Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o mundo do empreendedorismo & startups. Apaixonada por tecnologia!

Para comemorar o dia do empreendedorismo, fundadoras de startups revelam obras que foram importantes em suas trajetórias

O Dia do Empreendedorismo Feminino é comemorado em 19 de novembro e para celebrar a data, algumas empreendedoras separaram dicas de leituras essenciais para quem quer estudar e entender melhor o mundo dos negócios. Confira a lista a seguir:

Carolina Dassie – Hisnek: Carolina Dassie é CEO e fundadora da Hisnek, startup de saúde que usa a tecnologia a favor da vida.  A empreendedora indica a leitura do livro “Aonde quer que você vá, é você que está lá” do Jon Kabat-Zinn. A obra tem como tema o mindfulness, uma técnica importante para cultivar a atenção plena na vida diária. Isso ajuda a manter a calma e a saúde mental, por isso é uma das atividades propostas pela solução da Ivi. “Estou tentando aplicar esses conceitos no meu dia a dia, pois, como empreendedora, trabalho sempre muito acelerada. Para diminuir essa agitação, estou, com esse livro, me aprofundando na meditação para melhorar a saúde mental” afirma Carolina Dassie.

Dani Junco – B2Mamy: Dani Junco, além de fundadora e CEO da B2Mamy, primeira empresa que capacita e conecta mães ao ecossistema de inovação e tecnologia para que elas sejam líderes e livres economicamente, também dirige um sarau virtual da B2Mamy com a leitura de livros sobre negócios, comunidade e nova economias. Alguns livros que a empreendedora recomenda e que serão discutidos em futuras edições são: “Liderança Shakti: O Equilíbrio do Poder Feminino e Masculino nos Negócios” das autoras Nilima Bhat e Raj Sisodia, “O jogo infinito’ Simon Sinek e “Dar e Receber” de Adam Grant.

Alline Goulart, Sócia e Diretora de Operações da Semente Negócios: Entusiasta de um mundo mais sustentável, justo e feminista, Alline Goulart é jornalista por formação e, acreditando que poderia oferecer bem mais a sociedade, caiu de cabeça no universo do empreendedorismo.

A dica de leitura da empreendedora é para quem deseja se inspirar em uma mulher com uma sólida experiência e encontrar as diferenças entre ser uma liderança masculina e feminina, o livro “Faça Acontecer”, de Sheryl Sandberg, COO do Facebook, fala sobre sua jornada de descoberta como diretora e empreendedora mulher. Já para quem deseja explorar as diferentes posturas profissionais, o livro “O Poder do Quietos”, de Susan Cain, traz a luz as características de introvertidos e extrovertidos, mostra como se deve criar, como empreendedoras, ambientes de trabalho mais seguros e com maior autonomia. Em tempos pandêmicos é um sopro de autocuidado conseguir “desligar” e ter contato com o próprio interior.

Denise Asnis – Cofundadora da Taqe: Com o olhar voltado para a gestão de pessoas, sustentabilidade e educação corporativa, Denise Asnis experienciou os mais diversos ambientes e constatou que seu melhor skill é fazer acontecer por meio de uma construção colaborativa.

Dentre as leituras que marcaram a vida da empreendedora estão os livros: “Como os Inconformistas Mudam o Mundo”, de Adam Grant, e que conta histórias reais de como de construir ideias originais, enfrentar o conformismo e romper com tradições; e “Liderança Shakti: O Equilíbrio do Poder Feminino e Masculino nos Negócios”, de Nilima Bhat e Raj Sisodia, e que apresenta uma provocação para encontrarmos um equilíbrio, um estilo de liderança cooperativo, criativo, inclusivo e empático.

Ana Carolina Peuker, psicóloga e fundadora da Bee Touch: Esta CEO também indica o livro Faça Acontecer, da Sheryl Sandberg, afinal, ele é considerado fundamental para entender sobre os desafios que as mulheres enfrentam para progredir em suas carreiras, o livro Faça Acontecer, escrito por Sheryl Sandberg.

As mulheres têm poder e devem ir em busca dos seus ideais, por isso, para ela, o livro foi uma inspiração para acreditar no seu potencial e ver que também era possível tornar os seus sonhos uma realidade. Inclusive, Ana acredita que a leitura é recomendada para líderes homens, afinal, embora tenha o movimento para as mulheres ocuparem lugares de destaque e posições igualitárias, ainda há um predomínio de homens em cargos de liderança. Esse livro é quase um manifesto por um mundo mais justo e igualitário.
Por último, ela reforça que, infelizmente, por fatores que são construídos culturalmente as mulheres acabam criando obstáculos internos que prejudicam o seu desenvolvimento de carreira. Aqui, é necessário uma reflexão que, embora haja desafios externos, também é interessante olhar por esse prisma – do quanto a mulher também pode criar obstáculos internos que precisam ser superados e desconstruídos. Temos que acreditar mais em nós!

Rafaela Basetti – Wishe: A Wishe é um grupo de investimento focado em startups inovadoras lideradas por mulheres que tem como objetivo eliminar o gap de gênero no ecossistema de startups, levando capital para empresas fundadas por mulheres com alto potencial de crescimento, oferecendo educação e conexão para quem investe e gerando valor econômico e impacto social.

O livro “A coragem de ser Imperfeito” da Brené Brown me inspira sempre e ela escreve muito bem sobre vulnerabilidade, o empreendedor precisa abraçar esse sentimento para viver com as dores envolvidas no processo. Ela também fala muito sobre liderar nesse lugar de vulnerabilidade. Gosto também de “Lean In” da Sheryl Sandberg porque ela se aprofunda muito na questão do empreendedorismo feminino e da equidade de gênero do papel da mulher no mercado de trabalho e como você pode desenhar esse papel. A Dani Junco me apresentou “O Jogo Infinito” do Simon Sinek e é um livro super inspirador de mudança de mentalidade para construir com as pessoas e não contra elas.

Fernanda Medei – Medei : Fernanda  é advogada e CEO da Medei, plataforma com solução para tornar as demissões mais transparentes, ágeis e humanas.

A dica de leitura da empreendedora é Receita Previsível, Aaron Ross e Marylou Tyer, que fala diretamente com quem quer evitar perdas de tempo e de dinheiro a partir de cases reais, além das obras de Brené Brown, A coragem de ser imperfeito e A coragem para liderar, com questões como vulnerabilidade e confiança no ambiente de trabalho.

Nara Iachan – Cuponeria: Apaixonada por empreendedorismo, marketing e inovação, Nara Iachan é Forbes Under 30 e fundadora da Cuponeria, primeira e mais completa plataforma de cupons grátis do Brasil. Dentre as leituras que sugere estão algumas de cabeceira como The Hard Thing About Hard Things, Ben Horowitz; Transformação radical: 6 estratégias que irão revolucionar o seu negócio para ter a inovação como diferencial competitivo e A estratégia da inovação radical: Como qualquer empresa pode crescer e lucrar aplicando os princípios das organizações de ponta do Vale do Silício, ambos do Pedro Waengertner e A Regra é Não Ter Regras: A Netflix e a Cultura da Reinvenção, de Reed Hastings, Erin Meyer, Alexandre Raposo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.