Skip to main content
 -
Olá! Fico feliz de ter você aqui comigo no @ficadicabh. Tudo começou quando me mudei para Belo Horizonte e comecei a explorar as belezas do nosso estado de Minas Gerais, conhecer pessoas fantásticas e, claro, experimentar pouco a pouco a melhor culinária do Brasil. Criei o IG @ficadicabh para dar destaque às minhas descobertas e, então, este blog em parceria com o Portal UAI. Sou publicitária, jornalista e coach, com atuação principal na cultura brasileira ao assessorar artistas de destaque nacional e escrever sobre o tema.

Mulher em essência: prazer sem culpa

Resultado de imagem para orgarmo mulherSe você conhece alguma mulher que nunca teve um orgasmo ou até mesmo é uma delas, acredite, infelizmente o problema é mais comum do que se pensa.Demorou muito tempo para a ciência estudar sobre isso. Enquanto o ápice do prazer entre os homens é estudado desde meados de 1930, as mulheres só foram ser estudadas de fato durante um orgasmo em 2011 – de acordo com estudos publicados no Archives of Sexual Behavior em janeiro de 2018, as mulheres heterossexuais são o grupo que chega menos vezes ao orgasmo: somente 65% das vezes que mantêm relações. Por outro lado, no primeiro lugar estão os homens heterossexuais, com uma porcentagem de orgasmos de 95%, seguidos pelos gays (89%), os homens bissexuais (88%), as lésbicas (86%) e as mulheres bissexuais (66%).As pesquisas sobre o tema são tão recentes que pouco se sabe sobre os mecanismos do prazer entre as mulheres. Enquanto o prazer dos homens está relacionado à ejaculação e, consequentemente, à reprodução, por mais que ainda faltem estudos para comprovar, a estimulação sexual feminina é estritamente reservada para o deleite da mulher. “O orgasmo apenas deixa a penetração mais fácil, já que os músculos da pelve se contraem, o sangue é desviado para essa região, aumentando a lubrificação vaginal“, explica Lucila Pires Evangelista, ginecologista da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein.Segundo a médica, existe uma controvérsia se ele poderia também acelerar a ovulação, mas a parte hormonal da fisiologia da ovulação é tão complexa que o recrutamento dos óvulos já se inicia no ciclo menstrual anterior.Outras pesquisas mostram que o orgasmo acontece quando há a ativação do córtex pré-frontal durante a masturbação e é possível acessar isso apenas com exercícios mentais no qual a mulher imagina se tocar sem necessariamente estar sendo tocada.

Prazer sem fantasia

Quem nunca ouviu que a mulher sente um prazer muito mais emocional do que o homem? Mas será que é assim mesmo? “A velocidade de resposta ao estímulo sexual é menor nas mulheres“, explica Flávia Fairbanks, ginecologista e obstetra formada pela Faculdade de Medicina da USP e com pós-graduação em Sexualidade Humana pela FMUSP. “Essa diferença, no entanto, não se refere, exclusivamente, às questões anatômicas (que são importantes, mas, de fato, estando tudo normal não impossibilitariam ou dificultariam o orgasmo). A resposta sexual feminina é complexa, multifatorial e facilmente sujeita à interrupção“.Entre as interrupções estão as próprias barreiras às quais as mulheres são condicionadas desde pequenas. “A mulher aprendeu que o prazer é psicogênico, que ela precisa vestir uma fantasia, pensar em algo, estar numa cena suja para se autorizar a gozar. Ela não goza com o corpo e sim com a fantasia”, diz Stock.Resultado de imagem para orgarmo mulherSegundo Fairbanks, para se despir dessas amarras, o autoconhecimento de seu próprio corpo e o bom controle psicológico são fundamentais para a melhora da qualidade de vida sexual.Stock conta que as mulheres que conseguem ter algum orgasmo geralmente têm espécies de “espirros orgásticos”. Segundo ela, mesmo que elas gozem, é um milésimo do potencial delas. O orgasmo potente acontece quando a gente se autoriza. Ele precisa ativar sistema nervoso autônomo (SNA), que só funciona quando não estamos no estado de vigília, medo, ameaça ou controle.”O SNA opera quando estamos entregues, relaxadas, confiantes, sabendo que não vamos ser abusadas, que não estamos correndo risco… Mas em que momento estamos assim?”, diz a terapeuta.É por isso que conversar sobre o assunto e se conhecer é uma forma de se sentir mais a vontade. Despir-se por completo dos julgamentos e da culpabilização é difícil, mas um trabalho essencial para o autoconhecimento.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e textoPensando nisso, a professora Internacional de Yoga, Meditação e facilitadora de cursos sobre sexualidade consciente, Bianca Torres, estará em BH para um workshop inédito no dia 25 de novembro. Este workshop é feito para que mulheres se apaixonem por si mesmas e desmistifiquem os tabus da sexualidade feminina. Ela ensina a quebrar paradigmas, conectar com seu corpo, expandir o coração, trazendo mais prazer, liberdade e plenitude para sua vida de forma consciente e divertida.
No curso, será abordado os seguintes tópicos:

• Desconstruir crenças limitantes e inibições sobre a sexualidade;
• Ter um novo entendimento sobre energia sexual, prazer e desejo;
• Aprender práticas para ativar o potencial do seu corpo tornando-o mais receptivo e perceptivo;
• Desvendar a anatomia vaginal, sem utilização de nudez;
• Descobrir diferentes tipos de orgasmos femininos e entender a ejaculação feminina;
• Conectar com sua essência através da meditação e transfiguração.
Sobre: Bianca Torres é professora Internacional de Yoga, Meditação e facilitadora de cursos sobre sexualidade consciente. Após deixar sua carreira como executiva de uma grande empresa americana, viajou o mundo conhecendo mais de vinte países explorando a diversidade de culturas e buscando a paz interior. Sua última passagem foi na Tailândia, onde viveu por dois anos em uma comunidade yogi e tântrica estudando as raízes do yoga, ensinamentos esotéricos do tantra clássico e neotantra, e fazendo trabalhos psico-espirituais para o autoconhecimento.
Alguém que, assim como você, está nesse mundo em constante movimento de busca.
…………………………………………………………….
Serviço:
DATA:
25 de Novembro
HORÁRIO: 9:00h às 18:00h LOCAL: Espaço VIVA BEM — Rua Dona Salvadora, 89 – Serra – BH PROGRAMAÇÃO:
INVESTIMENTO: R$250
*PROMOÇÃO* para inscrição de 2 mulheres: R$450
RESERVE SUA VAGA AQUI
>>>>DETALHE IMPORTANTE: A compra da inscrição no Sympla (R$100) refere-se a reserva de vaga. O restante do pagamento deve ser feito no dia do workshop.
• Email: despertardasexualidade@gmail.com
• Whatsapp: +66-98849-0061 (número internacional)
• Tel: (31) 3657-0607

2 comentários em “Mulher em essência: prazer sem culpa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.