Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Amargo

Amargo - Fonte: Pixabay
Amargo – Fonte: Pixabay
Daniela Piroli Cabral

Meus olhos só querem se fechar
Saturados de tanto ver
O choro sai
O espelho quebra
Estilhaços

Tudo perdeu a graça
Queria que você tivesse morrido
Queria eu mesma ter morrido
Eu tive medo de cair
Eu tive medo de querer pular

Não vou contar essa estória
Não vou (re)escrever a nenhuma história
Já fui até as estrelas e viajei no universo
Prefiro o gosto amargo

Onde eu fui parar?
Eu ia te matar
Mas ontem eu morri
A flor murchou

Vou chorar até encher o canto do olho
O copo, o peito, o mar
Vou chorar até transbordar
Vou chorar até esvaziar a alma
Vou chorar até secar o amor

Vou chorar até esvaziar todo ele para fora de mim
E ele, ali, no chão, jogado
Seco, enrugado
Agonizante e sem vida
Olhará para meus olhos e vai querer saber:
“-Da onde eu vim?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.