Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Auto-amor

Auto-amor - Fonte: Foto da autora, Jardins de Monet, outubro de 2016
Auto-amor – Fonte: Foto da autora, Jardins de Monet, outubro de 2016
Daniela Piroli Cabral
contato@danielapiroli.com.br

Entrega e confia.

Tudo vai passar. Eu sei das complexidades, das perplexidades, da sua necessidade de saber, da sua vontade de prever e de querer controlar. Eu sei das suas dores. 

Calma. 

Tudo está em seu lugar e só vai se mover quando você estiver pronta. 

Tudo vai passar. 

Cada dia traz consigo as perdas. O sol que se põe. A folha que cai. A gota que escorre. O mar forte que te leva além da arrebentação. A lava quente do vulcão.

Cada dia traz consigo os ganhos. O sol que nasce. A semente que brota. A lágrima que cai. O mistério delicado do bater das asas das borboletas amarelas. Os teus passos curiosos que desvendam novos caminhos.

Cada dia carrega em si a transformação. O vento, a vertigem, o casulo, a fina teia da aranha.

Toda noite traz o movimento, mudanças no céu, alinhamentos dos sonhos. 

Confia e entrega. 

Eu sei do tanto de amor que você tem para dar. E sei do quanto esse amor se chama vida para você. Mas não tenha pressa. 

Tudo vai passar, o seu lugar é bem aqui, no presente. 

Daqui a pouco você será outra. Sem pressa e sem força. Apenas você mesma. Aparecerá mudada e nua, na sua própria essência. 

E, natural, já terá mudado o mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.