Cotidiano

Cotidiano

aqui estou esperandoque o dia nasçaque o sol desponteque a chuva paree que o calor aumente aqui esperandoque os carros passemque a fila andeque as buzinas cessemque a paciência aumente esperandoque as horas voemque o tempo passeque o trabalho espereque o salário aumente aqui esperandoque o coração dispareque o pensamento voeque o telefone toqueque a esperança aumente estou aqui esperandoque a noite prometaque a lua … Continuar lendo Cotidiano

A menina da blusa - Fonte: Pixabay

A menina da blusa

Daniela Piroli Cabral contato@danielapiroli.com.br A menina da blusa Está assentada de pernas cruzadas Já sabe fazer flor de lótus Usa coque nos cabelos A menina da blusa Tem cabelos amarelos É minha menina dourada A menina da blusa Lê Escreve Sonha A menina da blusa Faz aniversário Completa todos os dedos das mãos A menina da blusa Imita E ri Diverte-se E projeta-se No breve … Continuar lendo A menina da blusa

Suco de laranja

Leānder Quadragesimae Às vezes eu me pergunto: como deve ser viver em outro corpo? Não me refiro aos pensamentos rápidos, que em momentos difíceis automaticamente nos fazem pensar na maior dificuldade do Luciano Hulk ou da Kim Kardashian (como se o dinheiro, a fama ou o sucesso fossem abrandar nossa angústia diante de nós mesmos). Porém, me refiro a ideia de viver em outro corpo … Continuar lendo Suco de laranja

Um movimento de partida

  Silvia Ribeiro Uma página em mim. Os meus olhos corriam entre aquelas emoções avidamente, como se entrassem em becos profundos, se perdendo cada vez mais naquela nostalgia. Tentava encontrar os meus sentimentos dentro daquelas vírgulas, importunando as minhas memórias, no entanto, alguma coisa me deixava intranquila. Tudo me parecia predestinado e o meu olhar escapulia daquele cenário, causando a impressão que não era eu … Continuar lendo Um movimento de partida

Paradoxos imponderáveis - Fonte: Pixabay

Paradoxos imponderáveis

Daniela Piroli Cabral contato@danielapiroli.com.br Para toda memória, há o esquecimento Para toda visão, há a cegueira Para toda uniformidade, há o desvio Para todo conhecimento, há o humano Para toda segurança, o imponderável Para toda quantificação, a narrativa Para todo tempo, o desejo Para todo absoluto, o escape. * Curta: Facebook / Instagram Continuar lendo Paradoxos imponderáveis

Conversa na varanda

Rosângela Maluf Tenho prá mim que acabou Tamém acho… Falei com ela, dá certo não Pois é… Tá triste de dá dó Intão… Vai miorá Vai  sim ……………………………………………………… – Tá fechada no quarto? Vi não… Acho que tá chorando É natural… Fico com pena Fazer o quê… ……………………………………………………. – Mãe, vem cá Essa toáia aqui, vou deixá Renda branca, coisa fina Buniteza, óia só Usa … Continuar lendo Conversa na varanda

Conversando com Deus - Fonte: Pixabay

Conversando com Deus

Daniela Piroli Cabral Eu caminhava na escada que alcançava o céu E encontrei Deus misturado nas densas nuvens que encobriam minha visão do azul Com ele conversei Nada pedi, somente agradeci Estou com a sua mão, pensei Eu não sabia e cada vez sei menos Houve um breve instante revelador que se espalhou por toda uma existência Soube-me frágil e incompleta Eu subi a montanha … Continuar lendo Conversando com Deus

Placa no caminho - Arquivo Pessoal - Turismo, escritores e suas casas

Turismo, escritores e suas casas

Sandra Belchiolina de Castrosandra@arteyvida.com.br CORA CORALINA Tive a alegria de ver Cora Coralina ser homenageada num roteiro turístico. Também, presenciar o “Caminho de Cora Coralina”, da Agência Estadual de Turismo de Goiás (Goías Turismo), ser o segundo colocado nas iniciativas de destaques do turismo brasileiro. Prêmio para o quesito: Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo. Assim, Cora Coralina “chegou chegando” pedindo licença para Guimarães … Continuar lendo Turismo, escritores e suas casas

Tela inédita - Fonte: Pixabay

Tela inédita

Daniela Piroli Cabralcontato@danielapiroli.com.br Hoje a parede é paisagem inéditaSombras perfeitas, linhas retasInstante fugaz Ela é monocromática, opacaMas carrega a natureza para dentroRevelaproteção prescindívelCamadas de superstição Ela é sombra da luz do sol na rotinaInspiração que lembra tédio e loucuraRecolhimentoIndispensável introspecção Continuar lendo Tela inédita

O poeta não morreu

Daniela Mata Machado Todo mundo é parecido Quando sente dor Mas nu e só ao meio-dia Só quem está pronto pro amor Dizem que atualmente quem quer esconder a idade precisa postar a foto da sua vacinação, digamos, uma semana depois da data real. No meu caso não ia funcionar porque o meu gosto musical entrega tudo. Esta semana eu estava ouvindo o Barão Vermelho … Continuar lendo O poeta não morreu