Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Buenos Aires de Borges, Carlos Gardel, Evita Perón, Maradona, das parrillas… Parte II

Sandra Belchiolina
sandra@arteyvida.com.br

Parte I

Sem dúvidas, três grandes nomes ecoam por Buenos Aires: Evita Peron, Carlos Gardel e Jorge Luis Borges.

Vamos falar um pouco deles e onde estão os maiores atrativos de Buenos Aires relacionados às suas memórias.

Maria Eva Duarte de Perón – Evita Perón, filha bastarda que teve uma infância pobre e desde nova desejava ser atriz. Conheceu Juan Carlos Perón, com quem se casou. 

Ingressou na política e tornou-se um mito na Argentina. Morreu aos 33 anos, com câncer de útero e até hoje é referenciada pelos argentinos. Em 1996, o filme Evita com Antônio Bandeiras (Juan Perón) e Madona (Evita) estava nos cinemas do mundo.

No Brasil, Evita – O Musical (2010) com Daniel Boaventura e Paula Capovilla reviveu o amor e conquistas do casal nesse musical aclamado.

Um dos atrativos turísticos de Buenos Aires é o Cemitério de Recoleta. Alí, estão mausoléus dos políticos e artistas portenhos. O de Evita é o mais visitado até hoje.

Foi inaugurado, também, no 50º. Aniversário de sua morte, em 2002, o museu em seu nome.

Carlos Gardel - Foto extraída da internet
Carlos Gardel – Foto extraída da internet

Carlos Gardel – Alguns estudiosos sustentam que ele nasceu na cidade de Toulouse, na França. Mas, conforme ele mesmo dizia: “nasci com dois anos e meio em Buenos Aires”. Cantor e ator foi um grande divulgador do Tango pelo mundo. 

Atualmente, há várias casas de show de Tango em Buenos Aires e uma das mais tradicionais carrega seu nome – Esquina Carlos Gardel.

A casa está no coração do bairro de Abasto, na rua que também leva seu nome. Ela foi construída no mesmo local do antigo Hotel/restaurante Chanta Cuatro, que testemunhou a adolescência de Carlos Gardel.

Jorge Luis Borges – renomado escritor argentino e indicado ao Oscar muitas vezes, apesar de não tê-lo recebido.

Borges não era fascista como muito quiseram acreditar. Ele não gostava da política e todos os seus fanatismos, quer seja de esquerda ou direita.

Segundo ele: “as ditaduras são execráveis porque fomentam a opressão, o servilismo, a crueldade. Ainda mais abominável é o fato de fomentarem a estupidez; distintivos como slogans idiotas, manifestos dos chefes, os vivas e abaixos preestabelecidos, as cerimônias unânimes, a disciplina que toma o lugar da razão. Combater essas tristes monotonias é um dos muitos deveres de um escritor.”

Jorge Luis Borges - Foto extraída da Internet
Jorge Luis Borges – Foto extraída da Internet

Além de propagar uma de suas máximas: “o casamento é um triste destino para as mulheres”.

Buenos Aires tem um roteiro para os amantes de Borges e alguns desses lugares são para todo.  A Praça San Martin era seu reduto, pois morava praticamente na esquina na Calle Maipú, 944.

Frequentava a Libreria de La Ciudad que fica enfrente. Escreveu um poema que leva o nome da praça.

Café Tortoni – cafeteria ícone de Buenos Aires, sendo uma das mais antigas das Américas, funciona desde 1858.

Em suas mesas já sentaram Carlos Gardel e Borges. Há apresentações de Tango nesse ambiente da Belle Époque.

Clique aqui para ver roteiro completo de Borges.

Carlos, Borges e Evita são contemporâneos nascidos respectivamente em 1890, 1899 e 1919. Fizeram a história da música, literatura e política da Argentina e são relembrados desde então pelo mundo.

Para saber mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.