Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o Ecossistema de Inovação Brasileiro. Instagram: @beatrizbevilaqua

Marathon Cycle: conheça o ciclo das maratonistas e os equipamentos da Authen

Vanessa Kotters, Diretora de Produtos da Authen

Durante muito tempo as mulheres corredoras só podiam contar com os tênis específicos para cada etapa da corrida. Desse modo, usavam roupas de academia, inadequadas para a correr.

Foi então que o engenheiro mecânico Christopher Spikes, percebeu que apesar da presença de grandes marcas do vestuário esportivo mundial, o mercado brasileiro não tinha empresas especializadas em roupas e acessórios que melhorassem o desempenho das atletas, como tecidos tecnológicos, e adaptados ao biotipo da mulher brasileira. Todas estas marcas usavam o padrão estrangeiros para construção da modelagem das peças.

Pensando em atender essas necessidades,  fundou a Authen, primeira empresa a produzir uma linha de roupas de performance acessível para corredoras brasileiras. Nesse cenário, a marca de technical activewear especializada em corrida, desenvolveu o Marathon Cycle, uma jornada inspirada no ciclo das maratonistas que engloba cinco etapas de treinamento para corrida, com uma linha de produtos projetada especificamente para cada uma dessas etapas.

“Assim como existem diversos modelos de tênis, percebi que com as roupas não poderia ser diferente. Um tênis para correr uma longa distância é diferente de um tênis para curta, pois a velocidade e o terrenos são diferentes. Dessa forma, uma bermuda para corrida de longa distância também precisa ser diferente de uma bermuda para fazer academia”, explica Christopher Spikes, fundador e CEO da Authen.

Com uma engenharia rigorosa introduzida por Spikes, a Authen também investe no design thinking para atender as necessidades da corredora, de modo que cada peça respeite o biotipo da mulher brasileira. “A Authen não cria nada do zero. Todo o nosso processo de criação envolve bastante design thinking, pois o que fazemos é traduzir a necessidade da corredora em um produto”, explica Vanessa Kotters, Diretora de Produtos da Authen.

Conheça, abaixo, as 5 etapas do ciclo da maratonista e seus respectivos equipamentos.

1. Treinos de quilometragem base: 

São os treinos diários, fundamentais dentro da jornada, para ganhar fôlego. Para isso, desenhamos a Linha Signature. Dentre seus benefícios e propósitos, a linha oferece alta compressão com um design otimizado para corridas abaixo de 2 horas, mas também a variedade de peças, já que são os que de maior frequência, realizados de 3 a 4 vezes por semana.

 

2. Treinos de longa distância e os dias competição

Conhecido como “longão” entre as corredoras, geralmente acontece a cada 7 dias e tem como objetivo testar o limite e a resistência, além de ajudar o corpo a se adaptar à longa distância, para que se ganhe cada vez mais alcance. Para esse treino, desenhamos a Linha GRIT, projetada com alta compressão e alta sustentação para proteção e economia de energia, já que serão horas correndo. A linha possui ergonomia otimizada para as corridas acima de 2 horas, com equipamentos com sistema de amortecimento, tanto nos tops antiflacidez quanto nas bermudas e leggings, além de detalhes como bolsos grandes para carregar tudo que precisa, sem atrapalhar sua performance durante as corridas. Por todos os seus atributos, a Linha GRIT também é a indicada para dias de competição.

3. Treinos intervalos de velocidade

Para dar aquele gás na reta final, os treinos de tiros intervalados são fundamentais, pois eles são responsáveis por melhorar seu ritmo de corrida. Eles vão te ajudar a melhorar a resistência de velocidade (melhora do VO2 max – a capacidade máxima do consumo de oxigênio durante uma atividade física) e a resistência do metabolismo aeróbico, usando o máximo da sua energia, para mais potência. Para esses treinos, desenvolvemos a Linha Sprint que possui peças mais curtas, projetadas para maior amplitude de movimento da passada.

 

 

4. Treinos de fortalecimento muscular 

Corrida é impacto e movimento constante. Os treinos de fortalecimento são essenciais para preparar os músculos e articulações para esta atividade e evitar lesões. A Linha Fortalecimento conta com tecidos projetados para maior mobilidade, flexibilidade e zero transparência para executar agachamentos, por exemplo.

 

 

5. Recuperação e descanso para melhorar a performance

A musculatura sofre microlesões durante a prática da corrida, e, de acordo com estudos, o repouso é fundamental para total recuperação do corpo. A Linha Recuperação Infravermelho foi desenvolvida com uma tecnologia exclusiva, aprovada pela Anvisa e usada por atletas profissionais, que otimizam a regeneração de músculos e articulações. Seu tecido faz com que o calor do corpo seja convertido em raios infravermelhos que aumentam a circulação, dissolvendo o ácido lático e permitindo que a recuperação seja mais rápida e eficaz.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.