo esse ano e PERDEU! Rural tinha que acabar, porque são peladas que não servem de NADA!

    Ariel Cabral e Sobis é pedir pra perder! ninguém aguenta mais esses patifes! A diretoria fez seu papel que os jogadores e o treinador correspondam, passar de fase é OBRIGAÇÃO, nunca caímos nessa fase!

    1. Concordo Fabricio, Durante a fase de laboratório tudo á válido, até mesmo nestes primeiros jogos do rural uma vêz que só no octogonal estará valendo. Agora considerando o primeiro jogo “oficial” do ano, fora de casa e entrar com um esquema afoito, deu no que deu e na hora errada. Cruzeiro sempre

  44. Uma observação a mais: não entendo como o Mano (com tanta experiência), nesse jogo, não armou uma marcação especial sobre o Lautaro. Todos sabiam que ele é a “bola da vez” na Argentina. Isso foi falado a semana inteira. Duvido muito que o Cruzeiro perderia se o Lucas Romero tivesse ficado colado nele o tempo todo. Pelo menos não faria tantos gols. Era só escolher um esquema apropriado.

    1. Não é só você que não entendeu isto. Eu também e a maioria dos cruzeirenses! E veja, o Bruno Silva estava no banco, já que o Romero teve que ir para a lateral. Logo não foi por falta de opção e sim por burrice. Quando viu que não ia vencer o jogo, não lançou o Bruno Silva pois sabia que era jogar com 10, pois é botineiro sem limite e ia fazer falta e mais falta, pois esta é grande virtude deste excelente volante que o Mano fechou questão para ser contratado e por isto custou 6 milhões de Reais!

  45. PH, gostei da sua ponderação. Também me incomodou um pouco o exagero nos comentários. Para além disso, sinto falta de um olhar mais cuidadoso para o fato mais impactante da semana da libertadores para o Cruzeiro, que foi o falecimento do pai do Fábio. Isso certamente mexeu com todo o time e imaginar que não tenha atrapalhado o desempenho dos jogadores é esquecer que são humanos. O Arrascaeta, por exemplo, deu uma entrevista dizendo que foi substituído porque não conseguiu dormir na noite anterior ao jogo – será que a notícia ruim não teve nenhuma influência nisso? Enfim, o time não teve seu melhor desempenho e perdeu. Todavia, buscar explicações para isso em problemas técnicos, sem lembrar do emocional dos jogadores, parece-me um pouco forçado.

  46. Eu acho que o Cruzeiro jogou bem! Teve 2 bolas na trave e um chute do Rafinha onde ele foi muito afoito e perdeu um gol feito. O time precisa acertar do meio de campo pra trás, principalmente a defesa, os zagueiros não aguentam correr e acabam perdendo para os atacantes adversários. Outra coisa que temos que avaliar é que o Racing é um dos times mais difíceis na chave do Cruzeiro

    1. E depois varrer o sujo para debaixo do tapete? Vencer o clássico é ótimo, mas acomodação, apequenamento, contentar com isso e achacar que assim vamos ao TRI-AMÉRICA? jUIZO AMIGO!.

  47. Eu não consigo enter o porque da opção pelo Bruno Silva, dispensando do Hudson, que é muito mais jogador, muito mais jovem e era muito mais barato, e já estava acostumado e enturmado com o plantel e de modo geral com o Clube. Alguém tem alguma explicação para me ajudar? Abraço a todos.

    1. Por que foi o maior pedido do Mano, pois ele foi contra a aquisição do Hudson. O Mano nunca admirou o futebol do Hudson. Repara: só foi titular porque o Ariel e o Henrique se machucaram e jogou muita bola. Foi o principal responsável pelo Penta da CB. Este Mano gente, é cego ou deficiente, miolo mole! Vejam se é implicância minha. Um técnico que consegue ver qualidade no Henrique, no Cabral , no Sóbis, no Manoel gente, enxerga o quê de futebol

        1. Puts companheiro José de Melo. Com estas suas informações passei agora a compreender porque oManuel és escalado sem estar em forma., porque a a meiúca é RuimHenrique e LentoCabral e PRINCIPALMENTE por que o sóbis é sempre titularíssimo.

          Pedro Henrique, por favor, favor mesmo, encaminhe ao Mano o que temos falado dele aqui. Por um mínimo dever de lealdade ele precisa tomar ciência de como grande parte de nossa torcida o considera. Pode ser?

    2. A diferença de idade entre o Bruno Silva e Hudson é de um ano só. Bruno Silva no seu auge joga melhor que o Hudson, tem mais consciência tática e principalmente força de chegada ao ataque.

      Hudson era um primeiro volante ok, se estivesse ontem também teriamos tomado quatro gols.

      1. JUAN, 31-28 = 1? Hudson tem 28 e o Bruno 31, como pode ser de um ano só. Na matemática e no noticiário da imprensa esta sua conta não fecha amigo! Engano todo mundo comete, só quero que esclareça ! Isto não é critica. Vc pode ter tido acesso a fontes mais confiáveis que a minha para dizer o que disse!

        No Bota o Bruno era meio time, porque o Jair dava a ele liberdade para jogar. No Cruzeiro vai ser um fiasco pois o Mano não vai lhe dar esta liberdade. Mano quer ele para ficar igualzinho o “intocável” RuimHenrique. Só poderá se movimentar em determinada faixa do campo e zéfini.

          1. Não é problema algum para mim. Queria saber corretamente o fato, pois sempre via na imprensa o que lhe falei, visto que na saída dele daqui quando optaram pelo Bruno Silva, se ventilou esta idade dele. Ficarei contudo com a sua informação porque confirmada pelo Site do São Paulo. Grato pelo esclarecimento.

  48. Eu como outros aqui já previamos que com esse meio campo lento na Libertadores a gente ia passar aperto e não demorou muito pra acontecer, o time não jogou mal não, o problema foram as falhas da defesa e da marcação no meio ( nosso ponto fraco). Não é terra arrasada não mas se este tecnico não mexer no time de forma correta não vai dar. Quer exemplos: Ano passado nas partidas decisivas ele foi obrigado a escalar o HUDSON por causa da contusão do CABRAL e graças a Deus isso aconteceu. Pq com Henrique e Cabral não dá, o ROMERO já vinha melhor que eles e não tem chance e convenhamos que o MM deu uma sorte danada na CB. Mas Libertadores não pode contar com a sorte. O Mano é um tecnico medroso.

  49. Eu acho que foi mesmo uma noite atípica.
    Muitas vitórias virão, derrotas (espero que sejam poucas), resultados normais do futebol.
    O que aconteceu na terça feira serve como alerta para que sejam aprimorados alguns Itens. Mas não é um desastre, como estão pintando.
    Perdeu na hora certa (pelo menos por enquanto).
    O jogo do domingo não nos vale nada, a não ser para colocar os rapazes para correr.
    Eu entraria com reservas.
    Mas…quem manda é o professor, claro e evidente. Hehehe

  50. Satisfeito de saber que o Cacá está sendo avaliado para subir,é isso aí ,jogador diferenciado como ele pode sim subir antes dos vinte anos de idade.Kkkkk! E lá vem a multa de novo,como sempre não vai dar em nada,só mais um motivo para rir delas.Eu não sou de escolher jogadores porque temos profissionais capacitados e bem pagos para fazer isso,mas diabos,gostaria de ver o Raniel começar domingo.I see the damn light at the end of the blessing tunnel.

    1. Edgar Campos, esquece! Isto não lhe pertence mais….rsrsrs. Lembra da Giiiissleeene!

      A vaga é Sóbis, garantida. Raniel pode ser banco, pois a maioria da torcida no Puxadinho do Horto é das Frangas. Nosso grito de protesto para tanto vai ficar contido. Ai sobis e mais 10, vc verá! Por isto vou fazer retiro!

  51. Tá certo que os acontecimentos extracampo tenha influído de certa forma no comportamento dos jogadores, concordo. Perdo do pai de um colega de trabalho, notícia de última hora da suspensão de Edílson e Léo, foi aí que a Comebol aniquilou o Cruzeiro, Lesão de Fred, etc, etc!!! Sempre falei, o time do Cruzeiro não foi testado pra estrear na Libertadores. A invencibilidade no rural era uma ilusão, campeonato mineiro não serve de teste pra nada, ainda mais não ter enfrentado o maior rival antes da estreia. Também não acho que foi um arraso, Cruzeiro Jogou bem, vai se classificar no grupo, mas Mano tem que ter peito para algumas mudanças, todos vemos, menos ele. Por exemplo:
    1- Manoel não está em condições física e técnica para jogar no Cruzeiro, 80% dos jogos q ele entra, entrega o gol.
    2- Lucas Romero tem que ser titular no time, não sei se será no Lugar do Henrique ou Ariel Cabral, mas tem que ser titular.
    3- Rafinha apesar do grande esforço, não é jogador pra entrar jogando, até pelas suas limitações futebolísticas. É jogador de segundo tempo,
    4- Por mim Mancuello é mais jogador que Ariel Cabral.
    5- Fred se não entrar em forma logo, Sassá, Raniel em forma vão deixá-lo no banco.
    6- Clássico de domingo, que o cruzeiro fique atento, seu maior adversário não será o Atlético, serão os mesmos de sempre: FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL E COMISSÃO DE ARBITRAGEM, escreve aí!!!!!

  52. única coisa que mais uma vez ficou clara: Manoel é peladeiro, sai sempre na base do chutão, perde todas no jogo aéreo, pesado, disperso, parecendo até descompromissado. Henrique (sei que muitos irão discordar, me bater, dizer que é capitão, 48.000 jogos no Cruzeiro) não é confiável em jogos grandes, é molenga, frouxo, disperso, se omite…3 gols na conta dele!!!!! Ariel e Henrique na meiúca é pedir pro meio campo de um time mais competitivo deitar e rolar…Mano podia ter feito mais testes de variações táticas nessa fase do mineiro, mas mais uma vez não quis…..até meu filho de 1 ano sabe que é o famigerado 4 2 3 1….e assim vamos caminhando…se cairmos numa armadilha em campo, ele não sabe sair dela sem variar o time taticamente, faz só as mexidas banais e conta pra que o que entrar esteja em bom dia….

  53. Sobre o “clássico”, se jogar igual contra o Pseudo-rival vai tomar um sacode também. Esse time lento vai entrar na roda do limitado Otero e do mascarado Roger Guedes (esse já deitou contra a gente quando jogou no Palmeiras).

  54. Pedro Henrique concordo com você em parte, e uma delas é que não há motivo para pensar em terra arrasada, mas eu sempre analiso e comento o que vejo, e sinceramente te digo eu não esperava tantas falhas individuais e coletivas juntas, após estas partidas como pré temporada, eu esperava mais do time neste jogo contra o Racing, sei que o time podia perder e sei que o Cruzeiro não jogou mal, mas houve erros infantis no setor defensivo inadmissíveis, sim houve imprevistos de última hora, imagino que tenham assistido e estudado como eles jogavam e mesmo assim deram espaços, vejo o Manoel totalmente fora de forma e isso o faz lento e sem impulsão, há muitos anos que vejo e torço para o Cruzeiro e já vi casos parecidos; vamos ganhar o clássico domingo e todos iremos esquecer o que passou e espero que não “ESQUEÇAM DOS ERROS” e façam de tudo para que não se repitam, agora se perder o clássico vai haver uma turbulência e servirá para que todos diretoria, comissão técnica, jogadores e os torcedores que acha que está tudo maravilha ponham os pés no chão, eu fico imaginando o porquê do Sóbis ser sempre o preferido jogando um futebol medíocre ( minha opinião ) e o Judivan na geladeira. Concordo com você VINI neste seu comentário. Torcer vou torcer sempre pelo meu time do coração haja o que houver e também vou aplaudir e criticar se merecerem.

  55. O time jogou bem. Tabelou, triangulou sem medo mesmo jogando na Argentina.
    Tomou o gol e não se abateu. Depois do empate, colocou o Racing nas cordas…infelizmente não fizemos o gol e tomamos um gol de bobeira.

    Jogando dessa forma seremos campeões Brasileiro, tenho certeza.
    Agora para Libertadores…além de toda nossa técnica, temos que jogar com mais intensidade (pegada). Não estávamos preparados para esse ritmo de jogo.
    Acho que isso contribuiu com nossa derrota, mais do que a própria atuação de gala do Lautaro.
    PH e prezados companheiros celestes.

    Creio que essa derrota vão nos servir de aprendizado. Do tipo de intensidade de jogo que devemos ter e cuidar da bola parada que é a principal arma dos times argentinos.

  56. PH. Concordo com seu comentário. Apenas quero alertar que este não foi o primeiro resultado ruim. Empatar com a Caldense, e ganhar de 1X0… 2X1…. de times fracos, prá um time caro como o nosso, não se pode considerar bom resultado. Tá certo que o importante é ganhar 3 pontos, mas não podemos passar apertado pra ganhar de times fracos.. Racing foi o único time forte que enfrentamos e perdemos… Temos que acreditar no time sim, mas com cautela….. Muitos elogiam o Fred. Eu não. Pois um cara que ganha 800 mil e não consegue passar por um zagueiro que ganha 20 mil? se fosse eu, com a metade desse salário eu deitava e rolava em cima dos adversários….Nosso elenco é muito caro e devem fazer jus dentro de campo. E nesse quesito, todos estão devendo….

  57. Terra arrasada… exagero nas avaliações… ou será que está faltando quem comenta e vive de análises de futebol, começar a enxergar realmente o jogo? Incrível como os erros de determinados times e jogadores se repetem e quem é pago pra fazer análises jamais as faz…
    Pois bem, quem tiver um tempo e o interesse de tirar a prova reveja o segundo gol do Estudiantes e o segundo gol do Once Caldas. É o mesmo erro do Henrique em cobranças de escanteio. Ele não sobe com o finalizador da jogada.
    Contra as frangas na semi final do Mineiro de 2015, tal qual no quanrto gol do Racing, ele acompanha o Guilherme Bunda até ele caminhar, parar, pensar, esperar o deslocamento do Pratto e meter a bola pra ele virar o jogo aos 43 do segundo tempo, quando o empate estava nos levando à final! 2010, 47 minutos do segundo tempo, juiz havia acrescentado 3, vencíamos o São Paulo por 2 a 1, em pleno Morimbi. Após cobrança de lateral, atacante deles carrega a bola até a linha de fundo sob o olhar contemplador do “grande capitão”, rola pra trás e, se não me engano, Luis Fabiano empata. Por quantos pontos perdemos aquele título?
    Ou seja, não é fazer terra arrasada ou avaliação exagerada é mostrar a deficiência de um jogador que já nos tirou várias classificações ou possibilidades de título!

    1. É de por no quadro este seu comentário, companheiro André Luiz Brasil, e mandar para o Mano, Itair, e Dr. Wagner. Quem quer enxergar este fatos só pode estar mal intencionando, jogando contra.

      Não entendo como ninguém, na diretoria do Cruzeiro vendo estas repetições disputas a disputas, aceita isto pacificamente, concordando em manter este estado de coisa. Quem aqui aponta estas repetidas falhas não está fazendo terra arrasada como alguns aqui rotularam tais reivindicações nossas. ACORDA ITAIR. VOCÊ É O VICE-PRESIDENTE DE FUTEBOL. O MANO LHE DEVE SUBORDINAÇÃO!

    2. Até que enfim uma senhora analise de um ser insignificante do futebol: HENRIQUE, logico que tem infinitas outras jogadas que ele contribuiu pra nossa DESGRAÇA, mas ele foi CONVOCADO PELO TITE, SEMPRE FOI TITULAR COM TODOS OS TECNICOS QUE PASSARAM PELO CRUZEIRO, OS OLHOS SÃO AZUIS, E PARENTE DESTE ATUAL BLOGUEIRO, ou é parente ou este PH nunca entrou dentro de um campo de futebol para analisar melhor a INSIGNIFICÂNCIA DESTE SER.

  58. Jogando bonito ou não, analisando sob o ponto de vista da grana para o campeão e a atual situação econômica do Cruzeiro, não ganhar aumentará muito o nosso desastre financeiro.
    O vencedor da Libertadores de 2018 ganhará 6 milhões de dólares (aproximadamente R$ 20 milhões) e o vice 3 milhões de dólares (R$ 10 milhões).
    Somando as cotas de participação nas fases anteriores, o campeão da Libertadores poderá receber mais de R$ 35 milhões em prêmios pagos pela Conmebol.
    Em 2017, o Grêmio faturou cerca de R$ 25 milhões. Em 2019, a premiação do torneio sul-americano tende a ser maior ainda, já que a Conmebol anunciou em setembro de 2017 a venda dos direitos de transmissão da Libertadores para o quadriênio 2019-2022 por 1,4 bilhão de dólares (R$ 4,4 bilhões).

  59. O que me preocupa é que com o Mano, o Cruzeiro sempre será um time de velhos. Em todo time tem seus jovens jogadores e quase todos são titulares e destaques. Em outro times tem jogadores de 17, 18, 19, 20 anos, enquanto aqui o cara sempre não está pronto e nunca tem chance ( Romero, Nonoca, Lucas Silva, Thony Anderson destaque no Gremio ). Tem muitos times ganhando o burro da nota com revelações e nós só aumentando as dívidas.

  60. É PH,tô achando que a maioria dessa cambada que comenta(corneta) aqui, está torcendo pro Cruzeiro perder hoje,assim eles podem decê o porrête mais do que eles fazem normalmente,êta rotina! pqp!.Pensei em passar por outro quarteirão se isso acontecer,para evitar chegar muito perto do seu blog e ser abatido por uma bala perdida.Mas ao contrário de muitos colegas , que não suportaram a cornetagem e sumiram,eu me recuso a abondonar os poucos otimistas que restaram.Em 2015 e 16 nós otimistas tivemos que aturar os meio-copo vazio jurando e apostando a mãe que o Cruzeiro cairia,no final adivinha quem deu a ultima risada kkkkk! Ano passado isso aqui era o inferno pqp! eu tive que usar colete a prova de balas para comentar aqui,e no final,kkkk! Nem te conto!Kkkkk!This year,hell broke loose after the tragic game at El Cilindro stadium,guess who`s gonna have the last laugh? Kkkkk!

      1. Tem que comparar coisas comparáveis: depois da derrota na LIBERTADORES contra o Racing o blog bombou. Nas vitórias do RURAL não. Vai ver se lá nas vitorias da CB bombou? Gastamos mais tempo com o que vale a pena, não?

        1. Ah, eu, Pedro Henrique, gostaria que as vitórias fossem tão bem comentadas e analisadas como as derrotas são. E nem digo que é só elogios nas vitórias. É analisar os méritos e deméritos nas vitórias e nas derrotas, com a mesma intensidade. Mas isso é só o ideal pra mim.

    1. Realmente, vejo um ar bastante pessimista quando as derrotas aparecem. Estamos perdendo a capacidade de fazer análises mais ponderadas, nas vitórias e derrotas.

      Elogiei o Rafinha e quase fui fuzilado, principalmente pq ele errou um gol bizonho contra o Racing. Mas a turma esquece que ele terminou 2017 jogando muito bem e iniciou 18 bem, participativo e participando das jogadas de gol. Não é nenhum craque, mas vem ajudando muito.

      Ainda bem que ganhamos o clássico, com jogo controlado, time bem organizado e o Rafinha, mais uma vez ajudou bastante.

      Pergunta: o Cruzeirense está preparado para perder???

      Vamos Zerooooo!

  61. Eu sabia que ele iria expulsar um nosso….até imaginei o Raniel ! O time dele e da fmf
    Perdia … no PROMEIRO lance duvidoso que teve , rápido deu o Vermelho
    Aqui em BH é difícil…….
    Amarelou o Fábio. Dose!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.