Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o Ecossistema de Inovação Brasileiro. Instagram: @beatrizbevilaqua

Let’s Code alcança mais de 13 mil membros em comunidade gratuita para quem quer aprender a programar de verdade

Os conteúdos mais pedidos pelos membros são exercícios e desafios, fora materiais de apoio e cursos online

A Let’s Code, escola que forma desenvolvedores para o mercado de trabalho, cresceu 5 vezes no último ano, e criou no final de 2021 uma comunidade aberta e gratuita para os desenvolvedores e desenvolvedoras. O Let’s Code Pass tem como propósito proporcionar a troca de experiências com outros devs, fazer networking e também ensinar assuntos técnicos como Python e Web Full Stack, além de oferecer diversos conteúdos sobre as carreiras em programação. Em março, alcançou o marco de 13 mil membros aprendendo diariamente, com isso é a comunidade para desenvolvedores que mais cresce no Brasil.

“Temos como missão na Let’s Code oferecer sempre uma experiência de educação cada vez mais completa e de excelência. O Let’s Code Pass é mais uma possibilidade que trazemos para o aluno  ter uma formação  continuada e personalizada, sejam eles iniciantes ou experts. Percebemos que a maioria dos nossos membros estão na faixa etária dos 25 a 34 anos, além de 64% ser principiante na área, isso mostra que o interesse das pessoas no ramo de tecnologia está crescendo também”, comenta Rafael Pavan, analista de marketing da Let’s Code e um dos idealizadores do Let’s Code Pass.

Com acesso a conteúdos com professores especialistas e atuantes no mercado de programação, os membros conseguem ter uma maior visão de como a teoria pode ser aplicada na prática. Ao participar de uma comunidade específica para este público, os profissionais têm o acesso mais facilitado às empresas de tecnologia, que são muito mais suscetíveis a contratar através de uma boa indicação, além disso a imersão no Let’s Code Pass ajuda a preparar os profissionais para participar dos processos seletivos dos programas criados pela Let’s Code em parceria com grandes empresas.

“Dentro das comunidades, como o Let’s Code Pass,  estão desenvolvedores com diferentes trajetórias dentro do mercado, atuando em empresas de diversos segmentos e com experiências únicas. Por isso, o contato com novidades da área e a inovação na carreira tende a ser mais fácil. O profissional fica imerso em diferentes visões e experiências sobre o tema.”

Os conteúdos mais pedidos pelos membros são exercícios e desafios, fora materiais de apoio e cursos online. Com isso, a Let’s Code já realizou  3 workshops na comunidade, em que os participantes puderam acompanhar especialistas resolverem desafios ao vivo e conseguiram tirar dúvidas. A edtech tem a expectativa de até junho disponibilizar mais de 15 cursos, mentorias com time de RH e simulações de entrevistas para todos que fazem parte da comunidade.

Para entrar no Let’s Code Pass é necessário preencher esse formulário aqui, com algumas informações como: nome, email, telefone, trilha de interesse, sendo elas  Python, Web Full Stack, e o nível de experiência em programação. Assim que finalizado o cadastro, o interessado recebe um link por e-mail para acesso aos conteúdos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.