Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

O cruzeirense e sua relação de amor e ódio com Arrascaeta

Após exibição brilhante, Arrascaeta volta a provocar dúvidas no torcedor. (Foto: Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro)
Após exibição brilhante, Arrascaeta volta a provocar dúvidas no torcedor. (Foto: Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro)

A pauta é velha e já foi tratada neste blog. Entretanto, a brilhante atuação do uruguaio De Arrascaeta no jogo desta última quarta-feira reacendeu a discussão sobre o espaço desse jogador no time celeste. Ele seria um titular absoluto? Inquestionável por causa de sua reconhecida técnica? Mano Menezes é louco por ter tirado o atleta do onze inicial? A entrada de Rafinha no lugar de Arrascaeta é uma loucura?

O meu ponto de vista é muito claro, mas vou explica-lo novamente. Arrascaeta é um jogador habilidoso, tem inteligência e técnica. Em termos ofensivos, ele tem muito a nos ajudar. Não tenho dúvidas quanto a isso. Porém, ainda o vejo como um jogador que está em formação. É jovem, veio de um país cujo nível técnico é baixo, mas já se adaptou ao futebol brasileiro – embora ainda não esteja completamente lapidado, formado, pronto para ser um ídolo, um camisa 10 inquestionável, o maestro que vai comandar o meio-campo de um clube gigante do futebol brasileiro.

Ainda incompleto, perdeu lugar para Rafinha. Arrascaeta vinha numa crescente, mas após a chegada de Mano Menezes, o uruguaio não impressionou tanto quanto antes. Seus números pelo Cruzeiro continuam excelentes. São 16 assistências e 11 gols marcados nesta temporada. Mas, então, qual o motivo de sua saída do time titular? Entendo que a mudança em seu posicionamento afetou seu rendimento em campo. Com Paulo Bento, Arrascaeta atuava pela direita. Sob as ordens de Mano, ele vinha jogando centralizado. Faz diferença? Faz. A função tática que se espera em cada posição é diferente. Outro fator é a baixa ou nenhuma produtividade defensiva do uruguaio. Mas atacante não tem que atacar? No futebol moderno, todos têm que se ajudar. Ganha a equipe, o conjunto. Zagueiro não só defende, ele também ataca. Lateral idem. Volante da mesma forma. Atacante alto também ajuda a defender nas cobranças de escanteio. Mas mesmo assim, mesmo que fosse aceitável que o meia apenas atacasse, era necessário ter uma defesa muito segura (e o setor defensivo engloba zagueiros, laterais e volantes). Temos isso? Acredito que não.

Dessa forma, Rafinha ganhou a titularidade. Ele ajuda o lateral na marcação, mas também sabe envolver a defesa adversária com alguns dribles e jogadas de efeito. Não é o melhor jogador do mundo, nem o mais técnico, mas após sua entrada, o time melhorou. O conjunto melhorou. Perdemos a habilidade e os bons números de um jogador, mas ganhamos corpo. A melhora nos resultados mostra isso. Então estou dizendo que Arrascaeta deve ficar no banco? Também não, mané. Presta atenção. É que o jogador precisa entender como a equipe funciona. Um time não pode funcionar de acordo com um ou outro jogador. Os atletas é que têm que atuar de acordo com as necessidades da equipe. E é por isso que falamos em “time”, “equipe”, etc.

A exibição de Arrascaeta contra o Corinthians foi extraordinária. Foi o melhor em campo, muitos dizem. Mas para os que não se recordam e para os que têm memória curta, faço questão de relembrar: o uruguaio já foi execrado por esse mesmo torcedor que agora o quer titular. Lembra o porquê? Porque em diversas partidas ele ficava paradão lá no meio, às vezes não acertava nada (e às vezes acertava em cheio um lance, como se fosse um craque – e essa oscilação se explica por aquilo que eu disse no início do texto: Arrascaeta ainda está em formação). E é por isso que quando me perguntam se eu acho que ele deve ser titular, ainda defendo a permanência do Rafinha e prefiro esperar outras atuações do Arrascaeta. Entretanto, agora que Rafinha não joga mais neste ano, teremos a oportunidade de verificar se o uruguaio ainda dará lampejos de craque em algumas partidas ou se ele atingirá a regularidade que tanto queremos.

Espero que eu tenha sido claro: não estou criticando Arrascaeta. Apenas aponto algumas questões para reflexão. Gosto do jogador e de seu jeito de jogar. Tenho muita esperança de que ele nos dará muitas alegrias. Se deve ser titular ou não (mesmo com todos aqueles números empolgantes) só ele mesmo poderá dizer nas suas próximas atuações.

Pedro Henrique

Olá, o meu nome é Pedro Henrique. No Twitter, sou conhecido como o @RealPedrin. No blog, todos me chamam de PH. Desde 2012, escrevo sobre o Cruzeiro. Já redigi no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Não sou daqueles blogueiros que gosta mais de cutucar o rival do que de analisar o próprio time. Minha missão aqui é colocar o meu ponto de vista - dentre tantos milhões de pontos de vista possíveis - e abrir o espaço para o debate, para a troca de ideias. E prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Ei, você curte o blog? Então curte lá a nossa fan page no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/. Muito obrigado! Sejam todos bem-vindos!

119 comentários em “O cruzeirense e sua relação de amor e ódio com Arrascaeta

  1. Boa Tarde PH, brincadeira você querer escalar o Rafinha e colocar o Arrascaeta no banco, Rafinha não decidiu e nem vai decidir nem um jogo em nosso favor, concordo que o Arascaeta as vezes fica sumido, mais quando aparece decide o jogo, hoje no futebol brasileiro poucos jogadores tem poder de decisão. Não podemos deixar nosso melhor jogador no banco, lembro que o Alex tirando aquela temporada fantástica de 2003, também decidia em alguns jogos e sumiu em outros. #FechadocomoCruzeiro

      1. Concordo plenamente com o seu blogue. Arrascaeta precisa doar mais pro time. Se o Rafinha tivesse condições prefiro ele como titular. Só espero que o Mano não coloque o Arrascaeta no meio. Ele é jogador de ponta ou na esquerda ou na direita, mas nunca no meio. Deixa o Robinho lá no meio.

      2. Li sim. Aprenda a discutir meu amigo, e mostre seu ponto de vista, e deixe a arrogância de lado. Segue seu texto: “E é por isso que quando me perguntam se eu acho que ele deve ser titular, ainda defendo a permanência do Rafinha e prefiro esperar outras atuações do Arrascaeta. “

        1. Leu essa parte aqui: “Então estou dizendo que Arrascaeta deve ficar no banco? Também não, mané. Presta atenção. É que o jogador precisa entender como a equipe funciona. Um time não pode funcionar de acordo com um ou outro jogador”?

          O meu ponto de vista foi exposto no texto, mas é necessário que você leia completamente. Não quero que ninguém concorde comigo, apenas que problematizem meus argumentos ou refute-os com outros argumentos concretos e que não usem termos pejorativos ou xingametos quando não concordam com a minha opinião ou com a opinião dos demais colegas. Isso é saber discutir.

          1. E posso dar o significado do que escrevi caso você ainda não tenha compreendido: Arrascaeta pode ser titular, mas depende dele. De entender o time e as instruções do treinador. Ele pode fazer mais. Ele tem condições para isso.

          2. Nossa cultura, infelizmente, carece de leitura e de análise. Pecamos por isso. Saiba, Pedrinho, que seus textos são de boa qualidade, juntamente com alguns comentários, pois me enriquecem no quesito: técnica onde careço de informações consistentes e didáticas, o que encontra aqui. Por isso, gente, recomendo: fora stress e muita torcida e energias boas para o nosso querido Time do 💙. Zeeeeeeiiiiiroooooooooo!! Abs.
            PS.: Pedrinho, ao enviar comentário, tem acontecido de dar erro e não consigo completar o envio. Fica a dica. Valeu

        2. Concordo c/ você Edvaldo, o Pedro definiu sua opinião qdo ele disse que ainda defende a permanência do Rafinha, isso está claríssimo. Isso não tem nada demais, é fato que o Arrascaeta em determinados jogos parece sonolento, ele também não tem a mesma força no combate do que o Rafinha, mas é sem dúvida o jogador mais habilidoso do Cruzeiro e o Ábila precisa de um jogador assim jogando ao seu lado. Contra o Chapecoense o Arrascaeta fez falta. Penso que a vaga de titular é dele, se não estiver bem no jogo que seja substituído.

        3. PH boa tarde.
          Concordo plenamente com vc.
          Não discuto as qualidades técnicas do Arrascaeta, mas ele tem que ser mais participativo mais prático, recompor nem que seja pra fazer ” sombra” na marcação.
          Mas acho tbem que isto virá com o tempo, pois está em formação.
          Estes que manifestaram são daqueles que se descabelam qdo o Arrascaeta, perde uma bola bizonha no ataque, proporcionando contra ataques, deixando nossa defesa com as calças na mão.
          Em seu Post hora nenhuma vc disse que ele deveria ser reserva, isto só depende dele.
          Eu mesmo já cansei de xingar o Arrascaeta pela displicência sem deixar de reconhecer o grande potencial dele.
          Futebol hj é muito competitivo e todos têm que se doar o máximo.
          Quarta estarei lá pra apoiar como sempre, reclamar as vezes sem razão, mas futebol envolve paixão, e pouca razão.
          Salve Cruzeiro.

      3. Acho ainda que quem errou foi o Mano. Explico. Arrascaeta realmente nao volta tanto pra marcar e isso faz falta quando se tem lucas e ariel cabral no setor defensivo, sobre esses dois nem preciso falar todos concordamos. Com ezequiel e romero temos mais consistência defensiva e não precisaria Arrascaeta voltar tanto, mas nao me lembro do Mano colocando esse time. Arrascaeta jogando pela direita, sobis pela esquerda e robinho pelo meio articulando o jogo do Cruzeiro temos um excelente time. Abre o olho Mano, coloca esse time e nem vem voltar com Lucas nesse jogo seja coerente.

      4. Você é ridículo, o teu texto é exatamente isto, você disse que prefere um jogador para compor o meio, enfim o conjunto do que um DECISIVO, VOCÊ prefere um mediano do que um DIFERENCIADO, você já tinha falado isto, em um outro texto, inclusive, deixando não só o arrascaeta fora, mas tambem o robinho(voce escalou o time sem o robinho pra deixar ele pro segundo tempo outro dia, quando na verdade ele precisa e ritmo,… lembra quando eu critiquei), eu te respeito, você é um excelente profissional, mas não me venha, com esta historia de quando te criticam pela texto, e você pede para ler novamente(foi isso que você escreveu pra mim), o teu portugues é claro, assuma seu posicionamento, lute pela suas ideias, TODAS AS VEZES QUE NOS POSICIONAMOS É POR QUE NOS LEMOS O TEU TEXTO, pode ser que que você não esteja expressando da forma melhor que você imagina, mas nossa analise é de acordo com o seu texto(se quiser criticar o meu portugues – que é a sua segunda opção de critica tambem pode porque eu trabalho com EXATAS. um Abraço. O ROBINHO E O ARRASCAETA TEM OBRIGATORIAMENTE SEREM TITULARES, O RESTO E QUE AJUDEM E COMPOEM NA MARCAÇÃO, inclusive na lateral esquerda que não existe ninguem, não é so a direita.

        1. Maurício Lemos, meu amigo você pega pesado sem necessidade heim! Cara, não precisa concordar com o texto, mas saiba questionar sem agredir! Que moral tem você prá chamar o Pedro Henrique de ridículo? Na boa, quer contribuir com alguma coisa, então não crie animosidade!

    1. Não adianta nada aparecer e decidir um jogo e sumir em outros dez. Um jogador que tem mais a oferecer pro conjunto, a longo prazo beneficia mais o time que outro que pode decidir vez ou outra.

  2. Arrascaeta mesmo oscilando bons e maus momentos dentro da partida ainda é o melhor jogador da temporada, o único que tem capacidade de fugir do básico, do comum. Nada justifica a reserva. Se todos precisam marcar, que coloquem 6 volantes, pq recompor e auxiliar na marcação ele faz. Maturidade, formação, regularidade e crescimento só vão chegar se ele jogar. No mais, que botem o sobis no banco.

      1. Hahaha, quanta prepotência. Fiz constatações, se divergem ou convergem ao seu texto pouco importa. O que fiz foi dar minha opinião, não precisava de uma resposta mal educada, mas entendo, coisas da internet.

  3. Falou tudo. Cada treinador quer encaixar o jogador no seu esquema tático,e muitas vezes isso obriga até uma mudança de posicionamento em campo, levando o jogador a perder rendimento, atuando fora de posição. Alguns têm mais condições de adaptação, mas aqueles que possuem uma técnica mais apurada são os que mais sentem. Arrascaeta é um caso típico. É tipo do jogador que o técnico deveria encaixar o seu esquema tático à
    sua habilidade, e não o contrário. Parabéns, Pedro Henrique, a sua análise foi sensata e expressou uma realidade visível a qualquer cruzeirense. Saudações azuis!

  4. Claro o post… Volto a insistir em dois assuntos = 1) Diretoria coloque o ingresso a 10, no jogo contra o Flu tapetão….vamos lotar a Toca III e inibir os pó-de-arroz…temos que ganhar! 2 ) Cruzeirense que votar em canil , é sem vergonha…..!!

    1. Pelo amor de Deus amigo. Querer misturar futebol com política? Agora, além das propostas, temos que levar em conta que time o cara torce? Brincadeira!

        1. Enquanto o brasileiro tiver esse tipo de pensamento, a política vai continuar essa porcaria que é! As pessoas escolhem seus candidatos baseados em motivos pessoais, benefícios próprios e detalhes que não tem nada a ver com política. Exemplo que acontece muito aqui na minha cidade, da pessoa dizer que vota em determinadoi candidato porque “asfaltou a rua da minha casa”, mas ta pouco se lixando se a saude ta pessima, a educacao ruim e por ai vai. Só melhorará quando aprenderem e ver a coisa como um todo, sem interesses pessoais.
          Obs.: não estou defendendo Kalil e nem criticando o João leite, mesmo porque nem sou de BH. Só estou criticando esse besteira de misturarem futebol com política, de votar ou nao porque o cara é atleticano.

      1. Velho, quem vai misturar futebol com política é o próprio Kanil. Ele vai ter poder para prejudicar o Cruzeiro e erguer as Frangas. O intuito dele na prefeitura é esse. Ou você acha que ele teve uma iluminação divina e agora quer trabalhar para o povo? Essa candidatura dele é o oportunista ao extremo. É muito fácil enxergar isso. O cara é arrogante, não é preparado para assumir nada que exija equilíbrio. Se não quer o João Leite, vote nulo, branco, adoeça no dia da eleição, mas não dê seu voto para o Kanil.

        1. Poder pra prejudicar o Cruzeiro??? Que poder? Fala bobagem não! Ninguém faz o que quer numa prefeitura Não amigo. Pode me explicar o que ele poderia fazer pra prejudicar o Cruzeiro como prefeito? Prefeitura não tem qualquer poder sobre um clube de futebol não.
          Mais uma vez deixo claro: Não estou defendendo um ou outro, pois nem de BH sou. Eu ate acho o João leite infinitamente mais preparado. Mas não tem nada a ver com o fato do Kalil ter relação com o atlético.

        2. PAULO, sabe qual o motivo do Kalil querer ser prefeito? VAIDADE! Apenas isso! Não tem nada a ver com futebol. O Kalil pode ter o defeito que for, mas jamais seria burro de usar prefeitura para beneficiar atlético e prejudicar Cruzeiro. Primeiro porque ele não teria esse poder como prefeito. E segundo porque ficaria muito evidente.

  5. Ótimos comentários. Visão abrangente. Muitos não tem paciência para ler e compreender o ponto de vista alheio, principalmente quando tem certa complexidade diante de uma análise mais profunda da situação.

  6. Engraçado sua resposta às criticas de seu posicionamento (opinião). EU li o texto todo, como havia lido anteriormente esta sua posição e outras. E li também que você finaliza com um “não estou criticando o Arrascaeta”. Se não é crítica é o quê? Olha… assuma a sua opinião de não gostar do Arrascaeta e “torcer” para a sua opinião. Num cara de 22 anos este tipo de coisa é complicado. Mas tem explicação por conta de torcedores desta faixa etária acharem que somente jogadores “rodados” e bananeiras que deram cacho são mais qualificados. É compreensível sua opinião quando vemos a maioria da torcida do Cruzeiro se impacientar com jogadores novos que erram e que lutam para acertar (especialmente da base) e apoiam e ficam mitificando até quem não joga. Mas entendo porque este tipo de opinião está se alastrando como uma peste …

    1. Cara, eu não tenho nenhum tipo de problema com críticas. Quem me conhece sabe disso. Você não me conhece e vem aqui falar que eu não gosto do Arrascaeta. Eu gosto quando as pessoas discordam do meu ponto de vista, mas quando você discorda de algo você deve apresentar argumentos e não xingamentos ou coisas parecidas. Quando as pessoas criticam por criticar, eu problematizo a crítica delas. Eu entendo que as pessoas possuem opiniões diferentes e que é impossível, por exemplo, que eu escreva um texto que agrade a todos. Alguns aqui vão concordar com o que eu escrevi. Outros vão discordar. É normal. E eu gosto do Arrascaeta. Está dito no texto. Assim como gosto de outros jogadores que estão no banco de reservas, mas que não estão no time titular por motivos técnicos, táticos, etc. Mas enfim, há pessoas que só entendem o que querem entender. Um abraço, volte sempre e lembre-se que estamos do mesmo lado.

      1. Já que você diz não ter problemas com críticas então lá vai. Você não deveria falar que a pessoa não leu o texto, é deselegante. Você está desmerecendo a capacidade de análise da pessoa quando faz isso. Ainda mais porque o seu texto realmente passa a impressão de alguém que defende o Arrascaeta no banco mesmo, pois você utiliza muito mais argumentos contra do que a favor do mesmo e o fato de você falar que ele não deve ficar no banco não muda isso. Na verdade fica parecendo que você está querendo fazer média. Você cita várias razões para ele ficar no banco e depois fala que não deve ficar e isso não faz muito sentido. Desculpe a franqueza, se te chatear.

        1. Amigo, sem problemas. Mas há uma informação que você desconhece: assim que o texto foi publicado, o comentário apareceu. Então, considero humanamente impossível de ele ter lido o texto completamente, porque foi muito rápido mesmo. Rs.

        2. E não é fazer média. Ele pode ser titular sim, mas precisa entender aqueles pontos que destaquei no texto. E eu não quero e nem preciso fazer média com quem quer que seja, rs. Enfim, é isso. Obrigado pelo comentário e pela crítica.

  7. PH, eu sou do tempo em que o zagueiro saia para cobrir o lateral e o primeiro volante assumia a função do zagueiro. O Nelinho atacava muito e tinha cobertura do zagueiro e do volante. Piazza era volante e jogou uma copa do mundo como zagueiro. O que falta no Cruzeiro é sincronismo na cobertura e bons volantes de marcação. Já disse aqui neste espaço que o Ariel de segundo volante é uma lastima, pois não tem força de marcação e não sabe se posicionar como volante. O Sobis desde que chegou a Cruzeiro virou secretario de lateral e não marca gols mais. O segundo gol do Corinthians mostrou a falha do Mano ao posicionar os jogadores em campo. Naquele momento o time tinha o Romero, Henrique, Ariel e Robinho, teoricamente quatro volantes e mesmo assim o Fagner estava livre para fazer o cruzamento. Teve gente que chegou a culpar o Sobis por não acompanhar o Fagner, mas o Sobis era naquele momento o segundo atacante ao lado do Arrascaeta. O time tinha quatro volantes e nenhum fechando o lado esquerdo.

  8. Enquanto se discute, de forma bastante positiva, sobre o Arrascaeta, vem a notícia que Cabral será titular no domingo. “PelamordeDeus”, não aguento mais esse cara no time!!!…..rsrsrs…

      1. Ocimar, eu vejo que está passando da hora do Denílson ter oportunidades no Cruzeiro. Nesse meio campo, de longe é o que tem mais nome (óbvio que nome não ganha jogo!!!), mas na minha opinião ele é muito mais jogador que o Cabral. Onde já se viu um volante que não aguenta correr, como é o caso do Cabral?

  9. gostei do teu comentario,realmente este jogador precisa ser lapidado pois não tem nenhuma participação defensiva e dificilmente entrara no mercado de grandes craques. analizando o ultimo jogo contra o corintians ele concedeu 4 contra ataques para o adverssario com total condições de dar o passsa e não deu.no defenssores a equipe jogava totalmente em função dele e no cruzeiro todos tem de atacar e defender,esta tática é para times pequenos e o cruzeiro continua muito grande para o arrascaeta .esperamos melhoras neste contexto e ai sim sera o grande craque que precisamos.

  10. Bom, discutir Rafinha agora de nada adianta. Foi constatada a lesão e ele só volta em 2017. Temos que contar com Arrascaeta que é craque e deve ser cobrado para ser constante e raçudo. O problema é que ele foi convocado novamente para a Seleção Uruguaia…Perderemos ele nos jogos contra o Grêmio? Se sim, quem poderia substituir?abraços

  11. Isso mesmo Rodrigo Zaidan e outros, que estão enxergando a péssima gestão de Gilvan, Scuro e Vicintin e se preocupam sim com o nosso futuro. Em hipótese alguma o torcedor ficou preocupado com a saída de Rafinha, na verdade o Mano foi salvo por pela contusão. O Rafinha nunca foi um grande jogador, mas mediano, já é de idade e, ofensivamente, não faz a diferença e seria no máximo um reserva na série A. Porém, reconheço que tem sim muito mais vontade do que alguns come quietos que estão na Toca: 1) Henrique – péssimo, cerca Lourenço; 2)Ariel Cabral – não tem condição deixar o Denílson de fora e colocar um cara que não marca ninguém, só toma cartão bobo (1ª jogada), erra passes, lento e o 2º gol corinthiano também foi sua culpa; 3) Lucas – nem precisa falar mais. Não consegue bater sequer um lateral certo; 4) Edimar – culpa no 1º gol e tb no 2º, não devemos omitir que a zaga falhou tb, foi desatenta em momento importante. Mano pare com a panela, ficou provado que, tecnicamente, não há jogador igual ao Arrascaeta, que, apesar de meio desligado e não marcar bem, cria, faz assistências, parte para cima, abre espaços e faz a diferença. Estava escalado de forma errada! O grande problema para jogadores assim é a falta de volantes marcadores e com Henrique e Cabral não vamos a lugar nenhum. Fora: Henrique, Fábio (já ficamos livres até 2017), Lucas, Edimar, Ezequiel (máximo reserva), Cabral (O MANO JÁ O ESCALOU PARA A PARTIDA CONTRA O VITÓRIA: UMA VERGONHA!!!), William, Bruno Edgar, ETC. Situação de Élber e Alisson é uma incógnita e o custo x benefício tem sido péssima para o clube, pois sempre estão no DM, em momentos importantes. Reformulação total no elenco e foco na manutenção na série A. Aos saudosistas de MO, as frangas penaram para passar pelo Juventude, time de 3ª divisão, mesmo assim com ajuda do apito amigo (gol anulado irregularmente!). Cruzeirenses não vamos deixar que Kanil seja eleito!!

  12. Caro Pedro, o comentário que fiz no messenger na quinta é exatamente o que penso sobre esse texto, fico cada dia mais contente por sua forma de expor a opinião mostrando com detalhes o seu pensamento.
    Concordo que o Arrascaeta é um atleta fundamental para o elenco, mostrando que o técnico tem elenco para jogar de diversas formas (Alisson e Elber na velocidade, Marcos Vinicius pelo meio, Arrascaeta sendo mais ofensivo, Rafinha mantendo o meio campo mais compacto e assim vai …). Guardiola se tornou um grande técnico por pensar na superioridade do meio de campo, a Alemanha foi campeã assim também, portanto vc fez certo em afirmar que o futebol moderno exige compactação (Olha a mudança da Seleção com o Tite).
    Pra terminar quero citar a partida do Arrascaeta contra o Flamengo, ele errou tudo o que tentou, isso quando apareceu para o jogo. Quando o Rafinha entrou o time começou a jogar melhor. Então concordo com o seu texto e também torço muito para que o Arrascaeta faça bons jogos, não para que possamos queimar a língua, mas para que ele tenha alcançado uma evolução que hoje não se vê por completo.

    1. Essa é a questão, Bruno. A gente torce para que o jogador evolua e, para isso, a gente precisa apontar o que precisa ser melhorado. E, sem dúvida, ele é fundamental para o elenco. Os números estão aí batendo na nossa cara. Muitas assistências, vice-artilheiro do time na temporada. Já há evolução, mas no esquema que o Mano gosta, ele precisa melhorar alguns fundamentos (principalmente a recomposição) para ser titular.

  13. Prezado PH, como vai tudo bem?
    Eu começo escrevendo que embora não concorde com várias publicações que você fez, eu tenho que informar que concordei com muitas delas!!
    Hoje, eu concordo plenamente com você!!
    Desde a sua chegada, De Arrascaeta ainda não conseguiu uma sequência interessante e de encher os olhos no Cruzeiro. Esta história de alguns jornalistas de que ele está em fase de adaptação é para se pensar muito!! Já são quase 2 anos!! Bem, os possíveis motivos você expos de uma forma interessante!!
    Quanto ao nosso “querido” escritor “rebelde”, por favor não se importe!! Nem importância ao que referiu!! Cada um de nós tem o direito de pensar, defender e escrever seu próprio ponto de vista!!! Se quiser criticar, pode!!! Se quiser defender, pode!! O que aconteceu foi dificuldade técnica na compreensão do texto escrito por você!!! Você foi claro!!! Mas mal interpretado!! Pior ainda, foi querer reproduzir um trecho isolado de seus comentarios de uma forma totalmente fora do contexto!!!
    Este colega que lhe criticou de forma veemente, parece ser aquele torcedor que vai ao estádio e fica na porta de saída aguardando os torcedores que vão embora mais cedo, para saber porque já estão indo ou para dizer que espécie de cruzeirense é que abandona o time. Ou quem sabe inveja da sua posição à frente deste espaço!!
    Novamente, lamento o que se passou com você e te escrevo para dizer: parabéns!!! Você tem coragem em se expor e escrever quase todos os dias neste espaço!! Embora não seja jornalista, seus textos demonstram muita coerência no contexto descritivo. Mesmo que , não seja a mesma opinião de todos!! Continue e não desanime!!um grande abraço.

  14. Então resumindo quero dizer que o Arrascaeta, tem que jogar no time pq nas horas decisivas ele aparece como foi contra o corinthians e sem falar que ele gosta de humilhar as frangas.kkkkk Arrascanetaaaa.kkkkk

  15. Minha opinião:

    O que falta ao cruzeiro é uma saída de bola com qualidade. Um armador que saiba coordenar o meio campo e fazer a bola girar. Cansado de ver o Rafael ter que dar chutão e devolver a bola para o adversário. Quando conseguimos manter a posse de bola o time parece ansioso pra chegar à área adversária sem o mínimo de preparação da jogada. Houvesse esta boa coordenação na saída de bola, manteríamos sem riscos a posse de bola e municiaríamos os nossos bons atacantes em jogadas com muito maior chance de êxito. Aí sim, Arrascaeta e Sóbis teriam muito maior condição de criar.

  16. Concordo com você. O uruguaio Arrascaeta ainda está em formação. A presença dele no time me faz lembrar a “Era Montillo”. Quando a bola chegava ao pé do Montillo, o jogo era outro. Mais cadenciado e objetivo. Mais inteligente. Mais “plástico”. Mais bonito de se ver. No entanto, tinha a impressão de que, quando o Montillo estabilizava a posse da bola e levantava o olhar para o campo de jogo, ele não conseguia ver alguém bem posicionado para dar sequência à jogada. Ele não enxergava um companheiro. Daí, a iniciativa do Montillo em partir sozinho para enfrentar o adversário. Às vezes, dava certo. Muitas vezes não dava certo. Mas quando dava certo, a torcida celeste sempre aplaudia o ídolo pela beleza da jogada quase sempre convertida em gol. Sou de opinião de que o Arrascaeta é uma versão uruguaia do Montillo. Bem mais jovem. Falta ao Arrascaeta um companheiro no campo para “trocar figurinhas”. Lembra-se da dupla “infernal” Pelé – Coutinho? Tabelinhas incríveis! “Figurinhas trocadas” com precisão de relógio suíço. Na atualidade, temos o “trio MSN” do Barcelona que lembra um pouco a precisão da dupla santista. A minha esperança estava na contratação do Frederico Gino. Na época, achei que a intenção era essa. Mas, parece que não deu certo. Ou, não querem que dê certo. Infelizmente, o Cruzeiro não tem time à altura do Arrascaeta como não tinha na “Era Montillo”. Arrascaeta, à semelhança do Montillo, joga sozinho no Cruzeiro. Para o bem do Arrascaeta e do futebol espetáculo, o nosso Cruzeiro deveria negociá-lo – urgentemente – com o Barcelona ou Real Madrid. Ou com outro clube europeu de primeira linha que tenha estrutura de futebol capaz de lapidar esse raro diamante bruto do futebol uruguaio. Se este for o destino do Arrascaeta, teremos em breve mais um Bola de Ouro que passou pelo Cruzeiro.

  17. Excelente análise, PH. Como sempre. Eu vi muitos torcedores falando que a contusão do Rafinha é um reforço. Um absurdo pensar dessa forma.
    Agora estamos ficando sem substitutos para a meia ofensiva. Com a lesão do Rafinha e do Élber, sobrou apenas para o Alisson e Arrascaeta, como não dá para contar muito com o Alisson, uma vez que ele não consegue fazer mais do que três jogos seguidos, sobra só o Arrascaeta. O Mano vai ter dificuldades nesse setor quando o Arrascaeta for fazer os jogos pelo Uruguai.

  18. Concordo tb PH, o Arrascaeta é um jogador muito técnico mas ainda é um jovem, ainda sente insegurança e a camisa do Cruzeiro pesa!! Jogador pra brilhar no cruzeiro tem que ter personalidade o arrascaeta ainda é tímido!! Mas é um baita jogador..acredito que ele tem que entrar aos poucos…principalmente no momento delicado em que estamos…vamos aguardah!!

  19. Esse Paulo Henrique é um completo imbecil. Escreve, depois diz que não escreveu, não tem opinião, além de escrever muito mal. É impressionante como colocam um blog desser no ar

  20. A verdade é que o Arrascaeta ainda não se adequou ao sistema tático colocado pelo Mano Menezes,para mim apenas jogadores diferenciados devem ficar acima de sistemas táticos e hoje somente existe um e mesmo assim lá no time dele ele esta sempre voltando para marcar.Lionel Messi!

  21. Acho o Arrascaeta bom de bola, inteligente, mas é lento. Isso é uma característica dele, não vai mudar nunca. No gol que ele fez contra o Corintians ficou claro isso, ele arrancou primeiro, mas o marcador chegou junto com ele e quase evitou o gol. O Alex era assim também, os palmeirenses reclamavam da lentidão dele, mas tinha um passe preciso. O Arrascaeta também tem um passe preciso, dribla bem, mas não espere correria da parte dele. Já o Rafinha é veloz, mas não é craque, se fosse estaria na Europa, não teria voltado. Porém, é um jogador de muita determinação. É bom para qualquer time ter o Arrascaeta e o Rafinha, para o técnico montar a estratégia de acordo com cada jogo.

  22. Essa celeuma não nos leva a lugar algum. Vamos simplificar o fato: Arrascaeta é um “rough diamond” que ainda sim, precisa ser lapidado por esse e aquele motivo. Torçamos para que a sua performance contra o corinthians não tenha sido simplesmente um dos seus lampejos intermitentes, embora ela já tenha provado que tem talento e muito…

  23. O Arrascaeta é o jogador mais decisivo do time. Graças ao seu talento. Mas isso não impede que o treinador o utilize como arma no banco. Se ele entrar como titular, pode sofrer uma marcação forte e não render. É o que acontece com o Alison. Não aguenta jogar 90 minutos, mas precisa entrar um pouco mais cedo no jogo. Acho que ele ainda não pegou ritmo.

  24. Alguns tocaram na questão Abila e Arrascaeta… Coincidência ou não, vcs notaram que a queda de produção do Abila bate com a saída do Arrascaeta do time? Tá certo que ele perdeu inúmeros gol em quase todos os jogos, o que leva a crer que seja apenas coincidência. Mas que coincidiu, coincidiu!

  25. Infelizmente não são todos que enxergam o óbvio. A causa do Cruzeiro melhorar não foi a saída de Arrascaeta e entrada de Robinho. Cruzeiro ganhou corpo pela saída de Lucas e, fundamentalmente, pela entrada de ROMERO. Romero sozinho marca mais que Henrique e Cabral juntos.

  26. Pedro Henrique, os debates e os embates demonstram o tanto que o seu texto foi bom. Parabéns!

    Desculpe mudar de assunto, mas o meu sangue ferve. Tenho um irmão que chama o Henrique de cerca lourenço. Escreveram isso lá em cima. Futebol é isso e nesse ponto a análise do Mano foi perfeita, pois uma vez ele disse que os torcedores (eu diria a grande maioria) escala o time e tece opiniões a partir do gosto pessoal por esse ou por aquele. O cara não gosta do Henrique, então não enxerga, NÃO QUER ENXERGAR a importância dele para o Cruzeiro desde que foi trazido pelo Adilson Batista. Desde então, foi titular com TODOS os técnicos. Fez vários gols, inclusive em final de Libertadores. Desarma sem fazer falta. Faz falta quando não tem jeito. Distribui bem o jogo. Joga de cabeça erguida. Quase não machuca. Sai exausto no final de cada jogo. Está se mostrando um excelente capitão. Comete erros, alguns bizonhos, porque é humano e porque participa muito do jogo, não se esconde. Nem Pelé acertava todas. O Henrique teve fases ruins. Pelé também teve. Qual o jogador que acerta todos os lances e joga bem em todos os jogos?

    Mano suspenso por dois jogos. Castigo merecido. O Cruzeiro, em momento tão decisivo, é quem vai pagar o pato pela imaturidade e pela ignorância dele. Devia aprender com o Robinho e com o Sóbis como se influencia um juiz. Não precisa ser ostensivo, reclamar a cada lance marcado contra o nosso time com gestual agressivo. É muito ingênuo nesse ponto.Pra falar a verdade, é muito burro !!! Tivéssemos uma diretoria atuante, competente e atuante ele seria multado, da mesma forma que jogadores eram multados quando expulsos por bobeira.

  27. Amor e ódio com Arrascaeta??? não tem nada disso!!!
    Pra quem já esteve dentro das 4 linhas, mesmo que de forma amadora (mas de forma intensa), é fácil diferenciar o joio do trigo!
    e o Arrascaeta meu amigo é DIFERENCIADO, talvez tecnicamente acima de ER17 e RG, mas ainda não atingiu a maturidade dos mesmos!
    porém o principal problema, futebol hoje é conjunto!e o Cruzeiro não tem um bom conjunto desde 2014, o time de 2015 era HORRÍVEL melhorou um pouco com a chegada do Mano, mas nada acima dos rivais!o time de 2016 conseguia ser PIOR, agora com a chegada do Mano, Abila, Sobis, Edmar melhorou, mas a situação na tabela já era caótica, viramos o turno com miseros 19 pts na vice-lanterna, só a título de comparação no 2ºt em 12 rodadas fizemos 19pts!
    O correto foi dito por alguem aí acima, o Cruzeiro ainda não deu a Arrascaeta um time a sua altura!!!

  28. Somos Cruzeiro é o que importa , só um comentário breve , as laterais do cruzeiro é nosso maior problema na minha visão , Edimar nunca está na marcação , tomamos muitos gols por aquele setor , pois o mesmo fica o tempo inteiro junto aos zagueiros e não marca a lateral.

  29. Na minha opinião no domingo contra a Chapecoense quado mano colocou o Cabral teria que ter colocado o Arrascaeta, num jogo com 0x0 ele por o Cabral é brincadeira, e na quarta quando o Rafinha saiu eu tive medo sim, mas, foi com medo dele entrar novamente com Cabral, ainda bem que não , podem notar quando o Cabral entra como segundo volante o time cai de produção, na “minha” opinião o técnico não deve abrir mão das qualidades de seus melhores jogadores, todos sabemos que sempre os times do Mano são times de 1, 2 gols, trocando em “miudos retranqueiro”, conforme muitos colegas disse aqui o Arrascaeta, Sóbis, Robinho são os nossos jogadores mais habilidosos e na minha opinião teriam que jogarem mais próximos da área possível é por isso que tem no meio do futebol os Augustos Recifes, Romeros, Marcios Araujos e por ai vai, é da intermediária pra trás ,peso que o time tem que criar jogadas e hoje em dia é nas bolas parada, escanteios e alguns até em arremessos laterais perto da área, então trocam a criação por marcação e ainda dizem que os técnicos hoje em dia são estudiosos, estudaram para acabar com os jogadores habilidosos, é só olhar as divisões de base que comprovarão o que estou dizendo.

  30. Galera eu só espero que o Mano não dar uma de arrogante e faça igual o Paulo Bento e fica insistindo em colocar determinados jogadores que não está rendendo em campo, caso de Willian do bigode, de Arrogância já basta o senhor GILVAN, que para o ano que vem ele já poderia aproveitar a oportunidade e renunciar. Vamos lá Mano, seja racional e joga com a torcida colocar os melhores pra jogar. Saudações Celeste!!!!

  31. Não vi a reportagem, por isso não posso afirmar, mas me parece que vão colocar time misto contra o Vitória? Imagino que este é o jogo chave para sairmos desta situação , mas jogo é jogo e de repente os 3 pontos vem, mas é arriscado nesta altura do campeonato, se estiver errado me corrijam por favor.

  32. Lembraram aí do Montillo, eta jogador de bola dos bons viu. Saudades do nosso camisa 10, encaixaria perfeitamente neste time atual. Mas, lembraram do Montillo e infelizmente a gente tem de lembrar do tal do GPT.

  33. Pelo que tenho acompanhado até então ao longo da temporada esta relação de amor e ódio não vale só para o Arrascaeta. E com o Cruzeiro inteiro incluindo o time, jogadores, diretoria e até o blogueiro. Ô torcida bipolar.

  34. Marcelo Viana seu irmão entende de futebol e você, infelizmente, escuta os protetores do cerca Lourenço, Henrique – o cara é forte na Toca e na Atletiaia. É preciso colocar ordem nas coisas: você está enganado, pois Henrique NÃO foi titular em 2013 e somente assumia o posto no time quando Nilton se contundia e foi efetivado, a partir de 2014, quando o mesmo Nilton saiu do clube. Além disso, Henrique foi para o Santos (2012) e amargou banco durante um ano e GPT, com seu grande conhecimento de futebol, o trouxe de volta. Realmente: 1) não suja o uniforme e está sempre economizando a lavanderia; 2) não se contunde nunca – jeito tranquilão e passinho de urubu malandro – quantos gols sofridos com ele perdendo a bola e voltando lentamente, como se nada tivesse acontecido, ou melhor, fosse acontecer; 3) não recebe uma proposta para sair, pois é realmente um monstro, verdadeiro craque do Cruzeiro!; 4) distribui bem o jogo – discordo: recebe e toca para o lado e/ou volta para a zaga dar chutão para frente. Não arma nada; 5) capitão – este é o puro reflexo de um time inconstante, sem meio, laterais, alma e por isso estamos no sufoco. Complementando, para mim e vários colegas que comentam aqui, Henrique tem grande parcela de culpa pelos gols sofridos pela defesa. Fora, juntamente com Cabral, sobre o qual também sou crítico ardoroso pela lerdeza, falta de marcação, raça e improdutividade, porém Henrique se comparado a ele é seleção, mas não jogaria na minha!

  35. 1) Arrascaeta não é criticado pela torcida e sim por algumas raras exceções. Quando à sua função em Campo, ela é prejudicada como é prejudicada à do Sobis, pela incompetência dos treinadores brasileiros em armarem equipes coesas e que não exijam de seus atacantes exerceram a função de volantes, pela falta de homens de qualidade nesse setor. Contra a Chapecoense, em um ataque do deles, Rafael Sobis estava atrás da linha de Henrique e Robinho na defesa! Ao meu ver a falta de volantes com qualidades de combate a saída de bola é que prejudicam o rendimento de jogadores técnicos como os que temos na frente, incluindo Rafinha, que pra mim, também renderia mais na frente se não se matasse fisicamente como secretário de lateral! Matematicamente podemos perceber que com Arrascaeta, Sóbis, Ábila e Rafinha, recompondo só até a nossa intermediaria, ficam pelo menos cinco adversários para marcá-los, e temos um homem a mais na marcação atrás, desde que essa marcação seja firme! Feita por bons marcadores. Consequentemente, tomando a bola, temos gente na frente com pernas e qualidade para atacar/contra atacar;
    2) a perseguição da torcida que eu queria entender é com o Edmar! Depois que ele entrou nossa marcação pela esquerda ficou infinitamente melhor. Claro que erros e bolas nas costas vão acontecer, mas nem sempre por falhas individuais, mas coletivas. Por exemplo, nos dois gols do Corinthians e falha foi do posicionamento defensivo. Em ambos eles tiveram liberdade pra cruzar. No primeiro a bola chegou onde deveria estar um zagueiSó não estava no Mineirão porque estou de plantão pra Laura nascer! Mas cruzeirense não comemora momentos, resultados parciais, derrotas rivais ou “milagres”! Comemoramos vitórias épicas e títulos! Porque com essa camisa, nós não acreditamos… NÓS TEMOS CERTEZA!ro, mas os dois estavam no primeiro pau pra marcar um atacante. No segundo Edmar foi na marcação de Fagner sem cobertura e Bruno Rodrigo não marcava ninguém, enquanto Rildo balançava as redes livre! Contra o Palmeiras não tomamos gol, mas eles tiveram três chances claras no setor do Bryan, que é péssimo na marcação e ofensivamente! Edmar é sim limitado no ataque, mas cumpre bem seu primeiro papel que é marcar!
    3) Henrique jogou uma PARTIDAÇA contra o Grêmio e fez boas apresentações nos jogos seguintes. Mas voltou ao mais do mesmo contra o Corinthians, principalmente no primeiro tempo, quando com apenas um volante o Corinthians dominou o meio de Campo depois do nosso gol! Creio que essa melhora de seu a uma raça maior (fácil já que ele praticamente não tem), talvez em virtude de Mano ter sido cobrado após o primeiro jogo da CB, em virtude da facilidade que os adversários estavam tendo pra entrar em nossa área e/ou chutar de fora! Mas isso é típico do Henrique! Foi assim em sua histórica apresentação contra o São Paulo quando alguns jogadores tricolores afirmaram que jamais perderiam pro Cruzeiro com Henrique e Thiago Heleno! Vai lá, mostra serviço e vive dessas partidas por longos e longos anos! Lógico que podem discordar de mim. Mas citarei facilmente 15 lances capitais que nos tiraram títulos ou classificações por conta desse fraquíssimo jogador;
    4) Quando uma cidade elege um prefeito, depois de um primeiro turno em que votos brancos e nulos e abstenções venceram os dois candidatos mais votados, pelo amor/ódio futebolístico é de dar vontade de sumir do país mesmo! Já passou da hora de brigamos pelo direito de anulados uma eleição impedindo que os candidatos voltem a pleitear cargos públicos! É a única forma de exercermos nossa cidadania cobrando de quem não faz nada por nós e impedirmos que pessoas votem visando benefícios próprios, sejam de que natureza foram!

  36. O Arrascaeta é atacante, deveria jogar ao lado do do Abila formando a dupla de ataque. Não deve ficar sofrendo na recomposição e não pode ser cobrado por isso. Os meias que se virem para marcar, tiraria o Sobis.

  37. Amigos, quanto a preferência de técnico por um ou outro jogador é antigo, mas não quer dizer que o jogador seja unanimidade para o torcedor, 90% da torcida do Flamengo não quer o Márcio Araujo como titular, mas como o time vem tendo resultado então vai passando despercebido, assim como o Denilson que ainda não teve a oportunidade de ter uma sequência não saberemos se realmente ele não teria um lugar cativo no nosso meio de campo.

  38. Não tem nada a ver com o assunto, mas com aqui é um espaço para CRUZEIRENSES, vou falar: KALIL NÃO. “Ah, mas você mistura futebol com política”. Ele que vai misturar futebol com política. Se acha que o João Leite é ruim, vote nulo, branco, adoeça no dia da eleição. Mas não vote Kalil. Além de mal gestor, arrogante, despreperado, ainda vai fazer de tudo pra ferrar o NOSSO CRUZEIRO.

    1. Ferrar o Cruzeiro como amigo? Um prefeito não tem qualquer poder sobre um clube de futebol. E qualquer manobra de má fé para prejudicar o Cruzeiro seria notória e facilmente combatida. Ele poderia facilitar a vida do atlético, tipo aprovações e facilidades para construção de estádio ou algo assim. É mesmo assim não é tão fácil. Perfeito não faz o que quer não. Temos regras amigo. E no mais, qualquer manobra que envolvesse atlético ou Cruzeiro na prefeitura, seja pra prejudicar ou beneficiar algum, ficaria muito evidente e facilmente questionável. O Kalil pode ser o que for, mas Burti ele não é!

  39. Marcelo Viana
    Concordo com você.
    O Henrique é o único jogador que marca em nosso meio campo, a exceção de qdo joga o Romero, bom roubador de bola, mas sem qualidade no passe.
    O Henrique joga como primeiro volante, tem seus erros, mas qualidades muito maiores.
    Lembra que qdo saiu no jogo contra Chape nosso meio campo desapareceu.
    Eu tava lá e constatei in loco.
    Na minha opinião se ele jogasse com Denilson nosso meio de campo ficaria muito mais consistente. Mas o Mano insiste que o Denilson e reserva do Henrique, mas qdo este saí, ele opta por Cabral. Pra mim é demais…

  40. PH, o Arrascaeta tem a cara do Cruzeiro. Habilidoso, joga um futebol bonito e não tem medo de errar. Concordo contigo quando diz que ele ainda não atingiu a maturidade plena. Mas prefiro ele no time titular. O Robinho procura muito ele no jogo. Assim como os outros jogadores. Mas também temos qud entender o Mano quando o colocou no banco, pois precisava buscar alternativa para um time que estava com problemas. Talvez agora o Arrasca deslanche. Avante Zeirão.

  41. Admirado Companheiro Pedro Henrique!
    Jovem e talentoso cruzeirense, corajoso Blogueiro, torcedor lúcido, ser humano bem nascido e intencionado na vida, comprometido com o certo, com a ética e com o bem. Mas, como todos nós, seres humanos, mortais, falíveis, sujeitos a enganos, decepções e vitórias.
    Digo-lhe estas coisas porque frequentador desse rico espaço de opiniões e de reencontro com os companheiros cruzeirenses, sinto nele a alegria, a força, a vibração e a inteligência de nossa torcida sempre atenta aos nossos interesses, através de Posts que aqui afloram como avalanches e explosões de amor ao CEC, um dos nossos maiores patrimônio afetivos nessa efêmera vida.
    POR TUDO ISSO, CRUZEIRENSE VOTAR EM KALIL, É COMO PISOTEAR A BANDEIRA DE NOSSO CLUBE, APEDREJAR NOSSOS IMÓVEIS, RASGAR AS CAMISAS QUE JÁ USAMOS, ATIRAR AO LIXO TODOS OS TROUFÉUS DE NOSSA RICA GALERIA DE CONQUISTAS!
    Aqui é um espaço dedicado ao futebol, eu sei. Como TORCEDOR tantas vezes criticado, denegrido, maltratado, achincalhado por Kalill, não posso deixar passar esta oportunidade ímpar de cruzeirense para concitar nossa grande nação a retribuir-lhe, agora, nossa repulsa, mostra nossa força, eis que seu único partido é o CAM, como ninguém duvida! Ele jamais será o Prefeito do povo de Belo Horizonte e sim dos atleticanos. Esta é a sua missão, este é o seu compromisso! E ai, né… trair o CRUZEIRO, NUNCA, JAMAIS!
    Com relação à discussão Rafinha x Arrascaeta, entendo que os dois podem e devem jogar juntos. Um completaria o outro de forma espetacular. Não deu no jogo com o Coritiba por que não temos laterais e nosso meio de campo não marca ninguém. Alex, Talento Azul e Arrascaeta, são craques do mesmo quilate. O que falta ao Uruguaio é deixá-lo na criação, dar-lhe liberdade para jogar solto e termos meio de campo marcador e laterais que chequem juntos e não fiquem olhando o adversário fazer o que quer, como os senhores Edimar, Lucas e Cabral, tem feito e repetido a todo jogo. Nisto, a falha, a responsabilidade, a culpa é somente do Mano e desses seus protegidos e enganadores!
    Você também não precisava se justificar pelo belo e justo Post de reconhecimento ao Rafinha. Seu crédito conosco é grande e ninguém sem o rabo é cem por cento, como dizia meu falecido pai!!!

    1. Torcedor cruzeirense que cometer o disparate de votar em Alexandre Pulha K-iu PRECISA ser avisado: O capeta o espera, e de braços bem abertos, lá nos quintos do inferno. Terá, e por toda a eternidade, um abacaxi graúdo diário sem direito à cuspidinha.

    2. Ronaldo, mesmo sendo um assunto fora deste espaço mas se tratando da torcida celeste vou dar um pitaco, daqui do interior sempre ouvimos e sabemos que nossa torcida é maioria na capital e seria oportuno mesmo todos os cruzeirense tentar não deixar este fanfarrão ganhar as eleições, pra mim nenhum dos dois serve,mas entre os dois seria preferível o JL.

  42. Admiro a todos os torcedores que utilizam este espaço demonstrando seus vastos conhecimentos sobre o futebol e sobre o Cruzeiro. Dados estatísticos, posturas táticas e estratégicas a serem adotadas pelo treinador para o time, características de cada jogador, posições nas quais eles demonstram maior rendimento e eficiência, discussões sobre quem deve ou não deve ser titular… Reconheço que não possuo conhecimentos para debater essas questões à altura da maioria. Mas, de uma coisa eu tenho plena convicção: Embora tenha se classificado para a semifinal da Copa do Brasil, o plantel atual do Cruzeiro, que em todo o ano de 2016 sempre se demonstrou extremamente limitado tecnicamente, está perdendo peças importantes a cada dia, seja por excesso de contusões, seja por desgastes, suspensões, convocações… Volto a tocar numa tecla que está meio esquecida por todos, ou seja, a provável ineficiência do departamento médico ante a jogadores que se contundem a cada dois a três jogos, outros que levam longos meses e até anos para se recuperar… Sob este contexto, neste exato momento, em reta final de competições importantes, o Cruzeiro não pode se dar ao luxo de deixar um Arrascaeta no banco de reservas. É um absurdo! Sequer temos um banco minimamente qualificado. Se chegarmos ao ponto de só restar o Willian Bigode como opção para o ataque estaremos ferrados e o risco da queda para a série “B” estará cada vez mais real.

  43. Que tema polêmico! Mas concordo com você PH, na minha opinião, o Arrascaeta terá uma ótima oportunidade de se reafirmar e mostrar para muita gente, inclusive da imprensa , que chegaram a chama-lo de vagalume e ou, jogador de lampejos. Gosto do futebol do Arrascaeta e tenho certeza que ele vai evoluir muito ainda, tem potencial para ser um craque. Mas é fato que o time somente melhorou nos últimos jogos, porque tem jogado com mais aplicação tática, garra e mais vontade. O Arrascaeta precisa se enquadrar definitivamente nesse esquema, como fez contra o Corintians. Ele precisa ficar ligado no jogo enquanto estiver em campo. Aquela displicência que o acompanha em diversos jogos, ele precisa deixar do lado de fora. Se fizer isso, vai nos dar muitas alegrias. É bom lembrar que o Cruzeiro está em uma posição complicada e vai enfrentar verdadeiras batalhas nos próximos jogos. O mais importante é a equipe de modo geral, estar focada em livrar o clube dessa situação o mais rápido, para poder se concentrar na busca do título da Copa do Brasil e tentar salvar o ano de 2016.

  44. LI AGORA QUE O PEREBA DO HENRIQUE ESTA FORA, PENA QUE O ROMERO NAO POSSA JOGAR, COM DENILSON E ROMERO ESSE JOGO ESTAVA GANHO. MESMO COM ESSA COISA(EDIMAR) EM CAMPO. QUANDO O RAFINHA APARECEU MANCANDO E EI SER SUBSTITUIDO, VIBREI COMO SE O CRUZEIRO ESTIVESSE MARCADO UM GOLAÇO. PODEMOS FORMAR UM EXELENTE TIME E SO ARRUMAR 2 LATERAIS, UM ZAGUEIRO PARA JOGAR COM O MANOEL(PODE SER O DEDE), DENILSON E ROMERO NO MEIO, DISPENSEM LUCAS, EDIMAR LEO OU BRUNO RODRIGUES(UM DELES SERVE PARA SEGUNDO RESERVA) O PEREBA DO HENRIQUE PODE SER TERCEIRO RESERVA(CONTRATO DE 1 ANO E SO), GINO E CABRAL PODEM VAZAR. ASSIM SE FAZ UM TIME BOM.

  45. Continuo achando que o cruzeiro deveria priorizar o brasileiro , já perdeu o rafinha , o Henrique não vai jogar c o vitória , fui quarta e vi o tanto que os jogadores estavam cansados ao final do jogo , mas vamos torcer p ganhar amanhã é quarta , mas na minha modesta opinião é uma temeridade jogar c tudo nos dois torneios !

  46. `PH voce colocou o dedo numa caixa de abelhas. Arrascaeta é craque e o técnico precisa saber aproveiteitá-lo da melhor forma no time. Lembra do Alex com o Luxemburgo? Jogava o fino da bola o que não aconteceu com outros técnicos. Rafinha é jogador esforçado e útil, só isto! Arrascaeta melhora o desempenho de outros jogadores e faz o ataque ser mais efetivo e perigoso para o adversário. Abraços.

  47. CARO BLOGUEIRO. ACHEI IMPERTINENTE NESTE MOMENTO ESTE SEU TEXTO.
    ESTOU VENDO UM OBA OBA DESNECESSÁRIO.
    GANHAMOS DE UM FRACO TIME DO CORINTIANS, MAS A ZONA MALDITA AINDA NOS ASSOMBRA.
    DOIS JOGOS DIFICEIS NOS ES PERA. E MELHOR BAIXARMOS A BOLA E CONTINUARMOS TORCENDO CONTRA OS TIMES QUE ESTAO LA EMBAIXO CONOSCO. SENAO, NOSSA RAPOSA VAI PRA SEGUNDONA.
    ESTE TIME ATUAL DO CRUZEIRO E LIMITADÍSSIMO. SE FIZER UMA PENEIRA, ESCAPAM NO MINIMO 2 OU 3 ATLETAS, SERIA OFENSA DIZER “JOGADORES”.

    1. GETÚLIO, vc é outro que não leu o texto? O seu comentário sim que foi impertinente. O texto trata apenas de uma análise entre dois jogadores. Não fala nada de oba oba.

  48. PH, vejo neste espaço alguns colegas que não concordam com opiniões e falam besteiras, em vez de argumentar. É exatamente como você falou.
    E estas pessoas são tão retrógradas que afirmam que “um jovem de 22 anos, etc…”. Isso é uma idiotice. Vivemos hoje na era da informação e do conhecimento. E você os tem de sobra. É fácil perceber sua capacidade ao ler seus textos.
    Eu, por exemplo, nunca me dei bem com profissionais de minha área que tem acima de 60 anos. São atrasados, vivem de passado e não enxergam (na verdade, tem uma preguiça mental impressionante) um palmo à frente, se não lhes tirarem as viseiras.

    Portanto, experiência conta sim, é óbvio.
    Mas conhecimento é muito, mas muito mais importante.
    E você, apesar de ser “apenas um jovem de 22 anos”, como dizem esses acéfalos que o chamam de arrogante, manda muito bem.
    Não abaixe a cabeça para gente que não sabe ler, não sabe interpretar, ou seja, gente turrona que acha que sabe tudo e parou no tempo.
    Você não é arrogante. Apenas demonstra ter conhecimento. E para pessoas imbecis, quando o outro tem conhecimento (principalmente se for mais novo) é taxado de arrogante.

    Abraços e continue nos brindando diariamente (ou quase) com seus comentários. Eu sou freguês de carteirinha do seu blog.

    1. É opção dele. Certa ou errada, cada um faz suas escolhas, tem suas opções e opiniões. Não tem o que explicar. Não tem certo ou errado. Cada um tem a suas pelos seus motivos.

  49. Eu vejo a passagem do Arrascaeta no Cruzeuro como foi a do Tostão II na Toca. Era o melhor jogador daquele time na época, quando terminou uma temporada, nos anos 1980, foi negociado e ninguém nunca mais ouviu si quer falar seu nome.

  50. Menos, não radicalize meu caro Ednandes, estou chegando aos 70 anos e não devo nada a nenhum garoto, e inclusive a nenhum universitário a não ser respeito seja dos 1 aos 120 anos e tenho humildade para escutar e me dar bem tanto com uma criança tanto quanto um idoso e sem julgar se é inocente ou retrógrado, sabedoria não tem nada a ver com idade, me desculpe mas ninguém é melhor que o outro, porque ninguém é sabedor de todas as coisas, sempre vamos encontrar alguém que possa nos ajudar em alguma coisa seja criança.jovem ou idoso. Mas no momento o que interessa é o meu Cruzeiro sair desta posição e situação incômoda.

  51. Para mim é Crystal clear. Quem é bom… Tem técnica apurada é titular e pronto. Arrascaeta é o melhor do time. Tem seus autos e baixos. Como Alex na mesma idade tinha no Palmeiras. Então…. quem acha ele ruim e espera dele uma ótima atuação todo jogo, vai jogar FIFA e controlar tudo q ele faz. E passe raiva com quem jogar no lugar dele. Pq os ingleses já fizeram as estatísticas…. um jogador talentoso decide menos jogos a favor que um jogador ruim decide contra. (saiu no Esporte Espetacular tem uns 4 anos) Eu prefiro aumentar as chances de decidir a favor com ele em campo os 90 minutos que colocar outro que tem menos poder de decisão. Se vc acha q ele tem q dar mais raça…. só lamento tbm. Tem jogador que carrega o piano e tem jogador q toca… é isso.

    1. Ainda sente esse p…. de cheirinho?1xo pra noiz KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  52. PH, quanto ao erro que estava acontecendo ao enviar meus comentários, já descobri: está entre o teclado e a cadeira… rs*. Delete, por favor. Abraço Celeste. 💙

  53. Edgar Campos, seu analfabeto, você escreve em inglês através do tradutor do Google e não sabe nem o português corretamente, o correto é privilégio e não previlégio, SEU ASNO!!!!!!!!!!!!!!!!!

  54. Edgar Campos, seu analfabeto, você escreve em inglês através do tradutor do Google e não sabe nem o português corretamente, o correto é privilégio e não previlégio, SEU ASNO!!!!!!!!!!!!!!!!!

  55. Edgar campos, seu asno você escreve em inglês usando o tradutor do Google e não sabe que o correto é privilégio e não previlégio volta para a escola para aprender o português seu Burrrororororo!!!!!!!!!

  56. O time do Cruzeiro melhorou quando Rafinha substituiu Arrascaeta? Sim. Não por causa da substituição em si, mas pelo rearranjo das outras peças ofensivas

    Nos primeiros jogos com Mano, o Cruzeiro jogava com Robinho à direita, Arrascaeta centralizado e Sóbis à esquerda. Com esse posicionamento, o time ficava torto, empurrado para o lado esquerdo, porque Robinho centralizava as jogadas e Arrascaeta naturalmente busca também o flanco canhoto. Isso deixava Sóbis preso a linha lateral e o time, previsível, contando como única jogada ofensiva a ultrapassagem de Edimar. Além disso, o lateral esquerdo era a principal válvula de escape da saída de bola da equipe (já que Romero ficava no banco), deixando o time ainda mais restrito ao lado esquerdo. e, por fim, defensivamente, o Cruzeiro tinha uma deficiência no lado direito, pois Robinho centralizava também no momento defensivo, não marcando o lateral adversário. Lucas ficava assim exposto (Vide o gol do Atl.MG no clássico).

    Com Rafinha, Robinho passou a jogar centralizado e seu futebol cresceu. Ele toca mais na bola, participa mais do jogo e marca melhor pelo meio, atrapalhando o volante adversário. Sóbis foi à direita e deu mais segurança defensiva por ali (junto com a entrada de Ezequiel), além de criar jogadas no setor (1º gol contra a ponte). E Rafinha foi fazer o feijão com arroz no lado esquerdo.

    A formação ideal é com Sóbis (direita), Robinho (centro) e Arrascaeta (esquerda). Sobre a eterna ladainha de que Arrascaeta é jovem e ainda não está pronto, o cara tem 11 gols e 17 assistências no ano. Em 2013, Everton Ribeiro somou 15 gols e 15 assistências, já em 2014 foram 8 gols e 16 assistências. Será que realmente não temos o camisa 10?

  57. PH, o Arrascaeta que você quer, constantemente atuando em alto nível, não existe e não existirá. Todos os craques oscilam (vide Cristiano Ronaldo atualmente), somente jogadores ruins não oscilam, são sempre ruins.
    E, sim, ele ainda pode melhorar, mas quando isto acontecer ele não será o camisa 10 de um grande clube do Brasil, ele será negociado com algum clube no exterior, esta é nossa realidade.
    Assim, reconheço seus argumentos, mas discordo, prefiro um cara que dá 16 assistências (equipe, time, conjunto) e faz 10 gols, do que um operário como o Rafinha.
    Também concordo que o mais importante é a equipe, mas aí está o trabalho do bom técnico, encontrar o equilíbrio utilizando os melhores, não colocando-os no banco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *