Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o Ecossistema de Inovação Brasileiro. Instagram: @beatrizbevilaqua

Unicórnio VTEX oferece bolsas de estudo para mulheres em curso de e-commerce

As selecionadas pelo programa, estarão automaticamente no processo de seleção das vagas VTEX

A unicórnio VTEX, empresa de tecnologia para o comércio eletrônico, acaba de abrir inscrições para uma nova edição do Programa de Aceleração de Mulheres na Carreira de Digital Commerce: o Women in Digital. A área cresceu mais de 40% apenas nos últimos dois anos e por apresentar esse crescimento acelerado, hoje é considerada como uma das carreiras mais promissoras do futuro.

Segundo as últimas pesquisas divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), as mulheres são maioria dentro das universidades brasileiras, no entanto elas representam somente 17% dos profissionais da área digital. Além disso, no terceiro trimestre de 2020, o Brasil registrou 8,5 milhões de mulheres a menos na força de trabalho, na comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo dados do IBGE. Pensando nesse atual cenário de pandemia, aceleração da digitalização e aumento do desemprego entre as mulheres, a VTEX se uniu novamente à Stoa para oferecer gratuitamente a formação e inclusão de mulheres (cis ou trans) universitárias no varejo digital.

A Stoa é uma edtech sem fins lucrativos que acelera o aprendizado de profissionais para o mercado digital. Nesse projeto específico, o objetivo é capacitar mulheres para a retomada da economia. O programa é gratuito para pessoas acima dos 18 anos e que se identificam com o gênero feminino. O único requisito é que estejam no último ano de faculdade ou tenham se formado em até 1 ano em qualquer curso ou instituição. As alunas terão uma programação intensiva durante seis semanas com especialistas mulheres da VTEX e receberão certificação de analista de e-commerce. Além disso, as selecionadas pelo programa, estarão automaticamente no processo de seleção das vagas VTEX. 

“Queremos apoiar mulheres universitárias que tenham potencial talento para atuar em áreas de tecnologia, mas que não tiveram incentivo ou acesso à oportunidades. Nosso objetivo é que elas tenham mais possibilidades de empregabilidade e que ao mesmo tempo consigamos diminuir algumas das desigualdades sistêmicas no mercado.” explicou Nairana Leal, CEO da Stoa.

Para Natalia Zuca, Digital Strategy Manager da VTEX, a grade do curso é levar mais do que educação formal, mas também inspiração. “ As alunas têm contato com outras mulheres que compartilham suas próprias trajetórias, mostrando que é possível trabalhar e prosperar no digital. É um curso de mulheres apoiando outras mulheres”, disse.

Na última edição, 97% das alunas conseguiram emprego e muitas se disponibilizaram como voluntárias para ajudar nessa edição. O programa tem mais de 100 horas de conteúdo que é compartilhado de forma colaborativa por mais de 70 funcionárias da VTEX, todas mulheres.

“Graças ao Women In Digital, recebi uma proposta de emprego para ser responsável pelo Marketing do e-commerce da Cybelar. O desafio é grande, e já utilizei diversas vezes os materiais do curso para guiar apresentações, tomar decisões, e até mesmo incentivar outras pessoas a entrarem nesse universo maravilhoso, que brilha meus olhos”, disse Ingrid Soares, participante da última edição.

Já Eduarda Lugarinho tinha o sonho de vender produtos da Amazônia – sua terra natal, e levar as riquezas da região para mais lugares, além de ajudar os pequenos produtores locais. “Depois do programa a vida deu uma virada no quesito profissional. Ainda no programa, consegui um estágio na área de estratégia e desenvolvimento de negócios digitais. Meu projeto pessoal de Marketplace também foi aprovado em um edital da fundação do Estado do Pará, onde estou desenvolvendo um protótipo de Marketplace Amazônico”, disse emocionada.

O processo de seleção será composto por 2 (duas) etapas eliminatórias executadas em formato 100% on-line, nas quais serão selecionadas para o programa, por meio de testes, vídeos e aplicação de cases, as candidatas que apresentarem maior afinidade e familiaridade com o mundo digital e aderência comportamental ao universo de digital commerce. As inscrições para o processo seletivo devem ser realizadas por meio do site www.womenindigital.academy até o dia 17 de abril de 2021. Não há nenhum custo para inscrição e participação no programa. As vagas são limitadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.