Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o Ecossistema de Inovação Brasileiro. Instagram: @beatrizbevilaqua

Minissérie em podcast conta a trajetória empreendedora de mulheres em busca de protagonismo de suas histórias

Quais as questões que mais afetam a trajetória profissional de mulheres brasileiras em situação de vulnerabilidade? Essa é a pergunta que conduz a minissérie em podcast Vozes da Resistência, do programa Happy Hour Com Elas.

Produzida pela Rádio 2, em parceria de conteúdo com a Rede Mulher Empreendedora, a minissérie em cinco episódios é lançada hoje (10/09) nas principais plataformas de streaming.

Com apresentação de Caroline Marino, jornalista especializada em carreira, RH e negócio, e coautora de “O mundo (quase) secreto das startups”, o programa vai retratar, em cada capítulo, o universo de mulheres gordas, mães, periféricas, negras e trans que encontraram no empreendedorismo a saída para serem protagonistas de suas histórias e negócios.

“Nós unimos esforços com a RME para levar ao ar histórias de mulheres fortes, resilientes e criativas, que não se sujeitam a estereótipos e mostram que podem, sim, ocupar o lugar que elas quiserem na sociedade”, explica Patrícia Sperandio, idealizadora do projeto.

Com curadoria da RME, a minissérie contará com as participações de Flávia Durante (Pop Plus), Amanda Momente (Wonder Size), Elizandra Cerqueira (Bistrô Mãos de Maria), Gabriela Mendes Chaves (Nofront), Michelle Fernandes (Boutique de Krioula), Adriana Barbosa (Feira Preta), Juliana Martins (Fico com a Cria), Fernanda Nascimento (Stratlab Planejamento Estratégico e Marketing Digital); Fernanda Kawani Custódio (Translúdica) e Maite Schneider (TransEmpregos).

Em cada episódio, duas mulheres empreendedoras relatam suas trajetórias e, em todos eles, Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora e do Instituto RME, apresenta informações, faz reflexões e orienta sobre competências para inspirar outras mulheres a serem bem-sucedidas em seus negócios.

Segundo Ana Fontes, a escolha dos nomes e dos temas levou em conta a representatividade. “Infelizmente, vivemos em um país onde não existe igualdade de gênero. Estamos avançando, ainda que lentamente, mas nossa missão é empoderar todas as mulheres e meninas para que tenhamos um futuro melhor e com mais oportunidades para as próximas gerações”, explica.

A minissérie terá um capítulo por semana, sempre às quintas-feiras às 18h, com estreia no Spotify, no Deezer e também no site radio2.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.