Skip to main content
 -
Jornalista que cobre o mundo do empreendedorismo & startups. Apaixonada por tecnologia!

Clicksign agora permite autenticação de assinaturas eletrônicas via Pix

Lançado em novembro de 2020, o sistema de pagamentos Pix foi desenvolvido pelo Banco Central para agilizar transferências em até 10 segundos. O que no início foi uma incerteza para os clientes dos bancos, com o passar dos meses entrou na rotina financeira de muitas pessoas e empresas. Atualmente, há mais de 100 milhões de chaves Pix geradas no país. Alinhada a esta nova tecnologia, a Clicksign, empresa brasileira pioneira em assinatura eletrônica, sai na frente ao trazer esse sistema também para a validação de documentos com sua nova funcionalidade: Autenticação Por Pix.

Agora, os clientes da Clicksign terão mais uma opção para validar os signatários dos documentos gerados na plataforma. A empresa já fornece a opção de autenticação via SMS, e-mail, WhatsApp e foto. Agora, é novamente pioneira ao entregar mais essa opção, deixando para as empresas o poder de escolha de como seus signatários poderão assinar os documentos que emitem.

“O uso do Pix é simples, e resulta em uma assinatura eletrônica com grau de confiança harmônico com o Sistema Financeiro Nacional. Estamos muito felizes por oferecer ainda mais rapidez e simplicidade para as empresas e seus clientes com essa nova função, que observa  as regras do Bacen”, diz o CEO e fundador da Clicksign, Marcelo Kramer.

Sempre na vanguarda da inovação, a Clicksign fez um estudo detalhado da aplicação dessa nova funcionalidade. A novidade garante segurança para operações de empresas com atividades diversas como seguradoras, locadoras de carros, empréstimos financeiros e meio jurídico. “O uso do Pix traz toda a confiabilidade da segurança bancária juntamente com a rapidez que as empresas precisam”, afirma Kramer.

“Queremos oferecer aos nossos clientes uma solução prática e ágil. Buscamos constantemente aumentar os canais para validações e a assinatura com o Pix é um novo standard”, finaliza o CEO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.