Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

O horror que habita o século XXI

O horror que habita o século XXI – Foto: Steve Ludlum/The New York Times)
Sandra Belchiolina
sandra@arteyvida.com.br

20 anos que o mundo parou,
e nunca mais foi o mesmo.
As Torres Gêmeas não mais
O sossego no ir e vir das pessoas
Não mais
Imigrantes se atiram em mar gelados
Muitos morrem
Presidente poderoso separa crianças de mães
Talibã faz mãe entregar filhos ao soldado
Pessoas morrem no desespero da fuga
Pessoas morrem de Coronavirus
E morrem mais num pais chamado Brasil
A tal republica das bananas
Que gostam de criticar
Mas depois do dia de sua independência
Com o insano presidente
Como não rir ou chorar de nervoso
Como o ditado diz
Presidente sem lei
Que faz comício com o dinheiro publico
Mas o feijão o povo não tem
A gasolina também não
A inflação …
Ahh…essa tem

O horror de 7 de setembro
Também tem
O horror nacional
O horror particular
E na paralisia com olhar de horror
Um discurso escutado
Um discurso narcísico
Um discurso de quem está fora da lei
E a tristeza continua
Quando você vê pessoas queridas
na defesa desse discurso
Há 100 anos Freud apresentava ao mundo seus estudos sobre a Psicologia das Massas. Nele Freud aponta como um líder negativo captura e hipnotiza pessoas para atuarem a seu favor.
Triste realidade onde os laços sociais estão interrompidos por questões de extrema radicalidade no discurso de ódio e sem o diálogo que a pólis exige.

Ps: consegui formular essa pequena reflexão sem formato. Ainda me faltam palavras para elaboração de um texto que faz jus de tamanho horror.

*
Curta: Facebook / Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.