Volvo B8R substitui B7R com foco na economia de combustível e operação

Publicado em Lançamento, Move Metropolitano, tecnologia, Transporte urbano
Bruno Freitas/Faixa Exclusiva Novo chassi Volvo B8R na configuração piso baixo, LE, com motor de 250cv

Curitiba – Atenta aos projetos de BRT na América Latina e a retomada do mercado no Brasil nos próximos anos, a Volvo lança o urbano B8R. Substituto do B7R lançado em 1998, o novo chassi de motor traseiro estréia a nova plataforma global da marca sueca, com motor 7.7 litros nacional de 250cv (cavalos) – potência que chega a 330cv na versão exportação. São duas as opções de transmissão, ZF e Voith, ambas automáticas, com novas relações de diferencial que prometem uma redução de consumo de diesel de até 3% e a expectativa de um custo de manutenção até 4% inferior em relação ao antecessor.

Outra novidade é o intervalo de troca de óleo do motor acrescido de 30 mil para 40 mil quilômetros rodados, de acordo com o tipo de aplicação. A potência maior do B8R exportado é necessária, segundo a Volvo, para cidades com condições severas de topográfica e grande altitude. Os principais mercados da Volvo Bus Latina America fora do Brasil são Colômbia, Chile, Peru e Argentina.

Na configuração 4×2 em versões de piso alto e baixo, o B8R é equipado de série com suspensão eletrônica e softwares de conectividade para facilitar a ativação do sistema de gerenciamento de frotas Volvo (Fleet Managment) e o I-Coaching. As ferramentas, já aplicadas no Move Metropolitano, em Belo Horizonte, auxiliam gestores de frota a traçar estratégias para reduzir os custos da operação e os motoristas a extraírem a máxima eficiência, com dicas de como dirigir com menor consumo de combustível e menor desgaste de peças.

Bruno Freitas/Faixa Exclusiva

O novo motor MD8 do B8R faz parte de uma estratégia da Volvo de produção a partir de uma plataforma global única. Como novo modelo a fábrica de powertrain instalada em Curitiba amplia a linha nacional. Hoje são produzidos na planta os motores de 8, 13 e 11 litros, caixas de câmbio I-Shift e motores industriais de 13 litros.

“A produção de motores dentro de uma plataforma global nos permite estar sempre atualizados com o que há de mais avançado em tecnologia automotiva no mundo. Hoje, trens de força muito similares transportam pessoas na Europa, na América do Sul e na Índia, fazendo com que potenciais melhorias e novas soluções sejam prontamente replicadas em todas as plantas onde os motores são fabricados”, aponta o vice-presidente de Powertrain Production South America, planta Curitiba, Luiz Bohatch.

TESTES DE OPERAÇÃO Depois do período de desenvolvimento, o B8R passou por intensos testes de campo com clientes da marca em diferentes condições de tráfego urbano, topografia e quantidade de passageiros, para comprovar o desempenho e eficiência do novo veículo.

Uma das empresas a testar o novo chassi foi a Viação Santa Brígida, que opera em linhas urbanas das regiões norte, nordeste, sudeste e Centro de São Paulo. “Dada a nossa experiência positiva com o modelo B290R, os testes iniciais com o B8R mostram boa adaptação às condições técnicas e viárias, sobretudo a expectativa do aumento entre intervalos de manutenção preventiva”, afirma o gerente de manutenção da Viação Santa Brígida, Fernando Cesar Bastos Filho.

Jornalista viajou a convite da Volvo
.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *