Por dentro do projeto terminais metropolitanos da Setop

Publicado em Sem categoria

Lançado pelo ex-governador Antonio Anastasia em janeiro de 2013, o projeto Terminais Metropolitanos de Integração prevê a divisão de linhas de ônibus da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) por meio de terminais e estações de transferência do Move metropolitano, reduzindo o número de ônibus metropolitanos no Hipercentro. A previsão inicial contemplava 13 terminais – Betim acabou sendo retirada da lista. Sete dos 12 terminais metropolitanos confirmados integram o Move Metropolitano, dos quais quatro já estão em operação. Criado para atender 17 mil passageiros/dia, o terminal de Sarzedo, situado na MG-040, custou R$ 8,3 milhões aos cofres públicos.

Ônibus do Move metropolitano no Terminal Justinópolis

Foto: Vinicius Braga/EM/D.A Press

O PROJETO

Novos terminais do Move metropolitano

– Ribeirão das Neves: Terminal Justinópolis (em operaçao)

– Vespasiano: Terminal Morro Alto

– Santa Luzia: Terminal São Benedito (em operação)

– Belo Horizonte: Terminal Bernardo Monteiro

Novos terminais metropolitanos

– Ibirité: Terminal Ibirité (Avenida Renato Azeredo)

– Sarzedo: Terminal Sarzedo (MG-040)

– Ribeirão das Neves: Jardim Colonial

– Contagem: Terminais Várzea das Flores (Nova Contagem), Ressaca (Rua São Lourenço) e Tancredo Neves (Avenida Babita Camargos)

Terminais reformados

– Belo Horizonte:

Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (atual rodoviária) – Move metropolitano

Terminal Vilarinho – Move metropolitano (em operação)

Terminal São Gabriel – Move metropolitano (em operação)

Terminal/Estação São Gabriel foi primeiro a ser entregue, em 26 de abril

Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Fonte: Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *