Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

No último ano à frente do Cruzeiro, gestão de Gilvan é marcada por mais acertos que erros

Em último ano à frente do Cruzeiro, Gilvan pode ser premiado com terceiro título nacional. (Foto: Agência Estado)

Estamos a exatamente dezenove dias das eleições que definirão o sucessor de Gilvan de Pinho Tavares na presidência do Cruzeiro. Para muitos, a saída do atual mandatário representará um alívio. Para outros, estamos próximos de um momento de muitas incertezas, uma vez que a disputa entre Wagner Pires e Sérgio Santos Rodrigues não tem agradado aos cruzeirenses pela maneira como ela tem sido travada.

Aquele torcedor que não vê a hora de Gilvan deixar a presidência do clube, principalmente por causa das péssimas campanhas feitas pelo Cruzeiro em 2015 e 2016, tem razão em seu descontentamento, mas é necessário reconhecer que o bicampeonato foi muito importante para a história do clube cinco estrelas e também para ofuscar algumas conquistas relevantes que o nosso rival obteve nos mesmos anos que a Raposa teve sucesso sob o comando de Gilvan.

Apesar das campanhas pífias e das lutas contra o rebaixamento nos últimos dois anos, o atual presidente tem tudo para deixar a Toca da Raposa pela porta da frente. Nesta temporada, é notável que o Cruzeiro tomou mais decisões certas que erradas, algo a ser comemorado, levando em conta o caos que a cúpula celeste manifestou recentemente. É claro que houve erros em 2017, mas os acertos se sobressaíram. Vejamos alguns dos acertos do clube neste ano:

Nova diretoria

A saída de Alexandre Mattos causou sérios problemas ao Cruzeiro. Sem o diretor, a Raposa fez aventuras perigosas com Benecy, Valdir Barbosa, Isaías Tinoco e Thiago Scuro. Mas no final do ano passado as coisas começaram a mudar. Com a ajuda do vice-presidente Bruno Vicintin, iniciou-se no Cruzeiro uma reformulação no corpo da diretoria. Em dezembro, a Raposa anunciou a contratação de Paulo César Tinga para a gerência de futebol. Em janeiro, Klauss Câmara, diretor das categorias de base, foi efetivado no profissional. No mês seguinte, Eduardo Freeland foi anunciado como novo diretor da base.

Com a reformulação, o Cruzeiro passou a ter uma identidade mais sólida no comando do futebol. Devido a problemas pessoais, Gilvan e Bruno foram se afastando aos poucos, deixando Klauss, Tinga e o técnico Mano Menezes comandarem o barco. Assim, aquelas entrevistas e aqueles pronunciamentos bizarros de outrora deixaram de acontecer e as decisões tomaram rumos melhores com a nova diretoria.

Manutenção da comissão técnica 

Outro acerto da diretoria foi a manutenção do técnico Mano Menezes. Isso demonstrou a confiança no treinador e na filosofia de trabalho implementada pelo gaúcho. Embora eu mesmo tenha desacreditado no trabalho de Mano Menezes em alguns momentos e apesar da torcida ter feito campanha pela saída do treinador, o tempo mostrou que o melhor caminho foi a permanência do Mano. Olhando a situação do São Paulo, que desistiu de Rogério Ceni e contratou Dorival Júnior (o preferido dos cruzeirenses para substituir Mano), a gente vê que possuir o técnico mais longevo da série A é uma vantagem que possuímos hoje. Além disso, estamos na final da Copa do Brasil e talvez isso não teria acontecido se alterássemos a comissão técnica no meio do percurso. Ah, o futebol…

Montagem do elenco

A manutenção de Mano Menezes também foi importante para a montagem do elenco. As contratações realizadas na metade de 2016 e os investimentos feitos no início da atual temporada ajudaram a montar um time reconhecidamente forte e um dos melhores planteis do Brasil. No papel, nomes muito bons. Se deu a liga que imaginávamos, é outra história. A diretoria azul conseguiu mesclar o potencial de jogadores jovens com a experiência de atletas mais rodados. É evidente que algumas peças não deram certo e que faltou um olhar especial para as laterais, mas agora isso é papo para o ano que vem e uma missão para o novo presidente.

Marketing

As ações do departamento de marketing do Cruzeiro também ganharam destaque neste ano. O clube chegou até a ser premiado com o Leão de Bronze, no Cannes Lion, em virtude da campanha realizada pela Raposa no Dia Internacional da Mulher. Além disso, a parceria firmada com o marketing Flamengo, na final da Copa do Brasil 2017 também ganhou repercussão e foi bem vista pelos torcedores de todo o país.

Ação de marketing do Cruzeiro ganhou repercussão mundial e foi premiada. (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Sócio-torcedor

Em queda desde o bicampeonato, o programa de sócio do futebol do Cruzeiro voltou a ser valorizado por causa da presença do time cruzeirense na final da Copa do Brasil. Ademais, a diretoria acertou em cheio em garantir os ingressos da decisão para aqueles torcedores que não abandonaram o clube nos maus momentos e permaneceram fieis em relação ao sócio. Existe uma confusão que precisa ser superada: o sócio-torcedor não serve para ajudar o torcedor, mas sim o clube. É óbvio que o associado precisa ter vantagens, mas é a torcida que tem que ajudar o Cruzeiro e não o contrário. Atualmente, o sócio do futebol é um poderoso instrumento financeiro para os clubes de futebol.

Mineirão e preço dos ingressos

Mais um acerto da diretoria celeste: a liberação de mais espaço para a torcida no Mineirão para a final da Copa do Brasil. A partir do diálogo com a Minas Arena e com a Polícia Militar, o Cruzeiro conseguiu uma carga extra de ingressos para seus sócios. Para além disso, o valor dos ingressos também foi bastante elogiado pelos torcedores, que reconheceram que os preços adotados para a finalíssima foram justos (ao contrário do que o Flamengo fez na semana passada).

Relação com o torcedor

A relação com a torcida também melhorou neste ano. A diretoria resolveu abrir as portas da Toca da Raposa em alguns protestos das organizadas ao longo do ano. Jogadores e membros da diretoria puderem ter um contato face a face com a torcida em momentos delicados da temporada. O “Mídia Day” também foi outro acerto da cúpula celeste, que vem dando oportunidade para blogueiros e para a mídia independente terem acesso à Toca e para fazerem a mediação entre o torcedor e o clube, sanando dúvidas e gerando conteúdos para os cruzeirenses.

Elenco blindado

Ano de eleição é sempre muito perigoso. No ano passado, o Internacional acabou sendo rebaixado pela primeira vez em sua história por causa do clima quente nos bastidores, que acabou sendo refletido dentro de campo. No Cruzeiro, o técnico Mano Menezes e a diretoria têm blindado o elenco da disputa presidencial que aquece os bastidores a cada dia.

Como se vê, o último ano de mandato do presidente Gilvan está sendo marcado por mais acertos que erros. E esses tantos acertos podem premiar o presidente com o título da Copa do Brasil 2017, que seria a terceira conquista de expressão da atual gestão. Assim, Gilvan tem tudo para sair do Cruzeiro pela porta da frente, ainda que as campanhas de 2015 e 2016 não serão esquecidas por muita gente.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

127 thoughts to “No último ano à frente do Cruzeiro, gestão de Gilvan é marcada por mais acertos que erros”

  1. O Gilvan com certeza é um Cruzeirense nato, realmente em 2015/2016 ficou a deriva, mas conseguiu se equilibrar esse ano mantendo o Mano Menezes, acredito também que o Tinga ajudou muito para essa fase do Cruzeiro(espero que ele continue), Se for campeão da Copa do Brasil poderemos sim homenagear e muito o Gilvan (3 Titulos de expressão), me lembro quando ele enfrentou a todos e segurou o Montillo mais 1ano no Cruzeiro mesmo o jogador não querendo, se fosse na época do ZZ Perrela isso não teria acontecido.

    1. Devemos sim homenagear um grande Presidente que fêz o que pôde e mantém um grupo capaz sim de conquistar mais um outro grande título de expressão mundial………..Que questionem os mais competentes, pois se houver irregularidades, que sejam esclarecidas…….Assim deve ser em todas as estâncias no clube e no país tbm………..Donde quieras……………Abraços

      1. JOSE MELO
        Daqui a pouco, vao criar uma aureola para ele.
        Pelo que vc. está falando, ele virará santo. e não é bem assim, E A RAIVA QUE ELE NÓS FEZ PASSAR 205/16/17? nao conta.?
        O time quase caindo e ele fugindo do torcedor nao conta?
        Só aparecia na tv, para falar da CINTA LIGA, e entregar camisa a jogador de 5ª como aquele bando de argentinos que ele e seu PORTEIRO DE BOATE (vicintim) contratava.
        O grupo é desequilibrado, tinha um bando de l.;esquerdo e nada na direita, tanto é que até hoje é improvisado, LENON,RAFINHA,ALEX BUNDUDO,BRYAN,R,MARQUES, isto é jogador de ponta para time de ponta?
        E o que falar do DM?
        Nao me venha com a historia do BI, pois isto lhe caiu no colo graças a A.Matos, tanto é verdade, que após sua saída, ele continuou campeonissimo no Palmeiras e nós só brigamos para não cair., TÕ MENTINDO?
        Se arvorou em diretor de futebol, e as suas contrataçoes, NAO PRECISO FICAR AQUI RELEMBRANDO NÉ?
        Por fim, até na hora da sua saída , ele faz bobagem, VEJA O SEU CANDIDATO?
        Como pode imaginar que um BEBUM desses , dará certo como presidente de um gigante como o CRUZEIRO?
        Por fim, se ganharmos a CB, é muito mais pelo trabalho do MM, pela sua obstinação , pois o mesmo está tirando leite de pedra com este grupo, ou alguem discorda disso.?

        1. Que questionem os mais competentes, pois se houver irregularidades que sejam esclarecidas. Realmente apostaram em jogadores que não deram certo, mas tbm formamos um bom grupo que esta brigando na parte de cima da tabela. Sou a favor de um aproveitamento maior da meninada que esta subindo para o profissional e esta é a melhor política. Com relação a alguma irregalaridade que questionem os mais competentes e que tudo seja esclarecido. Saudações Celestes
          PS. Não conheço políticos de direita e nem de esquerda mas se é para tirar piolhos que usem um pente muito bem fino para não deixarem léndeas. Doa a quem doer. Abraços

        2. Concordo com vc! Mérito do Gilvan pelos títulos pois mesmo sendo Alexandre matos responsável diretamente quem manteve ele no cargo foi o Gilvan! Mas esquece esse lance de auréola aí pq ele nos deu sofrimento demais! O suficiente pra marcar é muito negativamente a gestão dele! Acho q esse Gilvan foi um cara que a sorte sorriu pra ele, agora competência mesmo passou longe! E Pedro acho q seu mea culpa passou longe tbm, pois no texto vc cita “a torcida inclusive pediu ele fora” sobre o mano! E vc aqui no blog saiu com título de texto “fora mano” e no Twitter tbm! Então acharia legal chamar a responsa e assumi o erro!

    2. Estou lançando aqui uma campanha para todo cruzeirense boicotar a MRV e o BMG.
      A MRV vai dar 110 milhões para construir o estádio do Atlético.
      O BMG vai dar 100 milhões.
      então a partir de agora vamos levar esta campanha para as redes sociais:
      Cruzeirense não faz mais negócios com a MRV e com o Banco BMG.

  2. Este novo panorama em 2017 foi bom para ele e para o Cruzeiro. Se formos coerentes, apesar das mancadas em 2015 e 2016, devemos desejar que ele, Gilvan, saia assim mesmo: Vencedor. Se ele não for, significa que o Cruzeiro não será, e creio que isto não queremos. Vá com Deus Gilvan, tenha um fim de mandado fechado com chave de ouro, e que Deus o abençoe, e que seja campeão da Copa do Brasil 2017!

  3. Eu não me preocupo com nomes ou grupos, ate pq sei que os dois candidatos no Cruzeiro se originam do mesmo grupo, assim como Gilvan foi indicação de Perrella e foi seu vice. Por sua vez Sergio Rodrigues trabalhou com Gilvan e Wagner Pires participou da gestão de Perrella. Precisamos fazer uma analise independente e racional. A questão eh o projeto administrativo. Acho que Gilvan teve sim os seus méritos mas, eh mt centralizador e deixa a desejar no aspecto politico do clube junto a CBF. Porem, ressalto que Gilvan além dos títulos em pouco tempo pegou o Cruzeiro esfacelado e as pressas com Perrella abandonando o clube antes do final do mandato, vendendo jogadores e com risco de rebaixamento. Realmente na gestão Perrella o Cruzeiro era um balcão de negócios. No entanto, Gilvan promoveu um aumento da divida do clube mt significativa e sem explicação, falhou mt nos dois anos em que tivemos times fracos gastando mt e foi mt mal quando ficou assessorado por Vicentin e outras figuras bizarras. Seja qual for o vencedor, acho que a politica não pode imperar. O que foi bem feito tem que permanecer. Tinga, Kllaus e o próprio técnico Mano Menezes tem que continuar assim como a contratação definitiva de Hudson dever ser feita. Mas, precisamos com qualquer presidente ter uma administração mais transparente, ousada e moderna. Investir em Infraestrutura, diminuir gastos e ter metas mt claras em relação aos investimentos feitos. O foco tem que ser o futebol! Temos que ter um projeto a longo prazo e não viver de picos. Um ano campeão e no outro em baixa. Eh preciso se planejar, estruturar e ter pulso forte.

    1. Discordo um pouco de seu posicionamento mas respeito a sua opinião.
      Quando você diz que na administração Perrella o Cruzeiro “era um balcão de negócios” para seu conhecimento isso na América do Sul é sintomático,aqui no futebol sul americano vende-se para pagar folha de salários e manter a estrutura do clube,não acontece somente no Cruzeiro ou aconteceu na administração Perrella,o Palmeiras o time com maior capacidade financeira do país já praticamente fechou a vende para janeiro de dois ou três de seus atletas.
      Isso acontece por causa de nossos gestores esportivos mais conhecidos aqui no Brasil por “cartolas” pelas gestões amadoras e temerárias pagam salários exorbitantes a jogadores e treinadores para tão simplesmente satisfazer o ego pessoal e ficar de bem com o torcedor,administram os clubes como se pertencessem a eles,inviabilizam financeiramente os mesmos pois sabem que o conselho deliberativo aprovam tudo e quando saem nem precisam fazer prestação de contas pois sabem que não vão responder judicialmente por nada,basta ver as dívidas de nossos clubes para certificar do que estou falando.
      Concordo com você,na época do Perrella o Cruzeiro era sim um “balcão de negócios” mas foi assim que ele quase zerou uma dívida de 294 milhões de reais quando assumiu o Cruzeiro em 1995 e quando saiu essa mesma dívida era de menos de 50 milhões,foi assim que ele construiu um outro CT que se tornou referência para os outros clubes construir os seus,construiu uma sede administrativa moderna,ganhou inúmeros títulos,a marca CRUZEIRO na sua gestão cresceu mais de 300%,jamais atrasou pagamentos de atletas,fornecedores e funcionários,jamais deixou o Cruzeiro ser processado por atletas e clubes sem falar que ele jamais deixou imprensa e cartolas da FMF falar merda sobre o Cruzeiro.
      Fase ruim todo clube tem,até os grandes da Europa passam por fases ruins,a diferença é que lá eles tem o mais importante “dinheiro” e os gestores não precisam fazer dos clubes balcões de negócios para poder saudar compromissos,lá torcedor vai a campo,sabem os torcedores que tem que ir a campo para o clube ter grana para investir,diferente daqui que os torcedores em sua grande maioria vão aos estádios somente quando o mesmo esta bem e disputando alguma final como é o nosso caso nesse momento.
      É sabido que hoje o Cruzeiro tem um dos ingressos mais baratos da serie A,até mais barato que Bahia,Vitória mas o torcedor não contente acha que esta ainda muito caro,ora bolas,se quer ingressos a 10 reais é evidente que terá também um time de 10 reais,não tem como ser diferente,e com essa brincadeirinha maluca de baixar ingressos o Cruzeiro esse ano vai fechar novamente no vermelho,serão acrescidos em nossa dívida que hoje é de 360 milhões mais 30 milhões por medidas irresponsável e populista de seu presidente.
      Nós temos sim a chance de ganhar mais um copa do Brasil mas nada justifica o atual presidente sair e deixar o clube com uma dívida que vai beirar a 400 milhões e não pode esquecer que o passivo do clube quando ele assumiu era de menos de 50 milhões,mas o problema vai ficar para quem a partir de janeiro resolver,poucos saber mas grande parte das dívidas do Cruzeiro vencem agora em dezembro e no próximo ano,vai ser obrigado a desfazer de 3 a 4 atletas para poder ter grana para investir no próximo ano.
      Não tem como meu caro,os clubes brasileiros e sul americanos são sim balcão de negócios caso contrário as dívidas se tornam bolas de neve como esta acontecendo com o Cruzeiro por causa de uma gestão irresponsável e temerária,nos últimos seis anos o Cruzeiro foi o time que mais endividou percentualmente,é cruel mas é a realidade,enquanto o Cruzeiro aumentou sua dívida em 300 milhões o Flamengo pagou nesse mesmo período esse mesmo valor de suas dívidas.
      Parabéns ao senhor Gilvan pelo bi campeonato brasileiro e quem sabe por mais uma copa do Brasil mas administrativamente a sua gestão foi temerária e irresponsável,fosse os clubes brasileiros empresas todos já teriam falidos e seus cartolas e ex-cartolas presos como acontece na Europa,tem um ex-presidente do Barcelona preso isso sem contar de outros clubes que já cumpriram pena,o Gilvan vai sair sorrindo,o clube vai estar com uma pequena fortuna em dívidas e não vai dar nada para ele,e ainda tem muitos torcedores que acham que ele “é um cruzeirense de verdade”.Me engana que eu gosto.Cruzeirense de verdade somos NÓS os 8 milhões de torcedores apaixonados.
      CARTOLAS?????Não acredito nessa galera,olham somente para o próprio umbigo.

      1. Perfeito….O mais interessante é essa “lenda urbana” dos Perrelas terem feito o Cruzeiro um balcão de negócios…Vários cruzeirenses sem noção badalam essa “lenda”…Não haviam fontes arrecadadoras como hoje…A única era a venda de jogadores…Inclusive,ele vendia bem e contratava bem…Ganhando títulos como nunca o Cruzeiro ganhou…Além do mais,fez várias parcerias importantes,que asseguraram sua administração financeira…É simples!!!Basta comparar as Receitas de ontem como de hoje e fazer o mesmo com as dívidas…E,naquela época,apesar dos poucos recursos(fora a venda de jogadores)…O Cruzeiro não era cobrado em público como hoje…Mas,muitos insistem em alardear essa mentira por pura picuinha sem avaliar os fatos baseados em números e evidências…São cruzeirenses dando tiro no próprio pé…Os atleticanos adoram tudo que for contra os Perrelas…Muitos cruzeirenses vão juntos…

  4. A diretoria precisa ser mantida. Klauss, Tinga e Freeland estão em uma sintonia muito bacana. O Vicintin deu uma entrevista ao Rodrigo Genta falando justamente sobre isso, disse que o Klauss e o Tinga se complementam nas funções extra campo. Depois de 2014, é a primeira vez que vemos um trabalho bem feito nos bastidores, não podemos perder esta vantagem pro ano que vem.

    1. Em 2013 e 2014 houve uma grande parceria entre o Tinga e o Marelo Oliveira e com esta fusão conquistamos dois campeonatos brasileiros dentro e fora de campo. Não conheço o Tinga pessoalmente mas me parece limpo e muito melhor do que muitos engravatados de colarinhos sujos……Cruzeiro Sempre Azul…..Abçs

    2. Prefiro não opinar. Não vou elogiar antes da hora. Não gosto do estilo do Mano. Nunca gostei, não me dá segurança. Ele arrisca demais na hora errada e se dá mal. Não vou opinar porque sou franco, ponho o dedo na ferida porque acho que sem críticas não é clube, vira seita. Na última vez que fui franco, nos dias em que o Mineirão estava vazio nos jogos, me chamaram aqui de franga enrustida e meus comentários foram vetados. Não apareceram. Vou ao jogo, vou comemorar muito o penta. Mas nao retiro o que eu disse. O Heverton Guimaraes rasga muita seda para o Mano, pro meu gosto. Mas ele é torcedor e está animado como todos. Mas, sempre afirmei e mantenho, que Mano é um mal menor. Nos tirou da zona de perigo, tem moral com os jogadores, administrou a magoa do Fabio com ele. Mano “limpou” o estrelismo do Fabio na hora certa. Capinou por baixo. Mas conseguiu o Fabio de volta. Nesse ponto, tem meu respeito. Qto ao estilo de jogo, nunca fui fã.

  5. O MAIOR TRUNFO DE GILVAN, ALÉM DOS TÍTULOS, FOI TER SERVIDO AO CLUBE E NÃO SE SERVIDO DO CLUBE, COMO OS IRMÃOS METRALHA, DIGO, PERRELAS.

    1. ROBSON
      Concordo, mas todos os 2 sao uma boa porcaria.

      Um é ladrão o outro é pouco inteligente e incompetente.
      Nao se esqueçam, o bi lhe caiu no colo, graças a A.Matos, tanto é verdade, que o AM. continuou campeoníssimo no Palmeiras e nós brigamos para não cair 15/16 e até agora um pifio 2017, se salvará se ganharmos a CB.
      Poucos irão sentir saudades dele.
      Até quando vai sair, ele faz bobagem, vejam o seu candidato;
      Um BEBUM, veja se um despreparado desses pode ser presidente de um gigante?
      E Estamos mal arrumados em relação a futuro presidente.
      UM É BEBUM o outro é TUTELADO pelo PERRELÃO LADRAO, depois querem que dê certo.
      Por onda anda os grandes cruzeirenses? será que o estatuto do clube é tão perverso assim, que nos obriga a suportar tais candidatos? será que é o estatuto que cria este FEUDO?
      Com a palavra o conselho.

    2. Esta por fora meu caro.
      Se você entende de balanços patrimoniais basta você dar uma estudada atentamente que vai até se revoltar.
      Ele tentou sim se “SERVIR DO CLUBE” tanto que candidatou-se a deputado mas se ferrou.
      Nós,torcedores,os verdadeiros cruzeirenses temos a obrigação de parar de endeusar cartolas,temos que aplaudir o que foi feito de bom e as vezes fazer criticas a aquilo que esteja errado.
      Não pode qualquer presidente de qualquer clube de futebol ou de qualquer empresa de qualquer ramo,assumir as suas funções e herdar uma dívida de 48 milhões e no decorrer de 6 anos essa mesma dívida no fim de seu mandato crescer e chegar ao absurdo de quase 400 milhões de reais,isso é inconcebível administrativamente,nenhuma empresa consegue sair desse buraco,quebra e fecha as portas,nossos clubes teriam que ser enquadrados como “empresa” e não apenas como clubes de futebol.

      1. Concordo com você cruzeirense apaixonado, esse presidente detonou o clube em dividas, e ainda deixando a torcida passar vergonha com seus calotes, nunca nenhum presidente fez isso com o clube, não consegue nada, nem mesmo mudar um jogo contra o Atlético de Goiás.

  6. – A gestão desse senhor sairá, literalmente, pelas portas do fundo:
    Sem dúvida, dentre os muitos erros deles o que mais indigna a CHINA AZUL é sua omissão. Ele NUNCA aparece quando há alguma crise acontecendo ou quando é pra defender o clube contra essa “cachorrada” de FMF, Imprensa galinácea mineira, CBF, etc. Algum mérito? Sim…Apostado em Alexandre Mattos. Só isso! E esse montou o time que nos deu um bicampeonato nacional. Aqueles títulos foram dados conquistados por Alexandre Mattos, Marcelo Oliveira, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e….pela nossa pesada camisa. Nada dele!!! Em compensação, após as saídas desses, lutamos nos 2 anos seguintes pra não cair. Outra coisa pouco divulgada, ele está deixando uma dívida gigantesca para a próxima gestão. O Cruzeiro foi quebrado por ele. Péssimo gestor. Fomos motivos de chacotas na compra de 2 jogadores, que ele não pagou. ÁBILA e o horrível do tal CAICEDO. Sorte dele que apareceu o Boca e o Barcelona/Equador pra levá-los e nos safar das dívidas. Na gestão desse senhor, dentro da FMF, temos a mesma força do Vila Nova. Ou seja, somos ninguém pra eles. E o ancião nunca “peitou” essa porcaria. Por medo??? Não!!! Ele é fraco, omisso e frouxo mesmo! Tenho certeza que alguém com o perfil de Sérgio Santos Rodrigues, candidato ao pleito azul, o Cruzeiro será defendido contra essa porcariada toda. Eu digo o seguinte, se ganharmos a CB 2017, você será isento pela maioria da torcida, mas, pra mim, você foi um péssimo presidente.

    1. Gilvan quando as coisas estão ruins ele desaparece, quando melhora ele aparece com aquela cara lavada. Por isso acho que se atualmente o time está num bom momento, não é mérito dele e sim das outras pessoas que administram o Cruzeiro. E os dois campeonatos nacionais são mérito do Alexandre Matos, não do Gilvan. E mesmo com a conquista da CB, minha opinião continuará a mesma: ele foi um péssimo presidente.

      1. O Gilvan quando perdeu o Matos só fez besteira no clube, teve muitos jogadores vendidos, dinheiro da caixa, Umbro, rescisão do contrato com o Mano, adiantamento das cotas junto a globo, mesmo assim esta entregando o clube com um aumento da dívida mais de 260 milhões, ainda deu colote em clubes por falta de pagamentos sendo acionado na Fifa de jogadores, e ainda manteve um diretor que falou pra mídia que tentou comprar juiz, um presidente que não tem moral nem na federação mineira, o cruzeiro quando ele pegou tinha uma dívida de 110 milhões, hoje é 367 milhões, isso que nos estamos sabendo, e olha que ele disse que vendeu os jogadores pra colocar as contas em dia, e ai colocou, lógico que não, ele aumentou e muito.

    2. Concordo com vc. E também àqueles que defendem o atual presidente por ser honesto, digo que honestidade é obrigação e não qualidade. O grande erro dele é não entender de futebol, assim não delegou poderes a quem entende e errou muito.

  7. PH, ótimo texto e ótimos comentários.
    O Gilvan realmente errou muito a partir do final do bicampeonato, não renovando com Mattos e/ou não o substituindo a tempo.
    Eu mesmo, em momento de frustração, queria vê-lo pelas costas.
    Agora, o bicampeonato brasileiro nos poucos anos de seu mandato, e a possibilidade (estamos em 0 x 0) da Copa do Brasil 2017, nunca poderá ser esquecidos por nós, que amamos o CRUZEIRO.
    Muitos ainda pensam na volta dos Perrellas. Eu não acredito que seria bom. Vamos lembrar o final de seu mandato.
    Abraços azul e branco.

  8. Concordo em parte com tua opinião. Mas quando você analisa, o Cruzeiro na época do Gilvan, com uma dívida de quase 40 milhões, e hoje vai deixar o clube com esta dívida em mais de 500 milhões, analisando como Conselheiro que sou. Todos estes títulos, nos custaram um valor muito alto, isto por má gestão como contratações mal feitas e vários outros fatores. Mesmo assim, concordo que o Gilvan, merece respeito, mas a equipe que está apresentando para substituí-lo, não acredito em nenhum deles!!!

  9. O São Paulo ofereceu 8 milhões de euros mais um jogador a escolha (o Casemiro que está no Real Madrid teria sido oferecido) pelo Montillo e o Gilvan não quis vender. Você acha que foi uma decisão acertada? Hoje o Casemiro vale 5 vezes mais. No começo do ano o Cruzeiro teve uma proposta pelo mediano zagueiro Manoel e mais uma vez o Gilvan não quis vender. O problema não está em vender, e sim na reposição. É preciso saber contratar. O Barcelona não vendeu o Neymar?

      1. A questão é saber contratar. Coisa que o Gilvan não sabe. Lembram-se do discurso de ter jogadores com perfil de Libertadores? Aí trouxe Riascos, Felipe Seymour e outros pernas de pau. Quem sabe jogar bola, joga qualquer competição.

    1. O Barcelona NÂO vendeu o Neymar e não queria a saída dele . Ele usou a cláusula de rescisão, pagou a multa e foi embora. Quanto a não venda do Montillo, na época era um dos principais jogadores do Brasil e o Casemiro era um jogador bem contestado.

      1. Na verdade o Neymarzinho foi muito esperto em ter aceitado a oferta do PSG e como ele bem disse e eu vi a entrevista dele,o que menos pesou para ele ter saído do Barcelona foi o DINHEIRO,na verdade ele cansou de ser um ator coadjuvante,entendo ele,mas ainda acho que o Gabriel de Jesus vai chegar mais rápido do que ele a melhor do mundo.

    2. Mário, o Barcelona NÃO vendeu o Neymar, o PSG pagou a multa rescisória do contrato dele e o levou para Paris. O caso do Montillo é semelhante ao que aconteceu com o Philippe Coutinho, que o Liverpool, aí sim, não quis vender para o Barcelona (que não o levou também porque o contrato dele não tem multa rescisória). Quanto ao Gilvan, que saia por cima, campeão mais uma vez, como todos nós (estarei lá!). Mas que também preste contas principalmente em relação às contratações sem pé nem cabeça de 2015 e 2016, fiascos à frente.

    3. Sinceramente não sei dessa detalhes suposta proposta do São Paulo, mas acredito que todos os cruzeirenses concordaram com não negociação do Montillo. Depois que acontecem as coisas fica fácil criticar, a exemplo dos comentaritas esportivos que mudam de opinião praticamente a cada lance dos jogos.

  10. Faltou falar que foi o único time a limpar a base de dados do socio do futebol, ficando somente os que estão em dia. Ou seja, o único clube que demonstra a verdade nestes números.
    De negativo, falta liberar balanços trimestrais como fazem outros clubes, isto tem que ser “carta na mesa”.
    Grato

  11. Se fechar a gestão com a copa do Brasil, eu diria que a balança se nivela. Pelo.menos no quesito futebol. No quesito administrativo e principalmente financeiro, vai fechar devendo (no sentido figurado e literal).

      1. Pedro Henrique o nosso amigo cruzeirense não esta bem informado sobre a parceria Sada Cruzeiro.Essa parceria foi firmada entre Sada e Cruzeiro em janeiro de 2009 quando o presidente do cruzeiro era o Zezé Perrella.
        Estou correto nessa afirmação PH?

    1. Vc está desinformado amigo! O Gilvan não tem qualquer ligação com o vôlei. Na verdade o vôlei não tem ligação nenhuma com o clube de futebol. Procure se informar é entender.

  12. Pedro Henrique, com todo respeito pelo muito que vc tem feito por nós torcedores e pelo Cruzeiro, discordo totalmente deste seu Post.

    Quando determinada pessoa aceita presidir uma instituição, assume responsabilidades e compromissos. Responsabilidade de bem gerir, bem administrar a instituição e compromisso de dedicar o seu melhor. Ora, sob este dois enfoques, Gilvan não correspondeu.

    O bi do BR é notório e inconteste que foi-lhe jogado no colo pelo Alexandre Mattos, dai decorrendo um de seus únicos acertos. Confiar e aceitar a gestão AM, jovem e talentoso dirigente.

    Se conquistarmos o BR-2017, essa possível e desejável conquista do TIME DE FUTEBOL, não tem o condão de apagar os numerosos desacertos DA GESTÃO Gilvan nos segmentos financeiros, administrativos, institucional e gerencial. Ele apequenou a marca Cruzeiro em razão de sua visão mesquinha da grandeza do NOME da instituição presiddida. Conduziu-se com grande e injustificável comodismo, sendo mesmo omisso perante a FMF, a CBF, as arbitragens que muito prejudicaram o TIME em partidas decisivas.

    Fez péssimas contratações, porque deixou-se assessorar por pessoas absolutamente incompetentes como o Burrocy Queiroz, e depois Vicintin.

    Teve sucessos e não só insucessos como os aqui apontados por mim, como é obvio, pois assim como existe o dualismos no universo e em nosso viver, ninguém só erra ou somente acerta. Somos falíveis e imperfeitos. Diferencia-nos neste quesito, o ânimo, as habilidades e a determinação.

    Para mim, a MAIOR virtude da administração Gilvan foi demonstrar, para nós torcedores, para a imprensa e ao Conselheiros que, a apregoada dialética dos Perrelas, de desmonte a cada ano do time para fazer caixa, não passa de uma deslavada mentira. E este benefício trará substantiva repercussão às futuras administrações. A bravura dele ao não vender Montillo ao Curintiá foi, ao meu sentir, o maior feito dele Gilvan, ou seja do homem e cruzeirense Gilvan, pois o Bi-BR o protagonista foi o Alexandre Mattos que, devido à felicidade conseguida na montagem do elenco, alavancou inclusive o Marcelo Oliveira, como técnico vencedor, desmentida todavia, no Porco e no Galo, como do conhecimento de todos!

    Sempre critiquei neste Blog ao Gilvan e ao Vicentin e sempre por constatar na atuação deles as deficiências aqui apontadas.

    Se o Sérgio Rodrigues souber se impor às influências mercantilistas e imediatistas dos Perrelas terá enorme sucesso como Presidente do Cruzeiro Esporte Clube, pois tem entusiasmo com a vida, se preparou para tal e possui garra, ousadia para fazer crescer o nome do maior de Minas como diz a letra de nosso hino.
    ZEIROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

    1. Não é simples assim, amigo ! Pega a dívida que o Perrela deixou e compara com a que o Gilvan irá deixar. Crescimento brutal e preocupante. Futebol é , sim, deficitário e não somente para o Cruzeiro. O jogador-atleta é um investimento e TODO clube tem que se desfazer cedo ou tarde para nivelar as contas.

      O blogueiro não colocou o fator financeiro ( DÍVIDAS ) ao pesar sua avaliação. Mas deveria tê-lo feito. O balanço do clube é de domínio público, vcs podem consultar .

      Diferente de “certos times” da capital que praticamente se tornaram “clube-empresa” e que NÃO VIVE SEM os seus padrinhos banqueiro e outro empreiteiro, o Cruzeiro depende de seus próprios recursos para tocar a vida.

    2. Então o Alexandre Mattos fez tudo sozinho??!! Cuidado com a idolatria. Se ele é tão bom porque o Palmeiras está tão mal este ano.
      O Cruzeiro foi BI-BR, por causa do Mattos, do Gilvan, do MO, dos jogadores, do planejamento, da estrutura…
      Então méritos a todos, inclusive ao Gilvan. Daqui algumas semanas ganharemos a CB e dirão que ele também não tem mérito??? Ou seja, as besteiras são sempre dele, e os sucessos de outros. Isto não existe.
      Ele tem defeitos e qualidades, mas se terminar com 2 BR e uma CB terá um curriculum melhor do que muitos cartolas do Cruzeiro e de outros clubes brasileiros.
      Um comentário pro PH: manter o MM não foi uma opção, mas falta dela. Sabemos que ele não trocou por uma questão financeira e porque era ano eleitoral (poucos estariam dispostos a vir). E para mim, como já disse antes, manter o MM é um erro, pois faz o Cruzeiro praticar um futebol feio e covarde, não condizente com a qualidade e a história do Cruzeiro. Não dá tesão ver o Cruzeiro jogar, é sofrido como ele mesmo gosta de repetir. Quantas partidas boas fizemos este ano? Méritos pela final do BR, só, futebol de qualidade não tem.

  13. pelos títulos brasileiros, MUITOS PARABÉNS. Teve também anos difíceis, mas isso acho q faz parte, nem tudo dá certo, nem tudo dá errado. Futebol não é ciência exata. O problema desse Gilvan é o aumento gigante da dívida, que não foi ocasionada por causa dos títulos, pois, com competência ele contratou jogadores sem grande custo, que deram os títulos e foram bem vendidos, o que não deixa dúvidas q não foi o motivo do aumento da dívida. E ele ainda tem coragem de dizer q pegou o clube arrasado e deixa mto bem, é uma piada. Falou em uma entrevista à Radio Itatiaia q clube de futebol não é prá dar lucro, brincadeira né? Não é prá dar lucro, mas tbém não é prá ser QUEBRADO. OBS: não sou a favor de perrella, que é um político, só por aí já dá prá ver que não é flor que se cheire.

  14. É uma irresponsabilidade falar que o homem que acabou com a saúde financeira do Cruzeiro possa ter feito um bom mandato. Inaceitável, independentemente de ganhar ou perder a Copa do Brasil, é ver nosso querido Cruzeiro com diversas ações na FIFA por calote no mercado. Administração correta é a que o Sr Eduardo Bandeira de Mello está fazendo no Flamengo. Basta analisar o que era e o que é o Flamengo depois da entrada dele. Outro ponto é o nosso patrimônio, que em nada cresceu na gestão GPT .O Barro Preto está um lixo. Que saudade do Felício Brandi, aquele sim, nosso grande e eterno presidente.

  15. PH,bakana d+ seu texto,muito claro item por item.Eu ja manifestei minha admiracao pelo DR Gilvan antes e tambem disse que ele tem suas limitacoes.Ninguem pode negar que ele tem boas intencoes,sempre procurou agradar e atender a vontade da China Azul.Por isso desejo muito sucesso a ele na CB,ele realmente merece fechar seu ciclo com + um titulo importante.

  16. Gilvan estará na história do clube, independente do resultado da Copa do Brasil. Na minha opinião, o maior feito dele no clube foi ter assumido o comando em 2011 e evitado a queda para série B. Agora, um balanço geral da gestão dele me faz concluir que foi a pior dos últimos 30 anos. Vai deixar a o clube com uma dívida enorme e a próxima diretoria pode ter muitos problemas por causa disso.

  17. Estou totalmente de acordo com vocês Wander e Ronaldo de Andrade, felicito o Gilvan pelos Bi e CB que possivelmente iremos ganhar, mas para mim os “contras” foram muito mais significativos do que os ” prós”, não consigo ver um administrador ser omisso e não sair em defesa da Empresa/Clube onde ele administra como aconteceu várias pela FMF/Globo e as arbitragens então nem se fala ninguém se manifesta, caso Benecy então, este senhor Gilvan agora que o time esta prestes a ganhar a CB ele já está pondo as manguinhas de fora se aparecendo na mídia, outro absurdo que está acontecendo é o CBF/GLOBO colocar o Cruzeiro jogando aos domingo as 19 Hrs, eu pago assinatura de TV e já reclamei várias vezes mas me disseram que nenhum clube se opôs aos horários da tabela, jamais vou deixar compromissos para assistir jogos de futebol, para mim ficarei grato ao Gilvan e terá o meu respeito, mas não o considero como o melhor presidente do clube.

    1. Concordo plenamente: jogos aos domingos às 19 horas são um saco. E já vamos para o terceiro ou quarto no ano. Engraçado que até agora não tivemos nenhum às 11 horas, esse sim um ótimo horário.

      1. Cá prá nós, depois que o GPT se envolveu nesta tal LIGA/desliga, acabou batendo de frente com a CBF e os motivos vçs já sabem……….As cancequências é esta má vontade para antecipar o jogo contra o Btletico?GO e estes jogos das 19;00 hrs nos domingos o que é um absurdo. A escalação dos sopradores de latinhas é uma incognita, pois ficamos sempre com os menos credênciados para partidas importantes….Precisamos de pessoas competentes para nos representar perante a CBF, FMF, COMEMBOL e sermos tratados como iguais. Saudações

  18. P.H. bom crônica de um tema bem indigesto. Realmente o Dr. Gilvan ta teve mais acertos que erros, porque é muito difícil administrar um gigante com tantos anões torcendo contra, tipo “os perrellas”, não só torcendo mas agindo contra. Gostei muito do “mídia day” onde ele deu abertura à imprensa, principalmente aos blogueiros de realmente fazer o elo da torcida com a diretoria estrelada. O que os perrellas ou quem de sua indicação dificilmente faria, e penso até se caso ganhar o candidato dos Perrellas ele vai cortar o “Midia day” escreve aí. No mais é torcer muito para ganhar a Copa do Brasil e também ficarmos pelo menos com a sexta vaga no Campeonato Brasileiro. Vai Dr Gilvan, vai em paz. E que o Senhor Deus o abençoe, Vai Raposa astuta, vamos ser campeões.

  19. Se eu fosse o Alisson, eu faria com o Grolli o que o Neymar fez com o garoto na terra do whisky ontem;nao aceitaria desculpas,o Grolli foi pra ferir o Alisson, e devido as circunstancias se torna imperdoavel.Bem,esta e a ma noticia,a boa noticia e a volta do nosso wonder kid Judivan,esse garoto nos encantou com seu futebol e vontade,antes que um Grolli da vida roubou dois anos de sua admiravel carreira no futebol.Gostaria de responder a altura os que estao pisoteando o nosso presidente,mas vou engolir esse sapo e ficar kaladw.

  20. O Barcelona NÂO vendeu o Neymar e não queria a saída dele . Ele usou a cláusula de rescisão, pagou a multa e foi embora. Quanto a não venda do Montillo, na época era um dos principais jogadores do Brasil e o Casemiro era um jogador bem contestado.

  21. De qualquer forma o Gilvan está saindo. Como gestor, péssimo. Como político, horroroso, renuncia de manhã e volta atrás à tarde. Tinga e Klaus deu uma melhorada no comando. Entretanto, o Cruzeiro carece de bons personagens para seu comando. Os candidatos às próximas eleições, a meu ver, são fraquíssimos. Um não sabe nem dar entrevista, o outro tem o respaldo de pessoas perigosas (perrelas e cia). E o CONSELHO….. nada faz. E aí, será que poderemos pensar em algo melhor?

  22. Com relação aquele “gol” do framengo irregularíssimo. Como é que fica? Inadmissível….Temos que fazer dois, trêz para calar a boca desta corja………….Avante Raposa Astuta……….

  23. PH boa noite.
    Eu fico puto com estas viúvas do Alexandre Matos. TNC pra eles.
    Este cara tá sendo escorraçado pela torcida do Palmeiras.
    Tem um patrocínio inigualável e está sendo questionado, pelos prejuízos e má contratações que fez lá.
    Agora vem uns otários aqui, enaltecer o cara, que foi responsável pelo endividamento do cruzeiro.
    O cruzeiro de 13/14 deu certo por um monte de fatores e coincidência.
    Estes otários, esquecem que na melhor fase do nosso rival, fomos Bi Campeão do Brasil, coisa que ninguém fora do eixo RJ SP conseguiu.
    Quem peitou o Marcelo Oliveira e AM foi o Gilvan.
    Que cometeu erros sim,mas tá entregando um clube muito melhor do que pegou.
    A dívida do cruzeiro hj, totalmente administrável, conforme seu fatura mento.
    Um dos poucos times que não antecipou cota de TV.
    Gilvan douo muito mais do que recebeu do cruzeiro.
    Este Sérgio, tá sendo apoiado por Perrela, quê fugiu em 2011, deixando Gilvan sozinho.

    Acho que estes otários que criticam i Gilvan, são frangas enlouquecidas e putas com as conquistas dele.

    Limpem a boca seus canalhas, vão se f$#@r, cambadas de FDP.

    Aqui é espaço pra cruzeirense, vão ciscar em outro lugar.

    Saudações Celestes.

    1. Luiz Carlos Santê, sou” viuva” do Alexandre Mattos em seu distorcido modo de ver os acontecimentos e rotular as pessoas dignas que não pensam como vc de CANALHAS, FDP e Frangas.

      Além deste seu desequilíbrio emocional ao analisar fatos, vc compete destemperos verbas denotativos de sua insegurança emocional, além de ofender quem aqui expressa suas ideias com respeito e fundamentos.

      Não sou canalha como me rotulou por ser admirador do excelente trabalho prestado pelo Alexandre Mattos NO CRUZEIRO e venho aqui à sua presença para lhe confessar isto que acabo de afirmar e lhe lançar um desafio: repita aqui para mim que por ser admirador do trabalho de Alexandre Mattos eu sou CANALHA. Repita e assuma as consequências deste seu gesto!. Estou aguardando!

    2. Realmente é uma falta de respeito a um Presidente que deu 2 titulos brasileiros ao Cruzeiro e que trabalha no Cruzeiro a 5 décadas.Criticar erros é uma coisa,mas o que esses fedelhos andam dizendo em relação ao senhor Gilvan é não passa de asneiras.

  24. A blindagem do elenco em ano de eleições bem quentes eh o principal elogio q tenho q fazer à diretoria e comissão. Esse trabalho foi fantástico e acredito que mt se deu pela manutenção da equipe q está a frente do clube. Eh mt comum em ano de eleições q o elenco acaba sentindo a insegurança de uma transição e por consequência, acaba bringando pra não cair. E a diretoria juntamente com a comissão seguraram a barra mt bem passando a tranquilidade para os jogadores! Final da CB e brigando no G6… aos olhos da mídia, nem parece q os bastidores estão em guerra… já q a disputa presidencial não deu o fator desestabilizador pra imprensa penosa, eh melhor causar a discórdia sobre o estádio q vai ser inaugurado junto com o anúncio do anelka!

  25. Li aqui muita coisa correta e muita asneira, não vou me opinar sobre erros e acertos. e sim esclarecer que uma das obrigações de um bom gestor e saber delegar e aqui muitos falam de seus subordinados fazendo bom trabalho e no mesmo comentário que ele e centralizador , quanta incoerência.

  26. PH, bom dia!! Boa manhã Nação Azul e que os fluidos azuis do Velho Chico nos conduzam a mais uma honrosa e épica conquista de título Nacional.
    PH, estou estarrecido com o nível de agressões registrado nesta coluna por supostos torcedores cruzeirenses. As vésperas da eleição do clube tenho percebido uma inquietação em torno do nome a ser escolhido como mandatário do nosso amado Cruzeiro.
    Na minha opinião deveriam retirar os nomes dos atuais pre-candidatos e promoverem a escolha do novo mandatário usando o consenso em torno de um nome que tenha condições absolutas de gerir o Maior de Minas – seja no campo político ou financeiro – e assim, acredito, que estaremos em boas mãos.
    Eh preciso entender que precisamos no momento eh de paz, pois estamos há poucos dias para cravar mais um lindo capítulo nas nossas páginas heróicas e imortais. O Cruzeiro eh maior de que qualquer vaidade que tenho observado em torno dessa já famigerada eleição.
    Amamos o Cruzeiro eh o que interessa é seremos campeões, não se esqueça. Nós somos loucos, somos Cruzeiro.
    Saudacoes

  27. Não acho que seria o momento ideal para render glórias a Gilvan e o foco deveria ser a busca pelo penta. Porém, mesmo contrariado, não vou deixar passar em branco várias falácias ditas aqui. Gilvan só não foi um desastre total em 6 anos de gestão perdulária, irresponsável e OMISSA devido ao bicampeonato brasileiro, que os cegos insistem em atribuir a ele. Será que esses títulos dão a ele um cheque em branco para fazer tanta idiotice em tão pouco tempo? Falo e provo: 1) situação financeira do clube – estamos literalmente falidos e é mentira que a situação financeira de 2011 era pior do que a atual. Houve crescimento astronômico da dívida, mesmo com a venda e desmontagem do time bicampeão, prejuízos sucessivos e gestão administrativa/financeira inexistente. O patrimônio do clube foi literalmente destruído: Gilvan assumiu em 2012, tendo recebido um patrimônio de R$ 158 milhões e, 5 anos após fechou o ano de 2016 com míseros R$ 1 milhão???? Portanto, houve uma perda de R$ 157 milhões para o clube. Nada disso abordado no post;
    2) 2015 e 2016 lutando contra o rebaixamento e 2017 com nova perda de títulos para as frangas e eliminação na Sul Americana para um time medíocre. Até o início do 2º semestre/17, quem confiava no time do paneleiro Mano? Há vários posts anteriores cobrando isso, revolta da torcida e inclusive do próprio blogueiro (isso foi mencionado sim no texto);
    3) contratações pífias e de segunda divisão, contratos longos e inexplicáveis, excetuando-se: TN, Diogo, Hudson e passamos o ano inteiro sem lateral direito e contrataram os craques: Ezequiel e Lennon. Houve sim antecipação de receita de tv e renovação;
    4) se omitiu e aceitou tudo que as frangas, globo, Minas Arena (teve até jogo do Cruzeiro em que havia placa de publicidade das frangas – é inaceitável, provocativo e espero que não aceitem na final da CB) e FMF impuseram ao Cruzeiro ao longo de seis anos. E as arbitragens temerárias: já deveria vetar árbitros para a final: Vuaden, Héber, Sandro Meira, Luiz Flávio de Oliveira, Daronco, etc.
    5) perda absurda de sócios torcedores;
    6) caso Benecy – uma vergonha!
    7) chance ao Deivid, Paulo Bento (no meio do ano…), Klauss, Tinga, Tinoco, etc;
    8) não honrar compromissos e deixar o nome da maior instituição esportiva de Minas ir parar na Fifa;
    9) após bicampeonato ficar praticamente um ano sem patrocínio master;
    10) pela 1ª vez na história o clube o parecer dos auditores independentes inseriu uma ÊNFASE DE CONTINUIDADE, devido à gestão e situação econômico/financeira desastrosa, a seguir transcrito “… Na elaboração das demonstrações contábeis, a administração é responsável pela avaliação da capacidade de o Clube continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das demonstrações contábeis, a não ser que a administração pretenda liquidar o Clube ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento das operações. Todavia, eventos ou condições futuras podem levar o Clube a não mais se manter em continuidade operacional….”. Isso é inaceitável e nenhuma menção a um tema tão grave, mas que não pode ser OMITIDO. Além disso, não podemos sequer pensar em um outro septuagenário para a presidência, que não fala, foge de debates e não aceita fazer teste de bafômetro, e, pior, é apoiado por Gilvan e seus amigos: não podemos aceitar a continuidade desse terror em termos de gestão e destruição do clube. Parabéns Vander, Ronaldo, Antônio e outros pelos comentários. Quanto ao sr. Santê, deve ser pateticano, para a forma tão mal educada e desrespeitosa no trato com os torcedores do Cruzeiro neste espaço.

    1. Parabéns companheiro Ricardo Santos pelo esclarecido e oportuno pronunciamento sobre a gestão Gilvan, trazendo-nos fatos e considerações que em muito enriquecerão nossos julgamentos tanto sobre a gestão que se finda quanto a candidatura do Sr. Wagner Sá.

      O parecer da Auditoria que nos trouxe é grito de alerta. Quando há este tipo de manifestação técnica num resultado de gestão, a degringolada na administração chegou às raias do descalabro, o que explica os calotes aos clubes origem do Ábila e do Caicedo.

      Pelo visto o passivo Gilvan será um legado indigesto. Se o Wagner Sá for realmente empresário, a esta altura já está torcendo para ser derrotado e, em assim acontecendo, será a grande vitória dele em 2017! Vergonhosa situação! Vicintin, Benecy e o Conselho são os grandes responsáveis por todos estes desmandos, pois assistiram a todas estas insanidades e nada fizeram para estancá-las.

      Agradeço também sua solidariedade, expressada ao meu comentário inicial.

      A vida é combate que os fracos abate e aos fortes exalta, lembra? Somos CRUZEIRO e nos desafios crescemos!

    2. Vc deve ser apoiador de Perrela.
      Eu não tenho preferência sobre nenhum candidato, mas me permito desconfiar de todas que tem apoio do Perrela, que deixou Cruzeiro na mão.
      Só vê coisas ruins no cruzeiro, não deve ir a campo, não deve ser sócio torcedor, como eu.
      Vc devia ir pro blog ao lado e opinar sobre seu estádio, sua franga.
      Deve está com invejinha, de estarmos prestes a ser penta campeões.
      Vai ciscar longe daqui.
      Saudações Celestes

    3. Ricardo Santos, guarde esses dados para você. Se for franco demais, daqui a pouco vão te chamar de franga e seus comentários não vão aparecer. Fizeram isso comigo, tá? Tem gente aqui que está mais preocupado e obcecado em brigar com o rival do que encarar os fatos e a dimensão política dessa eleição. Nós estamos diante de uma encruzilhada muito séria. Dependendo do que acontecer, o time vai ser novamente desmojtado porqur vai voltar a politica da negociata. Essas coisas se encara com números e informações privilegiadas. E não com idolatria. Tem varios companheiros que já falaram coisas importantes aqui e foram cornetados pelos que não entendem ou não querem entender. Vamos deixar para torcer no campo porque fora dele o momento é importante e merece toda a nossa atenção. Torcedor sério sabe que a linha administrativa adotada favorece ou nao um bom ambiente para os jogadores e comissão técnica. E essa possibilidade é melhor em um candidato e pior no outro. Sem ofensas.

  28. A Itatiaia tá que toca fogo a brinca política do Cruzeiro… Armação ou não o cara nem aparece para se defender…. típico do padrinho Gilvan… omisso.

  29. Minha opinião é a seguinte: Gilvan tem estrela! Apesar de ser muito teimoso e ter gostado do “poder” ele cometeu erros graves mas também teve acertos. No meu modo d ever, acertou em contratar Alexandre Mattos e o Bruno Vicintin. Por consequência, Bruno Vicintin acertou em contratar o Klauss e o Tinga.

    Me irrita profundamente o fato do Gilvan ser omisso em dar as caras quando precisa. As vezes, uma palavra dele em momentos ruins seria de grande valia.

    Sobre os times, sou grato ao Marcelo Oliveira MAS na minha opinião, aquele time de 2013 e 2014 simplesmente deu liga e a figura do Marcelo Oliveira foi mais para não atrapalhar do que para coordenar o time.

    No mais, estamos ferrados pois o candidato da situação também não dá entrevistas e o da oposição está demonstrando que não é confiável, tendo em vista o episódio do fragrante que pode ter sido forjado para pegar o Wagner Pires.

  30. Gilvan cometeu muitos erros em sua gestão. Muitos pela sua vaidade pessoal. Mas uma coisa ninguém pode negar. Ele é um homem íntegro e que não usa o clube pra fazer rolo ou se beneficiar dele. Ganhou o Campeonato brasileiro em 2013 e bancou a aposta do Alexandre Mattos, que era de segurar o elenco pois ele apostava no bicampeonato. Deu certo em 2014.

    Em 2015 não teve como segurar o elenco pois o clube ficou a beira da ruina com os dois títulos e o assédio aos jogadores enorme. Passou os dois seguintes anos reestruturando as finanças do clube visando adequá-lo aos requisitos do Profut. Hoje deixa o Cruzeiro com uma dívida, se não zero, pelo menos dentro do viável. Não fez igual muito dirigente aí que mergulhou o clube em dívidas estrondosas pra contratar medalhões, com salários de 1 milhão e futebol questionável, e não darem em nada. Dirigente que está vendendo o clube para empresarios pra construir estádio sendo que temos o Mineirão.

    Pelo menos, GPT, agiu com racionalidade. O Cruzeiro de GPT não é nenhuma superpotência do futebol brasileiro mas é um clube sólido e bem estruturado.

  31. O Gilvan tem que ser lembrado na história do Cruzeiro pelos seus feitos incríveis. Vamos tomar como exemplo o Corinthians que ganhou um campeonato brasileiro e no ano seguinte não conseguiu manter seus principais jogadores, mesmo tendo uma arrecadação muito superior a nossa. Esse exemplo serve para vermos quão difícil foi manter o elenco campeão de 2013 para 2014, e ele fez e foi bicampeão, agora, não saiu de graça, pagamos o preço em 2015 e 2016, mas o que é isso perto de um bicampeonato nacional. Parabéns ao Dr. Gilvan, entre tantos erros e acertos, mostrou ser um GRANDE CRUZEIRENSE.

  32. Na minha opinião, apesar de dois grandes títulos brasileiros conquistados e a possibilidade clara de conquista de mais uma Copa do Brasil, a gestão Gilvan de Pinho Tavares, deixou muito a desejar. Primeiro pela omissão do presidente em vários fatores que denegriram em muito a imagem do Maior de Minas; pela falta de transparência, pela falta de consideração com o torcedor e principalmente pela má gestão dos recursos financeiros do clube. Éramos o clube grande com a menor dívida do futebol brasileiro, algo em torno de 120 milhões, atualmente supera a casa dos 360 milhões de reais. Tudo isso depois da conquista de dois títulos brasileiros consecutivos e o desmanche daquela equipe vencedora e por aí vai…Sinceramente, pra mim vai ficar na história de forma negativa.

  33. Cm todo respeito às opiniões dos nossos amigos do blog, mas o Gilvan tem méritos sim na conquista do bicampeonato brasileiro. Não só o Alexandre Mattos, como muitos pensam. O bicampeonato foi o resultado de todos trabalharem em sintonia, como a torcida, comissão técnica e a diretoria. Não teve somente um responsável pelas conquistas. Porque manter um elenco vencedor é muito difícil, ainda mais aqui no Brasil e ele manteve após o título do campeonato de 2013. Infelizmente tivemos um fase péssima em 2015/16, mas pra nossa sorte ele contratou o Mano e deu liga. Não tô defendendo ninguém, longe disso, mas devemos tbm ser justos. Um dos seus problemas e q nos irritam bastante é a sua omissão, sua ausência nas horas q o clube tava mais precisando. Se ganharmos a Copa do Brasil cm certeza ele sairá de cabeça erguida e vamos esquecer muita coisa ruim q tbm aconteceu em sua gestão. Torço muito pra q o Sérgio Rodrigues ganhe. Dos dois candidatos, ele me parece ter um perfil do q o clube tá precisando há muito tempo. Saudações Celestes. Cruzeiro Sempre.

  34. Único acerto do Gilvan foi contratar o Mattos, ele sim sabia o que estava fazendo. Gilvan é bem intencionado, honesto, mas vai ficar marcado como o presidente que trouxe o bi-campeonato brasileiro, mas foi pior presidente da história. A dívida que o Cruzeiro tem hoje e a fama de caloteiro que o Cruzeiro conseguiu agradeçam a péssima administração dele, sem falar na covardia dele que se escondeu nos piores momentos do Cruzeiro e repetiu os mesmos erros, Vicintin não fica atrás. Quanto ao Marketing é ainda mais ridículo, fez campanhas que chamaram a atenção da imprensa, porém no mais importante que é fortalecer a imagem do Cruzeiro ele não conseguiu nada. Não vejo a hora de Gilvan, Vicintin, e muitos outros funcionários voltarem para arquibancada e ficarem o mais longe possível da administração do Cruzeiro. Que o novo presidente consiga organizar o Cruzeiro, pois o estrago dessa gestão é grande demais.

  35. PH,
    Credito esta possível conquista da CB muito mais a força da nossa Camisa e tradição, do que a méritos da diretoria e Gilvan. Acho que nosso presidente pecou muito em seu mandato, manchou a imagem do clube de várias formas possíveis, e inaceitáveis.

    E mudando um pouco de assunto, o Copete tirou o Arrascaeta por meses, e tomou um amarelo. A diretoria ameaçou fazer uma reclamação na CBF e nada mais se ouviu sobre. E agora o mesmo caso com o Grolli. Até quando vamos aceitar isto? Estou muito preocupado com a possível ausência do Alisson na final.

    Abs

  36. Ao longo de 90 e tantos anos de história ,o Cruzeiro teve 10 títulos importantes , 20% deles c o Gilvan , que teve 2% destes 90 e tantos anos como presidente , precisa falar mais alguma coisa ? Podendo ganhar mais hum
    PH , não seria oportuna uma coluna falando da importância ou não ,de se ter uma arena própria?

    1. Arena própria? Totalmente desnecessária! O Mineirão vai cair no nosso colo, assim que o estádio do time de listras sair do papel. Não devemos cair nessa de fazer estádio próprio se já temos a TOCA 3 (bem localizada, maior e moderna).

  37. Acho que o candidato de Gilvan eh fraco mas, acho a volta de Perrella ao Cruzeiro lastimável! Não vamos sair dessa mesmice! São inegáveis os erros de Gilvan, principalmente quando perdeu Mattos e optou por VIcentin. Mas, dizer que o BiCampeonato caiu no colo dele eh demais! Também o culpam pelos roubos de arbitragem e dividas do Cruzeiro atuais. A memoria das pessoas eh mt fraca. Sera que alguém lembra que tivemos um campeonato brasileiro roubado contra o Corinthians pelo Sandro Meira Ricci na gestão Perrella. E onde estava o competente Perrella quando o time perdeu uma Libertadores dentro do Mineirao por falta de pulso forte e brigas entre os jogadores por premiação? Sem falar que a Conmebol impôs ao Cruzeiro jogar na Argentina com todps aqueles riscos que havia na época a saúde dos jogadores. Vcs também não lembra ou não consideram que a Libertadores de 97 foi apenas Mérito dos jogadores e do Paulo Autuori que se superaram, depois das lambanças da primeira fase quando o Perrella contratou o inexperiente Oscar e o Reinaldinho para jogar uma Libertadores. E depois quando tivemos a nossa grande chance de ter um mundial e ele enganou a torcida, não reforçou o time e de ultima hora trouxe 3 estranhos ao grupo e um técnico que nada acrescentou. Esse sim depois que foi eleito abandonou o clube e a Triplice Coroa foi ganha na gestão do Alvimar. Sera que alguém vai falar que o mérito eh do Luxemburgo e do Alex? pq depois que eles saíram foi um desastre. O Cruzeiro passou 8 anos sem ganhar um titulo nacional ou internacional e contratando jogadores como Reinaldo Alagoano e vários que nunca vingaram. Os bons ficavam 6 meses. Eh importante ressaltar que naquela época a econômica estava em outro estagio e o mercado europeu era comprador. Hoje eh mais difícil gerir um clube sem o aporte de grandes patrocinadores. Era mt mais simples ter uma receita vendendo do que criar alternativas e diminuir os gastos. O Perrella pegou o Cruzeiro com superávit da venda do Ronaldinho. O Gilvan pegou um time mutilado na zona de rebaixamento com o Sr Perrella vendendo jogadores e saindo pela porta dos fundos inexplicavelmente, O melhor para o Cruzeiro seria um terceiro candidato independente com novas ideias e com a capacidade de unir o clube, renovar e buscar recursos no mercado atraves de parcerias e patrocínios. Mas, uma coisa eh certa um clube da grandeza do Cruzeiro além de precisar de um projeto administrativo precisa zelarr por seu nome e não pode ter em sua administração pessoas questionadas por sua vida politica ou alguém que possa ser comandado pelo mesmo.

  38. O “segredo do sucesso” do ALEXANDRE MATTOS é ENTUPIR o clube com jogador.

    É isso que ele faz no Palmeiras e foi assim que procedeu no Cruzeiro onde contratou
    > > > >40 ATLETAS na sua gestão. Agora compara a dívida do clube antes e depois da sua passagem.

    Idolatria sem sentido.

  39. Esse post para mim é um dos mais importantes do nosso bloguista até esse momento.
    Li todas as opiniões dos cruzeirenses apaixonados como eu.
    cada um tem seu ponto de vista.
    Para mim um presidente de um clube de futebol ou de qualquer empresa de qualquer ramo tem a obrigação de gerir a entidade com responsabilidade.
    Não pode de maneira nenhuma um presidente tomar posse de uma entidade com uma dívida de 48 milhões e quando findar seu mandato passar a presidência para outro que ira tomar posse e entregar essa entidade com uma dívida de quase 400 milhões.
    Infelizmente os clubes de futebol do Brasil e o Cruzeiro não foge disso,são todos dirigidos com irresponsabilidade total por parte de seus gestores (cartolas),inviabilizam financeiramente os clubes pois sabem que quando terminar o mandato nem precisam prestar contas pois é tudo feito em comum acordo com o conselho deliberativo.
    Apesar dos dois títulos nacionais e a possível conquista da copa do Brasil,para mim a gestão Gilvan de Pinho Tavares é TEMERÁRIA e IRRESPONSÁVEL.
    O Cruzeiro foi o clube que nos últimos 6 anos mais aumentou a sua dívida percentualmente,dentre os 14 maiores clubes brasileiros era o Cruzeiro o clube que menos devia,hoje devemos mais que até o Coritiba e Atlético Paranaense.
    O mais preocupante disso que as maiores dívidas do Cruzeiro não tem vencimento a longo prazo,vencem esse ano e no próximo ano e esse abacaxi quem vai descascar é o próximo presidente,o que vai tomar posse no dia 02/01/2018 quando o clube estará comemorando 97 anos de muitas conquistas e glórias.

  40. Pedro Henrique, estou com uma pulga atras da orelha. Talvez você consiga me explicar ou então buscar a resposta dentro da diretoria. Se o Cruzeiro tem um contrato com a Minas arena onde há uma cláusula dizendo que o clube tem direito a uma indenização de R$ 2,5 milhões . caso um evento no estádio coincidisse com um jogo oficial da equipe como mandante, porque aceitou receber R$ 400 mil conforme matéria do super esportes. Estamos recebendo uma micharia em todas esta ocasiões e não somos tratados com respeito pela minas arena haja vista a briga judicial e beneficios que time que nem é parceiro recebe???

  41. Apesar do futebol ser movido a paixão, gosto de basear as críticas em dados e fatos.
    Como muitos estão questionando a gestão financeira, vamos aos dados (fonte: globoesporte.com, 02/05/2017):
    1-Durante a gestão Gilvan, 2011 a 2016, o Cruzeiro teve um endividamento médio de 108,5% da receita. Neste mesmo período o 6a1o teve um endividamento de 221,7% e o Flamengo 194,1%, times citados por alguns como referência em gestão.
    2-No último ano, 2016, o endividamento chegou a 152,3% da receita, ainda menor que do 6a1o de 164%, mas maior que a do Flamengo de 90,3%. O Flamengo contou com um grande aumento de receita para chegar a este número e também com uma boa gestão.
    3-A dívida nominal do Cruzeiro em 2016 foi de 363,1M, bem menor que os 518,7M do 6a1o e também menor que os 460,6M do Flamengo.
    4-Há um crescimento constante do endividamento, cerca de 50M por ano, isto é preocupante e precisa estar alinhado com o volume de receita, que teve queda no último ano (pela primeira vez em 6 anos).
    Ou seja:
    –O Cruzeiro não está quebrado, como alguns disseram, a alavancagem financeira é um recurso comum. Caso contrário o Flamengo teria quebrado em 2012 quando sua dívida chegou a 379% da receita.
    –A gestão não é a melhor, mas comparada com outros clubes, considerando-se a realidade do nosso futebol, está longe de ser desastrosa.
    Precisamos continuar vigilantes, sem exageros e com critério.
    Não é o melhor gestor, mas está longe de ser um dos piores.
    Abçs,

  42. Esse cara tem todos os adjetivos, caloteiro, omisso,endividou o time , não valoriza à base , contrata jogador por baciada.Tem gente aí fazendo média com ele , foi o pior presidente que já vi.

    1. Também não gosto do Gilvanta, esse Wagner pra será pior, por isso prefiro o Sérgio, pelo menos mostrou sua proposta enquanto o outro nada. Tem que ter uma auditoria no clube, o porque desse aumento estrondoso da dívida do Cruzeiro. Fora a vergonha que faz a torcida passar.

      1. Para as viúvas do Alexandre Mattos, não me refiro a você, o Palmeiras aumentou sua dívida em cerca de 80M no seu primeiro ano à frente da Diretoria de Futebol. No Cruzeiro, entre 2013 e 2014 quando ele estava por aqui a dívida aumentou 110M. Para se ter um time competitivo tem que se gastar $$$, e como disse acima deve-se analisar a relação divida / receita, e esta também aumentou.

  43. E a CBF não aceitou o pedido do Cruzeiro se fosse o Zezé “ladrão”Perrella o presidente do Cruzeiro TENHO certeza absoluta que o Cruzeiro conseguiria mudar a data não para o sábado mas para a próxima quarta feira dia 20/09 uma semana antes do jogo da final da copa do Brasil no Mineirão.

    1. Impressionante como o Nosso CRUZEIRO não ganha uma na CBF ou no STJD.
      Perdeu prestígio nacional ?
      Várias datas foram mudadas e quando o Cruzeiro pede – pois são 72 h da Decisão – só leva NÃO !!!!!!!
      Tem de mudar isto lá !
      Cuidado agora com o Juiz que vai sair de la’……

      1. Voçês não acham que a partir do momento em que o GPT assumiu a presidência da LIGA/desliga e bateu de frente com a CBF, eles que nunca deram muita bola para os times daqui, passaram a fazer vista grossa com nossos questionamentos. Lembram que o Kalil saiu fora?……..Que me esclareçam os mais competentes. Saudações Celestes

  44. Na minha vida,na sua e de qualquer um tem altos e baixos.Porque na presidencia do Dr Gilvan nao deveria ter?O que é preciso para um time ser gigante?Titulos.No que o Dr Gilvan é especialista?Titulos.Entao pra que tanta choradeira?Qual clube nao tem problemas de natureza variada?Todos tem,ricos e pobres.Para os ingratos que insistem em desmoralizar nosso presidente, eu digo:se é preciso um presidente ruim para ganhar titulos,entao eu quero outro!

  45. – Li cada post dos amigos cruzeirenses, e conclui que é clara, nítida a rejeição ou insatisfação com a administração atual do clube. Já dei minha opinião acima e compactuo com a da maioria…Gilvan de Pinho Tavares foi um presidente ruim, muito fraco, e especialmente, extremamente omisso com as coisas do Cruzeiro. Mudando um pouco de assunto: Acompanho futebol há muito tempo e estamos vendo o massacrante opoio, espaço e destaque que a imprensinha mineira vem dando à construção do estádio do Tupi da capital. É engraçado como que aquele clube vive realmente em função da ajuda de alguns dos seus abnegados/milionários seguidores. E acompanhando isso, como acompanho o futebol de forma geral, vemos que eles literalmente vão ganhar um estádio. Eu, inclusive, sou daqueles que torço pra que isso ocorra. Até porque aí o Mineirão cairá no colo do Cruzeiro. Ou seja, até quando a coisa nos aponta ruim, a estrela do Cruzeiro resplandece. O Cruzeiro nasceu mesmo com a sina da glória…do vencer…do sentimento de sucesso na sua vida. O universo sempre conspira a nossa favor. Evidente que gostaría que houvesse do nosso lado pessoas com tais disposições financeiras a nos agraciar também, mas, infelizmente, me parece, que do nosso lado isso não ocorre. Pelos menos nunca ouvi, vi ou li que algum cruzeiresense estivesse, por exemplo, dispor a doar 110.000 milhões de reais ao clube…como o dono da MRV está fazendo pra eles. Então amigos cruzeirenses, nossos dirigentes devem agir tal qual a nossa mascote raposa faz…sorrateira, esperta e atenta e dar o bote no momento certo. É aguardar a construção do estádio deles. Reafirmo, será GANHADO MESMO, pois, competência administrativa, financeira, com gestão do dinheiro do próprio, nunca teriam. E após isso é fazer um novo acordo com a Minas Arena. Tem que mudar muitas cláusulas do contrato que são nocivas ao clube. Daqui à pouco, também, findará o contrato da administradora com o governo mineiro. Aí…pergunto: Pra quem ficará o Mineirão??? É óbvio que o será o Cruzeiro. Um estádio novinho, no lugar mais bonito e bem localizado de BH, todo moderno e….de graça!!!kkkkkk!!!!. Quando brincamos que o mesmo foi construído para o Cruzeiro…agora estamos chegando a essa conclusão. Não gastaremos um centavo e o Mineirão será nosso. Não há necessidade que ele entre no Ativo do clube, como muitos querem. Isso é bobagem! Eu não preciso que uma casa esteja no meu nome pra que ela seja verdadeiramente minha. O Cruzeiro deve fazer um contrato de arrendamento e pronto!!! É usufruir, ter os lucros advindos do estádio, mas, o mais gostoso não ter gastado um centavo…e dizer, O MINEIRÃO É NOSSO!!!

  46. Corinthians, Flamengo e outros times grandes e médios deste país, até mesmo o segundo de Minas, conseguem mudar datas de seus jogos lá na CBF, enquanto que o Cruzeiro, maior de Minas e prestes a decidir um título não consegue. Isso é a tal falta de representatividade e passividade do presidente que não sabe reivindicar e não tem nenhuma moral com aquele bando de cartolas que dirigem a entidade máximo do nosso futebol. E quanto à decisão contra o todo poderoso Flamengo, o clube da mídia, tomara que não me venham com um novo Armando Marques, aquele larápio que nos tirou um título brasileiro em 1974. Fiquemos alertas.

  47. Prefiro não opinar. Não vou elogiar antes da hora. Não gosto do estilo do Mano. Nunca gostei, não me dá segurança. Ele arrisca demais na hora errada e se dá mal. Não vou opinar porque sou franco, ponho o dedo na ferida porque acho que sem críticas não é clube, vira seita. Na última vez que fui franco, nos dias em que o Mineirão estava vazio nos jogos, me chamaram aqui de franga enrustida e meus comentários foram vetados. Não apareceram. Vou ao jogo, vou comemorar muito o penta. Mas nao retiro o que eu disse. O Heverton Guimaraes rasga muita seda para o Mano, pro meu gosto. Mas ele é torcedor e está animado como todos. Mas, sempre afirmei e mantenho, que Mano é um mal menor. Nos tirou da zona de perigo, tem moral com os jogadores, administrou a magoa do Fabio com ele. Mano “limpou” o estrelismo do Fabio na hora certa. Capinou por baixo. Mas conseguiu o Fabio de volta. Nesse ponto, tem meu respeito. Qto ao estilo de jogo, nunca fui fã.

  48. Para o Vini, é muito normal o crescimento estratosférico do endividamento, destruir o patrimônio do clube, receber pela 1ª vez em sua história uma ênfase de continuidade no parecer dos auditores, dar calotes e não honrar compromissos e, PIOR, SÓ DE TER SE BASEADO, PARA FINS COMPARATIVOS E TER COMO REFERÊNCIA AS FRANGAS, já está errado: meu amigo você só pode torcer para o lado escuro da lagoa…, não brinque com coisa séria! Veja as demonstrações do clube e não defenda o indefensável: Gilvan medíocre em termos de gestão do clube! Fora…

    1. Apresentei dados e fatos, e posso assegurar que sou muito mais Cruzeirense do que os que desvalorizam sem critério uma gestão que trouxe títulos para o clube.
      Você pode escolher os dados que quer utilizar para comparação, DESDE QUE OS TENHA. Utilizei dados públicos de um analista financeiro especializado, indicando o link. Você pode escolher com quem comparar. O que você apresentou???? Nada…
      Não sou dono da verdade, ninguém é, mas falar é fácil, comprovar nem tanto.
      Argumente contra os dados apresentados, seus adjetivos (indefensável, medíocre, estratosférico…) são vazios sem dados. Talvez você seja a franga que está tentando substituir um presidente campeão por alguém que não traga títulos para o Cruzeiro, este raciocínio é bem mais lógico que os seus.

  49. ALISON: 47 jogos – 8 assistências – 4 Gols.
    E muito pouco pra um atacante.
    Não vai fazer falta na final.
    Junta com o Elber e trás um atacante de verdade.

  50. Concordo com você Ronaldo, creio que quando muitos dos que usam palavras desrespeitosas aqui quando nasceu eu já era cruzeirense a muitos anos, e procuro tratar as opiniões contrárias com respeito, então já tenho visto muitos aqui usar palavras de baixo nível apenas porque algum não compartilha da mesma opinião, agora imagino e aqui no interior a gente classifica como falta de educação, porque chamar pessoas de ” canalha, FDP e outros nomes indignos ” sem ter um conhecimento da pessoa, é sim, uma verdadeira falta de educação, quando eu faço críticas aqui eu faço ao profissional no caso de jogadores, presidente, médico, treinador etc e não ao ser humano, creio que este Blog é democrático ninguém é obrigado a concordar com ninguém e sim manter o respeito e aqui no interior se diz que a boa educação vem do BERÇO.

  51. Taí um Mineiro que têve peito para presidir uma liga e bater de frente contra a CBF. Enquanto um outro ex-dirigente falastrão, mijou prá tráz…………Falou tanto que acabou dando bom dia a cavalo.

  52. MAIS ACERTOS QUE ERRO????
    DESCULPE AMIGO, MAS, APRECE QUE VC NAO ACOMPANHOU ESTES LONGOS E TRISTES ANOS DESTE SENHOR A FRENTE DO CRUZEIRO
    GANHOU DOIS BRASILEIROS COM MERITOS TODOS DO ALEXANDRE MATTOS E DO MARCELO OLIVEIRA QUE FORAM QUEM MONTARAM AS EQUIPES, SUGERINDO E INDICANDO OS JOGADORES,
    GANHOU UMA COPA DO BRASIL COM MERITO TOTAL DO MANO MENEZES, QUE ALÉM DE TREINAR O TIME, FOI O GRANDE GESTOR E O CARA QUE INDICOU AS CONTRATAÇOES,
    GILVAN, VINCINTIN E OUTROS NÃO CONTRIBUIRAM EM NADA A NIVEL DE INDICAÇÃO DE JOGADORES, POR QUE DEIXASSE PRA ELES OU PARA O GILVAN TERIAMOS RIDINEI, GILÇSON, JACSON, FABIO LOPES, SAMUDIO, E CIA LTDA

    E PRA PIORAR, O ANTA DO PRESIDENTE PEGOU O CLUBE COM UMA DIVIDA DE 20 MILHOES E TA ENTREGANDO COM MAIS DE 300 MILHOES,

    CADE O DINHEIRO DA COPA DO BRASIL??? NAO DAVA PRA COMPRAR O DIOGO BARBOSA COM PARTE DELE??? NAO AVA PRA ACERTAR AS FINANSAS DO CLUBE COM ESSA GRANA????

    UMA DIRETORIA E UM PRESIDENTE QUE NAO SABEM QUANTOS LADOS TEM A BOLA, TODA ESSA TURMA CAIU DE PARAQUEDAS NO FUTEBOL

    NAO FOSSE O MATTOS, O M.OLIVEIRA E O MANO MENEZES, O CRUZEIRO JA TINHA CAIDO UMAS DUAS VEZES NESTES SEIS ANOS,

    ESPERO QUE ESTE GILVAN E SUA TRUPE NUNCA MAIS PASSEM PERTO DO CRUZEIRO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.