Skip to main content
 -
Olá! Fico feliz de ter você aqui comigo no @ficadicabh. Tudo começou quando me mudei para Belo Horizonte e comecei a explorar as belezas do nosso estado de Minas Gerais, conhecer pessoas fantásticas e, claro, experimentar pouco a pouco a melhor culinária do Brasil. Criei o IG @ficadicabh para dar destaque às minhas descobertas e, então, este blog em parceria com o Portal UAI. Sou publicitária, jornalista e coach, com atuação principal na cultura brasileira ao assessorar artistas de destaque nacional e escrever sobre o tema.

Um jeito jovem de fechar negócios

Atenta à era 4.0 e às suas transformações, a ACMinas Jovem aposta em nova modalidade de negociar

 

A imagem pode conter: 15 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área internaDentro de um bar, jovens tomam chope, saboreiam aperitivos, dão boas risadas e conversam sobre tecnologia, inovação e mercado. O que aparentemente parece ser mais um tradicional happy hour é uma das novas modalidades utilizada pela ACMinas Jovem para promover negócios.

“A transformação digital, que vem movimentando o mundo nos últimos anos, a chegada da era 4.0 e a imersão das gerações Y e Z no universo dos negócios, impactam na forma de interagir e se comportar das pessoas. E para acompanhar essa revolução é preciso pensar em novas formas de negociar, de interagir, de apresentar empresas e de compartilhar experiências”, explica Dino Bastos, presidente da ACMinas Jovem.

Segundo ele, foi pensando nisso que nasceu o ACMinas Jovem Conecta. Um evento com diretrizesA imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e pessoas em pé arrojadas e atuais que combina descontração e rodadas de negócios. “O ambiente empresarial não é mais como antigamente, ele foi modificado pelas novas tecnologias e formas de se pensar o trabalho. Reflexos disso são vistos em grandes escritórios e sedes de empresas, como a Google, que investe em design e opções de lazer, transformando o dia-a-dia”, explica.

Dino acrescenta que as pessoas também mudaram, que os profissionais e empresários, sejam Millennials ou nativos digitais, todos têm comportamentos e perspectivas diferentes, inclusive sobre a forma de negociar. “Essa nova modalidade de evento é uma maneira de criar um ambiente mais atrativo para as gerações que estão no mercado hoje, que lidam com crescimento exponencial, inovação, inteligência artificial, que são ou interagem com startups”, diz.

 

Conecta

A imagem pode conter: texto O ACMinas Jovem Conecta é fruto do Núcleo de Negócios da associação de jovens empresários mineiros e vem para fortalecer a integração entre eles, para fomentar novos negócios e criar redes.

A primeira edição do evento ocorreu no final de agosto, no Itatiaia Radio Bar, em parceria com a Hub Minas Digital. Na ocasião, foram convidadas para as rodadas de negócio 40 empresas e quatro startups, escolhidas estrategicamente por oferecerem serviços que interessam os associados e empresas convidadas. Cada rodada reuniu empresários e um representante de startup, para uma rápida apresentação seguida de negociações.

“Nosso evento estimula transações, parcerias e networking, cria uma rede entre empresários mineiros. Isso ajuda a fortalecer ainda mais o cenário de empreendedorismo do estado, que já vem sendo destaque em quantidade de startups. Conforme levantamento feito pela ABStartups, Minas Gerais ocupa a segunda posição,” enfatiza o diretor do Núcleo de Negócios da ACMinas Jovem, Marco Túlio Campolina, especialista em negócios pela Fundação Dom Cabral e empresário no ramo de seguros.

Para a próxima edição, que acontecerá também no Itatiaia Rádio Bar nesta quinta-feira, 8, a Acminas Conecta estará em parceria com a Techmall e a Neo Ventures de Belo Horizonte apresentando 5 startups, entre elas da área jurídica, caronas, coworking e duas fintecs.

Para mais informações e para se tornar um associado da Acminas Jovem, entre em contato no (31) 99998-3124.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.