Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Tabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Teletrabalho - Fonte: Pixabay

“Entre uma pia de louça suja e as lições escolares”: por uma feminilização do mundo do trabalho

Daniela Piroli Cabralcontato@danielapiroli.com.br Na semana passada, falei um pouco sobre os discursos de invisibilidade do teletrabalho e, como a temática é complexa e as dificuldades do homeoffice estão na ordem do dia, resolvi continuar abordando o assunto do ponto de vista feminino. Uma paciente, cujo regime de trabalho migrou exclusivamente para o teletrabalho por causa […]

Leia Mais

Teletrabalho - Fonte: Pixabay

“Quem não é visto não é lembrado”: reflexões sobre os discursos da invisibilidade do teletrabalho

Daniela Piroli Cabralcontato@danielapiroli.com.br O teletrabalho, trabalho remoto ou homeoffice (que tem as variações em inglês, telework ou telecommuting), está associado ao trabalho que é realizado remotamente, por meio das Tecnologias de Informação e comunicação (as TICs), o que possibilita a obtenção dos resultados da profissão em um local diferente daquele ocupado pela pessoa que o realiza […]

Leia Mais

Notas sobre a perversão e o discurso de ódio - Fonte: Pixabay

Notas sobre a perversão e o discurso de ódio

Daniela Piroli Cabralcontato@danielapiroli.com.br “Não negocie com o mal. Jamais concorde, seja por pena, chantagem ou por qualquer outro motivo, em ajudar um psicopata a ocultar o seu verdadeiro caráter” (SILVA, 2008). Há muito tempo queria ter escrito sobre perversão, motivada pela percepção de que parte dos sofrimentos da clínica estão relacionados a traços de comportamento […]

Leia Mais